Boa Tarde, Internauta! Seja bem-vindo(a) ao Site Itaquiraí Em Foco!
Documento sem título

,24/04/2018 às 08:02

Denúncia do estupro coletivo de menina de 11 anos foi invenção, diz polícia

A menina de 11 anos que alegou ter sido estuprada por 14 homens em Praia Grande, litoral de SP, deu um novo depoimento na tarde desta segunda (23). De acordo com a Polícia Civil, ela inventou o caso para escapar de uma briga com uma colega da mesma idade. As informações são do G1 Santos & Região.

A ocorrência foi registrada no domingo (22), mas crime teria ocorrido na semana passada em um baile funk no bairro Vila Mirim. A criança chegou a receber atendimento no Pronto-Socorro Quietude na manhã desta segunda. De acordo com o delegado Carlos Henrique Fogolin , o IML atestou que não houve relação sexual recente. “Não aconteceu nada. Não existiu estupro coletivo. Em depoimento, ela admitiu que inventou a história para evitar que apanhasse de uma amiga”, disse ao G1.

Ainda de acordo com o portal, a investigação da polícia não descobriu qualquer baile funk ocorrido naquela região na última semana. Ações para coibir bailes funks e eventos semelhantes costumam ser realizadas pela Polícia Militar com o apoio da prefeitura, por meio da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Secretaria de Urbanismo (Seurb), disse a prefeitura do município.




,24/04/2018 às 08:02

Justiça determina que INSS reconheça tempo de trabalho exercido na infância

SÃO PAULO – O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, determinou que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) reconheça o tempo de trabalho exercido por crianças menores de 14 anos, ainda que ilegal, para o cálculo de previdência. A decisão, que atende pedido do Ministério Público Federal (MPF), é válida para todo o país e cabe recurso.

De acordo com a desembargadora Salise Monteiro Sanchotene, relatora do acórdão, “o trabalho infantil ainda se faz presente no seio da sociedade”, citando casos de crianças que auxiliam o sustento da família em atividades domésticas, no meio rural e urbano, e em promoções artísticas e publicitárias.

Nestes casos, segundo a desembargadora, as regras atuais não podem prejudicar as crianças que “não obstante a proibição constitucional e legal, efetivamente, trabalharam durante a infância ou a adolescência”.

“Assim, apesar da limitação constitucional de trabalho do infante, para fins de proteção previdenciária, não há como fixar também qualquer limite etário, pois a adoção de uma idade mínima ensejaria ao trabalhador dupla punição: a perda da plenitude de sua infância em razão do trabalho realizado e, de outro lado, o não reconhecimento, de parte do INSS, desse trabalho efetivamente ocorrido”, escreveu Salise.

+ Brasil tem 1,8 milhão de crianças e adolescentes entre 5 e 17 trabalhando?

A ação civil pública que levou à decisão foi proposta pelo MPF em 2013. À época, a 20ª Vara Federal de Porto Alegre determinou sentença parcial, impedindo o INSS de fixar idade mínima para fins de reconhecimento de tempo de trabalho. Atualmente, a legislação brasileira contabiliza o tempo de serviço a partir dos 14 anos, desde que na condição de aprendiz. O INSS entrou com recurso à decisão, afirmando que a decisão poderia estimular a exploração do trabalho infantil.

+ Especialistas contestam dados sobre situação do trabalho infantil no Brasil, na última PNAD

Ao justificar o voto pelo fim do limite etário, Salise destacou o trabalho de crianças e adolescentes no meio publicitário, feito com autorização dos pais e do Judiciário.

“É possível a proteção previdenciária nesses casos?”, questionou a desembargadora. “No caso de eventual ocorrência de algum acidente relacionado a esse tipo de trabalho, a criança teria direito a algum benefício previdenciário, tal como o auxílio acidente?”

+ Campanha do Ministério Público do Trabalho combate trabalho infantil no Carnaval

Salise frisou que se mostram insuficientes os programas e normas que buscam erradicar o trabalho infantil no Brasil. Em voto, a magistrada afirmou que estudos e ações fiscalizatórias atestaram a existência de trabalho rural e urbano desenvolvido por crianças.

“Por certo que essas pessoas, que já tiveram ceifadas oportunidades de viver em plenitude a infância, de estudar, de usufruir de lazer condigno, devem merecer a proteção previdenciária e lograr, ulteriormente, o cômputo daquele tempo de trabalho vivenciado na infância e na adolescência para fins de carência e mesmo de aposentadoria”, afirmou.

MSN


,23/04/2018 às 07:52

MP da reforma trabalhista caduca sem que governo resolva polêmicas

A medida provisória que regulamenta trechos da reforma trabalhista implementada no ano passado caduca nesta segunda-feira (23) e o governo ainda não sabe como vai resolver pontos que, agora, ficarão no limbo jurídico, à mercê de contratos e acordos coletivos.

O texto que altera 17 artigos da reforma travou em um Congresso que tem atuado a passos lentos desde o início de 2018 por estar focado quase que exclusivamente nas eleições de outubro.

A MP chegou ao Legislativo em novembro de 2017 após uma negociação com o governo para que a reforma fosse aprovada no Senado sem alterações que obrigassem o texto a voltar à Câmara.

Cinco meses depois, a comissão especial que deveria começar a discutir a medida não tem sequer um relator para dar início aos trabalhos.

"Acho que o Congresso tinha todo o interesse em fazer a votação dessa medida provisória, que trata de temas muito importantes. O que aconteceu no ambiente político eu não acompanhei porque estava em outra função lá no Ministério do Trabalho", disse à Folha o atual titular da pasta, Helton Yomura.

A medida provisória regulamenta temas como trabalho intermitente e autônomo, representação em local de trabalho, condições de trabalho para grávidas e lactantes e jornada de 12 horas de trabalho com 36 horas de descanso.

+ IR: a oito dias do fim do prazo, saiba como não cair na malha fina

Essas e outras questões abordadas no texto vão gerar insegurança jurídica até que o governo encontre uma maneira para resolvê-las.

"Estamos confiantes de que podemos ter algumas soluções dentro dos contratos de trabalho ou nos acordos coletivos ou convenções coletivas para minimizar eventual incerteza, insegurança jurídica", relativizou o ministro.

De acordo com Yomura, o governo estuda como dividir os temas abordados na MP e como levá-los adiante, se por decreto, portaria do Ministério do Trabalho ou alguma alternativa que passe pelo Poder Legislativo.

Esta última opção, o ministro reconhece, é bem mais difícil e terá que passar por avaliação conjunta do braço político do Palácio do Planalto –Secretaria de Governo, Casa Civil e o próprio presidente Michel Temer.

Yomura diz que as alternativas que passam pelo Congresso são medida provisória ou projeto de lei "com um rito diferenciado" de tramitação.

"Temos a consciência de que este é um ano legislativo atípico por conta de eleição, festa junina, Copa do Mundo", disse o ministro do Trabalho.

Para os terceirizados da administração pública, a polêmica já está pacificada por uma decisão do TCU (Tribunal de Contas da União) que determinou o cumprimento integral da nova legislação trabalhista, o que inclui os pontos que o Poder Executivo tem de regulamentar.

O texto que perde a validade nesta segunda-feira chegou a receber 967 emendas, a maioria com propostas de alteração envolvendo o trabalho intermitente. Com informações da Folhapress.

MSN


,23/04/2018 às 07:52

Harry fica furioso por ausência dos Obama em seu casamento

Príncipe Harry estaria furioso por não poder convidar Michelle Obama para o seu casamento com Meghan Markle. A ex-primeira dama dos EUA teria sido essencial no relacionamento do ruivo com a noiva, por ter sido uma das pessoas que o apresentou à atriz.

“Na cabeça do Harry, não haveria casamento se a Michelle não tivesse existido, e isso é razão suficiente para eles [os Obama] estarem presentes”, disse uma fonte ao jornal “Daily Mirror”.

Supostamente, a cerimônia não pode ter a presença de Barack e sua família por uma questão política - uma vez que se chamassem o ex-presidente dos Estados Unidos precisariam também contar com a presença de Donald Trump na festa, algo que não é desejado pelo casal.

Obama e o neto da rainha Elizabeth II, aliás, também teriam ficado extremamente próximos em 2017, quando participaram da organização dos Jogos Invictus.

MSN


,20/04/2018 às 07:57

Final "BBB18": Gleici é a campeã, com 57,28% dos votos!

A torcida de Gleici no "BBB18" já pode soltar o grito de "É campeã!". Afinal, a acreana foi coroada a vencedora desta edição durante a grande final do programa, que foi ao ar na noite de quinta-feira (19), na Globo. Ao todo, a nova milionária do pedaço recebeu 57,28% dos votos do público. Kaysar, o segundo colocado, somou 39,33% dos votos, contra 3,39% de Ana Clara e Ayrton, que levaram a família Lima até o terceiro lugar do pódio.

Logo nas seletivas, Gleici previu que o público poderia se apaixonar pela sua personalidade. Dito e feito! A acreana se tornou uma das favoritas dos telespectadores desde a primeira semana. Seu carisma fez com que a sister sobrevivesse aos quatro paredões que enfrentou ao longo dos últimos três meses. Um romance com Wagner, uma amizade com Ana Clara... ela curtiu tudo o que o "Big Brother Brasil" pode oferecer, mas sem nunca tirar o olho do jogo.

Pois é, esta edição rendeu momentos incríveis! Agora, o que nos resta é torcer para que o "BBB19" seja ainda mais icônico. Vale lembrar que as inscrições já estão abertas no site da Globo e, se você quiser seguir os passos de Gleici, a dica é correr para mandar o seu vídeo. Quem sabe você não vira notícia no Purebreak em 2019, hein?


,20/04/2018 às 07:57

Após final, ex-BBBs atraem multidão em hotel

Na noite da última quinta-feira (19), ocorreu a final do BBB18. Consagrando Gleici a grande campeã do programa com 57,28% dos votos do público, levando a bolada de 1,5 milhão de reais.

Após a grande final os ex-BBBs se deslocaram para o hotel e causaram alvoroço com a multidão de fãs que os aguardava. Confira!


,19/04/2018 às 07:56

Lei Seca fica mais rigorosa a partir desta quinta

A partir desta quinta-feira, 19, passam a valer as novas regras da Lei Seca no País, com punições mais rigorosas destinadas aos motoristas que praticarem os crimes de homicídio culposo (não intencional) ou de lesão corporal de natureza grave ou gravíssima, sob efeito de álcool ou de outras substâncias psicoativas que causem dependência. A pena para lesão corporal passa a ser de 2 anos a 5 anos. Em caso de morte, chega a 8 anos de reclusão.


As mudanças na nova Lei Seca

Atualmente, as penas para esses crimes permitem a fiança, a ser arbitrada por um delegado de polícia. Com as alterações previstas pela Lei 13.456/2017, aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Michel Temer, essa opção no âmbito da polícia deixa de existir, e só quem poderá liberar por fiança será um juiz em análise posterior à prisão.

Cresce número de pessoas que dirigem após consumir álcool, diz governo

A nova lei não faz mudanças quanto aos procedimentos adotados durante as fiscalizações policiais e também não altera a tolerância de álcool no sangue ou o valor da multa.


,19/04/2018 às 07:56

O dia histórico em que um Castro (ao menos no papel) deixará de presidir Cuba

Nesta quinta-feira, 19 de abril, Cuba viverá um dia histórico. Raúl Castro, 86 anos, cederá a presidência e seu sucessor será o seu vice-presidente, Miguel Díaz-Canel, de 57 anos, nascido depois da revolução de 1959. Uma nova geração chega ao topo do Estado, embora ainda sob a figura tutelar do general Castro, que permanece até 2021 como primeiro secretário do Partido Comunista, o órgão máximo de decisão na ilha por determinação constitucional. É o penúltimo ato do adeus da “geração histórica”. Depois da morte de Fidel Castro, em 2016, o início de uma nova era será rubricado, definitivamente, nos próximos anos pela saída de seu irmão Raúl do comando do partido ou por seu falecimento.

A Assembleia Nacional de Cuba se reuniu nesta quarta-feira em Havana para votar nos candidatos a ocupar os postos do Conselho de Estado, eleitos por uma Comissão Eleitoral Nacional controlada pela cúpula do regime. Díaz-Canel foi indicado como candidato à presidência e votado pelos 604 deputados. O resultado, que se dá como certo que será por aprovação unânime, vai ser anunciado oficialmente nesta quinta-feira. A sessão desta quarta-feira foi presidida por Raúl Castro. A seu lado estava o vice-presidente Díaz-Canel, vestido com um sóbrio terno cinza. Ambos pareciam relaxados e estavam sorridentes.

Díaz-Canel iniciará um mandato de cinco anos, renovável por outros cinco, mas não mais que isso, em razão do limite de duas legislaturas estabelecido por Raúl Castro para os altos cargos. A sucessão presidencial tem sido marcada pelo chamado à “continuidade”, o conceito-chave do governismo em uma conjuntura muito importante que evitam identificar com uma transição, para não dar espaço à ideia de uma possível mudança de regime.

O novo presidente, um engenheiro eletrônico que subiu a escada do poder com discrição durante três décadas na burocracia do partido, se apresenta, portanto, como o continuador da linha revolucionária e socialista e, mais especificamente, do processo de reformas iniciado por Raúl Castro na última década. Seus maiores desafios serão dar impulso à transição para um modelo de mercado para revitalizar a economia –com a complexidade de não inquietar as facções tradicionalistas do partido– e tornar-se uma figura de autoridade unitária acatada pelas elites burocráticas e do Exército e, em última instância, pela sociedade. Terá também, como fizeram os Castro, de garantir que a estabilidade do sistema continue repousando na concentração do comando no cume da pirâmide. E, por fim, precisará enfrentar a relação com os Estados Unidos, onde Donald Trump voltou a cultivar o antagonismo de outrora.

Os analistas concordam em que o alcance reformista de Díaz-Canel é uma incógnita, pelo pouco que se sabe dele e porque não se pode prever a autoridade que chegará a ter. “Não se sabe bem o que pensa e, além do mais, se Raúl Castro em dez anos não foi capaz de acelerar mais as reformas por causa do contrapeso dos setores conservadores, não sei como Díaz-Canel poderá fazer isso, já que não está revestido de sua legitimidade histórica e é bem provável que não tenha o apoio unânime do Exército e do partido”, opina o economista Carmelo Mesa-Lago. O cientista político Michael Bustamante, da Universidade Internacional da Flórida, ressalta que o novo presidente tem pela frente “uma encruzilhada econômica” com a urgência da unificação monetária como o grande desafio. “É um risco porque a desvalorização pode afetar muito a população. Mas se consegue levar isso em frente também é sua oportunidade de se legitimar diante do povo.” O líder da organização oposicionista Movimento Democracia, de Miami, Ramón Saúl Sánchez, qualifica a sucessão como uma “nomeação de cima que não deveria ser reconhecida internacionalmente” e acha possível que com o desaparecimento do primeiro plano dos históricos “o povo cubano possa começar a protestar mais e abalar o regime”.

© Fornecido por AFP
Em Havana, o mesmo tempo lento de sempre
Apesar da grande importância deste novo capítulo que Cuba inicia, nas ruas de Havana se respira a mesma tranquilidade, o mesmo tempo lento de sempre. Em uma sociedade que em sua maioria vive quase alheia ao político e centrada na sobrevivência diária, e acostumada a que as mudanças sejam mais nominais do que reais, é natural se encontrar cidadãos que nem sequer sabem o que está acontecendo. “Há um presidente novo?”, respondeu em um parque Jesús Milián, de 24 anos e empregado em serviços de mudanças. A seu lado, Hanoi Borrallo, de 44 anos, disse com tom descrente: “Te digo justamente o que é esse rapaz: o mesmo cake [bolo] com cobertura diferente”. O taxista Helbert Fernández, de 24 anos, reconheceu que nada sabia de Díaz-Canel.

– Você nem sequer o viu em uma foto?

– Não, se disser que sim estarei mentindo. É que não vejo o noticiário.

– E o que você espera do futuro?

– Não sei. Que as coisas melhorem. Que retirem o bloqueio. Algo assim...

Em seu rádio tocava El Micha, um dos astros do reggaeton que cativam a juventude cubana, cantando “Oye tu sí suenas/que se caliente el party/porque soy candela”.

As gerações mais adultas estão mais conectadas com o que está ocorrendo. Leticia Rodríguez, 55 anos e dona de uma casa particular [moradia que funciona também como hospedaria], opinou: “Continuaremos na mesma linha, mas é certo que com mudanças positivas”. Sobre Díaz-Canel disse: “É um cara que não me deixa nenhuma dúvida. Chegou aonde está por méritos próprios. Mas é muito sério. Não tem o carisma ao qual as pessoas estão acostumadas. É outra coisa.”

Nos primeiros anos, para ir se assentando, Díaz-Canel contará com o apoio de Raúl Castro, cujo mandato como primeiro secretário do Partido Comunista se estende até 2021. O partido, e seu dirigente, são por determinação constitucional o órgão máximo de direção do país, acima do presidente do Conselho de Estado. Nesse sentido, o timão de Cuba segue em mãos de Castro, e Díaz-Canel poderá ir conduzindo sua presidência sob seu manto protetor durante três anos, no caso de o general não decidir se retirar antes ou ter de fazer isso por motivos de saúde. Ao chegar a esse ponto, a transferência de poder será completa se Díaz-Canel assumir a chefatura do partido, o que lhe daria plenas atribuições, segundo a lógica do regime, para ser o principal tomador de decisões. Contudo, prevê-se que nunca chegue a ter o nível de poder pessoal dos irmãos Castro e que exerça o poder em conjunto com outros, um enfoque que Raúl já começou a pôr em prática, ao contrário do centralizador Fidel.

Em Cuba, embora não seja um termo do gosto da nomenclatura, Díaz-Canel é considerado um reformista, um tecnocrata convencido da necessidade de modernizar o ruinoso sistema socialista para mantê-lo à tona. Não desponta, porém, como um liberalizador em matéria política e de sociedade civil. O regime de partido único não está em discussão e o reconhecimento de novas liberdades políticas terá de esperar, embora não se deva descartar reformas constitucionais que abram um pouco o sistema e deem, de maneira bem controlada, espaço à livre expressão e associação.

Nesta quinta-feira, na Assembleia Nacional, coincidindo com a efeméride do fracasso da invasão anticastrista da Baía dos Porcos, Miguel Días-Canel será declarado, finalmente, novo presidente de Cuba. Pela primeira vez desde 1976, a presidência não estará a cargo de um Castro. Cubra abre um capítulo incerto de sua história. E, em meio à incerteza pelo que vem, o humor, como sempre, vem em resgate. “O futuro de Cuba?”, se pergunta em seu Facebook o comediante mais famoso da ilha, Luis Silva, intérprete do popular personagem do velhinho Pánfilo; e se responde com um animado jogo de palavras: “Que seja o que Díaz quiser. Perdão, o que Deus quiser”.


,18/04/2018 às 07:57

Doença que deixou Simaria 6 dias internada é difícil de ser descoberta e pode ser fatal

A cantora Simaria ficou internada por quase uma semana vítima de uma doença chamada tuberculose ganglionar, conforme informou o Hospital Sírio Libanês de São Paulo, onde ela foi atendida, através de um comunicado à imprensa no dia 17 de abril de 2018.

A doença que acometeu a cantora é de difícil diagnóstico e está bastante relacionada à baixa imunidade, sendo comum em pacientes imunodeprimidos e podendo ser fatal, se não tratada.

Simaria internada
A cantora sertaneja foi internada na quinta-feira, dia 12 de abril, em São Paulo, se queixando de emagrecimento súbito e alterações gastrointestinais.


,18/04/2018 às 07:57

Aécio réu enfrenta agora o processo

O Congresso pode afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) durante o processo pelos crimes de corrupção e obstrução da Justiça, se houver decisão judicial nesse sentido. A afirmação é do professor João Paulo Martinelli, ao analisar a denúncia criminal contra o tucano recebida nesta terça-feira, 17, pelos ministros da 1.ª Turma do Supremo Tribunal Federal.

"Se o Supremo entender que o parlamentar deve ser afastado do cargo durante a ação penal, o Congresso deve decidir se afasta ou não", diz Martinelli, que leciona pós-graduação do curso de Direito Penal do IDP-São Paulo.



Os ministros do STF aceitaram como provas válidas as gravações feitas pelo delator Joesley Batista, da JBS, de conversas que manteve com o senador, em abril de 2017, segundo os autos da Operação Patmos. A escuta mostra Aécio combinando com Joesley o recebimento de R$ 2 milhões. O tucano diz que o valor foi um empréstimo feito de forma legal. O Ministério Público Federal afirma que foi propina.



O advogado Marcellus Ferreira Pinto considera que o senador continua apto a disputar mandatos eletivos este ano. "Já do ponto de vista político, tal condição (de réu no Supremo) pode prejudicar suas pretensões futuras."

"Ao final do processo, se condenado, (Aécio) terá os direitos políticos suspensos enquanto durarem os efeitos da condenação e perderá o mandato de senador, caso seja reeleito", prevê Ferreira Pinto, coordenador do Núcleo de Direito Eleitoral do escritório Nelson Wilians e Advogados Associados.

O advogado Roberto Chaves Bell explica que o senador se tornou réu, mas não é a primeira investigação que ele enfrenta. "O senador ainda é alvo de outros oito inquéritos no Supremo", lembra Bell, sócio coordenador do departamento de Direito Penal Empresarial do Braga Nascimento e Zilio Advogados.

"Agora, será aberto um prazo para a coleta de provas de todos os tipos. Então, será marcada uma audiência de instrução e julgamento para que sejam ouvidas todas as testemunhas de acusação e de defesa e, por fim, serão realizados os interrogatórios dos réus", explica o advogado.

Além de Aécio, o Supremo colocou no banco dos réus a irmã do senador, Andrea Neves, o primo Frederico Pacheco de Medeiros, o Fred, e Mendherson Souza Lima, ex-assessor do senador Zezé Perrella (MDB/MG), todos citados no episódio em que o tucano teria pedido propina de R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, da JBS.

Segundo Roberto Chaves Bell, o senador ainda pode concorrer a cargos eletivos este ano, caso queira, 'até porque está longe de uma possível condenação'.

Conrado Gontijo, professor da pós-graduação do curso de Direito Penal do IDP-São Paulo, explica que o Supremo entendeu que existem elementos mínimos que justificam a abertura do processo criminal. "Isso não quer dizer que ele (Aécio) é efetivamente culpado pelos fatos que lhe foram imputados, mas que os elementos já existentes dão indicação de que essa pode ser a hipótese verdadeira."

"Depois da instrução processual, com a participação ampla da defesa, o Supremo voltará a deliberar sobre o tema", destaca Gontijo. "Nessa etapa final, os ministros irão decidir se Aécio é culpado e, portanto, deve ser condenado, ou se é inocente e deve ser absolvido", diz ele.

Daniel Bialski, criminalista e sócio do Bialski Advogados, disse que agora 'o grande desafio é tentar desmistificar essa 'caça às bruxas' existente sobre políticos que coloca em risco o entendimento sobre o princípio da não culpabilidade-presunção, na dúvida, de inocência e o ônus da prova que cabe a acusação'.

O criminalista Daniel Gerber, professor de Direito Penal, Processual Penal e sócio da Daniel Gerber Advocacia Penal, diz que a decisão direciona a defesa ao trâmite natural do processo. "A defesa vai verificar quais provas pretende produzir no curso do processo, desenhar a sua tese defensiva e se submeter ao julgamento."

Para o advogado constitucionalista e criminalista Adib Abdouni, os fortes indícios de cometimento dos crimes de corrupção e obstrução de justiça atribuídos a Aécio justificaram o recebimento da denúncia pela 1.ª Turma do STF. "Isso, porém, não implica dizer que tenha havido no plano processual penal qualquer antecipação de culpa ou de juízo de condenação", alerta Abdouni.

O advogado pondera que ao senador mineiro 'será garantido o exercício do contraditório e da ampla defesa, que certamente lhe será franqueado em sua plenitude, a revelar que ninguém está imune à apuração penal, e, principalmente, que as instituições brasileiras, apesar da forte crise política, ética e econômica que afetam o Brasil, estão funcionando bem, em prol da consolidação da nossa jovem democracia'.

MSN


,17/04/2018 às 07:57

7 expressões evitadas por profissionais de sucesso

COMPARTILHAR
Engenheiros: eles têm competências requisitadas em várias áreas de atuaçãoPor que engenheiros trabalham em diversas áreas?
Cotidianamente, deparamos-nos com situações que são verdadeiros desafios comunicativos: apresentação de um projeto, entrevista de emprego, reunião de negócios, delegação de tarefas. Por isso, saber se expressar é uma das habilidades mais importantes no ambiente de trabalho. Por meio de uma de uma boa interlocução, o profissional faz com que a mensagem transmitida seja compreendida e se assegura de que haja uma relação de respeito com o interlocutor.

VEJA TAMBÉM: 7 mulheres inspiradoras ensinam o árduo caminho do sucesso

Há palavras e expressões que podem sabotar a comunicação e arruinar seu momento de fala por passarem, às vezes inconscientemente, a ideia de soberba, insegurança, desconhecimento ou excesso. Esteja atento para evitar embaraços e seguir em direção à comunicação efetiva e ao sucesso profissional.

Veja na galeria de fotos abaixo, 7 exemplos de expressões evitadas por profissionais de sucesso:

Adicionar a palavra “somente” reduz a importância do que você tenta dizer.

"Muito, absolutamente e totalmente"

Adjetivos como estes não adicionam valor à sua fala. Quanto menos palavras você usar, mais significado e poder elas carregarão.


Engenheiros: eles têm competências requisitadas em várias áreas de atuaçãoPor que engenheiros trabalham em diversas áreas?
Cotidianamente, deparamos-nos com situações que são verdadeiros desafios comunicativos: apresentação de um projeto, entrevista de emprego, reunião de negócios, delegação de tarefas. Por isso, saber se expressar é uma das habilidades mais importantes no ambiente de trabalho. Por meio de uma de uma boa interlocução, o profissional faz com que a mensagem transmitida seja compreendida e se assegura de que haja uma relação de respeito com o interlocutor.

VEJA TAMBÉM: 7 mulheres inspiradoras ensinam o árduo caminho do sucesso

Há palavras e expressões que podem sabotar a comunicação e arruinar seu momento de fala por passarem, às vezes inconscientemente, a ideia de soberba, insegurança, desconhecimento ou excesso. Esteja atento para evitar embaraços e seguir em direção à comunicação efetiva e ao sucesso profissional.

Veja na galeria de fotos abaixo, 7 exemplos de expressões evitadas por profissionais de sucesso:

3/7 SLIDES © Fornecido por BPP Publicações e Participações Eireli (Forbes Brasil)
“Eu acho” e "indiscutivelmente"

Estas expressões transmitem a ideia de que você pode estar errado, mas que está tudo bem, já que é só o que você pensa. Não prejudique o seu espaço para opinar.

“Eu vou tentar” e “Não se preocupe com isto”

Usar a palavra “tentar” sugere que você não tem segurança sobre suas habilidades. Por outro lado, expressar confiança em excesso, com um “não se preocupe com isto”, pode fazer as pessoas se sentirem desinformadas e desprezadas, ou seja, excluídas do processo.


"Desculpe"

Use expressões de desculpa apenas em situações causadas diretamente por você e que estejam sob o seu controle.


“Tipo”, “tanto faz” “etcetera” e “assim por diante”

Estas palavras são comumente usadas enquanto pensamos no que queremos dizer em seguida. Como alternativa, pare por um momento e organize seus pensamentos.

“Atualmente” e “obviamente”

Fazer suposições sobre o qual é nível de conhecimento das pessoas mostra falta de entendimento, o que pode frustrar os interlocutores.


,17/04/2018 às 07:57

Três perguntas para entender o julgamento de Aécio Neves no STF nesta terça

"(...) Quando observares a corrupção a ser recompensada e a honestidade a converter-se em autossacrifício; Então poderás constatar que a tua sociedade está condenada". A citação é da filósofa russo-americana Ayn Rand (1905-1982), popular entre políticos e militantes de direita de todo o mundo, inclusive no Brasil. E foi escolhida pelo então Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, para abrir a denúncia, em junho de 2017, contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG). O mineiro saiu das eleições de 2014 como o principal político liberal do país, com 51 milhões de votos no segundo turno da disputa presidencial daquele ano.

Aécio Neves foi um dos mais atingidos pelo acordo de delação premiada de executivos do grupo J&F, controlador do frigorífico JBS, em maio do ano passado. Em uma conversa gravada pelos então candidatos a delatores, o senador mineiro pede R$ 2 milhões para pagar um advogado (na época, o senador era defendido pelo escritório do criminalista Alberto Toron) para defendê-lo na Operação Lava Jato. A Procuradoria Geral da República (PGR) diz que o dinheiro seria propina em troca de atuação parlamentar favorável à JBS. É a denúncia neste caso que será julgada pelos ministros da Primeira Turma do Supremo nesta terça.

'Moralmente incapacitado' e outras 4 coisas que ex-diretor do FBI diz sobre Trump
Como usar brincadeiras para ensinar habilidades essenciais a crianças, segundo Harvard
O dinheiro foi realmente entregue: segundo a acusação, foram quatro parcelas de R$ 500 mil, todas em espécie. E pelo menos uma das remessas - recebida pelo primo de Aécio, Frederico Pacheco - teve a sua entrega filmada, à distância, pela Polícia Federal. O procedimento, chamado de "ação controlada", foi autorizado pelo ministro do STF Luiz Edson Fachin.

Frederico Pacheco, o Fred, é também o pivô de um dos pontos do escândalo que mais causaram desgaste para a imagem de Aécio: em uma das conversas com Joesley Batista, da JBS, o senador diz que a pessoa a receber o dinheiro "tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação". E sugere que seu primo seja essa pessoa: "O Fred com um cara seu (de Joesley)".

Num artigo assinado por Aécio publicado no jornal Folha de S. Paulo na segunda-feira, o senador reconhece que usou "vocabulário inadequado" e que fez "brincadeiras injustificáveis e de enorme mau gosto", das quais se arrepende "profundamente". O senador pede ainda desculpas a Frederico e diz que o dinheiro era fruto da venda de um imóvel de sua família a Joesley Batista.

Aécio diz ainda que o empréstimo não teve qualquer contrapartida em sua atuação no Senado. Trata-se, diz o senador, de um negócio privado entre ele e Joesley, sem dinheiro público envolvido e sem contrapartida sua, o que afasta o crime de corrupção.

A BBC Brasil explica abaixo todas as implicações do caso.

O que exatamente será julgado pelo STF?

A sessão desta terça-feira julgará uma denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República, no dia 02 de junho passado, contra Aécio Neves. Também foram denunciados a irmã do político mineiro, a jornalista Andréa Neves; o primo do senador, Frederico Pacheco de Medeiros; e um ex-assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), Mendherson de Souza Lima.

Para Aécio, a PGR pede a condenação pelos crimes de corrupção passiva e obstrução de justiça (para os demais, a denúncia só fala em corrupção passiva). Além disso, a PGR pede que Aécio e Andréa Neves paguem multa de R$ 6 milhões: R$ 2 milhões da suposta propina e mais R$ 4 milhões de danos morais.

Segundo os procuradores, o dinheiro teria sido entregue em quatro remessas: os pagamentos de R$ 500 mil chegaram nos dias 05, 12 e 19 de março e 03 de abril. Foram transportados da sede da JBS, em São Paulo, a Belo Horizonte (MG) em viagens de carro, dentro de mochilas. O objetivo, segundo a PGR, seria evitar os controles de segurança que existem nos aeroportos. Mendherson teria participado da logística para o recebimento de três das quatro viagens.

Além disso, o MPF diz que Aécio usou seu posto de senador e seu prestígio político para tentar desmantelar a operação Lava Jato. A denúncia menciona uma reunião entre Aécio e Joesley no hotel Unique, em São Paulo, no dia 24 de março: no encontro gravado pelo delator, o senador mineiro diz estar articulando no Congresso a favor da anistia ao caixa dois (doações de campanha feitas sem informar a Justiça Eleitoral); e da aprovação do projeto de lei que endurece a punição do crime de abuso de autoridade.

Quem julgará o caso e o que acontece se Aécio for derrotado?
Ministro do STF Roberto Barroso: O ministro Roberto Barroso é presidente da turma do Supremo que vai julgar Aécio© Nelson Jr./STF O ministro Roberto Barroso é presidente da turma do Supremo que vai julgar Aécio
A denúncia será julgada pela Primeira Turma do STF. Trata-se de um colegiado formado por apenas cinco ministros: Marco Aurélio (relator do caso); Rosa Weber, Roberto Barroso (presidente da Turma), Luiz Fux e Alexandre de Moraes.

Se for derrotado, Aécio Neves se tornará réu no escândalo da JBS. Seria a primeira vez que o político mineiro tem contra si uma ação penal no escândalo de corrupção, mas não é a primeira investigação: Aécio é alvo de outros oito inquéritos no Supremo.

Se for tornado réu, o STF abre em seguida o prazo para a coleta de provas, depoimentos de testemunhas, etc. Esta primeira fase do processo é chamada de "instrução". A participação do tucano nas eleições de 2018, porém, dificilmente será impedida pela Lei da Ficha Limpa: a norma não impede a participação de réus no pleito, apenas de pessoas condenadas por um tribunal colegiado.

Se os ministros rejeitarem a denúncia, por outro lado, o processo segue para o arquivo. É impossível dizer quais são as chances disto acontecer, mas a Primeira Turma é considerada mais rigorosa contra os investigados do que a Segunda (presidida pelo ministro Gilmar Mendes).

Um levantamento do site de notícias jurídicas Jota, por exemplo, mostra que a Primeira Turma concedeu apenas 12% dos pedidos de habeas corpus que julgou em 2017. Na Segunda Turma, esta taxa foi de 40%.

O que diz a defesa de Aécio?
O tucano admite ter recebido o dinheiro, mas diz que o valor veio de uma operação imobiliária: precisando de dinheiro para pagar advogados, Aécio acertou a venda do imóvel em que sua mãe vivia no Rio de Janeiro para Joesley Batista, da JBS. O fato do dinheiro ter sido pago em espécie não é crime, diz Aécio, já que a origem dos recursos era legal. A exigência do pagamento em dinheiro vivo seria de Joesley, diz Aécio.

Segundo o senador, a única participação de Andréa Neves no caso foi um encontro com Joesley para tratar deste assunto, e uma ligação telefônica. Segundo Aécio, a conversa por telefone entre Andréa e Joesley deixa clara qual seria a origem do dinheiro: uma operação imobiliária legítima.

O senador diz ainda que a PGR não indicou qual teria sido a ação específica que ele realizou em favor da JBS (o chamado "ato de ofício"), necessário para caracterizar o crime de corrupção passiva.

No artigo para a Folha de S. Paulo, Aécio diz ainda que está sendo acusado de obstrução de justiça "por votos que dei no Senado e por opiniões que externei em conversa particular, sem que tivessem nenhum desdobramento fático". No caso do projeto de lei sobre abuso de autoridade, o senador argumenta que chegou a apresentar uma emenda defendendo o ponto de vista do Ministério Público.


,16/04/2018 às 08:03

Treino de 15 minutos que ajuda a diminuir estômago alto: personal trainer ensina

Genética, alimentação, inchaço, são alguns dos fatores responsáveis pelo estômago alto. De acordo com a personal Carol Borba, em alguns casos o estômago alto não é só uma questão de gordura abdominal e inchaço, que pode ser remediado, às vezes pode ser genético e, nesses casos, não consegue ser resolvido com treino.

Ainda assim, os exercícios passados pela profissional prometem fortalecer a musculatura da região, ajudando a diminuir seu tamanho. Lembrando que o ideal é investigar a causa do estômago alto antes de agir sobre ele.

Treino para fazer em casa
Canivete
Deitar, levantar as duas pernas e combinar o movimento das pernas e dos troncos levando a cabeça em direção ao joelho. Depois de 40 segundos, deitar a cabeça e só movimentar as pernas em direção a ela, levantando a bunda do chão.

Caneta
A terceira posição é segurar o bumbum no alto com os joelhos em direção ao peito e balançar a cabeça como se fosse um abdominal. Em seguida esticar as duas pernas e levar as mãos em direção ao pé, tirando o tronco do chão.

Recomendação
Repetir cada movimento por 40 segundos e fazer a série inteira três vezes. A prática pode ser feita 4 vezes por semana.

MSN


,16/04/2018 às 08:03

Paolla Oliveira muda de visual e faz reflexão sobre beleza: "Ser confiante"

Paolla Oliveira mudou o visual e mostrou o resultado para os seguidores nas redes sociais neste sábado (14).

++ Sem maquiagem, Paolla Oliveira fala sobre autoestima: “Coragem”

Em uma bela foto, a atriz refletiu sobre seus padrões de beleza. “Em que idade me sinto mais bonita? Se estou preocupada por envelhecer? Qual é essa idade para ser mais feliz, o auge, o ápice? Idade em que o sorriso está sempre na moda? A idade em que vou entender de que maneira devo ser para ter liberdade e tranquilidade de ir e vir como quiser? Em qual delas vou ser mais respeitada? Quem foi o ser que inventou que devo ser discreta antes de espontânea, divertida, gentil? Quem disse que precisamos de tantos pequenos e grandes encaixes?”, escreveu na legenda.

Na sequência, ela continuou elencando normas para viver uma vida melhor: “Regras a seguir: rir mais alto, sair da dieta, responder a algumas perguntas de maneira bem óbvia, não saber tudo, errar, mudar o caminho, não se encaixar em nada, e às vezes ser como todo mundo. Ter de olhar transformador, chorar, aprender sobre filhos, tecnologia e música. Ficar em silêncio”.

Ainda falou sobre como se sentir realmente bonita. “A beleza é essa. Sem perguntas, nem grandes respostas… Serei feliz enquanto tiver vida. Para usar uma roupa que amo e me sentir bem e bonita, preciso basicamente existir. Amo me cuidar, mas sem me distrair: antes de tudo, meu corpo é lindo por ser meu! Aliás, tudo que vem de alguém especial por dentro reflete por fora… Deixe colorir os lábios e a alma. Minha cor hoje seria alegria, se a alegria tivesse cor. Por tudo que passei, por tudo que me marcou e por onde um pouco de mim ficou. Então: sou colorida, de arco-íris e de azul com as bolinhas da mesma cor. E mais do que tudo sou o que quiser, irei aonde for, e como bem me parecer! Porque padrões que realmente me interessam são os meus… o de ser feliz, amar, ser amada, ser confiante, respeitar, ser respeitada. Quero me orgulhar de quem sou todo dia. Descobri que temos DUAS vidas, a segunda começa quando você se dá conta de que só tem uma. (Meu texto é para todos que me inspiram todos os dias, há 36 anos, perto ou longe. E por tudo que aprendi e reaprendi nessa vida)”.

De férias desde o final da novela “A Força do Querer”, Paolla passou alguns dias em Vail, nos Estados Unidos. Ela está escalada para a próxima trama “O Sétimo Guardião” como Afrodite.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS


Paolla Oliveira, de 35 anos, exibiu o novo visual e fez reflexão sobre a beleza


,14/04/2018 às 08:21

Bruno Gagliasso chora com homenagem de Giovanna Ewbank e Titi!

Nesta sexta-feira, dia 13, Bruno Gagliasso completa 36 anos de idade! E para que a data não passasse em branco, sua esposa, Giovanna Ewbank preparou uma surpresa no canal dela no YouTube e convidou diversos amigos e familiares do astro para darem depoimentos por meio de vídeos.

Giovanna Lancellotti, Gian Luca Ewbank, Fernanda Paes Leme foram alguns dos famosos que se disponibilizaram para contar histórias e fazer declarações, o que foi deixando Bruno emotivo. Em determinado momento, Jane, a quem o ator se refere como a pessoa que cuida da casa e da minha família, o deixou quase em prantos!

Ao final da homenagem, claro que Gioh não ficou de fora e se declarou ao amado, também por meio de um vídeo gravado:

- Eu quero dizer que eu te amo mais do que tudo na minha vida. Você é o pai mais maravilhoso que poderia existir no mundo, marido mais maravilhoso que eu poderia ter escolhido. Você foi o presente mais lindo que Deus me deu... depois da Titi! (...) Eu desejo as coisas mais lindas pra você e sempre comigo!

Mas o melhor ainda estava por vir. Titi, a filha do casal, quis também gravar sua homenagem e a reação de Bruno não poderia ter sido melhor! A pequena disse o seguinte:

- Oi amores da Titi! Eu tô gravando pro papai pra dizer que Eu te amo muitão. Parabéns!

Bruno ainda declara, após assistir aos vídeos:

- Foi o maior presente da minha vida. Da nossa vida. Presente que você me deu, eu te deu, Deus deus deu pra gente, que nos une. Que faz a gente se amar cada vez mais. Porque desde que ela chegou, o meu amor por você, que parecia ser impossível de crescer, só cresce a cada dia.

MSN


,14/04/2018 às 08:21

Contra ameaça química, Trump dobra número de mísseis disparados na Síria

Questionado se os Estados Unidos podem garantir que o bombardeio contra a Síria livrará a população do país de ataques com armas químicas, o Secretário de Defesa americano, James Mattis, classificou a operação anunciada na noite desta sexta-feira como "pesada".

O ataque militar é o segundo coordenado pelo presidente dos EUA, Donald Trump, contra o regime do presidente sírio Bashar al-Assad em pouco mais de um ano.

Além de armamento mais pesado, os Estados Unidos tiveram desta vez o apoio das forças armadas do Reino Unido e da França, cujos presidentes fizeram coro sobre a necessidade de "eliminar o uso de armas químicas" em território sírio.

Segundo o Pentágono, os EUA usaram "em torno do dobro" da quantidade de armas empregadas no último bombardeio contra a Síria, em 6 de abril de 2017. Na ocasião, navios de guerra americanos lançaram 59 mísseis Tomahawk contra uma base aérea em Shayrat, deixando 7 militares e 9 civis mortos, segundo o governo sírio.

O primeiro ataque militar conduzido por Trump aconteceu no dia seguinte às mortes de 80 sírios, no que foi considerado um ataque químico conduzido pelo governo al-Assad e aliados.

O bombardeio foi um dos raros momentos em que o presidente americano recebeu elogios de opositores democratas e da imprensa - o jornal New York Times chegou a publicar na época um editorial sobre o "acerto" de Trump na empreitada.

Uma das principais críticas a Barack Obama, antecessor de Trump, foi sua hesitação em autorizar intervenções militares contra a Síria durante um momento de fortalecimento do grupo autodenominado Estado Islâmico.

Críticos, de outro lado, apontaram que a escalada militar seria uma forma de desviar a atenção dos americanos para problemas domésticos de Trump, da aprovação de projetos como o muro na fronteira com o México às investigações sobre um possível conluio com russos nas eleições presidenciais.

O novo ataque também responde a evidências de ataque químico, dessa vez na cidade síria de Douma, na semana passada.

Como as armas químicas avançaram nos últimos 100 anos
Em 10 dias, Trump desiste de deixar a Síria
O bombardeio marca um forte recuo do presidente americano nos últimos dias.

No último dia 3, Trump surpreendeu ao afirmar que queria trazer as tropas americanas "de volta para casa", contrariando auxiliares que previam um eventual fortalecimento de forças do Irã e da Rússia na região - tradicionais aliados do regime sírio -, além de grupos extremistas.

Afirmando que a tarefa de derrotar o EI estava próxima de ser completada, Trump disse que gostaria de deixar Síria para "reconstruir" os EUA.

"Quero sair, quero trazer nossas tropas de volta para casa. Quero começar a reconstruir a nossa nação", disse Trump a jornalistas na Casa Branca.

Em outro sinal de recuo, Trump havia ordenado ao departamento de Estado o congelamento de mais de US$ 200 milhões (US$ 685 milhões) em fundos destinados a recuperação de redes de energia elétrica e retirada de mísseis não detonados.

Mas os relatos de 40 mortes e centenas de pessoas, na maioria mulheres e crianças, internados por "problemas respiratórios, cianose central (pele ou lábios azuis), excessiva espuma bucal, queimaduras na córnea e odor a gás cloro" mudaram drasticamente o discurso do presidente americano, que anunciou respostas duras ao "ataque químico".

O governo da Síria nega que tenha usado armas químicas e acusou rebeldes de inventarem os informes falsos sobre o ataque, classificados como uma "tentativa falha" de deter o governo sírio em suas tentativas de retomar Douma.

Um dos principais aliados sírios, junto ao Irã, o governo russo prontamente reforçou o discurso de al-Assad.

Vassily Nebenzia, representante permanente de Moscou na ONU, afirmou na segunda-feira que especialistas das Forças Armadas da Rússia visitaram Douma e "confirmaram que não encontraram substâncias químicas na terra, nem cadáveres, nem pessoas envenenadas nos hospitais".

"Os médicos em Douma negam que tenha chegado gente nos hospitais dizendo ter sofrido um ataque químico", acrescentou.

Rússia: "Toda a responsabilidade está com Washington, Londres e Paris"
Após o presidente americano anunciar reação dura ao ataque químico, a Rússia novamente voltou à cena, afirmando que bombardeios na região poderiam dar início a uma guerra.

"A Rússia promete abater todos os mísseis direcionados à Síria. Prepare-se, Rússia, porque eles serão lançados!", respondeu Trump, pelo Twitter.

"Vocês não deveriam se associar a um animal que usa gás para matar e sente prazer com isso", completou o presidente americano.

O anúncio antecipado de uma possível ação militar conjunta com britânicos e franceses contrariou um dos mantras de Trump durante toda a campanha presidencial, em que criticou Obama por "antecipar assuntos militares", prometendo agir "em silêncio e com eficiência" contra nações e grupos inimigos dos Estados Unidos.

Para especialistas, a reação antecipada do presidente americano poderia ter afetado "o elemento surpresa", importante neste tipo de operação.

Os EUA têm cerca de 2 mil soldados oferecendo apoio a opositores do grupo autodenominado Estado Islâmico em território sírio. Além de militares, o efetivo inclui diplomatas americanos.

De outro lado, apoiando o governo al-Assad, forças russas e grupos armados apoiados pelo Irã combatem diferentes grupos rebeldes que tentam tomar o governo do país, em guerra civil há 7 anos.

O governo russo condenou o ataque deste sábado em comunicado assinado pelo embaixador nos Estados Unidos, Anatoly Antonov.

"Novamente, estamos sendo ameaçados. Nós já avisamos que ações como esta não ficarão sem consequências. Toda a responsabilidade por elas está com Washington, Londres e Paris."

Para especialistas entrevistados pela imprensa americana, os bombardeios realizados pelos três países ocidentais podem gerar forte retaliação dos aliados da Síria.

Dada a ligação entre a Rússia, Irã e al-Assad, um ataque que nós consideraríamos restrito e preciso poderia ser mal interpretado por uma ou mais dessas três partes e justificar a partir de sua perspectiva um ataque de retaliação", avaliou o general aposentado do Exército americano James M. Dubik, membro sênior do Instituto para o Estudo da Guerra, em entrevista ao jornal Washington Post.

MSN


,13/04/2018 às 08:03

Neymar participa do Altas Horas, da TV Globo, e fala sobre lesão e Copa

Neymar Jr. gravou na noite desta quinta-feira (12) uma participação no programa “Altas Horas”, da TV Globo. Ao apresentador Serginho Groisman, o craque falou sobre a recuperação da cirurgia que sofreu no quinto metatarso do pé direito, do retorno aos gramados antes da Copa do Mundo da Rússia e relembrou histórias da carreira.

De acordo com o Globoesporte.com, o técnico e comentarista do SporTV Muricy Ramalho também participou da atração. Recorda-se que juntos, Neymar e Muricy conquistaram a Libertadores de 2011 pelo Santos.

Além de Neymar e Muricy, estarão no programa o ex-jogador Léo, o cantor Wesley Safadão, a banda Raça Negra e o youtuber Whindersson Nunes.

O atacante do Paris Saint-Germain se machucou no dia 25 de fevereiro, na vitória do PSG sobre o Olympique de Marselha por 3 a 0.


MSN


,12/04/2018 às 07:57

Com infecção nos olhos, Eliana cancela gravação de programa

Eliana Michaelichen precisou adiar a gravação de seu programa, no SBT, que aconteceria na última terça-feira (10). O motivo? A apresentadora contraiu uma conjuntivite e está de repouso.

Segundo a revista “Quem”, a assessoria garantiu que a famosa passa bem. No entanto, ainda não divulgou quando retomará à agenda de trabalhos.

Apesar do imprevisto, a produção da atração não foi prejudicada, uma vez que a loira já havia adiantado as filmagens.

No próximo domingo (15), vale destacar, será exibido um episódio inédito do dominical. Dentre as atrações, aliás, estão Ludmilla e a dupla sertaneja Munhoz & Mariano.

MSN


,12/04/2018 às 07:57

Mulher é ‘embalsamada viva’ após erro médico na Rússia

Uma mulher russa de 28 anos foi embalsamada viva por engano, enquanto fazia uma cirurgia simples para remoção de cisto nos ovários. Segundo a agência estatal Tass, Ekaterina Fedyaeva recebeu formol – usado normalmente para preservar cadáveres – durante o procedimento, ao invés de uma solução salina.

A mulher foi diagnosticada com cistos nos ovários e passou por cirurgia para removê-los em março, em um hospital em Ulyanovsk, cidade no oeste da Rússia, de acordo com a emissora RT.

Os médicos tentaram limpar a cavidade estomacal de Ekaterina após administrarem o formol em sua veia, mas já era tarde demais.

A sogra de Fedyaeva, Valentina Fedyaeva, disse à RT que após a operação, a moça disse que sentia que estava morrendo. A partir daí seus órgãos começaram a falhar e teve de ser mantida conectada a aparelhos para sobreviver.

Segundo a imprensa russa, ela morreu na última quinta-feira, mesmo depois de ser transportada do hospital de Ulyanovsk para um centro médico em Moscou.

A cirurgia desastrosa ganhou atenção internacional e foi noticiada em diversos veículos. Rashid Abdullov, ministro da Saúde, Família e Bem-estar Social da região de Ulyanovsk, classificou o caso como “uma tragédia terrível”.

“Minhas profundas condolências à família de Ekaterina Fedyaeva”, escreveu Abdullov no Twitter na semana passada. “Esta é uma tragédia terrível. Nós forneceremos toda a ajuda necessária para a família. Os responsáveis pela tragédia já foram responsabilizados e as agências investigativas continuam trabalhando.”

MSN


,11/04/2018 às 07:50

Avião militar cai na Argélia e deixa mais de 250 mortos

O acidente com um avião militar argelino, que caiu nesta quarta-feira perto de Argel, causou a morte de 257 pessoas, majoritariamente militares, informou o ministério da Defesa em um comunicado. Não há informações sobre sobreviventes.

As vítimas são dez membros da tripulação e 247 passageiros, a maioria pessoal do Exército Nacional Popular e seus familiares", explicou o ministério.

A aeronave, um Ilyushin 76, caiu pouco depois de decolar da base aérea de Boufarik, a 25 km sudoeste da capital.

Canais de televisão exibiam imagens do avião em chamas.

Em fevereiro de 2014, 77 pessoas - militares e seus parentes - morreram na queda de um Hercules C-130 do exército argelino a 500 km da capital Argel.

Apenas uma pessoa sobreviveu ao acidente, que o ministério da Defesa atribuiu na época às más condições meteorológicas.

MSN


,11/04/2018 às 07:50

Polícia identifica fragmentos de digitais de possível assassino de Marielle, diz jornal

Especialistas envolvidos na investigação do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista, Anderson Gomes, teriam identificado fragmentos de digitais nas cápsulas de pistola 9 mm usadas no crime. Em princípio, elas não seriam suficientes para uma comparação com impressões digitais armazenadas em bancos de dados. Mas poderiam, no entanto, ser confrontadas com as de eventuais suspeitos. As informações são do jornal O Globo.

++ Relembre: Vereadora Marielle Franco é assassinada a tiros no centro do Rio



Oficialmente, a polícia se limita a dizer que as investigações seguem sob total sigilo. Segundo O Globo, os fragmentos de digitais foram identificados nas cápsulas encontradas no local do crime, no Estácio, onde o carro da vereadora foi alvejado nove vezes.

++ Assessor de vereador que depôs sobre caso Marielle é assassinado a tiros

O Globo sustenta ainda que a mesma equipe de policiais e promotores que investiga a morte da vereadora também se encarregou do caso da execução do líder comunitário Carlos Alexandre Pereira Maria, de 37 anos, no último domingo, na zona oeste, num tradicional reduto de milicianos. O líder comunitário, conhecido como Carlos Cabeça, também era colaborador do gabinete do vereador Marcello Siciliano (PHS), ouvido na semana passada como testemunha no caso de Marielle e Anderson.

Até agora, seis vereadores foram ouvidos como testemunhas do caso, entre partidários de Marielle e adversários políticos da vereadora - muitos deles têm seu reduto eleitoral em áreas dominadas por milícias. No último fim de semana, numa das maiores operações contra as milícias já realizadas, a polícia prendeu 149 pessoas.

MSN


,10/04/2018 às 07:57

Entenda o que está em jogo no depoimento de Zuckerberg no Congresso dos EUA

O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, vai falar nesta terça-feira, 10, na primeira das duas audiências que tem marcadas no Congresso dos EUA para esta semana. Sob forte pressão, o executivo deve assumir a responsabilidade pelos danos causados com o uso ilícito de dados de usuários da rede social pela consultoria Cambrigde Analytica, que pode ter influenciado as eleições americanas de 2016.

“Foi um erro meu, me desculpe”, disse Zuckerberg, em uma prévia escrita de seu depoimento, encaminhada aos legisladores e revelada nesta segunda-feira, 9. No documento, Zuckerberg diz que a maior rede social do mundo, hoje com 2,13 bilhões de usuários, não fez o suficiente para impedir que suas ferramentas fossem usadas para causar danos.

Segundo o Facebook, informações de pelo menos 87 milhões de usuários podem ter sido obtidas pela Cambridge Analytica a partir do teste psicológico This is Your Digital Life, do pesquisador Aleksandr Kogan. O escândalo foi revelado por reportagens dos jornais The Observer e The New York Times, há três semanas. A partir dos dados dos usuários, a Cambridge Analytica consegue desenvolver ações – no caso das eleições de 2016, com a meta de influenciar o cenário político americano e favorecer Donald Trump.

Além disso, Zuckerberg deverá destacar falhas no uso do Facebook para a divulgação de notícias falsas (fake news) e comentar temas como discurso de ódio e privacidade de dados. Outro assunto importante será a interferência de estrangeiros – especialmente russos – nas eleições dos Estados Unidos, a partir de contas falsas e anúncios feitos no Facebook.

O depoimento deve marcar o início de uma longa queda de braço entre Washington e o Vale do Silício. Há muito se discute se empresas como Google e Facebook devem ser regulamentadas pelo uso que fazem de informações pessoais das pessoas, e a discussão ganhou temperatura com o recente escândalo.

Nas últimas semanas, a ameaça de regulação causou temor nos investidores – desde a revelação do escândalo da Cambridge Analytica, há três semanas, o Facebook já perdeu US$ 80 bilhões em valor de mercado. Já o Google perdeu US$ 90 bilhões.

Defensiva. Pouco afeito a aparições públicas, Zuckerberg passou os últimos dias em sessões de treinamento com seu time de relações públicas para lidar com as perguntas duras que lhe devem ser feitas no Congresso. Na segunda-feira, 9, largou a tradicional camiseta cinza e vestiu terno e gravata para reuniões não oficiais com parlamentares.

Além de pedir desculpas, o presidente do Facebook deve falar no Congresso sobre as mudanças feitas pela rede social nos últimos tempos. Entre elas, estão alterações nos termos de uso e nas políticas de privacidade, bem como a criação de ferramentas para monitorar anúncios políticos e confirmar a identidade de quem os publica.

MSN


,10/04/2018 às 07:57

Com viagem de Temer, Cármen assumirá presidência na sexta

BRASÍLIA — A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, assumirá interinamente por dois dias o cargo de presidente da República na próxima sexta-feira, devido a uma viagem do presidente Michel Temer, que irá participar da Cúpula das Américas. Cármen será a segunda mulher a ocupar o cargo.

De acordo com a ordem sucessória, na ausência de um vice-presidente, quem deveria assumir seria o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ou o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), respectivamente. No entanto, tanto Maia quanto Eunício irão se candidatar nas eleições de outubro, fato que os impede, pela legislação eleitoral, de assumir um cargo do Executivo seis meses antes do pleito. Além disso, ambos estarão em viagem internacional a partir de quinta-feira. Rodrigo Maia tem uma viagem prevista para o Panamá, enquanto Eunício viaja ao Japão.

Na ausência do presidente e vice, e dos presidentes da Câmara e Senado, a presidente do Supremo Tribunal Federal, sendo a próxima na linha sucessória, assume o posto.

O último presidente do Supremo a ocupar o cargo de presidente da República foi o ministro Ricardo Lewandowski, em setembro de 2014, em uma situação semelhante à atual. Lewandowski ocupou o cargo interinamente por dois dias em função das viagens da então presidente Dilma Rousseff, e do então vice-presidente Michel Temer. Na época, os presidentes da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), também não poderiam assumir pois eram candidatos. Ambos se licenciaram dos cargos para não assumir a presidência da República.

MSN


,09/04/2018 às 07:41

Após Lula, delegado e procurador falam em novos alvos

Procurador Carlos Fernando dos Santos Lima e delegado Milton Fornazari. FOTOS: RODOLFO BUHRER/ESTADÃO e SINDPFSP.ORG.BR

Após a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado na Lava Jato, investigadores ligados à operação dizem que os próximos passos devem ser o aprofundamento das apurações contra líderes de outros partidos, assim como a aprovação de mudanças na legislação penal e o fim do foro privilegiado.

+++Café preto e pão com manteiga para Lula

O delegado da Polícia Federal Milton Fornazari Júnior, responsável pela Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros em São Paulo (Delecor), afirmou em uma rede social que "agora é hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso, que se beneficiaram dos mesmos esquemas ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio etc)."

+++Cenários para Lula preso

O Estado procurou no sábado as assessorias do presidente Michel Temer (MDB), do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e do senador Aécio Neves (PSDB-MG), mas até a noite deste domingo, 8, nenhuma delas se havia manifestado.

Temer foi denunciado duas vezes e é investigado em um inquérito pela Procuradoria-Geral da República. Aécio foi denunciado e é investigado na Lava Jato. Alckmin é investigado em inquérito por caixa 2 no Superior Tribunal de Justiça (STJ) em razão da delação da Odebrecht.



O texto de Fornazari foi publicado no sábado, 7, no momento em que Lula era levado pela PF para Curitiba (PR). A um amigo que lhe perguntou se podia compartilhar, ele respondeu: "Fique à vontade".

Neste domingo, 8, porém, o policial o retirou do ar. E publicou novo texto: "Para você que gosta de me monitorar aqui, não adianta se articular, vamos continuar prendendo os corruptos de todos os gêneros".



Experiente, o delegado tem em seu currículo a apuração sobre o cartel do Metrô de São Paulo. Também foi responsável pelo inquérito que apura desvios de recursos nas obras do Rodoanel, em São Paulo, que levou à prisão de Paulo Vieira de Souza, ex-diretor do Dersa, apontado como operador do PSDB paulista. Ele é ainda especialista em cooperação internacional para identificação de lavagem de dinheiro e ocultação de valores.

Fornazari também comentou a situação de Lula. Ele escreveu que o ex-presidente "objetivamente recebeu bens, valores, favores e doações para seu partido indevidamente por empresas que se beneficiaram da corrupção em seu governo". "Por isso merece a prisão."

Ele conclui afirmando que se as investigações futuras do órgão chegarem aos outros líderes políticos que ele enumerou "teremos realmente evoluído muito como civilização". "Se não acontecer e só Lula ficar preso, infelizmente, tudo poderá entrar para a história como uma perseguição política."

MPF. Neste domingo, foi a vez do procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, desmentir a acusação de "seletividade" da Lava Jato feita por petistas. Ele comentou uma reportagem de O Globo que mostrava investigações que envolviam além de Lula e o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB), Temer e Aécio. "Mas ainda é preciso fazer mais por todo o Brasil. Lute pelo fim do foro privilegiado, de mudanças nas leis penais e no fortalecimento da democracia."

+++Não exposição pública, batedores e o último comício: bastidores do histórico termo de rendição de Lula

Para a presidente do Sindicato dos Delegados Federais de São Paulo, Tânia Prado, a prisão de Lula cria condições para o fortalecimento do papel da PF. "Vemos uma investigação que começou há quatro anos dar resultado." Para ela, fica "evidente" pelas investigações feitas até agora que a PF não tem partido e que investiga independentemente da ideologia do acusado.

+++Tumulto, corre-corre, feridos, bombas. Lula chegou!

"Vamos mostrar que o trabalho da Lava Jato vai continuar, não só em São Paulo, mas em outros Estados, com seus desdobramentos", disse. Segundo Tânia, os delegados querem procurar "a verdade" em seus inquéritos e determinar "quem é o autor e encontrar a materialidade dos delitos". "É o que sempre fizemos."

+++DOCUMENTO: Sentença para a história

Após a prisão de Lula, a Associação Nacional de Delegados Federais publicou uma nota na qual dizia que a PF "não tem cor, nem partido - tem missão! E exerce seu papel independentemente de quem seja o investigado, com equilíbrio, moderação e responsabilidade".

----------------------------------------

MSN


,07/04/2018 às 08:37

De "La Casa de Papel": 2ª temporada estreia na Netflix e fãs reagem no Twitter!

A espera acabou: a segunda parte de "La Casa de Papel" já está disponível na Netflix! Como uma das novidades no canal de streaming para abril, a série foi liberada na madrugada dessa sexta-feira (6) e deixou a galerinha de casa para lá de animada!

Os planos continuam em alta nessa nova fase e os espectadores sentiram o impacto com todos os acontecimentos! Prova disso é que a tag "LaCasadePapel2" chegou ao topo dos Trending Topics do Brasil. Só sucesso!


,07/04/2018 às 08:37

Lula passa segunda noite no Sindicato dos Metalúrgicos

É grande a expectativa em frente a do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, onde o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, permanece desde que o juiz federal Sérgio Moro determinou a prisão dele na última quinta-feira (5).

A expectativa é de que Lula se entregue à Polícia Federal neste sábado (7), após a missa, marcada para as 9h30, em homenagem à ex-primeira dama, Marisa Letícia, que faria 68 anos hoje.Lula, que passou a segunda noite no local, acompanhado de amigos, apoiadores e familiares, ainda não se pronunciou e nem apareceu hoje (7) para a militância, que está em vigília no local.

Curitiba

Assim que se entregar, o ex-presidente será conduzido a Curitiba onde ficará em uma cela especial na Superintendência da Polícia Federal. O local está isolado para vistantes externos e a movimentação nas imediações é só de profissionais da imprensa.

Também estão presos em Curitiba os ex-ministro da Fazenda do governo Lula, Antonio Pallocci e Léo Pinheiro, dono da Construtura OAS , que em depoimento ao Juiz Sérgio Moro confirmou que o petista é o dono do triplex em Guarujá (SP).

MSN


,07/04/2018 às 08:37

No "BBB18", Jéssica critica Ayrton para Kaysar e Viegas: "Inconveniente e forçado"

O clima do "Big Brother Brasil 18", da Globo, segue QUENTE! Afinal, o programa está chegando ao fim e muita coisa está rolando - como o Paredão surpresa dessa quinta-feira (5). E Jéssica decidiu desabafar sobre o que acha de Ayrton. Lá vem!

Em papo com Viegas e Kaysar, a personal trainer diz: "O que ele faz contigo não incomoda o Kaysar. Ele entrou no Quarto do Líder e o jeito que ele fez é inconveniente. O Kaysar nem tinha visto as fotos da família e ele já ficou perguntando quem era. O Viegas se incomoda, a mim não incomoda, mas acho forçado", opina.

Jéssica ainda diz que não é obrigada a gostar do jeito dele, mas nunca vai gerar conflito com isso. Eita! E aí, será que isso vai dar treta um dia? Para saber, fique de olho no "BBB18", que passa todos os dias, na faixa das 22h, na Globo!

MSN


,06/04/2018 às 07:54

Os salários astronômicos que podem colocar as séries em xeque

David Schwimmer, eternamente conhecido como o Ross de Friends, foi o primeiro do célebre elenco a começar a receber uma chuva de ofertas cinematográficas. Era a hora de pedir um aumento de salário, mas, em vez de tomar essa liberdade, apelou ao socialismo da sua companhia teatral e consultou seus colegas. Cada salário era diferente, então eles deveriam negociar juntos. Se a NBC discriminava um, não teria nenhum. No final, acabaram com um milhão de dólares por meia hora. Ainda recebem 20 milhões anuais (67 milhões de reais) pelas reprises. Foi uma mudança de paradigma, mas também uma cifra que quase não se repetiria na TV aberta. Só o elenco de The Big Bang Theory alcançou essa cifra redonda, antes de um corte para que fossem equiparados às colegas mulheres.

Conquistaram isso com suor e lágrimas, mas agora o ecossistema é diferente. A Apple está prestes a aterrissar na televisão, e o que ela oferece? Dinheiro, muito dinheiro. Salários que têm o poder de alterar para sempre o mundo das séries, ou atropelá-lo. A empresa criada por Steve Jobs pagará 1,25 milhão (4,19 milhões de reais) a Jennifer Aniston (tudo remete a Friends) e Reese Whiterspoon por cada um dos 20 episódios da sua nova série. O salário se infla para as estrelas do cinema mesmo sem provas de que elas possam triunfar semanalmente. Foi assim com Naomi Watts e seus 500.000 dólares por episódio na esquecida Gypsy, da Netflix, e pode ocorrer com a volta de George Clooney com Catch22, que o levará ao clube do milhão, do qual também participam os atores de Game of Thrones.

Quando o elenco de Big Little Lies soube dessa negociação, também a levou à HBO. A própria Whiterspoon e Nicole Kidman passarão dos 350.000 para o milhão de dólares redondo na sua segunda temporada. Se não tivessem aceitado, a Apple estava à espera. Reese é afinal de contas implacável produtora de ambas as equipes. Dá sua vida por elas.

Elas negociaram unidas. Aplicaram a lição de Friends. Mas às vezes há quem a rompa, e ganhe. As crianças de Stranger Things acabam de receber um aumento. Seu salário se multiplicará por 12, mas Millie Bobby Brown foi por sua conta, e seu cachê será similar ao dos adultos. Eleven tem, afinal de contas, até produtora própria. Nem todos são tão generosos como Ross.

Cachês recorde
1,1 milhão de dólares por episódio: Kit Harington, Emilia Clark, Peter Dinklage, Lena Headey e Nicolaj Coster-Waldau, em Game of Thrones (HBO)
20 milhões por ano: Ellen Pompeo em Grey’s Anatomy (ABC)
Entre 900.000 e um milhão por episódio: Os cinco atores principais de The Big Bang Theory (CBS)
750.000 dólares: Alexis Bledel e Lauren Graham em Gilmore Girls (Netflix)
650.000 dólares: Andrew Lincoln e Norman Reedus em The Walking Dead (AMC)
650.000 dólares: Dwayne Johnson em Baller (HBO)
525.000 dólares: Mark Hamon em NCIS6: Investigação Naval (CBS)
450.000 dólares: Claire Danes em Homeland (Showtime)
450.000 dólares: Mariska Hargitay em Law and Order: Special Victims Unit (NBC)


,06/04/2018 às 07:54

Lula deverá ficar preso em sala especial na sede da PF em Curitiba

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficará preso em sala especial na sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba, conforme mandado de prisão expedido pelo juiz federal Sérgio Moro. Lula terá que se entregar à PF até às 17h desta sexta-feira (6) e não poderá ser algemado.

Na decisão na qual decretou a prisão, Moro explicou que Lula não ficará em uma cela “em atenção à dignidade cargo que ocupou”. De acordo com o juiz, o ex-presidente deve ficar separado dos demais presos para “preservar sua integridade física e moral”.

A prisão de Lula foi decretada com base no entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), fixado em 2016, que autorizou a execução provisória da pena de condenados pela segunda instância da Justiça. Ontem (4), a defesa do ex-presidente tentou reverter o entendimento, mas, por 6 votos a 5, a Corte negou um habeas corpus preventivo para evitar a prisão.

Lula deve iniciar amanhã o cumprimento da pena, mas sua permanência na prisão pode ser desfeita por novas decisões do STF, que recebeu nesta quinta-feira (5) uma ação na qual o Partido Ecológico Nacional (PEN) pede que a Corte garanta, monocraticamente, a liberdade de condenados que ainda possam recorrer às cortes superiores.

Apesar de ser uma ação que deve ser julgada pelo plenário, não está descartada a possibilidade de o ministro Marco Aurélio, relator do caso, conceder a liminar pleiteada pelo partido, individualmente, a qualquer momento. Se a decisão for tomada até amanhã, pode impedir a prisão de Lula.

Outro fato que pode beneficiar o ex-presidente será a mudança na presidência do STF, em setembro, quando o ministro Dias Toffoli assumirá o cargo. Recentemente, a atual presidente, Cármen Lúcia, afirmou que não vai colocar em votação novamente duas ações declaratórias de constitucionalidade que analisam, de forma mais ampla, a questão da validade da prisão após o fim de todos os recursos em segunda instância. Com a mudança na presidência, a ação deverá ser julgada e poderá ocorrer uma mudança no entendimento que autoriza a prisão em segunda instância.

Defesa

Em nota, o advogado de Lula, Cristiano Zanin, afirmou que a expedição do mandado de prisão contraria uma decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), tomada em janeiro, que condicionaria a detenção após o fim de todos os recursos, fato que ainda não ocorreu.

“A defesa sequer foi intimada do acórdão que julgou os embargos de declaração em sessão de julgamento ocorrida no último dia 23/03. Desse acórdão ainda seria possível, em tese, a apresentação de novos embargos de declaração para o TRF4”, afirmou a defesa.

Histórico

Em julho do ano passado, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, mas o ex-presidente ganhou o direito a aguardar a prisão em liberdade. A condenação é relativa ao processo que investigou a compra e a reforma de um apartamento tríplex em Guarujá, no litoral de São Paulo. Moro afirmou na sentença que as reformas executadas no apartamento pela empresa OAS provam que o imóvel era destinado ao ex-presidente em troca de ajuda a empreiteiras que tinham contratos com a Petrobras.

HISTÓRIA: Relembre a trajetória política de Lula nas imagens abaixo

Relembre a trajetória política de Lula
Lula: relembre a sua trajetória política
Em janeiro deste ano, o TRF4, segunda instância da Justiça Federal, julgou os primeiros recursos da defesa do ex-presidente e do Ministério Público Federal (MPF) e aumentou a pena para 12 anos e um mês de prisão. No fim de março, a Oitava Turma do tribunal julgou um novo recurso, que também foi rejeitado. Em tese, caberia o último um recurso, os chamados embargos dos embargos, que poderiam ser protocolados até o dia 10. No entanto, a decisão em que decretou a prisão, Moro explicou que, embora caiba mais um recurso contra a condenação de Lula, a medida não poderá rever os 12 anos de pena.

MSN


,05/04/5018 às 07:57

Macarrão é considerado 'bom carboidrato' e não engorda, sugere estudo


Anos apontado como o grande "vilão" do emagrecimento e alimentação saudável, o macarrão, na verdade, não induz o ganho de peso. Um novo estudo, realizado por pesquisadores do Hospital St. Michael, em Toronto, Canadá, sugere que comer massa pode, na verdade, ajudar na perda de peso.

Para chegar à conclusão, os pesquisadores monitoraram por 12 semanas o peso corporal, massa muscular, gordura corporal e circunferência abdominal de pessoas que participaram do estudo. Elas ingeriram, em média, 3 porções de massa por semana em vez de outros carboidratos. Cada porção é igual a meia xícara de massa cozida.

Os participantes não só não ganharam peso, como também emagreceram: em média, cada um perdeu cerca de meio quilo.

O estudo, publicado na última terça-feira (3) na publicação científica British Medical Journal concluiu que o macarrão tem baixo índice glicêmico, e portanto, pode ser considerado um carboidrato "bom". Isso significa que ele, apesar de ser carboidrato, induz menos picos de açúcares que outros alimentos da mesma classe.

Alimentos de alto índice glicêmico, como pão branco, batata frita e barra de cereal, podem causar pico de açúcar no sangue, o que induz maior produção de insulina. A questão é que, quanto mais o hormônio é produzido, maior o apetite após a ingestão destes alimentos e maior a possibilidade do corpo armazenar gordura.

Por outro lado, carboidratos "bons", que têm baixo índice glicêmico, saciam por mais tempo. Estão neste grupo carboidratos como batata doce, lentilhas, alguns legumes, etc. "O macarrão, no contexto de padrões dietéticos com baixo índice glicêmico, não afeta negativamente a gordura corporal e até reduz o peso corporal e o IMC (Índice de Massa Corpórea) em comparação com padrões alimentares de alto índice glicêmico", resumiu o estudo.

Mas, antes de correr para o restaurante italiano mais próximo e se esbaldar com uma macarronada, é preciso lembrar que o estudo utilizou como parâmetro apenas meia xícara de macarrão três vezes por semana. Para a nutricionista Haley Hughes, a chave para alimentação saudável é a moderação.

"O controle das porções é, definitivamente, um fator chave, e outras questões também devem ser consideradas, como estilo de vida, exercícios físicos regulares, necessidades nutricionais individuais, entre outras", disse ao site The Daily Meal.


,05/04/5018 às 07:57

Lula entra em contagem regressiva para ser preso

Luiz Inácio Lula da Silva perdeu nesta quarta-feira sua principal chance de evitar a prisão antes das eleições. A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) negou habeas corpus pedido pelo petista que visava evitar que sua pena de 12 anos e um mês de detenção por corrupção passiva e lavagem de dinheiro começasse a ser cumprida sem que se esgotassem todos os recursos disponíveis na Justiça brasileira. Com essa decisão, o futuro do ex-presidente fica pendurado por um último recurso no Tribunal Regional Federal 4 (TRF-4), em Porto Alegre, que pode ser decidido nas próximas semanas.

O voto decisivo para a condenação de Lula foi o de Rosa Weber. E ela agora pode ser, ironicamente, a única salvação de Lula. Weber, cujo voto era uma incógnita até o início da sessão, defende como posição pessoal que a condenação não pode acontecer antes da condenação na última instância. Mas votou contra Lula, pois argumentou que sua obrigação era seguir o entendimento do Plenário da Corte, estabelecido em 2016, que é favorável à prisão após a segunda instância. Há duas ações na Corte que contestam o mérito deste tipo de prisão, que estão para ser votadas assim que a presidenta Cármen Lúcia decidir. Weber será, se seguir seu entendimento pessoal, favorável a elas. Assim, o placar se inverteria: seria 6 x 5 contra a prisão em segunda instância, o que beneficiaria o ex-presidente.

Leia mais:

Tempo real: acompanhe a repercussão do julgamento de Lula

Relembre todas as ações contra o ex-presidente na Lava Jato

Veja a cobertura completa da decisão no Supremo

A defesa de Lula ainda tentou adiar a prisão para depois da votação das duas ação, tecnicamente chamadas Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs). Após um voto de Marco Aurélio, crítico à demora da presidenta Cármen Lúcia em colocá-las em votação, José Roberto Batochio, advogado do petista, pediu a palavra e lembrou que havia no habeas corpuspedido subsidiário para que se suspenda a ordem de prisão até pelo menos a decisão das duas ADCs. Marco Aurélio concordou com a tese. "Se tem pendente no tribunal duas declaratórias de constitucionalidade versando sobre a matéria, acolho o pleito de se aguardar, para não se julgar esse processo pela capa, a colocação das duas declaratórias na pauta". A posição, entretanto, foi vencida pela maioria.

A esperança da defesa de Lula, agora, é que as duas ações sejam votadas no Plenário antes da decisão do TRF-4 sobre seu último recurso. A pressão crescerá em torno de Cármen Lúcia.

Mais de dez horas
O julgamento, que durou mais de 10 horas, foi marcado por alfinetadas entre os ministros, falas duras e críticas, tanto à mídia, por parte de Gilmar Mendes, quanto às pressões do general Eduardo Villas Bôas, comandante do Exército brasileiro, que às vésperas do julgamento lançou mão de frases polêmicas em seu Twitter criticando uma possível "impunidade", caso o STF acatasse o HC de Lula. "Intervenções quando efetivadas e tornadas vitoriosas tendem a diminuir o espaço institucional reservado ao dissenso, limitando a possibilidade de livre expansão da atividade política e do exercício pleno da cidadania", afirmou o decano Celso de Mello.

Rosa Weber, a mais discreta da casa, atraiu todos os holofotes. Apesar de ela ter se posicionado sempre contrariamente à prisão após a segunda instância, a ministra tende, em suas decisões, a respeitar o que já foi estabelecido pelo Plenário do STF em relação ao tema, quando julga outros habeas corpus. É o parecer do colegiado desde 2016 é o de permitir a prisão antes do trânsito em julgado. Em um voto criticado pela complexidade nas redes sociais, a ministra negou o HC de Lula. Afirmou que, independentemente de sua posição pessoal, respeitaria a posição que prevalece no STF, ou seja, o entendimento de que a execução da pena, ainda que sujeita a recurso nos tribunais superiores, não compromete o princípio da presunção de inocência. "O respeito ao precedente judicial baseia-se na premissa fundamental de que decidir casos similares de modo semelhante integra o próprio conceito de Justiça na dimensão da equidade", disse.

Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes, Luiz Fux, Cármen Lúcia formaram com ela a maioria, que negou o habeas corpus do ex-presidente. Votaram para concedê-lo os ministros Marco Aurélio, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski, que já haviam decidido em outras ocasiões pela prisão apenas após o trânsito em julgado da sentença. Gilmar Mendes e Dias Toffoli também concederam o HC, ainda que tenham defendido uma tese intermediária: que a prisão seja permitida após decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), sem que se espere uma manifestação final do STF.

Assim, o placar contra Lula foi de 6 x 5.

Em seu voto, Weber ressaltou, entretanto, que nada impede que o tema seja revisitado mais para frente, fazendo referência ao julgamento das Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs), o tema que levou ao maior enfrentamento entre os ministros. "Mesmo com mudança anunciada [no entendimento sobre a prisão], o STF decidiu denegar a ordem de habeas corpus de Lula. O STF deve mudar de entendimento no julgamento das ADCs, mas preferiu não alterar a posição no HC de Lula. Isso gera questionamentos ainda maiores sobre a estabilidade da decisão", explicou a professora da FGV Direito de São Paulo e coordenadora do Supremo em Pauta, Eloísa Machado.

Campanha
Lula assistiu ao julgamento do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, seu berço político. Estava acompanhado de apoiadores, militantes e da ex-presidenta Dilma Rousseff. Uma possível prisão do ex-presidente não impede que ele se candidate à presidência. E a rejeição do pedido de habeas corpus no Supremo não mexerá nas peças do xadrez eleitoral do PT. Respaldado pelas pesquisas, que mostram o petista em primeiro lugar em todos os cenários, o partido manterá Lula como seu pré-candidato e seguirá em silêncio, pelo menos oficialmente, sobre um possível plano B, caso a candidatura de seu maior líder seja impedida. O último levantamento do instituto Datafolha, de janeiro, mostrava o petista com 36% das intenções de voto.

A reportagem apurou que somente Lula poderia desistir de sua candidatura. Ou seja, se depender do PT, tudo fica como está, “mesmo que ele seja preso”. Diante da possibilidade de um pedido de prisão nas próximas semanas, as caravanas que o Partido dos Trabalhadores vinha realizando desde o ano passado pelo Brasil podem ser suspensas. Outra possibilidade que não está descartada é a de o ex-presidente se entregar, quando sair a determinação da prisão, evitando assim, uma operação da Polícia Federal para levá-lo à prisão.

Seja como for, a campanha e a candidatura, por ora, estão mantidas. É o que vem defendendo todos os dirigentes publicamente desde a primeira derrota do petista no TRF4, em janeiro deste ano. "Queremos dizer em alto e bom tom: nós vamos com Lula até as últimas consequências", afirmou a presidenta do partido, Gleisi Hoffmann, em vídeo publicado pelo PT no dia 12 de março. O Brasil acorda nesta quinta-feira com um Lula, seu presidente mais popular das últimas décadas, em contagem regressiva rumo à prisão.

MSN


,04/04/2018 às 07:54

Sem qualquer surpresa, Wagner é eliminado do BBB18

Assim como um último capítulo de novela que sabemos o destino de todos os personagens, acompanhamos atentamente ao ‘BBB18‘ dessa terça-feira (03) mesmo sabendo que Wagner seria o eliminado da noite.

O programa até tentou disfarçar a previsibilidade, ora mostrando VTs positivos de Wagner e em outros momentos exibindo qualquer coisa que nada tem a ver com o que tem acontecido no jogo (como o sempre maravilhoso vídeo do grupo de WhatsApp), mas logo Tiago Leifert entrou ao vivo na casa para anunciar quem estaria dando tchau naquela noite.

Leifert perguntou a Wagner se o jogo era coletivo ou individual, e o brother deu uma resposta diferente da que foi dada na primeira semana do programa (quando falou que era individual). Depois, o apresentador perguntou à família o que doeu mais na última formação de paredão. Ayrton, em prantos, apontou para Kaysar e declarou que foi o voto do seu colega. Ana Clara, breve, respondeu que foi ver seu pai nessa situação.

Depois de avisar que todos estão perto da final, Leifert contou que um sorriso errado já era “sangue na água” que chama a atenção do tubarão. “Daqui pra frente, o paredão é contra todos”, filosofou o apresentador. E com esse pensamento, Leifert anunciou a saída de Wagner com 59,60%.

Do lado de fora, o apresentador não perguntou a Wagner quem ele garantiria para a prova do líder porque, a partir desse ponto, todos os brothers participarão das provas. Essa reta final vai pegar fogo.



MSN


,04/04/2018 às 07:54

Lula pode ser preso hoje? Entenda o julgamento desta quarta-feira no STF

"É por isso que o habeas corpus é chamado de 'remédio heroico'. O é, porque voltado a preservar a liberdade de ir e vir do cidadão", disse o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), há 14 dias, no começo de um de seus votos na sessão sobre o habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Mais tarde, por volta das 19h, Marco Aurélio invocou o próprio direito de ir e vir: sacou do bolso uma passagem aérea para o Rio de Janeiro, onde tinha um compromisso marcado, ao defender que o tribunal adiasse o julgamento do caso até esta quarta-feira.

Naquele dia, as posições de Marco Aurélio prevaleceram três vezes: na primeira rodada de votações, os ministros decidiram que iriam, sim, julgar o habeas corpus (no jargão jurídico, o tribunal decidiu "conhecer" o HC); decidiram, depois, adiar o julgamento para hoje; e por fim, a maioria concordou em dar um "salvo-conduto" para que o petista não fosse preso até que o julgamento fosse concluído, o que deve acontecer agora.

O julgamento do habeas corpus desta quarta-feira diz respeito ao processo do "tríplex do Guarujá": segundo os investigadores, Lula recebeu propina da empreiteira OAS por meio de um apartamento tríplex no balneário do Guarujá (SP), em troca de vantagens para a empresa em contratos com a Petrobras.

O que é verdade e o que é invenção em 'O Mecanismo', a série da Netflix sobre a Lava Jato
Após tiros e sob tensão, Lula encerra caravana em Curitiba horas depois de discurso de Bolsonaro na cidade
Esta foi a primeira condenação de Lula no escândalo do "Petrolão": em julho passado, o juiz federal Sérgio Moro condenou o petista a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Em janeiro, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmou a sentença, e aumentou a pena para 12 anos e 1 mês.

Conheça as outras ações contra o petista na Lava Jato.
O julgamento de Lula mobilizou a cena política brasileira e grupos contrários e favoráveis à prisão do líder do PT. A Secretaria de Segurança do Distrito Federal decidiu dividir a Esplanada dos Ministérios ao meio, com um alambrado de metal, e cerca de 20 mil pessoas são esperadas nas manifestações em Brasília.

Parte da cúpula do PT estará reunida em Brasília para acompanhar o julgamento, e o próprio Lula assistirá à sessão do STF no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP).

No mundo jurídico, integrantes do Ministério Público e juízes reuniram mais de 4 mil assinaturas contra o habeas corpus de Lula; enquanto isso, cerca de 3,6 mil advogados e defensores públicos assinaram uma carta ao STF defendendo o pedido do petista.

Mas qual serão as consequências do julgamento de Lula para outros políticos investigados pela Lava Jato? Se perder no STF, o petista pode ser preso imediatamente? E se ganhar, poderá concorrer às eleições presidenciais de outubro?

O que o Supremo vai julgar?
O pedido de habeas corpus de Lula chegou ao STF no dia 2 de fevereiro deste ano. Seus advogados protestam contra uma decisão anterior do vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins. Em janeiro, Martins negou um pedido similar de habeas corpus contra a prisão de Lula.

Nas 68 páginas do pedido, a defesa de Lula argumenta que a prisão de Lula após a condenação pelo TRF-4 contraria o direito constitucional de ir e vir do ex-presidente - a Constituição e o Código Penal determinam que a prisão só poderá ocorrer depois de superadas todas as instâncias da Justiça.

A defesa de Lula diz ainda que o entendimento atual do STF (de 2016) foi firmado por uma maioria apertada - 6 votos contra 5 - e que o tribunal determinou que a prisão pode ocorrer após a condenação em segunda instância, mas que não é obrigatório que isso aconteça.

Os advogados de Lula pedem que ele não seja preso até que estejam esgotados todos os recursos possíveis, em todas as instâncias da Justiça.

Se perder no STF, quando Lula poderá ser preso?
A defesa do ex-presidente Lula tem até as 23h59 da próxima terça-feira (dia 10 de abril) para entrar com os chamados "embargos dos embargos" no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), de Porto Alegre. Os "embargos dos embargos" são uma espécie de apelação em relação ao último recurso de Lula, rejeitado pelos três desembargadores da 8ª Turma do TRF-4 no fim de março.

A praxe dos desembargadores têm sido a de rejeitar este tipo de recurso. Lula só pode ser preso depois que estes "embargos dos embargos" forem decididos pelo TRF-4, segundo a assessoria de imprensa do tribunal.

A defesa do petista tem até 10 de abril para apresentar os "embargos dos embargos", o que torna improvável a prisão do petista antes desta data.

Depois que os "embargos dos embargos" forem julgados no TRF-4, cabe ao tribunal de Porto Alegre enviar um ofício ao juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara da Justiça Federal em Curitiba, dizendo que a tramitação naquele tribunal se encerrou. Moro pode então assinar um mandado de prisão contra Lula. A praxe do juiz de Curitiba tem sido a de determinar inclusive em qual local o preso começará a cumprir pena.

Se vencer hoje, Lula poderá ser candidato?
Uma coisa não tem relação com a outra: o habeas corpus diz respeito à possível prisão de Lula, e não tem relação com sua situação eleitoral.

A candidatura ou não do petista depende de uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral, que tem até o dia 17 de setembro para julgar todos os pedidos de candidaturas presidenciais. Desde a condenação pelo TRF-4, porém, o petista se encaixa em uma das hipóteses de inelegibilidade da Lei da Ficha Limpa: a que proíbe condenados pela segunda instância da Justiça de concorrer a cargos públicos.

Segundo o advogado eleitoral e ex-ministro do TSE Henrique Neves, Lula ou qualquer outro condenado em segunda instância poderia, em tese, recorrer na Justiça para tentar garantir o direito de disputar às eleições. O petista poderia pedir ao STJ ou ao STF uma decisão provisória (liminar) que o permitisse continuar na disputa eleitoral, diz Neves.

Uma eventual decisão favorável nesta quarta, porém, não significa necessariamente que Lula teria sucesso neste novo pedido.

"Qualquer pessoa condenada pela Justiça pode recorrer e pedir que, antes mesmo desse novo recurso ser julgado pelas instâncias superiores, sejam suspensos liminarmente os efeitos da condenação anterior, para que ele possa concorrer (às eleições). Isso (a candidatura) poderá ser discutido no STJ ou no STF em uma eventual futura ação", diz ele.

Por que a ministra Rosa Weber está no foco das atenções?
Antes mesmo da sessão do dia 21 de março, quando o STF começou a analisar o habeas corpus de Lula, os ministros vinham dando "pistas" sobre o que pensam a respeito da prisão após a segunda instância.

Naquela primeira sessão sobre o HC de Lula, ficou visível a existência de dois grupos de ministros: Edson Fachin, Roberto Barroso, Luiz Fux, Alexandre de Moraes e a presidente do STF, Cármen Lúcia, votaram contra o "salvo-conduto" para o petista; os demais foram favoráveis.

Dos seis ministros restantes do STF, cinco têm dito em público ou mesmo decidido de forma individual contra a prisão após a segunda instância. São eles: Gilmar Mendes, Celso de Mello, Dias Toffoli, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski. No dia 21 de março, os cinco foram favoráveis em todos os momentos à defesa de Lula.

Em 2016, Rosa Weber foi contra a mudança no entendimento do Supremo (ela defendeu que o réu só vá para a cadeia depois de condenado em todas as instâncias da Justiça).

Depois que o tribunal passou a aceitar a prisão após a segunda instância, porém, ela começou a votar desta forma nos casos que chegaram à Primeira Turma do STF, da qual faz parte. Além disso, Weber é mais reservada que outros ministros - raramente concede entrevistas à imprensa. Em resumo, a posição dela nesta quarta-feira é uma incógnita.

Qual o efeito do julgamento de hoje sobre outros casos da Lava Jato?
Formalmente, o STF está julgando apenas o pedido de habeas corpus do petista, de forma individual. Mas, como mostra a mobilização de advogados, defensores públicos, juízes e integrantes do Ministério Público, o julgamento de hoje está sendo visto como uma espécie de "prévia" da decisão do Supremo sobre a prisão após a segunda instância.

Segundo a advogada criminalista Fernanda de Almeida Carneiro, o resultado do julgamento de hoje "certamente será utilizado como fundamento para outros habeas corpus no mesmo sentido".

Carneiro, que é professora do Instituto de Direito Público (IDP), diz ainda que a o julgamento desta quarta-feira servirá de "termômetro" para o posicionamento dos ministros no julgamento de duas ações judiciais que tratam especificamente da prisão após a segunda instância, e que podem mudar formalmente a posição do STF neste tema.

No jargão jurídico, as duas ações são chamadas de "Ações Declaratórias de Constitucionalidade", ou ADCs. As duas são relatadas pelo ministro Marco Aurélio, e não têm data ainda para serem julgados pelo plenário do STF.

Pode haver confronto entre manifestantes pró e anti-Lula em Brasília?
Como já havia feito em outras ocasiões, a Secretaria da Segurança Pública do Distrito Federal montou um esquema para evitar confrontos entre simpatizantes e manifestantes contrários a Lula. A capital federal virou palco de um novo embate entre militantes graças ao julgamento de hoje.

Nesta quarta, todas as pessoas que entrarem na Esplanada dos Ministérios - local dos protestos - serão revistadas. Até mesmo o acesso com balões ou bonecos infláveis será proibido. Por questões de estratégia e segurança, o governo não informou quantos policiais farão a segurança do local.

O secretário-geral da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Brasília, Rodrigo Rodrigues, disse à BBC Brasil que cerca de 10 mil pessoas de movimentos sociais, como o MST, MTST e a Marcha Mundial das Mulheres, devem viajar para a capital federal para apoiar Lula nesta quarta.

O secretário-geral da CUT diz ainda que não há risco de confronto com os manifestantes anti-Lula em Brasília.

"Só houve enfrentamentos quando protestamos contra a Reforma da Previdência e a Trabalhista porque a violência sempre surge da repressão policial feita contra nossos atos que incomodam o governo. No impeachment da Dilma, a polícia montou essa mesma separação. Tinha muita gente de direita, contrários às nossas ideias. Houve muita provocação, mas não teve confronto", afirmou.

Tom pacífico também foi adotado pelo Movimento Brasil Livre (MBL). Líderes nacionais do grupo, como Kim Kataguiri, estarão na Esplanada dos Ministérios.

Um dos mais numerosos movimentos anti-Lula, o Vem Pra Rua tomou a decisão de não participar das manifestações em Brasília por não ver condições de segurança dos manifestantes no ato.

"Nós prezamos as manifestações pacíficas e ordeiras. Não nos interessa o confronto nem o desafio. Isso não é Fla-Flu. Sabemos que alguns integrantes do nosso movimento devem comparecer em Brasília, mas, por questões de segurança, preferimos antecipar o nosso ato para hoje (terça-feira)", afirmou a porta-voz do grupo, Adelaide Oliveira.

MSN


,03/04/2018 às 07:58

Justiça obriga Caixa a pagar abonos do PIS não sacados nos últimos 5 anos

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil deverão convocar todos os trabalhadores que não receberam os abonos salariais do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) nos últimos cinco anos para comparecer a agências e sacar o dinheiro.

A determinação faz parte de uma sentença da 2ª Vara Cível Federal da capital paulista e é resultado de uma ação civil pública ajuizada pela Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, órgão vinculado ao Ministério Público Federal em São Paulo.

A ordem judicial vale para os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Segundo o MPF, trabalhadores que ganham até dois salários mínimos mensais têm direito a receber o abono equivalente a um salário mínimo anual, mas nem todos sabem disso. “A Caixa e o Banco do Brasil, responsáveis respectivamente pelo pagamento dos valores do PIS e do Pasep, têm não só deixado de divulgar amplamente a disponibilidade dos recursos aos beneficiários, como também se baseado em prazos inconstitucionais para dificultar os saques”, diz o órgão, em nota.

Esses prazos são estipulados em resoluções que a União edita anualmente, por meio do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). Embora a Constituição garanta o direito ao abono sem condicioná-lo a datas para saque, os atos normativos restringem os períodos em que os beneficiários podem retirar as quantias ao longo do ano.

Os textos estabelecem ainda que os valores não sacados no calendário definido devem ser automaticamente revertidos para as outras finalidades do FAT. Assim, os trabalhadores que perdem os prazos continuam com direito a receber o benefício, mas acabam obrigados a recorrer à Justiça para obter os valores.

Na sentença, a Justiça Federal acolheu integralmente os pedidos do MPF para que o pagamento seja efetuado independentemente de datas previstas em resoluções.

Os cinco anos retroativos correspondem ao mesmo prazo máximo que a Fazenda Pública tem para realizar cobranças.

Os saques, com juros e correção monetária (calculada com base no IPCA), podem ser feitos pelos trabalhadores diretamente nas agências bancárias.

A decisão impõe também que valores não retirados sejam mantidos pelo mesmo período nas instituições bancárias, em vez de revertidos ao FAT, facilitando o acesso dos trabalhadores aos valores.

A União foi condenada ainda ao pagamento de 477 mil reais por danos morais coletivos. O montante deve ser depositado no Fundo de Defesa de Direitos Difusos. União, Caixa e Banco do Brasil devem dar ampla publicidade ao teor da sentença, convocando os trabalhadores para que possam sacar valores que lhe são devidos.

A decisão judicial é de 1º grau e ainda cabe recurso.

Ganha direito ao abono salarial quem está inscrito há pelo menos cinco anos no PIS/Pasep e trabalhou formalmente por pelo menos um mês por ano, com remuneração média de até dois salários mínimos. É preciso que esses dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do benefício varia de 80 reais a 954 reais, de acordo com o tempo trabalhado no ano-base. Para receber o valor cheio, é necessário ter trabalhado formalmente durante todo o ano com rendimento médio de até dois salários mínimos.

MSN


,03/04/2018 às 07:58

Saiba o que acontece se a MP da reforma trabalhista perder a validade

A medida provisória que prevê ajustes na reforma trabalhista está prestes a perder sua validade. Para virar lei, o texto precisaria ser aprovado no Congresso até o dia 23 deste mês. Mas há poucas chances de o prazo ser cumprido. O presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ), já disse que receberia o projeto de conversão da MP em lei somente até esta terça, dia 3. Mas a comissão que deveria analisar a matéria não escolheu nem o relator ainda.

Em entrevista para a rádio CBN, Rodrigo Maia disse que a caducidade da MP não inviabiliza a reforma trabalhista. O problema é que a perda da validade da MP traz questionamentos sobre pontos fundamentais da reforma trabalhista. O principal deles é saber se a reforma, em vigor desde novembro, vale para todos os contratos ou apenas para os celebrados a partir de sua vigência. “Se a MP cair, volta a discussão se a reforma trabalhista se aplicara somente a contratos firmados após novembro do ano passado, quando entrou em vigor, ou se vai retroagir”, explicou o advogado Rodrigo Salerno, especialista em Direito do Trabalho do Salerno, Amorim e Zani Advogados.

Na avaliação de especialistas em direito trabalhista, a perda da validade traz insegurança jurídica sobre todos os acordos firmados com base na MP. Mas Rodrigo Maia disse que a judicialização já está ocorrendo. “A brecha para a judicialização já está ocorrendo porque parte do Judiciário da área do trabalho fazendo o questionamento político da decisão majoritária do Congresso Nacional, o trabalho da Justiça do Trabalho é aplicar a lei e qualquer questionamento jurídico de constitucionalidade caberia ao Supremo e não à Justiça do Trabalho. Vamos continuar defendendo o que aprovamos, com a certeza de que a matéria é legal”, afirmou o deputado para a CBN.

A medida provisória foi editada em cumprimento a um acordo feito entre o presidente da República, Michel Temer, e o Congresso para acelerar a votação da reforma trabalhista. Uma saída seria Temer editar outra MP depois que caísse a atual e, assim, ganhar mais 120 dias para a aprovação do texto. No entanto, em ano de eleição, especialistas acham pouco provável a utilização dessa estratégia.

Sem a medida provisória, vários pontos da reforma trabalhista ficarão sem regulamentação, o que provocará o aumento de processos na Justiça. “A MP tem a função de esclarecer, ajustar e melhorar alguns pontos que não ficaram muito claros com a reforma. Sem ela, a reforma continua valendo, mas esses pontos ficam sem definição e dependerá da interpretação do Judiciário”, explicou o advogado Luiz Fernando Riskalla, do escritório Leite, Tosto e Barros Advogados.

Entre os pontos que dependem de regulamentação está a jornada 12 x 36. A lei diz que a negociação da jornada pode ser definida diretamente entre trabalhador e empregador. Já a MP só autoriza a negociação direta apenas por profissionais de saúde. As demais categorias devem ter a anuência do sindicato.

A definição do valor do dano moral é outro ponto que deveria ser definido pela medida provisória, que prevê a equidade na fixação dos valores, com o teto do benefício da Previdência Social sendo o parâmetro para a definição. Sem a MP, o valor do salário é usado como base para a indenização.

A MP diz ainda que é proibida cláusula de exclusividade em contratos de autônomos. E proíbe também o trabalho em ambientes insalubres para gestantes ou lactantes.

O advogado Daniel Chiode cita ainda o pagamento da remuneração. Pela reforma, há flexibilidade para o empregador pagar a remuneração com valores variáveis, como prêmio ou bônus, sem encargos trabalhistas. A MP, porém, diz que é possível para dois prêmios por ano sem encargos e o bônus sempre terá natureza salarial.

“Se a MP deixar de ter validade, vários pontos da reforma trabalhista contemplados na medida provisória voltam ao texto original da reforma e caberá à Justiça decidir cada situação ou ao Tribunal Superior do Trabalho editar uma súmula pacificando o entendimento”, finalizou Chiode.

MSN


,02/04/2018 às 07:48

O que se sabe sobre a queda da estação espacial Tiangong-1 no Pacífico

A estação espacial chinesa Tiangong-1 praticamente se desintegrou ao reingressar na atmosfera terrestre acima do Pacífico Sul neste domingo, apontam relatos da China e dos Estados Unidos. Seus destroços teriam caído no mar.

O reingresso na atmosfera ocorreu por volta das 21h15, no horário de Brasília, disse o Escritório de Engenharia Espacial Tripulada da China.

Grande parte da estrutura acabou queimada no caminho de volta ao planeta.

A Tiangong-1 foi lançada em 2011 para realizar exercícios de acoplagem em órbita.

Parte dos esforços da China para construir uma estação espacial tripulada mais permanente até 2022, a estação estava desocupada desde 2013 e parou de funcionar em março de 2016, ano em que os chineses perderam a comunicação com ela.

O que sabemos sobre o que aconteceu?
As autoridades espaciais têm dado a indicação bastante vaga "acima do Pacífico Sul" sobre o local da queda.

Especialistas dos EUA no Comando de Forças Espaciais Conjuntas disseram ter usado tecnologia de análise de órbita para confirmar a reentrada da Tiangong-1 na atmosfera terrestre.

Houve dificuldades, no entanto, para prever exatamente onde sua reentrada ocorreria - e, pouco antes da hora, a agência espacial chinesa sugeriu erroneamente que seria perto de São Paulo, no Brasil.

No Twitter, o astrônomo Jonathan McDowell, do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica, postou que a estação, na verdade, parece ter caído a noroeste da ilha de Taiti, na Polinésia Francesa.

A Agência Espacial Europeia também havia previsto que ela provavelmente se desintegraria sobre o mar, que cobre grande parte da superfície da Terra. E que as chances de alguém ser atingido por fragmentos eram "10 milhões de vezes menores do que a de ser atingido por um raio, anualmente".

Não está claro quantos destroços atingiram intactos a superfície terrestre.

Por que o laboratório espacial caiu assim?
Idealmente, a Tiangong, que possuía 10 metros de comprimento e pesava oito toneladas, teria sido retirada de órbita de forma planejada.

O plano era, como tradicionalmente ocorre, usar seus propulsores para conduzir a estação em direção a uma zona remota sobre o Oceano Antártico. Esta opção parece, no entanto, não ter ficado disponível após a perda das conexões de comando em 2016.

Treze agências espaciais, sob a liderança da Agência Espacial Europeia, usaram observações ópticas e de radar para seguir o caminho de Tiangong ao redor do mundo.

Curiosidades sobre a estação espacial chinesa
Tiangong significa "Palácio Paradisíaco"
Lançada em 2011 para a prática de manobras de acoplagem
Duas tripulações de astronautas visitaram as cápsulas de Shenzhou, em 2012 e 2013
Entre elas, estavam as primeiras astronautas chinesas, Liu Yang e Wang Yaping
A China tem plano de construir uma estação especial mais permanente na próxima década
Para isso, os chineses já desenvolveram um foguete de carga pesada, o Long March 5
Este é o maior objeto espacial a cair do céu?
Tiangong certamente era considerada de grande porte para objetos de reentrada descontrolados, mas estava longe de ser o maior, historicamente. O astrofísico Jonathan McDowell estima que ele seja apenas o 50º nessa lista.

O Skylab da agência espacial norte-americana é um dos exemplos apontados como maiores. Ele tinha quase 80 toneladas em massa quando voltou parcialmente descontrolado em 1979. As peças atingiram a Austrália Ocidental, mas ninguém no solo ficou ferido.

Outro caso de objeto de grande porte classificado como de reentrada descontrolada é o do ônibus espacial da Nasa, o Columbia. Sua massa era superior a 100 toneladas quando fez seu trágico retorno da órbita em 2003. No episódio, houve a destruição total da estrutura e toda a tripulação, composta por sete astronautas, acabou morrendo. Ninguém no solo, porém, foi atingido pelos destroços - espalhados pelos estados americanos do Texas e da Louisiana.

Laboratório
A China lançou um segundo laboratório, o Tiangong-2, que continua operacional. Ele foi visitado por um cargueiro de reabastecimento, Tianzhou-1, no ano passado.

Espera-se que a futura estação espacial permanente da China compreenda um grande módulo central e dois módulos auxiliares menores, e que esteja em operação no início da próxima década.


MSN


,02/04/2018 às 07:48

Aumenta pressão para STF definir prisão em 2ª instância

Já não bastava o desconforto interno no STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a possível revisão da decisão que estabelece a prisão em 2ª instância, juízes e procuradores - incluindo o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot - iniciam nesta segunda-feira (2) uma ofensiva para que a norma seja mantida.

Os 11 ministros da corte vão receber uma nota técnica na qual cerca de 4 mil procuradores endossam a constitucionalidade da decisão em vigor. O documento chega ao Supremo 2 dias antes do julgamento do habeas corpus preventivo que permite que, mesmo condenado em 2ª instância, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silvarecorra em liberdade.

Há o burburinho de que antes de concluir o julgamento do salvo-conduto, a corte decida sobre a eficácia da norma atual. Desde 2016, está em vigor uma liminar da corte que permite o cumprimento da pena após confirmação da sentença por colegiado.

Em outubro, quando a decisão foi tomada pelos magistrados, o ministro Gilmar Mendes rebateu a crítica de que o Supremo estaria indo contra o princípio da presunção de inocência.

Não estamos a fazer tábula rasa. Haverá sempre remédios (para a defesa), e o bom e forte habeas corpus estará à disposição.
De 2016 para cá, no entanto, o ministro Gilmar Mendes, que votou a favor da prisão em 2ª instância, e a ministra Rosa Weber, que foi contrária, sinalizaram interesse em analisar o caso novamente.

Para completar, um dos ministros que ajudou a formar maioria contra foi Teori Zavascki, morto no início de 2017. No lugar dele, entrou Alexandre de Moraes, que já afirmou considerar a medida constitucional, mas não declarou sua posição.

Por mais que aparentemente o cenário não sofresse uma mudança, essa perspectiva não está descartada. E é por não querer expor a corte ao calor do momento que a ministra Cármen Lúcia tem afirmado que não colocará o caso na pauta novamente.

O posicionamento tem sido considerado um marco para a Operação Lava Jato. Em entrevista ao Roda Viva, o juiz Sérgio Moro, responsável pela operação na 13ª Vara Criminal Federal, afirmou que revisão da prisão em 2ª instância passa ideia de "passo para trás". Na avaliação dele, se não há perspectiva de punição, não há interesse do alvo das investigações em colaborar.

Na nota técnica, disponibilizada pelo Estadão, os juízes e procuradores questionam o argumento de que o cumprimento da pena fere o princípio da presunção de inocência.

"O termo 'presunção de inocência', se analisado absolutamente, levaria ao paroxismo de proibir até mesmo investigações de eventuais suspeitos, sem mencionar a vedação de medidas cautelares constritivas no curso de apurações pré-processuais, ensejando, consequentemente, a inconstitucionalidade de qualquer persecução criminal", diz.

No último dia 6 de março, o advogado do ex-presidente Lula, Sepúlveda Pertence, entretanto, defendeu a tese de que a prisão após confirmação da condenação por colegiado fere a presunção de inocência. "O que se pretende é a reafirmação do princípio constitucional básico da presunção de inocência, que serve e protege qualquer cidadão", afirmou.

O ex-presidente teve a condenação confirmada e a pena aumentada pelo TRF-4 no caso do tríplex do Guarujá. O petista nega as acusações. Com a condenação, Lula é considerado ficha suja. Ele, entretanto, aparece no topo nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República.

MSN


,31/03/2018 às 08:20

Como declarar saque do FGTS inativo no Imposto de Renda 2018

São Paulo – É recomendável a quem sacou valores depositados no FGTS inativo em 2017 declarar os valores no Imposto de Renda 2018.

Apesar de isentos do tributo, os recursos provocam uma oscilação no patrimônio do contribuinte. Portanto, devem ser informados ao Fisco como forma de justificar a evolução patrimonial. Caso não sejam incluídos na declaração, o contribuinte corre o risco de cair na malha fina.

Dependendo do valor retirado do fundo, o saque pode inclusive obrigar o contribuinte a declarar o IR nesse ano, explica Eduardo Costa da Silva, sócio responsável pela área tributária do Godke Silva & Rocha Advogados.

Deve enviar a declaração do IR 2018 à Receita o contribuinte que tiver recebido mais de 40 mil reais em rendimentos isentos e não tributáveis e tributados exclusivamente na fonte no ano passado. “Ou seja, se o contribuinte sacou mais de 40 mil reais de FGTS inativo, ele é obrigado a declarar os valores recebidos”, diz Silva.

Caso o contribuinte tenha sacado um valor menor, ele deve ser somado aos outros rendimentos isentos recebidos ao longo do ano e também aos rendimentos tributados exclusivamente na fonte, a exemplo do registrado em aplicações financeiras como CDBs, por exemplo. Caso a soma de todos esses valores seja maior do que 40 mil reais, o contribuinte também deve enviar a declaração à Receita esse ano.

Passo a passo
O saque do FGTS inativo deve ser declarado na ficha “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”, na linha 4 – “Indenizações por rescisão de contrato de trabalho, inclusive a título de PDV, e por acidente de trabalho; e FGTS”.

No campo “Discriminação”, a Caixa deve ser informada como fonte pagadora, e o contribuinte deve informar ao Fisco o número do CNPJ do banco (00.360.305/0001.04).

Para consultar o valor retirado do fundo, o trabalhador pode acessar o extrato de todas as suas contas do FGTS no site da Caixa. As informações também podem ser consultadas nas agências do banco.

Dinheiro extra
Mais de 25,9 milhões de trabalhadores sacaram, de março a julho do ano passado, recursos depositados no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) das chamadas contas inativas. Os saques foram autorizados pela Medida Provisória 763/2016, anunciada pelo presidente Michel Temer em dezembro de 2016.

Tiveram direito ao saque todos os trabalhadores que encerraram um contrato de trabalho formal até 31 de dezembro de 2015, seja porque pediram demissão, foram demitidos por justa causa ou foram demitidos sem justa causa e optaram por não sacar o dinheiro naquele momento.

A partir do momento em que o contrato de trabalho se encerra, seja porque o trabalhador pediu demissão ou foi demitido, a conta do FGTS se torna inativa, já que não há mais depósitos.


Antes da edição da MP 163/2016, o dinheiro das contas inativas só podia ser sacado na compra do primeiro imóvel, aposentadoria, se o trabalhador ficasse três anos consecutivos sem carteira assinada e também por dependentes de trabalhadores falecidos.

MSN


,31/03/2018 às 08:20

Deserto na Califórnia vira cemitério de veículos da Volkswagen

No deserto californiano, dezenas de aviões descansam em paz após o último pouso de suas carreiras no aeroporto de logísticas de Victorville, cidade de 120 mil habitantes a 140 km de Los Angeles. Desde 2017, milhares de automóveis se juntaram ao "cemitério de aviões", formando um gigantesco estacionamento de carros coloridos no meio do deserto de Mojave. A imagem não é miragem e pode ser vista no site Google Earth.

A instalação é uma das 37 que a Volkswagen alugou nos EUA para guardar os veículos a diesel que comprou de volta dos consumidores após o escândalo da fraude nos testes de poluentes de 2015. Um assessor da empresa que administra o terreno disse que o lote tem capacidade para 21 mil veículos.

Em 2015, a montadora admitiu uso de software ilegal para trapacear nos testes de emissões nos EUA, afetando quase meio milhão de carros. A Volks criou um programa de devolução dos veículos e disse que 340 mil consumidores haviam demonstrado interesse. No fim de 2017, ainda gastava US$ 3 bilhões para consertar os motores.

"Esses veículos estão sendo armazenados de maneira provisória e passam por manutenção de rotina para garantir sua operacionalidade e qualidade a longo prazo", informou a Volks dos EUA num comunicado à reportagem.

A empresa também afirmou que os carros devem voltar ao comércio ou serem exportados quando forem aprovadas as modificações de emissões. Veículos que não podem ser modificados por causa da "idade ou condições ou outras razões serão reciclados de forma responsável".

De acordo com documentos judiciais, a montadora alemã já pagou mais de US$ 7 bilhões na recompra de cerca de 350 mil veículos. Destes, 13 mil já foram revendidos e 28 mil destruídos.

+ Prazo para declarar o imposto de renda 2018 acaba em 1 mês

A crise é a maior já enfrentada nos 80 anos de história da maior montadora da Europa e provocou a renúncia do presidente mundial da empresa, em 2015.

Um ano atrás, a Volkswagen foi condenada a pagar US$ 4,3 bilhões em multas e estima gastar mais de US$ 25 bilhões em danos para consumidores, agências de meio ambiente e revendedores.

CLIMA IDEAL

Devido ao clima quente e seco, além da quantidade quase sem fim de terrenos disponíveis, a região californiana é perfeita para armazenamento de máquinas. O aeroporto Southern California Logistics, que não opera voos comerciais, tem 288 aeronaves, algumas para serviços de manutenção, outras para reciclagem, aposentadoria ou espera para revenda.

O "cemitério de aviões" guarda muitos modelos 747 e é usado por diversas companhias aéreas, como United, Air China e Lufthansa.

Os automóveis começaram a chegar no começo de 2017. É possível ver o estacionamento da pequena estrada que separa Victorville e Adelanto, uma "cidade de possibilidades ilimitadas", como diz seu letreiro de boas-vindas.

Uma grade coberta com tecido preto protege a propriedade, que se estende até a estrada perder o asfalto e virar puro deserto. Ao longe, é possível ver alguns aviões.

Na parte asfaltada, há uma comunidade com casas simples, trailers e um restaurante mexicano. O motorista desempregado Michael Robuck, 43, mora na região há 30 anos e relembra a bagunça quando os veículos surgiram.

"A gente nem se dá conta dos aviões, mas dos carros sim. Foram meses e meses de caminhões trazendo os carros. Às vezes dava para contar 30 caminhões num dia." Com informações da Folhapress.

MSN


,29/03/2018 às 08:09

Rodriguinho marca no fim e Corinthians vence o São Paulo nos pênaltis

O jogo foi bastante disputado na Arena Corinthians, com um São Paulo muito diferente da postura apresentada durante todo o Campeonato Paulista, mas, no fim, falou mais alto a força do Timão dentro da sua casa. Aos 47 minutos da etapa final, quando a vaga são-paulina parecia encaminhada, Rodriguinho marcou de cabeça e deu a chance de Cássio pegar dois pênaltis, assegurando a vaga alvinegra na final.

Com o resultado, o clube do Parque São Jorge agora encara a equipe do Palmeiras na final da competição. O primeiro jogo está marcado para sábado, às 16h30 (de Brasília), novamente na Arena, com a segunda partida agendada para o dia 8, no Allianz Parque. O Tricolor, por sua vez, enfrenta o Atlético-PR, em duelo marcado para o dia 4 de abril, na Arena da Baixada, pela quarta fase da Copa do Brasil.

Jogo muito pegado e pouco jogado

O primeiro tempo começou com o São Paulo marcando de forma adiantada, dificultando a saída de bola corintiana. Apostando em uma pressão, principalmente quando Fagner era acionado pelo lado direito, o Tricolor conseguiu travar os lances corintianos e se manteve tranquilo com o 0 a 0, fazendo a temperatura se elevar somente quando Gabriel tirou a bola de Trellez, que estava no chão, causando um princípio de confusão em Itaquera.

Em termos de chances de gol, a inicial saiu em escanteio cobrado por Nenê, que tentou surpreender Cássio ao bater direto para o gol. O goleiro alvinegro, no entanto, conseguiu salvar em cima da linha. Na resposta, após outro escanteio, Emerson Sheik dominou bola na segunda trave e conseguiu chutar, mas acabou mandando por cima do gol de Sidão, arrancando gritos de “uh” dos presentes à arena.

Com o Tricolor baixando sua marcação, quase que naturalmente, para aguentar o ritmo da partida, o Timão rondou a área adversária por diversas vezes, mas não conseguiu entrar. Em resposta pontual, Trellez ganhou de Pedro Henrique e só não parou dentro do gol porque Cássio saiu muito bem da sua meta. Pouco depois, Sheik viu cruzamento de Fagner passar por Rodriguinho e sobrar limpo para ele chutar. A bola, no entanto, foi para a arquibancada.

Preocupado com os avanços corintianos, Diego Aguirre pediu seguidas vezes para os seus comandados avançarem a marcação e não deixarem o Alvinegro ficar tanto tempo com a bola. Em uma rara jogada trabalhada do seu time, ele quase foi para o itnervalo em vantagem. Liziero recebeu na entrada da área e entrou driblando até a linha de fundo. O volante cruzou, a zaga não afastou e Militão bateu forte, exigindo outra boa intervenção de Cássio.

Defesa são-paulina falha uma vez

O segundo tempo foi de uma tônica sò: Corinthians rondando a área e a zaga do São Paulo afastando todas as vezes em que a redonda entrava na área tricolor. Arboleda e Bruno Alves, facilitados pela ausência de um homem de referência na área para marcar, conseguiram afastar quase sempre que Clayson e Mateus Vital levaram a bola até o fundo, sem precisar fazer Sidão trabalhar.

Preocupado em fazer o time ter mais perigo, Carille acionou Pedrinho pela ponta direita, na vaga de um sem função Gabriel. Logo na sua primeira bola, o canhoto foi para cima da marcação acionou Rodriguinho e o meia cruzou forte para o meio da área, onde Emerson Sheik não alcançou. A bola ainda quase sobrou para Clayson na esquerda, mas Éder Militão, como em quase todo o jogo, ganhou a disputa.

Preocupado também em não deixar o seu time muito exposto, Carille demorou a mexer, esperando que a formação escolhida fosse para cima do adversário. A mudança seguinte do treinador corintiano veio já na casa dos 30 minutos da etapa final, quando Mantuan substituiu um esgotado Fagner. O lateral, que estava com a Seleção Brasileira na Alemanha, aguentou mais tempo do que o esperado.

A última escolha foi Danilo, que entrou na vaga de Emerson Sheik para tentar dar mais presença de área ao time. O experiente armador nem sequer conseguiu receber uma bola em boa condição dentro da área, saindo mais para ajudar na armação. Quando tudo parecia perdido, no entanto, Clayson bateu escanteio pelo lado direito e achou Rodriguinho livre no meio da área para testar e vencer Sidão, levando a decisão aos pênaltis.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 0 SÃO PAULO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 28 de março de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias
Assistentes: Anderson de Moraes e Daniel Ziolli
Público: 43.062 torcedores
Renda: R$ 2.603.440,11
Cartão Amarelo: Rodriguinho, Fagner e Henrique (Corinthians); Reinaldo, Éder Militão e Sidão (São Paulo)
Gol: Rodriguinho, aos 47 minutos do segundo tempo
PÊNALTIS:
CORINTHIANS: Mateus Vital, Clayson, Pedrinho, Maycon e Danilo
SÃO PAULO: Lucas Fernandes, Bruno Alves, Reinaldo e Éder Militão

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Mantuan), Pedro Henrique, Henrique e Sidcley; Gabriel (Pedrinho), Maycon, Mateus Vital, Rodriguinho e Clayson; Emerson Sheik (Danilo)
Técnico: Fábio Carille

SÃO PAULO: Sidão; Militão, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Petros e Liziero; Marcos Guilherme (Caíque), Nenê (Lucas Fernandes) e Tréllez (Diego Souza)
Técnico: Diego Aguirre


,28/03/2018 às 08:00

Como baixar e ler os dados que o Facebook guarda sobre você

O Facebook armazena dados pessoais disponíveis nos celulares dos próprios usuários, como ligações e mensagens de SMS. A coleta de dados não é recente, mas acabou repercutindo após o desenvolvedor de software Dylan McKay divulgar a informação nasredes sociais. A proximidade do episódio com a obtenção de 50 milhões de dados pela consultoria Cambridge Analytica também colaborou para a repercussão.

A rede social consegue essas informações quando o usuário permite o acesso do bate-papo Messenger aos contatos ou ao baixar o aplicativo do Facebook. O programa apresenta condições como “ler seus contatos”, “ler compromissos e informações confidenciais” da agenda, “ler suas mensagens de texto (SMS ou MMS)” e “ter acesso total à rede”.

Segundo o site de tecnologia Ars Technica, a coleta de dados do Facebook ocorreu durante o período em que o controle sobre as permissões no Android eram menos restritas. Recentemente, o Google mudou esse processo para que fique mais claro aos usuários a quais dados os aplicativos terão acesso, mas os desenvolvedores ainda podem receber registros de ligações e SMS até que a empresa descontinue a antiga tecnologia de interface de programação de aplicativos (API).

Conforme relato de usuários, que tiveram acesso ao próprios dados, a coleta do Facebook acontece há anos. Até o momento, o sistema operacional iOS não foi afetado.

A seguir, confira o passo-a-passo para fazer download dos dados:

1 – Para conseguir acesso aos seus próprios dados, é necessário entrar na sua conta do Facebook por um desktop (computador ou notebook).

2 – Vá em Configurações e você será redirecionado para a página “Configurações gerais da conta”. O Facebook disponibilizará uma lista de itens para edição – abaixo delas, o usuário encontra a opção de baixar uma cópia dos dados.

3 – Após optar por fazer download, a rede social mostra a opção “Baixar arquivo” e o usuário digita a senha de sua conta.

4 – Uma mensagem de confirmação será encaminhada para o seu e-mail. Nela, o Facebook avisa que o usuário receberá outro e-mail assim que os dados forem compilados.

5 – O segundo e-mail chega em poucos minutos com um link para baixar seus dados.

Dados armazenados
O arquivo disponibilizado pelo Facebook possibilita que o usuário tenha acesso aos dados de forma offline. Lá, é possível encontrar informações como em que anúncios que você clicou ou quais anunciantes têm seus contatos – a rede social já foi acusada de acessar o gravador de smartphones para captar conversas e direcionar propagandas relevantes.

Todos os contatos salvos no smartphone também estão nos arquivos do Facebook, inclusive um histórico de ligações com informações de horário, nome do contato e se a chamada foi atendida ou não.

De acordo com a rede social, importar contatos do dispositivo do usuário é bastante comum entre os aplicativos de mídia social e serviços. “É uma maneira de encontrar facilmente as pessoas com quem você quer se conectar”, disse a empresa em comunicado no seu site.

A rede social argumenta que o usuário tem controle total das informações compartilhadas. “Nós nunca venderemos esses dados, e esse recurso não coleta o conteúdo de suas mensagens ou ligações”, diz o texto.

Outros dados armazenados pelo Facebook incluem os amigos removidos e a data em que cada um deles foi adicionado a sua rede social.

Escândalo
O Facebook envolveu-se em um escândalo sobre os dados de seus usuários após o jornal The New York Times revelar que a Cambridge Analytica, consultoria que participou da campanha de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos, obteve dados de 50 milhões de usuários. A consultoria teria usado informações da rede social para ajudar Trump a vencer a eleição em 2016. A companhia afirma não ter feito nada de ilegal.

Dois dias depois, o fundador da rede social, Mark Zuckerberg, admitiu que a rede social errou e se desculpou. “Temos a responsabilidade de proteger seus dados, se não pudermos, não merecemos servi-los”, escreveu Mark Zuckerberg na primeira reação pública desde que o escândalo veio à tona.

No último domingo, a rede social publicou anúncios em jornais britânicos e norte-americanos para pedir desculpas aos usuários.

MSN


,28/03/2018 às 08:00

Toni Kroos critica atuação da Alemanha em derrota para o Brasil

A derrota da Alemanha para o Brasil, por 1 a 0, nesta terça, deixou o meia Toni Kroos muito irritado. O jogador do Real Madrid afirmou que alguns atletas não mostraram todo o potencial que tinham.

- Nós vimos hoje que não somos tão bons quanto as pessoas falam e como alguns jogadores acreditam. Esta noite havia jogadores que tiveram que mostrar alguma coisa e não mostraram. Temos que melhorar - declarou o meia.

O técnico Joachim Löw destacou que não foi a noite da Alemanha. O treinador ressaltou que a equipe teve dificuldades de entrar no jogo.

- Não foi a nossa noite. Não ia ser fácil com tantas mudanças na equipe. Nosso jogo não estava tão fluído como de costume. Nossas bolas perdidas deram confiança ao Brasil. Eles estavam feridos e saíram motivados - disse Löw.


MSN


,27/03//2018 às 08:02

Lei que regulamenta apps de transporte é finalmente sancionada pela presidência

Os municípios terão agora o poder de regulamentar serviços de transporte de passageiros como Uber, Cabify e 99. A proposta recebeu a sanção de Michel Temer nesta segunda-feira (26).

O PLC 28/2017 gerou alguns protestos quando esteve em votação no ano passado, mas as alterações finais do texto o tornaram favorável tanto para os taxistas quanto para os aplicativos de transporte.

Câmara

A princípio, quando votado pela Câmara dos Deputados, em abril de 2017, o PLC 28/2017 determinava uma série de regras para que o serviço privado continuasse a funcionar.

Por exemplo, a prefeitura de cada cidade seria responsável pela fiscalização e emissão de autorização prévia para exercer a função.

Além disso, as regras exigiam que o motorista fosse dono do veículo, que o carro possuísse a placa vermelha e que o motorista do serviço fosse inscrito como contribuinte individual no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Uber, Cabify e 99 protestaram contra a medida. O Uber pediu aos clientes que fizessem pressão contra a proposta, enquanto as duas outras empresas afirmavam que ela poderia por um fim no transporte privado por aplicativos.
Senado

Em novembro foi a vez do Senado votar a proposta e os membros da casa decidiram não mexer muito no projeto de lei.

O Senado decidiu retirar a obrigatoriedade das placas vermelhas, pois, conforme explicamos, estas “são distribuídas pelo poder públicos e isso poderia encarecer a concorrência dos serviços”. Também foi dispensada a exigência do motorista ser dono do veículo e a necessidade de uma autorização da prefeitura local para atuar nos aplicativos de transporte.

No entanto, outros pontos do texto foram mantidos, como a obrigatoriedade do motorista de se inscrever no INSS, de ter uma CNH de categoria B no mínimo, deixando claro o exercício de atividade remunerada, e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo.

O projeto alterado foi aprovado no Senado por 46 votos a dez, voltou para a Câmara dos Deputados para uma nova votação (por ter sofrido alterações) e foi agora aprovado pelo presidente.

Aprovação

A lei foi sancionada sem vetos do presidente Michel Temer, segundo informações da Folha de S. Paulo. Ela será publicada na edição desta terça-feira (27) do Diário Oficial da União.

Na prática tudo continua como antes, com as prefeituras determinando como os aplicativos funcionam em cada cidade, a obrigatoriedade do motorista se inscrever no INSS, de ter uma CNH de categoria B com observação que exerce atividade remunerada, o Certificado de Registro e o Licenciamento do Veículo.

MSN


,27/03//2018 às 08:02

Ator conta que pediu para morrer em ‘The Walking Dead’

Uma das primeiras grandes mortes de The Walking Dead, o personagem Dale partiu devorado por um zumbi logo na segunda temporada da série. Apesar de traumática para os fãs do programa, a morte foi desejada pelo ator Jeffrey DeMunn, que, aliás, pediu por ela.

Em entrevista ao Cleveland.com, o ator conta que tomou a decisão quando o amigo Frank Darabont, produtor do programa, foi demitido.

“Eu estava fazendo uma peça no Texas quando Frank me ligou e perguntou: ‘você quer vir para Atlanta matar alguns zumbis?’. Não pensei duas vezes. Afinal, era o Frank. E eu sabia que seria algo de qualidade”, conta sobre o convite para integrar a série. “O roteiro no começo era maravilhoso, eu fui parte deste primeiro momento”, conta.

Após a demissão de Darabont, DeMunn também decidiu sair. “A morte de Dale foi minha decisão. Eu fiquei furioso que Frank foi tirado da série. Eu passei uma semana sem conseguir respirar direito. E então eu entendi: ‘Eu posso pedir demissão’. Então eu falei com eles: ‘É uma série de zumbis. Então me matem. Eu não quero mais fazer isso’”, conta o ator. “Foi um imenso alívio para mim”, garante.

Depois de The Walking Dead, DeMunn participou de outras séries como The Good Wife e Divorce. Desde 2016 ele integra o elenco de Billions.

----------


,26/03/2018 às 07:45

"Se não conseguimos proteger seus dados, não merecemos vocês", diz dono do Facebook

Mark Zuckerberg, dono do Facebook, rede social que se encontra em meio a um escândalo pelo uso sem autorização de dados pessoais de seus usuários, voltou a se desculpar neste domingo (25) em um anúncio de página inteira na imprensa britânica.

"Temos uma responsabilidade: proteger os dados de vocês. Se não conseguimos, não merecemos vocês", escreveu Mark Zuckerberg em mensagem publicada na última página dos jornais britânicos deste domingo.

O Facebook está no centro de uma polêmica desde que foram reveladas as práticas da empresa Cambridge Analytica, acusada de recuperar - sem autorização - os dados de 50 milhões de usuários do Facebook e de tê-los usado com fins eleitorais na campanha presidencial de Donald Trump em 2016.

Mark Zuckerberg não menciona o nome da empresa, cuja sede em Londres foi inspecionada na noite desta sexta-feira (23), mas evoca o pesquisador russo Alexander Kogan, autor de um aplicativo que teria sido usado pela Cambridge Analytica para obter os dados.

"Talvez tenham ouvido falar de um aplicativo criado por um pesquisador universitário que permitiu vazar os dados de milhões de usuários do Facebook em 2014. Foi um abuso de confiança e lamento que não tenhamos feito mais no momento", declarou Zuckerberg com um estilo que recorda sua primeira mensagem de desculpas, publicada na quarta-feira (21). "Agora tomamos medidas para que isso não volte a se repetir", assegurou.

"Já impedimos que aplicativos desse tipo tenham acesso a tantos dados. Também limitamos a quantidade de dados, aos quais os aplicativos podem acessar quando alguém se identifica utilizando o Facebook", declarou Zuckerberg.

"Investigamos igualmente cada aplicativo que tenha tido acesso a uma grande quantidade de dados antes que solucionemos o problema. Acreditamos que existem outros. E quando encontrarmos, proibiremos e informaremos as pessoas afetadas", continuou Zuckerberg.

O escândalo, que afeta diretamente a imagem do Facebook, fez suas ações despencarem 14% na Bolsa esta semana, o equivalente a mais de US$ 50 bilhões em capitalização de mercado.

MSN


,26/03/2018 às 07:45

Incêndio em shopping deixa ao menos 64 mortos na Rússia

Um incêndio no shopping Zimnyaya Vishnya na cidade siberiana de Kemerovo, Rússia, no domingo, deixou ao menos 64 pessoas mortas, segundo a representante oficial do Comitê de Investigação russo, Svetlana Petrenko. Mais de 660 pessoas estão envolvidas no resgate.

No início da segunda-feira, o Ministério de Emergências da Rússia informou que o incêndio teria matado 37 pessoas e deixado ao menos 45 feridos. Posteriormente, um representante do centro de crise disse à Sputnik que o número de vítimas subiu para 64 pessoas.

O foco do incêndio estava no andar superior onde ficam várias salas de cinema e áreas de entretenimento para crianças.

Das 64 pessoas mortas no incêndio, foram reconhecidas apenas 15, afirmaram no comitê. Segundo comentou o Ministério da Saúde, será impossível identificar todas as vítimas sem realização de testes de DNA. Duas salas de cinema onde supostamente o incêndio teria se originado desabaram.

Muitas pessoas estão recorrendo às redes sociais para lamentar o ocorrido. Algumas alegam terem recebido mensagens de despedida de parentes presos no prédio em chamas. Testemunhas também postaram vídeos do edifício pegando fogo.

O secretário-geral do Conselho Europeu, Thorbjorn Jagland, expressou condolências à Rússia. "Estou profundamente chocado com as notícias devastadoras vindas da Sibéria nesta noite […] Em nome no Conselho Europeu, eu estendo minhas sinceras condolências ao nosso Estado membro, a Rússia", disse Jagland em comunicado obtido pela Sputnik.

O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, também se manifestou nesta segunda-feira (26). "Eu gostaria de prestar minhas condolências à nação russa. Eu desejo paciência a todos que perderam seus parentes na tragédia", disse no Twitter".

O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev ouviu informações de sua equipe para montar um plano de emergência e deu ordens para ações imediatas em relação à tragédia, segundo afirmou sua porta-voz, Natalya Timakova.

Pelo número de vítimas, o incêndio no shopping em Kemerovo se tornou um dos quatro maiores incêndios na Rússia nos últimos 100 anos.

Com informações do Sputnik Brasil.

MSN


,24/03/2018 às 08:16

Famosos prestam homenagens ao produtor musical Miranda

Diversos artistas, entre eles, cantores, bandas, produtores musicais e apresentadores, prestaram suas homenagens ao produtor musical Miranda, nesta sexta-feira (23). Carlos Eduardo Miranda, de 56 anos, morreu nesta quinta-feira (22), em São Paulo. Ele sofreu um mal súbito em sua casa, após uma forte dor de cabeça.



Miranda foi jurado no reality musical “Ídolos” em 2006 e 2007. Também foi jurado dos programas “Astros” e “Qual é seu talento”, todos do SBT. Na música, ajudou a revelar as banda Skank, O Rappa, Raimundos, a cantora Gaby Amarantos e a dupla sertaneja Thaeme e Thiago.

Confira as homenagens de famosos que Miranda recebeu.

MSN


,24/03/2018 às 08:16

MPF no Rio denuncia esquema criminoso nos Correios

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF/RJ) denunciou nesta sexta-feira (23) o ex-diretor regional dos Correios, Omar de Assis Moreira, e a filha dele Juliana de Almeida Moreira, por fraudes no plano de saúde da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). De acordo com o MPF/RJ, o caso é parte de um esquema criminoso operado entre agosto de 2011 e abril de 2013 na Gerência de Saúde da ECT do Rio de Janeiro. As investigações apontam que houve um desvio superior a R$ 7 milhões no esquema, desarticulado pela Operação Titanium conduzida pela ECT e pela Polícia Federal, em 2013.

“As investigações revelaram um grande esquema de corrupção na Gerência de Saúde dos Correios no Rio, tendo atingido a própria diretoria da empresa”, disse o autor da denúncia, o procurador da República Sérgio Pinel.

Conforme o MPF/RJ, Omar Moreira, com participação de Daniel de Melo Nunes, também denunciado, solicitou vantagem indevida na contratação de Juliana por uma revendedora de material cirúrgico. A contrapartida, era feita pelos envolvidos, que colaboraram com o desvio de R$ 110 mil do plano de saúde dos Correios para cobrir pagamento de materiais cirúrgicos superfaturados da empresa hospitalar.

O MPF informou ainda que, depois da contratação de filha de Omar pela revendedora, o ex-diretor encaminhou o credenciamento imediato da empresa hospitalar ao plano de saúde da companhia. Além disso, atuou para agilizar o pagamento de cirurgias custeadas pelo plano.

As investigações indicaram, também, superfaturamento de 900% no preço do material fornecido pela empresa e utilizado em cirurgia. Em um dos casos, a empresa comprou material cirúrgico por R$ 3,6 mil e os revendeu por R$ 36,5 mil. Segundo o MPF, Juliana foi beneficiada porque parte dos valores desviados dos Correios em benefício da empresa foi destinada a ela, uma vez que os vendedores de material recebiam comissão de 5%. Outros 20% dos valores eram destinados ao ex-diretor.



Condenações

Ainda no âmbito da Operação Titanium, a Justiça Federal condenou, na terça-feira (20) o administrador Luís Henrique Barcelos a 11 anos, um mês e 22 dias de reclusão por peculato e lavagem de dinheiro. Ele terá também que fazer o ressarcimento de R$ 840 mil pelos danos causados à ECT pelos crimes de peculato e lavagem de ativos.

Na mesma sentença, foi condenado por lavagem de dinheiro o ex-gerente dos Correios Marcos da Silva Esteves, com pena de três anos, dez meses e 15 dias de reclusão. Essa não foi a primeira condenação de Esteves, que em fevereiro do ano passado já havia sido condenado, por peculato, a 14 anos, 9 meses e 27 dias de reclusão, em regime inicial fechado, bem como ao pagamento de multa e ressarcimento do valor subtraído.

As investigações indicaram que, no caso de Luís Henrique, os desvios de recursos da estatal teriam sido cometidos por meio de pagamentos ilícitos para beneficiar o Hospital Prontocor, integrante da rede credenciada do plano de saúde. Os pagamentos foram por meio de três notas fiscais, com datas de junho de 2011, setembro de 2011 e fevereiro de 2012, que teriam totalizados cerca de R$ 840 mil. O condenado emitiu ainda notas fraudulentas que sabia não corresponder a serviços prestados, além de ter prometido vantagens indevidas ao então gerente dos Correios Marcos da Silva. As partes ainda podem recorrer da sentença. Com informações da Agência Brasil.



MSN


,24/03/2018 às 08:16

França chora morte de policial que tomou lugar de refém em atentado

O tenente-coronel francês Arnaud Beltrame se entregou à Radouane Lakdim, o jihadista que atacou um supermercado de Trèbes, perto de Carcassone, nesta sexta-feira (23), para salvar um refém, mas foi gravemente ferido. Levado para o hospital, ele não resistiu aos ferimentos e faleceu neste sábado (24).

O caso provocou uma grande comoção no país. O presidente francês, Emmanuel Macron, declarou que o policial de 45 anos morreu como um herói e merecia o "respeito e a admiração de toda a a nação". Em um comunicado, Macron acrescentou que o tenente "provou ter uma coragem e uma abnegação excepcionais".

O ministro do Interior francês, Gérard Collomb, também publicou um tweet onde homenageia o policial. "Morto pela pátria. A França não se esquecerá de seu heroísmo, sua bravura, seu sacrifício". Nas redes sociais, milhares de franceses também prestaram homenagens.

Antes de se entregar ao autor dos ataques, que já havia atirado em duas pessoas, o policial deixou seu celular ligado em cima da mesa. Com isso, a tropa de elite antiterrorista francesa pode ouvir o que estava acontecendo dentro do supermercado. A intervenção, que culminou na morte do agressor, aconteceu no momento em que os agentes ouviram tiros, desferidos contra o tenente francês. Durante a operação, mais dois policiais ficaram feridos.

Com a morte do policial, o número de vítimas no ataque terrorista desta sexta-feira sobe para quatro mortos e 15 feridos. Casado e sem filhos, Arnaud Beltrame havia obtido a condecoração da ordem nacional do Mérito.

Segundo o jornal local La Dépêche du Midi, ele havia participado em dezembro de um exercício simulando um ataque em massa em um supermercado. Esse tipo de treinamento se tornou comum na França desde os atentados de 2015 e a instauração do estado de emergência.

Motivação do ataque

O atentado teve três etapas, segundo informações do Procurador de Paris, François Moulins. Primeiro, o jihadista roubou um automóvel em Carcassonne, matando o passageiro e ferindo o motorista. Um pouco mais longe, disparou e feriu um policial que corria com outros agentes perto de um quartel.

Alguns minutos mais tarde, às 11h15 locais, entrou no supermercado de Trèbes e matou um funcionário e um cliente. No estabelecimento havia cerca de 50 pessoas, segundo Molins. O agressor disse estar "disposto a morrer pela Síria" e pediu durante os ataques "a libertação dos irmãos", segundo Moulins.

A polícia francesa agora tenta entender quais as motivações do jihadista. Radouane Lakdim, um francês nascido no Marrocos (em Taza, norte), de 25 anos. Ele estava sob monitoramento da polícia francesa, suspeito de radicalização islâmica e tinha passagens pela prisão por tráfico de drogas. Liberado, voltou a ser vigiado, mas não mostrou sinais "que pudessem indicar um passo à ação terrorista", ressaltou o procurador francês.

Entre os nomes que citou durante o ataque está, segundo uma fonte com acesso à investigação, o de Salah Abdeslam, único membro ainda vivo dos comandos que executaram os ataques de 13 de novembro de 2015 em Paris, preso na capital francesa. O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou o ataque por meio de sua agência de propaganda Amaq.

Nesta sexta-feira, a polícia também informou que a companheira do jihadista também foi detida.

País permanece em alerta

A França continua em alerta depois de uma série de atentados, desde o ataque contra o jornal satírico Charlie Hebdo em janeiro de 2015, que deixou 12 mortos. A onda de atentados extremistas deixou um total de 238 mortos e centenas de feridos em 2015 e 2016. Vários desses ataques, ou tentativas de ataques, tiveram como alvos militares e policiais.

As autoridades temem novos atentados apesar do aumento das medidas de segurança instauradas pelo governo, cujo sinal mais visível é a mobilização de 10 mil militares em ruas, estações e locais turísticos. O ataque anterior reivindicado na França pelo EI ocorreu em Marselha, em 1º de outubro. Nesse dia, um tunisiano de 29 anos, Ahmed Hanachi, matou dois jovens na estação Saint-Charles ao grito de "Allahu Akbar", antes de ser abatido por militares.


,23/03/2018 às 07:54

Anjo do BBB18 terá função inesperada no próximo paredão

No começo do ‘BBB‘ exibido na noite desta quinta-feira (22), Tiago Leifert explicou como funcionaria a dinâmica da formação de paredão da semana e surpreendeu ao falar a função do anjo.

Para começar, o anjo novamente será autoimune, ou seja, ganhará uma imunidade no próximo paredão. A novidade é a forma como será realizada a prova de sexta-feira: será de resistência.

Esse estilo de prova normalmente é usado apenas para lideranças, poucas vezes na história do ‘BBB’ isso apareceu em outros desafios. A outra novidade é que, após a votação dos líderes e da casa, o anjo será o responsável por colocar uma terceira pessoa no paredão.

Ainda não se sabe se os brothers serão avisados, seja da autoimunidade ou do terceiro voto, mas sabemos que a próxima prova de resistência que começará amanhã de manhã vai colocar muita coisa em jogo.

MSN


,23/03/2018 às 07:54

Táticas, funções, escalações: como jogarão Brasil e Rússia

Alisson, Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Paulinho, Casemiro e Philippe Coutinho; Willian, Gabriel Jesus e Douglas Costa. Esta é a Seleção que entrará em campo no estádio Luzhniki, em Moscou, para enfrentar a Rússia no penúltimo amistoso antes da lista final de convocados para a Copa do Mundo.

Taticamente, Tite confirmou o time no 4-3-3 na fase ofensiva e 4-1-4-1 na defensiva. Esse "detalhe" é importante para entender a função de alguns atletas. Coutinho, por exemplo. Nessas formações, o jogador do Barcelona será um meia por dentro, tendo a responsabilidade de fechar a segunda linha quando o time perder a bola, ao invés de avançar e se posicionar ao lado de Gabriel Jesus, caso fosse a variação do 4-2-3-1 para o 4-4-2.

Casemiro, eleito por Gilberto Silva o melhor volante do mundo, segue com sua função de saída de bola com os zagueiros e cobertura. Paulinho, na teoria, deve segurar um pouco mais na marcação, mas não terá seus avanços à grande área restritos. Pelos lados mudanças importantes nas características dos jogadores. Com Willian e Douglas, a Seleção ganha dois atacantes rápidos e habilidosos para darem amplitude e atacarem as pontas.

É uma escalação ofensiva e que Tite queria testar de início há algum tempo. O adversário é ideal para issso.

A Rússia conquistou nos últimos amistosos resultados importantes, como a goleada sobre a Coreia do Sul por 4 a 2, o empate em 3 a 3 com a Espanha e a derrota apertada para a Argentina por 1 a 0. Porém, tecnicamente é muito inferior ao Brasil e vai para o jogo com diversos problemas.

Para formar a linha de cinco defensores, o técnico Stanislav Cherchesov não terá Viktor Vasin e Georgiy Dzhikiya, zagueiros titulares, machucados. Vão perder o Mundial, então ele já pensa e monta a equipe com novas alternativas. Uma seria sacar um zagueiro, mas a tendência é que ele continue com três. Além deles, Guilherme (goleiro reserva), Mário Fernandes, Ruslan Kambolov e Aleksandr Kokorin (também desfalque na Copa) são outros fora do amistoso.

Assim, uma provável seleção russa - nem mesmo os jornalistas em Moscou cravam uma escalação - deve ter Igor Akinfeev, Andrey Semenov, Roman Neustädter e Fyodor Kudryashov; Igor Smolnikov, Aleksandr Golovin, Denis Glushakov, Roman Zobnin e Konstantin Rausch; Aleksei Miranchuk e Fyodor Smolov. Variação tática do 3-5-2 para o 5-3-2, com linha defensiva baixa e transição defesa-ataque muito rápida. Destaque para Golovin, muito elogiado pelo assistente técnico Cléber Xavier na coletiva, pela qualidade no passe.

Tudo isso com previsão de 0oC, sensação térmica de -5oC e 69% de probabilidade de neve para o início da partida, marcada para 19h de Moscou (13h de Brasília).

MSN


,23/03/2018 às


,22/03/2018 às 07:58

Apagão afeta trânsito, hospitais e aeroportos

O apagão que afetou 13 Estados das Regiões Norte e Nordeste transformou o dia da população em um verdadeiro caos. Em capitais como Recife, Salvador e Fortaleza, a maior parte dos semáforos parou de funcionar, o que causou congestionamentos e superlotação em pontos de ônibus. Tanto na capital baiana quanto na pernambucana, o metrô parou, obrigando passageiros a caminhar pelos trilhos. Enquanto o sistema de geração de alguns aeroportos evitou problemas com voos, houve paralisação temporária em Fortaleza.

Em Salvador, onde o fornecimento de energia foi interrompido por cerca de três horas, serviços essenciais também foram afetados. No Hospital da Bahia, por exemplo, somente a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) manteve-se funcionando por um sistema de segurança durante as horas de queda de energia. Houve prejuízo no comércio, pois os geradores de supermercadistas e shoppings de menor porte eram muitas vezes insuficientes para manter o sistema de vendas funcionando por um período mais longo.

No Recife, também houve problemas no setor da saúde. A dona de casa Maria Rita Xavier, de 45 anos, aguardava atendimento em uma clínica particular. “Cheguei cedo (para a consulta) e aguardava ser chamada. Aí, tudo ficou escuro. Moro longe e tenho uma filha que tem problemas graves de saúde e precisa de atenção permanente. Para eu conseguir vir hoje montamos toda uma logística que agora foi jogada no lixo”, disse.

++ Governo anuncia leilão de terminais portuários e de linhas de transmissão

Nos postos de combustível da capital de Pernambuco, o movimento foi grande de pessoas em busca de óleo diesel para geradores instalados em prédios residenciais e comerciais. A maioria dos potenciais clientes, no entanto, acabou sem o produto, já que as bombas dos postos também não estavam funcionando.

Nas ruas de Natal, a confusão no trânsito foi tamanha que os próprios motoristas desceram de seus veículos e tentaram organizar o trânsito caótico. “Estou há mais de uma hora e dez minutos presa no engarrafamento. Geralmente, faço esse percurso em dez minutos”, relatou a professora de educação física Izabelle Dantas, que tentava se locomover para a escola onde daria aulas nesta quarta-feira, 21.

Nas paradas de ônibus da capital potiguar, trabalhadores tentavam voltar para casa antes do anoitecer. “Nosso horário de saída era às 18h, mas fomos liberados às 16h50”, disse a comerciária Bianca Evelyn, enquanto tentava pegar um ônibus para voltar para casa. Estudantes que estavam em aula durante o período sem energia também foram dispensados mais cedo ontem, por questão de segurança.

++ Eletrobrás perde relevância na geração de energia do País

Em Belém, além dos problemas registrados nas demais regiões, alguns bairros também ficaram sem água. Segundo a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), o abastecimento foi interrompido nas zonas de expansão da área da Augusto Montenegro e São Brás, além do centro da capital. Durante a interrupção do fornecimento de energia, linhas de telefonia celular também ficaram sem sinal na cidade. /ESPECIAL PARA O ESTADO CLEUSA DUARTE, MONICA BERNARDES, RICARDO ARAÚJO, CARMEN POMPEU E ROBERTA PARAENSE.

________


,22/03/2018 às 07:58

Após impasse, STF decide sobre prisão de Lula; quatro perguntas para entender o que está em jogo

Depois da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em segunda instância, em janeiro, a defesa do petista adotou estratégias em diferentes frentes do Judiciário para tentar impedir uma eventual prisão do presidenciável.

No Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, os advogados de Lula questionaram pontos da decisão unânime dos desembargadores, que concordaram com a condenação imposta pelo juiz Sérgio Moro no caso tríplex do Guarujá.

Por que a navegação anônima na internet, ou navegação 'pornô', não é tão protegida como parece
'Irmã de vida' de Marielle e ameaçada de morte: a vereadora mais votada de Niterói
Em Brasília, a defesa entrou com pedidos de habeas corpus - para garantir a liberdade do ex-presidente - no Supremo Tribunal Federal.

Depois de semanas de aumento da tensão nos cenários político e jurídico, Lula obteve duas respostas a seus pleitos nesta quarta-feira. No fim da manhã, o TRF-4 anunciou que julgará os recursos do petista na próxima segunda-feira, dia 26. No início da tarde, a ministra Carmén Lúcia surpreendeu os colegas ao anunciar que levará ao plenário da Corte o pedido de Lula para obter uma salvaguarda contra a prisão.

A BBC Brasil revisitou os recursos e explica o que motivou a mudança de panorama e o que está em jogo nos próximos dias.

1. Por que Cármen Lúcia pautou o caso de Lula? O julgamento estava previsto?
Em seu pedido de salvaguarda, a defesa de Lula alega que a prisão do petista poderia acontecer imediatamente após o julgamento dos recursos de Lula no TRF-4, sem que o petista tivesse esgotado as possibilidades de recursos de defesa na Justiça. Isso, ainda de acordo com o advogado Cristiano Zanin Martins, fere o princípio constitucional da garantia da ampla defesa.

Ex-presidente Lula: Lula foi condenado pelo TRF-4 em janeiro a mais de 12 anos de prisão© Reuters Lula foi condenado pelo TRF-4 em janeiro a mais de 12 anos de prisão
A prisão nessas condições, no entanto, foi autorizada pelo próprio STF. Em 2016, o tribunal decidiu por 6 votos a 5 que condenados em segunda instância podem começar a cumprir a pena. No caso de Lula, os desembargadores do TRF-4 determinaram a prisão do petista tão logo acabassem os recursos disponíveis no tribunal.

Dada a proximidade da decisão em Porto Alegre, o julgamento no STF em relação à liberdade de Lula se tornava cada vez mais urgente. Paralelamente, alguns ministros da Suprema Corte passaram a criticar a decisão do Tribunal sobre a segunda instância e começaram a demandar que o STF revisitasse o assunto.

Apesar disso, o julgamento do pedido de habeas corpus da defesa de Lula no STF não estava previsto para este mês, tampouco para abril, o que gerou intensa pressão sobre a presidente da corte, responsável por definir a pauta do STF.

Além dos apoiadores de Lula, advogados de réus da Operação Lava Jato e parte da classe política queriam que Cármen Lúcia pautasse o tema o quanto antes. Defensores dos direitos humanos tinham a mesma visão: o "cumprimento provisório da pena" não atinge só políticos; existem casos de pessoas que foram condenadas em segunda instância por crimes comuns e já estão presas, mas podem ter a condenação revista pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) ou pelo próprio Supremo.

Do outro lado, os partidários da revisão passaram a ser acusados de casuísmo: estariam dispostos a alterar as mudanças das regras atuais apenas para prejudicar ou beneficiar Lula.

Mais do que isso, procuradores da Lava Jato e o próprio juiz Sergio Moro argumentaram publicamente que uma mudança de entendimento do STF significaria um "liberou geral" para políticos acusados de corrupção e investigados na Lava Jato: a ida para a cadeia só após o fim de todos os recursos criaria impunidade e levaria ao fim das apurações contra a corrupção. É essa também a posição dos movimentos sociais que pediram o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Militantes do Vem Pra Rua reuniram-se com Cármen Lúcia no começo da tarde de hoje para tratar do assunto.

Marco Aurélio (esq.) e Ricardo Lewandowski (dir.): Marco Aurélio (esq.) é o relator das ações que pedem o fim da prisão após condenação em segunda instância | foto: Carlos Moura / SCO - STF© BBC Marco Aurélio (esq.) é o relator das ações que pedem o fim da prisão após condenação em segunda instância | foto: Carlos Moura / SCO - STF
Com a decisão de hoje, Cármen Lúcia tenta "driblar" as críticas que têm recebido de colegas do STF por não pautar o assunto, ao mesmo tempo em que não desagrada o grupo "pró-Lava Jato". A decisão será exclusiva para o ex-presidente Lula, e não terá impactos sobre as situações de outros políticos investigados.

2. Como os ministros Marco Aurélio, Celso de Mello e Gilmar Mendes pressionaram Cármen Lúcia?
Os três ministros têm liderado no STF o pedido da revisão da decisão de 2016. Marco Aurélio Mello é o relator das duas ações que questionam o "cumprimento provisório" da pena. No jargão do tribunal, as ações são chamadas de ADCs - Ações Declaratórias de Constitucionalidade.

Marco Aurélio liberou os processos para julgamento pelo plenário em dezembro passado. As ações foram apresentadas ainda em maio de 2016, pelo antigo Partido Ecológico Nacional (PEN), e pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A entidade de classe é contra o cumprimento da pena após a condenação em segunda instância. Já o Ministério Público é favorável.

Na última quarta-feira, Marco Aurélio conversou com Cármen Lúcia no intervalo da sessão de julgamento. Pediu que ela pautasse as ações, mas a presidente da corte desconversou.

Celso de Mello também conversou com Cármen Lúcia sobre o tema, e teria pedido uma reunião informal dos ministros para tratar do assunto, a portas fechadas. A reunião deveria ter ocorrido ontem, mas não existiu. Celso de Mello comentou com jornalistas sobre a gravidade da situação na Corte, que ele avaliava ser sem precedentes.

Marco Aurélio preparou-se então para fazer uma "questão de ordem", em plenário, demandando que Cármen Lúcia pautasse o tema. Se a maioria dos ministros concordasse, os processos seriam incluídos na pauta da próxima sessão.

Além de Celso de Mello e Marco Aurélio, o ministro Gilmar Mendes instou publicamente Cármen Lúcia, na última segunda-feira, a marcar uma data para o julgamento do pedido de habeas corpus de Lula.

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia: Cármen Lúcia sofreu pressão intensa nas últimas semanas | foto: Carlos Moura / SCO - STF© BBC Cármen Lúcia sofreu pressão intensa nas últimas semanas | foto: Carlos Moura / SCO - STF
Pelo menos cinco ministros do STF são favoráveis à mudança da regra do "cumprimento provisório" da pena: Celso, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski defendem a volta à regra anterior; enquanto Gilmar Mendes e Dias Toffoli desejam que a pena seja cumprida após decisão do STJ. Outros cinco ministros querem manter a regra atual. Rosa Weber, que votou contra a execução de pena em segunda instância em 2016, não se posicionou publicamente sobre o tema recentemente. Seu voto atual é desconhecido.

3. O que acontece se Lula for derrotado no STF?
O destino do ex-presidente depende de duas decisões judiciais: a do STF, nesta quinta-feira, e a dos três desembargadores do TRF-4, em Porto Alegre. Os três desembargadores - Leandro Paulsen, Gebran Neto e Victor Laus - julgam na segunda-feira um "embargo de declaração" apresentado pela defesa do ex-presidente, no qual questionam possíveis omissões ou pontos obscuros da decisão na qual o petista foi condenado em segunda instância, no dia 24 de janeiro.

Se Lula obtiver um habeas corpus no STF, qualquer decisão do TRF-4 sobre sua prisão fica em suspenso - e ele não irá para a cadeia imediatamente. Ainda assim, uma eventual vitória no STF não anula a condenação de Lula que, em tese, o torna inelegível pelo que dispõe a Lei da Ficha Limpa.

O advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins: A defesa de Lula alega que a prisão é inconstitucional. Na foto, o advogado Cristiano Zanin Martins | Foto: Filipe Araújo© BBC A defesa de Lula alega que a prisão é inconstitucional. Na foto, o advogado Cristiano Zanin Martins | Foto: Filipe Araújo
Se perder no Supremo, tudo indica Lula deverá ser preso em no máximo 10 dias.

Se houver alguma divergência entre os três desembargadores do TRF-4 na segunda-feira, o juiz federal Sérgio Moro, de Curitiba, deverá esperar a publicação do acórdão do julgamento do recurso. Este acórdão costuma ser publicado em até dez dias. Só então Moro poderá expedir o mandado de prisão contra o petista.

Mas se não ocorrer nenhuma divergência entre os desembargadores - cenário mais possível, já que no julgamento do caso, em janeiro, eles concordaram em tudo - Moro poderá emitir pedido de prisão contra Lula ainda na segunda-feira. Nas últimas prisões da Lava Jato, o próprio Moro têm determinado detalhes do cumprimento da pena, como a cidade e o local onde o preso ficará.

4. O julgamento muda a situação de outros presos da Lava Jato?
Não. A decisão do STF sobre o Habeas Corpus de Lula refere-se exclusivamente à situação do petista. Ela não terá impacto direto na situação de nenhum dos outros políticos investigados ou processados na Lava Jato, e nem na situação dos presos por crimes comuns que hoje cumprem pena.


,21/03/2018 às 07:52

Enem deste ano terá 30 minutos a mais para provas de exatas

Neste ano, os candidatos que participarão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terão 30 minutos a mais para fazer a prova do segundo dia, que reúne conteúdos de ciências da natureza e matemática. Segundo o edital da prova, publicado nesta quarta-feira (21) no Diário Oficial da União, os estudantes terão cinco horas para fazer a prova no segundo dia e cinco horas e meia no primeiro dia.

Assim como em 2017, neste ano as provas do Enem serão realizadas em dois domingos seguidos: nos dias 4 e 11 de novembro. A estrutura da prova também não mudou: no primeiro dia serão aplicadas as provas de Redação, Linguagens e ciências humanas, com duração de cinco horas e meia, e no segundo dia, as provas de ciências da natureza e matemática, com cinco horas de duração.

As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano.

A taxa de inscrição foi mantida em R$ 82. O pagamento deve ser feito entre os dias 7 e 23 de maio.

Isenções

A solicitação de isenção da taxa de inscrição deve ser feita entre os dias 2 e 11 de abril. Serão isentos os estudantes que estejam cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública, ou que tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

Também tem isenção o participante que declarar estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal . Neste ano, também são isentos os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado.

Os participantes isentos da taxa de inscrição que não compareceram nos dias de prova no Enem do ano passado terão que justificar a ausência por meio de atestado médico, documento judicial ou boletim de ocorrência para fazer o Enem 2018 sem pagar a taxa. O prazo para justificar a ausência no Enem do ano passado vai de 2 a 11 de abril.

O participante que não apresentar justificativa de ausência no Enem 2017 ou tiver a justificativa reprovada após o recurso e desejar se inscrever no Enem 2018 deverá pagar o valor da taxa de inscrição.

Segurança

O edital do Enem continua prevendo a realização de revista eletrônica nos locais de prova, por meio do uso de detectores de metais. A novidade deste ano é que os alunos também deverão permitir que os artigos religiosos, como burca e quipá, sejam revistados pelo aplicador das provas. Quem não permitir a revista poderá ser eliminado.

Imprevistos

Segundo o edital deste ano, o participante afetado por problemas logísticos durante a aplicação poderá solicitar reaplicação do exame em até cinco dias úteis após o último dia de aplicação. Os casos serão julgados individualmente pela Comissão de Demandas.

No ano passado, cerca de 3,5 mil estudantes tiveram que refazer as provas em outra data por problemas como falta de energia nos locais do exame.

Direitos Humanos

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) retirou do edital o item que determinava que a redação que desrespeitasse os direitos humanos teria nota zero. No ano passado, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou a suspensão da regra que previa a anulação da redação que violasse os direitos humanos.

Os resultados do Enem poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

MSN


,21/03/2018 às 07:52

Entenda o escândalo de uso político de dados que derrubou valor do Facebook e o colocou na mira de a

O Facebook sofreu um forte abalo no último sábado com a revelação de que as informações de mais de 50 milhões de pessoas foram utilizadas sem o consentimento delas pela empresa americana Cambridge Analytica para fazer propaganda política.

A empresa teria tido acesso ao volume de dados ao lançar um aplicativo de teste psicológico na rede social. Aqueles usuários do Facebook que participaram do teste acabaram por entregar à Cambridge Analytica não apenas suas informações, mas os dados referentes a todos os amigos do perfil.

A denúncia, feita pelos jornais The New York Times e The Guardian, levantou dúvidas sobre a transparência e o compromisso da empresa com a proteção de dados dos usuários.

O escândalo gerou nova onda negativa contra a empresa – já sob questionamento pela proliferação de notícias falsas nas eleições americanas.

Na segunda-feira, dois dias após a publicação, o valor do Facebook encolheu US$ 35 bilhões (ou aproximadamente R$ 115,5 bilhões) na bolsa de valores de tecnologia dos EUA.

A empresa também entrou na mira de autoridades nos Estados Unidos e no Reino Unido. O deputado britânico Damian Collins convocou o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, para depor diante de um comitê legislativo. As autoridades também estão trabalhando para conseguir um mandado de busca e apreensão para entrar na sede da Cambridge Analytica e recolher material que ajudem a elucidar o caso.

Nos EUA, a senadora Amy Klobuchar também tem feito pressão para que Zuckerberg deponha ao senado para dar explicações – ele tem até 26 de março para responder.

Mas afinal, que vazamento foi esse? Como ele ajudou a fazer manipulação política e qual a responsabilidade do Facebook? A BBC Brasil reuniu as informações mais cruciais para você entender o escândalo e seus desdobramentos.

Cambridge Analytica: que empresa é essa?
A Cambridge Analytica é uma empresa de análise de dados que trabalhou com o time responsável para campanha do republicano Donald Trump nas eleições de 2016, nos Estados Unidos. Na Europa a empresa foi contratada pelo grupo que promovia o Brexit (a saída do Reino Unido da União Europeia).

A empresa é propriedade do bilionário do mercado financeiro Robert Mercer e era presidida, à época, por Steve Bannon, então principal assessor de Trump.

Imagem mostra duas pessoas lendo notícias no Facebook: Dados de usuários foram usados para propaganda política sem autorização© Reuters Dados de usuários foram usados para propaganda política sem autorização
A Cambridge Analytica teria comprado acesso a informações pessoais de usuários do Facebook e usado esses dados para criar um sistema que permitiu predizer e influenciar as escolhas dos eleitores nas urnas, segundo a investigação dos jornais The Guardian e The New York Times.

Na noite de segunda, a rede de TV britânica Channel 4 veiculou uma reportagem em que o diretor-executivo da Cambridge Analytica, Alexander Nix, foi filmado conversando sobre uso de suborno, ex-espiões e prostitutas para encurralar políticos.

Um repórter se apresentou como potencial cliente e obteve as informações. A Cambridge Analytica disse que o Channel 4 "interpretou errado" a conversa registrada pelas câmeras.

Como os dados foram obtidos?
Um ex-funcionário da empresa, Christopher Wylie, revelou ao Guardian que o esquema começou em 2014, dois anos antes da eleição americana de 2016 e três anos antes do Brexit.

As informações dos usuários do Facebook foram coletadas por um aplicativo chamado thisisyourdigitallife (essa é sua vida digital, em português), que pagou a centenas de milhares de usuários pequenas quantias para que eles fizessem um teste de personalidade e concordassem em ter seus dados coletados para uso acadêmico.

O aplicativo foi desenvolvido por Aleksandr Kogan, pesquisador da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Ele já tinha uma pesquisa sobre como deduzir a personalidade e as inclinações políticas das pessoas a partir de seus perfis no Facebook. A Cambridge Analytica – que não tem relação nenhuma com a Universidade de Cambridge – teria comprado os dados coletados por ele.

Além da óbvia questão de que muitos usuários não leem os longos termos e condições e mal sabem que estão dando suas informações para os desenvolvedores desses testes, o grande problema foi que o aplicativo também coletou as informações dos amigos de Facebook das pessoas que fizeram o teste. Ou seja, se uma pessoa respondesse o quiz, estaria entregando informações privadas não apenas do seu perfil, mas de todos os seus amigos.

Quais dados foram coletados?

Os dados incluíam detalhes sobre a identidade das pessoas – como nome, profissão, local de moradia – seus gostos e hábitos e sua rede de contatos. Os usuários do aplicativo não faziam ideia de que isso tudo seria usado para ajudar a eleger Donald Trump.

O aplicativo se aproveitou de uma "brecha" nas normas do Facebook – à época, a política da plataforma permitia à aplicativos externos a coleta de dados de amigos das pessoas, mas dizia que eles deveriam ser usados apenas para melhorar a experiência do próprio usuário no aplicativo.

Era proibido que os dados fossem vendidos ou usados para propaganda – mas não havia controle do Facebook sobre esse uso.

Posteriormente à revelação do escândalo, alguns executivos da empresa reclamaram no Twitter do uso da palavra "vazamento" no caso envolvendo a Cambridge Analytica, já que na prática a plataforma não foi hackeada. A empresa não precisou "invadir" a rede social para ter acesso às informações – conseguiu os dados de maneira legítima e, depois, desrespeitou as regras do Facebook sobre como poderia usá-los.

De qualquer forma, milhões de informações de pessoas que não deram seu consentimento acabaram sendo usadas para fins políticos.

Para que os dados foram usados?

Christopher Wylie afirma que, como 270 mil pessoas fizeram o teste de personalidade, por meio do acesso à rede de amigos dessas pessoas, os dados de cerca de 50 milhões de usuários foram coletados, sem autorização. A maioria dos usuários seriam eleitores norte-americanos.

De acordo com Wylie, os dados vendidos à Cambridge Analytica teriam sido usados para catalogar o perfil das pessoas e, então, direcionar, de forma mais personalizada, materiais pró-Trump e mensagens contrárias à adversária dele, a democrata Hillary Clinton.

A base de dados coletada é uma ferramenta poderosa porque permite que as campanhas identifiquem pessoas que estão em dúvida e direcionem a elas mensagens com maior probabilidade de convencê-las.

"Fornecer a informação certa à pessoa certa, no momento certo é mais importante do que nunca", afirma uma propaganda da Cambridge Analytica sobre marketing eleitoral.

Quem é o informante?
Christopher Wylie é um canadense, de 28 anos, especializado em análise de dados. Ele trabalhou para a Cambridge Analytica para projetar e emplementar o plano de uso de dados do Facebook.

Ele mostou um dossiê cheio de evidências sobre o mau uso dos dados para o Guardian, com e-mails, mensagens de voz, contratos e transferências bancárias que revelam a coleta de dados dos usuários. As informações também foram passadas para autoridades britânicas e americanas.

A jornalista Carole Cadwalladr – que assina tanto a reportagem no jornal britânico quanto a do New York Times – conversou com ele durante meses antes da publicação das notícias.

Facebook diz que está comprometido com a segurança da das informações dos usuários© Getty Images Facebook diz que está comprometido com a segurança da das informações dos usuários
Ela descreveu que o próprio Wylie se enxerga como um "gay canadense e vegano que, sabe-se lá como, acabou criando a ferramenta de guerra mental e psicológica de Steve Bannon". Segundo a jornalista, no último ano ele tem tentado desfazer os eventos – a vitória de Trump e o Brexit – que ajudou a concretizar com seu trabalho.

Wylie saiu da empresa em 2015 junto com uma parte da equipe original, que estava insatisfeita com as inclinações políticas dos donos da Cambridge Analytica. Ele foi fonte – anônima – de mais de uma reportagem sobre o assunto e resolveu vir à público em fevereiro de 2018. Agora, corre o risco de ser processador por estar quebrando cláusulas de confidencialidade de seu contrato com a empresa.

Qual a reação do Facebook?
O vazamento foi levado ao conhecimento do Facebook pela primeira vez há cerca de dois anos, mas a empresa só suspendeu a Cambridge Analytica da plataforma na última sexta-feira – depois que as reportagens procuraram a empresa para pedir uma resposta sobre o caso. A rede social diz que o aplicativo usado para a coleta dos dados foi retirado do ar em 2015.

Inicialmente, a empresa não admitiu a falha e os advogados da rede social procuraram o Guardian dizendo que o jornal fazia alegações "falsas e difamatórias".

No mês passado, em uma outra investigação – desta vez, sobre notícias falsas – tanto a rede social quanto o atual presidente da Cambridge Analytica, Alexander Nix, tinham afirmado que a empresa não tinha nem usava informações privadas de usuários da rede.

O Facebook, cujo modelo de negócio está baseado na coleta de dados, vem negando o mau uso de informações do público em todas as investigações feitas sobre isso até hoje.

Uma nota assinada pelo vice-presidente do Facebook, Paul Grewal, afirmou que a empresa está "comprometida com o cumprimento de suas políticas e a proteção de informações dos usuários".

Procurado também pela BBC Brasil, o Facebook nos Estados Unidos não comentou as perdas na bolsa americana, nem o escândalo revelado no fim de semana.

Até agora o presidente e criador do Facebook, Mark Zuckerberg, não se pronunciou publicamente sobre o escândalo.


,20/03/2018 às 08:00

Lembra da Elis do BBB? Ela está supermagra: veja como perdeu tanto peso aos 41 anos

COMPARTILHAR
ABRE F1 LEWIS HAMILTON X SEBASTIAN VETTEL (Arte: Rodrigo Berton)Favorito Hamilton x mordido Vettel: briga pelo penta na F1
elis bbb 0318 400x800© Paulo Belote / TV Globo elis bbb 0318 400x800
A ex-BBB Elis Nair está muito diferente que quando foi apresentada ao Brasil no reality global em 2017. Em sua redes sociais, a ex-comerciante do Distrito Federal compartilha parte da sua rotina de treinos e dieta e mostra que após o programa não só o seu status de relacionamento mudou, mas também seu peso.

Elis do BBB emagreceu muito
Aos 41 anos de idade, Elis impressiona seus seguidores pela boa forma física e mudança no estilo de vida. Sua rede social é recheada de fotos que mostram a nova forma em cliques de biquíni ou roupas justas.

Elis ainda mantém suas curvas, característica marcante do seu biotipo, mas deixa evidente que o seu corpo passou por uma grande mudança nos últimos 12 meses. O pescoço, os braços e até mesmo a barriga estão muito mais tonificados do que a última vez que foi vista na casa do BBB.



Emagrecimento da ex-BBB
A vida de Elis é cheia de grandes acontecimentos e emoções. Ao ser eliminada do BBB17, ela foi pedida em casamento ao vivo pelo parceiro com quem estava junto há mais de duas décadas.

Não bastasse os inúmeros compromissos e eventos aos quais tinha que comparecer após sua saída do reality, ela decidiu arrumar mais uma obrigação: emagrecer para o seu casamento. E, em apenas 50 dias, período que teve para organizar toda a cerimônia e a festa, Elis conseguiu eliminar 11 kg.

Treino
Elis contou exclusivamente ao VIX que, para perder tanto peso em tão pouco tempo, foi necessário suar - e muito - a camiseta. Para isso, ela passou a fazer treinos funcionais de 30 a 40 minutos com um personal trainer três vezes por semana.

Mudanças na alimentação
Além de começar a praticar exercícios físicos, Elis também fez algumas mudanças na sua rotina alimentar que foram essenciais para que ela conseguisse emagrecer tanto.

"Sigo dieta de frutas no café da manhã. Evito alimentos industrializados, cortei do cardápio doces, refrigerante e bebidas alcoólicas", explicou a ex-BBB.

Efeito rebote
Embora continue supermagra, a ex-BBB revelou que recuperou, durante as festas de fim de ano, um pouco do peso que havia eliminado. "Engordei, sim! Eu não sei quanto, porque não me pesei, mas eu sei que engordei porque minhas roupas estão apertadas", explicou.

Segundo ela, a principal causa do ganho de peso foram os exageros no final de ano e a pausa que deu nos exercícios físicos. Por conta das férias, ela contou que ficou quase três meses sem treinar, mas que já retomou a rotina de exercícios e alimentação regrada e que deve retomar o peso com que estava em breve.


,19/03/2018 às 07:52

Correios negam versão do Governo sobre munição que matou vereadora

Os Correios desmontaram, no sábado, a versão apresentada pelo Governo federal sobre a origem dos projéteis que mataram a vereadora carioca Marielle Franco (PSOL). As primeiras investigações sobre o crime, ocorrido na noite de quarta-feira na região central do Rio de Janeiro, indicavam que os assassinos da vereadora e seu motorista, Anderson Gomes, usaram projéteis de um lote que havia sido adquirido em 2006 pela Polícia Federal. No dia seguinte, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que essa munição deveria ter sido entregue à PF por via postal, mas foi furtada da sede regional dos correios na Paraíba.

A empresa estatal, porém, divulgou nota afirmando que “não há no passado recente nenhum registro de qualquer incidente” envolvendo roubo de munição, e acrescentou que está tentando verificar as informações. A nota acrescenta que a empresa não aceita ser contratada para a entrega de armas ou munições, exceto quando isso está previsto por uma legislação específica e tem autorização do Exército.

Em entrevista ao jornal O Globo, o presidente dos Correios, Guilherme Campos Júnior, disse que a empresa não sabe de onde o ministro tirou a informação que divulgou. “O ministro deve ter alguma informação que nós não temos. Se a tiver, espero que nos repasse”, afirmou.

Segundo as investigações, projéteis do mesmo lote, de calibre 9 milímetros, já haviam sido usados na chacina que deixou 17 vítimas em 2015 nas cidades de Osasco e Barueri (SP), um crime pelo qual três policiais militares e um agente da Guarda Civil de Barueri já foram condenados.

Questionado sobre o uso de munição da Polícia Federal nesses crimes, Jungmann afirmou que parte do lote UZZ-18 foi furtada “há vários anos” da sede regional dos Correios na Paraíba. “A Polícia Federal já abriu mais de 50 investigações por essa munição desviada. Por isso eu acredito que essas cápsulas encontradas na cena do crime foram efetivamente roubadas”, disse.

Carro suspeito apreendido
A Polícia Civil de Minas Gerais informou, neste domingo, ter localizado na cidade de Ubá, região da Zona da Mata, um carro suspeito de ter sido usado nos assassinatos de Marielle e Anderson. O veículo tem características semelhantes - como cor e modelo - ao que foi usado no crime.

Policiais do Rio foram informados da apreensão e uma equipe foi deslocada para o município mineiro. De acordo com a polícia de Minas, o veículo ainda será periciado e não é possível confirmar se realmente é o carro que participou da emboscada. Segundo as primeiras informações sobre a morte da parlamentar, dois automóveis de cor prata perseguiram o veículo em que estava a vereadora.

A assessora de Marielle - que estava no carro com a vereadora, mas sobreviveu ao ataque dos criminosos - deixou o Estado do Rio neste fim de semana para se proteger. Por questão de segurança, o destino dela não foi divulgado. Na hora do crime, a assessora estava à esquerda de Marielle, no banco traseiro, e escapou dos tiros porque eles foram disparados na diagonal.

Neste domingo, milhares de pessoas realizaram uma marcha no complexo da Maré em repúdio ao assassinato da vereadora e de Anderson. A manifestação foi puxada por um grupo de mulheres negras que segurava uma faixa grande com os dizeres: "Marielle e Anderson presente! Hoje e sempre!". Em São Paulo, um protesto contra os assassinatos saiu por volta das 15h30 do vão livre do Masp, na avenida Paulista. Os manifestantes, muitos com flores nas mão, ocuparam aproximadamente a extensão de um quarteirão.

Entenda o caso
Defensora dos direitos humanos e crítica da atuação de policiais que agem fora da lei, Marielle voltava de um evento no bairro carioca da Lapa quando foi alvo de disparos. O crime aconteceu nesta quarta-feira, 14 de março, na rua Joaquim Palhares, no Estácio, e o motorista Anderson Gomes, que estava com ela, também foi assassinado a tiros. A polícia trabalha com a hipótese de que o assassinato foi uma execução. Ainda não foi divulgada nenhuma informação sobre os assassinos e não se sabe nem quantos participaram da ação.

Marielle Franco, ativista dos direitos humanos e a quinta vereadora mais votada nas eleições de 2016 no Rio, era uma enérgica crítica da violência policial, e três dias antes da sua morte denunciou abusos supostamente cometidos por soldados do 41º. Batalhão da PM fluminense na favela de Acari.

A vereadora do PSOL, que tinha 38 anos e cumpria seu primeiro mandato, também era crítica da intervenção federal na segurança pública do Estado do Rio, decretada há exatamente um mês pelo presidente Michel Temer, que deixou o controle da segurança pública nas mãos do Exército.

MSN


,19/03/2018 às 07:52

Ministério vai revogar regra que exigia curso para renovar CNH

O Ministério das Cidades anunciou neste sábado (17) que será revogada a resolução que tornava obrigatória a realização e aprovação em Curso de Aperfeiçoamento para motoristas renovarem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Por meio de nota, a pasta informou que a revogação se dará para “não afetar a rotina dos condutores que precisam renovar suas carteiras de habilitação/CNHs por todo o Brasil”.

O ministério informa ainda que a revogação vai reduzir custos. “Esta ação acontece em conformidade com os objetivos do Governo Federal, de reduzir custos e facilitar a vida do brasileiro”.

A resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabelecia que, a partir de junho deste ano, os condutores que fossem renovar a carteira de motorista teriam que passar por um curso teórico com exame para atualizarem seus conhecimentos. Esse curso de reciclagem seria composto por dez aulas e, para que os motoristas renovassem a documentação, deveriam obter um resultado favorável de, pelo menos, 70% da prova.

Ainda segundo a nota divulgada pelo Ministério das Cidades, a revogação acontecerá no próximo dia útil.

Fonte: DOURADOS NEWS


,17/03/2018 às 08:40

Bacci relembra foto com Marcelo Rezende: "Partiu o coração"

Luiz Bacci abriu o baú de memórias, nesta sexta-feira (16), e postou um clique registrado há cinco anos, em que aparece ao lado de Marcelo Rezende. Na legenda, o jornalista lamentou a saudade do amigo - que morreu em setembro do ano passado, vítima de um câncer no fígado e no pâncreas.

"Facebook me lembrou agora. Cinco anos atrás. É de partir o coração", escreveu o apresentador.

Nos comentários, os fãs dos famosos mandaram mensagens de apoio: "O Marcelo foi um homem incrível! Sinto falta", disse uma. "Saudade define!", afirmou outro. Já um terceiro postou: "Que Deus possa confortar seu coração e o da família do Marcelo".

Na época do falecimento do ex-contratado da Record, Bacci afirmou que Rezende sempre foi e sempre será uma referência em sua vida.

"Um pai, um irmão, muitas vezes um filho. Era uma pessoa que tinha, sobretudo, o amor e tinha a gente sempre por perto", disse ao "Uol".


,17/03/2018 às 08:40

Fibromialgia: conheça os sintomas e tratamentos para a doença

Você sente uma dor no corpo quase inteiro e que não passa? Às vezes a dor é tão intensa que você mal sabe explicar que parte do seu corpo está doendo mais? Isso pode ser sintoma da fibromialgia. Conheça mais sobre as causas, sintomas e tratamentos desta doença

O QUE É A DOENÇA?
A Fibromialgia é um transtorno de dores crônicas em várias partes do corpo
Cientistas ainda buscam uma explicação para os quadros de Fibromialgia, um transtorno que não tem cura


Um estudo feito por cientistas da King´s College London descobriu uma possível causa genética para a Fibromialgia


A doença se manifesta inicialmente com o paciente sentindo dores musculares por todo o corpo

Muitas pessoas sentem dificuldades em dizer o que exatamente está doendo, mas se queixam de uma dor generalizada

Distúrbios do sono também são sintomas associados à doença

O que ocorre, neste caso, é que a pessoa, apesar de ter dormido muitas horas, acorda cansada e com a sensação de que não dormiu nada

No dia-a-dia os pacientes que sofrem de Fibromialgia reclamam de muita sonolência e cansaço

Outro sintoma que pode aparecer está ligado aos distúrbios intestinais, como diarreia e prisão de ventre

Alguns pacientes apresentam, ainda, uma espécie de formigamento nas mãos e nos pés

Em função das dores em todo o corpo é bastante comum que os músculos fiquem endurecidos

Tonturas e dores de cabeça também podem ser sintomas de Fibromialgia

TRATAMENTOS
Alguns tratamentos que incluem remédios e dieta alimentar podem ajudar a aliviar as crises de Fibromialgia

Tudo começa com uma visita a um médico para um diagnóstico preciso da doença e de que maneira você pode combatê-la da forma mais adequada

Alguns médicos podem recomendar analgésicos ou anti-inflamatórios para combater a dor, mas convém mesmo consultá-los para saber quais os recomendados para o seu caso

O médico também pode optar, dependendo do seu caso, por recomendar sessões de fisioterapia

Quem tem Fibromialgia não está impedido de praticar atividades físicas específicas, desde que elas sejam recomendadas e acompanhadas pelo médico


,16/03/2018 às 07:41

“O tráfico não opera da forma como Marielle foi executada”, diz delegado


Ponte da Universidade Internacional da Flórida desaba com carros e pedestres embaixoPonte desaba em Miami e deixa 4 mortos
Orlando Zaccone, delegado da polícia civil do Rio de Janeiro faz parte de um grupo de policiais civis e militares, suprapartidário, autointitulado “Policiais Antifascismo”, que propõe o debate de uma nova política de segurança, tendo a garantia dos direitos humanos como prioridade. Para ele, a morte de Marielle Franco tem forte conotação política.


O delegado participa do Fórum Social Internacional, em Salvador (BA) e falou com exclusividade para a RFI Brasil.

RFI: O senhor acha que foi uma execução?

Orlando Zaccone: Pelas primeiras informações, a forma como os disparos foram efetuados, como a ação ocorreu, a probabilidade é imensa de ter sido uma execução. Isso abre um campo para o debate político, onde temos dados de que o Brasil é um dos países onde militantes de direitos humanos estão em situação de risco e onde há mais números de homicídios no setor. No caso da Marielle, nós teríamos ainda um aspecto específico. Ela não era uma defensora dos direitos humanos de gabinete. Ela era uma pessoa, uma mulher negra, com origem na favela da Maré, e ela colocou toda a sua militância, mesmo como parlamentar, dentro das comunidades. Nós aqui do Rio de Janeiro já tínhamos notícias, há pelo menos mais de dois anos, de ameaças constantes a coletivos de jovens que militam pelos direitos humanos dentro das favelas. A execução da vereadora Marielle apresenta um quadro político onde o acirramento da disputa política no Brasil passa pela ideia de que precisamos estender a ordem constitucional e suspender direitos humanos para garantir a governabilidade. Isso é algo que tem sido construído pelo menos desde a década de 90, através do discurso de que direitos humanos atrapalham a segurança pública. Isso associa como inimigos os defensores dos direitos humanos. É bastante provável que essa execução tenha motivação nas atividades desenvolvidas pela vereadora Marielle na luta pelos direitos humanos.

RFI: Marielle fazia parte de uma comissão e já tinha mostrado uma posição muito crítica em relação à intervenção militar no Rio de Janeiro. O assassinato teria relação com essa posição?

OZ:Não é possível fazer essa afirmação neste momento. O que pode ser dito e construído politicamente é que existe, junto com a chegada da intervenção militar, um discurso que aponta para a restrição de direitos nas comunidades. Isso vem com a movimentação que os militares estão fazendo, para que sejam construídas, em pautas legislativas, a suspensão de direitos e garantias dentro das comunidades, como é a questão do mandado de busca coletivo, a questão da lei do abate, que permite que uma pessoa que seja suspeita de portar uma arma, possa ser atingida letalmente numa ação policial. Então nós temos aí, na chegada da intervenção, um reforço do discurso de que temos que restringir direitos e garantias individuais para a manutenção de uma certa ordem. Nesse contexto, aqueles que se opõem a essa construção, passam a estar no outro campo político.

RFI: Quando o senhor fala em “aqueles que se opõem”, podemos nos referir a quem? A carteis do tráfico, a grupos militares, paramilitares, forças extremistas?

OZ: A ideia que se constrói em relação aos que se opõem é que são criminosos – traficantes, milicianos – e aí você joga no mesmo pacote aqueles que defendem políticas de direitos humanos. Ou seja, você joga, ao lado de traficantes e milicianos, os defensores de direitos humanos. Aí você constrói esses últimos como inimigos. A partir do momento que você localiza interesses contrários à intervenção em grupos criminosos, sejam de traficantes de drogas, sejam de milicianos, e a partir do momento que você tem defensores de direitos humanos contra a forma com que está sendo construída a intervenção, é muito fácil você construir que os defensores de direitos humanos estão ao lado de criminosos.

RFI: Estamos vendo forças extremistas a favor da candidatura de Jair Bolsonaro, que são de uma extrema virulência contra as normas democráticas e contra defensores de minorias. O que aconteceu poderia ser uma exacerbação da ação desses extremistas, que vêm ganhando terreno?

OZ: Sim, o trabalho deles é de muitos anos, com a elaboração de que temos, de um lado, os defensores dos direitos humanos, e, do outro, a ordem, a segurança. Vem se construindo, desde os anos 1990, de que a defesa dos direitos humanos é um estorvo para a segurança pública, para a ordem. Ou seja, se constrói, no ambiente social, que os direitos humanos atrapalham a segurança pública. E o discurso, portanto, extremista, que quer suspender a ordem constitucional para estabelecer uma certa ordem, ganha impulso. Isso contribui evidentemente para que grupos que objetivem ações como essas, que no Brasil não são casos isolados, uma vez que somos um dos países com maiores índices de violência contra defensores de direitos humanos. Isso é muito grave. A Marielle não ficava em gabinete, não era de uma ONG, mas uma parlamentar que ia para as comunidades, conversava com a população pobre, que é o alvo dessas políticas de suspensão. Ela, por conta disso, da sua origem, da sua condição de mulher, negra, passa a ser um alvo potencializado.

RFI: Então o senhor acha que esse crime foi contra a Marielle defensora dos direitos humanos ou é também contra a Marielle mulher e negra, que incomoda?

OZ:Sim, isso é um contexto só. Essa separação não deve existir, pois a defesa dos direitos humanos contempla a questão de gênero, de raça. Ela tinha a vivência da favela, sabia como a polícia operava nesse ambiente, trazia as denúncias de pessoas que estavam lá dentro. Ela não era só um discurso favorável aos direitos humanos. Ela era um discurso que apontava a forma como esses direitos humanos estão sendo constantemente violados dentro das favelas. Por isso ela passou a ser um alvo. Embora a gente ainda não tenha a conclusão das investigações, tudo aponta que há uma motivação política por trás dessa execução. E digo mais uma coisa: espero que eu esteja enganado.

RFI: Poderia existir alguma participação do narcotráfico?

OZ: Para ser sincero, o tráfico não opera da forma como se deu a mecânica da execução da Marielle. O carro emparelhou, eles observaram o interior do veículo, concentraram todos os tiros na Marielle. O tráfico opera de uma outra forma. Iam sequestrar o carro, levar para dentro de uma comunidade, iam fazer micro-ondas [no jargão policial: colocar vítima dentro de um pneu e atear fogo]. Não existe nenhuma informação em concreto que justifique a possibilidade disso ter sido praticado sem motivação política. Tudo aponta para uma ação de retaliação. Mas repito, espero do fundo do coração que eu esteja errado.

MSN


,16/03/2018 às 07:41

Outro carro teria dado cobertura a assassinos de Marielle, diz polícia

A participação de um segundo carro na morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes não foi descartada pela polícia. A suspeita é que o veículo daria cobertura aos autores do crime e teria ficado estacionado por duas horas em frente ao local onde Marielle havia dado uma palestra contra racismo, no Centro do Rio.

De acordo com informações do G1, a corporação identificou a placa do carro, no entanto, as imagens não foram divulgadas. No decorrer dessa quinta-feira (15), investigadores coletaram informações e conversaram com testemunhas. Uma delas foi a assessora da vereadora, que estava dentro do automóvel, mas não foi atingida por disparos.

+ 2º testemunha do assassinato da vereadora é identificada

Na noite do dia 14 de março, Marielle foi assassinada a tiros após sair de uma palestra contra racismo. A vereadora estava dentro de um carro, na Rua Joaquim Palhares, no bairro do Estácio, região central do Rio, com uma assessora e o motorista, que também foi atingido e morto. A polícia acredita que seja execução.

MSN


,15/03/2018 às 08:02

Post da torcida de Gleici do ‘BBB18’ recebe curtida de Dilma

Nova favorita ao prêmio do BBB18, a acriana Gleici tem torcida ilustre. O fãs mais atentos notaram que o perfil oficial de Dilma Rousseff curtiu uma publicação do perfil da jovem no Instagram.

“O mal por si só se destrói”, dizia a legenda da postagem feita durante o paredão que terminou com a saída de Patrícia, na noite desta terça (13). O apoio Dilma não é assim tão incomum: filiada ao PT, Gleici é atuou nas manifestações contra o impeachment da ex-presidente e já disse aos colegas ter tirado foto com ela.


,15/03/2018 às 08:02

'Quantos mais vão precisar morrer?', posta Marielle na véspera do crime

Um dia antes de ser assassinada, a vereadora Marielle Franco, morta a tiros na noite desta quarta-feira (14), denunciou a violência no Rio de janeiro por meio das redes sociais. O crime ocorreu no Estácio, Zona Norte do Rio.

Na publicação, a vereadora questionou uma ação da Polícia Militar, relacionada a morte de Matheus Melo de Castro, de 23 anos. A vítima foi morta a tiros na noite desta segunda-feira (11), quando voltava de uma igreja evangélica. Familiares acusam policiais pela morte do jovem.

"Mais um homicídio de um jovem que pode estar entrando para a conta da PM. Matheus Melo estava saindo da igreja. Quantos mais vão precisar morrer para que essa guerra acabe?", escreveu.

MSN


,14/03/2018 às 08:21

Caruso tenta comprar briga com Ana Clara e os dois discutem

Após ter sobrevivido a mais um paredão no ‘BBB‘, Caruso estava a cara da felicidade e se achando um dos grandes favoritos da temporada. Talvez animado com esse soco de autoestima, o brother sentiu que era hora de ir até Ana Clara para criticar coisas que estavam entaladas em sua garganta.

Enquanto Ana Clara preparava comida, Caruso tentou de várias formas irritar e desestabilizar a filha de Ayrton, sem sucesso. Na verdade, Ana Clara conseguiu responder tudo à altura do brother que estava visivelmente alterado. Caruso criticou a falta de humildade de Ana Clara, e a sister apenas pediu para que ele exemplificasse alguma situação na qual ela não havia sido humilde. Sem responder a pergunta da colega, Caruso continuou repetindo que ela não era humilde.

Ana Clara também ironizou o fato de Caruso ter prometido causar uma punição coletiva na casa, mas ao mesmo tempo ter criticado o Mahmoud por ter causado algo parecido. Contrariado, o brother prometeu que iria colocar fogo na casa e Ana Clara estava praticamente a Xuxa impaciente:

Passada uma hora da discussão, Caruso percebeu que estava errado na briga e procurou Ana Clara para se reconciliar. Afirmou que é briguento, e tem um coração grande. Embora a filha de Ayrton tenha perdoado o colega de confinamento, a cara da sister durante o pedido de desculpas de Caruso não parecia concordar muuuito com o que ela falava:


,14/03/2018 às 08:21

Pai de Neymar garante “futuro no PSG” para o filho

Em meio às especulações de que Neymar não queria mais defender a camisa do Paris Saint-Germain, o pai e empresário do craque brasileiro tranquilizou os torcedores franceses e garantiu: o futuro do camisa 10 está no Parque dos Príncipes.

“Neymar tem um futuro no PSG, Neymar tem um presente no PSG”, disse o pai do craque, em entrevista coletiva concedida no Instituto Neymar, no litoral de São Paulo.

O pai/empresário do jogador mais caro da história do futebol estava, nesta terça-feira (13) ao lado de Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG e homem que deu a canetada final para tirar o jogador do Barcelona, no início da temporada, pelo valor recorde de € 222 milhões.

Khelaifi aproveitou a viagem ao Brasil para, recentemente, visitar Neymar, que se recupera de cirurgia no pé em Mangaratiba, no litoral sul do Rio de Janeiro. E o empresário qatari garantiu, em meio às especulações que apontam Barcelona ou Real Madrid como destinos prováveis do meia-atacante, que o brasileiro está feliz na capital francesa.

“Neymar está feliz, muito motivado e entusiasmado com a ideia de voltar o quanto antes “, garantiu.

Mais: Jornalista veta contratação de Neymar por conta de tatuagem | Qual é o time do Brasil? Quem vai substituir Neymar? Quem está dentro da Copa do Mundo? |
Conheça Christopher Nkunku - o garoto do PSG que vem substituindo Neymar

MSN


,13/03/2018 às 08:05

A surpreendente ordem de Putin para derrubar avião de passageiros em 2014

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, determinou que um avião de passageiros fosse derrubado em pleno voo. A ordem foi dada porque havia a suspeita de que a aeronave carregava uma bomba cujo alvo seria a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, em 2014.

Essa revelação foi feita pelo próprio presidente russo em um documentário de duas horas no qual é entrevistado.

No longa, Putin diz ter sido informado que um avião havia sido sequestrado quando a Olimpíada de Inverno estava prestes a começar. A aeronave ia da Ucrânia à Turquia, mas a rota teria sido desviada para atingir a cidade russa de Sochi. Ele conta, porém, que se tratava de um alarme falso - e o avião não foi derrubado.

O que exatamente significa o populismo, usado para descrever de Trump a Chávez?
Motivação política não impede sucesso de operação no Rio, diz historiador
O filme foi divulgado dias antes das eleições presidenciais marcadas para 18 de março, que devem selar sua reeleição. O presidente russo disputa o pleito com outros sete candidatos, mas nenhum deles parece ameaçá-lo. O principal líder da oposição, Alexei Navalny, foi impedido de concorrer.

"Me disseram: um avião na rota da Ucrânia para Istambul foi capturado, os sequestradores exigem pousar em Sochi", diz Putin no filme, segundo informou a agência Reuters.

O Boeing 737-800 da companhia aérea turca Pegasus Airlines voava de Kharkiv para Istambul com 110 passageiros a bordo. Segundo o entrevistador Andrey Konrashov, os pilotos relataram que um passageiro afirmou ter uma bomba e ordenou que eles mudassem a rota para pousar em Sochi.

No filme, Putin relata que seus auxiliares da área de segurança lhe disseram que o procedimento de emergência para uma situação como essa era derrubar a aeronave. "Disse a eles: façam o que deve ser feito."

Estas são as 50 cidades mais violentas do mundo (e 17 estão no Brasil)
O presidente conta ter recebido, minutos depois, uma ligação informando de que se tratava de um alarme falso. Logo depois do episódio, Putin teria seguido para a Sochi para a abertura dos Jogos de Inverno.

Crimeia
A primeira parte do documentário, que tem o nome de Putin, foi publicada nas redes sociais.

Konrashov, o entrevistador, é um famoso apresentador da TV estatal russa que hoje atua como secretário de imprensa da campanha à reeleição.

O presidente é questionado sobre haver alguma possibilidade de devolver a península da Crimeia à Ucrânia.

"O que você está falando? Essa possibilidade não existe e nunca existirá", diz Putin.

A Crimeia foi anexada ao território russo em 2014, depois de um controverso referendo que não foi reconhecido pela comunidade internacional.

Em setembro do ano passado, a Organização das Nações Unidas acusou a Rússia de "cometer graves violações de direitos humanos na Crimeia".

Imperdoável: traição
No documentário, Putin diz que é capaz de perdoar algumas coisas, "mas não tudo".

Quando o entrevistador perguntou o que o líder russo não perdoaria, ele respondeu: "Traição".

Mas Putin diz ainda não ter tido de lidar com "eventos sérios que possam ser chamados de traição".

"Talvez eu tenha escolhido pessoas que não sejam capazes disso", diz ele.

Joseph Stálin: O avô de Putin foi um dos cozinheiros do líder russo Joseph Stálin (foto)© Getty Images O avô de Putin foi um dos cozinheiros do líder russo Joseph Stálin (foto)
Putin contou ainda que seu avô paterno trabalhou como cozinheiro dos líderes russos Vladimir Lênin e Joseph Stálin.

Spiridon Putin desfrutava de alta consideração dentro da equipe de Stálin, segundo o presidente russo.

"Foi cozinheiro do Lênin e, depois, do Stálin em uma das casas na área de Moscou", disse ele, segundo a agência Reuters.

O avô do presidente cozinhou para o alto escalão do governo soviético praticamente sua morte em 1965, aos 86 anos, afirma o documentário.

Análise: Dose de admiração
Por Sarah Rainsford, da BBC News em Moscou

O Kremlin quer garantir a maior presença possível nas eleições marcadas para essa semana na tentativa de dar nova legitimidade a Vladimir Putin. A hagiografia de duas horas é parte dessa tentativa de aumentar o número de votos.

O filme apresenta Putin como uma pessoa forte e focada. Mas ele também aparece em closes, exibindo por mais de uma vez um sorriso maroto. Tem até alguma dose de emoção.

As frases mais importantes, no entanto, aparecem logo no início. A ideia de que o Ocidente nunca vai reconhecer o lugar da Rússia, que a Crimeia jamais será devolvida e que o presidente russo não é alguém com quem se deva mexer.

Também é salientada a atração que Putin gera junto aos jovens, por meio de adoráveis entrevistas com adolescentes nascidos no dia em que o líder russo chegou ao poder.

Ao tratar da tragédia do submarino nuclear Kursk, que explodiu e naufragou com 118 tripulantes em 2000, ele aparece como um líder mais humano, diferente da imagem áspera projetada à época. Em 2000, quando questionado sobre o tema, ele sorriu e disse: "Afundou".

Mas o cerne de tudo isso é contar a história de como um forte herói "salvou" um país da ruína. Com esse objetivo, o filme ressalta como Putin herdou um Exército em farrapos e desenvolveu uma força da qual os russos podem ter orgulho, e o mundo tem que levar, mais uma vez, em conta.


,13/03/2018 às 08:05

"BBB": Jéssica vira meme após recitar frase 'motivacional'

Jéssica Mueller voltou a ser assunto nas redes sociais, após citar uma frase para lá de inusitada, nesta segunda-feira (12). Em conversa com Patrícia Leite, no "Big Brother Brasil 18", da TV Globo, a personal trainer tentou 'filosofar', mas virou meme entre os internautas.

"Tem uma frase, que toda vez que eu estou muito triste, que eu estou passando por uma situação difícil, tipo essa tua, eu repito. É uma frase que me faz muito bem, que mostra que eu tenho um poder dentro de mim. É assim: ‘Levanta a cabeça, princesa, senão a coroa cai’", disparou a loira.

E continuou: "Pois nós somos princesas, rainhas, guerreiras, só pelo fato de a gente ser mulher".

Os usuários das redes, é claro, não perderam a oportunidade de comentar sobre o assunto. "Minha motivação para enfrentar a semana é a frase desta pensadora contemporânea", ironizou um. "Gostaria de reforçar que, depois dessa dica, eu sou uma pessoa melhor", brincou o outro. Já um terceiro ressaltou: "Ela não tem limites. Estou berrando!".

Tatá Werneck também aproveitou para tirar sarro do discurso de Jéssica. "Abaixei a cabeça por um segundo e olha só o que caiu... Um coroa", escreveu a humorista.


,12/03/2018 às 08:00

Avião cai com turcas após despedida de solteira em Dubai

Um avião particular turco com 11 pessoas a bordo caiu neste domingo no Irã quando voltava a Istambul com a filha de um empresário e um grupo de amigas que retornavam dos Emirados Árabes, onde realizaram a despedida de solteiro da primeira.

Autoridades turcas e iranianas informaram que o avião transportava oito passageiros e três tripulantes quando caiu, no sul do Irã, durante o trajeto entre Sharjah e Estambul.

Todos os tripulantes, incluindo duas pilotos, eram mulheres.

Segundo a imprensa turca, entre os oito passageiros estavam Mina Basaran, filha de 28 anos de um importante executivo turco, e sete amigas que haviam viajado para comemorar seu casamento.

O Bombardier Challenger 604 pertencia à empresa do pai de Mina, Basaran Holding, informou a imprensa turca sobre o empresário, que tem negócios nos setores energético, de construção e turístico.

Por enquanto se desconhecem as causas do acidente, ocorrido em uma região montanhosa muito remota no sul do Irã, indicaram autoridades turcas e iranianas.

No Irã, a televisão estatal indicou que o aparelho caiu em uma zona montanhosa da província de Chahar Mahall Bajtiari, mais de 400 km ao sul de Teerã.

O avião desapareceu dos radares depois de "que a piloto pediu para baixar de altitude", declarou um representante da Organização da Aviação Civil Iraniana (OIAC), citado pela agência Tasnim.

Segundo o jornal Hurriyet, a comandante da aeronave era uma ex-piloto de avião de caça do exército turco.

O chefe de operações de resgate da Cruz Vermelha iraniana, Morteza Salimi, declarou que "dois helicópteros" seriam enviados nesta segunda-feira "para buscar restos do avião e os corpos" - descartando, assim, que haja sobreviventes.

De acordo com meios iranianos, neste domingo foram enviadas equipes de resgate por via terrestre, mas o avião caiu em uma zona relativamente isolada na região do monte Helen, uma zona natural protegida nas montanhas Zagros.

Em sua conta no Instagram, Mina postou diversas fotos felizes com suas sete amigas nos dias anteriores à tragédia. Nas imagens, ela segura flores e bexigas em forma de coração. Em outra, escreve a expressão: “Senhora Noiva” e “melhor juntas”.


MSN


,12/03/2018 às 08:00

Avião com 67 passageiros e 4 tripulantes cai em aeroporto do Nepal

Ao menos 40 pessoas morreram e 23 ficaram feridas após a queda de um avião de uma companhia de Bangladesh nesta segunda-feira em Katmandu, Nepal. "As possibilidades de encontrar mais sobreviventes são pequenas pelo incêndio no avião", afirmou o porta-voz do exército, Gokul Bhandaree.

O avião da companhia bengalesa US-Bangla Airlines transportava 67 passageiros e quatro membros da tripulação.

"Trinta e uma pessoas morreram no local do acidente e nove morreram em dois hospitais em Katmandu", afirmou à AFP o porta-voz policial Manoj Neupane, que disse ainda que são 23 os feridos.

Colunas de fumaça negra eram observadas na região da queda da aeronave, ao leste da estrada do único aeroporto internacional do Nepal.

Leia também: Queda de avião mata 8 amigas após despedida de solteira em Dubai


,10/03/2018 às 08:22

Eliana faz post emocionante ao mostrar clique amamentando a filha

Eliana está cheia de amores nas redes sociais. Na última quinta-feira, dia 8, a apresentadora recorreu ao Instagram para fazer uma homenagem às mulheres. Através de uma foto em que aparece amamentando sua filha, Manoela, Eliana disparou:

O melhor de ser mulher, pra mim, é quebrar todos os paradigmas. É mostrar que o rótulo sexo frágil passa longe daqui. É gerar e dar à luz. Eu e minha menina lhe desejamos uma vida repleta de respeito e amor.

Mamãe-coruja mesmo! Os usuários partilharam do momento:

Lindas, Parabéns e Pra mim não tem cena melhor! Que Deus proteja sua família! foram alguns dos comentários feitos pelos fãs da apresentadora.


,10/03/2018 às 08:22

Governo quer cortar R$ 51 bi de despesas

BRASÍLIA - Para cumprir a regra de ouro das contas públicas, a equipe econômica vai propor ao presidente Michel Temer o cancelamento de R$ 51 bilhões de recursos que foram prometidos em 2017 e anos anteriores, mas postergados para pagamento este ano – os chamados ‘restos a pagar’.


O governo precisa arrumar de R$ 80 bilhões a R$ 100 bilhões em recursos extras para garantir o cumprimento da regra de ouro este ano. Prevista na Constituição, essa norma impede que o País se endivide para pagar despesas correntes, como salários e conta de luz, por exemplo. O descumprimento configura crime de responsabilidade fiscal.

Os restos a pagar são o termo técnico para designar despesas programadas (ou empenhadas), mas que não chegaram a ser liquidadas (ou seja, o produto ou serviço não foi efetivamente adquirido) e foram transferidas para o Orçamento do ano seguinte. O empenho é, na prática, o primeiro estágio da despesa no Orçamento, seguido depois pela liquidação e pelo pagamento.

Segundo apurou o Estadão/Broadcast, o cancelamento vai atingir os restos a pagar que ainda estão no primeiro estágio da despesa. No jargão dos técnicos da área econômica, eles são chamados de “não processados” e, por isso, afetam menos os projetos do governo já em andamento.



Mais afetados. Dados do Tesouro mostram que, dos R$ 155 bilhões de estoque de restos a pagar, 64,5% foram registrados em 2017. São, portanto, despesas recentes. O restante corresponde a valores empenhados em anos anteriores. A maior parte são despesas dos ministérios de Educação (R$ 23,62 bilhões) e Saúde (R$ 21,88 bilhões). Do total, 70,2% são despesas com investimentos.

A proposta do governo a ser apresentada ao presidente é cancelar 40% dos restos a pagar “não processados”, que em 2018 chegaram a R$ 128 bilhões do total de R$ 155 bilhões. Os outros 60% (R$ 77 bilhões) serão reinscritos novamente no Orçamento. Cada ministério vai definir as despesas que serão canceladas. Para isso, o presidente terá de editar um decreto.

Nem todo o volume de R$ 51 bilhões de despesas canceladas abre espaço para o cumprimento da regra de ouro. A expectativa é de que pelo menos R$ 30 bilhões poderão ser aproveitados para reduzir o rombo da regra de ouro em 2018 – que é de R$ 208,6 bilhões, mais uma folga de aproximadamente R$ 20 bilhões para evitar surpresas.



A edição dessa MP depende, porém, de consultas feitas ao Tribunal de Contas da União (TCU), para as quais o governo espera ter uma resposta positiva. Uma das consultas é sobre a possibilidade de desvinculação de recursos do Fundo de Fiscalização de Telecomunicações (Fistel), que tem arrecadação bilionária e poucos gastos. A outra consulta é sobre a possibilidade de desvincular receitas obtidas como compensação financeira pela exploração de petróleo, gás e recursos minerais.

A extinção do Fundo Soberano do Brasil deve garantir mais R$ 26 bilhões para cumprir a regra de ouro. Além da devolução de R$ 130 bilhões que será feita este ano pelo BNDES.

Revisão. Para o diretor executivo da Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado, Felipe Salto, o grande problema da regra de ouro tal como está sendo aplicada hoje no Brasil é que ela tem sido cumprida ao mesmo tempo em que o governo federal gera déficits correntes nas suas contas (ou seja, despesas maiores do que as receitas, sem contar os gastos com juros).

“O déficit corrente deveria ser um dos males mais combatidos porque, na verdade, ele representa receitas correntes menos despesas correntes, sem investimento”, afirma.

Segundo ele, a regra de ouro preconizava a busca de resultados correntes equilibrados, no mínimo, podendo-se fazer dívida única e exclusivamente para investir.

Para Felipe Salto, a regra de ouro é importantíssima, porque é a única no arcabouço institucional do País que embute uma preocupação com a qualidade do gasto e com a necessidade de estimular investimentos. “Mas para que funcione melhor é preciso que seja revisitada e melhor debatida”, afirma o diretor do IFI.

MSN


,10/03/2018 às 08:22

Ex-empregado tem de pagar R$ 750 mil a empresa

Uma ação trabalhista movida contra uma concessionária de caminhões no interior de Mato Grosso transformou-se em dor de cabeça inesperada para o vendedor Maurício Rother Cardoso, ex-funcionário da empresa e autor do processo. Ele ingressou na Justiça em 2016 queixando-se, entre outras coisas, de reduções salariais irregulares e do cancelamento de uma viagem prometida pela concessionária como prêmio para os melhores funcionários. No fim, quase todos os pedidos foram negados pela Justiça e, de quebra, foi condenado a pagar R$ 750 mil em honorários para o advogado do ex-empregador.

Na sentença, assinada em 7 de fevereiro de 2018, a juíza do Trabalho Adenir Alves da Silva Carruesco, da 1ª Vara de Trabalho de Rondonópolis (MT), fundamentou sua decisão com base na nova regra de sucumbência, prevista no artigo 791-A da reforma trabalhista, que passou a vigorar em novembro do ano passado. Segundo a nova lei, quem obtiver vitória parcial na Justiça do Trabalho deve pagar os honorários advocatícios da outra parte, relativos aos pedidos que foram negados dentro do processo. O valor da sucumbência pode variar de 5% a 15% do valor total solicitado.

Entre descontos indevidos em comissões de venda, benefícios não pagos e compensações por danos morais, o vendedor pedia pouco mais de R$ 15 milhões. A juíza condenou a empresa ao pagamento de R$ 10 mil de indenização pelo cancelamento da viagem à cidade de Roma, prêmio que havia sido prometido ao empregado. No demais, inocentou a concessionária Mônaco Diesel de todos os outros questionamentos e fixou o valor da sucumbência em 5% do valor atribuído à causa.

++ A OIT e a reforma trabalhista

Na sentença, a magistrada justifica sua decisão afirmando que a reforma trabalhista foi publicada em 14 de julho de 2017 e apenas passou a vigorar em novembro. Segundo ela, tempo suficiente para que os envolvidos no processo, tanto o ex-funcionário quanto o ex-empregador, reavaliassem os riscos do processo. “Esse período (da aprovação da nova CLT até sua implementação) foi de intensas discussões, vários seminários, cursos e publicações de obras jurídicas. Portanto, houve tempo mais que suficientes para os litigantes, não sendo razoável alegar efeito surpresa”, escreve a juíza.

Futuro. Procurado, Maurício Rother Cardoso prefere não falar. Segundo seu advogado, João Acássio Muniz Júnior, o vendedor está “desolado, e muito preocupado com o futuro”. Ele afirma que não tem como pagar os R$ 750 mil e tem receio de que a repercussão negativa do caso tenha impactos na carreira profissional. “Ele está desempregado desde setembro de 2016, quando foi demitido da concessionária, e com problemas financeiros para as contas do dia a dia”, diz o advogado.

Muniz explica que foi contratado pelo vendedor “para tentar salvar o processo”, uma vez que Maurício Cardoso já tinha consciência de que perderia na Justiça. “Ele entrou com processo antes da reforma trabalhista, que instituiu a regra da sucumbência na Justiça Trabalhista. E é nisso que vamos trabalhar para reverter a decisão da juíza”, afirma o advogado, que ainda tem esperança que derrubar a sentença contrária da Justiça Trabalhista em segunda instância. “Houve um erro em pedir tanto dinheiro. Esse era um processo de R$ 3 milhões, R$ 4 milhões. Mas R$ 15 milhões foi demais”, resume.

++ Ações trabalhistas caem mais de 50% após reforma

Para advogado trabalhista Sólon Cunha, sócio do escritório Mattos Filho e professor da Fundação Getúlio Vargas, o caso resume o espírito da nova lei trabalhista, que segundo ele tenta contornar algumas imperfeições na relação entre funcionários e empregadores. “Não é por má fé, mas o advogado que representa o trabalhador tem por hábito pedir alto pela indenizações, sabendo que lá para frente pode ter um acordo entre as partes e até ter a cifra reduzida nas instâncias superiores”, afirma o especialista.

Cunha aponta que, quando o empregada entra no processo pela Justiça gratuita, sem condições de arcar com os cursos do processo, o magistrado pode definir até quanto o autor do processo consegue pagar em sucumbência. “Nesse caso de Mato Grosso, o que o funcionário ganhou da empresa como indenização pela viagem será destinada para o honorário de sucumbência. Mas se o reclamante entrar pela Justiça comum, sem o beneficio da gratuidade, o advogado da outra parte passa a ser credor dele e, no último caso, o nome da pessoa pode ir parar no Cadin (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal).


,09/03/2018 às 08:02

'Eu ganhei uma chance para renascer na vida', afirma Rubinho

Rubens Barrichello comemora uma nova vida. O piloto de 45 anos passou 13 dias internado no começo do ano depois de um problema em um vaso sanguíneo na cabeça e considera ter renascido ao ser curado. Em entrevista exclusiva ao Estado em Interlagos, onde se prepara para a corrida de abertura da Stock Car, neste sábado, Rubinho admite emoção com o retorno e conta ter vivido o mais susto da sua vida.

Faro lamenta morte da avóRodrigo Faro lamenta morte da avó: 'Vou te amar sempre'
Rubens Barrichello estreou na Stock Car em 2012 e foi campeão da categoria em 2014© Werther Santana/Estadão Rubens Barrichello estreou na Stock Car em 2012 e foi campeão da categoria em 2014
Rubens Barrichello comemora uma nova vida. O piloto de 45 anos passou 13 dias internado no começo do ano depois de um problema em um vaso sanguíneo na cabeça e considera ter renascido ao ser curado. Em entrevista exclusiva ao Estado em Interlagos, onde se prepara para a corrida de abertura da Stock Car, neste sábado, Rubinho admite emoção com o retorno e conta ter vivido o mais susto da sua vida.

+ Massa é o nono no primeiro dia de treinos em Interlagos

+ Confira as últimas notícias de esportes

Como você está de saúde?

Eu estou ótimo. Tive uma baita dor na nuca e fomos ao hospital. Entre as possibilidades do que era, assustava bastante. Mas no primeiro exame se viu que eu tive um problema na veia, mas ela estava fechada e que eu precisava de repouso. Foram 13 dias internado que me fizeram refletir muito. Fazia tempo que eu não conseguia esvaziar a minha cabeça. Muitas vezes a minha mulher me acordou de manhã e falou: “Liga para o seu engenheiro porque você falou com ele a noite inteira”. Minha cabeça não para. É um motor que fica ligado 24 horas. Aprendi que preciso dar tempo para mim.

E como foi a volta?

O dia em que sentei no kart, saí mudando marcha e vi que a sensação era igual, eu chorei muito. Chorei hoje entrando no autódromo também, de emoção. O medo era de não poder fazer mais aquilo que mais amo na vida. Poder disputar uma prova dessa, com público, me deixa muito feliz.

Mas o que causou o problema?

Estresse é uma das parciais, com certeza. Não quero entrar no detalhe, para não virar um alarde total. O mais importante é que o médico falou que a chance de eu ter isso de novo é igual à de toda a população. Não é por conta do meu problema que eu tenho mais probabilidade de voltar a ter. Então, a veia se fechou de uma forma perfeita. Realmente estou zerado.

Então você se sente como se tivesse renascido?

Eu estou tendo a chance de um recomeço. Vou te falar que andei bem de kart quando treinei. De tudo isso, tem uma lição enorme, de ser agradecido por tudo o que aconteceu. Sou parte de uma porcentagem muito pequena, porque saí ileso. Pouquíssimos tiveram a chance de ter esse renascimento. Alguns acabam por morrer, outros têm sequela.

Você considera isso um susto maior do que qualquer outro o acidente que teve na carreira?

Foi o maior susto da minha vida para mim. Eu sou um cara atleta, que corre todo dia, que come direito, então você não espera que isso possa acontecer.

Sem piloto brasileiro, acha que o público terá interesse em acompanhar a Fórmula 1?

A gente precisa do apoio. Se a TV continuar passando as sessões, a gente tem um número menor do que tínhamos no passado, mas sempre terá quem gosta. A Fórmula 1, quer queira ou quer não, até podemos falar mal dela, mas no final sempre tem alguma coisa interessante para ver. Acredito que se a gente não tiver piloto brasileiro pelo segundo ou terceiro ano seguido, aí sim pode ser que tenha uma balançada no interesse.

Por que o Brasil não tem mais pilotos?

A fonte secou por uma situação do aprendizado do Brasil, das nossas categorias, de tudo aquilo que a gente precisa analisar, porque é o momento de rever a situação. O menino cresce, se for dar certo, ele vai fazer o kart fora do Brasil. Eu ainda pude fazer a Fórmula Ford aqui, e isso me deu um ensino muito grande. A situação financeira do Brasil e o apoio precisam ser revistos. Não é hora de apontar o dedo e falar em culpados. É importante dar um passo para frente. A gente precisa daqui a pouco tempo ter um automobilismo mais eficiente no Brasil.


Pensa em ser dirigente e ajudar nessa situação?

Não. Eu gosto mesmo é de guiar. Sou dirigente dos meus dois filhos, mas ainda assim eu sempre pego o kart deles para me ocupar um pouco. Eu sou muito ativo ainda, e graças a Deus isso me mantém jovem e apaixonado. Não tem como agradecer de ter sido liberado para desfrutar da minha paixão na vida. Adoro ver meus amigos me chamando de doido e falando que ninguém gosta de automobilismo mais do que eu.

Como os seus filhos estão na carreira?

Eu não sou pai de miss. Eu tento não dar problema. Eu sou emotivo. Mas eu não fico indicando o que eles devem fazer, a não ser que me perguntem. Eu também tenho a minha opinião sobre o que se passa com eles, principalmente sobre acertar carro, que foi onde eu fiz a minha carreira crescer. Os dois gostam de automobilismo. O Eduardo é muito técnico e o Fernando gosta de colocar a mão. São dois que tem uma situação bonita. O Dudu está com 16 anos, gosta demais, vai correr de Fórmula 4 americana.

A sua mulher apoia?

Ela depois de um certo período cedeu. Uma menina que casou aos 21 anos e achou que eu ia acabar a Fórmula 1 nós íamos sair viajando pelo mundo...A gente saiu viajando pelo mundo, mas por causa das corridas. Se ela tanto queria conhecer Mônaco, foi para lá por 19 anos (risos). Agora tem a carreira dos meninos. Raramente a gente tem um fim de semana por mês, porque sempre estamos em alguma corrida, ou minha ou deles. Tenho me dedicado mais a eles do que a mim.

MSN


,09/03/2018 às 08:02

"Paraíso": Nádia promete se vingar por traição de Gustavo

A situação não é nada favorável para Gustavo (Luis Melo). Clara (Bianca Bin) armou e conseguiu fazer com que Nádia (Eliane Giardini) flagrasse o marido no bordel.

Furiosa, a madame não pensa duas vezes e expulsa seu “pônei” de casa. E para piorar tudo, faz isso na frente dos dois filhos.

“Esse aí, o excelentíssimo senhor juiz, é sócio do bordel de Pedra Santa”, diz para Bruno (Caio Paduan) e Diego (Arthur Aguiar).

Quando o juiz está saindo de casa, Nádia ainda dá um aviso: “Vou pagar na mesma moeda. Exatamente na mesma moeda".


,08/03/2018 às 08:10

Câmara aprova projeto que tipifica assédio sexual em espaço público

BRASÍLIA - O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira, 7, um projeto que promove mudanças no Código Penal para aumentar a punição para estupro coletivo e tipificar o crime de "importunação sexual", conhecido pelo assédio sexual em espaço público. O projeto integra a pauta da bancada feminina na semana em que se comemora o Dia Internacional da Mulher. A matéria seguirá para o Senado.

Impactados pelos casos de constrangimento de mulheres em transportes coletivos, os deputados incluíram na legislação o tipo penal "importunação sexual", que consiste em praticar, sem a anuência, o ato libidinoso com o objetivo de satisfazer o assediador. O projeto prevê pena de reclusão de um a cinco anos.

"Embora qualquer pessoa possa ser sujeito ativo dessa prática, esse tipo de constrangimento covarde geralmente é cometido por homens, tendo como vítimas as mulheres", disse a deputada Maria do Rosário (PT-RS). "O projeto preenche uma lacuna no Código Penal e dará mais segurança às mulheres."

O projeto também tipifica como crime a divulgação de cena de estupro ou que faça apologia que induza a prática. Também foi incluído no projeto a propagação de cena de sexo, nudez ou pornografia sem o consentimento da vítima. A pena prevista para esses casos é de um a cinco anos de prisão.

Nestes casos, a pena será aumentada em dois terços se o crime for praticado por alguém que mantém ou tenha mantido relação íntima com a vítima, ou com objetivo de vingança ou humilhação. O texto diz que não haverá crime se a divulgação for de natureza jornalística, científica, cultural ou acadêmica, desde que não haja identificação da vítima, se ela for maior de 18 anos e autorizar a divulgação.

O induzimento ou instigação do crime contra a dignidade sexual também passa a ser tipificado no projeto, com pena de um a três anos de prisão. "É um projeto que inova no Código Penal. É uma legislação moderna, atual proporcional", disse o deputado Marcos Rogério (DEM-RR).

Estupro
A proposta aprovada nesta quarta endurece a punição para o estupro coletivo e o chamado "estupro corretivo" - termo usado para denominar situações onde o agressor abusa sexualmente da vítima com o objetivo de "corrigir" seu comportamento sexual. Nestes casos, a pena será aumentada em um terço. Nos casos de estupro corretivo, a pena é acrescida em metade se o agente é parente, tutor, empregador da vítima ou pessoa que exerça autoridade sobre a vítima. Hoje, a pena para casos de estupro varia de seis a 10 anos de prisão e estupro de vulnerável varia de oito a 15 anos de reclusão.

Os deputados também acrescentaram ao projeto o aumento de pena de metade a dois terços se o estupro causar gravidez e de um terço a dois terços se o estuprador transmitir doença sexualmente transmissível, abusar de vítima idosa ou pessoa com deficiência. O texto garante que uma vez denunciado o crime, a ação penal pública seguirá independentemente da vontade da vítima.

Outros projetos
Além do projeto que promove mudanças no Código Penal para aumentar a punição para estupro coletivo, a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira outras cinco propostas da bancada feminina para comemorar o Dia Internacional da Mulher.

Um dos projetos determina a perda do poder familiar (do pai ou da mãe) por parte daquele que praticar crimes de assassinato, lesão corporal grave, estupro ou outro crime de cunho sexual contra integrantes da família. O poder familiar está relacionado ao dever dos pais de sustento, guarda e educação dos filhos menores. Ou seja, é o conjunto de direitos e deveres atribuídos aos pais em aos filhos menores de 18 anos.

Outro aumentou de três meses para seis meses o período de licença para estudantes grávidas.

A Câmara também aprovou uma proposta que determina a notificação e o registro compulsório de eventos relacionados ao câncer, além da regulamentação das profissões de esteticista e do especialista em tratamentos cosméticos, chamado de cosmetólogo.

Os deputados também criaram um comitê para apurar denúncias de assédio moral ou sexual feitas por deputadas, servidoras e outras mulheres que frequentarem a Câmara.

----------


MSN


,08/03/2018 às 08:10

África dá lição de igualdade de gênero na política para o Brasil

No Dia da Mulher, quando todos os olhos se voltam para a igualdade de gêneros, dados da União Interparlamentar, mostram que somente 23,4% dos deputados, senadores e parlamentares em todo o mundo são mulheres. Apesar de baixo, o número cresceu ao longo dos anos –em 2013 eram apenas 11,3%–, mas ainda está muito longe do ideal.

Os países nórdicos lideram o ranking como a região com as melhores taxas de participação feminina na política, são 41,4% de mulheres parlamentares. Ruanda, um pequeno país no nordeste da África é, contudo, o país que possui a maior participação feminina em sua Câmara de Deputados e Senado: 61,3% dos assentos são ocupados por legisladoras. Outros países africanos como Senegal, Namíbia e Moçambique também apresentam taxas bastante surpreendentes.

Na América do Sul, se destacam Bolívia, Argentina e Equador. O Brasil aparece no fim da lista da região e na 155a posição mundial para representação parlamentar feminina: são apenas 10,7% no Congresso nacional.

Segundo a professora e especialista da Universidade de Delaware, Gretchen Bauer, o segredo para os bons resultados de Ruanda, Bolívia e outros países africanos e latino-americanos é o uso de cotas eleitorais de gênero. “Na África, sempre que há um número alto de mulheres no Parlamento, assim como na América Latina, significa que existe algum tipo de cota vigente”, diz.

Ruanda
Após a guerra civil e o genocídio de mais de 1 milhão de pessoas por extremistas étnicos hutus no início da década de 90, Ruanda perdeu grande parte de seus homens devido aos assassinatos, prisões e fugas. Antes de 1994, as ruandesas só ocupavam entre 10 e 15% dos assentos no Parlamento. Mas por necessidade e desejo de reconstruir seu país, lideranças femininas surgiram em diversas áreas.

Já no final da década de 90, o governo passou a aprovar leis inovadoras para o padrão do país, principalmente relacionadas aos direitos das mulheres. Com uma legislação eleitoral que determina dois tipos de cotas de gênero diferentes, Ruanda alcançou um feito histórico: elegeu mais deputadas do que deputados nas últimas eleições parlamentares de 2013.

As leis determinam que, necessariamente, cada província deve eleger 2 legisladoras. Além disso, mesmo nos assentos não reservados, há uma cota de 30%. Ou seja, como o país possuí um sistema de lista fechada, cada partido deve nomear uma candidata a cada três homens. Em 2008, Ruanda já tinha sua primeira mulher presidente da Câmara: Rose Mukantabana.

O modelo de cotas é implantado em muitas outras nações africanas que possuem um sistema político de lista fechada. A igualdade no Legislativo, contudo, não significa necessariamente o fim da discriminação e do machismo. Em Ruanda, por exemplo, os dados mais recentes indicam que apenas 37% das mulheres completaram os primeiros anos do ensino secundário. Porém, ainda é difícil medir o impacto da representação política feminina na qualidade de vida das cidadãs, já que as mudanças aconteceram apenas recentemente.

Talvez, o maior impacto da igualdade na política esteja ligado ao que os especialistas chamam representação simbólica. “Cientistas políticos relacionam a presença de mulheres no Legislativo com uma variedade de efeitos simbólicos, tal como o aumento do engajamento político entre as eleitoras”, diz Jennifer Piscopo, professora da Occidental College e pesquisadora do tema. Um novo entendimento sobre a capacidade feminina para a liderança também é um resultado positivo.

América do Sul
Cotas também explicam os bons resultados de países como Bolívia, Equador e Argentina. Os dois primeiros implementaram um sistema com paridade de gêneros, ou seja, 50% dos nomes na lista fechadas dos partidos devem ser obrigatoriamente de mulheres, enquanto o modelo argentino exige 30% de candidaturas femininas.

Na Bolívia, atualmente a Câmara de Deputados é presidida por Gabriela Montaño. Mas as cotas de gênero atuam apenas na esfera legislativa do país. Embora o presidente Evo Morales tenha nomeado um gabinete parlamentar igualitário em 2010, desde janeiro deste ano há somente quatro ministras em um governo com 20 pastas. A situação se repete em outros casos: não há uma única governadora no país e, nos 339 municípios do país, apenas 28 prefeitas.

A deputada Sonia Brito, do partido Movimento ao Socialismo (MAS, de Morales), afirma que a participação das mulheres nos movimentos sociais, principalmente as indígenas e camponesas, foi muito importante para a conquista de alguns direitos sociais no país. Porém, reconhece que a sociedade boliviana ainda é patriarcal e injusta.

Conta que, mesmo dentro da Câmara e do Senado, há casos de homens invalidando deputadas da própria bancada. “Ainda vivemos em um sistema com marcas de patriarcais e machistas e temos muitos deputados, senadores e outras autoridades que reproduzem essas relações de poder”, diz.

Em 2012, uma conselheira da prefeitura de uma cidade próxima a La Paz foi assassinada após meses de assédio e violência. Logo depois, o governo boliviano aprovou uma lei pioneira para regular esse tipo de violência contra mulheres que ocupam cargos públicos.



Cargos executivos
Quando Michelle Bachelet deixar seu cargo no Chile no próximo domingo, a América Latina não terá mais nenhuma presidente mulher. Em 2014, a região tinha quatro: Laura Chinchilla na Costa Rica, Cristina Kirchner na Argentina e Dilma Rousseff no Brasil, além da própria Bachelet.

As leis de cotas criaram oportunidades para que muitas mulheres avançassem na política na América Latina, mas não transformaram completamente o consenso geral sobre quem deve liderar um país. Porém, segundo especialistas, a representação parlamentar pode ser um caminho para chegar lá.

“À medida que a presença das mulheres no Congresso chega a 40 ou 50%, torna-se cada vez mais difícil excluí-las das posições maiores e mais importantes. Os padrões estão mudando e devem continuar a mudar”, diz a pesquisadora Jennifer Piscopo.

Países nórdicos
Os países escandinavos são conhecidos como pioneiros em avanços na área da igualdade de gênero. Islândia e Suécia estão no topo da lista de representação parlamentar feminina. Com exceção da Finlândia, todas as outras nações nórdicas não determinam obrigatoriedade de cotas em eleições legislativas, porém os próprios partidos aplicam cotas voluntárias para atrair a candidatura de mulheres.

Em todos os países, contudo, leis que incentivam a educação, equidade do mercado de trabalho, direitos reprodutivos e combate à violência de gênero são implantadas há anos, gerando um efeito positivo também na representação política.

O método prevê que o próprio desenvolvimento socioeconômico das nações leve a uma maior presença feminina em cargos públicos. Essa lógica, porém, leva tempo. O governo dos Estados Unidos escolheu não implantar cotas e deixar com que o aumento da igualdade em todo o país leve naturalmente à paridade de gênero na política. Atualmente, contudo, os americanos possuem apenas 19,4% congressistas no Senado e Câmara dos Representantes. Os resultados devem demorar a aparecer.

Brasil
Apesar das brasileiras estarem conquistando importantes direitos nas áreas da educação, saúde e economia formal, elas ainda são muito mal representadas na política. Nas últimas eleições municipais, em 2016, apenas 31,89% dos candidatos eram mulheres.

Entretanto, desde 2009, a Lei das Eleições estabelece que cada partido ou coligação deve preencher no mínimo 30% de suas candidaturas com mulheres. Ou seja, mesmo após sete anos da criação das cotas, o número de candidatas alcançou pouco mais que o mínimo exigido.

Para muitos especialistas, existem duas grandes razões para explicar essa realidade. A primeira é o sistema político brasileiro, considerado menos “amigável” para as mulheres. “O sistema de lista aberta e representação proporcional do Brasil incentiva a competição intrapartidária, prejudicando os partidos e encorajando indivíduos com capital político pessoal e dinheiro”, explica Kristin Wylie, professora da Universidade James Madison que estuda o caso brasileiro.

A segunda razão está na própria falta de suporte dos partidos políticos, que tende a desencorajar candidaturas femininas. Após o decreto da obrigatoriedade da cota de 30%, surgiu também outra questão: as chamadas “candidatas laranja”. Em 2016, 14.417 mulheres inscritas na eleição não receberam sequer um voto. Após a apuração do caso, descobriu-se que muitas delas nem sabiam que estavam concorrendo.

“A fraqueza e o caráter dominante dos homens na maioria dos partidos explicam a sub-representação numérica das mulheres”, diz Kristin. Além disso, a grande maioria das brasileiras gasta mais de 25 horas por semana no trabalho doméstico não remunerado, e a política representaria apenas mais um turno de trabalho.

O Brasil possui outras formas de incentivo à participação feminina documentados em lei: a obrigatoriedade de que cada partido político dedique 10% de sua propaganda partidária gratuita e 5% do total do valor recebido em financiamento para a promoção da representação da mulher na política. Porém, nenhuma das medidas parece ter surtido grande efeito.

“O Brasil precisa aprender a apoiar suas candidatas e legisladoras, porque a política melhora quando o conjunto completo da sociedade está representado”, diz Jennifer Piscopo.

--------------------------------------------------------------


,07/03/2018 às 07:50

Fuga de Lívia e Mariano em Outro Lado do Paraíso tem erro curioso

A fuga malsucedida de Mariano (Juliano Cazarré) e da vilã Lívia (Grazi Massafera) foi marcada por um deslize curioso da produção de O Outro Lado do Paraíso. Os dois saíram de Palmas e logo estavam no Rio de Janeiro… que fica a a cerca de 2 000 quilômetros da capital tocantinense. Faz sentido?

O erro foi revelado pelo colunista Maurício Stycer, do UOL. É comum que as cenas sejam gravadas próximo ao Projac mas, nesse caso, os continuístas foram traídos pela placa de uma concessionária da cidade Itaguaí, na região metropolitana do Rio. O objeto apareceu logo no início da cena.

O plano dos dois caiu por terra graças a Sophia (Marieta Severo), que os denuncia à polícia. Eles são encontrados por meio do sinal de um GPS que a empresária escondeu no carro da filha.


,07/03/2018 às 07:50

Justiça da Espanha pede prisão perpétua de brasileiro que matou família

O paraibano François Patrick Campos Gouveia, de 20 anos, confessou ter esquartejado o próprio tio, além da tia e os dois primos, duas crianças de 1 e 4 anos. O crime foi cometido em setembro de 2016, na cidade de Pioz. Os corpos só foram encontrados um mês após crime, em outubro. Nesta segunda-feira (6), o Ministério Público de Guadalajara, na Espanha, pediu a condenação perpétua de François. A pena pode ser revista depois de 25 anos.

+ Avião russo cai na Síria e deixa 32 pessoas mortas

A Promotoria espanhola defende, junto com Alberto Martín, representante da família das vítimas, que Frannçois Patrick Gouveia seja enquadrado no artigo 140 do Código Penal da Espanha e siga preso até o julgamento, que deve ser marcado pela juíza Rosa Maria Acero Viena em até três meses.



O brasileiro está preso preventivamente desde outubro, quando se entregou às autoridades. A fase de instrução, quando são apresentadas provas, foi encerrada há um mês, no último dia 7.

Walfran Campos, tio de François Patrick e irmão de Marcos Campos Nogueira - que foi assassinado junto com a esposa, Janaína Américo, e os filhos - revelou ao G1 que não acredita na recuperação do sobrinho e defende que ele seja condenado à prisão perpétua. "Meu irmão, sua esposa, meus sobrinhos mortos não vão ter uma segunda chance, por isso não acho que Patrick mereça isso. Aliás, acredito que se ele sair depois de 25 anos, vai voltar a cometer crimes", desabafou.


,06/03/2018 às 08:15

'Um cara exemplar': companheiros brasileiros lembram histórias e lamentam morte do zagueiro Astori

No último domingo, o zagueiro Davide Astori, da Fiorentina, foi encontrado morto em um hotel em Udine, onde estava reunido com sua equipe para enfrentar a Udinese, pelo Campeonato Italiano - a causa da morte ainda é desconhecida. Ele tinha 31 anos e deixa mulher e filha de dois anos.

Durante o dia, o ESPN.com.br colheu depoimentos de brasileiros que foram companheiros de equipe do atleta da seleção italiana. Todos foram unânimes ao descrever o defensor como uma pessoa "exemplar", além de elogiá-lo pelo comprometimento com o trabalho e por ser estudioso e culto.

Eles também falaram sobre as muitas atividades de Astori fora dos campos e relembraram histórias que passaram ao lado do jogador. Confira:

'CULTURA DIFERENTE DO QUE SE VÊ NO FUTEBOL'
Por Danilo Avelar, lateral do Amiens-FRA

Astori durante partida contra a Juventus pelo Campeonato Italiano© Getty Images Astori durante partida contra a Juventus pelo Campeonato Italiano

Nós jogamos juntos por quase três anos no Cagliari. O Davide era um cara sensacional, com uma educação e uma cultura diferentes do que se vê normalmente no futebol. Ele era muito culto, tinha diversos interesses extra-campo. Gostava muito de ler livros e estudar outros assuntos fora do futebol. Era muito bom conversar com ele.

Ele gostava muito de artes e arquitetura, tanto é que uma vez comprou uma casa na praia e ficou mostrando pra mim uma revista de arquitetura com umas mesas de madeira e coisas diferentes. Eu também gosto e minha namorada é arquiteta, a gente ficou conversando muito sobre isso. Era um papo diferente, não era aquela boleiragem tradicional.

Além disso, Davide adorava culinária. Ele tinha uma sorveteria chamada "Cremoso – Dolci Emozioni", que é uma das melhores da Itália. Minha família ia bastante. Ele montou uma em Cagliari e depois abriu duas filiais, uma em Bergamo, que é cidade dele, e outra na região norte da Sardenha. Unia uma sorveteria artesanal com iogurteria, e deu muito certo. É a minha sorveteria preferida na Itália. Ele também foi sócio de um teatro a céu aberto em Caglairi por um tempo.

Uma vez em uma pré-temporada com Cagliari, nós fomos andar de teleférico em uma tarde livre até o topo da montanha para comer uma polenta famosa que tinha lá. Mas o clube vetava comer coisas fora do hotel para terem controle maior. Brincávamos que não poderia dar problema na barriga, senão teríamos problemas. Comemos ela meio escondida (risos).

O que mais me deixou chocado com a morte dele foi que ele se cuidava muito. Era um dos exemplos do time e relação a saúde, a fazer dieta, dormir bem. Era um cara exemplar.

Ele gostava de repetir palavras em português e sempre estava brincando com todo mundo. Entrava na onda da galera e fazia uma graça. Não era tímido, era bem ativo e falava com todos. Era muito comunicativo e gente boa.

O Astori esteve no Brasil na Copa das Confederações com a Itália e falou comigo bastante sobre a viagem. Lamentou que quando foi ao Corcovado o tempo não ajudou porque estava uma neblina danada. Ele gostou muito daqui e falou que ficou surpreso coma beleza do Rio de Janeiro e um pouco triste pelo tempo estar fechado.

A última vez foi quando joguei pelo Torino contra a Fiorentina, no ano retrasado, nós conversamos bastante. É uma pena tudo isso que aconteceu...

'ERA UM CARA MUITO FAMÍLIA'
Por Nenê, atacante do Bari-ITA

Nós jogamos juntos por quase cinco anos no Cagliari. Davide era um cara muito centrado no dia a dia. Era muito profissional e trazia muita alegria para todos dentro do vestiário.

Era um cara que gostava muito do que fazia. A gente fazia parte de um grupo que passou por muitos momentos difíceis, mas ele sempre foi uma liderança muito positiva, com pensamento para o futuro e acreditando sempre no melhor.

Além disso, era muito responsável. Sempre foi um dos primeiros a chegar às concentrações, e era um cara bem família, muito concentrado na vida pessoal. Ele deixa esposa e filha pequena, e isso dói ainda mais.

Astori sempre foi um cara extrovertido e brincalhão, mas nos momentos em que precisava, era o capitão e sabia impor respeito e liderança. Convivemos sempre em paz e vivemos momentos muito bons. A gente sempre conseguiu manter o time na 1ª divisão da Itália, o que para nós era um título.

Todos os que jogaram junto com ele naquele período estão muito sentidos com a ida dele...

Ele chegou à seleção da Itália por mérito próprio. Achei muito importante o restante da rodada ter sido adiada, pois é uma atitude certa para o que ele representava e também em respeito aos familiares dele.

Sempre que a gente jogou contra nos últimos anos conversávamos bastante. A última vez que falamos foi num amistoso de pré-temporada, em julho do ano passado. Enfrentamos a Fiorentina.

Depois da partida, nós batemos um longo papo. Ele me disse que estava muito feliz por ser o capitão da Fiorentina.

'ELE NÃO ERA CAPITÃO À TOA'
Por Jeda, atacante da Vimercatese-ITA

MSN


,06/03/2018 às 08:15

Os extratos bancários de Michel Temer e de seu círculo mais íntimo nas mãos da PF

A pressão da Operação Lava Jato se intensifica sobre o Planalto em meio à troca de comando na Polícia Federal. Em um constrangimento inédito para um mandatário no exercício do cargo, o presidente Michel Temer teve o sigilo bancário quebrado por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal Luis Roberto Barroso. O magistrado autorizou que a PF tenha acesso às movimentações bancárias de Temer entre primeiro de janeiro de 2013 e 30 de junho de 2017 como parte do inquérito que investiga o suposto favorecimento da empresa portuária Rodrimar em um decreto presidencial de maio de 2017 - o texto mudou regras de funcionamento dos portos no país.

O Planalto fez circular na imprensa a mensagem de que foi surpreendido pela decisão de Barroso, publicada primeiro pela revista Veja, e tentou reagir rápido. A assessoria de Temer divulgou uma nota, parte dela lida no Jornal Nacional, da TV Globo, nesta segunda-feira, prometendo dar acesso à imprensa às movimentações financeiras do emedebista: "O presidente Michel Temer solicitará ao Banco Central os extratos de suas contas bancárias referentes ao período mencionado hoje no despacho do eminente ministro Luís Roberto Barroso. E dará à imprensa total acesso a esses documentos. O presidente não tem nenhuma preocupação com as informações constantes suas contas bancárias", diz a íntegra do texto.

É o segundo revés para o mandatário na área criminal em apenas três dias. O caso dos portos é uma das duas investigações em curso contra o presidente no STF, mas é a única que pode se transformar numa terceira denúncia contra Temer - ele já conseguiu barrar duas na Câmara. A outra apuração foi desatada na sexta-feira, pelo ministro Edson Fachin, do STF. Ele autorizou abertura de um inquérito no qual Temer será investigado sob acusação de capitanear esquema de propinas do MDB. No entanto, como se trata de supostos fatos acontecidos em 2014 - portanto antes de Temer chegar ao Planalto -, ele não poderá ser responsabilizado por eles enquanto for presidente.

O novo cerco acontece justo quando o Planalto tenta emplacar a agenda da segurança pública como alavanca para a aprovação do Governo mirando as eleições de outubro. O sigilo de Temer vai para as mãos de uma Polícia Federal que acaba de trocar de comando: sai Fernando Segóvia, um nome aliado do MDB que havia publicamente desdenhado da investigação sobre o decreto dos portos, e entra Rogério Galloro, tido como mais alinhado com a Lava Jato.

Coronel e Loures na mira em caso que remonta os anos 90
O caso que provocou a inédita quebra de sigilo bancário de um presidente da República é uma derivação das delações de Joesley e Wesley Bastista. Segundo o Ministério Público Federal, interceptações telefônicas no círculo próximo de Temer levaram a suspeitas de irregularidades na emissão da Medida Provisória dos Portos, em maio do ano passado. De acordo com o então procurador-geral, Rodrigo Janot, os dados obtidos continham indícios de que a empresa Rodrimar, que atua no Porto de Santos, teria sido "ao menos em parte" favorecida no decreto presidencial - o Planalto pede o arquivamento do caso dizendo que a firma não foi beneficiada.

Além de Temer e dos responsáveis pela empresa portuária, ex-assessores e amigos do círculo mais íntimo do presidente, já citados em outros escândalos, também tiveram os sigilos bancários quebrados por conta da investigação: o advogado José Yunes, o coronel reformado João Baptista Lima Filho e Rodrigo da Rocha Loures, o deputado flagrado com a mala de dinheiro enviada pelos irmãos Batista.

Yunes, o coronel Lima e Loures são acusados em diferentes frentes pelos investigadores da Lava Jato de serem operadores de Temer. Lima, cuja empresa fez a reforma na casa da filha de Temer, é quem recebeu, segundo o Ministério Público Federal, parte de dinheiro não declarado enviado por empresas como a JBS. A relação entre os dois é de longa data. Quando o presidente foi mencionado pela primeira vez em um escândalo de corrupção, na década de 1990, vários dos personagens protagonistas de agora já estavam lá: Lima e a Rodrimar, por exemplo. O caso viria a ser arquivado por falta de provas.

Yunes, advogado amigo de Temer que chegou a atuar no Planalto, é amigo do presidente de longa data e apareceu nas delações da Odebrecht como responsável por intermediar o recebimento de dinheiro não declarado da empresa, o que ele nega. Como revelou o EL PAÍS em outubro passado, o advogado teve por três anos - a partir de 2013 - uma procuração para movimentar as contas bancárias da empresa controlada pelo presidente, a Tabapuã Investimentos. A Tabapuã possui salas comerciais na Faria Lima com aluguel anual estimado em um milhão de reais. A empresa de Temer também adquiriu terrenos em Itu em 3 setembro de 2014 - um dia depois que a JBS diz ter entregue um volume de dinheiro destinado a ele.

Na época da reportagem, o Planalto respondeu que a evolução patrimonial do presidente era compatível com suas propriedades: “A reportagem do El País já aponta a renda de aluguel anual mais do que suficiente para o presidente Michel Temer adquirir os imóveis. É, portanto, autoesclarecedora, além de demonstrar a compatibilidade da evolução patrimonial. Transações registradas em cartório, declaradas no imposto de renda são lícitas, não restando nenhuma dúvida sobre a legalidade da compra dos terrenos pelo presidente”, dizia a nota enviada ao Globo.

_______

MSN


,05/03/2018 às 08:01

Atrizes sobem ao palco do Oscar com salto alto na mão

As atrizes Tiffany Haddish e Maya Rudolph subiram ao palco do Oscar 2018 preparadas para impactar: as duas seguravam seus sapatos de salto alto nas mãos. As duas brincaram dizendo que não aguentam mais usar salto alto na temporada de premiação do cinema e da TV norte-americana.

Após arrancar algumas risadas, a dupla partiu para um pouco de ativismo. Elas mandaram uma mensagem para as pessoas que estão dizendo que o Oscar ficou diverso demais depois da edição de 2016 ter tido apenas pessoas brancas indicadas nas suas categorias principais.


“Só queremos dizer para quem acha que tem muita gente negra aqui, que vem mais branco aí, fiquem tranquilos”, disse Maya. Tiffany completou “Eu amo gente branca de prancheta. Eu sempre fico: ‘que vocês estão escrevendo aí sobre mim? Cheque todas as páginas aí.”


,05/03/2018 às 08:01

Fies divulga resultado do processo seletivo nesta segunda-feira

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) divulga nesta segunda-feira, 5, o resultado do processo seletivo referente ao primeiro semestre deste ano. Quem não estiver nessa pré-seleção será, automaticamente, incluído na lista de espera.

A lista de candidatos para a modalidade do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), que é financiada por bancos, será divulgada no dia 12 de março. Nesta opção, não existe a etapa de lista de espera.

Os candidatos pré–selecionados na chamada única para o Fies têm de 6 a 8 de março para complementar as informações no sire do FiesSeleçãoa fim de contratar o financiamento. No P–Fies, também não existe a etapa de complementação de informações.

Pagamento

Os estudantes que receberem o financiamento do Fies, que tenham renda familiar per capita de até 3 salários mínimos, terão taxa real zero de juros. Durante o curso, deve ser pago, mensalmente, o valor da coparticipação.

Após a conclusão do curso, o estudante vai quitar o saldo devedor do financiamento de acordo com a sua realidade financeira, ou seja, o pagamento será variável conforme a renda. Nos casos de o estudante não ter renda, será cobrado apenas o pagamento mínimo.


,03/03/2018 às 08:20

Viegas vence prova do Anjo e se vinga de Diego

Na manhã desta sexta-feira, os brothers foram reunidos no jardim do ‘BBB‘ para mais uma prova do anjo, sem saber que valeria uma autoimunidade.

A prova dessa vez foi bem pesada: havia no jardim vários televisores com fotos e lembranças da família de cada brother. Seguindo uma ordem que eles sortearam antes, eles precisaram destruir as lembranças do colega até que só sobrasse uma pessoa. Cruel, né?

Como era de se imaginar, muito choro e emoção nessa prova. Os brothers estão há pelo menos dois meses sem qualquer contato da família, então essa prova amplifica os sentimentos deles. A cada martelada na foto, muitas lágrimas rolando.

Ao final da disputa, Viegas venceu a prova do anjo e escolheu nada menos que Diego para o castigo “caçador na jaula”. O motivo é que o brother havia escolhido Viegas para o castigo da semana anterior.


,03/03/2018 às 08:20

Após decisão de Fachin, 'Temer está com faca no pescoço', diz auxiliar

A decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), de incluir o presidente Michel Temer no rol de investigados no inquérito que apura o suposto favorecimento da Odebrecht, pela antiga gestão da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, causou preocupação no Planalto.

Entre 2013 e 2015, durante o governo da ex-presidenta Dilma Rousseff, o órgão foi dirigido pelos atuais ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. Ambos já são investigados no caso.

"Agora, o presidente Temer está com a faca no pescoço permanentemente", disse ao blog do Gerson Camarotti, no portal G1, um auxiliar direto de Temer.

A expectativa do governo era de que o assunto ficasse arquivado até o fim do mandato do presidente. Agora, a decisão de Fachin, na avaliação de aliados, tem potencial para causar um desgaste significativo à imagem de Temer, e bem no momento em que ele tentava emplacar a agenda positiva da segurança pública.


O pedido para incluir temer no inquérito foi feito pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, na última terça-feira (27). Na manifestação, ela divergiu do entendimento do ex-procurador Rodrigo Janot, que, no ano passado, decidiu não incluir Temer na investigação, por entender que o presidente tem imunidade constitucional enquanto estiver no cargo. Segundo a procuradora, a Constituição impede somente o oferecimento da uma eventual denúncia contra os investigados.

Um auxiliar de Temer, ainda segundo o blog, chegou a dizer que, na avaliação dele, Dodge está sendo "mais realista que o rei", ao se referir a Janot.

De acordo com depoimento de delação premiada do ex-executivo da Odebrecht Claudio Melo Filho, houve um jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014, para tratativas de um repasse de R$ 10 milhões como forma de ajuda de campanha para o PMDB.

“A investigação penal, todavia, embora traga consigo elevada carga estigmatizante, é meio de coleta de provas que podem desaparecer, de vestígios que podem se extinguir com a ação do tempo, de ouvir testemunhas que podem falecer, de modo que a investigação destina-se a fazer a devida reconstrução dos fatos e a colecionar provas. A ausência da investigação pode dar ensejo a que as provas pereçam”, argumenta a procuradora-geral da República.

MSN


,03/03/2018 às 08:20

Ator Darlan Cunha, de 'Cidade dos Homens', é preso no Rio

O ator Darlan Cunha foi preso nesta sexta-feira, 2, por volta das 14h no Rio de Janeiro. A prisão foi feita pela Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na Rua do Rosário, no Morro da Babilônia.

De acordo com o comando, os agentes faziam abordagem de rotina a Darlan e foi identificado que há um mandado de prisão em aberto contra ele por lesão corporal e violência doméstica. O ator foi conduzido para o 12ª DP de Copacabana, que não quis dar mais informações até o momento.

O ator chegou a publicar uma foto em seu Stories do Instagram durante a abordagem policial. "De rotina sendo encaminhado para a delegacia por atitude suspeita", escreveu ele na imagem.



MSN


,02/03/2018 às 08:01

Paolla Oliveira e Globo se pronunciam sobre vazamento de fotos

Paolla Oliveira e a Globo repudiaram nesta quinta-feira o vazamento de fotos em que a atriz aparece sem roupa, feitas no set de gravação da série Assédio, uma coprodução entre a emissora carioca e a produtora O2, em São Paulo. As imagens foram divulgadas nas redes sociais.

Em comunicado, o canal afirmou que não poupará esforços “para que sejam identificados os culpados e aplicadas as punições previstas na lei”. “A Globo repudia com veemência esse tipo de abuso, que atenta contra os direitos da atriz e viola a privacidade de seus ambientes de trabalho. O ato, que configura crime previsto em lei, também foi informado às autoridades policiais”, diz o texto. A emissora ainda promete aprimorar as medidas de segurança para tentar evitar que esse tipo de coisa aconteça novamente.

Já Paolla se pronunciou no Instagram. “Até quando a invasão da privacidade de um ser humano, o desrespeito a um ambiente de trabalho e a atitude desonesta de trair a confiança de colegas de trabalho serão tratados como um ato de esperteza em nossa sociedade?”, escreveu. “As autoridades já foram acionadas para que esta atitude seja punida exemplarmente, e qualquer pessoa possa trabalhar dignamente, sem correr o risco de ter a sua intimidade exposta, explorada, desrespeitada por invasores, covardes e criminosos.”


,01/03/2018 às 07:59

Oscar 2018: Produtor de Últimos Homens em Aleppo consegue visto de última hora para comparecer à cer

Aos 45 minutos do segundo tempo, o produtor sírio Kareem Abeed teve o visto autorizado e poderá viajar aos Estados Unidos para acompanhar a 90º cerimônia do Oscar.

Abeed, produtor do indicado a melhor documentário Últimos Homens em Aleppo, teve o visto negado anteriormente após o a restrição imposta por Donald Trump a passaportes sírios. O diretor Feras Fayyad havia declarado seu descontentamento, e após apelo ao Departamento de Estado, a viagem de Abeed foi autorizada.

"Muito obrigado a todos os envolvidos no processo e obrigado pela solidariedade e pelo esforço dos nossos amigos americanos por enfrentaram a restrição de Trump e nos ajudarem a estar com o nosso filme", escreveu Fayyad no seu Twitter.



Úlitmos Homens em Aleppo acompanha o grupo Os Capacetes Brancos, que permanece na capital da Síria durante os bombardeios para ajudar a resgatar a população. Confira a nossa entrevista exclusiva com o diretor clicando aqui, e leia a crítica aqui.

__________________________


,01/03/2018 às 07:59

Sete suspeitos de explodir caixas eletrônicos morrem em confronto com a PM em Campinas

Um confronto entre uma quadrilha de roubos a caixa eletrônicos e policiais militares terminou com sete suspeitos mortos na noite desta quarta-feira, em Campinas, em São Paulo. De acordo com a polícia, além dos integrantes do bando atingidos durante o fogo cruzado, 150 bananas de dinamite, metralhadoras, fuzis e pistolas foram apreendidos após o tiroteio. Dois bandidos conseguiram fugir.

Os policiais conseguiram interceptar as ações nos bandidos após receberem uma carta anônima. Nela, constava a informação de que dizia que o grupo estaria a caminho do município de Joanópolis, a cerca de 115km de Campinas. O objetivo do bando seria explodir caixas eletrônicos.

Para evitar o crime, um cerco foi montado pela polícia no distrito Joaquim Egídio, no limite entre Campinas e Valinhos. O confronto ocorreu no local após os criminosos, que estavam em dois carros, não terem obedecido a ordem de parada.

Além de policiais militares, participaram da ação agentes da Polícia Civil de São Paulo. Uma equipe antibomba do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi chamada para recolher o armamento pesado apreendido. Nenhum policial foi ferido na ação.

MSN


,28/02/2018 às

"BBB": Lucas assume carícia em Jéssica

Após a eliminação, na última terça-feira (27), Lucas abriu o jogo sobre o que rolou dentro da casa. O agora ex-BBB contou no “Rede BBB” que fez uma “carícia” em Jéssica e lamentou a perda da noiva.

“Eu saí tranquilo até não ver minha noiva, achei que isso iria acontecer. Eu cometi algumas falhas lá dentro e sou homem para assumir isso", assumiu o bonitão a Vivian Amorim.

E continuou: "Eu deixei me levar em algumas situações, o que mais me doeu não foi eu sair, mas eu encarar a realidade de algo que eu já esperava e foi duro. Eu quero conversar com Ana Lúcia e tentar reconquistar ela, eu quero apenas uma oportunidade”.

Sobre seu relacionamento com Jéssica, o cearense não se comprometeu: “É difícil eu falar que me arrependo, porque estaria falando que me arrependo de ficar ao lado de uma grande amiga. Mas eu não deveria ter feito isso, não deveria ter me aproximado desse jeito. Não tenho muito o que falar, entrei com medo de ficar travado e acabei me permitindo demais".

Vale ressaltar que durante o bate-papo, Vivian chegou a trollar Lucas ao presenteá-lo com um bem-casado.

MSN


,28/02/2018 às

Por que programas federais de segurança não funcionam no Brasil?

Conheça as versões mais caras de carros fabricados no Brasil - Foto: DivulgaçãoAs versões mais caras de carros fabricados no Brasil
Policial na favela da Rocinha, no Rio: Desde 2000, o governo federal já lançou cinco programas de redução da violência no país
© AFP Desde 2000, o governo federal já lançou cinco programas de redução da violência no país
A intervenção no Rio de Janeiro é inédita. Nunca antes um governador perdeu as rédeas do comando da segurança do seu Estado para o governo federal. Por outro lado, essa é a sétima tentativa de um presidente da República de conter a violência no país desde 2000. Na média, houve um novo anúncio federal a cada três anos.

Em 2000, Fernando Henrique Cardoso lançou o Plano Nacional de Segurança Pública, que vigorou por apenas dois anos. Já Luiz Inácio Lula da Silva lançou, em 2007, o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Além disso, tentou criar o Sistema Único da Segurança Pública - uma espécie de SUS para a área da segurança. Encaminhado para o Congresso Nacional em 2007, está em tramitação até hoje.

Dilma Rousseff não deu continuidade aos planos do seu padrinho político. Em 2012, criou o Programa Brasil Mais Seguro, e, em 2015, o Programa Nacional de Redução de Homicídios. Já Michel Temer deu início ao Plano Nacional de Segurança em 2017. E, agora, a intervenção no Rio.

Denúncias apontam exploração sexual em troca de ajuda humanitária na Síria
10 perguntas para entender a guerra da Síria, das origens às novas frentes de batalha
O levantamento dos diferentes planos federais foi feito pelos especialistas em segurança pública Isabel Figueiredo, Renato Sérgio de Lima e Sérgio Adorno. Em comum, nenhum deles foi capaz de conter o avanço da violência no Brasil.

Um dos sinais do acirramento da crise de segurança é a guerra entre facções criminosas. Antes concentradas no Sudeste - o PCC, principalmente em São Paulo, e o Comando Vermelho, no Rio - essas organizações criminosas se multiplicaram pelo país. Em 2006, no Amazonas, foi criada a Família do Norte; em 2012, o Sindicato do Crime do Rio Grande do Norte; em 2013, no Acre, o Bonde dos 13; por volta de 2015, no Ceará, os Guardiões do Estado - entre vários outros.

Além disso, regiões antes pacatas entraram no foco da violência. Entre 2000 e 2016, enquanto a taxa de homicídio do Sudeste caiu pela metade, a do Norte e Nordeste dobrou. Nas cidades menores, a quantidade de mortes violentas cresceu mais do que nas metrópoles. Na soma do país, o número de assassinatos passou de 47,9 mil para 61 mil por ano.

Mas por que os sucessivos planos federais não foram tiveram sucesso? Especialistas ouvidos pela BBC Brasil apontam algumas razões.

Moradores da Cidade de Deus, na zona oeste do Rio de Janeiro, também sofreram com confrontos entre criminosos e policiais neste ano
© AFP Moradores da Cidade de Deus, na zona oeste do Rio de Janeiro, também sofreram com confrontos entre criminosos e policiais neste ano
Brasil nunca teve uma política de Estado para a segurança
"A principal razão para os programas não serem efetivos é que falta um desenho claro de uma política de segurança no Brasil", afirma Isabel Figueiredo, especialista em direito constitucional e segurança, membro do Fórum de Segurança Pública.

"Veja o caso da saúde. O grosso do SUS não muda com o governo A ou governo B. Já a segurança está ao sabor da política. A consequência são as interrupções dos programas", compara.

Alberto Kopptike, que atuou na área de segurança pública durante parte dos governos Lula e Dilma, também usa o SUS como exemplo. Para criar o sistema de saúde, primeiro foi elaborado seu conceito e, depois, montada uma estrutura nacional para implementá-lo, como Ministério da Saúde, Datasus, Fundo Nacional de Saúde, Conselho Nacional de Saúde. Para Kopptike, esse mesmo processo precisaria ocorrer com a segurança pública.

"O SUS não é um programa, é a política nacional de saúde do Brasil. Já na segurança pública, foram criados apenas programas", completa Kopptike.

Segundo Figueiredo, o problema vem desde a Constituição de 1988, "que é detalhada nas áreas de saúde e educação, mas pífia com relação à segurança pública".

O trecho constitucional que trata da área apenas lista quais são as forças de segurança, estabelece qual é a função de cada uma e a quem respondem: as Polícias Militar e Civil ficam sob comando dos Estados e as Polícias Federal e Rodoviária Federal estão sob responsabilidade da União. As Forças Armadas não são um braço da segurança pública.

O Susp (Sistema Único da Segurança Pública), idealizado no governo Lula, foi uma tentativa de suprir essa lacuna, mas não avançou. Agora, o Ministério da Justiça diz que vai publicar uma política nacional - embora não dê datas. "Ela reunirá, pela primeira vez, um conjunto de princípios, diretrizes e objetivos de segurança pública a serem implementados pelos três níveis de governo de forma integrada e coordenada", disse a pasta, por nota.

Policiais militares do Rio: Rio de Janeiro viveu nova escalada de violência após policiais militares entrarem em confronto com traficantes
© Reuters Rio de Janeiro viveu nova escalada de violência após policiais militares entrarem em confronto com traficantes
Projetos para segurança são reações a episódios de crise
Na falta de uma política de Estado para a segurança pública, os planos para a área costumam ser lançados em resposta a crises, dizem especialistas.

Foi o caso do primeiro plano de segurança, no governo FHC. Em junho de 2000, um ônibus foi sequestrado no Rio de Janeiro e uma mulher grávida foi feita refém. O resultado foi trágico: a vítima foi morta pela polícia dentro do ônibus; o sequestrador, dentro do camburão. O caso, conhecido como "ônibus 174", chocou o país. O plano federal foi lançado em seguida.

Dezoito anos depois, a intervenção federal no Rio também foi decretada na sequência de cenas de violência durante o Carnaval. No início de 2017, o governo Temer divulgou seu plano de segurança após massacres em presídios do Amazonas e Roraima, que evidenciaram a extensão da disputa das facções no país. Além disso, acredita-se que o Pronasci, de Lula, teve a influência dos ataques do PCC em São Paulo, em maio de 2006.

"Uma política de segurança pública eficiente não é um milagre. Não dá resultado imediato, mas no médio e longo prazo. Não é diferente da educação. O problema é que a crise na segurança normalmente mobiliza de tal forma a opinião pública que muitos governantes acabam indo para uma lógica de curto prazo, paliativa, midiática. Mas o importante é pensar na causa do problema, em algo sustentável", afirma Figueiredo.

"A gente precisa deixar de ser reativo, só atuando em crises, e começar a criar estrutura para mudar a forma como a gente faz segurança pública. Aí, o governo federal tem que entrar com recursos", diz Kopptike.

Não há financiamento garantido
A maior parte dos gastos da segurança pública fica nas mãos dos Estados, que custeiam as Polícias Militar e Civil. Segundo o Anuário de Segurança Pública, o Brasil gastou R$ 81 bilhões com o setor em 2016, sendo que mais de 80% do valor veio dos cofres estaduais. Já o governo federal arcou com cerca de 10% dos gastos.


Segundo especialistas, seria preciso aprimorar o financiamento federal da segurança pública. Em primeiro lugar, a área não conta com garantia de recursos, ao contrário da saúde e da educação, por exemplo, que obtêm uma fatia determinada das receitas do país. Também difere da área penitenciária, que fica com um percentual da arrecadação das loterias.

"Não é razoável que todo o ano seja necessário brigar pelo orçamento da segurança pública. Se não há garantia orçamentária, como fazer ações que dependem de recursos no ano que vem? É muito difícil para a continuidade", diz Figueiredo.

Em tese, desde o plano de segurança pública de FHC, em 2000, o Brasil conta com um fundo específico para financiar o setor na esfera federal. É o Fundo Nacional de Segurança Pública. Porém, ele está longe de dar conta da demanda de financiamento. Em 2016, recebeu apenas R$ 313 milhões - equivalente a 0,4% dos custos totais da segurança pública brasileira ou a 5% dos custos da Polícia Federal.

"É preciso criar um pacto federativo na área de segurança pública, que defina responsabilidades e atribuições do nível federal, do nível estadual e do nível municipal, e também estabeleça padrões e formas de financiamento do setor, de forma consistente e permanente", afirma José Luiz Ratton, professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que atuou em um programa de combate à violência no Estado.

"Já existe acúmulo técnico para que isso seja feito, mas sucessivas administrações do governo federal foram incapazes de construir uma agenda política de reformas nesta área, com receio de responsabilização por um tema tão sensível", conclui.

Militares no Rio de Janeiro: Neste mês, o governo Temer anunciou uma intervenção na segurança do Rio - o Exército ocupa algumas áreas da capital fluminense
© EPA Neste mês, o governo Temer anunciou uma intervenção na segurança do Rio - o Exército ocupa algumas áreas da capital fluminense
Falta articular a inteligência das diferentes forças de segurança
"O Brasil não tem uma coordenação de inteligência. É um quebra-cabeça de informações. Cada (órgão de segurança) tem um pedacinho para encaixar. O problema é que cada um usa a informação que tem para se valorizar", afirma José Vicente da Silva, coronel reformado da PM, que atuou no programa de segurança de FHC.

Ele dá como exemplo o Rio de Janeiro: "Como enfraquecer as facções criminosas no Rio de Janeiro? É preciso sufocar a logística de acesso a drogas, munição e arma. Para isso é preciso inteligência. Se tem articulação do governo federal com os Estados fica mais fácil identificar o fluxo que alimenta a economia do crime".

Alberto Kopptike concorda. "O PCC, por exemplo, é uma facção nacional. Está em metade dos Estados brasileiros, em outros países da América Latina. (Para enfrentá-lo), é preciso articular a inteligência da segurança pública no Brasil, (juntando informação) das forças federais e estaduais."

PF deveria atuar mais no combate ao tráfico
Três especialistas ouvidos pela BBC Brasil, de diferentes linhas políticas, disseram que a Polícia Federal precisa atuar mais no combate ao tráfico de drogas e armas. Essa é, inclusive, uma das funções da PF previstas pela Constituição.

"A gente precisa de uma Lata Jato das armas, uma Lava Jato das drogas. É legal que a PF esteja combatendo a corrupção - e tem que continuar. Mas é importante que também entre na segurança pública", afirma Kopptike.

"A cobrança por ações da PF para combater a criminalidade violenta tinha que ser mais dura. A Lava Jato é importante. Mas fora isso é preciso priorizar a criminalidade violenta", opina da Silva.

"Nos últimos anos, para bem ou para o mal, a PF fez a escolha do negócio dela: corrupção. De fato, nunca antes nesse país, a PF esteve tão focada no combate à corrupção. Por outro lado, não vemos esse mesmo esforço da força no combate à criminalidade violenta, que é atribuição dela e acaba atingindo população", diz Figueiredo.

Cerca de um quinto das operações da Polícia Federal em 2016 foram relacionadas ao tráfico de drogas - 121 de um total de 550.

Militar com rosto encoberto: Constitucional, inédita e oportunista - assim ex-chefe da polícia civil vê intervenção federal na segurança do Rio
© Reuters Constitucional, inédita e oportunista - assim ex-chefe da polícia civil vê intervenção federal na segurança do Rio
Corrupção policial nos Estados
Outro ponto apontado pelos especialistas é a dificuldade de combater a corrupção policial nos Estados, área que deveria contar com a intervenção federal.

"Nenhuma polícia pode ser eficiente se for corrupta. O governo federal poderia tornar o combate à corrupção policial uma prioridade. Inclusive, enviar a PF para investigar a relação das polícias com o crime organizado", opina o coronel reformado José Vicente da Silva.

Alberto Kopptike ressalta a importância da União no combate à corrupção policial citando o exemplo da Inglaterra, que faz uma avaliação técnica das polícias. Isso poderia ser feito no Brasil, segundo ele. "Precisamos de uma espécie de Lei de Responsabilidade Fiscal, mas de gestão das polícias."

Em 2017, por exemplo, um policial civil do departamento de narcóticos de São Paulo, o Denarc, foi acusado de roubar e vender drogas no centro da capital paulista, além de avisar traficantes da Cracolândia sobre operações que iriam acontecer na área. Ele foi pego em uma escuta telefônica conversando com um homem apontado como revendedor de drogas na região.

As polícias já têm órgãos de controle e investigação de seus quadros, como as corregedorias. Porém, críticos costumam dizer que, pela proximidade com as corporações, sua atuação não é forte o suficiente. Outro serviço de controle social são as ouvidorias - em São Paulo, por exemplo, o ouvidor é escolhido pelo governador do Estado a partir de uma lista tríplice de candidatos votados por grupos de defesa dos direitos humanos.

Prisões lotadas favorecem expansão de facções
O sistema prisional superlotado é um caldo propício para o surgimento e crescimento das facções. Algumas delas, como o PCC, surgiram nos presídios, reivindicando melhorias das condições internas. Alianças, cisões e ordens de crimes costumam ocorrer dentro das unidades prisionais. Novos membros, inclusive, costumam ser "batizados" atrás das grades.

Os planos de segurança federais não conseguiram reverter esse problema. Pelo contrário, o número de presos no país não para de aumentar: passou de 232 mil pessoas, em 2000, para 727 mil, em 2016. Já o número de vagas é cerca de metade do total de detentos.

"A estrutura prisional superlotada acaba fomentando a abertura de franquias de facções de mais nome. É como uma cooperativa de crime e proteção", afirma José Vicente da Silva.

Um dos fatores ligados ao alto encarceramento é a política de drogas brasileira. Cerca de um terço dos presos são acusados de tráfico. A minoria, apenas 1 de cada 10 pessoas encarceradas, responde por homicídio.

"Só aumentar a quantidade de presos não adianta, estamos alimentando as facções. Com essa visão, você não apaga os incêndios, mas coloca gasolina. É preciso ver a qualidade de quem está sendo preso - traficantes de armas, homicidas", completa Kopptike.

A maior parte do sistema prisional é gerido pelos Estados. No governo Lula, foram criados os presídios federais, menos lotados e com melhores condições de segurança. No entanto, são apenas quatro, e abrigam uma ínfima parte dos presos - menos de 500.

MSN


,27/02/2018 às 08:03

Dois clandestinos caem de avião em pleno voo

Duas pessoas, supostamente de nacionalidade peruana, que viajavam clandestinamente em um avião, morreram nesta segunda-feira (26) quando caíram da aeronave que havia decolado do aeroporto de Guayaquil, sudoeste do Equador, e que tinha como destino Nova York, informaram as autoridades.

"Duas pessoas entraram no trem de pouso e quando o avião decolou com certeza o sistema os expulsou, ou eles desanimaram (...) e se jogaram", disse o oficial de Polícia Marcelo Tobar, em declarações divulgadas pela imprensa local.

O procurador Carlos Bustamante manifestou, por sua vez, que "o que se sabe é que o avião procedia do Peru. Pelas características dos cidadãos, pode ser que venham do Peru, e daqui (do voo) se dirigiriam aos Estados Unidos, a Nova York".

Voo cancelado

A aeronave que cobria a rota Guayaquil-Nova York foi obrigado a voltar.

"Pode ser que existam mais pessoas dentro do avião, no trem de pouso", assinalou Bustamante.

Os corpos das pessoas, de entre 25 e 30 anos, foram encontrados na parte sul da pista do aeroporto José Joaquín de Olmedo de Guayaquil.

As autoridades investigam o fato que provocou o fechamento temporário das operações no terminal durante uma hora, segundo a Direção de Aviação Civil (DAC).

Com agência AFP


,27/02/2018 às 08:03

Após lesões, Neymar terá que passar por cirurgia; saiba previsão de retorno

As notícias sobre as lesões de Neymar só pioram. Depois do Paris Saint-Germain anunciar que o brasileiro sofreu uma ​entorse no tornozelo direito e uma fissura no quinto metatarso do mesmo pé, o jogador terá que passar por uma cirurgia por conta do problema no dedo. A informação é do ​globoesporte.com.

A intervenção servirá para colocar um pino no local da fissura. O PSG e o jogador ainda não decidiram em que hospital e com qual médico farão a cirurgia, mas o procedimento é semelhante ao que Gabriel Jesus fez no ano passado, logo que chegou ao Manchester City. A previsão é de que Neymar só retorne aos gramados em maio.

Com isso, além de perder as oitavas-de-final da Liga dos Campeões e os amistosos da Seleção Brasileira, o atacante só deve voltar na fase final do torneio europeu, caso o PSG ainda esteja participando, e a um mês do início da Copa do Mundo.

MSN


,26/01/2018 às 08:01

Tiago Leifert dá “bronca’ em brothers por excesso de bebedeira

Durante a formação do paredão na noite de domingo (25), Tiago Leifert aproveitou a reunião de todos os participantes do programa na sala para mandar um recadinho, segundo ele “sem qualquer indireta para nenhum dos participantes” e sem relação com o jogo em si.

Leifert apenas pediu para que eles cuidassem melhor da própria saúde. Sem fazer referência a qualquer episódio recente, o apresentador contou apenas que a produção do ‘BBB‘ tem visto que alguns participantes andam negligenciando a própria saúde, e alertou que o reality é longo e desgastante.

Embora não tenha feito menção a qualquer fato, a “bronca” do apresentador foi uma alfinetada no comportamento de Jéssica e Ana Clara na Festa Funk. As duas beberam muito e protagonizaram episódios constrangedores: Ana Clara tomou uma bronca com seu pai por ter bebido demais e Jéssica chegou a desmaiar no sábado pela manhã.

Esses não são os únicos exemplos de falta de carinho pela própria saúde: Kaysar atualmente está com o pé machucado e Ana Clara (de novo ela) tem sido criticada pelo pai por causa das noites em claro que passa por decisão própria.


,26/01/2018 às 08:01

Polícia prende 46 torcedores do São Paulo após briga fora do Morumbi

A PM (Polícia Militar do Estado de São Paulo) deteve 46 membros da Torcida Independente - principal organizada do São Paulo - durante a partida entre Tricolor e Ferroviária, no Morumbi. No meio do primeiro tempo, integrantes da mesma torcida vindos de Campinas brigaram com os membros da capital paulista nos arredores da avenida Giovanni Gronchi, na entrada do portão 17 do estádio são-paulino.

De acordo com as informações passadas pela PM, o conflito aconteceu por divergências entre os próprios torcedores, ainda não esclarecidas. Com o grupo, foram encontrados pedaços de madeira, pedras e fogos de artifício que seriam usados para a briga e, imediatamente apreendidos pelos militares.

Durante a confusão, alguns torcedores da Organizada que estavam dentro do estádio tentaram sair do Morumbi com o propósito de entrarem na briga. A ação causou tumulto e alguns membros da torcida conseguiram deixar o estádio e entrar na confusão.

Assim que a PM chegou ao local do conflito foi possível ouvir o barulho de bombas e ver muita correria do lado de fora do Morumbi. Quando detidos, os envolvidos na briga foram obrigados a sentarem na frente no estádio com as mãos na cabeça e, em seguida, foram encaminhados para uma dos caminhões do Batalhão de Choque e tiveram seus aparelhos celulares confiscados.

O São Paulo confirma a versão da Polícia e diz que não tem relação alguma com o conflito entre os torcedores organizados.

MSN


,24/02/2018 às 08:15

Brasileiro fica entre os 10 melhores professores do mundo

São Paulo – Conhecido como o “Nobel da Educação“, o Global Teacher Prize anualmente reconhece os profissionais que mais contribuíram para a educação no mundo. Na edição deste ano, o professor brasileiro Diego Mahfouz Faria Lima ficou entre os dez finalistas do prêmio.

O resultado do Top 10 foi anunciado no dia 14 de fevereiro pelo Bill Gates. Diego ficou entre finalistas de vários países, como África do Sul, Estados Unidos, Colõmbia e Noruega. O vencedor do ano – e do prêmio de US$ 1 milhão – será anunciado em Dubai no dia 18 de março.

Em São José do Rio Preto (SP), o diretor começou um projeto transformador na Escola Municipal Darcy Ribeiro, que era conhecida como uma das piores do estado, com problemas de violência, infraestrutura e tráfico de drogas.

Envolvendo a comunidade dentro e fora da escola, Diego ouviu as preocupações de seus alunos e focou na renovação dos espaços. Por meio de doações e a ajuda de funcionários, pais e professores, os prédios foram pintados e reformados. Com as mudanças, os alunos ganharam voz ativa dentro de sua educação e a comunidade se integrou mais com o ambiente escolar.

Entre outros projetos do professor, está a implantação de um sistema de carteiras para controlar a frequência dos alunos, mediações de conflitos e a abertura da biblioteca da escola para os moradores da região.

MSN


,24/02/2018 às 08:15

Como aumentar sua nota de matemática no Enem

Se você tem traumas com a matemática, é importante buscar se reaproximar da matéria. Fazer terapia, olhar os números com mais carinho, começar do zero a relação. Sabe por quê? A matemática pode ser sua grande aliada no Enem, já que o bom desempenho nela costuma elevar a nota final dos candidatos. Foi a única área que cuja nota máxima já ultrapassou os mil pontos. Chegou a 1008,3 em 2015 e, de lá para cá, continua sendo a área com as maiores notas máximas.

Nós já explicamos anteriormente como funciona a Teoria de Resposta ao Item, a metodologia usada para calcular a nota do exame. É importante que você entenda que ela não dá a nota pela quantidade de acertos e sim pela coerência da prova. O que isso significa? Quem acerta questões difíceis e erra questões fáceis acaba sendo penalizado pelo sistema com uma nota menor, porque isso indica que o conhecimento básico naquela área não é compatível com o acerto de uma questão de grande dificuldade, o que poderia indicar o chute do candidato. Quem quiser saber mais sobre o mistério das notas altas em matemática pode conferir essa reportagem aqui.

O que você precisa saber nesse momento: esforçar-se para ir bem em matemática e para acertar pelo menos metade da prova pode render a você notas acima de 800 pontos. Foi o caso do estudante Rafael Machado Martinucci, que acertou 22 questões e conseguiu a nota de 819,1 pontos. “[O Enem 2017] foi uma prova que eu achei mais difícil do que nos dois anos anteriores que prestei, mas o fato de ter feito primeiro as questões mais fáceis me garantiu uma nota melhor”, explica.

Rafael explica sua estratégia para driblar a TRI
Em 2017, eu dei uma atenção maior ao conselho dos professores do cursinho de fazer primeiro as questões mais fáceis, antes daquelas consideradas médias e mais difíceis devido a forma como ocorre a pontuação no Enem, que é baseada na TRI (Teoria de Resposta ao item).

Antes, eu simplesmente ia fazendo questão por questão independente de ser fácil ou difícil, desde que eu soubesse fazer. No final, por uma questão de tempo, sempre acabavam ficando questões consideras fáceis para trás e que eu não conseguia responder e tinha que chutar. Isso acabava puxando a minha nota um pouco para baixo, já que eu fazia questões difíceis, muitas vezes, e errava questões fáceis na hora do chute.

No Enem 2017, eu resolvi primeiramente todas aquelas questões que eu conseguia fazer sem dificuldade e com maior rapidez, deixando aquelas com um nível maior para resolver por último. Assim que as resolvi, passei as respostas para o gabarito e fui para Ciências da Natureza, também em busca das questões fáceis de serem feitas.

A estudante Giovanna Baldanzi, que fez 845,6 pontos em matemática com 35 acertos no Enem 2017, concorda com Rafael. “É muito necessário que você se dedique a todas as áreas do conhecimento. Matemática é uma das que que garante a pontuação mais elevada”, afirma. Como estudava para um curso muito concorrido, Medicina, Giovanna sabia que não poderia negligenciar os números. Apesar de gostar de matemática desde muito nova, ela sempre dedicou tempo para a resolução de problemas.

Giovanna aconselha o treino por meio de resolução de exercícios
O método que eu uso desde o Ensino Médio e que continuo adotando para o vestibular é fazer exercícios. A meu ver, a matemática é uma matéria que exige treino e exercício pratico. Não tem como você estudar só a teoria.

Costumava ter a aula prática no colégio, aprender a matéria e chegar em casa e fazer os exercícios referentes àquele assunto. Tentava fazer o maior número de exercícios possíveis, porque é pondo em prática que conseguimos saber onde está a nossa dúvida. E por mais que os exercícios sejam repetitivos, é importante fazê-los mesmo assim, porque você vai tendo noções de diferentes modos que aquele conteúdo é cobrado.

As questões de matemática do Enem são bem definidas, são bem características e isso é uma das coisas que facilita muito o estudo. São questões que tem um perfil. Geralmente apresentam uma contextualização no início, com a matemática inserida ao cotidiano para não ficar muito teórico.

Muitas vezes não são perguntas muito objetivas, com o cálculo muito definido. Você tem que interpretar o texto da questão e, aí sim, aplicar a matemática à questão. Os assuntos cobrados na prova são muito recorrentes, basta analisar as provas dos último anos. Assim você pode dedicar mais tempo a esses temas.

A estratégia de resolução é usada também por Felipe van Vliet Gritti, que conseguiu acertar 40 questões na prova, totalizando 961,8 pontos. “Na minha opinião, estudar matemática não tem segredos: resolver exercícios é a única fórmula”, diz. Aconselha o treino, mesmo que no começo pareça ser muito difícil, porque foi o que deu certo com ele. Apesar de ter dificuldades no Ensino Médio, conseguiu melhorar sua nota ano a ano (já fez três edições), um feito que ele acredita estar ligado à maturidade adquirida ao longo dos anos. “Mesmo que pareça impossível, faça o máximo de questões possíveis. Em algum momento você se acostuma e não acha mais tão difícil”. Outra dica que ele dá é ir atrás das dúvidas, sempre.

Diego Caldas, que fez 969,2 pontos com 42 acertos na prova, acredita que seu bom desempenho se deve ao fato de ele sempre ter enxergado a matemática como uma ferramenta para a vida. “Ao estudar para uma prova como o Enem, você adquire habilidades importantes para toda a vida, que podem ser úteis em outras provas, no trabalho, no seu raciocínio e em tomada de decisões”, explica.

Ele participa de olimpíadas de matemática desde os 10 anos de idade e explica que a disciplina muitas vezes é incompreendida. “Muitos acham que a matemática é difícil, mas na verdade o problema às vezes é uma base fraca. A matemática precisa de pré-requisitos para o seu estudo, então pessoas muito inteligentes que não tiveram contato com conceitos básicos sentem dificuldade. Por outro lado, dominando os conceitos básicos, ela se torna fácil”, diz.

Superando as dificuldades
Ao estudar matemática, não dá para ter preguiça ou desânimo. Assim como Felipe e os demais estudantes entrevistados pelo GUIA, Diego também aperfeiçoou suas habilidades com a resolução constante de exercícios. “Quando não consigo resolver um problema, eu identifico uma falha no meu ‘repertório’ matemático”, conta.

Para quem tem muitas dificuldades com a matéria, Diego aconselha a estudar a teoria começando do básico. “Não adianta querer pular as matérias mais básicas quando se está com dificuldades, porque elas são as mais importantes”, diz. Rafael Machado concorda com a estratégia e conta que é importante que o estudante se sinta confiante com o seu desempenho.

Começar fazendo exercícios básicos e mais teóricos acaba muitas vezes ajudando no começo para a pessoa se familiarizar com aquele assunto. Mas é importante ressaltar que não se deve ficar somente nesses exercícios. É preciso avançar para resolver exercícios com níveis de dificuldade gradativamente maiores. Somente assim ela poderá crescer e tomar mais confiança com a matemática.

Rafael Machado Martinucci
Além disso, é preciso quebrar os estigmas e preconceitos envolvidos no estudo da matemática, na visão de Giovanna. “Por ser uma matéria de exatas as pessoas já olham torto e muitas vezes não é assim. Por isso, as pessoas já costumam começar a estudar sem vontade. E quando você estuda sem vontade, isso se torna muito mais difícil”, explica. Ela aconselha a quem se sentir assim, a mudar a forma como vê a disciplina, se dedicando de peito aberto. “Na matemática, é muito importante focar em suas dúvidas. Não adianta ter aula, falar ‘não entendi’ e desistir. Essa questão de desistir é um impasse para muita gente. Tem que investir em suas dúvidas. Com isso, você sana o problema e vai ver que não é tão difícil assim”, finaliza.

MSN


,24/02/2018 às 08:15

Automóvel se choca com barreira nos arredores da Casa Branca

Um automóvel conduzido por uma mulher se chocou nesta sexta-feira (23) com uma barreira de segurança nas imediações da Casa Branca, informou o Serviço Secreto dos Estados Unidos.

"Uma pessoa ao volante de um automóvel causou impacto contra uma barreira de segurança próxima à Casa Branca. O veículo não conseguiu passar da barreira", informou o Serviço Secreto.

De acordo com o comunicado, a mulher que conduzia o veículo "foi imediatamente detida por agentes uniformizados do Serviço Secreto".

Todo o complexo da Casa Branca foi fechado e em todos os acessos era possível perceber um aumento de oficiais fortemente armados.

O presidente Donald Trump se encontrava na Casa Branca no momento do incidente, pouco depois de receber o primeiro-ministro da Austrália, Marlcom Turnbull.

MSN


,24/02/2018 às 08:15

Traficantes reassumem postos após saída de militares, dizem moradores

RIO - Com a saída das Forças Armadas da Vila Kennedy, na noite desta sexta-feira, 23, traficantes da favela reassumiram seus postos, relataram moradores à reportagem do Estado. Fuzileiros navais permaneceram de dia em uma ação de combate ao tráfico na comunidade, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo moradores, eles foram embora por volta das 18 horas; às 20 horas, os criminosos já estavam de volta, e circulando pelos mesmos lugares antes ocupados pelas tropas.

"Essas operações não mudam nada. É triste, mas é uma impressão que temos e que nunca mudará. Hoje não tivemos tiros, não tivemos ataques, mas as ruas estão vazias, o povo está com medo", contou um interlocutor da reportagem, que prefere não ter o nome divulgado.

"Ficamos 30 horas sem luz após o temporal da última semana e não tivemos a presença de nenhum órgão da prefeitura para ajudar os desabrigados, pessoas que perderam tudo. Essa semana chegaram grandes tanques de guerra, caminhões. Só se traz fuzil para a favela", lamentou outro.

O Comando Militar do Leste (CML) não comentou o retorno dos bandidos. A operação conjunta das Forças Armadas e as do Estado envolveu cerca de 3.200 agentes de segurança. Foram destruídas barricadas do tráfico e revistados pessoas e automóveis.

Fuzileiros tiraram fotos de moradores e de suas carteiras de identidade, o que gerou mal-estar na população. O objetivo era agilizar a checagem de antecedentes criminais. Eles se sentiram humilhados e postos sob suspeição, afinal, já haviam se identificado e, ainda assim, tiveram as fotos tiradas. Houve quem tenha deixado de sair às ruas para não passar pelo procedimento.

De acordo com o CML, esse tipo de atuação é legal e rotineira. "Trata-se de um procedimento feito regularmente, legal, cuja finalidade é agilizar a checagem de dados junto aos bancos de dados da Secretaria de Segurança", explicou o coronel Carlos Frederico Cinelli, chefe da comunicação social do CML. "Uma vez enviada para o sistema da Polícia Civil, a foto é deletada."

Segundo Cinelli, a checagem através das fotos visa causar "menos transtorno" às pessoas. "Caso não fosse feita assim, essa checagem demandaria muito mais tempo e transtorno ao cidadão", considerou. "A checagem é feita quanto a mandados de busca em aberto e consulta à ficha de antecedentes criminais."

O coronel esclareceu ainda que a medida é autorizada pelo decreto da Garantida de Lei e da Ordem (GLO), do ano passado, e que o expediente será usado novamente em ações futuras. "O procedimento está amparado pelo decreto de GLO, que faculta a realização de inspeções e revistas no âmbito de uma operação desta natureza", afirmou Cinelli.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RJ) repudiou as fotos. Considerou que a medida afrontou os direitos constitucionais da população da Vila Kennedy. Já o defensor público-geral do Estado, André Castro, vai requerer informações oficialmente às Forças Armadas sobre a iniciativa, como diz a seguinte nota:

"A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro manifesta sua veemente discordância com o 'fichamento' de moradores de comunidades fluminenses por militares das Forças Armadas. A abordagem generalizada de cidadãos está em manifesto desacordo com a Constituição Federal e configura violação dos direitos fundamentais.

De acordo com o ordenamento jurídico brasileiro, a abordagem pessoal por qualquer agente de segurança só é permitida quando há razões concretas e objetivas para a suspeita de que o indivíduo esteja portando bem ilícito ou praticando algum delito. O fato de se morar em uma comunidade pobre não é razão suficiente para este tipo de suspeita. A lei também estabelece que nenhum cidadão seja submetido à identificação criminal se estiver portando a devida documentação civil. Trata-se, portanto, de grave violação dos direito à intimidade e a liberdade de locomoção.

A Defensoria Pública também considera extremamente preocupante a ausência de transparência nas operações e reputa como graves as notícias de expulsão de profissionais da imprensa dos locais onde essas ações estão sendo realizadas. Trata-se de inconstitucional violação ao exercício profissional do jornalista, que tem não apenas o direito, mas também o dever de informar à população sobre o trabalho das instituições. Os agentes federais, como qualquer ente público, têm o dever administrativo de prestar contas à sociedade, além da estrita observância dos princípios constitucionais.

A Defensoria Pública se coloca à disposição para atender àqueles que se sentirem constrangidos. Reiteramos nosso compromisso com a defesa das garantias constitucionais e da cidadania."


,23/02/2018 às 07:45

Cenas de terror tomaram os arredores de San Mamés e um policial faleceu em serviço

O futebol foi o que menos importou em Bilbao nesta quinta-feira. Sim, o Athletic se classificou às oitavas de final da Liga Europa, apesar da derrota por 2 a 1 para o Spartak Moscou - o triunfo por 3 a 1 na Rússia preponderou no placar agregado. Isso, no entanto, termina como uma nota de rodapé. Os arredores de San Mamés se tornaram palco de uma guerra entre torcedores, com os ultras de ambos os clubes se enfrentando nas ruas. E, entre os foguetes que explodiam e o sangue que escorria, o saldo acabou com a mais lamentável das notícias. Um membro da Ertzaintza (a polícia autonômica do País Basco) faleceu em serviço.
Inocencio Alonso García tinha 51 anos. Ele ingressou no hospital com parada cardiorrespiratória e não resistiu. O oficial não apresentava nenhum tipo de traumatismo e o laudo de sua morte será concluído nos próximos dias, mas ele estava em meio ao caos quando sofreu o mal súbito. A confusão começou quando os ultras do Spartak chegavam a San Mamés. Os membros de ambas as facções atiravam objetos e fogos de artifício, quando a Ertzaintza entrou em ação. Neste momento, o agente caiu no chão com seu escudo. Os colegas o rodearam, para protegê-lo da batalha campal, e uma mulher realizava os primeiros socorros. A ambulância, contudo, demorou alguns minutos para chegar ao local e Inocencio veio a óbito.

Diante do histórico de violência dos ultras russos, o efetivo de segurança foi reforçado para a partida. Cerca de 2,5 mil seguidores do Spartak viajaram à Espanha, centenas deles sem ingressos, como já havia ocorrido durante a partida contra o Sevilla pela Liga dos Campeões. Isso ligou o sinal de alerta das autoridades. Cerca de 800 agentes estavam em serviço nos arredores de San Mamés. Ainda assim, não conseguiram evitar os embates. No centro de Bilbao, seis russos espancaram um homem basco, encaminhado ao hospital. Três estrangeiros também deram entrada nos pronto-socorros com traumas leves. Cinco pessoas acabaram detidas. Enquanto isso, também ocorria nas ruas da cidade uma manifestação de moradores locais contra o neonazismo, motivada pela ligação de ultras do Spartak Moscou a episódios de racismo e intolerância.

Em nota oficial, o Athletic declarou seus "mais sentidos pêsames à família e aos companheiros do agente falecido", rechaçando a violência gerada ao redor do futebol. Já o técnico José Ángel Ziganda se disse triste pelo ocorrido, lamentando que situações do tipo estejam ligadas à partida. Também mandou sua mensagem sobre o policial, solidarizando-se à família e mandando um abraço forte em nome do elenco. "O que se passou merece uma reflexão muito potente e séria. No Reino Unido, essas coisas aconteciam e foram erradicadas. Parece que vão te roubar algo. É preciso agir", analisou.

Conforme Ziganda, os jogadores e a comissão técnica souberam dos incidentes apenas depois da partida. Cogitou-se a suspensão do jogo durante o intervalo, quando a morte de Inocencio já havia sido confirmada. As autoridades responsáveis, no entanto, optaram pelo seguimento do duelo.

Mais imagens dos confrontos em Bilbao entre hooligans russos do Spartak de Moscou, torcedores do Athletic e a polícia basca. Violência sem limites!


MSN


,23/02/2018 às 07:45

Band desrespeita torcedora, clube vai à Justiça e programa sai do ar

A edição desta quarta-feira (21) do programa “Os Donos da Bola”, exibido pela TV Goiânia, afiliada da Rede Bandeirantes de Televisão em Goiás, gerou uma grande polêmica por conta de um quadro desrespeitoso com a Musa Esmeraldina 2018, Karol Barbosa, de 23 anos.

A ideia do quadro, chamado “Desafio das Musas”, era fazer perguntas relacionadas ao universo do futebol. Mas na prática foi tudo bem diferente. Os questionamentos tinham duplo sentido, conteúdo sexual, e acabaram humilhando a convidada, que é torcedora do clube.

“Se o seu nutricionista mandar você chupar uma laranja porque faz muito bem para a saúde, você chuparia um saco por dia?” e “em um clássico contra o Vila (Nova), se o juiz põe pra fora, você mete a boca?” foram algumas das perguntas feitas pelo apresentador Beto Brasil. Veja abaixo:


A edição desta quarta-feira (21) do programa “Os Donos da Bola”, exibido pela TV Goiânia, afiliada da Rede Bandeirantes de Televisão em Goiás, gerou uma grande polêmica por conta de um quadro desrespeitoso com a Musa Esmeraldina 2018, Karol Barbosa, de 23 anos.

A ideia do quadro, chamado “Desafio das Musas”, era fazer perguntas relacionadas ao universo do futebol. Mas na prática foi tudo bem diferente. Os questionamentos tinham duplo sentido, conteúdo sexual, e acabaram humilhando a convidada, que é torcedora do clube.

“Se o seu nutricionista mandar você chupar uma laranja porque faz muito bem para a saúde, você chuparia um saco por dia?” e “em um clássico contra o Vila (Nova), se o juiz põe pra fora, você mete a boca?” foram algumas das perguntas feitas pelo apresentador Beto Brasil. Veja abaixo:


Diante da polêmica, a TV Goiânia emitiu uma nota via Facebook e deu uma explicação confusa. Veja abaixo:

“Nós sabemos que vocês ficaram chocados com a entrevista que nós fizemos ontem a Musa do Goiás. E esse choque, é o nosso alívio! As perguntas com duplo sentido foram feitas pra que todos parassem um momento e pensassem a respeito do que várias mulheres sofrem todos os dias. O que aconteceu no quadro do nosso programa durou 05 minutos, mas várias mulheres passam por isso todos os dias. Esperamos que cada um que se revoltou, seja uma VOZ REAL na luta pela igualdade e respeito a todas as mulheres!”, disse a emissora.

A nota gerou mais críticas nas redes sociais e foi apagada minutos depois. Mas o Esporte ao Minuto conseguiu registrar a postagem com um "print".

Depois disso, no fim da tarde desta quarta-feira (22), a TV Goiânia tomou a decisão de tirar o programa do ar, publicando uma nova nota.

“Sinceramente não tínhamos ideia dessa repercussão negativa. O quadro Desafio das Musas é esporádico no programa local Os Donos da Bola, e tem pitadas de humor e descontração. Mas em nenhum momento nossa intenção foi discriminar ninguém, muito menos as mulheres torcedoras do Goiás ou de qualquer outro time de futebol. Pedimos desculpas por quaisquer constrangimentos causados, e como prova de que não compactuamos com o conteúdo veiculado, nem qualquer tipo de discriminação, a emissora decide desde já pela RETIRADA do programa do ar. Estamos à disposição! Obrigado!”, disse a TV Goiânia na nota.

Em contato com o UOL, Karol Barbosa admitiu que ficou desconfortável com as perguntas de teor sexual.

Na edição desta quarta-feira (22) do “Os Donos da Bola”, antes de a TV Goiânia decidir tirar a atração do ar, o apresentador Beto Brasil se isentou de qualquer culpa e disse que o responsável era produtor e diretor do programa, Leandro Oliveira. Mas a explicação não convenceu quem criticou. Veja abaixo:

onfira abaixo, na íntegra, a nota de repúdio do Goiás:

O Goiás Esporte Clube se sentiu ultrajado com a maneira desrespeitosa e constrangedora com que a senhorita Karol Barbosa, eleita recentemente Musa Esmeraldina 2018, foi tratada no programa “Os Donos da Bola”, da TV Goiânia, afiliada da Rede Bandeirantes de Televisão, nesta quarta-feira, 21.

É, no mínimo, inquietante que um veículo de comunicação, que deveria contribuir com o crescimento cultural da sociedade, difunda pensamentos tão retrógados, que remetem a mulher como objeto, um típico comportamento preconceituoso, antiquado e degradante.

O clube esmeraldino se posiciona totalmente contrário a atitude absurda do programa “Os Donos da Bola” e reitera seu comportamento em busca de respeito ao ser humano, independente do gênero.

Tanto que, no último fim de semana, o Goiás esteve representado pelo gestor de marketing, João Grego, e pela supervisora de marketing, Jéssica Rezende, no 1º Seminário de Mulheres Esmeraldinas, evento pioneiro na região Centro-Oeste, que discutiu exatamente a importância da participação feminina no futebol, em especial no Goiás Esporte Clube.

Não é somente o futebol que não aceita mais estes comportamentos desrespeitosos com as mulheres, a sociedade em geral tem se posicionado de maneira firme contra aqueles que insistem em agredir de maneira grosseira o gênero feminino.

O Goiás Esporte Clube, através de seu departamento jurídico, tomará t


,22/02/2018 às 07:55

'O Outro Lado do Paraíso': Patrick quer se vingar de Renato por morte da tia

Patrick (Thiago Fragoso) vai querer se vingar de Renato (Rafael Cardoso) na novela "O Outro Lado do Paraíso". O mau-caráter desmascarado por Clara (Bianca Bin) no altar vai admitir ter provocado a morte de Beatriz (Nathália Timberg) para ter acesso a um caixão no hospício e, assim, tentar matar a protagonista da trama das nove. Fora de si, o advogado o agride o vilão e jura que vai conseguir colocá-lo atrás das grades. As cenas estão previstas para irem ao ar a partir do dia 15 de março.

Patrick agride Renato e Gael aparta briga
Segundo o colunista Daniel Castro, Clara vai pressionar o comparsa de Sophia (Marieta Severo) - a quem se une para conseguir tomar posse da fortuna da neta de Josafá (Lima Duarte) - para que ele conte a verdade sobre o plano para tirá-la do sanatório que quase resultou em sua morte. O médico, então, afirma que trocou os medicamentos da idosa para causar o falecimento da paciente. "Por isso ela tentou dizer algo na hora da morte. Ela entendeu tudo!", diz Clara. "Maldito. Matou minha tia!", grita Patrick antes de deferir golpes e engatar em uma briga com seu rival. Desesperada, ela pede ajuda do pai de Tomaz (Vitor Figueiredo) para conseguir apartar a confusão. "Gael (Sergio Guizé), eles vão se matar! O Renato confessou tudo. O Patrick ficou fora de si. Ajude", suplica a justiceira, mas o criminalista tenta se livrar do homem que insiste em se relacionar com sua amiga. "Me larga. Vou matar esse cara", grita ele.

'Ainda boto aquele sujeito na cadeia'
Na sequência, Patrick aparece recuperado do seu surto de fúria e diz que vai conseguir provar que Renato provocou o óbito da idosa milionária que deixou herança valiosa para Clara. "Ele sempre fingiu que era tão bom", lamenta a protagonista. "Psicopata. Eu já vi muito criminoso psicopata. Eles aparentam ser uma boa pessoa, de confiança. Mas podem ser assassinos frios", declara o advogado. "E você, sorte que não foi parar no hospital", pontua Clara ao futuro noivo secreto. "Eu fiquei maluco. Ouça bem, ainda boto aquele sujeito na cadeia", garante Patrick, tendo o apoio da parceira: "É o que ele merece".


,22/02/2018 às 07:55

Apresentadora dá à luz ao vivo durante programa de rádio nos EUA

A apresentadora de um programa matinal de rádio nos Estados Unidos deu à luz ao vivo, durante a atração.

Cassiday Proctor, que apresenta o "Spencer's Neighborhood Show", na estação The Arch, baseada na cidade de St. Louis, permitiu a transmissão da cesariana, a partir do hospital, na terça-feira. É o primeiro filho dela. Ouça aqui.

E as contrações haviam começado um dia antes. "Lá vai… ele saiu", ouviram os ouvintes de uma mulher que estava na sala. O choro do bebê veio logo em seguida.

STF decide que grávidas e mães presas provisórias podem ir para casa
Levantamento revela caos no controle de denúncias de violência sexual contra crianças
"Foi incrível poder compartilhar o dia mais emocionante da minha vida com nossos ouvintes", disse a apresentadora, acrescentando que a decisão de transmitir o parto foi tomada no calor do momento, já que o bebê nasceu duas semanas antes do previsto.


Vida compartilhada
Dar à luz no ar, segundo Proctor, foi "uma extensão do que já faz todos os dias no programa de rádio, que é compartilhar todos os aspectos de sua vida com a audiência".

Ouvintes mandaram mensagens à apresentadora, como "parabéns, Cassidy, ser mãe é a melhor coisa do mundo. Aproveite cada minuto, porque passa muito rápido".

O bebê nasceu com 3,4 kg e se chama Jameson, nome selecionado pelo público em um concurso realizado em janeiro.

"Doze nomes bobos e outros doze escolhidos pelo casal participaram da disputa. A votação ocorreu até chegarmos ao vencedor", disse o diretor do programa, Scott Roddy, ao jornal The Riverfront Times.

O coapresentador do programa de rádio, Spencer Graves, disse à BBC que o nascimento ao vivo foi um "momento mágico e íntimo".

Agora, a apresentadora deve tirar licença-maternidade para ficar com o bebê.

MSN


,21/02/2018 às 07:43

Patinação no gelo: brasileira avança para próxima fase e faz história

O Brasil fez história na patinação artística individual de gelo e a brasileira Isadora Williams foi a responsável pelo feito. Com uma pontuação de 55.74, a patinadora avançou para próxima fase na Olimpíada de Inverno.

- Antes da apresentação eu estava tremendo. Estou animada. Fiz meu aquecimento ouvindo Anitta, gosto dela. Ao som de "Vai Malandra". Foi muito divertido. Quem sabe não uso em uma exibição (risos) - disse a atleta ao "Globo Esporte".

O Brasil terá pela primeira vez uma representante de patinação artística de gelo na competição.


,21/02/2018 às 07:43

Exportação de animais vivos para abate dispara e vira alvo de batalhas na Justiça no Brasil

Uma guerra por um mercado de mais de R$ 800 milhões pode ter sua primeira batalha encerrada nesta quarta-feira, quando 27 mil bois vivos oriundos do Brasil desembarcam na Turquia depois de 15 dias de viagem pelo mar.

O navio saiu do Porto de Santos no dia 5 de fevereiro sob forte pressão de grupos de defesa dos animais - eles afirmam que os bovinos sofreram maus-tratos. Após protestos e processos, a Justiça chegou a proibir a exportação de carga viva em todo o país, mas suspendeu a decisão após o governo do presidente Michel Temer (PMDB) recorrer.

No entanto, a guerra deve continuar nos próximos meses: a expectativa é de que as exportações de animais vivos cresçam 30% neste ano ao mesmo tempo em que diversas ações judiciais tentam impedi-las.

8 razões que mostram que o Facebook atingiu seu auge e pode começar a perder influência
Como escravos entravam na Justiça e faziam poupança para lutar pela liberdade
O Brasil é um dos maiores exportadores de carne bovina do mundo, segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) - um mercado de R$ 5,3 bilhões ao ano apenas no Brasil. A maior parte desse montante é de carne processada e congelada, ou seja, os animais são abatidos no Brasil e depois levados aos países compradores.

Há cerca de 20 anos, porém, o Brasil passou a vender também os animais vivos. Eles são transportados de caminhão das fazendas ao porto, colocados em grandes embarcações, viajam milhares de quilômetros pelo mar e, depois, são abatidos no país comprador.


Esse tipo de exportação vem crescendo ano a ano. Segundo Associação Brasileira dos Exportadores de Animais Vivos (Abreav), o Brasil vendeu 460 mil cabeças de gado em pé - nome técnico para a modalidade - em 2017, movimento de R$ 800 milhões e crescimento de 42% em relação a 2016.

"Nós estamos crescendo todos os anos e, em 2018, vamos aumentar as vendas em 30%", diz Ricardo Pereira Barbosa, presidente da Abreav.

Família nordestina guardou séculos de romances medievais de mais de 700 anos na memória
A maior parte dos animais vai para países mulçumanos por uma questão religiosa. A carne consumida pelos religiosos deve ser cortada pela técnica halal.

Nesse tipo de corte, os animais devem saudáveis ​​no momento do abate, segundo explica Michel Alaby, secretário geral da Câmara de Comércio Árabe Brasileira. "O animal é morto de cabeça para baixo e todo o sangue deve ser drenado", diz.

O nicho deve ser abatido por um muçulmano que tenha atingido a puberdade. Ele deve pronunciar o nome de Alá ou recitar uma oração que contenha o nome de Alá durante o processo, com a face do animal voltada para Meca.

Segundo a Câmara Brasil Árabe, as exportações de gados vivos para cinco países árabes, como Iraque e Egito, cresceram 75% nos últimos dois anos - de R$ 273 milhões em 2015 para R$ 412 milhões no ano passado.

Alaby diz que a indústria brasileira já é a maior exportadora de carne halal no mundo - a maior parte dos animais é abatida ainda no Brasil, por mulçumanos contratados exclusivamente para a técnica. Porém, segundo ele, governo árabes querem aumentar o número de empregos na pecuária e, por isso, preferem fazer o abate nos próprios países.

Em meio a esse rápido e acentuado crescimento, grupos e ONGs de defesa dos animais têm feito denúncias de maus-tratos sofridos pelos animais transportados. Hoje, existem ao menos dois processos em São Paulo e outro na esfera federal contra as exportações.

Houve maus-tratos aos animais no navio?
O navio com 27 mil bois que desembarca hoje à Turquia chegou a ser impedido de sair do Brasil pela Justiça - a carga foi avaliada em R$ 64 milhões. A embarcação Nada, de bandeira panamenha, estava carregada de animais da Minerva Foods, uma das maiores produtoras de carne no Brasil.

O caso começou a chamar a atenção depois que moradores de Santos reclamaram do mau cheiro e de excrementos deixados pelos caminhões que passavam pela cidade. Depois, a ONG Fórum Nacional de Proteção e Defesa de Animal entrou na Justiça para impedir que o navio deixasse o país, alegando que os animais estavam sofrendo maus tratos.

O processo chegou ao juiz federal Djalma Moreira Gomes, da 25ª Vara Civil de São Paulo, que nomeou a veterinária Magda Regina, funcionária da Prefeitura de Santos, para realizar um laudo técnico sobre a situação dos animais dentro do navio.

Mulher comprando carne halal: Brasil vende bois vivos para serem abatidos na modalidade halal, que segue uma série de regras religiosas© AFP Brasil vende bois vivos para serem abatidos na modalidade halal, que segue uma série de regras religiosas
O magistrado perguntou: "De que maneira são acondicionados em caminhões ou embarcações os animais transportados para o exterior?". No documento, a veterinária respondeu que havia entre 27 e 38 bois em cada veículo e que fitas adesivas foram coladas nos orifícios laterais, "visando dificultar inspeção externa de terceiros".

Ela escreveu: "Os animais, uma vez aprisionados dentro dos caminhões enfrentaram viagens entre 8 a 14 horas de trajeto. Muitos caminhões e suas caçambas dispunham de varetas com pontas metálicas conectadas ao sistema elétrico do veículo, cujo objetivo é impedir mediante descargas elétricas que os animais se deitem no assoalho do veículo".

Regina apontou que, durante o embarque que durou uma semana, as baias do navio não foram lavadas. "A imensa quantidade de urina e excrementos produzida e acumulada nesse período propiciou impressionante deposição no assoalho de uma camada de dejetos lamacenta."

Ela afirmou ainda que funcionários do navio lhe disseram que, após a lavagem, os dejetos são jogados no mar - cada boi produz cerca de 30 quilos de fezes por dia.

"Os dejetos acumulados pelo processo de limpeza têm então seu conteúdo descartado, sem qualquer tratamento, ao mar. Esse descarte ocorre periodicamente, dependendo da velocidade do navio em curso."

Segundo o laudo, o navio tinha três veterinários para cuidar dos 27 mil animais - um para cada 9 mil cabeças. Também apontou: "Em setor específico do navio, vulgarmente denominado Graxaria, foi constatada a presença de um equipamento destinado a triturar os animais mortos, cujo resultado do trituramento é também lançado ao mar", escreveu a veterinária.

Outra vistoria foi feita no navio ao mesmo tempo que Magda Regina realizava a sua. Os resultados, no entanto, são totalmente divergentes.

Os auditores fiscais do Ministério da Agricultura, Paulo Roberto de Carvalho Filho e Felipe Ávila Alcover, afirmaram que não houve maus-tratos e que o navio seguia todas as regras da Organização Mundial da Saúde Animal.

"Os animais apresentavam expressão de tranquilidade, ausência de dor, ansiedade ou estresse térmico. Se aproximavam com curiosidade do toque humano, sinal de que não são tratados com rudeza e acostumados ao arraçoamento por tratador", escreveram.

Disseram também que os bovinos estavam bem alimentados e que os decks da embarcação tinham piso adequado - a lavagem era feita normalmente, a cada cinco dias.

Enquanto o navio recebia os bois, manifestantes protestavam em frente ao Porto de Santos - reuniram até 500 pessoas.

O biológo Frank Alarcón, ativista da defesa dos animais, também conseguiu entrar na embarcação.

"Posso resumir o que vi em uma frase: um inferno na terra", diz. "Cada animal tinha 1 m² de espaço, e você sabe que um boi tem mais do que isso. Eles estavam mergulhados nas fezes, no vômito, na urina. Alguns se deitavam em cima de outros", afirma.

Gado na Amazônia: Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de carne bovina do mundo© Getty Images Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de carne bovina do mundo
Para Ricardo Pereira Barbosa, presidente da associação das empresas exportadoras, não houve maus-tratos no navio. "Todos os barcos estrangeiros seguem a norma da Organização Mundial da Saúde Animal. Da nossa perspectiva, não houve maus-tratos", disse.

A Minerva Foods, dona da carga, afirmou que o manejo dos animais segue todos os procedimentos adequados para preservar o bem-estar dos animais durante o transporte, embarque e no decorrer da viagem.

Não é a primeira vez que a empresa se envolve em uma polêmica sobre essa modalidade de comércio. Em outubro de 2015, um navio com 5 mil animais dela naufragou em Barcarena, no Pará. Milhares deles morreram afogados - a companhia foi processada.

O que a Justiça decidiu
Depois do laudo técnico da veterinária, o juiz federal Djalma Moreira Gomes decidiu, em liminar, suspender a exportação de animais vivos em todo território nacional, até que os países de destino "se comprometam, mediante acordo inter partes, a adotar práticas de abate compatíveis com o preconizado pelo ordenamento jurídico brasileiro".

Na decisão do dia 2 de fevereiro, o magistrado afirmou que as condições de higiene no navio Nada "eram muito precárias". Para ele, o transporte deveria assegurar o bem-estar dos animais.

Gomes escreveu ainda: "É dizer, alguém sendo dono de uma cadeira e de um cão, poderia, sem qualquer recriminação de ordem jurídica, despedaçar a cadeira e atirar seus cacos na caçamba de lixo. Porém, seria inconcebível que mesmo sendo dono do cão, pretendesse fazer com o animal o mesmo o mesmo que fizera com a cadeira".

A proibição do transporte dos animais foi comemorada por ativistas e ambientalistas, mas acendeu um sinal amarelo no setor agropecuário e também no governo federal.

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, encontrou-se com o presidente Michel Temer para falar do caso. "Este assunto é bastante complicado. Os bois já estão embarcados, sendo alimentados por ração vinda de outros países. Descarregar estes animais conforme a Justiça determinou traz um problema sanitário. Além de já ser um problema diplomático", afirmou à Agência Brasil no dia 4 de fevereiro.

Maggi é ligado ao setor agropecuário brasileiro - a empresa de sua família, a Amaggi, é um das maiores exportadoras de soja do país. Boa parte de sua campanha para o Senado pelo PR em 2010 foi financiada por frigoríficos e por empresas de alimentos.

No mesmo dia, a AGU (Advocacia-Geral da União) pediu à Justiça a suspensão da liminar. Argumentou que a proibição "implicaria em grave lesão à ordem administrativa, à saúde pública e à economia pública, podendo submeter o setor agropecuário brasileiro a risco".

A AGU também afirmou que o navio tinha condições adequadas e que cabe apenas ao Ministério da Agricultura calcular o risco sanitário do transporte internacional de animais.

Às 19h50 do domingo, O Tribunal Federal Regional da 3ª Região acatou o pedido do governo Temer e liberou as exportações. O navio Nada saiu do país horas depois.

Na semana passada, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) multou em R$ 450 mil o Ecoporto Santos, onde o navio atracou. Segundo a Cetesb, o local não tinha licença ambiental para fazer embarque de carga viva.

O Ecoporto Santos afirma que vai recorrer e que foi surpreendido pela multa, "pois entende que a operação foi realizada em estrita observância às legislações que regulamentam está modalidade de operação".

A guerra continua
Outros três processos devem continuar nos próximos meses, colocando as exportações de animais vivos sob o crivo da Justiça.

"Nosso objetivo é barrar essas grandes exportações de animais. Elas se tornaram vultuosas. Não queremos destruir a economia, nós queremos só um pouco de respeito com os animais", explica a advogada Letícia Filpim, vice-presidente da Abra (Associação Brasileira dos Advogadas Animalistas).

Para o biólogo Frank Alarcón, as exportações em grande quantidade ferem os direitos dos animais. "Sem contar as questões ambientais, pois dejetos são jogados no mar, há pontos éticos: você submete animais de cognição complexa a enclausuramentos em locais minúsculos, sujos, e faz viagens marítimas por semanas", diz ele, que faz parte do Partido Animal. "Os animais são expostos a tempestades e calor intenso. Não há nada que amenize esse sofrimento."

Michel Alaby, da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, afirma que dados dos países compradores apontam que 3% dos animais chegam mortos ao destino.

A guerra jurídica não assusta Ricardo Pereira Barbosa, da associação dos exportadores. "Fazemos isso há 20 anos. Por que agora, que o mercado cresceu 42%, houve todos esses protestos? Estamos em ano de eleição e existem pessoas querendo se aproveitar da repercussão", afirmou, citando deputados estaduais que compareceram às manifestações.


,20/02/2018 às 08:00

Comandante do Exército fala em evitar ‘nova Comissão da Verdade’

O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, afirmou nesta segunda-feira durante a reunião dos Conselhos da República e de Defesa Nacional que os militares que atuarão na intervenção da segurança do Rio precisam de “garantias” para que não enfrentem “uma nova Comissão da Verdade”. A comissão, que funcionou entre 2012 e 2014, apurou as violações de direitos humanos ocorridas durante a Ditadura de 1964, tendo como foco principal os desaparecidos políticos.

— Os militares precisam ter garantia para não enfrentar daqui a 30 anos uma nova Comissão da Verdade pelo que vamos enfrentar no Rio durante a intervenção — disse, segundo dois dos presentes.

Segundo quem estava na reunião, Villas Bôas mencionou isso ao destacar o risco de enfrentamento das tropas com as quadrilhas armadas da cidade, que pode provocar mortes. O general também solicitou recursos financeiros, equipamentos e até mesmo que o Planalto faça uma campanha publicitária em defesa da ação. O general avaliou que as Forças precisarão do apoio da população em um momento em que as autoridades públicas estão desacreditadas.

Na reunião, os dois conselhos aprovaram, por maioria dos votos, o apoio à intervenção. Os dois conselhos funcionam como órgãos consultivos do presidente da República para o caso e, por isso, não possuíam poder de vetar a medida. Entre os membros do Conselho de Defesa Nacional, a aprovação foi por unanimidade.

PETISTA VÊ FALTA DE DADOS

Já no o Conselho da República dois membros se abstiveram: os líderes da minoria no Senado e na Câmara, senador Humberto Costa (PT-PE) e deputado José Guimarães (PT-CE), opositores ao governo. Eles criticaram a medida e disseram que o governo não apresentou dados sobre a segurança no Rio.

— A deliberação, por maioria, foi de aprovar a intervenção. No entanto, não nos foram dadas as informações necessárias. Por exemplo: não nos deram dados sobre o crescimento da criminalidade no Rio, como é alegado, nem sobre resultados de ações anteriores em que foram utilizadas as Forças Armadas. Não tivemos ainda previsão de gastos e muito menos uma análise de planejamento sobre que resultado se espera a curto e médio prazo — afirmou Humberto Costa.

Participaram da reunião na manhã desta segunda, além do presidente Temer, os presidentes da Câmara e do Senado; os líderes do governo, da maioria e da minoria na Câmara e no Senado; os ministros da Defesa, da Justiça, da Casa Civil, da Secretaria-Geral da Presidência, da Fazenda, do Planejamento, das Relações Exteriores, da Secretaria de Governo e do Gabinete de Segurança Institucional; os comandantes da Aeronáutica, do Exército e da Marinha; além de três representantes da sociedade civil indicados para compor o Conselho da República.


,19/02/2018 às 08:00

Rebelião na Baixada Fluminense termina com três presos feridos e 18 reféns liberados

RIO - Terminou no início da madrugada desta segunda-feira, 19, o motim na Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, na Baixada Fluminense. A rebelião deixou pelo menos três presos feridos. Ao todo, 18 pessoas haviam ficado sob domínio dos detentos – oito agentes penitenciários e dez internos. Um revólver, duas pistolas, uma granada de efeito moral e uma lanterna foram apreendidos. Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), os feridos foram atendidos por ambulâncias da Defesa Civil e não correm risco de morte.

Durante o motim, as negociações foram conduzidas por profissionais especializados da Superintendência de Segurança da Seap. O Grupamento de Intervenção Tática (GIT) da Seap, o Batalhão de Choque e diversas unidades da Polícia Militar (PM) também atuaram diante da rebelião.

O motim aconteceu dois dias após a decretação da intervenção federal na área de segurança pública do Estado do Rio. Mais cedo, a Seap havia informado que "medidas de controle" das penitenciárias foram antecipadas por causa da intervenção federal. Conforme a secretaria, a rebelião começou "logo após" inspetores de segurança e administração penitenciária frustrarem, ainda de tarde, uma tentativa de fuga de internos na penitenciária.

Reforço. Antes de estourar a rebelião na Penitenciária Milton Dias Moreira, a Seap havia explicado que as "medidas de controle" foram antecipadas "na intenção de evitar qualquer reação da população carcerária" à intervenção federal. Questionada, a assessoria de imprensa da Seap não explicou quais seriam as "medidas de controle", mas informou que as ações estavam sendo planejadas antes do decreto de intervenção federal, publicado na última sexta-feira.

O secretário de Administração Penitenciária, David Anthony Gonçalves Alves, assumiu a pasta em 24 de janeiro, após a exoneração do coronel Erir Ribeiro do cargo - ele foi acusado de conceder regalias ao ex-governador do Rio Sergio Cabral, preso em outra unidade, em Benfica, zona norte do Rio. Segundo a Seap, o Estado do Rio tem 51 unidades prisionais, onde estão presas 51.454 pessoas. A capacidade total do sistema é de 28.688 detentos.

++ ENTENDA: O que é uma intervenção federal? ++

Fuga. O ministro da Justiça, Torquato Jardim, afirmou na noite deste domingo que a rebelião na Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, na Baixada Fluminense, foi uma tentativa de fuga. “Foi uma tentativa de fuga, os dois presos que tentaram fugir já estão presos, os dois agentes penitenciários que fizeram refém já foram liberados, o Bope já ocupou. Agora é a parte final negociando os termos da rendição”, afirmou.

Torquato não descartou que novas rebeliões possam acontecer, mas disse que os agentes de segurança estão preparadas. “Haverá tentativas, certamente haverá tentativas, mas nós, acredito eu, que estejamos preparados”, afirmou.

O ministro disse ainda que “era previsto” que alguns presídios pudessem ter reações ao decreto de intervenção na segurança do Rio. “Já era previsto, tanto é que os presídios federais estão com alerta máximo. Os presídios estaduais foram recomendados que também tivesse alerta máximo”, afirmou.

Segundo Torquato, “é natural que haja um desafio no primeiro momento”. “É natural que o crime organizado teste a capacidade de operação das forças federais”, completou.

Decreto. A intervenção federal no Rio abrange o sistema prisional, mas o Comando Militar do Leste (CML) informou que as Forças Armadas só começarão suas ações após o decreto do presidente Michel Temer ser votado na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, o que é esperado que aconteça até a próxima terça-feira.

Ao longo do dia, tropas das Forças Armadas não foram vistas fazendo patrulha nas ruas. O policiamento regular, porém, parecia mais reforçado do que durante o carnaval. Segundo a assessoria de imprensa da PM, o policiamento do fim de semana teve 5.757 policiais como reforço. A operação já estava prevista, por causa dos desfiles de blocos de carnaval previstos para o fim de semana.

Embora tenha havido a percepção de que menos policiais atuaram nas ruas nos primeiros dias de carnaval, a PM informou que, entre a sexta-feira, dia 9, e a quarta-feira de cinzas, foram mobilizados, de forma extraordinária, 17.110 policiais em todo o Estado.


,19/02/2018 às 08:00

Caso Jonatas: pai se contradiz sobre dinheiro para bancar viagem

Em entrevista ao programa Fantástico, da TV Globo, na noite de ontem, domingo, Renato Openkoski, pai do bebê Jonatas, portador de atrofia muscular espinhal (AME), caiu em contradição sobre a origem do dinheiro que usou para custear uma viagem de ano novo para o arquipélago de Fernando de Noronha. Openkoski disse ao Fantástico que o dinheiro usado para bancar as férias com a esposa era seu. “A gente comprou as passagens. Com o nosso dinheiro”, disse o pai do menino. A atividade remunerada do casal consiste na venda de camisetas estampadas com os nomes de seus dois filhos, Jonatas e David. Contudo, em entrevista a VEJA no início de fevereiro, Openkoski havia dito que a toda a viagem foi presente de um amigo, o médico Danny César de Oliveira Jumes, que foi procurado, mas não quis falar à reportagem.

Renato e a esposa Aline são investigados pelo Ministério Público por suspeitas de terem financiado viagens e bens, como um veículo de luxo avaliado em 140 mil reais, com parte dos cerca de 4 milhões de reais arrecadados em campanhas online feitas com o intuito de bancar o tratamento do filho Jonatas.

O Ministério Público de Santa Catarina entrou com uma ação civil pública solicitando uma medida de proteção à criança. Jonatas, de um ano e meio, ficou nacionalmente conhecido no início do ano passado, quando foi diagnosticado com AME, uma doença genética rara, degenerativa e extremamente grave, que costuma levar à morte em poucos anos de vida.

Segundo Guilherme de Abreu Silveira, pediatra especialista em desenvolvimento infantil e responsável pelo tratamento de Jonatas, a doença é causada por uma mutação em um gene responsável por produzir uma proteína que “protege” os neurônios motores, justamente os responsáveis por levar o impulso nervoso da coluna vertebral para os músculos. Sem essa proteína, os neurônios morrem e os impulsos não chegam, o que provoca a atrofia muscular e a paralisação dos músculos. No caso da AME tipo 1 – a mais grave e a que foi diagnosticada em Jonatas – a expectativa de vida não ultrapassa os 2 anos.

“Essa é uma doença cruel, pois sem tratamento essa criança não vai falar, não vai andar, não vai conseguir respirar sozinha e nem se alimentar. E a parte cognitiva da criança é absolutamente preservada”, explica o médico, que tem outros 40 pacientes na mesma situação.

Ao saber da grave condição de saúde do filho, Renato e Aline descobriram que os Estados Unidos haviam acabado de aprovar uma medicação revolucionária (Spinraza) que promete estabilizar a doença e até mesmo recuperar movimentos perdidos em alguns casos. O problema era o custo da medicação: 350 mil reais por ampola – são necessárias pelo menos seis aplicações nos dois primeiros meses de tratamento e uma aplicação a cada quatro meses em caráter de manutenção.

Era preciso arrecadar pelo menos 3 milhões de reais — e a família iniciou então uma campanha que extrapolou as barreiras do município e chegou até uma comunidade de brasileiros nos EUA, que arrecadaram cerca de 40 mil dólares para ajudar no tratamento do menino. Os pais criaram uma página no Facebook e outra no Instagram e fizeram rifas, bazares, pedágios, leilões, venda de camisetas, além de receberem doações voluntárias.

Algumas celebridades abraçaram a causa e compartilharam em suas redes sociais o caso do menino Jonatas – entre eles os atores Danielle Winits e André Gonçalves, que doaram integralmente o cachê que receberiam por uma peça de teatro em Florianópolis, além das apresentadoras Ana Hickmann e Eliana, que também divulgaram o caso. Em uma partida de futebol em março do ano passado, jogadores do JEC de Joinville entraram em campo vestindo a camiseta da campanha e carregando uma faixa com os dizeres “AME Jonatas” com o número da conta bancária para doações.

Em pouco mais de dois meses, as doações atingiram a meta. Menos de um mês depois, em maio do ano passado, a soma ultrapassava os 4 milhões de reais. Nessa época o bebê continuava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital infantil de Joinville lutando para se restabelecer de uma pneumonia e diversas complicações de saúde associadas à doença.

Suspeita de desvio

A desconfiança dos doadores de que o dinheiro estaria sendo mal administrado pelos pais começou no meio do ano, após a divulgação de que a meta de 3 milhões havia sido alcançada e o remédio do menino ainda não havia sido comprado – a droga é fabricada nos EUA e precisa ser importada, procedimento que demora pelo menos uns 40 dias. Segundo Renato, o atraso aconteceu porque Jonatas estava internado e não tinha condições clínicas de receber a medicação.

Depois, os pais se mudaram de uma casa simples para uma outra muito maior e compraram um carro avaliado em 140 mil. A mudança repentina no padrão de vida chamou a atenção dos doadores, já que a família era de origem simples: antes do diagnóstico Renato trabalhava como palestrante religioso e Aline era estudante.

Além disso, segundo a promotora de Justiça Aline Boschi Moreira, em uma audiência judicial realizada em outubro passado, havia sido acordado que o casal prestaria conta dos recursos arrecadados e das despesas efetuadas, sendo o valor depositado em uma conta judicial. No entanto, isso nunca foi feito.

A gota d’água aconteceu no final do ano, quando Renato e Aline foram passar o Ano-Novo em Fernando de Noronha, um dos destinos turísticos mais caros do país, deixando Jonatas em casa, sob os cuidados dos avós paternos. O casal postou várias fotos da viagem na internet, inclusive com celebridades como Neymar, Bruno Gagliasso e Paula Fernandes.

A viagem chamou a atenção dos doadores, que criaram uma página no Facebook chamando o casal de fraude e levaram o caso ao Ministério Público. “O fato, salvo melhor juízo, demonstra que não se pode descartar, pelo menos nessa análise inicial, a possível utilização de parte das doações para fins distintos daquele almejado: a garantia do direito à saúde de Jonatas”, considera a promotora, que encaminhou o caso à polícia pedindo investigações sobre apropriação indébita.

Em poucos dias, a página questionando os pais e pedindo prestação de contas do dinheiro usado chegou a 15 mil seguidores. Além disso, foi criado um grupo de WhatsApp com mais de 200 membros que trocam informações sobre as ações dos pais. Ana, criadora da página, diz que doou 16 mil para a campanha. “Era o dinheiro que eu havia juntado para a viagem de férias com meu marido e filho. Abri mão disso e vejo eles se divertindo em Noronha”, diz.

Em 16 de janeiro a Justiça determinou o bloqueio das três contas do casal. Desde então, a liberação da verba só acontece mediante apresentação de notas e prestação de contas. Em entrevista a VEJA, Renato Openkoski, pai do menino, afirmou que vai recorrer da decisão, que ele considera injusta, e afirmou que não existe desvio do dinheiro arrecadado. “Essa decisão é incabível e vamos revertê-la o mais rápido possível. Preciso do dinheiro para cuidar do meu filho.”

Compras e viagens

De acordo com Renato, a família mudou de casa porque era preciso um local maior para adaptar o quarto de Jonatas, que depende de aparelhagem hospitalar 24 horas. “Pagamos 2.300 reais de aluguel com o dinheiro da campanha. O quarto adaptado faz parte do tratamento do Jonatas”. Renato diz ainda que comprou um carro maior para garantir o conforto do filho durante o transporte. Sobre a viagem à Fernando de Noronha, Renato diz que ele e a esposa viajaram a convite do médico Danny César de Oliveira Jumes, de Balneário Camboriú, que teria custeado todas as despesas. “O doutor Danny é muito amigo nosso e disse que era bom a gente viajar uns dias para descansar um pouco, afinal, ficamos oito meses dentro de um hospital. Ele pagou tudo, não gastamos um real da campanha. Ficamos só quatro dias fora e nosso filho ficou em casa, com meus pais, sendo muito bem cuidado”, afirmou Renato. VEJA ligou quatro vezes na clínica de Danny César e deixou recados, mas o médico não atendeu nem retornou as ligações. O gerente da clínica informou que eles não falariam sobre ações pessoais do profissional.

Renato disse ainda que importou no ano passado quatro ampolas do remédio Spinraza, ao custo de R$ 1,67 milhão. A droga chegou em novembro e Jonatas já recebeu duas aplicações: uma no dia 7 de janeiro e outra no dia 21. A terceira dose deve ser aplicada neste fim de semana. “Já vejo evoluções no meu filho. E vou continuar lutando por ele.”

Renato diz que não leva uma vida de luxo e diz que não entende por que as pessoas estão contra eles. “Luxo seria eu ter meu filho correndo, brincando. Mas não. Ele está preso num quarto. Dinheiro para o Jonatas não é luxo, é questão de sobrevivência”, afirmou.


,17/02/2018 às 08:22

Terremoto de magnitude 7,5 atinge México

Um forte terremoto atingiu nesta noite a região central e sul do México nesta sexta-feira (16/02). Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o tremor registrou magnitude de 7,5 na escala Richter, classificado como "grande”, na proporção que até dez.

Vídeos publicados em redes sociais mostraram edifícios sacudindo na capital do país. Segundo emissoras locais, o terremoto foi registrado às 17h39 no horário local (21h39 em Brasília).

O epicentro do tremor foi perto da costa do Pacífico, no estado de Oaxaca, com uma profundidade de 43 quilômetros, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

Segundo a agência Reuters, há relatos de que o tremor também foi sentido na Guatemala.

Ainda não há informações sobre vítimas ou danos materiais.

Em setembro do ano passado, um terremoto de magnitude 7,1 provocou a morte de 293 mortos no México.

MSN


,17/02/2018 às 08:22

'A situação é grave, mas não está fora de controle'

BRASÍLIA - Nomeado interventor na Segurança Pública do Rio de Janeiro, o general Walter Braga Netto, comandante Militar do Leste, afirmou que a situação da violência no Estado não está tão ruim. No Palácio do Planalto, questionado sobre o tema, o general disse haver "muita mídia".

Durante a entrevista coletiva, ao lado dos ministros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sérgio Etchegoyen, e da Defesa, Raul Jungmann, o general pouco falou. Braga Netto disse que tinha "acabado de receber a missão", que ainda "estava em fase de planejamento" e, por isso, não poderia adiantar como será o trabalho de interventor na segurança pública do Rio. Em entrevista ao Estado, afirmou que "a situação é grave, mas não está fora de controle".

Afinal, a situação no Rio não é grave? Vai ser possível solucionar a criminalidade?
A situação é grave, mas não está fora de controle. Vamos trabalhar juntos para tentar resolver os problemas.

Como será o trabalho que o sr vai desenvolver? Já tem medidas?
Estamos ainda em fase de planejamento. Precisamos do apoio do governo e vamos atuar em conjunto.

O sr. vai nomear um general ou coronel para comandar a Secretaria de Segurança Pública, e as Polícias Militar e Civil?
Ainda estamos começando a discutir e fazer o planejamento, como disse. Não há decisão ainda sobre o que faremos. Mas quero dizer que nós não assumiremos o papel da Secretaria de Segurança ou da Polícia Militar. Nós trabalharemos em conjunto, com já fizemos em algumas outras situações anteriores, embora agora haja umas diferenças. Não queremos assumir o papel deles, mas, nesta fase, orientar um trabalho para tentar conter a violência.

O que se viu nestes dias de carnaval foi de uma cidade sem segurança.
Problemas existem e eles ocorreram nestes dias sim. Vamos tentar resolver. Mas quero lembrar que na maioria dos blocos que são tradicionais no Rio não houve graves problemas e as pessoas estavam à vontade.

Perfil. O interventor federal fez quase toda a carreira nas antigas unidades blindadas estacionadas no Rio. A maioria delas foi transferida ou extinta. Formou-se na Academia Militar das Agulhas Negras, na turma de 1978. Mineiro, general de quatro estrelas, já foi adido militar na embaixada brasileira em Washington e na Polônia, observador militar da ONU no Timor Leste.

Em 2016, foi nomeado para a assessoria dos Jogos Olímpicos, tornando-se o coordenador geral de Defesa de Área da Olimpíada de 2016. Cuidou da coordenação da operação de segurança integrada durante os jogos. "É um profundo conhecedor do Rio, onde fez quase toda sua carreira", contou um colega de turma nas Agulhas Negras do general. Casado, pai de dois filhos, Braga Netto é natural de Belo Horizonte e tem 60 anos. "Ele é reservado e não gosta de gosta muito de fotos e de entrevistas. No trabalho, é um homem de fácil trato e ouve opiniões. Seu perfil é, sobretudo, operacional e prático."

MSN


,17/02/2018 às 08:22

Horário de verão termina neste domingo (18)

Em vigor desde outubro de 2017, o horário de verão termina à meia-noite do sábado (17) para o domingo (18) no Distrito Federal e nos Estados do Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), do Sudeste (Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo) e do Centro-Oeste (Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul). À 0h do domingo, os moradores devem atrasar o relógio em uma hora.

Com o fim do horário de verão, o Nordeste do País volta a ficar com o mesmo horário de Brasília. Já o leste do Amazonas e os Estados de Roraima e Rondônia ficam com uma hora a menos; enquanto o Acre e o oeste do Amazonas, duas horas atrás.

Criado com a finalidade de economizar energia durante os meses mais quentes do ano, quando os dias são mais longos, a medida foi adotada no Brasil pela primeira vez em 1931.

Um decreto do presidente Michel Temer (MDB) encurtou em duas semanas a duração do próximo horário de verão para que as apurações do segundo turno das eleições, em 28 de outubro, não ocorram em horários diferentes em Estados que não dispõem da medida.

Por isso, o próximo horário de verão se iniciará somente no primeiro domingo de novembro (dia 4), não mais no terceiro domingo de outubro (dia 21).

Em São Paulo, o fim do horário de verão provocará mudanças na rede de transporte público. A Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) estenderá por uma hora o funcionamento das estações e do sistema.

Assim, os passageiros poderão embarcar até a 1h do horário novo (2 horas do horário de verão) nas Linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 4-Amarela. Já nas Linhas 5-Lilás e 15-Prata, as estações permanecerão abertas até a 0h do horário novo (1h do horário de verão).

“O número de viagens ofertadas na rede também será maior. Na Linha 1-Azul foram programadas 18 viagens adicionais. Na Linha 2-Verde haverá acréscimo de 22 partidas”, afirmou, em nota, o Metrô. “Os usuários da Linha 3-Vermelha também se beneficiarão com a medida e contarão com oferta de 21 viagens extras. Na Linha 5-Lilás, a programação prevê 16 viagens a mais. Por fim, na Linha 15-Prata a mudança acrescentará quatorze viagens aos usuários.”

A São Paulo Transporte (SPTrans), autarquia que administra os ônibus municipais de São Paulo, informou que as linhas regulares circularão até a 0h do novo horário (1h do horário de Brasília), quando começa a operação das linhas noturnas.

Por sua vez, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP), responsável pelas linhas de ônibus intermunicipais nas regiões metropolitanas do Estado, informou que os coletivos vão operar por uma hora a mais, até a meia-noite do novo horário (1h do antigo). “A partir de domingo, as linhas cumprirão a tabela horária normalmente”, disse a EMTU.

A Companhia Paulista de Trem Metropolitanos (CPTM) prestará serviço ao público por uma hora a mais. Dessa forma, os passageiros poderão embarcar até a 1h de domingo (18) do novo horário (2h do horário antigo). Vale lembrar que no domingo, todas as estações reabrem para o público no horário habitual, às 4h.

MSN


,16/02/2018 às 08:00

Governo federal decide intervir na segurança do Rio de Janeiro, diz mídia

O governo federal decidiu decretar intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro e nomeará um general do Exército como interventor, com responsabilidade sobre a polícia, os bombeiros e o setor de inteligência do Estado, segundo reportagens publicadas nesta sexta-feira.

De acordo com jornais e portais de notícias, enquanto vigorar a intervenção não pode haver alterações na Constituição, o que teria implicação direta na votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma da Previdência, prevista para este mês na Câmara dos Deputados.

O presidente Michel Temer decidiu pela intervenção em reunião que invadiu a madrugada desta sexta-feira com a presença de ministros e parlamentares, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, no mesmo encontro em que bateu o martelo sobre a criação do Ministério da Segurança Pública.

Fontes palacianas disseram à Reuters, na quinta-feira, que o governo definiu a criação de um novo ministério para cuidar da área de segurança pública que pode ser extraordinário, ou seja, temporário, montado para funcionar enquanto o governo avaliar que existe a necessidade de sua existência.


,16/02/2018 às 08:00

‘Não vou a Brasília nem na ida nem na volta, nem ganhando nem perdendo’

Tite está a quatro meses do início de seu maior desafio. A seleção brasileira estreia na Copa do Mundo em 17 de junho, contra a Suíça, e o treinador passa os dias debruçado nos últimos detalhes para que tudo dê certo na Rússia. Dar certo significa ser campeão. É pressão forte, que traz momentos de insegurança e ansiedade. Ainda assim, ele garante que consegue manter-se sereno. “Um bom dia de trabalho me traz serenidade’, disse, em entrevista ao Estado.



A conversa ocorreu em um dos locais preferidos de Tite: sua sala na sede da CBF, no Rio. Nela, passa boa parte dos dias, entre relatórios, planilhas, uma lousa com um campo de futebol que contém distribuição tática e frases de autoajuda e algumas imagens de santos.

À vontade, o treinador de 57 anos falou dos amistosos de março contra Rússia (23) e Alemanha (27), da formação do grupo que tentará o hexa, de assuntos polêmicos como árbitro de vídeo. E de política. Defendeu de forma enfática o combate à corrupção e deu um recado claro: não vai se deixar ser usado. “Não vou a Brasília nem antes nem depois da Copa. Nem ganhando, nem perdendo.’


MSN


,15/02/2018 às 08:05

Grupos procuram Huck e apelam por renovação

Movimentos como RenovaBR, Agora!, Vem Pra Rua, Frente Favela Brasil, Livres e outros preparam um encontro unificado com o apresentador Luciano Huck para um “debate sobre a renovação da política nacional”. A reunião está prevista para a próxima semana, em São Paulo, e na prática deverá significar mais um estímulo ao projeto presidencial de Huck.

O apresentador, que chegou a anunciar em novembro do ano passado que não seria candidato, voltou a considerar a hipótese e nos últimos dias intensificou consultas com políticos e representantes do setor econômico.

+++Planalto coloca Huck no radar e pressiona aliados

Huck é um membro efetivo do RenovaBR e do Agora!. A nova movimentação do apresentador aumentou as expectativas nestes e em outros grupos, que já consideram que hoje há mais chances de Huck aceitar entrar na disputa pelo Palácio do Planalto do que o contrário.

Os movimentos redigiram a versão inicial de uma carta-convite para o encontro com o apresentador da TV Globo. O texto, ao qual o Estado teve acesso, fala em “janela de oportunidade propícia à renovação” e afirma que “a mudança começa com novos personagens comprometidos em construí-la”.

+++Pós-Cinzas

“Já estamos vendo as sementes da mudança nascer. São milhares de novos nomes e movimentos que se lançam para participar da vida pública e que serão testados democraticamente na ruas”, diz a carta. “É com esse espírito que convidamos o empresário e apresentador Luciano Huck para um debate. Seja ele candidato ou não, Luciano será uma peça importante no debate sobre a renovação da política nacional.”

A carta termina destacando que “esse encontro não significa um apoio dos grupos e sim um convite para o debate democrático”. A ressalva atende à diversidade partidária que compõe os movimentos.

+++ANÁLISE: Um vazio que clama por ocupação

Para o apresentador, a identidade com os grupos é essencial para consolidar a imagem de novo na política. “Como ele já afirmou, os movimentos cívicos são parte fundamental do processo de renovação política. E contribuirá, como puder, para fortalecê-los”, disse a assessoria de Huck.

Suprapartidários. Há, porém, entre os grupos o receio de que o encontro se transforme em uma “chancela” à candidatura Huck. “Estamos interessados em ouvir todos os candidatos. Um encontro não pode ser entendido como um apoio”, disse Pedro Henrique Cristo, coordenador do Movimento Brasil 21.

O movimento Acredito, por exemplo, ainda não endossou a carta. “Estamos mais preocupados com a candidatura ao Legislativo e em respeitar a diversidade partidária dos nossos componentes”, afirmou o coordenador do movimento, Zé Frederico.

+++‘Bolsonaro, Lula e Ciro representam ruptura’, diz cientista político

Um dos grupos que lideraram os atos pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, o Vem Pra Rua afirmou que o “movimento luta para que as eleições de 2018 promovam renovação na política nacional de forma qualitativa e está aberto a dialogar com outros nomes que defendam essa proposta”. “O Vem Pra Rua esclarece ainda que não irá fornecer apoio político: o movimento é suprapartidário.”

A possibilidade de Huck entrar na política e se candidatar voltou a ganhar força depois da confirmação da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), decisão que pode ter inviabilizado o nome de Lula na disputa pela Presidência.

Na semana passada, o apresentador jantou com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em São Paulo. Ele deverá manter contatos também com o deputado e presidente do PPS, Roberto Freire. A sigla tenta filiar Huck.

MSN


,15/02/2018 às 08:05

Ex-aluno problemático, autor de tiroteio na Flórida avisou sobre massacre nas redes

O autor do tiroteio, que deixou 17 mortos na Flórida, Nikolas Cruz, 19 anos, era um ex-aluno problemático e tinha dado sinais de que cometeria o massacre nas redes sociais.

Nikolas Cruz havia sido expulso por problemas de disciplina da escola Marjory Stoneman Douglas High School, em Parkland. Ele foi detido perto da cidade Coral Springs, com um fuzil AR15 e várias munições, pouco depois do massacre.

De acordo com o jornal The New York Times, ele começou a atirar nas redondezas da escola, matando três pessoas. Doze foram atingidas na porta do estabelecimento e duas morreram no hospital. As vítimas, que incluem um técnico de futebol e o filho de um policial, foram identificadas nesta quarta-feira (14).

Segundo o senador da Flórida, Bill Nelson, que conversou com o FBI, o ataque foi preparado meticulosamente. Ao chegar ao estabelecimento, Nikolas Cruz usava uma máscara de gás e acionou o alarme de incêndio para que os alunos deixassem a sala de aula. Alguns estudantes ouvidos pela polícia acharam o procedimento estranho, já que um exercício em caso de incêndio já havia sido realizado mais cedo.

Polícia pede monitoramento de redes sociais

Segundo o chefe da polícia de Broward, Scott Israel, o jovem vinha publicando mensagens sobre seus planos nas redes sociais. Ele insistiu na necessidade de denunciar esse tipo de publicação para prevenir que outras tragédias ocorram.

Nikolas Cruz era conhecido em seu liceu como um aluno problemático. De acordo com o professor de Matemática Jim Gard, o estudante parecia “calmo’”, mas já tinha ameaçado outros colegas. Outros membros da direção estavam preocupados com seu comportamento. Eles contaram à polícia que ele era obcecado por uma estudante e a perseguia de maneira doentia.

Por conta desses detalhes, a escola proibiu o jovem de circular no estabelecimento com uma mochila, como medida de prevenção. Para muitos colegas, a tragédia era previsível. Eles declararam que Nikolas era solitário, comentava que tinha armas em casa e que pretendia utilizá-las. Em um episódio, quebrou uma janela de vidro de uma sala de aula.

Outro estudante contou que ele deixou a escola porque pretendia mudar-se para o norte do país, depois da morte de sua mãe. Ele também já havia feito um treinamento militar. Este é o 18° tiroteio ocorrido em escolas americanas desde o início do ano.


,14/02/2018 às 07:48

Ana Paula é eliminada do BBB18 com recorde de rejeição

Esse foi apenas o terceiro paredão do ‘BBB18‘, mas já podemos falar que foi um dos mais esperados da temporada. Numa disputa que envolveu a família Lima, Paula e a bruxinha Ana Paula, ainda não tínhamos visto uma movimentação nas redes sociais contra uma única participante. O resultado foi bem esperado: Ana Paula foi eliminada com alta porcentagem.

O programa basicamente foi para mostrar a inundação de desconforto que gerou o Jogo da Discórdia exibido na noite anterior. Foi barraco de Diego pedindo satisfação com Ana Clara, Mahmoud discutindo com Ana Paula e uma tretinha entre Nayara e Viegas. Também vimos o pessoal zombando de Gleici durante a sessão de cinema, com as ofensas mais pesadas.

Tiago começou o discurso de eliminação falando diretamente com o público sobre… rejeição. Ele contou que todo mundo é rejeitado e que nunca esquecemos. O apresentador falou que é importante que não podemos rejeitar do lado de fora igual o que foi feito na votação.

Para os participantes, Leifert explicou o significado de participante-planta, e contou que o público prefere que elas sejam eliminadas logo no começo. E aí contou como nenhum dos emparedados fera uma planta. Após o discurso, Tiago Leifert anunciou que Ana Paula foi eliminada com 89,85%, um recorde em paredões triplos.

Durante as despedidas, chamou a atenção o abraço que Ana Paula deu em Mahmoud, com muito respeito e falando que os problemas entre eles ficarão dentro da casa. Do lado de fora, Tiago Leifert apenas deu uma palavra de apoio para a participante, sem contar da enorme rejeição.


MSN


,14/02/2018 às 07:48

Glória Menezes é internada em hospital no Rio

A atriz Glória Menezes, de 83 anos, foi internada no hospital CopaStar, na Zona Sul do Rio de Janeiro. A data da internação e o estado de saúde da atriz não foram divulgados.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo com informações da assessoria de imprensa da Rede D'Or São Luiz, administradora da rede de saúde, a atriz foi hospitalizada por conta de uma infecção respiratória.

A última aparição de Glória Menezes na televisão foi em 2015, quando atuou na novela Totalmente Demais.

MSN


,14/02/2018 às 07:48

Primeiro-ministro da Espanha diz que não quer Neymar no Real

Os rumores da ida de Neymar para o Real Madrid repercutiram até com o primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy. Torcedor do clube madrilenho e sócio desde 1986, ele foi incisivo ao dizer que não quer o craque brasileiro em sua equipe.

- Eu não gostaria de vê-lo de branco - declarou Rajoy sem mais explicações.

O primeiro-ministro ainda analisou o duelo entre Real e Paris Saint-Germain, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. O jogo de ida é nesta quarta-feira, às 17h45 (de Brasília), no Santiago Bernabéu.

- Não esqueçamos que é o Real Madrid e a Liga dos Campeões é a sua competição favorita, ainda mais agora que a situação ficou ruim no Espanhol e foi eliminado na Copa do Rei. São os mesmos jogadores do ano passado e estamos falando do atual campeão, que ganhou três das últimas quatro edições - completou.

MSN


,12/02/2018 às 08:05

Fernanda Souza polemiza ao falar sobre família: - Depressão é coisa séria

Fernanda Souza trouxe um assunto que ela mesma disse ser um tanto delicado no último sábado, dia 10: a atriz falou sobre família em seu canal no YouTube. Ela pediu para os fãs mandarem mensagens diretas - as famosas DMs -, dizendo que os deixaria no anonimato para que pudesse ajudá-los melhor em suas questões familiares.

A primeira história veio com uma dose de humor. Uma fã enviou a seguinte pergunta:

- Fê, como faz para o marido pagar a cirurgia do peitinho sem rolar estresse, visto que ele será o grande utilizador do produto final?

- Ele é quem vai utilizar, mas ele é quem vai utilizar apenas algumas horas do dia. Quem vai utilizar todo dia é tu, tatu. Então, acho legal você ter uma conversa franca com ele!, aconselhou a bela.

Partindo para a próxima mensagem, a história não teve a mesma leveza da primeira. Uma pessoa, não identificada, desabafou sobre a irmã, que está com depressão, muito magra e num relacionamento abusivo. Fernanda não perdeu tempo e disparou:

- Depressão é coisa séria!

A artista chegou a falar que não se deve tratar o assunto como se fosse apenas mais uma tristeza que irá passar em algum momento e afirmou que é algo muito mais profundo, alegando que se deve procurar ajuda profissional:

- Está dentro da sua cabeça!

Por último, mas não menos importante, a atriz tratou de uma relação que está sendo prejudicada por conta de crenças religiosas diferentes. A tal moça, que conheceu o marido na igreja, acredita muito em Deus, no entanto, ele perdeu a fé e se tornou agnóstico, e tira sarro da esposa por causa de sua doutrina. Fernandinha, que ama dar conselhos, disse:

- Você tem que escolher o que é melhor para você. Religião é algo muito sério, muito importante para gente, é a nossa relação diária com Deus, né?


,12/02/2018 às 08:05

Caminhar emagrece, reduz desejo por doce, combate depressão e mais: veja benefícios

Simples de realizar, de impacto quase zero e sem custos, a caminhada é uma das melhores atividades para garantir proteção contra doenças e até mesmo perder peso. Conheça os benefícios para a saúde física e mental que você pode conquistar se caminhar regularmente:

Benefícios da caminhada para a saúde
caminhada dedos sapatos 0817 400x800© Piti Tangchawalit/shutterstock caminhada dedos sapatos 0817 400x800
1. De acordo com um estudo feito com 33 mil pessoas e publicado pela revista Stroke, mulheres que caminharam mais de três horas por semana apresentaram 43% menos riscos de ter um derrame em comparação com aquelas que não praticavam nenhuma atividade.

2. Uma pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia, EUA, com 6 mil voluntários, descobriu que uma simples caminhada já pode reduzir substancialmente o risco de Alzheimer, já que atividade física tem sido associada a uma melhor capacidade mental em pessoas mais velhas.

3. A prática regular da caminhada pode funcionar até mesmo como um remédio natural contra os sintomas de depressão, uma vez que, durante a atividade, ocorre liberação de endorfina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar e relaxamento.

caminhada corrida jovem© Yeko Photo Studio/shutterstock caminhada corrida jovem
4. Caminhar pode ainda ajudar a controlar diabetes, pois a insulina (substância responsável pela absorção de glicose) é produzida em quantidade maior durante a prática. Isso ocorre porque o esforço físico estimula a circulação sanguínea e a atividade do pâncreas e do fígado.

5. Ao contrário do que muita gente imagina, quem sofre de osteoporose só não pode como deve praticar caminhada. A movimentação do corpo e o impacto dos pés no solo promovem estímulos elétricos que aumentam a absorção de cálcio e, consequentemente, fortalecem os ossos. Neste caso, no entanto, a atividade deve ser orientada por um profissional.

6. Segundo um trabalho científico da Universidade de Exeter, Inglaterra, caminhar por apenas 15 minutos por dia diminui drasticamente a vontade de comer chocolates e controlar a compulsão alimentar. Isso porque a atividade provoca sensação de bem-estar parecida com a que o doce libera no organismo.

7. Além de melhorar a capacidade respiratória, reduzir problemas cardiovasculares e combater compulsão por doces, andar ainda pode ajudar a emagrecer. Porém, a caminhada só contribui para a perda de peso quando respeitadas regras relacionadas a velocidade, tempo e regularidade.

8. A caminhada ainda pode ajudar a parar de fumar. Segundo um estudo feito pela Universidade de Exeter com 140 pessoas viciadas em cigarro, um curto período de atividade física de intensidade moderada, como caminhar, reduz os sintomas de abstinência, fator que mais dificulta o abandono do tabagismo.


,10/02/2018 às 08:23

Huck retoma consultas sobre candidatura

O apresentador Luciano Huck passou a ser encarado como uma opção do centro político após voltar a avaliar uma possível candidatura à Presidência. Nesta sexta-feira, 9, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) disse, em entrevista à Rádio Guaíba, de Porto Alegre, que Huck “está considerando a possibilidade” de se candidatar. O apresentador intensificou nos últimos dias as consultas a políticos e empresários sobre a viabilidade de seu nome na disputa presidencial.


Nesta quinta-feira, 8, Huck jantou em São Paulo com FHC e na sexta tomou café da manhã com o economista Paulo Guedes. O fundador do banco Pactual, que atualmente aconselha o deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ), foi o primeiro a estimular Huck e calcular potencial eleitoral no apresentador da TV Globo. Ambos o incentivaram a manter o projeto.


Segundo relatos de pessoas próximas a Huck, ele disse ao economista que estava surpreso positivamente com as manifestações de apoio que tem recebido de representantes do mundo político mesmo depois de ter anunciado no fim do ano passado que não seria candidato. O apresentador voltou a se aconselhar com Guedes.

Embora reitere que está alinhado com o correligionário Geraldo Alckmin (PSDB), Fernando Henrique tem sido um incentivador da candidatura de Huck argumentando que é bom para o País ter “opções”. Esta foi uma avaliação consensual durante um almoço na terça-feira passada no apartamento do ex-presidente, no bairro de Higienópolis. O almoço reuniu FHC, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (MDB).



A análise é de que o campo político que vai da centro esquerda – representada principalmente pelo PPS, sigla que tenta filiar Huck – aos partidos liberais precisa ter “alternativas” ao governador paulista, que já foi lançado pré-candidato, mas ainda não atingiu dois dígitos nas pesquisas de intenção de voto.

Hartung é cotado como possível vice de Huck. Roberto Freire, presidente do PPS, e o ex-presidente do Banco Central Arminio Fraga são interlocutores frequentes dele. Maia, que no fim do ano passado tentou atrair o apresentador para o DEM, mais recentemente passou a admitir que ele mesmo pode se candidatar.



O destino de Huck é tratado como uma decisão de “foro íntimo”, mas entre líderes políticos a avaliação é de que “o olho dele está brilhando”. Com quem conversou nos últimos dias, o apresentador se mostra dividido entre o que deseja a “pessoa física” e as obrigações da “pessoa jurídica”. A “pessoa física” está propensa a enfrentar o desafio de uma candidatura, mas seus compromissos profissionais (contrato com TV e patrocinadores) pesam contra. A TV Globo reforçou o pedido para que o apresentador se defina antes do fim de fevereiro – de preferência logo depois do carnaval. A nova grade de programação da emissora estreia em abril. Uma decisão de Huck vai causar impacto em toda a formatação da TV para 2018. Se decidir por disputar a Presidência, a emissora deve tirar do ar o Caldeirão do Huck e o programa de sua mulher, Angélica.


“Ele está considerando a possibilidade”, afirmou FHC. “Mas ele trabalha na Globo, tem um contrato e tem que pesar estas coisas todas. Ele tem que ver por qual seria o partido e como vai ser. Que eu saiba, não há uma decisão por parte dele e não é uma decisão fácil. É uma decisão que tem que ser dele. Eu não vou imaginar que eu possa influir, pois ele sabe a minha posição.”

Já Maia, agora pré-candidato, vê com ceticismo a possível candidatura. “Se ele escreveu mais de uma vez que não é candidato, inclusive na Justiça Eleitoral, não trabalho com esse assunto como uma opção. Se ele mudar de opinião – e ele tem todo o direito de escrever uma coisa num dia e outra no outro –, aí vai ser outro debate”, disse à TV Bandeirantes. / COLABORARAM RICARDO GALHARDO e LUCAS RIVAS, ESPECIAL PARA O ESTADO


,10/02/2018 às 08:23

'O Outro Lado do Paraíso': Mariano foge com Lívia e Sophia chama polícia

Sophia (Marieta Severo) vai estragar os planos de Mariano (Juliano Cazarré) na novela "O Outro Lado do Paraíso". Ao descobrir que o ex-amante em quem deu beijo para estragar o namoro com Lívia (Grazi Massafera) pretende fugir com sua filha adotiva, ela coloca a polícia atrás deles e encontra não só o neto, Tomaz (Vitor Figueiredo), que dedura todo plano, como também a esmeralda gigante que o líder dos garimpeiros vinha escondendo na mina.

Mariano fala da fuga com Lívia, que prepara Tomaz para 'viagem'
Segundo o portal "Observatório da Televisão", a mau-caráter desconfia do comportamento de Mariano e Valdo (Alexandre Rodrigues) e pede que Zé Victor (Rafael Losso) vigie os demais funcionários para saber o que estão escondendo. Enquanto isso, o garimpeiro responsável por salvar a vida de Vinícius (Flávio Tolezani) em explosão planeja com o amigo o dia ideal para tirar a pedra preciosa do local e entregar para Amaro (Pedro Carvalho) vendê-la. Mariano deixa a namorada - adotada pela vilã após a morte dos pais biológicos - avisada sobre a viagem e ela logo prepara o filho de Gael (Sergio Guizé) para uma "viagem", o orientando a não falar nada com a avó.

'Dou um nó na Sophia. Vou embora com meu amor'
O que Lívia não espera é que o herdeiro das esmeraldas, sem maldade, comenta com o pai sobre a viagem secreta de última hora, e logo corre para contar para a mulher que o espancava usando um pedaço de madeira. Sophia, então, informa a polícia sobre a fuga e fala para Zé Victor não abandonar a vigilância. "Continua de olho. Eu tenho informações. Mariano vai fugir hoje à noite", conta ela. Acreditando que a ex-amante não desconfia de nada, o homem diz para Valdo: "A gente não podia ter maior sorte. Vai todo mundo pra despedida de solteiro do Juvenal (Anderson Di Rizzi). Nós vai, fica um pouco e volta. E sobe a pedra sem ninguém ver". "Tá certo. Mas a gente fica um pouco pra disfarçar", fala o funcionário do garimpo. "É isso. Dessa vez eu dou um nó na Sophia. Vou embora com meu amor", promete Mariano.

Sophia encontra esmeralda gigante e chantageia Mariano
Assim que o amante pega a estrada com Lívia e Tomaz, Sophia informa Bruno e ele direciona seus homens para a ocorrência. "Nicolau (Alejandro Claveaux), chama mais alguém e toca pra viatura", manda a autoridade. "Delegado, espero que dê uma lição na Lívia... E no namorado dela. Eu sei que foi ele quem teve a ideia de fugir", afirma a madame que já foi presa por Bruno ao desacatá-lo. A polícia consegue capturar os fujões, mas Mariano é liberado pelo delegado a pedido de Sophia. No lugar da cela, ele é encaminhado para a casa da família rica e muito bem recebido pela assassina que, questionada por Lívia, diz estar interessada somente em Tomaz. "As esmeraldas estão no nome dele. Não podia deixar que desaparecessem com o moleque", garante. Mas, em seguida, ela pede que Mariano abra a mala do veículo usado na tentativa de fuga. "Lívia, aquilo é uma esmeralda gigante, com certeza", fala, admirando a pedra preciosa. "Cê sabia de tudo o tempo todo?", questiona o garimpeiro, que é colocado contra a parede por Sophia: "Agora, Mariano, ou entrega a esmeralda... Ou te acuso de roubo. Te boto na cadeia. É o que prefere?"

(Por Carol Borges)


,10/02/2018 às 08:23

Ausência mais presente do Carnaval, Ivete dá à luz gêmeas

Ivete Sangalo foi obrigada a abrir mão do comando do Carnaval 2018 por causa da gravidez das gêmeas, que acabaram nascendo na madrugada do sábado de folia. Mesmo antes da cantora dar entrada na maternidade, ela já era a ausência mais presente do Carnaval. Além de ter a brilhante ideia de distribuir máscaras suas por toda parte, a cantora ganhou homenagens de anônimos e famosos ostentando barrigões.



A própria Ivete agradeceu o carinho mostrando por meio de seu perfil no Instagram algumas das fantasias feitas em sua lembrança. Em Salvador, Márcio Victor, do Psirico, se apresentou vestido de Ivete.

Ainda na capital baiana, Claudia Leitte não perdeu a chance de relembrar Ivete e contou com ninguém menos do que seu pai, Claudio Inácio, para fazer a homenagem. Ele posou exibindo sua barriga e usando a máscara com o rosto de Ivete, que entrou na brincadeira e respondeu: “minha barriga está menor” (mal sabia ela que as gêmeas nasceriam horas depois).

Para coroar a madrugada, Ivete postou um vídeo em que aparece dançando na maternidade, já pronta para a chegada das gêmeas. “E é com muita alegria que a mamãe mais feliz do mundo vai fazer o maior Carnaval da sua vida na maternidade!!! Orem por nós!”


,09/02/2018 às 08:00

Coutinho vibra com primeiro gol pelo Barça: “Muito feliz”

Copa do Rei: melhores momentos de Valencia 0 x 2 Barcelona (via Dailymotion)
Em seu quinto jogo com a camisa do Barcelona, o meia Philippe Coutinho finalmente desencantou. Foi dele o primeiro gol na vitória por 2 a 0 sobre o Valencia, nesta quinta-feira (8), no Mestalla, que garantiu a equipe catalã na decisão da Copa do Rei contra o Sevilla.

Coutinho entrou no intervalo no lugar de André Gomes e precisou de apenas quatro minutos para deixar a sua marca. Após boa jogada de Suárez, o brasileiro deu um carrinho na bola, que morreu no fundo das redes.

“Hoje é um dia muito feliz. Estou muito feliz, estava tentando marcar o primeiro gol nas outras partidas. Hoje eu consegui e ainda ajudei a equipe a avançar para a final”, declarou.

Apesar da expectativa para a decisão, o camisa 14 lembrou que o Barça terá outros duelos pela La Liga e também pela Champions, onde não poderá atuar por já ter defendido o Liverpool na atual edição do torneio.

“Para mim, estar na final é um momento muito especial e muito importante, mas ainda temos muitos jogos antes disso. Será um grande jogo e será difícil como todas as finais, mas ainda temos muitos dias até lá”, finalizou.

Mais: Valencia 0 x 2 Barcelona: Coutinho desencanta e leva Barça à final da Copa del Rey | Xavi aponta favoritismo do PSG contra o Real Madrid | Coutinho desencanta com a camisa do Barcelona


,09/02/2018 às 08:00

Após operação, Fausto Silva tranquiliza fãs: "Já estou bem"

Após ser submetido a uma angioplastia, na última quarta-feira (7), no hospital Albert Einstein, em São Paulo, Fausto Silva fez questão de tranquilizar seus fãs. O apresentador garantiu estar bem e que poderia até voltar às suas atividades normais.

"Já estou [bem], tanto que eu poderia trabalhar domingo, é que o programa já está gravado porque é de Carnaval, mas poderia trabalhar, tocar a vida", afirmou ao "TV Fama", da RedeTV!.

Assustado, o veterano contou como descobriu o problema no coração: "Sempre faço exame, já sabia que tinha uma pequena obstrução e ela aumentou. Obstrução na artéria do coração. Resolvi fazer os exames e em seguida o cateter, e aí você desobstrui e põe o chamado stent. Fiz ontem à noite".

Faustão ainda informou que passará a cuidar melhor de sua saúde. "Recomendação é andar bastante. Procuro andar e vou andar mais ainda, fazer os exercícios e fazer aquelas coisas que todo mundo já sabe. São determinadas coisas que são genéticas, vem de geração para geração, herança de família e tem que administrar", finalizou.

MSN


,09/02/2018 às 08:00

Sinais não óbvios de que você pode estar deprimida

1. Hobbies sem graça
Isso acontece porque o prazer em realizá-los diminui ou até desaparece. “Quando estamos em depressão, nosso sistema de recompensa sofre um colapso”, explica Luiz Scocca, psiquiatra da Associação Brasileira de Psiquiatria. Com a produção de certas substâncias descompensadas, como a dopamina, o cérebro não reconhece mais a diversão em atividades que antes você achava pra lá de agradável.

2. Irritabilidade
Perder a cabeça com mais frequência indica uma cronicidade da doença: um estudo publicado no periódico científico JAMA Psychiatry observou que mais de 50% das pessoas que sofrem com depressão há muitos anos apresentam um alto nível de irritabilidade e raiva. “Isso porque, durante a depressão, a sensibilidade a estímulos externos e internos aumenta, fazendo com que seja mais difícil lidar e processar esse tipo de sentimento”, diz Luiz.

3. Alterações do sono
Dormir muito mais ou muito menos do que você estava acostumada não é um bom sinal. “Acordar cedo demais com frequência, por volta das quatro ou cinco da manhã, e não conseguir voltar a dormir também pode ser indício do problema”, alerta Luiz. Isso acontece porque o cérebro libera uma série de substâncias que inibem o relaxamento, fazendo com que seja mais difícil pegar no sono.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

4. Celular: seu novo melhor amigo
O excesso de tempo online é sinônimo de busca de escapismo para os sentimentos depressivos. Cada like nas redes sociais serve como uma distração para o que está realmente acontecendo dentro de você mesma. O problema é que esses micromomentos de felicidade que uma foto supercomentada traz acabam mascarando a depressão – tanto para você quanto para os outros.


MSN


,08/02/2018 às 07:59

Flamini, o jogador de futebol mais ‘rico’ do mundo

Logo no início de sua apresentação, o mais novo reforço do Getafe, Mathieu Flamini (Marselha, 33 anos), riu às gargalhadas antes que a tradutora lhe encaminhasse a pergunta de um jornalista que questionou se Ángel Torres, o presidente do clube, havia proposto que ele se tornasse acionista do clube. É que o meio-campista, que dividiu sua carreira entre a Inglaterra – passou pelo Arsenal entre 2004-2008 e 2013-2016, com um breve período no Crystal Palace na temporada passada – e a Itália – jogou no Milan entre 2008-2013 –, conheceu no país transalpino Pasquale Granata, com o qual decidiu se aventurar na criação de uma empresa pioneira, a GFBiochemicals, que produz ácido levulínico em escala comercial a partir de biomassa. E vem tendo sucesso.

“É um ácido muito valioso porque é uma molécula plataforma, ou seja, um produto intermediário obtido depois de diferentes transformações da biomassa (restos e resíduos de plantas) e que pode ser transformado em outros bioprodutos de alto valor agregado, muito valiosos para a indústria e a sociedade”, diz José María Becerril, professor da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade do País Basco, no Departamento de Biologia Vegetal e Ecologia. Trata-se, portanto, de um material que pode cobrir de maneira eficaz muitas das atribuições de produtos químicos e compostos procedentes do petróleo, de modo que o volume de negócios da empresa lhe confere, de acordo com especialistas, um valor de mercado de 30 bilhões de euros (cerca de 120 bilhões de reais).

“Como muitos outros jogadores, tenho interesses além do futebol, mas minha prioridade é o campo. Amo o futebol, jogo desde os seis anos e essa é minha prioridade, minha paixão, e é nisso que estou concentrado. Estou aqui para desfrutar, para me sentir bem e ajudar o time a obter o maior número de pontos possível”, disse Flamini. “O presidente não me pediu para investir, ele é apaixonado por seu trabalho e está muito próximo dos jogadores e do treinador. Quando se ama o clube, isso faz a diferença”, respondeu com um sorriso.

Embora o quartel-general da GFBiochemicals fique em Geleen (Holanda), a empresa nasceu em Caserta (Itália) e acaba de se expandir para os Estados Unidos com a compra da Segetis, líder em desenvolvimento de produtos derivados do ácido levulínico. A aquisição permitiu à companhia ter acesso a 50 novas patentes e a outras 200 pendentes de aprovação.

“Tive outras oportunidades para vir à Espanha, mas, na minha idade, é importante encontrar um projeto de que goste e desde que estive aqui, em dezembro, sabia que queria jogar no Getafe”, afirmou o atleta. Conhecido como Marathon Man por sua intensidade física, Flamini, que usará a camisa 8, ocupa o espaço criado no meio-campo do Getafe pela lesão de Markel Bergara e a saída de Lacen. “Seria muito bonito estrear contra o Barcelona no domingo, mas isso depende do treinador.”

No primeiro treino do meia com a equipe, o técnico José Bordalás raramente mencionou o nome de Flamini, que, embora em sua apresentação tenha falado em inglês e dito que só sabia dizer “Oi, tudo bem?” em castelhano, fez questão de pedir a bola gritando “sozinho”, “livre” ou “aqui”. Honrando o apelido, treinou no mesmo ritmo que os companheiros e mostrou que logo estará adaptado à Espanha. “Em breve falarei espanhol”, previu. No esporte e nos negócios, as línguas continuam sendo capitais. E o jogador-investidor sabe disso.

MSN


,08/02/2018 às 07:59

'Jamais imaginei que isso poderia acontecer', diz mãe de menina morta após inalar desodorante

SÃO PAULO - Uma menina de 7 anos morreu no sábado depois de inalar desodorante aerossol em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. De acordo com a família, Adrielly Gonçalves participava do ‘desafio do desodorante’, que havia visto nas redes sociais, quando desmaiou e teve uma parada cardíaca.

O desafio, dizem os parentes da garota, consiste em inalar o desodorante e manter a boca fechada pelo máximo de tempo. A mãe da criança, Márcia Gonçalves, de 39 anos, conta que a filha passou a sexta-feira brincando na vizinha e à noite voltou para casa, onde ficou sob o cuidado dos irmãos mais velhos.

"Cheguei em casa e a encontrei deitada de bruços na minha cama. Achei que ela estava dormindo, até porque já eram 2 horas. Tomei um banho e fui deitar do lado dela. Foi quando percebi um forte cheiro de desodorante e vi que ela estava desmaiada", conta a mãe, que é motorista de ônibus e trabalhava na escala noturna quando a menina morreu.

+ Promotoria do Rio investiga Baleia-Azul

Segundo a prefeitura de São Bernardo, a menina recebeu atendimento às 4 horas, com parada cardiorrespiratória, em estado grave. Adrielly era a caçula de cinco irmãos, de 23, 18, 16, 14 e 10 anos. Depois do carnaval, ela começaria o 2.º ano do ensino fundamental. "Ela é o meu milagre. Engravidei dela depois de ter tido um câncer no útero. Toda a gravidez foi de risco. Mesmo assim, ela nasceu perfeita, saudável. Era uma menina linda, ativa, brincalhona, muito espontânea", diz Márcia.

A mãe afirma sempre ter vigiado o conteúdo que a filha acessava na internet via celular - um aparelho que ganhou de uma tia. Por isso, diz acreditar que a menina tenha visto o vídeo do "desafio do desodorante" no aparelho de outra pessoa.

"Vasculhamos todo o celular dela nesses últimos dias e não encontramos nada que não fosse apropriado para a idade dela. No histórico só tem vídeos da Baby Alive (uma boneca) e de desenhos que ela assistia na televisão", diz a motorista. Márcia diz que o filho de 10 anos contou ter visto uma vez a irmã tentando inalar desodorante. "Ele disse que deu bronca nela, mas deveria ter me contado antes de essa tragédia acontecer." A morte está sendo investigada pelo 8.º Distrito Policial de São Bernardo. O Instituto Médico-Legal ainda vai apresentar um laudo sobre o caso.

Riscos. Em busca rápida no YouTube, dezenas de vídeos, a maioria gravada por crianças, tratam do "desafio do aerossol". É possível até encontrar publicações com audiência alta, como uma de abril de 2016, com 63 mil visualizações. Nela, um adolescente incentiva a ação. Além do desafio de inalar desodorante, há também outras "brincadeiras", quase sempre feitas por crianças, com o produto. Em um deles, o desafio é aplicar o desodorante em uma área localizada da pele pelo máximo de tempo, causando queimaduras. Relatos de casos do tipo também já foram registrados em outros países, como a Inglaterra, o que motivou alerta de especialistas.

+ MPF apura vídeos que incentivam jovem a se mutilar

Nos últimos meses, um suposto jogo virtual chamado Baleia-Azul também mobilizou pais e autoridades. O desafio, com 50 níveis de dificuldade, tem o suicídio como resultado final. Em pelo menos oito Estados do País, houve suicídios e mutilações com suspeitas de ligação com a baleia-azul.

Para Rodrigo Nejm, diretor de prevenção e atendimento da SaferNet, ONG de direitos humanos na web, é fundamental não culpar a família. "Infelizmente, os pais ainda têm dificuldades em perceber a internet como uma praça pública com mais de 3 bilhões de pessoas. Uma criança de 7 anos certamente não tem maturidade para desfrutar da liberdade em uma praça pública como essa."

No Brasil, um em cada dez adolescentes de 11 a 17 anos acessa conteúdo na internet sobre formas de se ferir - e 1 em cada 20, de se suicidar, segundo o Centro de Estudos Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação (Cetic).

Conselho para os pais
1. Se você não é expert em internet, aproveite para aprender com os filhos. E você terá oportunidade para ensiná-los a tomar cuidado.

2. Coloque-se sempre à disposição para que peçam ajuda quando se sentirem ameaçados ou receberem conteúdo impróprio.

3. É preciso alertar os filhos para não divulgarem dados pessoais na internet, não aceitarem convites para se encontrarem com amigos virtuais nem receberem arquivos.

4. Espionar e gravar tudo o que os filhos fazem não são boas saídas, pois se fragiliza a confiança. Não se grava as conversas dos filhos, por exemplo, na quadra de futebol.

5. Programas de filtro de conteúdo podem ajudar, mas o diálogo aberto sobre como, quando e com quem usar a internet continua sendo responsabilidade dos pais. Pense que eles acessam páginas e usam aparelhos fora de casa.

6. Ensine que não podemos acreditar em todos. Como em todos lugares, há pessoas mal intencionadas e mentirosas. É bom também incentivar o desenvolvimento crítico, para que evitem pressão dos amigos.

7. É importante ainda explicar com que faixa etária a criança poderá acessar cada tipo de conteúdo. Muitos sites e redes sociais trazem orientações sobre a idade mínima para acesso.

8. Sempre que testemunhar algo que viole os direitos humanos ou ameace seus filhos, denuncie e procure as autoridades.


,07/02/2018 às 08:00

Para a surpresa da casa, Jaqueline é a segunda eliminada do BBB18

Fogo no parquinho, Brasil! “Pode sentar que você é a atração da festa”, disse Jaqueline para Mahmoud. Pois é, o sexólogo sentou e ficou. Jaque foi eliminada com 65,25% dos votos e as mentes dos brothers simplesmente explodiram com a decisão do público de casa.

Como instituiu Tiago Leifert no programa ao vivo, 6 de fevereiro se tornou o Dia Nacional do Tombo. Inclusive, assim que a biomédica chegou no lado fora, o apresentador fez questão contar para a loira que ela estava um tanto quanto equivocada na confusão que armou com Mahmoud na última madrugada. A internet não perdoou a reação de choque de Jaque, que virou meme imediatamente:

Pois bem… Jaque jurou de pés juntos que não prometeu a imunidade para Mahmoud e ela fez questão de contar sua verdade em alto e bom durante o grande barraco. Enquanto a loira gritava, o biomédico permaneceu imóvel, como faz todas as vezes quando é confrontado – ele se vinga de verdade quando ninguém está por perto (e você sabe do que eu estou falando). Praticamente a casa inteira comprou o lado da gata, mas as famigeradas 70 câmeras jogaram a favor do sexólogo.

Este paredão provou que o público está atento aos detalhes e não perdoará deslizes. Vale lembrar que Jaque chegou a ser protegida na internet no caso do triângulo amoroso com Breno e Ana Clara. Ou seja, cada semana no BBB é única e o placar zera depois da eliminação. Os brothers, é claro, começaram a refletir sobre esta eliminação assim que a loira saiu pela porta vermelha. Um comentário sincerão de Caruso que ecoou nas nossas televisões representou a reação dos confinados: “Que rasteira, mano!”

Quem não está aceitando o resultado e não quer pensar sobre o que ele significa é Ana Paula, que deu o pontapé inicial na grande discussão. Apesar de ser a sombra da bruxinha, Patrícia está tentando entender a situação: “Tem alguma coisa que não está batendo nessa história”, disse a amiga. A dúvida que fica é: será que o fantasma dos sete votos assombrará Mahmoud na semana que vem novamente? Vai rolar perseguição ou é a vez da família Lima ser o alvo da casa?

O pós-paredão se resumiu em Mahmoud prometendo um novo estilo de vida no BBB e em alguns participantes retomando o contato com o sexólogo. No meio disso tudo, Gleici passou batido. A cada dia, a acreana mostra que não é uma planta e impõe sua suas opiniões nas tretas. Ao voltar ilesa deste paredão, ela até entoou a frase de Clara, personagem vingativa de O Outro Lado do Paraíso: “Vocês não sabem o prazer que é está de volta”, brincou. Fada!


,07/02/2018 às 08:00

Sergio Guizé e Bianca Bin estão morando juntos, diz jornal

Ao que tudo indica, o romance entre Sergio Guizé e Bianca Bin está sério. Prova disso é que os protagonistas de "O Outro Lado do Paraíso" - trama das 21h da TV Globo - estariam morando juntos.

Segundo o jornal "Extra", os pombinhos têm dividido o mesmo apartamento, localizado na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

O casal, para quem não sabe, engatou o namoro nos bastidores da novela de Walcyr Carrasco, durante as primeiras gravações no Jalapão, Tocantins.

Apesar de não terem assumido o relacionamento publicamente, Bianca e Sergio são vistos juntos com frequência. A última aparição foi em janeiro, durante um show de Chico Buarque.


,06/02/2018 às 07:57

PF encontra 12 ligações entre Temer e Lima no período da deflagração da Operação Patmos

A Polícia Federal encontrou ligações telefônicas entre o presidente Michel Temer (MDB) e o coronel aposentado da PM João Batista Lima Filho - amigo e ex-assessor do emedebista. As chamadas são citadas em relatório da Operação Patmos sobre o celular do coronel. No aparelho também foram encontrados contatos do empresário da JBS Joesley Batista, do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, e do ex-assessor do presidente, Jose Yunes. O período das ligações se deu entre abril de 2016 e 12 de maio de 2017, seis dias antes da Operação Patmos, deflagrada com base na delação da JBS.

A AGENDA DO CORONEL

De acordo com o documento, 12 conversas telefônicas foram feitas entre Lima e o presidente entre abril de 2016 e maio de 2017. Somente no mês de maio, nas proximidades da Patmos, deflagrada em 18 daquele mês, quatro chamadas foram realizadas. A mais longa delas durou quatro minutos e 45 segundos. Do total, 9 foram ligações que Temer teria feito ao coronel.

"Os dados analisados demonstram João Batista Lima Filho como sendo um homem com acesso direto ao presidente Temer, a pessoas importantes ligadas ao Governo, bem como a investigados pela Operação Lava Jato", diz o escrivão da PF Cláudio Jose de Assis Castro, em relatório enviado ao Supremo Tribunal Federal.

Lima ainda tinha, entre seus contatos, os números do ministro da Secretária-geral da Presidência, Moreira Franco, e do ex-assessor do presidente, Jose Yunes, que é delatado tanto pelo doleiro Lúcio Funaro quanto por Joesley Batista por ser suposto operador de propinas do emedebista.

A Polícia Federal destaca, em relatório, que Lima também manteve conversas sobre repasses com duas pessoas desconhecidas. Em uma das trocas de mensagens, datada de abril de 2017, Lima diz: " Recebeu pouco. Nas minhas contas deveria ter recebido 120 mil. Estão "garfando" o coitado".

Segundo a PF, 'a conversa aparentemente remete a um pagamento feito a alguém, que teria sido enganado, pois o valor pago deveria ter sido maior'.

Em outra conversa, com uma Maria Helena, também não identificada, a PF Lima diz: " Amiga, nessas condições, ainda tenho esperança de receber as "gorjetas" que você não me deu. Bom domingo! Bom feriado"!

A Polícia Federal voltou a intimar João Batista Lima Filho, que não é interrogado desde a deflagração da Patmos, em maio de 2017. Sua defesa tem alegado que o coronel tem problemas de saúde. Os investigadores querem saber, entre outras informações, sobre quem são e a respeito do que se tratam as conversas com desconhecidos.

Investigação. Endereços ligados a Lima foram vasculhados durante a Operação Patmos, em maio. O Ministério Público Federal investiga um suposto repasse de R$ 1 milhão a Lima feito pelo contador Florisvaldo Caetano de Oliveira, a pedido do ex-diretor de Relações Institucionais da J&F, Ricardo Saud, segundo ambos relataram em seus acordos de colaboração com a Procuradoria-Geral da República. Os valores, segundo o delator, tinham como destino a campanha de 2014 do então candidato a vice-presidente Michel Temer, segundo delatores da JBS.

O coronel é amigo de Temer há mais de trinta anos. Segundo os delatores, os valores foram entregues em uma caixa na sede da Argeplan, empresa de Lima.

De acordo com relatórios da PF na Patmos, além de material relacionado à contabilidade campanha de Temer em 2002 à Câmara Federal, os investigadores acharam também remessas milionárias de moedas estrangeiras, contratos de câmbio, e material referente à empresa AF Consult, alvo da Lava Jato por suposto cartel que envolveu as licitações da construção da Usina Nuclear de Angra III.

COM A PALAVRA, MICHEL TEMER

"O presidente Michel Temer jamais recebeu contribuições não declaradas da JBS"

COM A PALAVRA, MOREIRA FRANCO

A reportagem entrou em contato por e-mail e mensagens a assessoria de imprensa do Planalto. O espaço está aberto para manifestação.

COM A PALAVRA, CORONEL LIMA

Os advogados afirmaram que não vão se pronunciar.

COM A PALAVRA, YUNES

A reportagem entrou em contato com a defesa de Jose Yunes, que ainda não retornou. O espaço está aberto para manifestação.

MSN


,06/02/2018 às 07:57

Whindersson Nunes não tem mais o maior canal do YouTube no Brasil

São Paulo — O Canal Kondzilla conquistou o posto de maior canal do YouTube no Brasil, com mais de 26 milhões de inscritos e também ocupa a posição de maior canal de música da América Latina, ultrapassando a marca de um bilhão de visualizações por mês.

Com bons números de visualizações na Europa e na América Latina, o empresário e diretor Konrad Dantas (foto), fundador do canal, comemora a marca e busca atingir novos objetivos.

“A nossa meta agora é global, e hoje no momento da urban music ao redor do mundo, temos grandes chances de nos conectarmos com outros gêneros de urban music em todos os continentes”, destaca ele.

Konrad é fundador de empreendimentos como a KondZilla Filmes, a KondZilla Wear – uma marca de roupas que espelha a cultura periférica –, a KondZilla Records, produtora musical que tem no seu casting os principais nomes do funk como MC Kevinho, MC Guimê e MC Kekel entre outros. Em 2017, lançou um portal de notícias para expandir sua comunicação e retratar a cultura da favela.

MSN


,05/02/2018 às 07:48

Em alta, 'Tá No Ar' ganha nova temporada na Globo

O "Tá No Ar" tem agradado bastante a direção da TV Globo. Com ótimos índices de audiência, o programa de Marcelo Adnet e Marcius Melhem já tem garantido uma nova temporada para o próximo ano na grade da emissora.

O humorístico, que deve permanecer na programação até o fim de março, tem trazido ao canal a média de 15 pontos no Ibope, número considerado bom para a faixa das 23h.

De acordo com o jornal "Agora São Paulo", foi justamente esse resultado satisfatório que fez com que a atração, que ainda nem terminou a temporada atual, fosse renovada para mais uma edição.

Além de Adnet e Melhem, o ex-Pânico Edu Sterblitch deve permanecer no elenco fixo.

MSN


,05/02/2018 às 07:48

Áudio indica coação de Cristiane Brasil a servidores

Reportagem do programa Fantástico da TV Globo veiculada na noite deste domingo, 4, exibiu um áudio da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ), então secretária do Envelhecimento e Qualidade de Vida do Rio de Janeiro, em 2014, supostamente coagindo funcionários a conseguirem votos para ela nas eleições.

“Eu só tenho um jeito de manter o emprego de vocês. Me elegendo”, disse a então candidata a deputada federal. Cristiane acabou eleita com pouco mais de 80 mil votos. Segundo a reportagem, o áudio é de uma reunião na pasta com cerca de 50 servidores.


A gravação mostra ainda a deputada indicando como os funcionários poderiam conseguir votos. “Eu preciso de uma coisa que está na mão de vocês, que é a credibilidade junto ao idoso”, disse a deputada em determinado trecho do áudio. “Se cada um no âmbito familiar me trouxer 30 fidelizados..’Pô, tu é minha mãe. Se tu não votar nela, eu perco o emprego’”, completou.

Em nota ao Fantástico, a deputada disse que desconhece o áudio e que “jamais infringiu qualquer norma ética ou jurídica relacionada às eleições”.

Na reunião de 2014 na secretaria, ao lado de Cristiane, esteve presente o então candidato a deputado estadual, Marcus Vinícius (PTB), que também pediu que os servidores conseguissem-lhe votos. Em nota, a assessoria do deputado disse que que ele “desconhece tal áudio e que, consequentemente, não pode se manifestar sobre o suposto material”.


Desde o início do ano, a deputada do PTB, filha de Roberto Jefferson, tem colecionado polêmicas. Neste sábado, 3, o Estado revelou que o Ministério Público investiga a deputada por suspeitas de associação ao tráfico de drogas. Denunciantes no inquérito dizem que assessores da deputada pagaram, em 2010, traficantes para ter “direito exclusivo” de fazer campanha na comunidade. O inquérito também apura suposto envolvimento no caso do de Marcus Vinicius. Os dois negam as acusações.

Indicada ao cargo de ministra do Trabalho pelo presidente Michel Temer, ela teve sua posse suspensa duas vezes e aguarda decisão do plenário do STF. A ação contra Cristiane alega falta moralidade administrativa da deputada, que tem contra si duas condenações por dívidas trabalhistas. Nesta semana, ela divulgou vídeo nas redes sociais em uma lancha, acompanhada de homens de torso nu, se defendendo das condenações trabalhistas.

MSN


,03/02/2018 às 08:02

Brasil precisa de ‘renovação’, diz Huck

No evento de apresentação dos cem primeiros bolsistas do RenovaBR, projeto empresarial criado para capacitar futuros candidatos ao Legislativo, realizado nesta sexta-feira, 2, no teatro do World Trace Center, em São Paulo, duas participações gravadas em vídeo chamaram a atenção dos convidados: a do apresentador e empresário Luciano Huck e a do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. A fala de Huck foi marcada por uma afirmação: “O que a gente precisa no Brasil é renovação”.

Durante a apresentação dos futuros candidatos ao Legislativo apoiados pelo Renova, Huck disse, em vídeo, que o Brasil precisa de gente “com vontade de pôr a mão na massa”. “Na minha geração eu consigo enxergar competência, gente engajada e que eu admiro em vários setores. Na política é muito difícil conseguir encontrar muita gente da nossa geração, que está a fim de servir de fato e que esteja fazendo um bom trabalho. Então, o que a gente precisa no Brasil é renovação.”

+++Bolsa para candidatos em política atrai de coronel a ativista da causa LGBT

Já FHC ressaltou a importância da “formação” e também se disse favorável à renovação: “Você não pode imaginar que a vida política seja simples, porque ela não é, é complexa. Você não pode imaginar, portanto, que as pessoas não têm alguma preparação, algum treinamento”, disse. “Isso não resolve tudo, eu sei, mas é fundamental e o RenovaBR é uma maneira de você permitir, que aqueles que se dispõem a ter uma certa disciplina vão ter um certo apoio para que possam se preparar para então enfrentar os desafios da política. Por isso, eu sou muito favorável para que haja essa renovação e que o RenovaBR faça parte disso”, completou.

As “presenças”, mesmo que virtuais, reforçaram a proximidade do tucano com Huck e o entorno do apresentador. A amizade entre os dois é pública. Além disso, FHC já deu sinais de que a presença de Huck na eleição seria bem-vinda – principalmente se a candidatura do governador Geraldo Alckmin (PSDB) não decolar.

+++Falta de candidato forte do centro inquieta o mercado

Huck é um dos apoiadores do RenovaBR e amigo do idealizador do projeto, o empresário Eduardo Mufarej. O apresentador também faz parte ou é próximo de diversos movimentos cívicos que possuem bolsistas no próprio RenovaBR, como é o caso do Agora!, Acredito, Livres e Raps. Mesmo entre os bolsistas filiados à Rede e ao Novo, Huck é visto como um nome “pelo menos interessante” e “com qualidades para disputar a Presidência”. Em alguns casos, membros desses partidos se mostram mais animados com a ideia de uma candidatura Huck do que com as da ex-ministra Marina Silva (Rede) e o empresário João Amoedo (Novo).

Mufarej nega que o movimento possa apoiar algum candidato majoritário na próxima eleição e diz que o movimento é plural e está comprometido com bolsistas de diversas matizes políticas. Sobre Huck, Mufarej disse “ser uma pessoa com quem trocou muitas ideias no início do Renova”. Já em relação a FHC, Mufarej afirma que o ex-presidente “é um entusiasta da renovação”.

+++PPS e Agora! se unem para eleger base de apoio a Huck no Congresso

Articulação. Nos bastidores do evento, interlocutores de Huck, do PPS e dos movimentos cívicos admitem que o apresentador ainda cogita uma candidatura presidencial. Mas, para tomar qualquer decisão, ele ainda estaria esperando os resultados das próximas pesquisas. Huck quer saber se os 8% de intenções de votos da última pesquisa Datafolha representam um “piso” ou o “teto”.

No campo da articulação, Huck e os movimentos cívicos estão cada vez mais próximos do PPS. O partido pode até mudar de nome para receber candidatos oriundos dos movimentos. O nome mais provável, mas ainda não definido, seria o de “Cidadãos”. Assim, a ideia seria agregar representantes do Agora, Acredito, Livres, Raps, entre outros – além de ser o partido que lançaria Huck à Presidência. O PPS aguarda a definição dos movimentos, principalmente do Agora!.

Para o PPS, o relógio corre um pouco mais rápido. O partido preciso de uma palavra final de Huck e movimentos até a primeira quinzena de março. Isso para não atrapalhar outras alianças caso o projeto “Cidadãos e Huck” não evolua.

Na semana passada, pessoas próximas ao apresentador também estiveram com o estrategista de campanha do presidente francês Emmanuel Macron, Guillaume Liegey – que anteontem ministrou uma aula sobre campanha eleitoral para os bolsistas do RenovaBR. Liegey chegou a declarar que Huck poderia repetir, no Brasil, o mesmo fenômeno de Macron.

+++Estrategista de Macron aposta nos ‘outsiders’

Pesquisa. Uma pesquisa feita pelo Instituto Locomotiva/Ideia Big Data para o projeto RenovaBR e divulgada durante a apresentação dos bolsistas, mostrou que 96% dos brasileiros afirmam não se sentirem representados pelos políticos em exercício. Ao mesmo tempo, 93% da população afirma que é preciso formar novas lideranças políticas para mudar o País.

Ainda de acordo com a pesquisa, 88% das pessoas acham que deveria haver mais espaço para cidadãos comuns se candidatarem. Por exemplo, 78% dizem que não votariam em um político que esteja exercendo mandato parlamentar atualmente e 74% acreditam que a própria população é quem mais tem condições de promover a renovação na política.

O presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles, afirmou que os resultados da pesquisa mostram que existe espaço para um “outsider” na corrida presidencial desse ano. “Um nome como o de Luciano Huck pode ser forte nesse contexto”, disse.


,03/02/2018 às 08:02

Além de gols e jogadas de efeito, Neymar coleciona polêmicas nos primeiros seis meses de PSG

Neymar foi apresentado à torcida do PSG no início de agosto do ano passado. Passados seis meses, o brasileiro tem conseguido demonstrar em campo todo o seu talento, com belos gols, assistências e jogadas de efeito. Mas, por outro lado, Neymar também tem colecionado polêmicas, dentro e fora das quatro linhas, com a camisa do clube

O desempenho nos gramados tem empolgado a torcida do Paris Saint-Germain. Até o momento, Neymar realizou 25 jogos na equipe francesa, somando 26 gols e 14 assistências. Nessas 25 partidas, obteve 22 vitórias, um empate e duas derrotas. O brasileiro ainda tem se notabilizado pelas jogadas de efeito e pela constante participação nas jogadas ofensivas do time. No Campeonato Francês, por exemplo, Neymar é o segundo jogador que mais criou chances de gol: 57. Ele só fica atrás de Payet, do Olympique de Marselha, que contabiliza 68 chances.

Mas se os números são positivos, Neymar, em contrapartida, tem chamado a atenção também pelas polêmicas vividas. Não raro, o brasileiro estampa as manchetes na imprensa por conta de suas atitudes. Relembre:

***ImagePlaceholder***http://cdn.espn.com.br/image/header-oferecimento/ford-logo.png

Pênaltis

Logo no começo de sua trajetória no PSG, Neymar se estranhou com Cavani. O motivo? Quem seria o batedor oficial de pênaltis da equipe. Na partida contra o Lyon, em setembro, o uruguaio pegou a bola para cobrar uma penalidade, mas Neymar não gostou e protestou. Na mesma partida, Daniel Alves chegou a entregar a bola para Neymar cobrar uma falta, e Cavani não concordou, pois desejava efetuar a cobrança. A definição a respeito do cobrador oficial da equipe ocorreu apenas em novembro, quando Cavani admitiu que o responsável seria Neymar.

Expulsão contra o Marselha, no fim de outubro

No empate do PSG contra o Olympique de Marselha por 2 a 2, fora de casa, os visitantes foram buscar a igualdade nos acréscimos, mas tiveram de lamentar a expulsão do brasileiro, aos 42min do segundo tempo. Depois de levar uma pegada de Ocampos quando o árbitro já havia marcado a falta, ele se irritou e foi para cima do argentino, que foi ao chão após leve contato do brasileiro. Resultado: amarelo para os dois. Como Neymar já tinha cartão, acabou expulso.

Esse episódio aconteceu no 11º jogo de Neymar no clube francês, levando em conta campeonato nacional e Champions League. O que significa que ele nunca foi expulso em tão pouco tempo defendendo as camisas que já vestiu ao longo da carreira quanto pelo PSG.

Relação com o técnico, de acordo com a imprensa

Os jornais franceses Le Parisien e L'Équipe noticiaram uma suposta relação ruim entre o atacante e o técnico Unai Emery no passado. Segundo noticiou o Le Parisien no começo de novembro, o relacionamento entre ambos estava tão estremecido que Neymar sequer aguentava ficar no mesmo local que o treinador. Uma das principais críticas seria com relação aos vídeos preparatórios para as partidas.

Poucos dias depois, o L'Équipe falou sobre um "abismo" na relação entre ambos.

"Nota-se em sua linguagem corporal, é muito claro. Às vezes simplesmente com um gesto com a mão ou com um olhar, deixa claro ao treinador que não lhe interessa ouvi-lo, que é necessário que deixe apenas a cargo dos jogadores", publicou o periódico.

Vaias da torcida

No dia 17 de janeiro desse ano, Neymar teve uma atuação de gala pelo PSG na partida contra o Dijon. O brasileiro anotou quatro gols, deu duas assistências e protagonizou vários dribles e lances de efeito. Mas, mesmo assim, foi vaiado por boa parte da torcida do PSG presente ao estádio. Isso porque, no segundo tempo, o brasileiro não deu a bola para Cavani cobrar uma penalidade. Se convertesse, o uruguaio chegaria, na ocasião, aos 157 gols com a camisa do PSG, ultrapassaria Ibrahimovic e se isolaria como maior artilheiro do clube. Mas foi Neymar que bateu. Parte da torcida não perdoou, vaiou o brasileiro, e a relação de Neymar com os fãs ficou estremecida por um tempo.

'Trollada' em rival

Na última terça-feira, diante do Rennes, Neymar se envolveu em nova polêmica. Depois do atacante fazer uma falta, ele ofereceu a mão a Traoré, que estava caído no chão. Quando o adversário iria aceitar a ajuda para se levantar, porém, Neymar retirou a mão e saiu rindo. A atitude foi reprovada por boa parte da imprensa mundial.

Na mesma partida, Neymar ainda dominou um passe com as costas, deixou a bola ir para o chão e deu um chapéu no marcador. Os rivais, claro, não gostaram e pararam o lance com falta.


,03/02/2018 às 08:02

“Sósia” de Anitta, bailarina manda recado após deixar “Domingão”

Em desabafo no Instagram, a bailarina Tainá Grando revelou aos fãs que não é mais integrante do balé do Faustão. A profissional faz parte do elenco do Domingão do Faustão há sete anos. “Foram 7 anos de muito aprendizado dentro da TV Globo e hoje, graças a Deus, consigo explicar tudo o que aprendi nos meus outros trabalhos e projetos“, declarou nesta quinta (1º). A jovem ficou conhecida como “sósia” da cantora Anitta pela semelhança entre as duas.

“A vida é feita de ciclos e a minha etapa no balé do Faustão se encerra com muita gratidão por todos esses anos, por tudo que vivi, pelas experiências, amizades que eu fiz, pessoas que conheci e é isso que a gente leva pra vida, independente de estar trabalhando junto ou não. Aliás, não sei como agradecer tanto carinho e apoio dos amigos que fiz lá. Choro de emoção escutando e lendo cada mensagem. Aí eu vejo que valeu a pena trilhar o meu caminho nesse mundo louco que é a televisão, sempre pelo caminho do bem, sem passar por cima de ninguém, sem buscar atalho. Simplesmente sendo eu… mostrando meu trabalho, dando o meu melhor, me dedicando, estudando, sempre intensa, questionadora e respondona às vezes“, escreveu a bailarina.

Ela continua: “Essa sou eu, movida a desafios. E depois de muito tempo fazendo a mesma coisa eu já estava sentindo necessidade de mudança. Então chegou a minha hora. Sou muito abençoada por conquistar tantas coisas durante todos esses anos. Entrei lá eu era uma menina de 19 anos e hoje saio uma mulher. Como bailarina fiz todos os quadros do programa que vocês possam imaginar (Dança dos Famosos, Show dos Famosos, Ding Dong, Imitadores, Truque VIP, vários musicais, Melhores do Ano), até coreografar eu coreografei!“, relembrou a dançarina.

“Trabalhei viajando com a produção, fui repórter do GShow. Aproveitei cada minuto e cada oportunidade. Se não fiz mais foi porque não era para ser e a vida é isso, tem coisas que não acontecem e a gente só vai entender lá na frente. E como tudo passa tão depressa, não dá para ficar esperando acontecer. Existe um mundo inteiro para viver e eu quero desbravar esse mundão. Então seja o que Deus quiser! Isso é uma apenas uma despedida do Domingão porque vou continuar nessa luta pela arte-dança sempre e conto com vocês“, finalizou. Confira:

Nos comentários, a bailarina recebeu o apoio dos fãs: “Que pena! Só assistia o Faustão para ver você dançando lá, sua linda! Mas muito sucesso na nova jornada!“, escreveu uma seguidora. “Boa sorte nessa nova etapa da sua vida! Vou sentir sua falta no Domingão. Deus te abençoes e ilumine sempre!“.

MSN


,02/02/2018 às

INSS vai liberar aposentadoria por tempo de contribuição pela web

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai facilitar a concessão da aposentadoria por tempo de contribuição. A partir da segunda semana deste mês, os segurados não precisarão se deslocar até uma agência do INSS para dar entrada no pedido de aposentadoria. O requerimento poderá ser feito pela internet.

A mudança faz parte das mudanças implementadas desde o ano passado para facilitar a concessão de benefícios previdenciários. Desde setembro, o INSS passou a conceder a aposentadoria por idade de forma automática, sem a necessidade de ir até a agência.

Pelo sistema tradicional, o segurado precisa primeiro telefonar ou agendar pela internet um dia e horário para ir até a agência do INSS para entregar os documentos necessários para requerer a aposentadoria. No novo modelo, o segurado que cumprir os requisitos necessários para a aposentadoria entra em contato com o INSS por telefone ou internet e faz a solicitação. Se a base de informações do INSS constatar que o segurado cumpriu as exigências, a aposentadoria é então concedida.

O INSS alerta que por isso é importante que os dados do trabalhador segurado estejam corretos na base de dados. No caso da aposentadoria por idade, o segurado é avisado antes do aniversário que cumpriu os requisitos necessários para o benefício: 15 anos de contribuição e ter 65 anos (homens) ou 60 anos (mulheres). Ele então decide se quer ou não se aposentar por idade. Já foram concedidas 200 aposentadorias por idade de forma automática, sendo que 300 segurados preferiram não dar andamento ao pedido.

Outros benefícios também poderão ser concedidos e realizados automaticamente a partir de fevereiro, como salário-maternidade. Também será possível fazer a atualização de endereço diretamente pelo site do INSS – hoje é preciso ir até uma agência ou ligar para o 135.

MSN


,02/02/2018 às

TSE dá cinco dias para Huck, Faustão e Globo se manifestarem em ação movida pelo PT

O ministro Napoleão Nunes Maia, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu prazo de cinco dias para que a Rede Globo e os apresentadores Luciano Huck e Fausto Silva se manifestem sobre a ação movida contra eles pelo PT.

O partido considera que houve campanha eleitoral antecipada durante a participação de Huck no programa dominical da emissora, que foi ao ar em 7 de janeiro.

Durante o Domingão do Faustão, Huck, que é citado como candidato a presidente, falou de política e combate à corrupção.

"Entendo que, para melhor e mais ponderada apreciação da situação processual e material que ora se manifesta, cumpre determinar, o que ora faço, sejam as partes Representadas regularmente intimadas para manifestarem-se no prazo de 5 (cinco) dias, querendo-o, conforme entenderem de seu direito ou da defesa de seus interesses", diz o despacho do ministro do TSE.

Apesar de ter declarado que não será candidato, o nome de Huck continua aparecendo nas pesquisas de intenções de voto.

++ Cenário sem Lula na disputa presidencial altera táticas de pré-candidatos

No levantamento do Datafolha divulgado nesta quarta-feira, 31, o apresentador empata com o governador Geraldo Alckmin, do PSDB, em um cenário sem a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


,01/02/2018 às

Policial civil reage a assalto e é morto dentro de supermercado no Rio

O policial civil Renato Laelson Batista foi morto na tarde desta quarta-feira (31) dentro do supermercado Prezunic, na Avenida Dom Héllder Câmara, em Benfica, zona norte do Rio. Laelson foi surpreendido por dois homens que entraram na loja para roubar o cordão de ouro da vítima, reagiu e feriu um dos criminosos, que acabou preso por seguranças. Atingido pelos criminosos, o policial morreu na hora.

De acordo com a Delegacia de Homicídios, foi instaurado procedimento para apurar as circunstâncias do assalto que culminou na morte de Laelson Batista, que estava de folga e reagiu baleando um dos homens que o atacaram. O assaltante ferido foi encaminhado para um hospital, onde está sob custódia. O outro conseguiu fugir.

O policial era lotado na Coordenadoria de Fiscalização de Armas e Explosivos. Desde o início do ano, 14 policiais foram mortos no estado (12 militares e dois civis). Uma das vítimas foi o delegado Fábio Monteiro, morto no dia 19 na Favela do Jacarezinho.

Tenente é sepultado

Nesta quarta-feira foi enterrado o corpo do tenente da Polícia Militar (PM) Eduardo Barros de Almeida, de 30 anos. Ele morreu ontem (30) à tarde, após ser baleado em uma operação no Parque Royal, na Ilha do Governador, zona norte da cidade. Segundo a PM, policiais do 17º Batalhão (Ilha do Governador) foram recebidos a tiros por criminosos e, durante o confronto, o oficial foi atingido. Ele chegou a ser levado para o Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador, mas não resistiu aos ferimentos. O militar estava na corporação desde 2011.

Recompensa

O Portal dos Procurados do Disque-Denúncia está oferecendo recompensa de R$ 5 mil por informações que levem à prisão dos autores da morte do militar. Com informações da Agência Brasil.


,01/02/2018 às

Motorista é assassinado a tiros em semáforo em rodovia do CE

Um homem foi assassinado a tiros dentro de seu carro na região metropolitana de Fortaleza (CE), no final da tarde desta quarta-feira. Os próprios criminosos filmaram a ação e o vídeo foi divulgado nas redes sociais.

Segundo o portal G1, a execução aconteceu na rodovia CE-040, na região do 4º Anel Viário, e foi motivada por uma dívida da vítima. Ainda conforme o G1, o homem morto foi identificado como Caio César Siqueira Sisnando, de 29 anos, que dirigia uma caminhonete branca modelo L-200. Ele teria sido socorrido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no município de Eusébio, a cerca de 25 quilômetros da capital cearense, mas não resistiu aos ferimentos.

Nas imagens, é possível ouvir o criminoso planejando o assassinato e dizendo, antes de descer do carro, que “vai ser agora a pegada”. Ele orienta o comparsa, que dirigia e parou ao lado do veículo de Sisnando, a filmar o crime. Em seguida, é possível ouvir sete disparos, que atingem o vidro dianteiro direito, e ver a caminhonete dando partida. O assassino persegue o carro a pé e atira mais quatro vezes, até que a picape bate no poste que sustenta um semáforo.

“Pisa, pisa, pisa”, diz o criminoso ao motorista, antes de perguntar se ele fez mesmo a filmagem. “Foi sal [deu certo], foi sal, foi sal viu, foi sal, meus irmãos. ‘Escangotei’ a bruta no boneco, agora, bem quentinha. Foi sal, mais um. Foi sal, viu”, afirma ele, que toma o celular e filma a pistola usada na execução.

De acordo com o jornal O Povo, de Fortaleza, os criminosos foram presos pela polícia no início da noite.

Crise na segurança no CE
O Ceará passa por uma crise na segurança pública nos últimos dias, com conflitos entre facções criminosas dentro e fora de penitenciárias.

No último sábado, catorze pessoas foram assassinadas a tiros em uma casa de forró no bairro Cajazeiras, em Fortaleza. Por volta das 0h40, um grupo armado invadiu uma festa no local e abriu fogo contra dezenas de pessoas. Seis das vítimas eram homens e oito, mulheres – duas delas menores de idade.

A chacina levou o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), a anunciar a criação de uma força-tarefa para investigar as mortes.

Na manhã de segunda-feira, dez presos da Cadeia Pública de Itapajé, a cerca de 125 quilômetros da capital, foram mortos por detentos de uma facção criminosa rival. Depois das execuções, o presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará (Copen), Cláudio Justa, declarou que o conflito teria ligação com a chacina de Cajazeiras.


,31/01/2018 às 08:06

SBT dá resposta após Grupo Globo comprar o “Chaves”

Nesta terça (30), o UOL revelou que o Grupo Globo adquiriu os direitos para a transmissão dos seriados Chaves e Chapolin — clique aqui para saber mais. Segundo a publicação, a Globosat firmou parceria com a rede mexicana Televisa e o Grupo Chespirito e comprou os direitos de exibição dos programas, que estão no ar há 33 anos pelo SBT.

A estreia será no canal pago Multishow. No entanto, os fãs não precisam se desesperar: Chaves segue firme e forte na rede comandada por Silvio Santos. Os episódios também estarão disponíveis no serviço de streaming da Globosat. Não à toa, após tantos anos na grade do SBT, fãs foram surpreendidos pela novidade — e não faltaram piadas.

MSN


,31/01/2018 às 08:06

Superlua, Lua azul e Lua de sangue acontecem nesta quarta

Nesta quarta (31) ocorrerá uma conjunção astronômica pouco comum. Teremos, ao mesmo tempo, as chamadas Superlua, Lua azul e Lua de sangue - esta uma consequência de um eclipse lunar total. A Nasa (agência espacial americana) vem chamando essa convergência lunar de "Superlua azul de sangue" (Super Blue Blood Moon, em inglês).

Os brasileiros, no entanto, com exceção de quem vive em algumas localidade do extremo Norte, não poderão observar o eclipse. A maioria da população terá de se contentar com a Superlua, fenômeno que ocorre várias vezes ao ano.



A Superlua ocorre quando a Lua está cheia e no momento de máxima aproximação de nosso planeta, o chamado perigeu. O efeito é um brilho do nosso satélite natural 14% maior do que o normal. A Lua azul é o nome dado dado à segunda lua cheia que acontece em um mesmo mês. Apesar do nome, não há alteração de sua cor.

Já a Lua de sangue ocorre durante um eclipse lunar total, quando a sombra da Terra se projeta sobre a Lua, deixando-a avermelhada. O efeito se dá pela refração de raios de luz solar que são desviados pela atmosfera da Terra e acabam chegando à Lua, mesmo encoberta pela sombra do nosso planeta.

A "Superlua azul de sangue" será melhor observada no costa oeste do EUA, na Ásia e na Oceania. Com informações da Folhapress.


,30/01/2018 às 08:05

ProUni 2018 libera consulta por vagas

Os interessados em tentar uma bolsa de estudos pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) já podem consultar as vagas que estarão disponíveis no processo seletivo do primeiro semestre de 2018.

Consulte as vagas do ProUni 2018.1
O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior. Segundo o Ministério da Educação (MEC), esta será a maior oferta desde que o programa foi criado, em 2005: serão 242.987 vagas em 2.976 instituições.

O período de inscrições no ProUni vai de 6 a 9 de fevereiro. Os cursos terão início ainda no primeiro semestre de 2018.

Na inscrição será possível escolher até duas opções de instituição, local de oferta, curso, turno e tipo de bolsa pretendida. Do total, 113.863 são integrais, das quais 37.604 são para cursos na modalidade educação a distância (EaD). Há ainda 129.124 bolsas parciais.

Quem pode se inscrever
Podem concorrer às bolsas integrais os candidatos com renda per capita mensal de até 1,5 salário mínimo; já para as parciais é preciso ter renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Calendário
A primeira chamada do ProUni está prevista para 12 de fevereiro, com período de comprovação de informações para matrícula entre os dias 15 e 23 do mesmo mês.

A segunda chamada deve ser divulgada em 2 de março, com matrícula entre 2 e 9 de março.

A inscrição na lista de espera para quem não foi selecionado nas duas primeiras etapas será de 16 a 19 de março.

MSN


,30/01/2018 às 08:05

Menino de 3 anos morre após tomar vacina contra febre amarela

Um menino de 3 anos e meio morreu sete dias depois de ter tomado a vacina contra a febre amarela. A informação foi confirmada por familiares e pelo Hospital e Maternidade Renascença, de Osasco.

Gabriel (nome fictício) foi imunizado no dia 12, segundo familiares, sob autorização de sua pediatra. A família vive em Carapicuíba, cidade não considerada área de risco e ainda sem nenhum registro da doença – embora haja campanhas de vacinação em nove bairros do município.

A vacina pode causar algumas reações, como febre e mal-estar, mas casos que levam à morte são raros – de acordo com a Secretaria de Saúde, a estimativa é de uma a cada 450 000 aplicações. Em São Paulo, três pessoas morreram por reações adversas graves da vacina da febre amarela desde janeiro do ano passado.

Segundo familiares, os primeiro sintomas surgiram no dia seguinte à imunização, quando ele teve crises de vômito e febre de 39 graus. No dia 14, o menino foi encaminhado à médica, que receitou analgésicos. Ele não melhorou e deu entrada no hospital Renascença pela primeira vez no dia 17, mas liberado depois de uma bateria de exames com suspeita de resfriado. “Não deu nenhuma alteração”, diz um parente que preferiu não se identificar.

Gabriel voltou ao hospital no dia 19, onde teve uma crise convulsiva, vômitos e sofreu uma parada cardiorespiratória. Houve tentativas de reanimação e ele foi entubado, mas não resistiu.

O hospital diz ter sido informado sobre a vacina somente neste dia, mas a família contesta. “Desde a entrada nós fizemos questão de dizer que ele tinha tomado a vacina, ele deveria ter sido internado depois dos exames”. O laudo do SVO (Serviço de Verificação de Óbitos), segundo parentes, classificou a morte como “suspeita de reação adversa à vacina de febre amarela”.

A instituição e os pais da criança esperam agora o laudo do Instituto Médico Legal de Osasco para confirmar oficialmente se a morte foi causada por reação à vacina. O prazo mínimo é de dez dias.

MSN


,29/01/2018 às 08:00

‘Previdência não prejudica os pobres’, diz Temer a Silvio Santos

Continuando seu esforço para aprovar a reforma da Previdência, o presidente Michel Temer (PMDB) afirmou, em entrevista gravada e exibida pelo Programa Silvio Santos, no SBT, que a mudança nas aposentadorias “não prejudica os mais pobres”. “Só quem ganha 15, 30, 40.000 reais que vai ter alguma consequência”, disse o presidente, que enfatizou o período de adaptação, que só deve estabelecer a idade mínima de 65 anos daqui a duas décadas

Ao longo de cerca de vinte minutos de participação de Temer, Silvio Santos e o peemedebista se alternaram em defesas enfáticas da Reforma. O dono do SBT ressaltou a argumentação do governo de que, se a proposta apresentada à Câmara não for aprovada, “em dois ou três anos” o governo poderá não conseguir mais arcar com a folha de pagamento.

“Nós não podemos mexer no dinheiro da Previdência. Se nós não aprovarmos a Reforma, e isso não é piada, daqui dois ou três anos o governo não terá mais dinheiro para pagar as aposentadorias”. Temer citou os casos de países europeus, como Grécia e Portugal, e disse que a reforma pode ameaçar “30 ou 40% dos vencimentos dos funcionários públicos”.

Silvio Santos comparou a presença do presidente em seu programa a outros momentos “históricos”, como o confisco das poupanças no governo Collor e a Unidade Real de Valor (URV), medida inicial do Plano Real nos anos 1990. Dizendo que Temer “foi obrigado a ser presidente” após o impeachment de Dilma Rousseff (PT), o apresentador o questionou sobre a expectativa para a atuação dos deputados durante a votação.

O presidente disse que “hoje há uma compreensão na sociedade” para a importância da reforma e que “os deputados têm consciência disso e pensam no país”. Temer disse que espera que “as colegas de trabalho”, como o dono do SBT chama as mulheres que comparecem ao seu programa, ajudem a “sensibilizar” os parlamentares para que as mudanças na Previdência sejam aprovadas.

“Eu penso em deixar um legado histórico. Quero que as pessoas pensem no futuro que aquele presidente reformou o Brasil”, concluiu. Ele ainda fez uma piada e repetiu um gesto do apresentador, dando a Silvio Santos uma nota de 50 reais, como este faz com seu auditório.

Campanha
Nas últimas semanas, o presidente se engajou em um esforço para popularizar a reforma da Previdência e reduzir a resistência entre deputados. Neste sábado, uma entrevista com Temer foi uma das principais atrações da estreia do novo programa do apresentador Amaury Júnior na Band.

Durante a conversa, que versou sobre temas da vida pessoal do peemedebista, ele disse ter expectativa de que a reforma será aprovada pela Câmara em fevereiro e negou que possa ser candidato à reeleição nas eleições de 2018. Depois da entrevista para Silvio Santos, Temer irá a dois programas populares nesta segunda-feira: pela manhã, estará na Rádio Bandeirantes com o jornalista José Luiz Datena. À noite, volta ao SBT para participar do Programa do Ratinho.

MSN


,29/01/2018 às 08:00

Questionada sobre namoro, Ludmilla dá fora em Faustão

Questionada pelo apresentador sobre sua vida sentimental, a cantora acabou saindo pela 'tangente' com uma frase, digamos, irreverente.

"Ludmilla, você está namorando sério?", perguntou o veterano.

Sem pensar duas vezes, a funkeira rebateu: "Sou muito engraçada para namorar sério".

Nas redes sociais, a resposta da famosa rendeu elogios. "Nossa, adorei o modo como a Lud falou com o Faustão", disse uma internauta no Twitter. "Lud detonando o Faustão", divertiu-se outra. Já uma terceira zombou: "Podia ter dormido sem essa, hein, Faustão?".


,27/01/2018 às 08:20

No STJ, avaliação é de que Lula tem chance reduzida de vitória

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem pouquíssimas chances de vitória no Superior Tribunal de Justiça (STJ), de acordo com avaliação de ministros do tribunal ouvidos reservadamente pelo Estado. No STJ, a percepção é de que a situação do petista se complicou após o placar unânime de 3 a 0 na 8.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), que aumentou a pena de prisão do ex-presidente em regime fechado no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Tanto no STJ quanto no Supremo Tribunal Federal (STF), os votos dos três desembargadores do TRF-4 foram considerados bem fundamentados, técnicos e consistentes, enquanto as declarações de Lula no sentido de que não respeitará decisão judicial provocaram péssima repercussão. Para um ministro do STF, uma coisa é a briga política, outra é a batalha judicial, que tem de ser técnica.

Segundo o Estado apurou com seis integrantes do STJ, as chances de o petista conseguir uma liminar favorável do ministro Felix Fischer (relator de casos da Lava Jato no STJ) é vista como pouquíssima e até mesmo improvável. Fischer é considerado um ministro de perfil técnico, rigoroso e um dos maiores nomes da área penal do tribunal. Nascido na Alemanha pós-guerra e naturalizado brasileiro, Fischer atuou como procurador de Justiça do Ministério Público do Paraná e foi nomeado pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso ao STJ, onde está há 21 anos. Para um colega, o ministro defende com muita firmeza seus pontos de vista e conhece em profundidade o direito penal.
O cenário também é considerado desfavorável ao ex-presidente na Quinta Turma do STJ, colegiado especializado em direito penal composto por Fischer e outros quatro ministros: Jorge Mussi, Reynaldo Soares, Ribeiro Dantas e Joel Ilan Paciornik. Integrantes do tribunal apostam, que, no melhor dos cenários, Lula seria derrotado por 3 a 2. Procurada pela reportagem, a assessoria do STJ informou que Fischer está de férias e não daria entrevista.

No STJ, magistrados admitem que a chegada do caso de Lula dará visibilidade ao tribunal e demonstram preocupação com a segurança da Corte e dos colegas que ficarão responsáveis pela análise de um eventual recurso.

A situação de Lula poderia ser revertida caso o Supremo Tribunal Federal (STF) decida firmar um novo entendimento sobre a possibilidade de execução de pena após condenação em segundo grau, ressaltam ministros. A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, pretende levar o tema novamente ao plenário nos próximos dois meses, conforme informou o Estado nesta quinta-feira, 25.


,27/01/2018 às 08:20

Diretoria do PSG nega querer trocar Neymar por CR7: ‘Isso é impossível’

Diante das notícias sobre uma possível transferência de Neymar para o Real Madrid, o Paris Saint-Germain deixou claro que está bem calmo quanto a permanência do craque. De acordo com informações do jornal espanhol Marca, o clube francês se manifestou sobre os rumores de uma possível troca envolvendo Cristiano Ronaldo. “Isso é impossível”, teria dito a diretoria do time parisiense.

O PSG defende que Neymar e o pai dele estão felizes na capital francesa, dando a entender que dificilmente o brasileiro vá para o futebol espanhol.

Na última terça-feira (23), o jornal francês “L’Equipe” publicou uma entrevista com o jogador Leo Baptistao, amigo de Neymar, que disse que o camisa 10 do PSG está “muito feliz na cidade com sua família e amigos”.

Por outro lado, Neymar é o principal objetivo do Real Madrid para a janela de transferências de julho. O presidente Florentino Pérez não esconde de ninguém que sonha ver o brasileiro com a camisa branca do clube.

MSN


,27/01/2018 às 08:20

Juiz conclui que houve ‘tortura’ em programa de Rodrigo Faro

O apresentador Rodrigo Faro e a TV Record foram condenados a indenizar Walmor Ferreira, que em 2014 participou do quadro de transformação Arruma meu Marido, no programa Melhor do Brasil. Na ocasião, Ferreira teve doze dentes extraídos em apenas dois dias, tratamento que, mais tarde, afetou ainda mais sua aparência, além de causar-lhe dores, entre outros problemas bucais. “Todos esses fatos levam à conclusão que o autor [Ferreira] foi submetido a tortura física e emocional, o que não é possível admitir e considerar ‘normal’”, diz o juiz Yale Mendes, da 7ª Vara Cível de Cuiabá.

Segundo a sentença do magistrado, o canal e o apresentador deverão pagar 137.870 reais para custear despesas relativas ao tratamento odontológico e bucal e danos morais.

Ao ser escolhido pelo programa, Ferreira aceitou parar de fazer barba e cabelo ao longo de nove meses, para piorar a aparência antes da transformação. Foi prometido que ele teria um tratamento dentário — ele contava com dezenove dentes —, porém, a clínica optou pela extração no rápido período de doze dentes. Em seguida, ele foi “obrigado a fazer o molde da prótese dentária e a usá-la com a boca inchada e extremamente dolorida”. Segundo Ferreira, ele foi aconselhado a não movimentar a boca de forma brusca durante a conversa com Faro no programa, “uma vez que a prótese móvel (dentadura) poderia se soltar da gengiva”.

Além da dor, Ferreira sofreu perda da parte óssea nas áreas onde os dentes foram extraídos, fazendo com que ele precise de enxerto ósseo e colocação de implantes. O procedimento ainda pode causar problemas na mandíbula, causando mais dores e dificuldades na mastigação.

No processo, ele afirma que passou quatro meses se alimentando de líquidos e que, ao reclamar com a produção do programa, recebeu por Sedex uma prótese dentária móvel que não fixa em sua boca. Ferreira teve que vender uma moto para confecção de quatro próteses móveis e desenvolveu fobia social, por ser alvo de chacota em público.

Em resposta à reportagem de VEJA, a Record afirmou que prefere não comentar o caso.


,25/01/2018 às 08:03

Trem descarrila e deixa ao menos 3 mortos perto de Milão, diz autoridade do corpo de bombeiros

Por Francesca Landini

Um trem descarrilou perto da capital financeira da Itália, Milão, deixando entre três e cinco mortos nesta quinta-feira, disse uma autoridade do corpo de bombeiros da cidade.

Em comunicado, a companhia ferroviária estatal Ferrovie dello Stato informou que um trem regional, operado pela Trenord, descarrilou na estação Pioltello Limito, a cerca de 40 quilômetros de Milão, sem dar detalhes sobre possíveis vítimas.

"Há entre três e cinco mortos no acidente, pelo o que sabemos no momento", disse à Reuters a autoridade do corpo de bombeiros.

Imagens de televisão mostraram bombeiros tentando remover pessoas presas dentro dos vagões do trem, que entortaram com o impacto.

MSN


,25/01/2018 às 08:03

Moça do tempo da Globo cutuca espinha e contrai infecção

Izabella Camargo, moça do tempo da TV Globo, usou seu Instagram, na última quarta-feira (24), para alertar os seguidores sobre um problema. A jornalista contraiu uma grave infecção após cutucar uma espinha.

“Estou publicando essa foto para alertar sobre uma atitude que parece banal. Fui tirar uma pequenina e 'inofensiva' espinha da pele, entre a orelha e o pescoço. Inchou, inflamou, comecei a sentir febre e fui orientada pela médica a nunca mais mexer nos gânglios”, explicou em sua rede social.

E destacou: “As bactérias podem cair no sistema linfático e aí as consequências podem ser mais graves. Uma semana de antibiótico e anti-inflamatório. Vivendo e aprendendo.”

Vale lembrar que Izabella Camargo eventualmente apresenta o "Hora 1", da emissora carioca, nas folgas de Monalisa Perrone.

MSN


,24/01/2018 às 08:12

Neymar tenta anular envio de prova à Espanha, mas é derrotado na Justiça

Investigado no Brasil e na Espanha por supostamente ter praticado os crimes de sonegação de tributos, falsidade ideológica e fraude, Neymar sofreu derrota na Justiça ao tentar barrar cooperação internacional entre os dois países. O jogador do PSG tentava anular ato do procurador Thiago Lacerda Nobre, chefe do Ministério Público Federal de São Paulo, que enviou às autoridades espanholas documentos extraídos do Procedimento Investigatório Criminal que apura eventual crime contra a ordem tributária cometido pelo atacante.

O caso corre em segredo de Justiça, mas o Estado apurou que, entre os documentos enviados pelo MPF à Espanha, está uma troca de e-mails entre integrantes da N&N Consultoria, empresa responsável por administrar a carreira do craque, e o pai do jogador, Neymar da Silva Santos. Na conversa, eles teriam acertado uma série de acordos com o objetivo de sonegar impostos durante o processo de transferência do jogador do Santos para o Barcelona.

O MPF acusa Neymar de ter usado uma das empresas da família, a N&N Consultoria, para receber empréstimo de 10 milhões de euros (R$ 39,5 milhões pela cotação atual) do Barcelona em novembro de 2011. O empréstimo, segundo os investigadores, serviu apenas para tentar dissimular o pagamento adiantado de uma parcela para assegurar a contratação futura do jogador. Em 2013, o clube catalão teria depositado mais 30 milhões de euros (R$ 118,7 milhões) na conta da N&N Consultoria.

Como parte do suposto esquema fraudulento relatado nos e-mails, ainda foram assinados três acordos comerciais entre Neymar, seu pai e o Barcelona. O contrato “de gestão e representação” repassava à N&N Consultoria 5% dos rendimentos pagos pelo Barcelona ao atacante. O “contrato de imagem” garantia a outra empresa familiar, a N&N Administração de Bens, pagamentos sobre a exploração publicitária do jogador. Por fim, pelo contrato “de arrendamento de serviços profissionais”, caberia à N&N Consultoria assessorar o Barcelona na observação de jogadores das categorias de base do Santos em troca de 400 mil euros anuais (R$ 1, 5 milhão) por cinco temporadas, totalizando 2 milhões de euros (R$ 7,5 milhões).

Para tentar anular a validade do envio desses documentos à Espanha, Neymar e seus advogados alegaram que o compartilhamento das provas foi ilegal. Por isso, pediram para a Justiça “suspender os efeitos jurídicos do procedimento de cooperação jurídica internacional, diante da probabilidade de ilicitude das provas ali carreadas, determinando-se ao Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional do Ministério da Justiça e Cidadania o envio de ofício às autoridades espanholas”.

O desembargador federal Nino Toldo, do Tribunal Regional Federal da 3.ª Região, no entanto, indeferiu o pedido de liminar e justificou não ter havido “ilegalidade ou abuso de poder” no ato do procurador Thiago Lacerda Nobre de enviar os documentos à Espanha. Em outra decisão, publicada no último dia 15, Toldo também indeferiu pedido de Neymar e seus advogados para que o Departamento de Cooperação Internacional do Ministério da Justiça comunicasse a Justiça da Espanha sobre existência do pedido de anulação do envio de documentos.

A assessoria de Neymar informou ao Estado que, como o processo corre em segredo de Justiça, não iria se manifestar.

Desde 2015, a Justiça mantém bloqueados R$ 193 milhões em bens de Neymar por causa de multas e impostos cobrados ao jogador do PSG pela Receita Federal. O valor era R$ 188 milhões, mas foi corrigido. Neymar é acusado de usar empresas da família para pagar menos imposto e não quitar seus tributos como pessoa física

Em julgamento no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), Neymar obteve vitória em processo fiscal e seus advogados estimam que a cobrança da Receita Federal deve ser reduzida em até 70%.

O Ministério Público Federal chegou a denunciar Neymar por sonegação de tributos e falsidade ideológica, mas a Justiça arquivou o pedido por entender que a ação penal só é possível depois de encerrado o procedimento na esfera administrativa na Receita Federal.
Na Espanha, o jogador é investigado por fraude na transação com o Barcelona. A Justiça espanhola descobriu que o clube pagou 83,3 milhões de euros (R$ 329,7 milhões) pelo jogador depois de, inicialmente, ter anunciado que o negócio custou 57,1 milhões de euros (R$ 226 milhões).

MSN


,24/01/2018 às 08:12

Brasileira presa na Síria por 21 dias: “Eu era feliz e não sabia”

“Às vezes não gosto de falar sobre essa história, porque é tristeza demais, muito arrependimento”, diz Juliana Cruz pouco menos de três meses após desembarcar no Brasil depois de 21 dias presa em um centro de detenção da inteligência na Síria.

A auxiliar administrativa de 24 anos deixou Cuiabá e viajou para Damasco em 13 de novembro em busca de “uma aventura”: sua primeira viagem internacional. Durante uma campanha de arrecadação de fundos para refugiados e soldados daquele país na capital do Mato Grosso, conheceu uma família de sírios pela internet –com quem conversava por meio de ferramentas de tradução online–, que a convidou para passar 15 dias em sua casa e mostrar a realidade do país.

“Várias pessoas me ajudaram na campanha. Paguei uma cirurgia para um soldado amigo dessa família e depois continuamos conversando por mensagem”, conta Juliana. “Foi quando eles me convidaram para ir para lá, ver tudo de perto. Quis me aventurar, não tenho filho, nada que me prenda”, diz.

“Eu era feliz e não sabia.”

— Juliana Cruz
Juliana não podia imaginar que seria presa sem justificativas e mantida em celas minúsculas, comendo nada mais que uma fruta a cada cinco dias. “Eu era feliz e não sabia”, diz. “Pesquisei sobre a cidade e sobre o caminho que percorreria, mas não foquei na situação do governo, na hierarquia do país. Esse foi meu erro”, admite.

Amigas próximas da jovem suspeitavam que ela teria se apaixonado por um dos sírios com quem conversava pela Internet, um rapaz chamado Zakharia. Chegaram inclusive a dizer que Juliana viajou para se casar. Mas ela nega essa versão e aponta para o fato de que mantinha um relacionamento de quatro anos em Cuiabá — o namorado rompeu com ela após a viagem por suspeitar da versão das amigas.

A viagem
Juliana pediu para uma colega de trabalho comprar as passagens em seu nome: 5.200 reais parcelados em oito vezes. Não contou para a família ou namorado o destino de suas férias. Para sua mãe, disse que iria ao Líbano. “Se eu soubesse para onde estava indo acorrentava ela, bloqueava a passagem”, diz a mãe, Kátia Oliveira, de 46 anos.

Para poder viajar, tirou o visto de turismo na embaixada síria em Brasília. “Deram um visto em 20 minutos. Pensei que tudo devia estar tranquilo mesmo no país, não dificultarem em nada”, afirma a moça, que também ouviu de seus amigos sírios que a viagem seria segura.

“Quis me aventurar, não tenho filho, nada que me prenda.”

— Juliana Cruz
Na madrugada do dia 16 de novembro, Juliana desembarcou em Beirute, capital do Líbano, país vizinho à Síria. Ali, encontraria uma guia brasileira, Carla Mussallam, que a ajudaria na tradução e no seu primeiro dia no Oriente Médio.

A guia vinha insistentemente advertindo Juliana de que, ao contrário do que seus contatos haviam informado, a viagem à Síria era muito perigosa. No último minuto, no entanto, a mato-grossense desistiu da ajuda de Carla e acabou viajando sozinha de carro até Damasco, capital da Síria, com um vizinho da família que visitaria — um trajeto que em condições normais levaria pouco mais de duas horas.

Após passar por diversos postos de controle militar libaneses e sírios para a conferência do passaporte e do visto, Juliana finalmente chegou a seu destino ainda na manhã do dia 16, onde toda a família já aguardava por ela. “Me trataram muito bem”, conta Juliana. Entretanto, as férias da brasileira duraram muito pouco: ela foi presa naquele mesmo dia, à noite, quando um oficial do Exército compareceu à casa em que estava hospedada e pediu que ela o acompanhasse para mais uma checagem de documentos.

Juliana foi levada a uma base militar, também em Damasco, e logo em seguida a um centro prisional. “Não tinham motivos para me prender. Eu não fiz nada, tinha visto, passaporte, estava legal”, diz a jovem, reconhecendo que suas expectativas quanto a uma viagem turística no país estavam totalmente erradas.

Juliana conta que Zakharia seria membro do Exército sírio e que no momento de sua detenção chegaram a mostrar-lhe fotos do rapaz. A jovem desconfia que estava sendo vigiada justamente por estar hospedada na casa de um militar.

Prisão
Juliana foi mantido em dois centros de detenção diferentes. No primeiro, dividia a cela com outras 45 mulheres, entre elas oito grávidas. O local era extremamente iluminado e vigiado 24 horas por câmeras, segundo conta. Sem camas ou cadeiras, passava o dia sentada no chão, de cócoras.

Não conseguia comer a refeição árabe oferecida todos os dias, servida em uma grande bacia para ser compartilhada. “Tentei comer quando cheguei, no meu limite de fome, mas vomitava”, conta. “Então me davam uma laranja, dia sim dia não”, diz a jovem, que também bebia água da pia do banheiro que ficava na cela e tomava o tradicional chá árabe todas as manhãs.

“Ali era bem pior, muito mais rigoroso e só me davam uma laranja a cada cinco dias.”

— Juliana Cruz
Depois de oito dias, foi transferida para outra prisão, dessa vez no centro de inteligência de Kfar Sussa, uma zona administrativa de Damasco. “Ali era bem pior, muito mais rigoroso e só me davam uma laranja a cada cinco dias”, diz Juliana, contando que dividiu a cela minúscula, sem janelas e banheiro com 18 mulheres e 9 crianças. “Era bem abafada, fiquei sufocada e passei mal várias vezes”, relata. “As carcereiras nos davam remédio para dormir e ficarmos quietas, mas eu sempre cuspia”.

Passou 13 dias confinada ali, sem poder conversar e sob constante ameaça das carcereiras. “Elas batiam em quem falasse muito. Até mesmo nas crianças”, afirma. Apesar disso, conseguiu fazer algumas amizades. “As outras presas me ajudavam, até me davam os gominhos das laranjas delas”, contou. Ainda assim, emagreceu 7 quilos durante os 21 dias em que ficou detida.

Resgate
Depois de três dias sem conseguir contactar a filha, Kátia já estava desesperada. Acionou a Polícia Federal no Mato Grosso, mas foi informada que ainda era muito cedo para a abertura de uma investigação. Buscou então a ajuda do Itamaraty e da embaixada brasileira na Síria.

“Fiquei sem comer, sem beber e sem dormir”, conta Kátia, que só descobriu que a filha estava na Síria dias após seu desaparecimento. “A cada dia as notícias pioravam. Não desejo isso para mãe nenhuma”. A família que Juliana conheceu na Síria não deu informações para a família da jovem e só contou que ela estava na prisão muitos dias após sua detenção.

“Muitas pessoas disseram que passei por tudo isso porque colhi o que plantei. Mas isso não é verdade, fiz tudo de coração.”

— Juliana Cruz
A embaixada em Damasco conseguiu localizar Juliana após muita procura. A princípio, as autoridades sírias negavam que houvesse uma brasileira presa no país. Diplomatas brasileiros acionaram então contatos mais altos na hierarquia local, que passaram a auxiliar na busca pela jovem e a negociar sua liberação.

Assim que deixou sua cela, Juliana foi levada ao Ministério das Relações Exteriores do governo de Bashar Al-Assad, onde o vice-ministro do exterior do país, Faisal Mekdad, aguardava pela jovem juntamente com três diplomatas brasileiros. Segundo Juliana, ele pediu desculpas à moça pelo ocorrido e garantiu que entraria em contato no futuro, após a guerra, para convidá-la a conhecer seu país.

MSN


,23/01/2018 às 07:48

7 sinais de que o seu celular foi hackeado (e o que fazer)

O seu celular armazena informações confidenciais sobre você, desde mensagens privadas a informações pessoais, como contatos, e-mails, contas bancárias... a lista pode chegar ao infinito.

Portanto, se hackearem seu telefone, é melhor agir o mais rápido possível. O problema é que, muitas vezes, não podemos identificar os sinais a tempo.

Mas há boas notícias: você não precisa ser um especialista em tecnologia para saber se seu telefone está comprometido.

Em alguns casos, basta prestar atenção a alguns indícios. Listamos alguns deles:

1. O aparelho fica mais lento

Se o desempenho do seu celular estiver mais lento que o normal, pode ser que algum programa malicioso ou malware esteja causando o problema.

Esse tipo de vírus pode afetar o desempenho do dispositivo, o que reflete também na velocidade em que ele se conecta à internet.

Mas saiba que isso também pode ser causado por atualizações do próprio sistema operacional, conforme foi reconhecido recentemente pela Apple.

2. Superaquecimento
Se você notar que o celular está muito quente... é um sinal ruim.

Isso pode ocorrer porque um aplicativo malware está sendo executado em segundo plano, explica a gigante de tecnologia americana Intel.

3. A bateria acaba antes do esperado
O mesmo motivo que causa superaquecimento pode provocar o desgaste da bateria.

É possível que esse efeito também ocorra devido a uma atualização do sistema, mas, se a mudança for drástica, é sempre melhor levá-la em consideração, recomenda o site Zona Móvel.

4. Recebe e envia mensagens desconhecidas
É provável que seus amigos ou familiares percebam esse sinal antes de você, caso seu celular esteja enviando sozinho mensagens por SMS ou WhatsApp.

Às vezes, são ofertas com armadilhas transmitidas na forma de vírus, de um celular para outro.

O mesmo pode acontecer com os e-mails.

O primeiro conselho a ter em mente: exclua-o imediatamente e não clique em nenhum link.

5. Janelas pop-up
Os chamados "pop-ups" geralmente são um sinal inequívoco de que algo está errado.

"Como acontece nos computadores, alguns malwares geram janelas pop-up que o convidam a executar diferentes ações", diz o especialista em segurança cibernética Joseph Steinberg.

"Se você vir 'pop-ups', lembre-se disso", alerta Steinberg.

6. Compras e aplicativos suspeitos
De onde saiu esse novo aplicativo que está instalado no seu telefone? O seu consumo de dados disparou inexplicavelmente este mês?

É possível que, além desses sinais, o valor de sua conta telefônica ou o número de mensagens de texto que você "enviou" tenha aumentado.

"Embora o fabricante ou a operadora possam ser autorizados a instalar aplicativos de vez em quando para atualizar o seu telefone, se novos programas aparecem de repente, é melhor você garantir que eles sejam legais", diz Steinberg.

O especialista recomenda procurar no Google o nome do aplicativo instalado e verificar o que outros usuários dizem sobre ele.

O mesmo acontece se o consumo de dados crescer inesperadamente: é melhor conferí-lo.

Também há casos em que hackers usam seus dados para fazer compras. Por esse motivo, especialistas recomendam que você tenha controle sobre as transações.

7. Aparência estranha e ruído de fundo
Se, ao navegar na internet, as páginas tiverem uma aparência incomum, é possível que seja devido à ação de um hacker que está controlando o dispositivo à distância.

Isso também poderia explicar comportamentos incomuns do sistema.

Finalmente, o ruído de fundo quando você faz uma ligação pode explicar que um terceiro está gravando a chamada. Se você ouvir beeps ou vozes, as chances são ainda maiores.

O que fazer?
-Instale um antivírus de confiança em seu celular (alguns são grátis);

-Desinstale os aplicativos que você não instalou;

-Evite navegar usando wi-fi público;

Desenho representa gastos com celular: Se a fatura do seu celular disparar sem motivo, é melhor ficar atento© Getty Images Se a fatura do seu celular disparar sem motivo, é melhor ficar atento
-Proteja seu telefone com uma senha difícil de decifrar;

-Não faça downloads de aplicativos de fontes desconhecidas;

Tenha cuidado ao clicar em "pop-ups";

-Mantenha seu dispositivo sempre atualizado;

-Verifique regularmente a fatura e o consumo de dados do seu telefone.

MSN


,22/01/2018 às 08:01

Cristiano Ronaldo deu o sangue pelo Real Madrid, e usou celular para conferir o ‘estrago’

Cristiano Ronaldo voltou a estufar as redes pelo Real Madrid, e literalmente deu o sangue para fazer isso.

Ao anotar o sexto gol, o seu segundo nos incríveis 7 a 1 contra o Deportivo La Coruña, pela 20ª rodada da liga espanhola, CR7 mostrou coragem. Ao cabecear a bola, após cruzamento de Lucas Vásquez, o camisa 7 dividiu com o defensor adversário e recebeu uma chuteirada.

Sangrando, o craque português usou um celular para conferir o ‘estrago’ pelo lance. Depois, seguiu em campo e comemorou timidamente o triunfo nas redes sociais: “vamos, time!”, escreveu em sua conta de Instagram.

“Estou feliz de voltar a jogar de novo, de estar neste nível e por seguir melhorando. Temos grandes jogos por vir, e desde já eu quero jogar e ganhar esse tipo de partida. Estou me sentindo bem, mas ainda não estou 100%. Mas pouco a pouco voltarei a melhor forma possível”, afirmou o meia-atacante Gareth Bale, autor de dois gols.

“Acho eu voltaremos, mas pouco a pouco e um passo de cada vez. É preciso seguir trabalhando e ganhando os próximos jogos. Na liga espanhola precisamos ser realistas, mas jamais nos rendemos e precisamos começar a ganhar os jogos”.

© Fornecido por Goal.com
“Quando você volta a jogar com Karim [Benzema] e Cristiano, é para ficar feliz. Eu me alegro em jogar com eles, e ajuda-los marcando gols”, finalizou.

Mais: Real Madrid 7 x 1 D. La Coruña: Xô, crise!! Com gols de Bale e Cristiano Ronaldo, Merengues voltam a vencer no Espanhol | Zidane enaltece o trio BBC e Casemiro mostra alívio com goleada | Oferta de 50 milhões de euros do Arsenal para Aubameyang é confirmada pelo Dortmund

MSN


,22/01/2018 às 08:01

Saiba quanto os novos BBBs vão receber de cachê da TV Globo

Os novos participantes do "Big Brother Brasil" - cuja 18ª edição estreia nesta segunda-feira (22) - não tiveram o cachê reajustado pela TV Globo este ano.

De acordo com o "Agora S. Paulo", o pagamento segue o mesmo do ano anterior. Cada integrante do programa receberá um salário mínimo por mês até junho deste ano.

De acordo com o "Agora S. Paulo", o pagamento segue o mesmo do ano anterior. Cada integrante do programa receberá um salário mínimo por mês até junho deste ano.

A atração, que estreia segunda-feira (22), promete ainda surpresas, como a possível entrada de mais dois competidores .Enquanto o programa não vai ao ar, que tal conhecer quem são os novos brothers e sisters? Saiba um pouco mais a respeito de cada um deles nas páginas a seguir!

MSN


,22/01/2018 às 08:01

Cármen Lúcia barra posse de Cristiane Brasil em ministério

Em uma nova derrota para o Palácio do Planalto, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, decidiu suspender temporariamente a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho, marcada para ocorrer às 9h desta segunda-feira. A decisão foi feita no âmbito de um processo movido por advogados trabalhistas.

A decisão foi tomada pelo fato de o STF ainda não ter recebido a decisão liminar (provisória) do ministro Humberto Martins, vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que no sábado, 20, cassou decisão da Justiça Federal de Niterói (RJ), que impedia a posse.

“Pelo exposto, com base no poder geral de cautela (caput do art. 297 do Código de Processo Civil) e nos princípios constitucionais da segurança jurídica e da efetividade da jurisdição, que seriam comprometidos com o ato de posse antes de se poder examinar a suspensão das decisões de primeira e de segunda instâncias que a impediam neste momento, defiro parcialmente a providência liminar para a suspensão do ato de posse até que, juntadas as informações, incluído o inteiro teor do ato reclamado, seja possível a análise dos pedidos formulados na presente reclamação, sem prejuízo de reexame desta decisão precária e urgente”, escreveu Cármen Lúcia em trecho de decisão publicada na madrugada desta segunda-feira.

O governo Michel Temer (PMDB) já havia perdido vários outros recursos protocolados no Tribunal Regional Federal (TRF2), a segunda instância da Justiça Federal no Rio de Janeiro, e teve que desmarcar a primeira posse de Cristiane Brasil, que estava prevista para o dia 9 de janeiro.

Temer tentava impedir a todo custo que o processo chegasse às mãos de Cármen Lúcia para evitar novo atrito entre presidentes de Poderes, já que ela já havia barrado um decreto de indulto presidencial de dezembro, que ampliava os benefícios a presos condenados por crimes como corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O processo de Cristiane Brasil foi sorteado para o ministro Gilmar Mendes, mas, como o STF está em recesso, coube à presidente, que responde pelo plantão da Corte nesse período.

MSN


,20/01/2018 às 08:20

Em um ano, o que Trump fez pela economia?

"O massacre americano para por aqui e para agora", prometeu o presidente Donald Trump ao tomar posse, em 20 de janeiro de 2017. O discurso da campanha que o levou à Casa Branca foi carregado de referências econômicas.

Trump falou sobre desequilíbrios comerciais e revitalização de fábricas, sobre empregos e impostos. O ponto mais concreto foi a promessa de redistribuição: "Os homens e mulheres esquecidos de nosso país não serão mais esquecidos."

Em última análise, a hora de julgar o desempenho de Trump na economia e em outros tópicos será em 2020. Mesmo assim, é interessante dar uma olhada em como a economia americana evoluiu no governo dele, particularmente nas áreas contempladas nas maiores promessas.

Sinais vitais
"Eu daria a ele nota 10 em economia e acho que quase todo americano também", diz Stephen Moore, analista de política econômica que assessorou Trump durante sua campanha e que trabalhou no plano de reforma fiscal aprovado recentemente.

Mencionando o boom das bolsas de valores, a taxa de desemprego de 4,1%, o crescimento do PIB e o aumento do nível de confiança dos empresários, Moore diz que difícil é encontrar o que não deu certo para Trump na economia, até agora.

De fato, muitos indicadores mostram um bom desempenho da economia nos EUA, certamente melhor do que muitos economistas haviam previsto no caso de uma eleição de Trump. A questão é até que ponto é ele o responsável por esses sinais saudáveis e por quanto tempo isso vai continuar.

"A recuperação está em andamento desde 2010", diz o economista Robert Scott, do Economic Policy Institute, think tank sediado em Washington. Segundo ele, os indicadores econômicos positivos dos EUA são parte de uma tendência de oito anos, que está agora ameaçada pela presidência de Trump. "Há também muitos indicadores que preocupam. O número real de empregos criados está numa tendência decrescente constante. A alta dos salários também é fraca", avalia.

Pelos patrões ou empregados?
No centro da campanha eleitoral de Trump estava a promessa de melhorar a situação do trabalhador americano comum e redistribuir a produção de riqueza da nação. Mas é aí que muitos opositores da presidência de Trump veem a divergência mais forte entre o que foi prometido e o que está acontecendo.

"Ele traiu as pessoas que o elegeram", diz Scott. "O que vimos foi uma série de passos que foram tomados que tiraram os rendimentos dos trabalhadores para dar àquele 1% do topo da pirâmide", afirma o economista.

Scott diz que, desde que Trump chegou ao poder, o Departamento de Trabalho dos EUA, tendo em mente os interesses dos empresários, cancelou uma série de regulamentos que vigoravam para proteger funcionários, como regras de horas extras, percentual de gorjeta que pode ser levado para casa e segurança e saúde no local de trabalho.

Moore, que trabalha no think tank conservador The Heritage Foundation, acredita que o instinto pró-negócios de Trump é uma das principais razões pelas quais os mercados de ações dos EUA cresceram tanto desde as eleições.

"Acho que investidores e empregados acreditam que Trump é um presidente pró-negócios, e isso se reflete na confiança dos investidores no desenvolvimento da economia ", ressalta. "Ele é singularmente responsável por isso.”

"Made in America"
Outra das promessas de Trump é de criar empregos na indústria e na construção. Nesse sentido, os números são mais positivos do que negativos: segundo a agência nacional de estatísticas, 400 mil empregos foram criados na construção civil e na mineração desde que Trump tomou posse.

Scott reconhece o crescimento, mas acredita que o aumento do déficit comercial dos EUA – de mais de 10% desde que Trump assumiu – vai continuar pressionando a demanda por bens produzidos nos EUA.

Moore, por sua vez, acredita que Trump pode se gabar do aumento de empregos na indústria, mas reconhece que bem mais vagas terão que ser criadas, caso ele queira se reeleger.

A questão tributária
A conquista legislativa mais tangível do primeiro ano de Trump, em termos econômicos, é a grande reforma fiscal, recentemente aprovada pelo Congresso. O projeto de lei, que prepara o caminho para a maior mudança no código tributário dos EUA desde a década de 1980, reduziu os impostos pagos por empresas de 35% para 21%.

Moore, que assessorou a Casa Branca para formulação da lei, acredita que ela vai impulsionar a economia. "Ela vai levar a mais investimentos nas empresas americanas, vai expandir as operações delas. Elas construirão mais fábricas, comprarão mais caminhões e maquinários e, ao fazer isso, poderão pagar melhor seus empregados", aposta. "Trabalhadores recebem mais quando são mais produtivos, e são mais produtivos quando têm acesso a mais bens de produção."

Scott vê a reforma tributária na mesma linha em que vê a presidência de Trump até agora, favorecendo o "1% mais rico". Em primeiro lugar, ele acredita que as grandes altas das bolsas americanas ocorreram em antecipação ao corte de impostos que favorece os setores ricos e corporativos. Em segundo lugar, ele diz que o corte vai gerar um grande aumento no déficit orçamentário dos EUA nos próximos dez anos, o que, em sua opinião, terá consequências negativas para o déficit comercial.

"Estou preocupado que Trump tenha plantado sementes que explodirão”, diz. "Ele criou e implementou uma nova política fiscal que vai aumentar o déficit enormemente. Ela vai levar a um crescimento de empréstimos, vai levar potencialmente a bolhas de preço na economia.”

Comércio
Em termos de comércio dos EUA, outra área onde Trump fez grandes declarações, até agora não aconteceu muito.

"Muita conversa e quase nenhuma ação", diz Scott, destacando o anúncio do governo Trump de que publicaria em julho relatórios sobre ameaças às indústrias americanas de aço e alumínio. "Não houve nenhum esforço para promover a política para lidar com problemas nessas indústrias, com exceção de demissões."

Moore diz ser muito cedo para julgar o que Trump realizou no comércio. "Este será o ano em que poderemos responder a essa pergunta", frisa. "Mas eu sempre acreditei, de certa forma, de que o latido dele é pior do que a mordida quando se trata de comércio."

Para Scott, quanto mais tempo Trump permanecer na presidência, maiores serão as chances de suas políticas econômicas terem um efeito nocivo.

MSN


,20/01/2018 às 08:20

Mulher diz que motorista sofreu 'apagão' antes de invadir calçadão

A única passageira no carro que atropelou 18 pessoas em Copacabana afirmou que Antonio de Almeida Anaquim, 41, sofreu "um apagão" e ficou "enrijecido" segundos antes de atropelar 18 pessoas na quinta (18) na praia de Copacabana, zona sul do Rio.

O nome da mulher foi mantido em sigilo pelo delegado responsável pela investigação, Gabriel Ferrando. Segundo ele, os dois se conheceram nos últimos dias (não precisou a data exata) e andavam pela primeira vez de carro.

Ferrando informou que a mulher chegou a fugir após a batida, mas se apresentou na delegacia horas depois do acidente. De acordo com o delegado, ela alegou medo de sofrer uma violência ao deixar o local.

Na delegacia, testemunhas disseram que Anaquim demorou a sair do carro após a batida. Ele ainda tentou prestar socorro, mas foi retirado do local do acidente por policiais para evitar ser agredido.

+ Homem que atropelou 17 no Rio negou ter epilepsia ao validar CNH

Anaquim foi chamado de "assassino" por testemunhas do acidente.

Peritos da polícia civil informaram que encontraram remédios para epilepsia no carro do motorista. No depoimento na 12ª DP, Anaquim disse que sofreu um ataque epilético ao perder o controle do carro. Ele negou que tivesse bebido antes do acidente.

Segundo Anaquim, a primeira crise aconteceu aos 12 anos. Ele contou aos policiais que o último ataque epilético foi há três anos e que conseguiu controlar a doença usando remédios diariamente.

Na tarde desta sexta (19), o delegado informou que não há indícios que o motorista teve a intenção de atropelar 18 pessoas no calçadão. Exame toxicológico preliminar não apontou uso de álcool, segundo Ferrando.

"O motorista disse que sofreu esse apagão, que ocasionou aquela manobra brusca", afirmou Ferrando.

ENTENDA O ACIDENTE

Um carro invadiu o calçadão da avenida Atlântica, na altura da rua Figueiredo Magalhães, em Copacabana, no Rio de Janeiro, por volta das 20h30 desta quinta-feira (18).

O carro -um Hyundai HB20 preto- era dirigido por Antônio de Almeida Anaquim, 41. Ele afirmou à Polícia Civil ser epilético e ter sofrido um desmaio. Segundo testemunhas, o veículo desgovernado atravessou tanto a ciclovia como a calçada e só parou quando já estava com as quatro rodas sobre a areia.

Antes da chegada da polícia, pedestres que estavam nas imediações chegaram a agredir o motorista, que tentou fugir. Quando os policiais militares intervieram, Anaquim foi detido e conduzido para prestar depoimento na 12º DP (Copacabana).

Segundo a PM, o motorista não apresentava sinais de embriaguez. Ele foi encaminhado na noite de quinta para o IML (Instituto Médico Legal), para verificação do consumo de drogas ou bebidas. Remédios receitados para epilepsia foram encontrados dentro do veículo.

Anaquim está com a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa desde maio de 2014. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (19) pelo Detran-RJ, que não esclareceu o motivo da suspensão. Segundo o órgão, no entanto, Anaquim não cumpriu com a exigência de devolução da CNH para realização de curso de reciclagem.

O Detran também informou que, por cometer um crime de trânsito ao dirigir com a carteira suspensa, o motorista terá sua documentação cassada, "como determina a legislação federal de trânsito".

"O Detran esclarece que cumpriu com todo o trâmite do Código Brasileiro de Trânsito. O Detran-RJ, assim como toda a sociedade carioca, se solidariza com as vítimas deste acidente", disse o órgão por meio de nota. Com informações da Folhapress.

MSN


,19/01/2018 às 08:07

Carro invade Praia de Copacabana, mata bebê e fere 16

Um bebê morreu e pelo menos outras 16 pessoas ficaram feridas nesta quinta-feira, 18, ao serem atropeladas no calçadão da Avenida Atlântica, em Copacabana, zona sul do Rio, depois que um motorista perdeu o controle de seu carro, por volta das 20h30, na altura da Rua Figueiredo de Magalhães. O automóvel invadiu a calçada e a areia.

O carro – um Hyundai HB20 preto – era dirigido por Antônio de Almeida Anaquim, de 41 anos. Ele afirmou à Polícia Civil ser epilético e ter sofrido um desmaio. Até a 0h30 de hoje não havia detalhes sobre o estado de saúde das vítimas nem o número exato delas.


Segundo testemunhas, o veículo desgovernado atravessou tanto a ciclovia como a calçada e só parou quando já estava com as quatro rodas sobre a areia. Antes da chegada da polícia, pedestres que estavam nas imediações chegaram a agredir o motorista, que tentou fugir para se proteger. Quando os policiais militares intervieram, Anaquim foi detido e conduzido para prestar depoimento na 12.ª DP (Copacabana).

Segundo os PMs, dentro do carro de Anaquim havia medicamentos para epilepsia. Após prestar depoimento, ele seria levado ao Instituto Médico-Legal (IML) para realizar exames de saúde que poderiam comprovar problema médico. Pessoas epiléticas podem dirigir automóveis, desde que comprovem não sofrer crises frequentes.

+++ Justiça decreta prisão de suspeito de matar ambulante na praia de Copacabana

O coronel Murilo Angelotti, comandante do 17.º Batalhão da PM, em Copacabana, informou que Anaquim relatou ter sofrido um “apagão”. Testemunhas também contaram que, ao descer do veículo, Anaquim estava “meio parado” e “não esboçava reação”.

No fim da noite, foi confirmada a morte de um bebê, Maria, de 8 meses. Ela foi levada à Unidade de Pronto Atendimento de Copacabana, mas não resistiu aos ferimentos.



Vítimas

De acordo com os bombeiros, entre os feridos havia mais quatro crianças, duas em estado grave. Todas receberam atendimento de emergência no local e depois foram encaminhadas para hospitais da região pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Nove feridos, entre eles sete adultos e duas crianças, foram levados ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, na zona sul. Segundo o hospital, a vítima mais grave internada na unidade teve traumatismo craniano. Outra sofreu fratura exposta e passava por uma cirurgia na madrugada de hoje. Outros feridos foram levados ao Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro da cidade.


,19/01/2018 às 08:07

Temer calcula ter R$ 30 bi para aprovar Previdência

BRASÍLIA - O Palácio do Planalto vai abrir as torneiras das emendas parlamentares para aprovar a reforma da Previdência antes do fim de fevereiro e consolidar a estratégia de montar uma ampla frente eleitoral com todos os partidos da base aliada. O governo Michel Temer avalia ter um “arsenal” maior do que o usado em votações importantes do ano passado para convencer o Congresso a votar a matéria e aglutinar a base.


Do ano passado, somente em restos a pagar de emendas parlamentares – que podem ser destinadas por deputados federais e senadores a redutos eleitorais – e novas emendas do Orçamento deste ano são mais de R$ 20 bilhões. Somados outros R$ 10 bilhões que o governo estima economizar ainda neste ano caso a reforma da Previdência seja aprovada, e que seriam usados em obras que podem render dividendos eleitorais aos aliados neste ano, o valor do “arsenal” de Temer pode superar R$ 30 bilhões.



Na avaliação do Planalto, a reforma é o que falta para a construção de uma candidatura única de centro e, assim, assegurar a maior parcela de tempo no rádio e na TV e do fundo eleitoral. Nesta quinta-feira, 18, o Estado mostrou que Temer vai condicionar a manutenção dos partidos no comando de ministérios ao apoio a um único nome na disputa pela Presidência na tentativa de isolar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o PT.

Temer e seus aliados avaliam que a aprovação da reforma da Previdência deve gerar mais investimentos na economia e, consequentemente, uma sensação de melhora que pode resultar em votos. Além disso, teria um caráter simbólico de coesão dos partidos da base que pode ser levado para a campanha eleitoral.

Além de poder usar os restos a pagar de 2017, o governo tem todo o potencial de liberação de emendas do Orçamento de 2018 para convencer os parlamentares. Nas palavras de um auxiliar de Temer, “ano novo, Orçamento novo”.

Empenho. Dos R$ 10,74 bilhões em emendas empenhadas do ano passado, apenas R$ 2,27 bilhões foram pagos até dezembro. O restante (R$ 8,47 bilhões) é enquadrado como restos a pagar que o governo pode executar ao longo deste ano. No Orçamento de 2018, há mais R$ 11,8 bilhões autorizados para deputados e senadores. O cálculo leva em conta tanto as emendas que foram apresentadas individualmente quanto as formuladas pelas bancadas estaduais.

+++Temer afirma que Rodrimar não foi beneficiada por Decreto dos Portos

+++Temer critica “agressividade” e ausência de “isenção” em perguntas da PF

Para atender às demandas dos parlamentares, porém, o governo também terá de cumprir as restrições impostas pela lei eleitoral, que proíbe a transferência de recursos da União para Estados e municípios nos três meses que antecedem a votação. Assim, de julho a setembro o governo só poderá pagar emendas que forem empenhadas até junho.

Conforme o Estado mostrou no início deste mês, Temer bateu recorde de liberação de emendas em 2017, ano em que precisou negociar o apoio de deputados para suspender o andamento de duas denúncias contra ele. O valor empenhado no ano passado representou um crescimento de 48% em relação ao ano anterior e 68% maior do que o liberado em 2015, quando a execução das emendas se tornou obrigatória.

Na avaliação do Planalto, com a proibição de doações eleitorais de empresas e a consequente redução de verbas para campanha, a máquina governamental deve ter peso redobrado no pleito deste ano.

As novas regras eleitorais estão no centro da estratégia de Temer. O Planalto estima que as direções partidárias saem fortalecidas com a criação do fundo eleitoral, cuja distribuição de verbas vai ficar a cargo dos presidentes e tesoureiros das legendas. Assim, um deputado rebelde pode ser “punido” com menos recursos.

+++Segovia admite ‘erro’ na agenda sobre reunião com Temer

Por isso o governo aposta no fechamento de questão dos partidos aliados em torno da Previdência e deve usar a reforma ministerial para prestigiar as direções partidárias. Um exemplo disso é a insistência na manutenção do nome da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o Ministério do Trabalho.

Apesar de considerar ter hoje mais armas do que no ano passado, o governo não vai colocar a reforma em votação se não tiver certeza da aprovação.

MSN


,18/01/2018 às 08:25

Crise? Neymar tem atuação de gala em goleada do PSG, mas é vaiado pela torcida

Gols, dribles, passes e jogadas bonitas não faltaram. Nesta quarta-feira, o Paris Saint-Germain venceu o Dijon por 8 a 0 em partida válida pela Ligue 1 e Neymar teve atuação de gala. O brasileiro marcou quatro gols e deu duas assistências, mas foi vaiado pela torcida do PSG e saiu de campo cabisbaixo e sem falar com a imprensa.

A polêmica, mais uma vez, aconteceu por causa de uma penalidade máxima. Aos 37 minutos do segundo tempo, Cavani sofreu um pênalti e teve seu nome gritado pela torcida. Se o uruguaio balançasse as redes, chegaria aos 157 gols e se tornaria o maior artilheiro da história do clube, à frente de Ibrahimovic. No entanto, Neymar pegou a bola e converteu a cobrança - e, por consequência, ouviu a insatisfação dos torcedores.

Após a apito final, segundo o ​globoesporte.com, o camisa 10 não se juntou aos companheiros na hora de cumprimentar a torcida. Procurado por um repódirter, Neymar também não quis conversar com a imprensa e passou rapidamente a um membro da comissão técnica o troféu que recebeu como melhor jogador da partida.

Companheiro de Neymar no PSG, o lateral-direito Meunier contemporizou o acontecido: disse que as vaias da torcida foram um ato de ingratidão, mas que o brasileiro poderia ter deixado Cavani bater o pênalti.

"Esse gesto é uma pena e um pouco ingrato (a vaia). Como eu disse antes ele fez quatro gols e deu duas assistências e Cavani é da casa, já faz alguns anos que está aqui e sempre tem uma atitude correta com o clube e os torcedores, além de ser um excelente jogador. Ele é muito querido. Neymar poderia ter dado a bola, seria um gesto de fair play, mas no papel é Neymar quem deve bater os pênaltis e tem essa responsabilidade. Não tem polêmica a ser feita com isso. Eu diria que é normal o que aconteceu", afirmou.

MSN


,18/01/2018 às 08:22

Jovem encontrada morta no litoral de SP se enforcou, conclui polícia

A Polícia Civil concluiu que a jovem Gabrielly Teixeira de Oliveira Santos, de 20 anos, encontrada morta após o réveillon em uma área de mata de Bertioga (SP), cometeu suicídio. Inicialmente, as autoridades investigavam a hipótese de que seu enforcamento pudesse ter sido forjado, o que, segundo o delegado responsável, Sérgio Nassur, não foi o caso.

"Para nós, os fatos já estão esclarecidos, mesmo faltando ainda a remessa do laudo necroscópico. Toda a prova reunida na investigação aponta para o suicídio, incluídas, aí, as informações prévias recebidas do IML a respeito das lesões apresentadas pela vítima", ele esclareceu ao G1.

De acordo com laudo do IML, Gabrielly morreu por asfixia e seu corpo não apresentava quaisquer outras lesões.

Em seu último áudio enviado pelo WhatsApp, a jovem mencionou uma dívida - segundo a polícia no valor de R$ 700 - relativa à compra de roupas íntimas. "Tia, eu não tenho o seu dinheiro hoje. Eu não tenho nada. Desculpa. Pode até mandar me matar. Acho que eu não terei como pagar a senhora. Eu só tenho dinheiro para descer [a serra]. Eu sei que você pode mandar me matar. Vai ser um favor", diz a mensagem.

O namorado de Gabrielly, inicialmente tratado como suspeito, relatou que ambos brigaram no noite do Réveillon e que a jovem vinha passando por problemas emocionais.

MSN


,18/01/2018 às 08:19

Jovem de 17 anos morre no Rio com suspeita de febre amarela

RIO - Internado no Rio de Janeiro com suspeita de febre amarela, o estudante Luiz Fernando Valente Rodrigues, de 17 anos, morreu no início da tarde desta quarta-feira, 17. O Hospital São Francisco na Providência de Deus, na Tijuca, na zona norte da capital, onde o jovem estava internado, informou a morte. Não há confirmação do diagnóstico de febre amarela, que pode levar até 20 dias.


"É com grande pesar que a direção do Hospital São Francisco na Providência de Deus informa a confirmação do diagnóstico de morte encefálica do paciente Luiz Fernando Valente Rodrigues, às 14 horas do dia 17 de janeiro, em decorrência de um edema e hemorragia cerebral, causados por hepatite fulminante", informou a unidade de saúde. "A suspeita de febre amarela ainda não foi confirmada."


Rodrigues morava em Miguel Pereira, no interior do Estado. Ele foi inicialmente atendido no Hospital de Volta Redonda e, depois, transferido para o centro da Tijuca. Inicialmente ele foi diagnosticado com hepatite aguda.

Diante do quadro, seus amigos começaram uma campanha nas redes sociais em busca de um fígado. Por causa da campanha, ele foi colocado em primeiro lugar na fila de transplantes e um órgão chegou a ser conseguido, em Mato Grosso do Sul, no último domingo. Mas o estado de saúde de Rodrigues se agravou, impossibilitando o transplante.

MSN


,17/01/2018 às 08:07

Cidade russa registra -67 °C; aulas são canceladas por segurança

Se o inverno vem castigando até regiões geralmente quentes, como o Sul dos Estados Unidos, que amanheceu nesta quarta-feira (17), com temperaturas de -7 °C, na Rússia, onde o inverno é tradicionalmente gelado, os termômetros chegaram a marcar -67 °C. Na remota república de Yakutia, na região da Sibéria, o frio causou cancelamento de aulas nesta terça (16), por determinação das autoridades.

+Coreia do Norte deve receber sanções extras de 20 países

Mesmo em Yakutia, que chega a registrar - 40 °C, o frio vem sendo considerado extremo. Na cidade de Oymyakon, termômetros quebrando devido ao frio extremo ganharam destaque nos jornais do país.

O recorde da região, segundo o G1, foi registrado em 2013: - 71º C. Segundo a polícia, dois moradores morreram de hipotermia, quando o carro dos dois quebrou e eles tentaram andar até a fazenda mais próxima.

MSN


,16/01/2018 às 08:06

Cavani expõe problemas com Neymar e medos do PSG

Os dirigentes do Paris Saint-Germain estão convencidos de que existe uma campanha orquestrada na Espanha para “desestabilizar” seu clube. Fontes da instituição presidida por Nasser Al-Khelaifi apontam algo parecido com uma pinça cujas pontas são Javier Tebas, presidente da Liga, e Florentino Pérez, presidente do Real Madrid. Dois poderosos com influência na UEFA para exigir sanções por descumprimento do fair play financeiro e divulgar informação potencialmente destrutiva no vestiário parisiense. Notícias como a fornecida por um intermediário a este jornal, indicando que o PSG teria enviado em outubro passado um agente para oferecer Edinson Cavani ao Real Madrid, foram categoricamente desmentidas pela diretoria do clube francês. A julgar pelos acontecimentos em Paris, no entanto, os boatos parecem verossímeis.

Cavani e Pastore voltaram dois dias mais tarde das férias de Natal alegando “motivos pessoais” e Unai Emery, o treinador, deixou-os de fora das duas últimas convocatórias, na Copa e na Copa da Liga, além de impor a eles uma multa financeira. Cavani foi reinscrito para jogar em Nantes no domingo pela Liga francesa. Mas os efeitos de sua marginalização são imprevisíveis.

O vestiário do PSG tem três líderes principais: Thiago Motta, Thiago Silva e Cavani. Motta, perto de sair, está se encaminhando para a secretaria técnica e procura evitar tomar partido; o capitão Thiago Silva, famoso depois do 6-1 no Camp Nou, fortaleceu-se no grupo brasileiro, onde Daniel Alves, Neymar e Marquinhos ficam sob a aba de Emery; e Cavani conta com o apoio majoritário do restante do time e é o ídolo da torcida. Endossam-no seu altruísmo e seu recorde de goleador. Aos 30 anos, está prestes a igualar os 156 gols de Ibrahimovic como o maior artilheiro da história do PSG.

O atraso de Cavani e sua subsequente penalização expôs o racha entre as facções, como informam o Le Parisien e o L’Equipe. O uruguaio se sente incomodado, especialmente com Emery que, segundo os jornais franceses, nunca lhe comunicou a punição nem formal e nem pessoalmente.

As declarações de Thiago Silva chamando a atenção de Cavani em público revelaram falta de sintonia. “Vivemos um momento muito importante para o clube”, disse Silva, “e devemos estar unidos. Cavani e Pastore fizeram coisas que não são boas nem para o grupo nem para o clube. Devemos refletir antes de fazer essas coisas, mas estamos do seu lado”.

Silva foi o encarregado pelo clube de transmitir a Cavani que Neymar cobraria os pênaltis, depois de ambos os atacantes brigarem para batê-los em setembro. O conflito obrigou todas as partes, do vestiário à diretoria, a tomar partido. Desde então, os diversos setores do PSG redobraram esforços para estabelecer um bom ambiente de trabalho dentro do time. Com maior ou menor sucesso. Agora Cavani se sente discriminado. Acredita que havia mais motivos para punir a indisciplina de Neymar, mas ele é que foi penalizado.

MSN


,16/01/2018 às 08:06

Defesa reitera pedido de prisão domiciliar e diz que Maluf pode morrer

Desde dezembro, o deputado Paulo Maluf está preso, na penitenciária da Papuda, em Brasília (DF). Nessa segunda-feira (15), os advogados do político voltaram a pedir que ele cumpra prisão domiciliar, alegando a existência de vários problemas de saúde, além da idade avançada do político, que tem 86 anos.

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

Maluf foi condenado pelo crime de lavagem de dinheiro e a determinação para que começasse a cumprir pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão foi do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Para tentar convencer o juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, Bruno Macacari, a quem cabe decidir sobre a solicitação, a defesa considera que o Centro de Detenção Provisória (CDP) da Papuda não tem a estrutura necessária para abrigar uma pessoa nas condições de saúde de Maluf. Alega ainda que, caso ele permaneça lá, corre o risco de perder os movimentos ou mesmo morrer.

Cegueira no olho direito, miocardia isquêmica, diabetes, problemas na coluna, artrose e câncer na próstata foram alguns dos problemas de saúde listados pelos advogados, que anexaram ao documento um laudo, assinado pelo médico Sami A. R. J. El Jundi, confirmando os riscos.



"As condições atuais já estão repercutindo de forma criminosa sobre a integridade física e mental do sr. Paulo Salim Maluf, de forma desproporcional ao que se admite em face de uma pena de privação de liberdade, impondo-lhe riscos desproporcionais e agravamentos tal de uma situação atual de saúde, que evoluirá para uma incapacidade motora grave e irreversível em curto espaço de tempo", diz o parecer.

"Também se extrai do conjunto das informações fornecidas pelo CDP/Sesipe, que no local inexistem condições mínimas de pessoal e equipamentos para o atendimento de urgências, sendo certo que o sr. Paulo Salim Maluf jamais receberá tal atendimento em tempo hábil para o manejo de um evento cardiovascular dentro do CDP/Sesipe, impondo-lhe a certeza de morte em tal eventualidade", afirma outra parte do texto.

De acordo com informações do portal Uol, o laudo e o pedido dos advogados contestam ofício entregue pelo CDP a pedido da própria defesa para informar as condições da cadeia. No documento, o centro diz que dispõe de médicos que trabalham em dias úteis, das 9h às 16h. Informa ainda que o desfibrilador local está passando por alterações.

Os advogados também defendem que Maluf não representa risco à sociedade. "Indiscutível que um cidadão de 86 anos já não conta mais com as condições físicas e emocionais para enfrentar as mazelas do sistema prisional comum, sendo necessário um tratamento especial para garantir o princípio da dignidade humana e as prerrogativas do Estatuto do idoso. Os prejuízos que virão a ser causados serão inegavelmente irreversíveis, considerando a idade e fragilidade do requerente", diz o documento dos advogados.

"Ora, a pena não é e não deve ser a imposição desnecessária do sofrimento, sob pena de enveredar para vingança privada, abolida há séculos do sistema prisional brasileiro", completa o pedido.

MSN


,15/01/2018 às 08:05

Após recontratação, Silvio faz exigência a Carlinhos Aguiar

Carlinhos Aguiar, depois de muita polêmica, conseguiu ser recontratado pelo SBT. No entanto, em seu retorno à emissora, o veterano terá de cumprir uma exigência estabelecida por Silvio Santos.

De acordo com a colunista Keila Jimenez, o Homem do Baú não quer comentários a respeito da demissão em frente às câmeras.

O humorista, que deve voltar a gravar o "Jogo dos Pontinhos" já nesta semana, não está autorizado nem a elogiar e nem lamentar o ocorrido no palco.

Vale lembrar que Carlinhos foi mandado embora em novembro, depois de quase trinta anos no SBT. Na ocasião, ele tentou de tudo para revertar o quadro. Sem sucesso, participou de programas de outros canais para lamentar a decisão da emissora e reclamar do fato de ter sido dispensado.

MSN


,15/01/2018 às 08:05

Sthefany Brito é escalada para nova trama bíblica da Record

Sthefany Brito é mais um nome praticamente garantido no elenco de "Jesus", nova trama bíblica da Record.

De acordo com o jornal "Agora S. Paulo", além da ex de Alexandre Pato, Larissa Maciel também deve ser confirmada em breve.

O folhetim substituirá "Apocalipse" na faixa nobre da emissora. A novela, aliás, deve ser encurtada em quase 3 meses a mando do canal dos bispos. Tudo por causa da baixa audiência.


,13/01/2018 às 08:25

Inter de Milão faz duas exigências e dificulta volta de Gabigol ao Santos

O Santos está mais longe de ter um camisa 10. Após a primeira negativa da Inter de Milão (ITA) por Gabigol, o clube italiano fez duas exigências que dificultam o retorno do atacante à Vila Belmiro. A primeira é que o Peixe pague pela liberação para ter o atacante de volta por um ano e meio. A segunda exige que o Alvinegro seja responsável por mais de 30% do salário, o que supera o teto do clube, estipulado em R$ 300 mil.

As exigências são motivadas pelo fato da vontade de Gabriel ir contra a dos chineses que dirigem a Inter. A ideia dos dirigentes consistia na permanência do jovem de 21 anos na Europa para adquirir experiência, o que não foi possível no Benfica, de Portugal, onde só realizou cinco partidas.

O retorno ao Brasil significa, na visão dos chineses e da comissão técnica, um retrocesso, pois, na teoria, Gabriel não teria evolução física, técnica ou tática.

Já para o estafe do Menino da Vila, ser o principal jogador de um time que disputa a Libertadores em 2018 seria a principal chance de retomar as boas apresentações que lhe renderam a ida a Europa.

O Alvinegro fez uma proposta com diferentes modelos de execução. Na primeira, não pagaria nada pelo empréstimo e apenas 30% do salário avaliado em R$ 1 milhão. Na segunda, pagaria pela liberação, mas arca com uma parte menor dos vencimentos.

De acordo com o presidente santista, já há um acordo entre o Peixe e empresários de Gabigol. Nas férias, a revelão alvinegra visitou o CT Rei Pelé para reencontrar amigos.

Em 2016, a Inter de Milão pagou R$ 108,5 milhões (29,5 milhões de euros à época) e depositou em Gabigol a expectativa de ser um dos destaques do elenco. Porém, o campeão olímpico não deslanchou sob o comando de três treinadores na Itália.


,13/01/2018 às 08:25

Jair Bolsonaro nega ter funcionária fantasma na Câmara

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ) voltou a negar que tenha uma funcionária fantasma em seu gabinete. Ele também disse que não há irregularidades no seu patrimônio e de sua família.

Em entrevista para a Rede TV na noite desta sexta-feira (12), o deputado afirmou que Walderice Conceição tem como função fazer a filtragem de demandas na região da Costa Verde, litoral do Rio.

O jornal 'Folha de S.Paulo' mostrou nesta quinta (11) que Bolsonaro usa verba da Câmara para empregar uma vizinha dele em um distrito a 50 km do centro de Angra Dos Reis (RJ).

A servidora trabalha em um comércio de açaí na mesma rua onde fica a casa de veraneio do deputado, na Vila Histórica de Mambucaba.

A reportagem da Folha de S.Paulo esteve no local e colheu quatro depoimentos gravados de moradores do distrito confirmando que Walderice tem uma loja de açaí, cujo nome é "Wal Açaí".



Bolsonaro disse que a loja é da irmã de Walderice, que se chama Luciana, mas que ganhou o nome de "Wal" por sua secretária parlamentar ser uma "líder comunitária".

"É hilariante. Eles [Folha de S.Paulo] tiraram a foto de uma porta só, de uma vila paupérrima, da casa do açaí. Eu busquei o endereço do local e vi que a casinha do açaí é da irmã da minha funcionária. Onde que a Folha que se precipitou? Se tivesse um pouquinho mais de paciência, talvez nem teria saído a matéria. Está escrito lá "AÇAÍ DA WAL", e Wal é o nome da minha funcionária, Walderice, e por que Wal? Porque a Wal é uma líder comunitária", disse Bolsonaro.

Segundo moradores da região ouvidos, o marido dela, Edenilson, presta serviços de caseiro para o deputado.

O presidenciável também foi questionado sobre a evolução patrimonial dele e de sua família. O jornal Folha de S.Paulo ainda mostrou na semana passada que ele e os três filhos que exercem mandato acumulam 13 imóveis com valor de mercado de ao menos R$ 15 milhões.

Bolsonaro usou um parecer do Ministério Público para dizer que não há nada de errado com seus imóveis. Após ouvir Bolsonaro, a Procuradoria arquivou uma denúncia anônima que questionava o valor declarado de duas casas do deputado na Barra da Tijuca.

Bolsonaro foi questionado ainda sobre a entrevista concedida à Folha de S.Paulo nesta quinta em que disse, entre outras coisas, que usou seu auxílio-moradia para "comer gente".

Nesta sexta, afirmou ter errado "ao entrar na pilha deles [repórteres da Folha de S.Paulo] nessa resposta", mas defendeu que os "jornalistas mereciam algo mais violento". Com informações da Folhapress.

MSN


,13/01/2018 às 08:25

Carla Vilhena anuncia saída da Globo para se dedicar a site

A jornalista Carla Vilhena anunciou nesta sexta-feira, em seu site pessoal e sua página no Facebook, que está de saída da Globo. De acordo com a mensagem de despedida, a jornalista está deixando a emissora para se dedicar ao site. “Há um ano e meio experimentei algo que me trouxe uma enorme satisfação: a criação de um blog, que virou um site pessoal, onde pude expor um pouco mais de quem sou e do que desejo ser”, disse. “Meu projeto pessoal precisa ampliar fronteiras e, enquanto for vinculada ao jornalismo, estarei impossibilitada de fazer isso.”

Carla afirma que vai usar férias acumuladas para dar os primeiros passos “na nova estrada” até o fim de seu contrato com a Globo, em 30 de abril. “Agradeço de coração a todos os que tornaram possível a transformação da vida daquela menina que, em 1984, entrou por uma porta no Jardim Botânico para fazer edição de imagens nas Olimpíadas de Los Angeles.”

O primeiro trabalho de Carla na Globo aconteceu em 1984, quando ela fez um trabalho temporário durante a cobertura dos Jogos Olímpicos de Los Angeles. Ela também trabalhou na emissora temporariamente durante as eleições daquele ano e a posse de José Sarney, em 1985. Passou por TV Manchete e Band antes de voltar à Globo, em 1997, quando foi contratada.

No canal, passou por São Paulo Já (atual SP1), Fantástico (como apresentadora), Jornal Hoje e Bom Dia São Paulo. Desde 2013, é repórter especial do Fantástico.

Leia abaixo, na íntegra, a mensagem de Carla:

“Meus amigos queridos:

Há um ano e meio experimentei algo que me trouxe uma enorme satisfação: a criação de um blog, que virou um site pessoal, onde pude expor um pouco mais de quem sou e do que desejo ser. Tive que, para isso, criar redes sociais para dar suporte e divulgação ao site. Conheci um mundo completamente novo. Me surpreendi, aprendi muito – e gostei.

Por isso este e-mail, que não é uma despedida, já que continuarei pertinho de vocês, nesse mundo tornado ervilha pela internet. Meu projeto pessoal precisa ampliar fronteiras e, enquanto for vinculada ao jornalismo, estarei impossibilitada de fazer isso.

Aproveito para compartilhar com vocês o amor que sempre me ligou à Globo, emissora onde entrei há 34 anos e que me ensinou a fazer televisão.

Vou aproveitar algumas férias acumuladas para descansar e dar esses primeiros passos na nova estrada, até o fim do contrato, dia 30 de abril.

Agradeço de coração a todos os que tornaram possível a transformação da vida daquela menina que, em 1984, entrou por uma porta no Jardim Botânico para fazer edição de imagens nas Olimpíadas de Los Angeles.

Agradeço à vida, que me deu tanto.

E agradeço a Deus, que me sustenta e ampara aonde eu for.

Com carinho,

Carla Vilhena”


,12/01/2018 às 08:00

Ronaldo afirma que Neymar deu passo para trás ao ir para o PSG

Ronaldo palpitou sobre a transferência do atacante Neymar do Barcelona para o Paris Saint-Germain, concretizada em agosto do ano passado. Em entrevista concedida a Zico, o ex-jogador criticou a decisão tomada pelo astro atual da Seleção Brasileira.

“Ele está no PSG agora, mas, esportivamente, é lógico que foi passo para trás. Você está no Barcelona e vai para o PSG”, comentou Ronaldo, evitando condenar Neymar. “São desafios que cada um faz. Eu também jogava no Barcelona e fui para a Inter de Milão, quando o Campeonato Italiano era bem mais competitivo”, comparou.

Abordando diversos assuntos na conversa com quem foi seu ídolo nos tempos de torcedor do Flamengo, Ronaldo também se referiu a outro comandado do técnico Tite na Seleção Brasileira. Ao falar do centroavante Gabriel Jesus, ele foi mais elogioso.

“Ele está preparado para suportar a pressão. É um menino extremamente talentoso, com disciplina, dedicação, vontade de vencer e disponibilidade no campo. Fazia tempo que precisávamos de um camisa 9 na Seleção. O Adriano preencheu esse espaço por muito pouco tempo e tinha muito potencial”, palpitou o camisa 9 aposentado.

Hoje agenciado a imagem de Gabriel Jesus, Ronaldo apostou em uma parceria de sucesso entre o seu cliente e Neymar na Copa do Mundo de 2018, na Rússia. “Vamos torcer muito, porque precisaremos dos gols dele”, sorriu.

Além de ter defendido o Barcelona e a Internazionale enquanto estava em atividade, Ronaldo passou ainda por Cruzeiro, PSV Eindhoven, Real Madrid, Milan e Corinthians. O sonho de atuar pelo Flamengo, clube em que Zico fez história, não se concretizou.

“Foi uma experiência incrível ter jogado no Corinthians e conhecido aquela torcida tão grande e barulhenta quanto a do Flamengo”, disse Ronaldo. “Mudamos a história do Corinthians, que já era um clube grande, mas sem nenhuma infraestrutura. O Corinthians fez CT, construiu estádio e é o que mais fatura no Brasil”, acrescentou.


,12/01/2018 às 08:00

'Quem é você?', diz Silvio Santos ao ser tietado por Luana Piovani

Luana Piovani parece ter passado por um momento um tanto quanto constrangedor durante visita ao SBT nesta quinta-feira, 11. Ao encontrar-se com Silvio Santos, a atriz ficou derretida diante do apresentador, que não teve uma reação como ela esperava.

Em um vídeo publicado nos stories de seu Instagram, ela mostra o momento do encontro. Gravando o apresentador chegando no corredor, ela se anima: "Olha quem tá vindo, gente. Que coisa maravilhosa, que emoção na vida da gente! Morri! Caí pra trás!"

Quando ele se aproxima, ela o chama: "Oi querido, como vai! Satisfação em conhecê-lo! tudo bem?".

A resposta de Silvio foi simples e direta: "Quem é você?".

O vídeo acaba nesse instante, mas na legenda da publicação, Luana 'responde' à pergunta: "Eu amo o Silvio! Eu não sou ninguém, Silvio, sua fã apenas". Ela ainda aproveitou a visita ao canal para conversar com Mara Maravilha, que apresenta o Fofocalizando.


,12/01/2018 às 08:00

A história por trás da comovente imagem do menino que chega congelado à escola

Uma camada de neve cobre o cabelo, as mãos e a sobrancelha de Wang Fuman, um menino de oito anos que caminha todo dia uma hora e meia para ir à escola. Fuman mora na localidade de Zhaotong, na zona rural da província de Yunnan, sul da China. Nos dias de aula, o menor percorre 4,5 quilômetros sob uma temperatura de nove graus abaixo de zero. Graças a seu professor, as imagens foram divulgadas ao mundo através das redes sociais.

As fotos mostram um garoto protegido por uma roupa muito fina e com as bochechas vermelhas de frio. Mas, embora sempre chegue ao colégio um pouco molhado devido à neve, ele nunca falta às aulas. Foi um professor da escola primária de Zhuanshanbao, frequentada pelo garoto, situada no vilarejo de Xinjie, no sul da província de Yunnan, que decidiu fazer uma foto dele. O site thepaper.cn recebeu as imagens e as difundiu para o mundo.

MSN


,11/01/2018 às 07:59

Metrô vai instalar portas de proteção nas linhas Azul e Vermelha

O Metrô de São Paulo informou nesta terça-feira (9) que está sendo negociada desde setembro passado a implantação de portas de proteção nas plataformas das estações de maior demanda das linhas 1-Azul e 3-Vermelha.

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

Na tarde desta terça-feira (9), uma mulher de 23 anos foi empurrada em direção aos trilhos por um homem de 55 anos na parada Conceição, da Linha 1-Azul. Ela foi retirada do local com vida e lesões no corpo e levada ao pronto-socorro do Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya.

O homem foi detido por seguranças da companhia e levado para depor na Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom), onde disse ter agido por ordens do diabo. Ele não tinha passagem pela polícia e foi levado para uma audiência de custódia no Fórum Criminal da Barra Funda.

Em nota, o Metrô informou que o processo para abertura de uma linha de financiamento começou em setembro do ano passado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A expectativa é concluir as tratativas até o final de janeiro.

Hoje, as estações que têm portas de proteção são Sacomã, Tamanduateí e Vila Prudente, na Linha 2-Verde, Vila Matilde, na Linha 3-Vermelha, Adolfo Pinheiro, na Linha 5-Lilás, e Oratório e Vila Prudente da Linha 15-Prata.

A Linha 4-Amarela, administrada pela ViaQuatro, também possui portas de segurança em todas as estações.


,11/01/2018 às 07:59

Barcelona oficializa chegada de Mina, por R$ 45 milhões e multa de R$ 385 milhões

O Barcelona oficializou, na manhã desta quinta-feira, a chegada do zagueiro Yerry Mina, ex-Palmeiras, conforme antecipou o blogueiro do ESPN.com.br Mauro Cezar Pereira.

Através de comunicado, o clube espanhol forneceu detalhes financeiros da operação. O Barcelona afirma que o custo do negócio foi de 11,8 milhões de euros (R$ 45 milhões na cotação atual), enquanto a multa de rescisão do colombiano será de 100 milhões de euros (R$ 385 milhões).

O vínculo de Mina com o Barcelona será de cinco temporadas, válido até 30 de junho de 2023. O clube ainda não anunciou, contudo, detalhes da apresentação do jogador na Espanha.

O Barcelona já tinha um pré-acordo firmado para ter Mina em julho, após a Copa do Mundo da Rússia, por 9 milhões de euros (R$ 34,6 milhões), mas resolveram antecipar a contratação por estar perto de perder Javier Mascherano para o futebol chinês, para o Hebei Fortune.

MSN


,10/01/2018 às 08:06

Atriz é vítima de acidente em gravação do "Dancing Brasil"

No elenco da nova temporada do "Dancing Brasil", da Record, Hylka Maria passou por um grande apuro no último sábado (7), em São Paulo. A atriz sofreu um acidente durante uma gravação da atração.

De acordo com o colunista Leo Dias, o fato ocorreu quando os participantes gravavam a abertura do reality.

A morena, na ocasião, derrapou de moto e o veículo caiu em cima dela. Por sorte, porém, nada de grave aconteceu.


,10/01/2018 às 08:06

Aos 9 meses, Patrícia Abravanel anuncia nome da filha

Demorou, mas Patrícia Abravanel finalmente se decidiu a respeito do nome da herdeira que espera. Aos 9 meses de gestação, a filha de Silvio Santos anunciou no Instagram, na última terça-feira (9), como a garotinha vai se chamar: Jane.

Quem deu a palavra final, aliás, foi Pedro, primogênito da apresentadora, de 3 anos. "A convicção dele me convenceu! Amo o Pedro falando esse nome, amo o significado e amo o fato de não agradar a todos", escreveu a famosa na legenda de um vídeo em que o garotinho aparece escolhendo como a irmãzinha se chamará.

A artista ainda destacou: "Ontem tirei na sorte, acreditando que Deus iria me ajudar a decidir. Então, decidido está! Não vou mais esperar para ver a carinha dela, vou na fé que o nome da minha filha é Jane!".

Por fim, Paty desejou: "Que venha a Jane, cheia de saúde e graça, pelo jeito com muita personalidade e muito amada! Jane, estou ansiosa para te conhecer!".

Vale lembrar que tanto Jane quanto Pedro são frutos da união da apresentadora com o deputado Fábio Faria.

MSN


,09/01/2018 às 07:56

Governo vai recorrer de suspensão de posse de Cristiane Brasil

BRASÍLIA — O governo vai recorrer da decisão da Justiça Federal do Rio de Janeiro que suspendeu, nesta segunda-feira, a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho. A Advocacia Geral da União (AGU) será acionada para cuidar do caso.

— Não dá para uma ministra ficar esperando, a AGU tem que agir rápido — disse um assessor do Palácio do Planalto.

A posse da deputada estava marcada para as 15h desta terça-feira. Ela chegou a ligar para Temer, nesta segunda-feira, para confirmar se a cerimônia estava de pé, e perguntou até mesmo se havia possibilidade de antecipar a posse para esta segunda, sugestão que o presidente não acatou.


MSN


,09/01/2018 às 07:56

PT aciona o TSE por participação de Huck no ‘Domingão do Faustão’

O PT entrou nesta segunda-feira com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra os apresentadores de TV Luciano Huck e Fausto Silva e a TV Globo pedindo a investigação de suposto crime eleitoral por abuso dos meios de comunicação e de poder econômico.

A iniciativa, assinada pelos líderes do partido na Câmara, Paulo Pimenta (RS), e no Senado, Lindbergh Farias (RJ), é decorrente do espaço dado pela emissora no Domingão do Faustão para que Huck falasse sobre a sua pretensão – que ele disse anteriormente ter abandonado – de disputar a Presidência da República na eleição deste ano.

Pimenta e Lindbergh pedem à Corregedoria-Geral Eleitoral que seja declarada a caracterização de abuso, com a aplicação das penalidades cabíveis, inclusive a decretação de inelegibilidade de Huck ou a cassação do registro da respectiva candidatura, se for o caso. O apresentador não tem partido e nem pré-candidatura oficialmente lançada.

Na representação, os líderes petistas afirmam que “durante vários minutos em que o casal foi entrevistado e respondeu, em cadeia nacional, perguntas do apresentador Fausto Silva, da plateia e de populares nas ruas, o que se viu foi a demonização da atual política, dos políticos, dos pré-candidatos ao cargo presidencial e, de forma subliminar, a exaltação da pré-candidatura de Luciano Huck, como sendo algo de novo capaz de mudar a realidade vigente e trazer a ‘felicidade’ esperada pelo sofrido povo brasileiro”.

“Embora sem assumir ainda a candidatura de seu funcionário, a Globo, o apresentador Fausto Silva e o pré-candidato Luciano Huck, durante vários minutos, em rede nacional, discorreram acerca da necessidade dos brasileiros darem espaço para uma candidatura nova (a dele Luciano Huck), diferente de tudo e de todos que aí se encontra, capaz de agregar novos valores à política e à vida nacional, de modo que, somente através de candidaturas por ele representada, o país e as futuras gerações poderiam vislumbrar um futuro melhor”, afirmam os líderes do PT.

Pimenta e Lindbergh afirmam, ainda, que a “Globo, de modo objetivo e direto passou a promover, desde logo, a pré-candidatura de seu funcionário Luciano Huck, utilizando-se de uma estrutura midiática que nenhum outro pré-candidato terá acesso, causando interferência antecipada na lisura e na igualdade da disputa presidencial que se avizinha”.

“Trata-se de conduta desproporcional, que visa à pavimentação de uma candidatura que já nasce turbinada pelo poderio econômico e que, através da utilização indevida dos meios de comunicação, objetiva conquistar a simpatia e o apoio político do eleitorado”, afirmam.

A reportagem procurou a assessoria da TV Globo, que ainda não se manifestou sobre o caso.

Arquivado em: Política


,09/01/2018 às 07:56

PT aciona o TSE por participação de Huck no ‘Domingão do Faustão’

O PT entrou nesta segunda-feira com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra os apresentadores de TV Luciano Huck e Fausto Silva e a TV Globo pedindo a investigação de suposto crime eleitoral por abuso dos meios de comunicação e de poder econômico.

A iniciativa, assinada pelos líderes do partido na Câmara, Paulo Pimenta (RS), e no Senado, Lindbergh Farias (RJ), é decorrente do espaço dado pela emissora no Domingão do Faustão para que Huck falasse sobre a sua pretensão – que ele disse anteriormente ter abandonado – de disputar a Presidência da República na eleição deste ano.

Pimenta e Lindbergh pedem à Corregedoria-Geral Eleitoral que seja declarada a caracterização de abuso, com a aplicação das penalidades cabíveis, inclusive a decretação de inelegibilidade de Huck ou a cassação do registro da respectiva candidatura, se for o caso. O apresentador não tem partido e nem pré-candidatura oficialmente lançada.

Na representação, os líderes petistas afirmam que “durante vários minutos em que o casal foi entrevistado e respondeu, em cadeia nacional, perguntas do apresentador Fausto Silva, da plateia e de populares nas ruas, o que se viu foi a demonização da atual política, dos políticos, dos pré-candidatos ao cargo presidencial e, de forma subliminar, a exaltação da pré-candidatura de Luciano Huck, como sendo algo de novo capaz de mudar a realidade vigente e trazer a ‘felicidade’ esperada pelo sofrido povo brasileiro”.

“Embora sem assumir ainda a candidatura de seu funcionário, a Globo, o apresentador Fausto Silva e o pré-candidato Luciano Huck, durante vários minutos, em rede nacional, discorreram acerca da necessidade dos brasileiros darem espaço para uma candidatura nova (a dele Luciano Huck), diferente de tudo e de todos que aí se encontra, capaz de agregar novos valores à política e à vida nacional, de modo que, somente através de candidaturas por ele representada, o país e as futuras gerações poderiam vislumbrar um futuro melhor”, afirmam os líderes do PT.

Pimenta e Lindbergh afirmam, ainda, que a “Globo, de modo objetivo e direto passou a promover, desde logo, a pré-candidatura de seu funcionário Luciano Huck, utilizando-se de uma estrutura midiática que nenhum outro pré-candidato terá acesso, causando interferência antecipada na lisura e na igualdade da disputa presidencial que se avizinha”.

“Trata-se de conduta desproporcional, que visa à pavimentação de uma candidatura que já nasce turbinada pelo poderio econômico e que, através da utilização indevida dos meios de comunicação, objetiva conquistar a simpatia e o apoio político do eleitorado”, afirmam.

A reportagem procurou a assessoria da TV Globo, que ainda não se manifestou sobre o caso.

Arquivado em: Política


,08/01/2018 às 07:58

Presença de Thiaguinho no ‘Caldeirão de Ouro’ é contestada na web

Premiações musicais têm dessas coisas: o resultado quase sempre divide opiniões. No caso do Caldeirão de Ouro, especial exibido no Caldeirão do Huck de sábado (6), houve um outro fator multiplicador de conflitos entre fãs nas redes sociais: o programa de TV anunciou uma seleção dos maiores sucessos musicais de 2017, apresentados em um ranking de dez apresentações. O problema foi que um desses “eleitos” foi contestado pelo público: Thiaguinho merecia estar na lista?

Para muitos, não. Apesar de ter interpretado muitos hits de outras temporadas, Energia Surreal não abalou, na opinião de internautas, estruturas nas rádios e plataformas de streaming.

A apresentação do cantor rendeu, quase imediatamente, uma onda de comparações na web. Segundo alguns seguidores, por exemplo, a canção Vidinha de Balada, da dupla sertaneja Henrique e Juliano, teria sido mais tocada. Internautas usaram números do YouTube para reclamar da decisão da Globo e apontaram que Thiaguinho participou do programa apenas por ser amigo do apresentador Luciano Huck.

K.O., de Pabllo Vittar, ficou em primeiro lugar na parada de sucessos. Confira os comentários:


,08/01/2018 às 07:58

Os vencedores do Globo de Ouro 2018

O Globo de Ouro 2018, que prometia ser marcado por discursos contundentes em protesto contra os casos de assédio sexual e machismo em Hollywood, ficou a desejar. Embora atores e atrizes tenham ido com roupas pretas, como combinado, para demonstrar a insatisfação com os casos de assédio sexual, faltou força nos discursos – exceto no caso de Oprah Winfrey, que nunca decepciona.

Chamou a atenção também a quantidade de “zebras”. Considerado o favorito da noite, “A Forma da Água“, com recorde de indicações, só levou para casa dois prêmios: Melhor Diretor, para Guillermo del Toro, e Melhor Trilha Sonora. Frances McDormand, de “Três Anúncios para um Crime“, derrotou a eterna favorita Meryl Streep. E foi justamente “Três Anúncios para um Crime” que surpreendeu e superou “A Forma da Água” no prêmio de melhor filme dramático.

Na abertura da premiação, o apresentador Seth Meyers começou dando as boas-vindas às damas e “cavalheiros restantes”, e observou que estamos em 2018, uma época onde a maconha finalmente é permitida (já que recentemente a Califórnia liberou o uso recreativo da droga), e finalmente o assédio sexual é coibido.

Em meio a outras piadas de teor político, o apresentador disse que ninguém precisava se preocupar, pois Harvey Weinstein não estava lá, e só voltaria em 20 anos, quando seria o primeiro homem morto a ser vaiado na homenagem in memoriam. A resposta foi um silêncio mortal.

A primeira vencedora da noite foi Nicole Kidman, que levou o prêmio de melhor atriz em minissérie ou filme para TV, por “Big Little Lies”. A atriz mandou bem na sororidade ao discursar, agradecendo efusivamente às companheiras de elenco. Ainda citou a mãe, que lutou pelo direito das mulheres quando a atriz ainda era criança, e disse que as conquistas dela também são conquistas da mãe. Lembrou também que a personagem dela na série “Big Little Lies” é uma vítima de violência contra a mulher, e que precisamos manter a conversa sobre esse assunto viva para que as coisas mudem.

>>> Veja todos os looks (pretos) das famosas no tapete vermelho do Globo de Ouro 2018

Rachel Brosnaham, que foi premiada como melhor atriz em uma série de comédia, por “The Marvelous Mrs. Maisel”, disse que se sentia honrada por interpretar a história de uma mulher brilhante, e que há muitas outras histórias como essa para serem contadas. Ela fez um apelo para que invistam e honrem essas histórias.

A vencedora do prêmio de melhor atriz em série dramática, Elisabeth Moss, usou as palavras de Margaret Atwood, autora de “The Handmaids Tale” para agradecer pela luta contra injustiças e dizer que hoje em dia as mulheres são a história e escrevem a história.

Laura Dern venceu o prêmio de melhor atriz coadjuvante em TV, e também agradeceu às colegas de “Big Little Lies”. Lembrou que Renata, sua personagem, tinha uma filha que sofria bullying e tinha medo de falar sobre os abusos. Por isso, chamou atenção para a importância de ensinar as crianças e mulheres a falarem sobre os abusos, e para a importância de apoiar e dar emprego às vítimas de violência.

O ponto alto da noite, entretanto, foi o discurso de Oprah Winfrey ao receber o prêmio Cecil B. DeMille. Ela falou sobre racismo e violência contra a mulher com muita propriedade, já que foi vítima de ambas as coisas, e previu u m novo dia no horizonte, em um tempo em que as histórias das mulheres têm valor e em que ninguém mais terá de dizer “eu também”.

A noite terminou com o prêmio para Frances McDormand, que venceu o prêmio de melhor atriz em um filme dramático. E a única mulher a receber o Globo de Ouro de melhor diretora, Barbra Streisand, em 1984, entregou o prêmio de melhor filme dramático para “Três Anúncios para um Crime”, maior zebra da noite.

Veja abaixo todos os vencedores do Globo de Ouro 2018:

Melhor filme – drama
“A Forma da Água”
“Me Chame pelo seu Nome”
“Dunkirk”
“The Post: A Guerra Secreta”
“Três Anúncios Para um Crime”

Melhor atriz em um filme drama
Jessica Chastain, por “A Grande Jogada”
Sally Hawkins, por “A Forma da Água”
Frances McDormand, por “Três Anúncios Para um Crime”
Meryl Streep, por “The Post”
Michelle Williams, por “Todo o Dinheiro do Mundo”

Melhor ator em um filme drama
Timothée Chalamet, por “Me Chame pelo seu Nome”
Daniel Day-Lewis, por “Phantom Thread”
Tom Hanks, por “The Post”
Gary Oldman, por “O Destino de uma Nação”
Denzel Washington, por “Roman J. Israel, Esq.”

Melhor filme – comédia ou musical
“Artista do Desastre”
“Corra!”
“O Rei do Show”
“I, Tonya”
“Lady Bird: É Hora de Voar”

Melhor atriz em um filme comédia ou musical
Judi Dench, por “Victoria e Abdul”
Helen Mirren, por “The Leisure Seeker”
Margot Robbie, por “I, Tonya”
Saoirse Ronan, por “Lady Bird: É Hora de Voar”
Emma Stone, por “Batalha dos Sexos”

Melhor minissérie ou filme para TV
“Big Little Lies”
“Fargo”
“Feud: Bette & Joan”
“The Sinner”
“Top of the Lake: China Girl”

Melhor diretor
Guillermo del Toro, por “A Forma da Água”
Martin McDonagh, por “Três Anúncios Para um Crime”
Christopher Nolan, por “Dunkirk”
Ridley Scott, por “Todo o Dinheiro do Mundo”
Steven Spielberg, por “The Post”

Melhor ator em comédia ou musical
Anthony Anderson – “Black-ish”
Aziz Ansari – “Master of None”
Kevin Bacon – “I Love Dick”
William H. Macy – “Shameless”
Eric McCormack – “Will & Grace”

Melhor série de comédia
“Black-ish”
“The Marvelous Mrs Maisel”
“Master of None”
“SMILF”
“Will & Grace”

Melhor ator em minissérie ou filme pra TV
Robert De Niro, por “The Wizard of Lies”
Jude Law, por “The Young Pope”
Kyle MacLachlan, por “Twin Peaks”
Ewan McGregor, por “Fargo”
Geoffrey Rush, por “Genius”

Melhor filme em língua estrangeira
“Uma Mulher Fantástica”
“First They Killed My Father”
“Em Pedaços”
“Loveless”
“The Square”

Melhor roteiro
Guillermo del Toro e Vanessa Taylor, por “A Forma da Água”
Greta Gerwig, por “Lady Bird: É Hora de Voar”
Liz Hannah and Josh Singer, por “The Post”
Martin McDonagh, por “Três Anúncios Para um Crime”
Aaron Sorkin, por “A Grande Jogada”

Melhor atriz coadjuvante
Laurie Metcalf, por “Lady Bird: É Hora de Voar”
Allison Janney, por “I, Tonya”
Mary J. Blige, por “Mudbound”
Octavia Spencer, por “A Forma da Água”
Hong Chau, por “Downsizing”

Melhor animação
Viva! – A Vida é uma Festa
O Touro Ferdinando
O Poderoso Chefinho
Com amor, Van Gogh
The Breadwinner

Melhor atriz coadjuvante em TV
Laura Dern, por “Big Little Lies”
Ann Dowd, por “The Handmaid’s Tale”
Chrissy Metz, por “This Is Us”
Michelle Pfeiffer, por “The Wizard of Lies”
Shailene Woodley, por “Big Little Lies”

Melhor ator em um filme comédia ou musical
Steve Carell, por “Batalha dos Sexos”
Ansel Elgort, por “Em Ritmo de Fuga”
James Franco, por “Artista do Desastre”
Hugh Jackman, por “O Rei do Show”
Daniel Kaluuya, por “Corra!”

Melhor Música Original
“Home”, de “O Touro Ferdinando”
“Mighty River”, de “Mudbound”
“The Star”, de “A Estrela de Belém”
“Remember Me”, de “Viva! A Vida é uma Festa”
“This Is Me”, de “O Rei do Show”

Melhor Trilha Sonora
Carter Burwell, por “Três Anúncios Para um Crime”
Alexandre Desplat, por “A Forma da Água”
Jonny Greenwood, por “Phantom Thread”
John Williams, por “The Post”
Hans Zimmer, por “Dunkirk”

Melhor ator coadjuvante em TV
David Harbour por “Stranger Things”
Alfred Molina, por “Feud: Bette & Joan”
Christian Slater, por “Mr. Robot”
Alexander Skarsgaard, por “Big Little Lies”
David Thewlis, por “Fargo”

Melhor série dramática
“Game of Thrones”
“The Crown”
“This Is Us”
“Stranger Things”
“The Handmaid’s Tale”

Melhor ator em série dramática
Jason Bateman, por “Ozark”
Sterling K. Brown, por “This Is Us”
Freddie Highmore, por “The Good Doctor”
Bob Odenkirk, por “Better Call Saul”
Liev Schreiber, por “Ray Donovan”

Melhor atriz em série dramática
Caitriona Balfe, por “Outlander”
Claire Foy, por “The Crown”
Maggie Gyllenhaal, por “The Deuce”
Katherine Langford, por “13 Reasons Why”
Elisabeth Moss, por “The Handmaid’s Tale”

Melhor atriz de série comédia ou musical
Pamela Adlon, por “Better Things”
Alison Brie, por “GLOW”
Rachel Brosnahan, por “The Marvelous Mrs Maisel”
Issa Rae, por “Insecure”
Frankie Shaw, por “SMILF”

Melhor ator coadjuvante
Armie Hammer, por “Me Chame pelo seu Nome”
Richard Jenkins, por “A Forma da Água”
Sam Rockwell, por “Três Anúncios Para um Crime”
Willem Dafoe, por “Projeto Flórida”
Christopher Plummer, por “Todo Dinheiro do Mundo”

Melhor atriz em minissérie ou filme para TV
Jessica Biel, por “The Sinner”
Nicole Kidman, por “Big Little Lies”
Jessica Lange, por “Feud: Bette & Joan”
Susan Sarandon, por “Feud: Bette & Joan”
Reese Witherspoon, por “Big Little Lies”


,06/01/2018 às 08:21

Serviço de inteligência impediu que rebelião se alastrasse, diz secretário de GO

GOIÂNIA - A rebelião no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, em Goiás, poderia ter se alastrado se não fosse a interceptação do serviço de inteligência do Estado. Presos arquitetavam deflagrar, de forma orquestrada, rebeliões em ao menos 20 unidades prisionais a partir do fim do ano passado. É o que afirmou o secretário de Segurança Pública de Goiás, Ricardo Balestreri.

Balestreri disse que as autoridades tinham “o anúncio da orquestração de em torno de 20 rebeliões em (unidades prisionais de) Goiás. Conseguimos evitar quase todas elas. Tivemos problemas em uma. O que não retira o caráter de gravidade do fenômeno”, declarou. Nove detentos foram mortos e 14 ficaram feridos no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na última segunda-feira, 1º.


Balestreri diz que o Estado tem sido alvo de uma intensa operação do crime organizado. “O Estado de Goiás foi analisado e designado pela principal organização criminosa do País como Estado geoestrategicamente referencial, seja por sua localização central, que facilita a distribuição de drogas e armas para outras localidades , seja pela sua proximidade com o Distrito Federal, onde, obviamente, o crime organizado tem grandes negócios”.

“O que ocorre hoje nos presídios de todo o Brasil, inclusive em Goiás, é fruto da disputa por mercados (ilícitos)”, disse o secretário. Balestreri reiterou que velhos problemas do sistema prisional, como superlotação, estrutura precária, lentidão na análise de processos de presos e presença de organizações criminosas, são “o maior drama nacional atual”.

O secretário ainda aproveitou para cobrar mais providências do governo federal, fazendo coro ao governador Marconi Perillo (PSDB) nas reivindicações. “Não é querer jogar o abacaxi para o colo de outros, mas a administração do problema, que hoje é fica exclusivamente sob a responsabilidade dos estados, deveria ser compartilhada. Por exemplo, os presos do narcotráfico; do contrabando, deveriam ser presos federais”, defendeu.

MSN


,06/01/2018 às 08:21

Em nova onda de demissões, Band corta 300 postos de trabalho

Em meio a uma crise financeira, a Band promoveu uma nova onda de demissões, nesta sexta-feira (5). A emissora do Morumbi fez corte em todos os seus departamentos.

Segundo o colunista Flávio Ricco, a redução de funcionários teve início no começo da semana. No entanto, ainda deve atingir 35% de cada setor da empresa.

Nem mesmo os mais antigos na emissora foram poupados. Dentre os que foram mandados embora estão Antonio Petrin, a chefe de redação Débora Cunha, Lúcio Tabarelli, Carla Brandão e Paulo Salgado.

Ainda de acordo com a publicação, cerca de 300 profissionais, ou até mais, ainda serão dispensados nos próximos dias, e o clima que perdura nos corredores da empresa é de 'velório'.

Vale ressaltar que, em 2017, o faturamento do Grupo Bandeirantes foi de R$ 300 milhões - abaixo do esperado.

MSN


,05/01/2018 às 08:13

ESCONDIDINHO DE CARNE MOÍDA

INGREDIENTES
1 kg de carne moída de primeira
1/2 cebola picadinha
2 dentes de alho amassadinho
sal e pimenta a gosto
salsinha
óleo para refogar
1 kg de batata holandesa
3 colheres (sopa) de manteiga
leite o suficiente para dar o ponto no purê
queijo parmesão ralado
300 g de mussarela

MODO DE PREPARO
Coloque o óleo, a cebola e o alho para dourar e acrescente a carne moída (frite bem até ficar coradinha)
Salgue, coloque a pimenta a seu gosto e a salsinha
À parte, faça um purê com as batatas, a manteiga e o leite
Quando estiver pronto, é só montar no pirex na seguinte ordem: o purê de batatas, a carne moída, o purê de batatas e assim sucessivamente até terminar com uma camada de purê
Se preferir, só coloque o purê embaixo e em cima e a carne no meio
Salpique queijo parmesão ralado e cubra com mussarela
Leve ao forno quente só para derreter a mussarela
Sirva com arroz branco

TUDO GOSTOSO


,05/01/2018 às 08:13

Nova rebelião atinge outra unidade do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia

Uma nova rebelião aconteceu nesta sexta-feira (5) no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana de Goiânia. Desta vez, na Penitenciária Odenir Guimarães (POG). O motim já teria sido controlado. Não há informação sobre vítimas.

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

Segundo informações do Corpo de Bombeiros de Goiás, nesta madrugada a corporação recebeu um chamado e deslocou para a unidade prisional duas viaturas, como prevenção para o caso de um incêndio. No local ocorre uma grande movimentação policial.

Nota divulgada pela Diretoria Geral de Administração Penitenciária (Dgap) diz que - por volta das 4h30 - houve um princípio de rebelião na penitenciária, que abriga presos em regime fechado.

Agentes do Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope), com apoio da Polícia Militar, invadiram o presídio e retomaram o controle do local. A nota informa também que, por volta das 7h, começou o procedimento de revista. A Dgap não diz se há vítimas.

Esta é a terceira rebelião no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, as outras duas ocorreram na Colônia Agroindustrial do Regime Semiaberto. A primeira, na segunda-feira (2), causou a morte de nove presos e 14 ficaram feridos.

MSN


,05/01/2018 às 08:13

Míssil da Coreia do Norte pode ter acertado cidade dentro do país

A alegação é do jornal inglês The Independent, que cita fontes não-identificadas do governo dos EUA.

O míssil Hwasong-12, que foi disparado em 28 de abril do ano passado pela Coreia do Norte, teria falhado logo após o lançamento e caído em Tokchon, que fica a aproximadamente 150 km da capital Pyongyang.

O míssil teria sido disparado da base aérea de Pukchang, ao norte da capital, e voado apenas 39 km antes de cair.

Já era sabido que o Hwasong-12 teve problemas, mas acreditava-se que ele tivesse explodido no ar.

O novo relato é acompanhado por imagens de satélite, com anotações típicas de documentos militares, que mostram um complexo de galpões parcialmente destruído.

(Google Maps/Reprodução)

O suposto vazamento ocorre um dia depois de a Coreia do Norte assumir nova postura diplomática, dizendo-se disposta a retomar diálogos com a Coreia do Sul – e tendo reaberto, inclusive, a linha telefônica que liga os dois países.

Este conteúdo foi originalmente publicado na Superinteressante.

Arquivado em: MUNDO

---


,04/01/2018 às 08:14

SBT é processado em R$ 10 mi por 'brincadeiras' com famosos

O SBT está sendo processado pelo Ministério Público do Trabalho, MPT-SP, por "danos morais coletivos". A indenização solicitada é de R$ 10 milhões.

Segundo o jornal "Folha de São Paulo", o órgão questiona a cena em que Maisa Silva fica constrangida por causa de brincadeiras de Silvio Santos, em junho deste ano.

Na ocasião, a atriz dividia o palco com Dudu Camargo e ficou incomodada com questionamentos a respeito de um possível namoro entre eles.

Outra passagem questionada na ação se passou no "Programa do Ratinho", quando uma assistente de palco estava em uma caixa de papelão e acabou chutada pelo apresentador.

O MPT alega "violações aos direitos à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem" de funcionários da emissora - que ainda não foi notificada e não vai se pronunciar.

MSN


,04/01/2018 às 08:14

Eleição já provoca baixas e obriga Temer a antecipar troca de ministros

À revelia de Michel Temer, mais um ministro deixou seu cargo na Esplanada dos Ministérios. Marcos Pereira (PRB), que respondia pela pasta de Desenvolvimento, Indústria, Comércio Exterior e Serviços, entregou sua carta de demissão nesta quarta-feira. É a quarta baixa em dois meses. Todas por conta das eleições de 2018. A saída força com que o presidente antecipe uma reforma ministerial, ainda que a conta gotas. As trocas estavam previstas para ocorrerem apenas em abril, mês limite para os candidatos a cargos eletivos se demitirem de suas funções comissionadas.

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

A saída de Marcos Pereira, do petebista Ronaldo Nogueira (Trabalho) e dos tucanos Antônio Imbassahy (Secretaria de Governo) e Bruno Araújo (Cidades) trazem uma hercúlea tarefa a Temer: reformar seu Governo a um mês e meio de se talvez sua última votar a sua reforma da Previdência. Ou seja, tem de articular para que as trocas ajudem a garantir os 308 votos necessários para a aprovação das mudanças nas aposentadorias. Tudo isso em um momento em que a saúde do presidente voltou a apresentar debilidades. Ele foi orientado pelos médicos a reduzir sua carga de trabalho e a passar a virada do ano em casa porque apresentou um quadro de infecção urinária.

Os ex-ministros do PSDB deixaram os cargos porque a legenda não definiu oficialmente se continua ou não no Governo Temer. Além disso, o partido tenta angariar apoio entre siglas do centrão, que hoje são a principal coluna de sustentação do Planalto, para a candidatura de Geraldo Alckmin à presidência da República. Já os ex-deputados do PRB e do PTB deixam os cargos simplesmente porque querem se dedicar às suas campanhas eleitorais neste ano. Ambos concorrerão a uma vaga na Câmara dos Deputados.

Um agrado para Roberto Jeferson
Dos quatro demissionários, três foram substituídos. Todos os substitutos são deputados federais que abriram mão de mão de disputarem a reeleição. Alexandre Baldy (PP-GO) assumiu o Ministério das Cidades e Carlos Marun (MDB-MS), a Secretaria de Governo. Nesta quarta-feira, quatro horas depois de receber a carta de demissão de Pereira, o presidente se reuniu com Roberto Jefferson, que cumpriu pena de prisão pelo mensalão que hoje preside o PTB. Do encontro, saiu a indicação da nova ministra do Trabalho, a deputada petebista Cristiane Brasil, filha de Jefferson. Sua posse deve ocorrer na próxima semana.

Desses três, apenas Baldy não enfrentou resistências desde que assumiu o cargo. Marun já se envolveu em um embate com governadores quando, em uma entrevista coletiva, condicionou a liberação de recursos ao apoio dos chefes de Executivos Estaduais à reforma da Previdência. Na terça-feira, foi denunciado à Comissão de Ética da Presidência da República onde poderá responder a um processo.

Já Cristiane Brasil não é unanimidade de seu partido. Três de quatro deputados do PTB ouvidos pela reportagem disseram que a indicação dela não teve o aval da bancada. “Nem sequer fomos consultados”, afirmou um parlamentar. Roberto Jefferson respondeu que seu partido é unido e, às lágrimas, explicou a um grupo de repórteres que o nome de sua filha não foi uma indicação sua: “Eu não indiquei. O nome dela surgiu!”. Antes de ela ser indicada, o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) tinha sido o escolhido pela sigla. Sua nomeação foi vetada por José Sarney (MDB), o ex-presidente da República que é um dos consultores de Temer e de um grupo político distinto de Fernandes no Maranhão.

Até abril, Temer ainda deverá trocar a metade da Esplanada dos Ministérios, afinal, 14 de seus 28 ministros tentarão a sorte nas urnas. Entre eles, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), que se apresenta como potencial candidato à presidência da República e o da Educação, Mendonça Filho (DEM), que está sendo cotado concorrer como vice de Geraldo Alckmin. Os outros ministros que deverão disputar a reeleição ou uma vaga no Legislativo são: Helder Barbalho (Integração), Gilberto Kassab (Comunicações), os senadores Aloysio Nunes (Relações Exteriores) e Blairo Maggi (Agricultura), além dos deputados federais Raul Jungmann (Defesa), Maurício Quintella (Transportes), Osmar Terra (Desenvolvimento Social), Ricardo Barros (Saúde), Fernando Coelho Filho (Minas e Energia), Sarney Filho (Meio Ambiente), Leonardo Picciani (Esportes) e Marx Beltrão (Turismo).


,30/12/2017 às 08:25

Léo Rosa aparece sem chapéu pela 1ª vez após diagnosticar câncer

Léo Rosa apareceu pela primeira vez para o público no Instagram sem chapéu, boné ou gorro após diagnosticar um câncer. Nesta quinta-feira, dia 28, ele publicou um vídeo ouvindo a música "Andar com Fé", de Gilberto Gil. Durante o trecho da canção "Andar com fé eu vou, que a fé não costuma falhar", o ator permaneceu com os olhos fechados.

Rosa ainda compartilhou no Stories uma foto se medicando com um remédio diluído em água e uma compressa. No perfil da rede social, ele postou uma imagem com um gorro e a legenda com a palavra "fé". O artista recebeu muitas mensagens de carinho de fãs e colegas de trabalho, como Nill Marcondes, Paula Burlamaqui e Emilio Dantas.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de pele do tipo não melanoma é o mais incidente no Brasil: ele corresponde a 25% de todos os tumores malignos registrados no país. Por isso, para você ficar atento aos sinais dessa doença, o site Minha Vida reuniu quais são as condições da pele que podem indicar que algum problema está acontecendo com você.


Com apenas 34 anos de idade e na luta contra um câncer, o ator fez um desabafo e um pedido a seus seguidores nas redes sociais. Ele falou por meio de uma transmissão ao vivo feita no Instagram na noite desta terça-feira, dia 26.

"Podem dizer que estou vivo, continuem achando que estou vivo, mandem energias, até choro lendo as mensagens, mas vamos parar de falar de doença. Vamos falar de saúde. Ficar falando com o amigo sobre doença é muito chato. A pessoa que está doente não quer saber de doença. Vamos tomar cerveja, comer pipoca e dar muito amor para eles, e não ficar falando de doença", pediu Léo.

No ao vivo, o artista mostrava o pôr-do-sol do Rio Grande do Sul, sua terra natal e onde está se tratando contra o câncer, e aproveitou para agradecer aos seguidores pelo carinho. "Queria agradecer a generosidade de todos, mandando energias positivas. É um período muito bonito de descobertas e aprendizados na vida. É de verdade, não estou escondendo nada. Independentemente da religião, a energia está chegando com força", diz.

O ator anunciou que continuará o tratamento e que precisa de um período de repouso. "Muito obrigado por toda a entrega, atenção e tempo a que vocês se dedicam. Já já as coisas estarão se encaminhando com a saúde, farei um período de repouso. Muito sol e muito amor no coração".

Léo Rosa também é poeta e compositor. Ele protagonizou a novela "Vidas Opostas", e integrou o elenco de "Escrava Mãe", "Balacobaco", "Rei Davi", "Promessas de Amor" e "Amor e Intrigas".

Embora o artista não tenha revelado qual tipo de câncer está tratando, todo alerta para descobrir a doença deve ser levado em consideração.

Veja abaixo sintomas que você não pode ignorar:

Conheça os 5 principais sintomas do câncer
10 sintomas de câncer que a maioria das pessoas ignora
7 sinais que podem indicar que você está com câncer de pele


,30/12/2017 às 08:25

Crise persiste nas penitenciárias, com avanço das facções e violência nas ruas

MANAUS, BOA VISTA, NATAL E SÃO PAULO - A morte de 119 pessoas em um intervalo de duas semanas, em massacres em cadeias de três Estados, não foi suficiente para que o sistema penitenciário passasse por um choque de gestão. Um ano depois dos assassinatos marcados pela crueldade, com decapitações e esquartejamentos, a superlotação e as condições precárias ainda são uma realidade quase intocada nos presídios, em meio ao fortalecimento das facções e uma violência que avança nas ruas de Manaus, Boa Vista e Natal.

Das investigações referentes aos três massacres, somente em um dos casos houve apresentação de denúncia criminal. Em Manaus, 213 pessoas responderão na Justiça pelo homicídio triplamente qualificado de 56 presos. Em Boa Vista, o inquérito corre sob segredo e ainda não foi finalizado, assim como em Natal, onde a Penitenciária de Alcaçuz, palco do massacre, tem hoje o dobro de presos que tinha em janeiro passado.

Maria Laura Canineu, diretora do escritório brasileiro da Human Rights Watch, observatório de direitos humanos, ponderou que um ano não é tempo suficiente para realizar as medidas necessárias contra um problema histórico. Por outro lado, disse que o senso de urgência que mobilizou órgãos governamentais nos primeiros meses parece ter se arrefecido. “A urgência que o problema demanda não permaneceu após os primeiros meses e parece que o tema já saiu um pouco do cenário. Questões centrais foram deixadas de lado e as promessas acabaram não sendo completamente implementadas”, diz.

Para ela, a infraestrutura das penitenciárias está ligada à força das facções. “Onde não há Estado, estão as facções. Onde há negligência e maior descontrole, há mais força das facções. A superlotação está ligada ao massacre. O problema é crônico e existe em diferentes Estados, geridoss por diferentes partidos, em que prevalece uma situação semelhante de absoluta precariedade”, acrescenta.


Relatório elaborado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e divulgado em dezembro constatou que ao longo do ano unidades prisionais de 11 Estados registraram rebeliões entre outubro de 2016 e maio de 2017. Em 78% dos casos, a rebelião aconteceu em uma cadeia com superlotação. Mesmo com esse cenário, mais de R$ 1 bilhão liberado pelo Fundo Penitenciário (Funpen) aos Estados só tiveram 3% gastos em mais de 12 meses, como mostrou o Estado na semana passada.

Lembranças. As famílias ainda aguardam as indenizações prometidas, com poucos casos vitoriosos na Justiça, enquanto convivem com o medo e a lembrança marcada pela imagens dos mortos distribuídas pela WhatsApp. Do filho, Joniarlison Feitosa dos Santos, o que a doméstica Divaneide de Jesus Feitosa, de 52 anos, mais se recorda é o amor dele pelo Flamengo, do respeito com os pais ao pedir diariamente a benção ao vê-los, e as demonstrações de carinho.

O segundo mais novo dos sete filhos de Divaneide ainda tem o quarto intacto na casa de madeira, no bairro de Cidade Nova, um dos mais populosos de Manaus, na zona norte. Santos estava preso no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) há um ano, cumprindo uma condenação de oito anos por tráfico de drogas. A mãe se lembra do dia que começou na madrugada, com a entrada da Polícia Militar na sua casa para pegá-lo. Com ele, não encontraram nada, mas o acusaram de formar uma quadrilha para vender drogas. No celular, Divaneide guarda a foto da apresentação que a polícia fez, com as trouxinhas de maconha sobre a mesa de uma delegacia.

Ela nega que o filho pertencesse ao Primeiro Comando da Capital (PCC), alvo principal dos integrantes da Família do Norte (FDN) naquele 1.º de janeiro em que a ala de segurança do Compaj foi invadida, deixando mortos 22 dos 26 detentos; quatro se esconderam em buraco que serviria para uma fuga de emergência, mas que não foi concluído a tempo - no total, 56 morreram naquele dia e outros quatro na semana seguinte em uma unidade para a qual haviam sido transferidos buscando proteção.

“Bateram demais no meu filho. Quem mandou fazer isso não tem pai nem mãe. Ele podia ter feito algo errado, mas estava pagando por isso. Não tinha nenhuma morte, não fazia parte de nenhuma facção”, lamenta a doméstica, chorando sentada à mesa da sala com a neta de 1 ano e 7 meses no colo. A filha de Joniarlison nasceu um semestre antes da morte do jovem e foi para comprar roupas e brinquedos para ela que Divaneide sentou-se novamente na frente da máquina de costura, hábito que havia abandonado desde a data do massacre.

O pai, o pedreiro Manoel de Souza, de 65 anos, diz que o tráfico que persiste na vizinhança ficou assustado com o massacre e agora evitar se denominar do PCC. “O que andam falando é que na virada deste ano vai acontecer tudo aquilo de novo”, diz. A família diz não acompanhar os desdobramentos da investigação, que poderá levar ao maior júri popular já visto no Amazonas. “Eles podem pegar mil anos de prisão, mas meu filho não volta mais. Deus vai cobrar”, desabafa Divaneide.

Tensão. Nas ruas de Manaus, a tensão permanece. Na noite da terça-feira, 12 de dezembro, homens armados chegaram a um campo de futebol no bairro da Compensa, conhecido reduto da FDN, e abriram fogo, matando seis pessoas e ferindo outras nove. A Secretaria da Segurança diz que um dos clubes, o T5 Jamaica, era mantido por membros de uma organização criminosa e “as investigações apuram se as mortes decorrem de um racha interno do grupo, de uma disputa entre facções rivais pelo controle do tráfico de drogas ou de retaliações por outros homicídios praticados na cidade”. A polícia já acredita num racha dentro da FDN. Uma pessoa foi presa.

Em 2017, com dados até outubro, o Estado já ultrapassou os registros de homicídio em todo o ano passado: em 2016, foram 801 e neste ano, 815. Os crimes cometidos com crueldade continuam sendo a marca da disputa entre as facções. “As facções procuram fazer execuções emblemáticas, usando esse tipo de violência para aterrorizar os oponentes. Mas isso não é de hoje", disse em nota o titular da Delegacia de Homicídios e Sequestros, delegado Juan Valério. "Mortes com demonstrações claras de tortura, o que é um modo que as facções têm de tentar impor seu poder entre os integrantes adversários e até mesmo entre membros internos que atuam sem o consentimento da liderança criminosa.”

Em Boa Vista, na sexta-feira, 8 de dezembro, um assassinato estampava a manchete de um dos jornais locais: “Após sequestrar mulher, bandidos assassinam jovem de facção rival”. Os criminosos se apresentaram como integrantes do PCC e perseguiram um jovem de 23 anos, identificado como David da Silva Oliveira, supostamente integrante do Comando Vermelho (CV), matando-o na Rua Maria Martins no bairro Jardim Equatorial. Foi a rixa entre essas facções que levou o PCC a reagir, menos de uma semana depois do massacre em Manaus, e revidar com 33 mortes na Penitenciária Agrícola do Monte Cristo, em Boa Vista, no dia 6 de janeiro.

Crescimento. O procurador Márcio Sérgio Christino, do Ministério Público de São Paulo, diz que o conflito no começo do ano serviu para demonstrar o tamanho das facções, cujo tamanho até aquele momento “não tinha sido percebido”. “Essa foi a grande lição. Percebemos o quanto as facções cresceram e hoje estão espalhadas pelo Brasil inteiro com uma força muito grande”, diz.

Ele alerta para a continuidade da expansão das facções, apesar da relativa calmaria notada após os massacres de janeiro. “Os massacres foram demonstrações de força que até então era insuspeita. Mas o final das rebeliões não significa que as facções desistiram, mas, sim, que aquela forma de conflito se esgotou no momento.” Christino, quando promotor, investigou a formação do PCC no Estado de São Paulo. Hoje, ele acredita que a conscientização sobre a capilaridade dessas organizações criminosas tenha levado a uma articulação mais efetiva entre as forças de segurança, desembocando em operações mais precisamente executadas contra os criminosos.

Ao longo de 2017, a expansão das facções foi notada até em Estados onde historicamente as organizações não exerciam muita influência. De acordo com informações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de Goiás, a quantidade de membros batizados pelo PCC saltou de menos de cem para mais de 500, segundo investigação da polícia e do MP. Uma operação conjunta deflagrada em dezembro prendeu 87 pessoa sob acusação de integrarem a organização criminosa.

“É um tipo de criminalidade que o Brasil não estava preparado para combater, diante da vulnerabilidade dos presídios, em que celulares continuam entrando e o comando do tráfico de drogas permanece na mão dos presos. Enquanto isso existir, associado ao modelo de visitas e contato com advogados implementado atualmente, o combate será mais difícil”, informou o Gaeco goiano. “São necessárias alterações legislativas.”

A operação deflagrada em dezembro encontrou R$ 85 mil em espécie no interior do presídio de Anápolis. Segundo o grupo, o modo de atuação dos membros do PCC em Goiás copia o formato paulista, já implementado em diversos outros Estados: “funciona da mesma forma. Quem está fora sustenta quem está dentro. E quem está dentro é que controla o tráfico”. “Hoje, todos os Estados possuem peculiaridades que interessam às facções, seja pela proximidade com as fronteiras, seja pela rota. Eles não estão mais escolhendo.”

MSN


,30/12/2017 às 08:25

Temer libera R$ 2 bilhões para municípios

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer assinou ontem Medida Provisória liberando R$ 2 bilhões da União para municípios em dificuldades financeiras emergenciais, que recebem recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O dinheiro só será transferido no exercício de 2018 e deverá ser aplicado preferencialmente nas áreas de saúde e educação. Para repassar os recursos aos prefeitos, o governo terá de reduzir despesas em outras áreas, admitiu o Ministério do Planejamento em resposta ao Broadcast/Estadão.

Segundo o Planejamento, haverá a redução correspondente de despesas, ou seja, um deslocamento de recursos de uma área para outra.

A intenção do governo era repassar os recursos ainda em 2017, por meio de abertura de crédito extraordinário. Mas, com receio de incorrer em crime de responsabilidade fiscal caso todas as prefeituras fossem atendidas, o governo acabou determinando a liberação dos recursos em 2018.

Para arrefecer o desgaste com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e tentar reforçar que o governo manteve seu compromisso com prefeituras, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, destacou, em entrevista coletiva, que com a edição da MP Temer cumpre a promessa que havia feito aos prefeitos. O ministro, no entanto, não soube informar de onde virão os recursos e disse que o orçamento do ano que vem será readequado para garantir o repasse. “Ainda não foi definido a forma de alocação desses recursos”, disse.

Apesar de ressaltar que, com a MP, o governo demonstra seu apoio aos municípios, o ministro admitiu que a liberação dos R$ 2 bilhões só acontecerá “em fevereiro ou março” depois da aprovação do projeto de lei pelo Congresso. “Não estamos aqui para cometer qualquer ato que já levou a grandes problemas e questões no Brasil. Não podemos esquecer que existe uma Lei Orçamentária que precisa ser cumprida”, afirmou.

A promessa do repasse dos R$ 2 bilhões às prefeituras foi feita por Temer em novembro, durante reunião no Planalto com prefeitos e ministros, em plena negociação pela retomada da votação da reforma da Previdência. / CARLA ARAÚJO, FELIPE FRAZÃO E ADRIANA FERNANDES


MSN


,28/12/2017 às 08:28

Mega da Virada pagará R$ 280 milhões a quem acertar as seis dezenas

Quem acertar os seis números da Mega da Virada poderá receber um prêmio de R$ 280 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal. O sorteio será no dia 31 de dezembro, e as apostas poderão ser feitas em todas as casas lotéricas do país até as 14h (horário de Brasília) do mesmo dia. Pessoas físicas que são correntistas da Caixa podem fazer as apostas por meio do Internet Banking. As informações são da Agência Brasil.

O valor da aposta mínima, de seis números, é R$ 3,50. De acordo com a Caixa, quem faz a aposta mínima tem uma probabilidade de acerto de 1 para 50.063.860. Para acertar a quina, essa proporção cai para 1 em 154.518. Já a probabilidade de acerto da quadra fica em 1 para 2.332.

+ Alckmin confirma aumento na tarifa de transportes

Quem quiser fazer a aposta máxima, que é de 15 números, terá de desembolsar R$17.517,50. Nesse caso, a probabilidade de acerto dos seis números é de 1 para 10.003. No caso da quina, as chances de acerto são de 1 para 370. Já a da quadra fica em 1 para 37.

O primeiro sorteio da Mega da Virada foi feito em 2009, quando dois ganhadores dividiram R$ 144,9 milhões. Em 2016, seis ganhadores dividiram o prêmio, no valor de R$ 220,9 milhões. De acordo com a Caixa, as apostas tinham sido feitas em Salvador, Fortaleza, Trizidela do Vale (MA), Belo Horizonte, Campo Grande e Fazenda Vilanova (RS). Com informações da Folhapress.

MSN


,28/12/2017 às 08:28

Jornal: Barça prepara proposta de 25 milhões de euros e planeja deixar Arthur mais um ano no Grêmio

e acordo com o jornal Mundo Deportivo, o Barcelona deverá apresentar nos próximos dias uma proposta oficial para o Grêmio para tentar acertar a compra de Arthur. O valor seria de 25 milhões de euros, ou seja, metade da multa rescisória do jogador prevista em contrato. Além disso, o clube catalão teria a intenção de deixar o meio-campista mais um ano no Tricolor gaúcho.

A princípio, o Grêmio havia deixado claro que só aceitaria vender Arthur pelo valor total da multa, mas já admite aceitar um valor um pouco mais baio. Além do Barcelona, vários outros clubes europeus vem demonstrando interesse no meia, como o Real Madrid, Chelsea e Internazionale.

Um dos motivos de a diretoria do Barcelona pensar em deixar Arthur mais um ano no Grêmio seria o fato de que as três vagas para estrangeiro no clube poderiam ser preenchidas com as possíveis contratações de Phillipe Coutinho, atualmente do Liverpool, e Yerry Mina, zagueiro do Palmeiras. Paulinho ocupa a outra vaga.

MSN


,28/12/2017 às 08:28

Avião dá meia volta depois de quatro horas de voo para deixar passageiro perdido

Um avião da All Nippon Airways (ANA) que voava de Los Angeles, nos EUA, a Tóquio, no Japão, com 150 pessoas a bordo deu meia volta depois de quatro horas de viagem porque transportava um passageiro que se havia enganado de voo, segundo confirmou a própria companhia aérea. O aparelho iniciou o retorno quando sobrevoava o oceano Pacífico pelo sul do Alasca, pois a companhia aplicou os protocolos de segurança para esse caso. No total, são oito horas de voo de Los Angeles a Tóquio.



Entre os passageiros prejudicados se encontravam a modelo norte-americana Christine Teigen e seu marido, o músico e ator John Legend. Ela se queixou do contratempo nas redes sociais: “Por que todos temos de ser punidos pelo erro dessa pessoa? Por que não aterrissar em Tóquio e enviar essa pessoa de volta? Como é possível que essa fosse a melhor ideia? Todos temos as mesmas perguntas”.

O voo NH175 da ANA com destino ao aeroporto de Tóquio Narita decolou de Los Angeles na terça-feira, 26 de dezembro, às 11h36 horário local (17h36 no horário de Brasília), mas teve que dar meia volta após quatro horas de trajeto para voltar a seu ponto de partida às 19h32 no horário de LA (quarta-feira 1h32 no horário de Brasília), segundo os dados do voo da página FligthAware.

"Segundo os procedimentos de segurança da empresa, o piloto decidiu voltar ao aeroporto de saída, onde o passageiro desembarcou”, explicou a ANA em um comunicado. “A ANA está investigando a situação para compreender por que o passageiro embarcou no avião”, especificou a companhia aérea, que pediu desculpas a todos os seus passageiros. “Passei oito horas em um voo para parte alguma”, reclamou a modelo por meio de sua conta no Twitter.


,27/12/2017 às 08:30

Bonner dá bronca em telespectadora no Jornal Nacional

William Bonner surpreendeu os telespectadores do Jornal Nacional ao dar uma bronca em uma espectadora na edição desta terça-feira (26). O âncora do telejornal, que já havia ensinado os seus seguidores a filmar usando o smartphone na horizontal, repreendeu uma mulher que enviou o registro em vídeo de um acidente com um caminhão no sul do país.

A razão da bronca do apresentador vem de um detalhe revelado pela filmagem: no vídeo do tombamento do caminhão carregado de telhas na rodovia:, aparece a mulher, que viajava no banco do passageiro, com um pé no painel do carro.


"A gente viu agora há pouco, naquela reportagem sobre excesso de velocidade, problemas na estrada, teve um acidente com um caminhão carregado de telhas, e quem estava filmando, você deve ter notado, apoiou o pé no painel do carro. Não pode fazer isso", comentou Bonner.

"Não pode fazer, porque, no caso de um acidente, a pessoa tem que estar com os pés no chão do carro, bem apoiados. Se esse carro tiver um air bag e bater, e a pessoa tiver com o pé apoiado ali no painel, o estrago é grande".


O apresentador do JN ainda reforçou que a proposta da reportagem era "educar as pessoas". Logo, não poderia deixar de lembrar os telespectadores da regra: "O pé, nunca no painel. Pé no chão do carro", disse Bonner, em trecho reproduzido pelo Uol.

MSN


,27/12/2017 às 08:30

Temer assina MP que reduz idade mínima para saque do PIS/Pasep

O presidente Michel Temer assinou nesta terça-feira, 26, a Medida Provisória (MP) que reduz a idade mínima para o saque do PIS/Pasep. A proposta vai permitir que homens e mulheres possam sacar o benefício a partir dos 60 anos de idade. Temer havia anunciado a medida na semana passada, durante café da manhã com jornalistas.

Segundo o Ministério do Planejamento, a expectativa é de que a medida injete R$ 23,6 bilhões na economia e beneficie 12,5 milhões de pessoas. A medida será publicada nesta quarta, 27, no Diário Oficial da União. A MP entrará em vigor 10 dias após a publicação.

A redução da idade mínima para acesso ao PIS/Pasep já havia sido alvo de uma primeira MP, editada em agosto e que perdeu a validade no dia 21 deste mês. A proposta estabelecia que homens a partir dos 65 anos e mulheres a partir dos 62 poderiam ter acesso ao saldo. Antes dessa primeira MP, só era possível sacar o dinheiro a partir dos 70 anos ou em caso de aposentadoria. Como a MP não foi votada, o conteúdo dela não virou lei, embora tenha validade no período de vigência do texto. Daí a necessidade de uma nova MP.

A expectativa do governo era que a primeira redução de idade injetasse cerca de R$ 16 bilhões na economia, beneficiando 8 milhões de pessoas. O resultado, porém, ficou abaixo do esperado. Segundo dados do Planejamento, até o final da vigência da primeira MP, foram pagos apenas R$ 2,2 bilhões a cerca de 1,6 milhão de cotistas. Descontando o público que já sacou recursos em 2017, a pasta estima que ficarão disponíveis 21,4 bilhões a 10,9 milhões de pessoas a partir de janeiro de 2018.

Gerido pelo Banco do Brasil, o Pasep é um fundo ao qual tem direito pessoas que trabalham como contratadas no serviço público. Ele foi criado em 1970 para estender aos funcionários públicos os benefícios concedidos aos trabalhadores da iniciativa privada pelo PIS. Em 1975, os dois foram contabilmente unificados e deram origem ao PIS/Pasep, do qual têm direito servidores públicos e funcionários da iniciativa privada que atuaram antes de 4 de outubro de 1988.

A segunda rodada de saque do PIS/Pasep faz parte das medidas do governo para ajudar na retomada da economia em 2018, como ocorreu com o saque das contas inativas do FGTS neste ano. O governo decidiu fazer uma nova redução na idade mínima com base nas emendas que os parlamentares apresentaram à Medida Provisória (MP) 797, que reduziu a idade do saque do PIS/Pasep para 65 anos de homens e 62 mulheres. /COLABORARAM IGOR GADELHA, RENAN TRUFFI E LORENNA RODRIGUES

MSN


,27/12/2017 às 08:30

Solto, Garotinho afirma ter documentos provando acusações à Globo

O ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PR), acusado de compra de votos nas eleições de 2012 e de receber dinheiro de caixa 2 no pleito de 2014, publicou texto em seu blog no qual afirma ter documentos que irá divulgar como prova de que a TV Globo pagou propina a dirigentes da Fifa, da CBFe da Concacaf (federação de futebol da América Central e do Norte) para adquirir o direito de transmissão de eventos esportivos. Em nota, a emissora reafirmou seu “compromisso com relações éticas” nesse tipo de negociação e seu “total apoio às investigações e medidas judiciais que garantam a integridade e transparência no futebol”.

Preso em um desdobramento da Operação Chequinho, que apura a compra de votos nas eleições de Campos dos Goytacazes (RJ), Garotinho foi solto na semana passada, por decisão do ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Nesta terça-feira, seis dias depois de deixar a cadeia, ele retomou a atividade de seu blog pessoal para divulgar um texto contra a emissora. Garotinho alega possuir documentos e depoimentos que incriminariam a TV Globo no escândalo de corrupção da Fifa, no que chamou de “Padrão Globo de Propina (PGP)”.

Um dos relatos de posse do ex-governador seria o do empresário e jornalista J. Hawilla, “que promete levar para a prisão outros dirigentes da entidade que comanda o futebol brasileiro e de outras federações, confederações e da própria Fifa”. A ponte de Hawilla com a emissora seriam anotações de pagamentos com a sigla “MCP”, que Garotinho diz ser uma referência ao ex-diretor da Globo Marcelo Campos Pinto, e sociedades entre o empresário e a família Marinho, dona da emissora.

Na lista desses negócios, o político cita a unidade da TV TEM, afiliada da TV Globo no interior de São Paulo, em Sorocaba (SP). A VEJA, a emissora explica que “não há, desde 2010, qualquer participação da família Marinho na TV TEM”. A Globo ainda reitera que “em sua cobertura jornalística, continuará a divulgar todas as informações relevantes sobre o assunto”.

Uma das testemunhas mais importantes no escândalo de corrupção da Fifa, Hawilla é dono da empresa de marketing esportivo Traffic, que Garotinho acusa de ser a “principal ponte da propina” para a Globo. “O grande negócio da vida de Hawilla é a Traffic. Foi através dessa empresa que ele se tornou a ponte de propina paga pelo Grupo Globo aos dirigentes da FIFA, da CBF, da Concacaf (América Central) e outras entidades do futebol mundial”, escreveu o ex-governador.

Leia na íntegra a nota da TV Globo
Não há, desde 2010, qualquer participação da família Marinho na TV TEM, uma afiliada da Rede Globo.

O Grupo Globo reafirma seu total apoio às investigações e medidas judiciais que garantam a integridade e transparência no futebol e seu compromisso com relações éticas na aquisição de direitos esportivos.

Reitera ainda que, em sua cobertura jornalística, continuará a divulgar todas as informações relevantes sobre o assunto.

MSN


,23/12/2017 às 08:35

Globo anuncia saída de William Waack

A Rede Globo anunciou na manhã desta sexta-feira a rescisão do contrato com o jornalista William Waack. O desligamento foi anunciado em um comunicado assinado pelo diretor de jornalismo da emissora, Ali Kamel (leia abaixo, na íntegra).

Waack comandava o Jornal da Globo e o Painel, na Globo News, e estava afastado desde novembro após acusações de racismo.

No dia 8, viralizou nas redes sociais um vídeo gravado minutos antes do apresentador entrar no ar, em uma transmissão em frente à Casa Branca, em Washington. “Tá buzinando por que, seu m… do c…?”, disse, reclamando de uma buzina que soava na rua. Em seguida, ele balbuciou ao convidado, o comentarista Paulo Sotero, que estava ao seu lado: “Você é um, não vou nem falar, eu sei quem é…” E depois continua com um trecho em que parece dizer: “É preto, é coisa de preto”.

No mesmo dia, a jornalista Renata Lo Prete a substituiu na bancada do Jornal da Globo e abriu o programa anunciando o afastamento.

O vídeo foi vazado por um ex-funcionário e um amigo, ambos militantes de causas negras, que alegaram indignação com a frase.

O episódio foi bastante ilustrativo sobre o poder das redes sociais na destruição de reputações, como mostrou reportagem de capa de VEJA.

COMUNICADO

Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 8 de novembro de 2017, William Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais. Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito.

A TV GLOBO e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham.

A TV GLOBO reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV GLOBO e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração.

Ali Kamel, diretor de Jornalismo da TV GLOBO

William Waack, jornalista e apresentador de programas jornalísticos da TV GLOBO

MSN


,23/12/2017 às 08:35

Santos avisa Botafogo que pagará a multa para ter Ventura como técnico

O Santos avisou à diretoria do Botafogo que vai depositar na próxima semana os R$ 760 mil reais da multa rescisória de Jair Ventura. Ele acertou salário e deverá ser o técnico do Santos em 2018.

Desde o início da semana, Ventura negocia com o clube paulista. Ele é a prioridade desde a eleição de José Carlos Peres para presidente, no último dia 9. O salário do treinador será de cerca de R$ 350 mil mensais.

Na quinta (21), o novo executivo de futebol., Gustavo Vieira, esteve no Rio de Janeiro para acertar os últimos detalhes com Ventura. Nesta sexta (22), ele avisou ao presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, que sairia.

+ TV coloca Rueda na seleção chilena, e Flamengo aguarda contato

Ventura se encaixa no perfil buscado pela nova diretoria santista: um treinador jovem, em ascensão e que não tenha receio de dar chances a jogadores das categorias de base. Os planos são de contratações pontuais, pelo menos um reforço de nome (o preferido no momento é Gabigol) e manter a base atual reforçadas por garotos revelados pelo clube.

"Está no DNA do Santos. A base sempre salva o clube. Tem de usar os garotos", disse Peres à reportagem.Com um time barato, Jair Ventura terminou o Campeonato Brasileiro na 10ª posição com o Botafogo. Na Libertadores, caiu nas quartas de final diante do Grêmio, que depois seria campeão. Com informações da Folhapress.

MSN


,23/12/2017 às 08:35

Tempestade tropical deixa mais de 130 mortos nas Filipinas

As autoridades das Filipinas divulgaram neste sábado (23) um balanço que contabiliza 74 mortes causadas pela passagem da tempestade tropical que atingiu o sul do país na sexta-feira (22). No entanto, de acordo com a agência AFP, o número de vítimas mortais chega 133.

O balanço oficial anterior era de 30 mortos.

A tempestade tropical Tembin, com rajadas de ventos de até 125 quilômetros por hora, causou inundações e deslizamentos de terra que devastaram uma aldeia, segundo a polícia. Com informações da Lusa.

MSN


,22/12/2017 às 08:18

Temer sanciona pena dobrada para motorista embriagado que matar

O presidente Michel Temer (PMDB) sancionou a lei aprovada pelo Congresso Nacional que altera o Código de Trânsito Brasileiro e dobra a pena para quem dirigir bêbado ou sob efeito de drogas e provocar acidentes com mortes, configurando um homicídio culposo.

Pela nova regra, que passa a valer no próximo dia 18 de abril, a pena será de cinco a oito anos de reclusão. Hoje, essa punição tem mínimo de dois e máximo de quatro anos. A medida foi publicada no Diário Oficial da União.

O projeto de lei que provocou a alteração foi apresentado em 2013 pela deputada federal Keiko Ota (PSB-SP). Além de aumentar as penas, a proposta também prevê a manutenção de outras punições possíveis, como a suspensão ou a proibição de obter habilitação para dirigir, dependendo da avaliação feita na decisão judicial.

Ao decidirem por aprovar a mudança, os deputados argumentaram que como o tempo de punição era baixo, magistrados estavam adotando como hábito a reversão dessas penas em medidas alternativas, como pagamento de cestas básicas e serviços comunitários. Agora, com o mínimo de cinco anos de prisão, fica garantido o cumprimento de ao menos parte desse período em regime fechado.

Arquivado em: Política


,22/12/2017 às 08:18

Evaristo Costa publica foto em estúdio de TV e fãs torcem para sua volta aos telejornais

Evaristo Costa publicou uma foto no Instagram nesta quinta-feira, 21, em que aparece usando terno, gravata e microfone de lapela em frente a uma bancada que aparenta ser em um estúdio de televisão.

'Plantão de Natal. De volta para a bancada', escreveu na legenda do clique sem dar detalhes do local ou se, realmente, estaria em um novo emprego como apresentador. Os seguidores comemoraram o suposto retorno de Evaristo aos telejornais e questionaram em qual emissora o jornalista estaria agora.

Outro detalhe que chamou atenção dos fãs foi uma caneca da série 'Stranger Things' na bancada. Será que a Netflix está envolvida com um retorno do jornalista à TV?

Evaristo deixou a rede Globo em julho e se mudou para Londres, na Inglaterra. Na época da rescisão do contrato com a emissora, sua mulher Amália estava fazendo um curso na universidade de Cambridge.

No entanto, nesta quarta-feira, 20, Evaristo publicou fotos em seu Stories no Instagram mostrando o centro da cidade de São Paulo; em um dos registros ele assinala a temperatura que estava fazendo na capital paulista: 33º.


,21/12/2017 às 08:25

Pena de Guerrero é reduzida para seis meses, e atacante poderá jogar a Copa do Mundo

Inicialmente punido por um ano pela Fifa após ser pego em exame antidoping nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, o atacante Paolo Guerrero teve uma boa notícia nesta quarta-feira.

Segundo informou o advogado do atleta, Marcos Motta, o gancho do centroavante foi reduzido para seis meses após a defesa do jogador entrar com recurso no Tribunal de Apelação da Fifa.

Isso permitirá ao peruano jogar o Mundial da Rússia, já que a suspensão passou a valer no dia 3 de novembro e será encerrada em 3 de maio.

Os advogados do atacante ainda irão ao TAS (Tribunal Arbitral do Esporte) para tentar a absolvição total do atleta, permitindo que ele possa voltar a defender o Flamengo e sua seleção já na virada do ano.

Guerrero testou positivo para benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína, em exame antidoping realizado após o jogo entre Peru e Argentina, no dia 5 de outubro, em Buenos Aires.

Segundo sua defesa, porém, a substância proibida entrou no corpo do atleta depois que ele bebeu um chá de folha de coca, bebida tipicamente consumida em diversos países da América do Sul.

A concentração do metabólito de fato era muito pequena: apenas 72 nanogramas por mililitros. No entanto, a Fifa acabou aplicando a punição padrão para qualquer caso que envolve cocaína, suspendendo Guerrero por um ano.

MSN


,21/12/2017 às 08:25

Chega ao STJ processo de Silvio Santos contra o "Pânico"

O Homem do Baú pede indenização pela imitação em “tom jocoso e ofensivo” que faziam dele, segundo o jornal “O Globo”

A ação foi ingressada na Justiça de São Paulo em 2013

Vale ressaltar que este não é o primeiro processo movido por um famoso contra o programa. Em novembro deste ano, a produção foi condenada a pagar ao autor Aguinaldo Silva o valor de R$ 100 mil pelo uso indevido de sua imagem na paródia “Aguinaldo Senta”

MSN


,21/12/2017 às 08:25

Coutinho vai para o Barça em janeiro e já tem salário definido, diz jornal

A novela envolvendo Philippe Coutinho continua, mas, segundo o jornal catalão Sport, está próxima de um fim.

De acordo com o periódico, o meia brasileiro vai se transferir para o Barcelona em janeiro, deixando o Liverpool na janela do inverno europeu e no meio da temporada.

Isso porque, de acordo com o Sport, os Blaugranas aceitaram pagar os 150 milhões de euros (cerca de R$ 583,5 mi) pedidos pelos Reds. Com isso, o Barça teria o camisa 10 já em janeiro, e o clube inglês perderia seu craque para a sequência da Champions e da Premier League.

Além disso, o jornal divulgou até mesmo o salário de Coutinho no Barcelona. O meia brasileiro ganharia 12 milhões de euros (aproximadamente R$ 46,7 mi) por ano, e assinaria um contrato de cinco temporadas.

Mais: Barça prepara oferta de 150 milhões de euros por Philippe Coutinho | "Liverpool deveria pedir Suárez em venda de Coutinho", diz Redknapp | Top 3 Brasileiros na Europa: Paulinho, Coutinho e Neymar

marcam e se destacam em goleadas


,20/12/2017 às 08:10

Secretaria de Saúde nota detalhe e dá ‘bronca’ virtual em Anitta

O novo clipe de Anitta vem rendendo discussões calorosas nas redes sociais. E até o governo entrou na brincadeira. De carona no sucesso de Vai Malandra (até agora, são 17 milhões visualizações no YouTube), a Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro alertou para um (perigoso) detalhe.

O perfil oficial da pasta no Twitter lembrou que a água parada é um prato cheio para a proliferação do mosquito Aedes Aegypti. “Malandro mesmo é o Aedes aegypti, que, enquanto você curte distraído o novo hit da @Anitta, ele aproveita essa água parada pra se reproduzir”, escreveu em uma foto de Anitta posando em uma laje coberta de água no Morro do Vidigal – onde o vídeo foi gravado.

MSN


,20/12/2017 às 08:10

A história por trás da foto de uma criança que chocou a Argentina

No último dia 14, o site argentino de notícias Misiones Online publicou uma imagem de um menino indígena da etnia guarani mbya que causou repercussão nas redes sociais do país.

A foto, tirada por volta do meio-dia, mostra uma criança de cerca de cinco anos ajoelhada sobre uma poça escura tentando beber água. Os termômetros marcavam 38 graus àquela hora.

A fotógrafa, que também é repórter do site, viu a cena enquanto esperava um semáforo em uma das principais avenidas da cidade de Posadas, capital da província de Misiones, próxima à fronteira com o Paraguai.

A imagem chegou até Migue Rios, um jovem argentino que trabalhou para o Unicef e fez trabalhos voluntários em várias ONGs. Ele postou a foto em sua conta pessoal no Facebook com a legenda: “Enquanto o país está em chamas, esta criança guarani está bebendo água do chão. Estamos fazendo algo errado nesta sociedade, não?”.

O post já foi compartilhado mais de duas mil e quinhentas vezes.

Segundo o site argentino, é comum que famílias indígenas morem em acampamentos improvisados nas praças da cidade. Os adultos geralmente vendem artesanato e as crianças pedem esmola em semáforos e locais públicos. “Apesar de receberam assistência permanente, eles resistem a deixar a região já que aqui ganham mais do que em seus vilarejos”, diz a notícia.

Outra jornalista do Misiones Online enviou a foto a um grupo de amigas que se mobilizou para levar garrafas de água, picolés e outros mantimentos às famílias que estavam no local.

O noticiário afirmou que publicou a imagem para “mostrar esta realidade que existe há vários anos e que faz parte da capital da província de Misiones, na qual adultos exploram crianças que pedem esmolas e famílias inteiras de guaranis mbyá moram em praças e avenidas”.

Arquivado em: Mundo

MSN


,19/12/2017 às 08:02

Marcelo Odebrecht mira ex-aliados ao deixar presídio nesta terça

O empresário Marcelo Odebrecht deixa a prisão nesta terça (19), após ficar dois anos e meio detido em Curitiba, com três ideias fixas, segundo interlocutores dele ouvidos pela Folha: acha que faltam delatores no acordo que o grupo assinou, avalia que seu pai, Emilio Odebrecht, e aliados foram beneficiados nas negociações e está convencido de que foi injustiçado.

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

Ele deve vir de jato para São Paulo, de onde seguirá para sua casa num condomínio de luxo no Morumbi. Lá, ficará dois anos e meio em prisão domiciliar, usando tornozeleira.

Marcelo não se conforma, ainda de acordo com esses interlocutores, que o ex-presidente do grupo Newton de Souza e que o vice-presidente jurídico, Maurício Ferro, não tenham sido incluídos no rol de 78 delatores da empresa.

Souza e Ferro, que é cunhado de Marcelo, são ligados a Emilio, hoje presidente do conselho de administração do grupo. Marcelo brigou com os três, além de ter se indisposto com sua irmã, a advogada Mônica Bahia Odebrecht (casada com Ferro), e até com a mãe.

+ Dia D para Lúcio Funaro: juiz decide prisão domiciliar

Segundo relatos de Marcelo, Souza sabia que a empresa recorria a propina e doações via caixa dois para corromper governos com quem fazia negócios.

Ainda segundo pessoas que estiveram com ele na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, Marcelo acusa Souza de ter se beneficiado com bônus pagos fora do Brasil por meio de caixa dois, o que seria crime fiscal.

Outros delatores que receberam bônus fora do Brasil tiveram que devolver o dinheiro, como estabelecia uma das cláusulas do acordo de delação que assinaram com a Procuradoria Geral da República.

Marcelo tem dito que não é justo que os outros tenham devolvido esses valores e Souza, não.

Souza assumiu a presidência da Odebrecht S/A em dezembro de 2015, quando Marcelo renunciou ao cargo após seis meses de prisão, e deixou o posto em maio deste ano. Foi alçado à vice-presidência do conselho de administração da companhia.

Com a decisão de Emilio de deixar a presidência do conselho em abril de 2018, e não mais em dezembro do ano que vem, como estava previsto, Souza é um dos mais cotados para substituí-lo.

ACUSAÇÕES

Marcelo tem feito acusações pesadas ao cunhado. Segundo ele, Ferro participou de negociações para tentar parar a Operação Lava Jato e atuou em negociatas com ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça) com o objetivo de obter decisões favoráveis para a Odebrecht.

Num depoimento que prestou ao juiz federal Sergio Moro em abril deste ano, Marcelo contou que havia procurado a então presidente, Dilma Rousseff, para tratar de questões da Lava Jato no início de 2015. Dilma teria indicado o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, para ser o interlocutor da empresa.

Na mesma audiência, Marcelo disse que Ferro procurou o advogado Márcio Thomaz Bastos (1935-2014) para que ele ajudasse a Odebrecht a obter informações sigilosas sobre a Lava Jato com o então ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Dilma, Mercadante e Cardozo sempre negaram que tenham atuado para ajudar a empresa.

O plano da Odebrecht, segundo Marcelo, era usar o fato de um aparelho que gravava conversas ter sido encontrado na cela do doleiro Alberto Youssef para anular a operação na Justiça.

A estratégia deu errado. O aparelho encontrado na cela de Youssef estava inativo, segundo perícia da PF.Interlocutores de Marcelo dizem que ele não tem sentimento de vingança, mas que considera o acordo injusto para ele e outros executivos.

Não se sabe bem o que ele fará com as informações sigilosas que detém sobre delatores, mas há um terreno fértil dentro da Odebrecht para qualquer pregação que contenha o binômio injustiça e a ideia de que faltam outros delatores no acordo.

Muito delatores sentem-se pressionados para confirmar crimes que eles julgam não terem cometido. Eles também se sentem abandonados pela companhia.

Segundo três delatores ouvidos pela reportagem, há risco de que eventuais revelações de Marcelo funcionem como colocar gasolina na fogueira.outro lado

A Odebrecht não quis comentar as questões levantadas pela reportagem da Folha. Em outras ocasiões, a empresa disse que fez uma colaboração robusta e sem omissões e que irá continuar a colaborar com a Justiça. Com informações da Folhapress.


,19/12/2017 às 08:02

Grávida, Patricia Abravanel mostra detalhes do quarto da filha!

Grávida de oito meses, Patricia Abravanel já está com quase tudo pronto para a chegada de sua menininha! Pelo menos foi o que ela deu a entender em seu Instagram Stories nesta segunda-feira, dia 18. A apresentadora compartilhou o clique acima, mostrando o detalhe fofíssimo do quarto preparado para a pequena.

Mas o abajur moderninho, com um vestido de tule, não foi a única pista da decoração. A julgar pelo papel de parede clássico, com pequenas flores rosas, podemos esperar algo bem romântico. Definitivamente sabemos que não há o nome da neném nas paredes, já que a própria apresentadora revelou que decidirá apenas após o parto.


,18/12/2017 às 08:07

Lucas Veloso sobre namoro: "Estamos juntos desde o forró"

Segundo colocado na temporada de 2017 da "Dança dos Famosos", da Globo, Lucas Veloso pode não ter ganhado o título, mas conquistou o amor de Nathalia Melo. O ator, que pediu a mão da bailarina ao vivo no dia 3 de dezembro, revelou que já estava em um relacionamento sério desde a apresentação do forró, em setembro.

"A gente está junto desde o forró e ninguém sabia nada. Então isso é vida à parte, dentro da sala de ensaio ela era professora, eu aluno, acabou", contou ao "Uol".

O humorista relatou que foi criticado por ter engatado um namoro durante o programa: "Existia uma pequeníssima porcentagem de pessoas que viam com certo preconceito de: 'Não pode, porque isso não é programa de relacionamento'. Lógico que não, mas ninguém é Deus para reger a vida".

"A gente sabia separar muito bem", complementou a dançarina sobre separar o profissionalismo da vida pessoal na hora dos ensaios.

Mesmo sem ganhar o prêmio, Lucas disse que não ficou triste. "Ficar em segundo lugar foi o maior troféu que eu recebi na minha vida. Eu soube não ganhar, o que o mundo acha que é ganhar, e soube vencer a mim mesmo."


,18/12/2017 às 08:07

Palco cai durante festa rave, mata DJ e deixa três feridos no RS

Ventos fortes provocaram o desabamento do palco da festa rave Atmosphere, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, Região Metropolitana de Porto Alegre, na tarde deste domingo (17). Uma pessoa morreu e outras três ficaram feridas.

A vítima, que era DJ, foi identificada como Kalleby Freitas da Rosa – que assinava como "Kaleb" – , e tinha 30 anos. Ele se apresentava na festa no momento em que a estrutura caiu. Outras três pessoas tiveram ferimentos leves e foram levadas para o Hospital São Camilo, em Esteio.



O local foi isolado para trabalho da perícia. De acordo com os bombeiros, o evento possuía todos os laudos necessários, mas o vento superou a capacidade de sustentação da estrutura. Segundo o 'G1' com informações da Defesa Civil, havia entre 4 mil e 5 mil pessoas no evento.

Ainda de acordo com os bombeiros, uma segunda pessoa morreu no evento antes do desabamento, possivelmente por overdose de alguma substância. A identidade não foi divulgada.


,16/12/2017 às 08:10

Decreto reduz horário de verão em cerca de 15 dias

BRASÍLIA — Um decreto assinado pelo presidente Michel Temer nesta sexta-feira, e que será publicado na segunda-feira no Diário Oficial da União, reduz em menos de um mês o tempo de início do horário de verão. Até este ano, a data de início era o terceiro domingo de outubro. A partir de 2018, o horário de verão passará a começar no primeiro domingo de novembro, que será o dia 4.

O fim do horário de verão ficou mantido como é hoje, com término no terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte. Com o decreto, o início do horário de verão foi postergado em cerca de quinze dias.

A mudança foi um pedido do ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que alegou ao presidente que o horário de verão durante as eleições atrapalha a apuração de votos, dada a maior diferença de fuso horário entre as cidades com e sem horário de verão.

O fim do horário de verão chegou a ser estudado pela Casa Civil, que criou um grupo de trabalho para avaliar a eficácia da medida, como revelou O GLOBO, mas foi descartado em novembro. O assunto passou a ser discutido após estudo do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e do Ministério de Minas e Energia concluir que essa política pública traz efeitos “próximos à neutralidade” com relação à economia de energia elétrica.

Ele foi criado com o objetivo de economizar energia elétrica durante o período em que está em vigor. Os estudos conduzidos pelo ONS revelaram que esse objetivo não é mais atingido. Foi a partir daí que o assunto passou a ser analisado por outros entes do governo.

O programa foi instituído pela primeira vez no Brasil no verão de 1931/1932 e vem sendo adotado continuadamente desde 1985. Segundo dados do governo, a economia com o última edição do horário (entre outubro de 2016 e fevereiro) foi de R$ 159,5 milhões. Esse valor, considerado baixo pelo setor elétrico, é decorrente da redução do uso de usinas térmicas para complementar a demanda por energia.

O horário de verão, que atinge moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, começou no dia 15 de outubro e vai até fevereiro de 2018.


,16/12/2017 às 08:10

Após três anos no ar, programa do Gugu na Record chega ao fim

O programa 'Gugu', da Record TV, chegou ao fim após três anos de exibição. É o que disse Virgilio Abranches, diretor geral da atração. Ele postou uma foto da equipe nesta quinta-feira, 14, em tom de despedida.

“Última gravação do programa do Gugu. Era um projeto pra durar três meses. Durou três anos. Formatos se esgotam, mas a dedicação e o talento de quem passou por aqui vão marcar para sempre. Nem todos estão na foto, mas ficarão na memória. Obrigado a todos!”, escreveu Virgilio.

Gugu ainda não acertou sua renovação com a Record TV e não se sabe se ele vai permanecer na emissora para comandar outra atração. Nesta quinta-feira, 14, o apresentador compartilhou a foto publicada por Virgilio e escreveu: “Obrigado equipe vencedora. Foram 3 anos de sucesso. Obrigado #RecordTv!”.


,16/12/2017 às 08:10

Silvio Santos comenta demissões no SBT: "Não é com alegria"

"Ano passado e esse ano foram anos muitos ruins. E, por essa razão, os meus diretores me disseram que teríamos que fazer dispensas. E não é com alegria. Mas eles alegam que se não fizermos os cortes não vamos economizar essa importância", explicou o veterano

E acrescentou: "Se não economizarmos, nós vamos ter que fechar a empresa. Então é preferível sacrificar 50, 100 ou 150 pessoas do que sacrificar essa multidão que está aqui"

Antes de deixar o palco do evento, o 'Homem do Baú' ainda contou seus próximos planos para a firma. "Antes de dar adeus a todos vocês, eu já coloquei todas as minhas empresas nas mãos das filhas", revelou

Uma das herdeiras de Silvio, Patrícia Abravanel aproveitou a deixa para fazer uma pregação
evangélica após o anúncio do pai. "Vamos abrir uma igreja no SBT e, assim como na Record, colocar a Patrícia em um programa", brincou o famoso.


MSN


,15/12/2017 às 08:06

Globo encurta "Paraíso" no Nordeste e gera revolta na web

Na última quinta-feira (14), Clara (Bianca Bin) fez um retorno triunfal em "O Outro Lado do Paraíso" - trama das 21h da TV Globo. Porém, nem todo mundo conseguiu ver o capítulo inteiro. O motivo? O folhetim precisou ser encurtado no Nordeste e no Norte, inclusive o Tocantins, onde se passa a trama, por causa da transmissão ao vivo do "The Voice Brasil", o que gerou revolta nas redes sociais.

"Em Pernambuco não passou... Precisei procurar a cena na internet", comentou uma internauta. "Pena que não passou em todos os lugares... Estou inconformada com isso...", disse outra. Já uma terceira postou: "Como a Globo tem coragem de cortar a novela para passar o 'The Voice'? Lamentável".

A atitude precisou ser tomada pela emissora devido ao horário de verão, já que a região afetada pela interrupção está uma hora atrás do restante do País.

Nas cenas, para quem não sabe, a ex-esposa de Gael (Sergio Guizé) reapareceu deslumbrante ao ser anunciada como a nova representante de um evento beneficente. "E é com muito prazer que anuncio a nossa nova embaixatriz da infância: Clara Tavares", avisou o organizador.

A neta de Josafá desfilou pelo palco e deixou todos boquiabertos. "Não imaginam o prazer que é estar de volta", afirmou.

Na plateia, Sophia (Marieta Severo), Lívia (Grazi Massafera), Gustavo (Luís Melo), Samuel (Eriberto Leão) e Vinicius (Flávio Tolezani) - todos que ajudaram na internação de Clara no hospício - não acreditaram no que viram.


,15/12/2017 às 08:06

Por que a ação contra o Itaú deu tão errado para a funcionária

O caso de uma ex-funcionária do Itaú condenada por um juiz de Volta Redonda, no Rio de Janeiro, a pagar 67 mil reais para o Itaú numa ação trabalhista viralizou nesta semana.

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

Estranheza causou o fato de o magistrado ter fixado valor total da ação em 500 mil reais, sendo que a mulher, inicialmente, pedia 40 mil reais como indenização por horas extras não recebidas, falta de intervalo antes do início da jornada extra, acúmulo de função, dano moral, assédio moral, entre outros pontos.

A favor da ex-funcionária, o juiz decidiu apenas a respeito dos 15 minutos não concedidos de intervalo entre a jornada regular e a extra. Com valor fixado apenas para essa parte dos pedidos em 50 mil reais, a banco foi condenado a pagar 7,5 mil reais à mulher.

Todos os outros pedidos, cujo valor integral foi estabelecido em 450 mil, foram considerados indevidos. Por ter perdido nessa parte da ação ela foi condenada a pagar 67,5 mil reais de honorários para os advogados do banco. O escritório que defende a funcionária vai recorrer da decisão, que é de 1ª instância.

O que embasou a mudança do valor da ação?
A advogada Roberta de Oliveira Souza, especialista em Direito e Processo do Trabalho, diz que o juiz aplicou a reforma trabalhista de forma literal ao subir o valor da ação de 40 mil reais para 500 mil reais.

Ela, destaca, no entanto, a ex-funcionária poderia ter questionado a mudança de valor de ação. “Ela poderia conseguir impugnar tal determinação mediante pedido de revisão, no prazo legal previsto no art. 2º, §1º da lei 5584/70, ou seja, em 48 horas”, diz Roberta.

Se conseguisse derrubar o montante fixado pelo juiz para a causa, o valor da condenação não seria tão alto, já que os honorários dos advogados têm relação direta com o valor da ação.

No entanto, vale destacar que a ação não poderia, segundo afirma Roberta, ter valor inferior a 200 mil reais já que, na petição inicial apresentada em 24 de julho, apenas por danos morais, ela pedia reparação no valor de 10 remunerações mensais.

“A autora da ação possuía elevado padrão salarial, de modo que apenas o pedido de dano moral (de 10 remunerações) ultrapassaria 200 mil reais, tendo o magistrado adequado o valor da causa ao que estava sendo efetivamente postulado”, diz ela que teve acesso ao processo por meio do Pje, sistema eletrônico utilizado na Justiça do Trabalho cujo acesso é permitido a advogados. Os demonstrativos de pagamento foram anexados pelos advogados do Itaú, no processo.

A especialista lembra que fixar valor de causa muito superior ou inferior ao que está sendo pedido para reparação de dano para burlar efeitos processuais como, por exemplo, custas e multas, é abuso de direito.

Por que ela terá que pagar 67,5 mil reais aos advogados do Itaú
A condenação da ex-funcionária ao pagamento de 67,5 mil reais é direcionada para cobrir os custos dos advogados do banco. São os chamados honorários sucumbenciais.

Pelas novas regras trabalhistas, funciona assim: a autora é condenada a pagar ao advogado da parte contrária um percentual a ser definido pelo juiz entre 5 e 15% do que deixou de ganhar. O mesmo vale para a ré, condenada a pagar ao advogado da parte autora um percentual dentro dos limites apontados sobre os pedidos julgados procedentes em favor da autora da ação.

Na sentença em questão, o juiz definiu o percentual de 15%, constatada a sucumbência recíproca, ou seja, o fato de que tanto a funcionária, quanto o Itaú venceram e foram vencidos em relação aos pedidos feitos.

Dessa forma, o Itaú foi condenado a pagar 7,5 mil reais – 15% de 50 mil reais referentes à não concessão de intervalo entre a jornada regular e a jornada extra – e a ex-funcionária, a pagar 67,5 mil reais 15% de 450 mil reais, valor referente ao restante dos pedidos.

Roberta diz que a implementação da regra de honorários sucumbenciais pela reforma trabalhista é controversa. “Muitos magistrados e operadores do direito entendem que a sucumbência recíproca é a antítese da existência do processo do trabalho, que por finalidade facilita o acesso à ordem jurídica justa”, diz.

A especialista concorda com a sugestão da juíza do Trabalho, Valdete Souto Severo, que em artigo publicado na coletânea “Resistência” defende que os honorários do advogado da empresa sejam de 5% e os do advogado do trabalhador de 15%. “Esse é um entendimento proporcional e que leva em consideração a hipossuficiência do trabalhador”, afirma.

Do jeito que está, a regra de honorários sucumbenciais pode acabar afastando as pessoas da Justiça do Trabalho. “Assim, não é razoável que a Justiça do Trabalho se transforme em um triturador de trabalhadores, afinal, o princípio da proteção, espinha dorsal do Direito do Trabalho, continua presente, motivo pelo qual a sucumbência não pode ser utilizada como meio de restrição ao acesso à justiça”, diz Roberta.

Procurado, o banco Itaú Unibanco declarou, em nota, que “apoia as inovações trazidas pela nova lei trabalhista que poderão evitar a utilização desnecessária do Poder Judiciário, prevenindo litígios e pedidos indevidos. ”

MSN


,14/12/2017 às 08:01

Conheça a razão principal pela qual você não vê resultados dos seus exercícios

Você sua a camisa diariamente na academia, aposta em treinos intensos, supera seus limites nos exercícios e ainda assim não consegue notar diferença? Saiba que a razão pela qual você não está vendo resultado pode estar no tipo de dieta que adota no dia a dia.

Faz exercício e não emagrece? Veja o motivo
A prática regular de exercícios é extremamente importante para a saúde e para o processo de emagrecimento, mas, sozinha, sem uma boa alimentação, ela não produz efeitos. E engana-se quem pensa que é possível “compensar” uma dieta desequilibrada com doses extras e até excessivas de atividades.

Estudos mostram que o aumento nos níveis de atividade física da população global geral nos últimos 30 anos não fez com que os índices de obesidade deixassem de crescer, indicando que o aumento de peso está mais relacionado ao tipo e a quantidade de calorias consumidas.

Tentar emagrecer sem fazer dieta, apenas com intensa prática de exercícios, além de prejudicial para a saúde, deixa o processo de perda de peso muito mais difícil. Afinal, a quantidade de atividades necessária para queimar as calorias, especialmente de uma alimentação pouco equilibrada, será muito alta.

Em entrevista ao VIX, a nutróloga e educadora física Silvia Santamaria explicou que quando uma pessoa quer emagrecer e, para isso, faz exercícios além da dieta, consegue manter intacta sua massa muscular ou mesmo minimizar as perdas, pois é protegida pela atividade física. Nesse caso, o que se perde é gordura.

Por outro lado, pessoas que só fazem dieta, sem se exercitar, podem sofrer com diminuição dos músculos. A nutróloga diz ainda que é necessário diminuir a quantidade de calorias ingeridas para que haja um déficit calórico negativo, como uma matemática simples, ou seja, é preciso gastar mais do que se come.

MSN


,14/12/2017 às 08:01

'O Outro Lado do Paraíso': com ajuda de Caetana, Josafá atira em Sophia

O retorno de Clara (Bianca Bin) a Palmas na novela "O Outro Lado do Paraíso" vai mexer com Josafá (Lima Duarte) e ele tentará tirar a vida de Sophia (Marieta Severo). Sem o apoio de Mercedes (Fernanda Montenegro), que confisca sua espingarda, o avô da milionária vai até Caetana (Laura Cardoso) para que ela o ajude a concluir seu plano contra a mulher que era prostituta em seu bordel.

Josafá pede arma para Caetana
Segundo o colunista Daniel Castro, Josafá chega ao quarto da cafetina e explica sua necessidade. "A cama tá quentinha. Que saudade, Josafá", provoca Caetana. "Não se enxerta, mocoronga. Preciso de um favor", fala o dono do bar incendiado por Sophia, e se justifica: "Uma espingarda. Preciso". Caetana, então, zomba do ex-amante: "Pra matar passarinho, é?" "Pra armar uma tocaia", conta o avô de Tomaz (Vitor Figueiredo). "Espingarda pra uma tocaia? Melhor não", declara Caetana.

'Quero acabar com a raça daquela gente'
Josafá, então, diz que sua arma foi confiscada pela mística e conta o motivo que o leva a querer vingança contra a poderosa família. "Eu quero acabar com a raça daquela gente. A mulher que fez mal à minha neta. Sophia. O filho dela, que casou com minha neta, é o pior marido do mundo. A culpa de tudo que aconteceu é dele. Gael (Sergio Guizé)". Temerosa, Caetana afirma que não deseja vê-lo preso e o caminhoneiro garante que não será encontrado pela polícia. "Quem disse que vão me pegar? Eu já fiz muita tocaia. Vai me ajudar ou não? Ou vou ter que procurar ajuda de estranho?", questiona. "Promete que não vai deixar te prenderem?", pergunta a cafetina, e ele promete executar o trabalho da melhor maneira possível. "Então te ajudo. Se não te ajudar, vai arrumar a espingarda em outro lugar", diz, aproveitando a oportunidade para alfinetar a rival que aconselhou Clara a se divorciar no passado: "Te ajudo também porque Mercedes é que escondeu a espingarda. Ela quer ser santa, só falta subir no altar. Já que ela é santa, a perdida te ajuda".

Josafá é preso e Clara faz acordo com Sophia para libertá-lo
Com a arma concedida por Caetana, Josafá mira em Sophia mas acaba acertando Cido (Rafael Zulu). O idoso é encontrado por Rato (César Ferrario) e a vilã manda Gael chamar a polícia. Já na delegacia, o caminhoneiro é visitado por Clara, que o recrimina por ter tentado matar a mulher e precisa pensar em um acordo para soltar o avô. A milionária, então, precisa abrir mão de suas esmeraldas para que Josafá saia da cadeia.

(Por Carol Borges)

MSN


,14/12/2017 às 08:01

Geraldo Luis passa mal durante gravação do "Família Record"

Geraldo Luís passou mal durante a gravação do "Família Record" – tradicional amigo secreto entre os apresentadores da emissora - , na última terça-feira (12). Isso porque o jornalista recebeu um presente muito especial de Renata Alves.

Segundo o jornal "Agora São Paulo", a apresentadora do "Hoje em Dia" deu ao veterano um quatro que retratava seu colega de canal ao lado de Marcelo Rezende – que morreu em setembro vítima de um câncer no pâncreas e no fígado.

Geraldo, ao receber o objeto, não conteve a emoção e precisou ser amparado.

MSN


,13/12/2017 às 08:01

"O Outro Lado do Paraíso" bate recorde de audiência na Globo

mudança de fase de "O Outro Lado do Paraíso"- trama das 21h da TV Globo - ajudou a aumentar os telespectadores. Prova disso é que a novela, na última segunda-feira (11), registrou 40 pontos de audiência em São Paulo, com 55% de participação.

Desde "Avenida Brasil" (2012) um folhetim exibido nesta faixa não chegava a marca nos primeiros 42 capítulos, segundo o jornal "Agora São Paulo".

Com um tom triste, regado a racismo, violência doméstica e preconceito a deficientes, o público havia considerado a novela 'baixo astral'. Com a melhora nesses aspectos, a "Paraíso" ganhou força.


,13/12/2017 às 08:01

‘Super-Homem Chinês’ morre ao cair de prédio de 62 andares

Um chinês de 26 anos que fez fama na Internet por vídeos e fotos nos quais aparecia escalando prédios sem qualquer equipamento de segurança morreu ao tentar realizar uma proeza nas alturas. De acordo com a mídia local, Wu Yongning fazia exercícios dependurado do 62º andar de um edifício quando perdeu o controle dos movimentos e caiu.

Conhecido nas redes sociais da Chinacomo o ‘Super-Homem Chinês’, Wu contava com um séquito de milhões de seguidores virtuais, que estranharam a falta de atualizações em sua página. Na última sexta-feira, a namorada do jovem anunciou no Weibo, equivalente chinês do Twitter, que “hoje, dia 8 de dezembro, me faz pensar em 8 de novembro, o dia que você nos deixou e deixou este mundo”.

O incidente aconteceu em um arranha-céu em Changsha, capital da província de Hunan. De acordo com o jornal South China Morning Post, quando caiu do prédio, Wu competia para ganhar um prêmio equivalente a 15.000 dólares (cerca de 50.000 reais) que seria usado para o seu casamento e para cobrir despesas de um tratamento médico da mãe, informaram familiares.

Segundo a rede de notícias Sina, Wu tinha treinamento em artes marciais e eventualmente atuava como dublê em filmes chineses até se dedicar exclusivamente a divulgar suas proezas nas alturas nas redes sociais, algo que fazia desde fevereiro. O jovem gravou cerca de 300 vídeos em cima de alguns dos prédios mais altos do país contando apenas com uma câmera.

MSN


,12/12/2017 às 07:56

Juliana Paes é eleita a melhor atriz de 2017 pela APCA

A atriz Juliana Paes foi eleita a melhor atriz de 2017 pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA). O prêmio é resultado de dois papéis na TV Globo.

Um deles foi a Bibi Perigosa, na novela A Força do Querer, de Glória Perez. A personagem é baseada em Fabiana Escobar, mulher apaixonada por um traficante que acaba assumindo papel de liderança no crime, em um morro carioca.

O outro foi a matriarca libanesa Zana, pela série Dois Irmãos, baseada na obra de Milton Hatoum.

Juliana havia postado um desabafo nas redes sociais no qual contou ter ficado frustrada com a derrota para a colega Paolla Oliveira no troféu “Melhores do Ano”, distribuído no último domingo, no Domingão do Faustão, da TV Globo.

Abaixo, veja os outros vencedores em “televisão”. Os eleitos nas demais categorias estão listados na página da APCA no Facebook.

Novela: A Força do Querer (Glória Perez/TV Globo)

Ator: Julio Andrade (Um Contra Todos/Fox e Sob Pressão/TV Globo)

Diretor: Luiz Fernando Carvalho (Dois Irmãos/TV Globo)

Série: Sob Pressão (Conspiração/TV Globo)

Programa: Terra Dois (TV Cultura)

Apresentador/a: Tatá Werneck (Lady Night/Multishow)

MSN


,12/12/2017 às 07:56

Inscrições para o Sisu 2018 começam em 29 de janeiro

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 1º/2018 terão início no dia 29 de janeiro, até as 23h59 do dia 1º de fevereiro, através do site. Com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, o sistema seleciona para 239.601 vagas em 130 instituições superiores estaduais e federais. Não há taxa de inscrição.

As notas do Enem estarão disponíveis no dia 19 de janeiro. Para concorrer, é necessário não ter tirado zero na redação. Notas de outras edições do Enem não são aceitas.

Acesse aqui o edital.

Resultados e matrículas
Será realizada apenas uma chamada para matrícula, no dia 2 de fevereiro. Os candidatos selecionados devem efetuar a matrícula na instituição entre os dias 5 e 7. Os que não forem selecionados para a sua primeira opção de curso poderão participar da lista de espera, entre 2 e 16 de fevereiro. Para isso, deverão acessar o seu boletim, na página do Sisu, e manifestar o interesse.

A participação na lista de espera somente poderá ser feita na primeira opção de curso. Havendo vaga disponível, a convocação dos candidatos para realização das matrículas nas chamadas seguintes será feita pela instituição. Assim, é importante que o interessado acompanhe as convocações junto à instituição na qual está participando da lista de espera.


,12/12/2017 às 07:56

Mulheres pedem investigação no Congresso sobre assédios de Trump

Um dia após a embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley, defender o direito de vítimas supostamente assediadas por Donald Trump de “serem ouvidas”, um grupo de três mulheres pediu nesta segunda-feira ao Congresso que investigue “o histórico de má condutas sexuais” do presidente americano. As denúncias, que vieram à tona pela primeira vez durante a corrida presidencial de 2016, foram classificadas como “falsas” pelaCasa Branca.

“Deixem de lado suas afiliações partidárias e investiguem o histórico de má conduta sexual de Trump”, declarou em um evento em Nova York Rachel Crooks, que acusa Trump de beijá-la sem o seu consentimento em 2005. Ela estava acompanhada de Samantha Holvey e Jessica Leeds, que também denunciaram publicamente Trump por supostos casos de assédio.

“Eles investigam outros membros do Congresso, então só será justo se ele também for investigado”, declarou Holvey, participante em 2006 do Miss Estados Unidos; na época, Trump detinha os direitos do concurso. Quando o então empresário chegou ao evento, ele “ficou me observando como se eu fosse simplesmente um pedaço de carne”, disse a modelo ao programa Megyn Kelly Today nesta segunda-feira, no qual estava acompanhada de Crooks e Leeds.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, disse a repórteres que as acusações “foram feitas muito antes de Trump ser eleito presidente” e que o político “abordou essas acusações diretamente e negou todas as alegações”. “As pessoas deste país, em uma eleição decisiva, apoiaram o presidente Trump”, enfatizou a porta-voz, acrescentando que os eleitores já conheciam o teor das alegações e, mesmo assim, votaram no republicano.

“O momento e o absurdo dessas acusações falam mais alto, e essa turnê de publicidade que foi iniciada apenas confirma os motivos políticos por trás dela”, disse Sanders a respeito das aparições do grupo na mídia americana do grupo que acusa Trump. De acordo com a rede PBS, pelo menos 16 mulheres relataram incidentes de cunho sexual envolvendo o chefe da Casa Branca. Todas as denuncias, contudo, datam antes da eleição do então empresário.

Apenas na última semana, três políticos do alto escalão americano renunciaram em meio a escândalos sexuais. O senador Al Franken e o deputado John Conyers, ambos do Partido Democrata, e o deputado Trent Franks, do Partido Republicano, anunciaram a saída do cenário político depois de serem denunciados por assédio. Na conta dos republicanos, pende ainda o caso de Roy Moore, que concorre a uma vaga no Senado pelo estado do Alabama e é acusado de se encontrar com menores de idade no final dos anos 1970, quando ele tinha 32 anos. Moore conta com o apoio de Trump para continuar na corrida eleitoral.

Arquivado em: Mundo

MSN


,11/12/2017 às 07:57

Melhores do Ano 2017: Ivete Sangalo, Pablo Vittar, Paolla Oliveira e muito mais

O prêmio Melhores do Ano 2017 aconteceu nesse domingo (10), durante o programa Domingão do Faustão. Com apresentações de Anitta, Ana Vilela e Pablo Vittar, entre outros, o apresentador Faustão revelou os escolhidos pelo público em 15 categorias.

Uma das partes mais emocionantes foi na categoria comédia, quando Lucas Veloso, filho do humorista Shaolin, que morreu em 2016, contou o real motivo de ter ido para a comédia. “Muita gente acha que é por causa do meu pai, mas, na verdade, quando ele sofreu o acidente, minha mãe entrou em depressão e eu comecei a fazer graça em casa para fazer ela voltar a sorrir. Então Dona Laudicéia, esse prêmio é por causa do seu sorriso”.

Quem também emocionou o público foram os atores Silvero Pereira e Jonathan Azevedo, na categoria ator revelação, em que eles falaram do preconceito que infelizmente existe no Brasil, mas que venceram, porque tinham um sonho. “Então, se você tem um sonho, não desista dele nunca”, disse Jonathan, vencedor da categoria.

Veja abaixo os 15 vencedores do Melhores do Ano 2017:
Ator Coadjuvante: Emílio Dantas
Atriz Coadjuvante: Débora Falabella
Atriz de Série: Marjorie Estiano
Melhor Cantora: Ivete Sangalo
Melhor Cantor: Luan Santana
Atriz Revelação: Carol Duarte
Ator Revelação: Jonathan Azevedo
Ator de Série: Julio Andrade
Comédia: Lucas Veloso
Melhor Ator: Marco Pigossi
Ator/AtrizMirim: João Bravo
Jornalismo: Sandra Annenberg
Melhor Música: K.O. (Pablo Vittar)
Melhor Atriz: Paolla Oliveira
Especial - Personagem do Ano: Silvana de A Força do Querer (Lília Cabral)


,11/12/2017 às 07:57

Ministros usam aviões da FAB para dar carona a familiares e lobistas

Ministros do governo de Michel Temer usaram voos da FAB (Força Aérea Brasileira), requisitados com o propósito de cumprir agendas de trabalho, para transportar parentes, amigos e representantes do setor privado. Há carona a mulheres e filhos, que não têm vínculo com a administração pública.

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

A reportagem levantou as informações por meio da Lei de Acesso à Informação. O decreto 4.244/2002, que dispõe sobre os voos, permite o uso da frota "somente" para o transporte de vice-presidente, ministros de Estado, chefes dos três Poderes e das Forças Armadas, salvo nos casos em que há autorização especial do ministro da Defesa.

+ Em carta, parlamentares europeus criticam projeto que restringe aborto

A norma não autoriza expressamente o embarque de pessoas sem cargo ou função pública. Também não há previsão para que congressistas peguem carona.

A reportagem obteve dados de viagens feitas por 12 ministros. Seis deles levaram filhos ou esposas na comitiva, não raro para cumprir agendas em locais turísticos.

Um sétimo deu carona para a mulher de um colega de Esplanada. Três das autoridades levaram amigos a bordo e três transportaram empresários ou lobistas. Sete pastas não apresentaram as relações de passageiros.

Entre 13 e 16 de outubro de 2016, a FAB cedeu um de seus jatos para que o titular do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), participasse de encontro sobre sustentabilidade no Pantanal. O evento, emendado com o dia das crianças, se deu no Refúgio Ecológico Caiman, hotel luxuoso em Miranda (MS). Na comitiva estava o filho de 11 anos do ministro.

Bruno Araújo (PSDB), que se desligou recentemente das Cidades, levou a mulher, Maria Carolina, em ao menos seis viagens oficiais. Em junho de 2016, o casal embarcou para Campina Grande (PB) no dia da abertura do "Maior São João do Mundo". Os dois, na sequência, embarcaram para o Recife, onde mantêm domicílio. Era uma sexta-feira.

Desde 2015, é proibido aos ministros usarem voos da FAB para retorno à residência. Maria Carolina fez ao menos mais cinco viagens em aeronaves oficiais, das quais três passando por Pernambuco, sempre em fins de semana ou datas coladas a sábado ou domingo. Em duas ocasiões, a filha do casal estava junto.

O peemedebista Helder Barbalho (Integração Nacional) -provável candidato ao governo do Pará- também levou a mulher, Daniela, para um São João, o tradicional Arraial dos Caetés, em Bragança, em junho. Foi uma viagem em família, com a presença do pai do ministro, o senador Jader Barbalho, e da mãe, a deputada Elcione Barbalho, ambos do PMDB.

A FAB alega que recebe das autoridades a lista dos passageiros, mas não tem responsabilidade sobre as comitivas.

Em abril, uma caravana de casais saiu de Brasília rumo a Foz do Iguaçu (PR) para a premiação do Lide (Grupo de Líderes Empresariais), grupo da família do prefeito João Doria (PSDB).

O voo foi requisitado à FAB pelos ministros Dyogo Oliveira (Planejamento) e Sarney Filho, que embarcou junto da mulher, Camila Serra. Também viajaram o tucano Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), que pediu demissão na sexta (8), e a mulher, Márcia, que também pegou carona em outras missões oficiais.

Fizeram companhia no avião, com suas mulheres, Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor especial de Temer preso após ser flagrado com uma mala de R$ 500 mil da JBS, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o relator da reforma da previdência, Arthur Maia (PPS-BA). O presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho), Ives Gandra, embarcou com uma assessora. O evento, em um resort próximo das cataratas, durou três dias.

Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações), do PSD, voou na companhia de amigos e empresários. Um deles é Marcelo Rehder, contemporâneo de faculdade do ministro e diretor da empresa Ella Link, envolvida em um projeto do futuro cabo submarino Brasil-Europa. Ele pegou carona, por exemplo, para uma agenda de Kassab no Instituto Butantã, em São Paulo, que produz vacinas.

Outro passageiro em voos do ministro é Paulo Tonet Camargo, vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo e presidente da Associação Brasileira de Rádio e Televisão. Em três ocasiões, houve agendas relacionadas ao setor de comunicações, como um jantar da RBS, afiliada da Globo no Rio Grande do Sul.

OUTRO LADO

Os ministros negaram irregularidade em transportar parentes, empresários e lobistas a bordo de aviões da FAB.

Eles dizem que não há vedação expressa ao transporte de passageiros sem vínculo com a administração pública e as agendas oficiais.

O Ministério do Meio Ambiente afirmou que "nenhuma hospedagem" de "qualquer membro" da família de Sarney Filho foi paga com dinheiro público. "Qualquer irregularidade que, eventualmente, seja apontada, o que não acreditamos, será imediatamente investigada", disse.

Segundo Bruno Araújo, os deslocamentos ocorreram "por compromissos da pasta", dentro da legislação vigente.

Helder Barbalho declarou que "respeita integralmente a legislação em vigor". Segundo ele, a mulher, Daniela, integrou voo requisitado pelo então titular do Turismo, Marx Beltrão, que visitaria o São João em Bragança (PA).

O ministro disse ter dividido a viagem com o colega uma vez que tinha outra agenda prevista para o Estado. "Daniela foi convidada oficialmente pela organização do Arraial dos Caetés".

O GSI informou que a esposa do ministro Sérgio Etchegoyen viajou mediante aproveitamento de vagas disponíveis em voos previamente planejados, não incorrendo em quaisquer ônus".

Dyogo Oliveira (Planejamento) explicou que viajou acompanhado por outros ministros para o evento em Foz do Iguaçu, "em virtude da necessidade de compartilhamento de voos", prevista no decreto sobre os voos. Todas as autoridades, segundo ele, foram convidadas "formalmente a participar como palestrantes do evento" em Foz.

Kassab disse seguir a legislação e afirmou que embarcam nos voos "servidores da pasta ou pessoas relacionadas a setores que são de escopo de atuação" do ministério.

O Ministério dos Transportes disse que Maurício Quintella "não oferece nem dá" carona a congressistas. Os parlamentares que compõem a comitiva do ministro "têm participação nos eventos", afirmou. Sobre ter transportado a esposa do ministro-chefe do GSI, justificou que "a pessoa citada ocupou um assento livre".

Antonio Imbassahy não respondeu.

O presidente do TST, Ives Gandra, disse disse que viajou "por haver disponibilidade de lugar na aeronave e não haver", na ocasião, "voo comercial compatível com sua agenda institucional".

A Abert informou que seu presidente, Paulo Tonet, participou com Kassab de eventos oficiais da radiodifusão, segmento que representa. "Os voos mencionados foram realizados a convite do ministro e aceitos pelos representantes em vista da finalidade setorial dos eventos e da extensa agenda de compromissos." Com informações da Folhapress.

MSN


,09/12/217 às 08:30

Para investir e economizar, basta começar (e parar de falar que sabe o que fazer)

O ano está acabando e, se você tem acompanhado o Dinheirama, provavelmente está mais ciente do que precisa fazer para conseguir colocar as contas em ordem.

Quando falamos em Educação Financeira, não há fórmula mágica e nem atalhos. Com o bolso, é preciso por em prática tudo aquilo que aprendemos na teoria.

Nem sempre é fácil, pois estamos falando de você abrir mão de uma série de prazeres momentâneos visando ganhos futuros; de dedicar horas de seu tempo para aprendizado; de investir mais tempo refazendo contas; de controlar a ansiedade e não comprar por impulso.

Tudo para que você possa ficar em paz e tranquilo com seu bolso, ganhando independência financeira e, de quebra, liberdade para viver melhor. Vale o esforço, não?

O que são dividendos? Como escolher ações que pagam dividendos?

Fazer é mais importante que saber fazer
Outro dia falei em um vídeo (assista abaixo) que o processo é mais importante que o resultado quando alguém começa a investir.

//www.youtube.com/watch?v=x9kKZ_2Lj-Q

Clique e assista

O processo é mais importante, você concorda? Pode parecer estranho pensar nisso, mas faz todo o sentido e não apenas com relação a investimentos, mas com relação a organizar as finanças de forma geral.

Vale para quem quer gastar menos, poupar mais, deixar de ter dívidas, fazer uma planilha de receitas e despesas, pesquisar aplicações e por aí vai.

Pense comigo: estamos acostumados a ter determinadas atitudes que se tornam hábitos nocivos à nossa saúde financeira.

É o caso de quem reclama que nunca tem dinheiro para nada, mas não consegue se conter e compra por impulso o tempo todo. Não sobra, obviamente, para aquilo que é importante.

Ou quem está sempre no cheque especial, mas se tiver que responder à pergunta: “Você conhece bem suas receitas e despesas fixas?”, a pessoa não conhece, prefere continuar na escuridão do que ter que sair da sua zona de conforto. Prefere os atalhos em detrimento do processo.

Para abandonarmos estes hábitos nocivos, é necessário que, assim como alguém viciado em cigarro ou bebida, a pessoa que não consegue lidar bem com dinheiro crie um processo para que consiga substituir estes hábitos por outros mais saudáveis.

Processo significa mudança de hábitos, criação e novas rotinas de uma forma que, mesmo com todas as dificuldades, tudo isso venha a fazer parte do dia a dia de uma forma natural e consciente.

Bem, você pode estar pensando: “Nossa, ele está comparando a questão do dinheiro a questões de saúde”, mas ouso dizer que uma pessoa que não sabe se controlar financeiramente pode causar danos enormes não apenas a si mesmo como à toda família.

E quando esta questão se transforma em vício (como quem acaba perdendo bens por conta de dívidas sem sentido, por exemplo), não dá para lidar com o tema de forma leve. É preciso, sim, ter clareza sobre o fato e investir em um processo para sair dele.

eBook gratuito recomendado: Como falar sobre dinheiro com o seu filho

Como criar um processo para organizar as finanças
Para começar a organizar as finanças, primeiramente é preciso querer. Ninguém muda um hábito sem foco ou força de vontade, e geralmente só queremos mudar alguma coisa que nos é comum, quando ela começa a causar danos.

Ah, a teimosia também pode servir para despertar o interesse por novos hábitos. Sabe aquele momento em que percebemos que se continuarmos daquela forma, não chegaremos a lugar algum? É seu caso? Então vamos consertar isso juntos!

O próximo passo é avaliar o que está errado hoje e quais os seus objetivos para curto, médio e longo prazos. Por que até agora você não conseguiu lidar direito com dinheiro, poupar ou investir?

Você precisa urgentemente saber para onde seu dinheiro está indo. Aquela boa e básica planilha de receitas e despesas é essencial para entender os gastos fixos. A partir daí você vai avaliar o que pode ser cortado ou substituído.

Olhe com carinho o orçamento, proponha-se a cortar alguma coisa nele. Tenho certeza de que alguns gastos fixos são meramente parte de um hábito, não uma real necessidade.

Este dinheiro poupado com o corte de alguma despesa (pode ser a conta do celular, que dá para reduzir; a assinatura da TV a cabo, que ninguém vê; uma ida a menos em um restaurante na semana; e etc.) pode ser usado para iniciar algo absolutamente essencial para garantir um pouco mais de tranquilidade em sua vida: a formação de uma reserva financeira.

Este valor deve ser deixado separado para ajudar em momentos de crise, aos quais estamos sempre sujeitos, e se você não consegue começar a formar uma reserva, “troque” o gasto: use o valor que estava indo para determinada despesa inútil e o encaminhe para esta reserva.

É importante também conhecer os sonhos de médio e longo prazo e precificá-los. Desta forma, você saberá quanto terá que poupar ou investir para que sejam realizados.

Fica muito mais fácil resistir a determinados gastos se temos objetivos importantes e reais a serem alcançados. Coloque os sonhos no papel se não tiver feito isso ainda. Você pode até resolver cortar mais algum daqueles gastos fixos para destinar o valor à realização destes sonhos.

Outro ponto relevante no processo de lidar bem com as finanças é fazer valer o dinheiro. Isso significa não gastar à toa, controlar o impulso por compras e pedir desconto. Tente sempre comprar à vista e negociar o valor.

O dinheiro economizado também pode ir para a reserva financeira, realização de um dos sonhos da planilha ou, algo muito importante, investimentos.

eBook gratuito recomendado: Freelancer – Liberdade com muito trabalho e resultados

Investir? Com que dinheiro?
Ouço alguém dizer: “Mas eu mal consigo dar conta dos meus gastos e você me diz para investir?”. Calma, lembre-se que você está dando o primeiro passo dentro de um caminho longo na educação financeira, e assim que estiver com as contas mais organizadas, perceberá que investir também é uma questão de prioridade.

Neste caso, o processo para realizar investimentos deve caminhar em paralelo com alguns pontos: será preciso associar os investimentos às metas de curto, médio e longo prazo, pesquisar as possibilidades, investigar taxas e custos cobrados e por a mão na massa.

Ninguém aprende nada sem fazer. Comece com pouco, oriente-se com quem sabe, teste, compare e pratique o hábito de gastar menos do que ganha para ter dinheiro para investir. Pouco, muito, não importa. Foco no processo!

Baixe grátis:Guia completo sobre investimentos

Conclusão
Finalmente, além de tudo aquilo que já citei acima, há outro ponto importante que deve fazer parte de uma jornada de reorganização financeira: saber multiplicar o dinheiro para melhorar seu fluxo de caixa (e, assim, sua capacidade de investir e a velocidade rumo à independência financeira).

Além dos investimentos, que são parte essencial, também é bom estar pronto para buscar maneiras de ganhar mais. Pode ser através de trabalhos extras, pode ser através de renda passiva, pode ser através de desapego (que tal vender aquilo que não usa mais?).

Todos estes pontos são importantíssimos para fazerem a roda da energia financeira girar com toda força em sua vida. E é claro, é sempre fundamental manter o foco e a disciplina, como sempre digo. Faz sentido? Hora de agir!

------

Este artigo foi escrito por Conrado Navarro.

MSN


,09/12/217 às 08:30

SBT pode aproveitar dois humoristas do 'Pânico' em sua grade de programação de 2018

O SBT pode contratar dois humoristas do 'Pânico' assim que o programa deixar a grade de programação da Bandeirantes.

Segundo o colunista Flávio Ricco, a emissora de Silvio Santos se recusou a levar todo o pacote para o SBT, mas se interessou em dois humoristas, que não tiveram seus nomes revelados.

Ainda de acordo com o colunista, o SBT pode fazer um novo programa no campo do humor visando a grade de 2018.

Com o fim do programa, nenhum integrante do 'Pânico na TV' deverá ser indenizado caso a Band não entre em um acordo com o dono do formato sobre a exibição do programa no próximo ano.

Segundo o colunista Ricardo Feltrin, no contrato dos humoristas há uma cláusula que diz que nenhuma multa contratual será paga caso haja uma rescisão contratual por uma das partes.

O mesmo não se aplica para o contrato entre Tutinha e Emílio Surita, donos do formato, com a emissora.

Ainda de acordo com o colunista, a rescisão um ano antes do previsto dá direito a uma indenização em torno de R$ 12 milhões ao dono e à estrela da rádio Jovem Pan.

A Band, por sua vez, está tentando um acordo com os donos do formato para rescindir o contrato sem ir para a justiça.



,09/12/217 às 08:30

124 deputados de partidos da base aliada dizem votar contra reforma da Previdência

BRASÍLIA – Levantamento feito pelo Estado mostra que 215 deputados declaram voto contrário à reforma da Previdência. Desses, 124 são de partidos da base aliada do governo Michel Temer. Há divisão sobre o tema mesmo no PMDB e no PTB, os únicos partidos da coalizão governista que decidiram obrigar suas bancadas a votar a favor das mudanças na aposentadoria.

A reforma é a principal aposta da equipe econômica para garantir a retomada do crescimento. O governo, no entanto, encontra dificuldades para conseguir os 308 votos necessários à aprovação do texto. Com 205 votos contrários, do total de 513 deputados, a proposta de emenda à Constituição (PEC) seria rejeitada.

PLACAR Veja como deve votar cada deputado na discussão da reforma da Previdência

No PMDB de Temer, dez dos 60 deputados disseram que são contrários à proposta e 15 mostraram-se indecisos. Apenas 12 afirmaram ser favoráveis ao texto. Os desobedientes estão sujeitos a penas que vão da advertência a punições mais sérias. "Teremos uma semana de muito trabalho na busca de votos, mas sou otimista", afirmou o líder do PMDB na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP).

Para ele, as opiniões obtidas no levantamento do Estado refletem posições anteriores às mudanças patrocinadas pelo governo na proposta original. "Os deputados do Nordeste que são contrários à reforma, por exemplo, ficarão a favor quando tiverem a certeza de que os trabalhadores rurais não serão atingidos", disse. "Mas isso só ocorrerá quando todos tiverem na mão o texto que vai para o plenário."

++PF descobre fraudes de R$ 4 milhões na Previdência

Nas fileiras do PSDB, 12 dos 46 parlamentares são contra mexer no sistema da Previdência, dez mostraram-se indecisos e 16 não quiseram responder. Apenas 6 afirmaram ser a favor das mudanças. "O governo teve uma falha grande na comunicação", disse o líder do PSDB na Câmara, deputado Ricardo Tripoli (SP). "Pelas nossas contas, teremos quase 50% da bancada, mas é preciso ver os outros partidos aliados também. Não dá para jogar tudo no colo do PSDB."

O presidente do PTB, Roberto Jefferson, comparou o discurso contra a reforma da Previdência a uma manifestação do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot. "Não vamos aceitar esse discurso de Janot, que tem a intenção de prejudicar o governo", disse o ex-deputado, tentando amenizar os votos contrários na bancada do PTB. "Só dois votos não consigo reverter. Mas fizemos tudo certo até agora. A reforma da Previdência faz parte do tripé de sustentação da economia, também composto pelo teto de gastos e mudanças trabalhistas", completou Jefferson.

INFOGRÁFICO Entenda a reforma da Previdência

Para o líder da bancada do PP, deputado Arthur Lira (PB), é preciso mais mobilização do Palácio do Planalto para garantir a votação da reforma ainda neste ano. Lira elogiou a substituição do ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy (PSDB), por Carlos Marun (PMDB-MS), anunciada ontem. "Até agora não havia articulação política", criticou.

MSN


,08/12/2017 às 08:05

Nenê revela que Neymar ficou "estressado" por problema com Cavani

Neymar ficou "estressado" por sua discussão sobre as cobranças de pênalti com Edinson Cavani no Paris Saint-Germain. Mas ele crê que verá sua paciência recompensada, conforme dito por Nenê.

Contratado junto ao Barcelona por 222 milhões de euros, Neymar impressionou ao marcar 15 gols em 18 partidas com as cores do time francês.

Ele, no entanto, estava envolvido em uma briga pública com Cavani em setembro. Um incidente que o compatriota Nenê admite que foi infeliz para o atleta de 25 anos, que tenta se adaptar ao ambiente atual.

Atualmente no Vasco, o ex-atleta do PSG disse à RMC Sport: "Neymar nunca me disse que ele está desapontado com o tratamento recebido na França. Ele nunca disse nada disso para mim. Certamente, ele esperava que algumas coisas fossem mais fáceis que eles enfrentam. Mas isso é futebol. Não podemos pensar diferente".

"Todo mundo ao seu redor sabia que ele precisaria se adaptar. Depois de tudo, é um desafio novo na carreira. No início, a paciência é essencial. Com certeza, havia alguns momentos que eram piores que imaginaram", acrescentou.

Pressionado para responder sobre o incidente do craque brasileiro com Edinson Cavani, Nenê não conseguiu esconder: "Sim, talvez ele tenha ficado um pouco estressado por causa disso".

Jogador do time do Parc des Princes entre 2010 e 2013, o meia-atacante convenceu Neymar a se mudar para a França e disse que o local seria melhor para o atleta:

"Dei minha opinião. Expliquei a ele sobre a cidade, o clube e a infraestrtura. Disse a ele que não teria nenhum arrependimento por deixar o Barcelona", disse.

"Com o Barça, ele venceu tudo. Então eu disse: 'Imagina você ir ao PSG para um novo desafio, com a mesma estrutura que você tem em Barcelona ou até melhor. Você terá um grande time, uma cidade linda, você terá tudo que sempre quis e será o melhor jogador da equipe, a estrela. Se você vencer a Champions League com o PSG, isso valerá 100 vezes mais que vencer de novo com o Barça'", concluiu.

Mais: Bola de Ouro mais uma vez, Cristiano Ronaldo comemora, fala de rivalidade de Messi e aposta em Neymar | Neymar e Cristiano Ronaldo lideram o time da fase de grupos da Champions League | Neymar no Palmeiras? "Aqui, nada é impossível", diz patrocinadora | Neymar recupera terceira colocação, e Brasil volta a contar com mais jogadores na Bola de Ouro | Acima de Messi e Neymar, CR7 merece a quinta Bola de Ouro e cada vez mais se firma entre os maiores

MSN


,08/12/2017 às 08:05

"O Outro Lado do Paraíso": Clara pode voltar a ser internada

Os olhos de Clara (Bianca Bin) brilharam ao saber do valor das obras deixadas por Beatriz (Nathalia Timberg), que em breve poderá estar em suas mãos. No entanto, um importante alerta de Patrick (Thiago Fragoso) a deixa desesperada.

"Você disse que foi interditada", lembra o advogado. "Sim, pela Sophia. Ela deu um golpe, pagou, convenceu o delegado, o psiquiatra e o juiz a me interditarem. E conseguiu. Mas agora estou livre, pronta para dar o troco", responde, esperançosa.

O rapaz, então, faz o alerta inesperado: "Está enganada. Se ela a interditou, você continua interditada".

MSN


,07/12/2017 às 08:02

Detalhes separam o Atlético-MG de ex-jogador do Manchester

Restam apenas alguns detalhes para o Atlético- MG anunciar mais um reforço para a temporada 2018. Se trata do lateral-direito, Guilhermo Varela, de 24 anos, ex-jogador do Manchester United.

Segundo fontes, está marcada para os próximos dias uma reunião entre a diretoria do time alvinegro com o empresário do jogador. Após a conversa, o atleta passará por exames para assinar contrato com o clube mineiro comprando 50% dos direitos do ala.

Varela está no Peñarol desde agosto, após assinar contrato de três temporadas. No entanto, uma cláusula contratual garante que a equipe uruguaia é obrigada a negociar o jogador caso receba uma proposta do exterior.

Varela tem passagens pelo futebol europeu, entretanto, com pouco sucesso e um episódio polêmico. O atleta jogou no Real Madrid B, mas antes do Manchester United, em 2013.

Seu principal tropeço ocorreu quando jogava no futebol alemão, no Eintracht Frankfurt, quando fez uma tatuagem às vésperas da decisão da Copa da Alemanha e precisou ficar fora por causa da arte ter inflamado. A situação causou muito desconforto na comissão técnica e o jogador acabou dispensado.

MSN


,07/12/2017 às 08:02

Trump diz que decisão sobre Jerusalém deveria ter sido tomada "há muito tempo"

Líderes palestinos desencadearam uma ira sem precedentes contra os Estados Unidos após a decisão do presidente Donald Trump de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel, nesta quarta-feira (6), uma proclamação histórica e potencialmente explosiva saudada pelos israelenses.

Trump confirmou os temores dos países árabes e de uma grande parte da comunidade internacional, preocupada com um surto de violência.

Rompendo com seus predecessores e tocando em um dos problemas mais sensíveis da região, ele anunciou o reconhecimento de Jerusalém, uma cidade sagrada para judeus, cristãos e muçulmanos, como a capital de Israel.

Mesmo antes de seu discurso, nesta quarta-feira (6), milhares de palestinos irritados marcharam após a oração ao Monumento do Soldado Desconhecido em Gaza, onde queimaram as bandeiras americana e israelense e cantavam "Morte à América" e "Morte a Israel".

O município de Belém extinguiu a árvore de Natal na praça central desta cidade, em grande parte cristã, da Cisjordânia ocupada, sob a forma de protesto, disse uma porta-voz.

O contraste era marcante com a projeção, pelo município israelense de Jerusalém, de uma vasta bandeira em forma de estrela ao lado da bandeira da Estrela de Davi nas muralhas da Cidade Velha de Jerusalém.

Apesar da chamada para três "dias de fúria", a partir desta quarta-feira, a mobilização permaneceu limitada nos territórios palestinos. A própria Jerusalém, atingida pelo frio e pela chuva, não ofereceu um rosto diferente dos outros dias.

Macron, Merkel, May e comunidade europeia reagem

O presidente francês, Emmanuel Macron, qualificou nesta quarta-feira (6) de "lamentável" a decisão do presidente americano, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como capital de Israel e pediu para "evitar a violência a qualquer preço".

Macron ressaltou "o compromisso da França e da Europa com a solução dos dois Estados. Israel e Palestina vivendo como vizinhos em paz e segurança em fronteiras reconhecidas internacionalmente e com Jerusalém como capital dos dois Estados".

A chanceler alemã Angela Merkel disse nesta quarta-feira que seu governo não apoia a decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel.

O governo alemão "não apoia esta posição porque o status de Jerusalém só pode ser negociado como parte de uma solução de dois estados", disse o chanceler, citado em um tweet por sua porta-voz Steffen Seibert, lembrando a Posição de Berlim, favorável à opção de dois estados, palestino e israelense.

A chefe da diplomacia da União Europeia, Federica Mogherini, em uma conversa telefônica com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, Mogherini reiterou a "posição firme" da UE de que "o status final de Jerusalém como a futura capital de Israel e um estado palestino deve ser resolvido através de negociações que atendam às aspirações de ambas as partes ", de acordo com um comunicado.

“A União Européia expressa sua séria preocupação com o anúncio hoje do presidente dos EUA, Trump, sobre Jerusalém e as repercussões que isso pode ter sobre a perspectiva da paz ", disse o chefe da diplomacia européia Federica Mogherini em uma declaração.

Ela também reafirmou o compromisso da União Européia com a "retomada de um verdadeiro processo de paz que conduz a uma solução de dois Estados", a única perspectiva em sua visão "garantindo paz e segurança para ambos os países. Palestinos e israelenses ".

O Reino Unido "não concorda" com a decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como a capital do Estado de Israel, que é "de nenhuma ajuda" para o processo de paz com Palestinos, disse o primeiro-ministro britânico Theresa May na quarta-feira.

"Nós não concordamos com a decisão dos EUA de transferir sua embaixada para Jerusalém e reconhecer Jerusalém como a capital israelita antes de um acordo de status final", disse May em um comunicado.

ONU se posiciona contra medida unilateral

A ONU se diz "contra qualquer medida unilateral". “O status de Jerusalém só pode ser resolvido pela "negociação direta" entre israelenses e palestinos, disse o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, lembrando que ele sempre foi "contra qualquer medida unilateral". "Não há alternativa para a solução de dois estados" com "Jerusalém como a capital de Israel e da Palestina".

Para o movimento islâmico palestino Hamas, a decisão do presidente dos Estados Unidos abre "as portas do inferno para os interesses americanos na região".

Ismail Radwan, principal funcionário do Hamas falando aos repórteres na Faixa de Gaza, pediu aos países árabes e muçulmanos que "reduzam os laços econômicos e políticos" com as embaixadas dos EUA e expulsem embaixadores americanos.

Com o reconhecimento de Jerusalém como a capital de Israel e com a transferência da embaixada americana - hoje em Tel-Aviv -, o presidente Donald Trump poderá romper com o posicionamento da comunidade internacional e com décadas de política americana.

Um pouco de história

O plano da ONU em 1947 previa a partição da Palestina em três entidades: um Estado judeu, um Estado árabe e Jerusalém, formando um "corpus separatum" sob regime internacional especial administrado pelas Nações Unidas.

Esse plano é aceito pelos dirigentes sionistas, mas rejeitado pelos líderes árabes.

Na esteira da saída dos britânicos e da primeira guerra árabe-israelense, o Estado de Israel é criado em 1948, e tem Jerusalém Oriental instituída como capital, com Jerusalém Leste ainda sob controle da Jordânia.

Israel toma conta de Jerusalém Oriental ao longo da guerra dos Seis Dias, em 1967, anexando esse território. Em 1980, uma lei fundamental confirma o status de Jerusalém como capital "eterna e indivisível" de Israel.

E, nesta terça, o governo israelense voltou a lembrar: "Jerusalém é a capital do povo judeu há 3.000 anos e a capital de Israel há 70 anos". Isso vale para toda a Jerusalém, Oriental e Ocidental, cidade "reunificada".

Interlocutora da comunidade internacional e de Israel, a Autoridade Palestina reivindica Jerusalém Oriental como a capital de um futuro Estado palestino independente. Já o Hamas islamita, que não reconhece Israel, evoca Jerusalém como a capital de um futuro Estado da Palestina.

Em 1995, o Congresso americano adota o Jerusalem Embassy Act, com um apelo para que o governo mude a embaixada de Tel-Aviv para Jerusalém, "capital do Estado de Israel".

A lei é obrigatória para o governo americano, mas uma cláusula permite aos presidentes adiar sua aplicação por seis meses. Bill Clinton, George W. Bush e Barack Obama acionaram a cláusula, sistematicamente, a cada seis meses. A contragosto, Trump fez isso pela primeira vez, em junho de 2017.

MSN


,06/12/2017 às 08:01

Ex-repórter Luana Don é condenada por envolvimento com PCC

A advogada e modelo Luana de Almeida Domingos, de 32 anos, a ex-repórter Luana Don, do programa Superpop, da RedeTV!, foi condenada a cinco anos e três meses de prisão em regime semiaberto pelo crime de integrar organização criminosa após ter se envolvido com uma célula jurídica da facção Primeiro Comando da Capital (PCC). Luana aguardará o recurso da sentença em liberdade.

Após ter passado cinco meses em prisão preventiva na penitenciária de Tupi Paulista, no interior de São Paulo, Luana foi colocada em liberdade na última sexta-feira, horas depois da sentença do juiz Gabriel Medeiros, da 1º Vara da Comarca de Presidente Venceslau. Ela seguiu para a casa dos pais na zona norte da capital paulista.

Luana foi incluída em um rol de 54 pessoas denunciadas no âmbito da Operação Ethos, da Polícia Civil com o Ministério Público, que desarticulou uma espécie de departamento jurídico do PCC, apelidada de “Sintonia dos Gravatas” ou “Célula R”. Sob o pretexto de prestar serviços de advocacia, membros desse núcleo foram acusados de realizar tarefas ilícitas como levar e trazer informações de presos para outros membros do PCC e prestar favores a familiares de detentos.

Outros seis réus responderam ao mesmo processo que Luana e receberam penas entre oito e onze anos e meio de reclusão, em regime fechado. A pena de Luana foi inferior à dos demais por sua atuação na Célula R ter durado menos de dois meses, segundo os autos.

“Entendemos que a pena da Luana foi satisfatória porque a participação dela na organização foi por um período bem menor que outros [réus]. Temos ações com maior importância do que a conduta dela. Ela trabalhou por pouco mais de um mês e nunca visitou presos”, afirma o promotor Lincoln Gakiya, do Grupo de Apoio ao Crime Organizado, do Ministério Público.

De acordo com o promotor, 35 réus denunciados pela operação já foram condenados, uma pessoa foi absolvida e outras 18 aguardam julgamento.

Mensagens de e-mail trocadas entre Luana com duas gestoras da célula apontam que a advogada participou do núcleo por 45 dias, entre os meses de agosto a outubro de 2015. Nesse período, ela teria vistoriado dez processos no decorrer de cinco visitas ao Fórum da Barra Funda. Ela diz ter recebido um total de 1.667 reais a título de honorários.

Segundo as investigações, os integrantes da Célula R eram identificados no controle da facção por siglas e codinomes – Luana era a doutora “Carla” e R35. Além disso, eles recebiam contas de e-mail e números de telefones para falar com os líderes.

Conforme as mensagens interceptadas, em dado momento Luana também foi designada pela chefe a atualizar planilhas com o cadastro de advogados da Célula R.

A defesa da advogada afirma que, além de Luana não saber que atuava em favor da organização criminosa, ela realizou tarefas dentro da lei. “O caso dela reclamava absolvição. Uma pena de cinco anos e três meses para quem foi cinco vezes ao fórum e alimentou planilhas é absolutamente desproporcional”, afirma Mariana Tranchesi, advogada de Luana no caso.

O juiz Gabriel Medeiros, no entanto, considerou haver provas de que Luana tinha ciência de que trabalhava para o PCC. “Ficou demonstrado que a acusada Luana passou a integrar a organização criminosa, tendo contribuído para o seu crescimento. Além de conhecer pessoalmente a principal gestora da organização criminosa, as provas revelaram que a acusada tinha ciência dos protocolos de segurança, tanto que usava nome diverso do seu, era identificada por código (…) O sigilo e protocolos adotados pela ré não podem ser tidos como aqueles inerentes ao trabalho de advogado, sequer podem ser aceitos em qualquer trabalho lícito.”

Depoimento
Luana é de uma família de classe média, se graduou em direito pela Faap (Fundação Armando Alvares Penteado) e fez curso de teatro. Na época em que integrou a célula R, ela conciliava o emprego na área jurídica de uma empresa de engenharia com as gravações do Superpop, da RedeTV!

Em seu depoimento dado em juízo, em setembro, Luana afirmou ter conhecido Marcela Fortuna, uma das principais gestoras da célula – hoje presa e aguardando julgamento – e que a contratou para os serviços, por intermédio de um colega de trabalho da emissora. O encontro, confirmado à Justiça pelo funcionário, ocorreu em um shopping no interior de São Paulo.

A despeito de Luana não ter experiência em direito criminal e nunca ter advogado, Marcela quis contratá-la de forma temporária para substituir uma funcionária afastada, cuja função era acompanhar processos na capital paulista.

Luana teria se encontrado uma segunda vez com Marcela, na cidade de Sumaré (no interior do Estado), onde esteve em um escritório onde a gestora da célula trabalhava. A ré diz não ter desconfiado que no local funcionaria uma organização criminosa.

Luana disse ainda não ter estranhado o fato de ser tratada pela sigla de R35, já que uma empresa de engenharia onde trabalhava anteriormente identificava os funcionários por números. Da mesma forma, ela disse ter achado normal receber um endereço de e-mail e um número de celular.

O salário inicial combinado com Marcela, segundo a depoente, seria de cinco mil reais, mas a remuneração inferior se deu pela recusa de Luana em produzir uma peça jurídica, pois tinha dificuldade na sua elaboração, fato que culminou também em seu desligamento da célula de advogados.


,06/12/2017 às 08:01

Gravação de especial de Rodrigo Faro termina em agressão

A gravação do especial de Natal do "A Hora do Faro", da Record, que aconteceu na última semana, em São Paulo, terminou em confusão. Isso porque um fã de Maiara e Maraisa alega ter sido agredido pelos seguranças do programa.

Segundo o colunista Leo Dias, o admirador, Wallacy, foi repreendido por estar fazendo muito barulho durante a apresentação das cantoras sertanejas.

Em vídeo compartilhado nas redes sociais, é possível observar cinco profissionais do canal tentando tirar o jovem e seus amigos da plateia da atração.

"Tinham várias senhoras, corria o risco delas se machucarem... Veio bombeiro, um monte de gente para cima da gente. Um dos meus amigos ficou todo marcado. Falaram para gente não postar nada na web", contou o moço.

Procurada, a Record afirmou que não se pronunciará sobre o caso até ter absoluta certeza do ocorrido.

MSN


,05/12/2017 às 08:28

Após episódio da camisa, Arthur confirma conversa com Barcelona

O volante Arthur manifestou-se nesta segunda-feira sobre a possibilidade de trocar o Grêmio pelo Barcelona. O volante está em uma negociação que está próxima de ser fechada, conforme divulgou Mauro Cezar Pereira.

A situação ganhou repercussão depois de uma foto do atleta com a camisa do clube catalão vazar.


“Vieram para me conhecer, abri uma negociação. Se chegar, vamos analisar com calma. Se for bom para mim e para o Grêmio, a gente conversa”, declarou o meio-campista de 21 anos ao Sportv.

Os catalães terão que desembolsar pelo menos 40 milhões de euros pelos 75% dos direitos sobre o atleta que pertencem ao campeão da Copa Libertadores. Essa é a intenção gremista, ou então o clube espanhol paga a multa rescisória, que é de 50 milhões de euros — 37,5 milhões de euros caberiam aos tricolores.

Arthur tornou-se nesta temporada em um dos destaques do Grêmio, que conquistou a Copa Libertadores. O atleta, inclusive, chegou a ser convocado pela seleção brasileira para as partidas contra Bolívia e Chile, pela eliminatória sul-americana para a Copa do Mundo de 2018.

MSN


,05/12/2017 às 08:28

Óvulo faz seleção de espermatozoides e não é "dócil" como leis da genética imaginavam

A corrida de espermatozoides, pequenos e ágeis, para fecundar o óvulo é uma das figuras mais frequentes estampadas nos livros de biologia e no nosso imaginário.

A pesquisa feita pelo cientista Joe Nadeau acrescenta, porém, uma novidade fundamental neste cenário: o fato de que o óvulo não é uma célula dócil e submissa durante o processo de reprodução.

A esse quadro, o cientista deu o nome de “fertilização geneticamente tendenciosa”.

Em entrevista ao site especializado em ciência Quanta Magazine, o pesquisador que desafia a Lei de Mendel explicou que, de acordo com as evidências do estudo, o óvulo faz as vezes de um recrutador e elimina da corrida os espermatozoides com genes inadequados – tudo para que a fecundação seja o mais saudável possível.

Ou seja, a fecundação não é aleatória, e, nesta teoria, o óvulo pode dar preferência ou afastar espermatozoides. Tudo eleva a seleção sexual no nível celular a um patamar ainda mais complexo – assim como a escolha entre as pessoas (e é o cientista quem afirma isso).

“É o equivalente a escolha de um parceiro”, explica Joe.

Pesquisa foi feita com camundongos
Para chegar aos resultados, o cientista colocou camundongos machos com genes normais para cruzar com dois grupos de fêmeas: parte com genes normais e parte carregando artificialmente genes com chances de desenvolver câncer de testículo, uma das formas mais hereditárias de tumor.

Nos primeiros cruzamentos, nasceram ratinhos com genes aleatórios, de acordo com as leis de Mendel.

Em uma segunda fecundação, Joe inverteu o jogo, colocando fêmeas com genes normais para cruzar com machos com a cópia do gene mutante. Conclusão: apenas 27% dos filhotes apresentavam o gene mutante do pai; a estimativa é que 75% nascessem com a variação genética.


,04/12/2017 às 08:06

EUA e Coreia do Sul realizam maior manobra aérea conjunta

A Coreia do Norte disse no domingo (03/12) que os Estados Unidos e a Coreia do Sul estão sempre "prontos para guerra", na véspera do maior exercício aéreo conjunto entre americanos e sul-coreanos até ao momento.

A manobra "Vigilant Ace" tem início nesta segunda-feira e vai durar cinco dias. Ela contará com a participação de mais de 230 aviões dos dois países, incluindo 12 caças com revestimento "invisível" dos EUA (seis F-22 e seis F-35), além de outros seis EA-18G Growler, caças-bombardeiros projetados para a chamada "guerra eletrônica".

Este exercício conjunto acontece pouco tempo depois do lançamento pela Coreia do Norte de um míssil balístico intercontinental, que poderia chegar aos Estados Unidos.

Apesar de a manobra já haver sido planejada antes do míssil lançado pela Coreia do Norte na última quarta-feira, o Pentágono não costuma enviar tantos aviões.

A operação faz parte do acordo firmado em outubro entre Washington e Seul para ampliar a "presença rotacional" de ativos estratégicos americanos na península coreana. O objetivo é pressionar Pyongyang para que o regime de Kim Jong-un volte à mesa de negociações e desista de transformar o país numa potência nuclear.

Durante os exercícios, os aliados simularão ataques contra falsas instalações nucleares norte-coreanas e contra plataformas que seriam usadas por Pyongyang para lançar seus mísseis.

Corrida contra o tempo
Em comunicado divulgado pela agência estatal KCNA, o Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Norte condenou duramente o novo exercício militar entre Washington e Seul.

"As manobras são de uma escala e de uma natureza sem precedentes nas simulações de combates e no número de ativos estratégicos americanos envolvidos, incluindo caças F-35 e F-22", afirmou a nota do governo norte-coreano.

"A equipe de Donald Trump está pedindo a gritos por uma guerra nuclear ao realizar uma arriscada aposta na península coreana", completou o comunicado de Pyongyang.

O assessor de Segurança Nacional da presidência americana, H.R. McMaster, disse que a possibilidade de uma guerra com a Coreia do Norte está aumentando. "Eu acho que [a possibilidade de guerra] está aumentando todos os dias, o que significa (...) que estamos numa corrida para resolver o problema", declarou McMaster numa conferência.

"Há maneiras de lidar com esse problema fora de um conflito armado, mas é uma corrida que se aproxima cada vez mais [do seu propósito], não resta muito tempo", sublinhou o assessor de Trump.

CA/efe/lusa


,04/12/2017 às 08:06

Veja como foi a última superlua de 2017

Entre domingo (3) e esta segunda-feira (4), o céu foi iluminado pela superlua - quando a lua cheia está mais próxima da Terra. O fenômeno acontece cerca de uma vez em cada 14 fases de lua cheia e essa foi a última superlua de 2017.
O ápice da aproximação aconteceu hoje por volta das 6h45 da manhã, no horário de Brasília, quando a lua ficou a “apenas” 357.492 quilômetros da Terra, cerca de 7% a menos do que os 384.400 quilômetros habituais, segundo a Nasa, agência espacial dos Estados Unidos.
Em noites mais claras, a superlua pode aparecer até 14% maior e 30% mais brilhante. A percepção varia de região para região e está condicionada com fatores externos, como neblina e poluição. Na foto, a superlua é vista em Brunate, Itália.
Veja nas fotos a seguir a superlua registrada em diferentes lugares do mundo.


,02/12/2017 às 08:30

"Trocaria meu grupo pelo do Brasil", diz técnico da Argentina

MOSCOU - Jorge Sampaoli, treinador da Argentina, diz que estaria disposto a trocar seu grupo na Copa do Mundo pelos confrontos sorteados para o Brasil. "Eu trocaria o meu pelo do Brasil", disse. "No caso da Argentina, temos de enfrentar um grande desafio de diferentes estilos. A Croácia vem forte, a Nigéria é imprevisível e Islândia vem com moral depois de ganhar da Inglaterra", disse.

O argentino ouviu na sexta-feira, 1º, da boca de Diego Maradona uma crítica ao time de Messi, ao vivo para todo o mundo. Mas admitiu que ele está certo. "Temos de ser mais competitivos", afirmou.


Na avaliação do argentino, a diferença do Brasil é que, nas fases seguintes, poderá enfrentar seleções mais fortes até chegar a uma final. Isso inclui México, Suécia, Alemanha e França.

Ainda assim, para ele, o Brasil é "um dos grandes favoritos" e está "bem acima da Alemanha".

Sampaoli não escondeu que adoraria trabalhar um dia no Brasil. Ele diz que já recebeu um contrato em branco do São Paulo, apenas para assinar. Também teve quatro propostas do Flamengo e de outros clubes. "Queria recuperar o estilo do futebol brasileiro. Queria remontar o passado. Tive muitas possibilidades", disse.

O argentino ainda apontou que não gostou da forma pela qual o Grêmio jogou sua final na Taça Libertadores. "Jogou bem. Mas eu não gosto pessoalmente. Não é a essência do futebol brasileiro", completou.

MSN


,02/12/2017 às 08:30

Governo fará ‘pente-fino’ para destravar reforma da Previdência

BRASÍLIA – A demora do governo em atender os pleitos já prometidos durante a votação das duas denúncias contra o presidente Michel Temer emperrou de vez as negociações para a aprovação da reforma da Previdência. O governo vai fazer, agora, um último “pente-fino” para levantar as demandas específicas dos parlamentares e governadores.

+++ Em vídeo, Temer diz que trabalha para convencer deputados

+++ Sem votos, Maia decide não pautar reforma da Previdência para próxima semana

Com esse objetivo, o fim de semana de Temer será intenso. Além de participar de um jantar na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ele está organizando um almoço para aliados no Alvorada. Para o jantar deste domingo, 3, foram convidados os presidentes de pelo menos nove siglas.

A pressão por cargos e mais recursos aumentou as dificuldades do governo em conseguir os 308 votos favoráveis para colocar a proposta em votação na Câmara até o fim deste ano. O calendário curto é o principal adversário, e o objetivo é votar o texto “pelo menos” em primeiro turno até o dia 13 de dezembro. Sem garantia dos votos, Maia não incluiu a reforma na pauta de votações do plenário da próxima semana.

+++ Temer faz indicação política para diretoria da ANA e surpreende cúpula do meio ambiente

Na quinta-feira, 8, será feita uma avaliação final do quadro para a votação. É a última cartada do governo na tentativa de votar ainda em 2017 a versão mais enxuta. “O combinado é, depois do jantar, passar segunda, terça e quarta conversando em busca de votos e, na quinta, fazer uma avaliação para ver se há como pautar ainda este ano”, disse ao Estadão/Broadcast o líder do PMDB na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP).

A avaliação do governo é que a grande resistência não é mais em relação a pontos da reforma. O grande desafio é vencer o dilema entre a convicção dos parlamentares de que a medida é necessária e a conveniência política, diante do temor do impacto eleitoral.

Temos condição de ter os votos. É uma coisa certa? Não, não é. Mas é uma coisa possível de acontecer”, disse uma fonte do governo.
Confrontado pelo Palácio, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou ontem que a reforma terá o apoio de seu partido, o PSDB. A maioria dos 46 deputados tucanos, no entanto, se declara indecisa e cobra que os demais partidos da base fechem questão em torno da aprovação. Os tucanos contrários defendem que a proposta só seja votada em 2019.

Os aliados cobram a distribuição de todos os cargos que hoje são do PSDB, partido que desembarcou do governo. Eles querem, principalmente, a substituição do ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy (BA).

“Tem uma série de coisas para serem cumpridas. Tem que pagar as emendas, manter compromissos que foram assumidos”, disse o vice-líder do governo na Câmara, Beto Mansur (PRB-SP).

Senado. Outro fator que aumenta a resistência dos parlamentares são sinais emitidos pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), de que não pautará a votação da reforma antes das eleições de 2018 na Casa. A avaliação dos deputados é que eles acabarão arcando sozinhos com o desgaste de votar uma matéria impopular, sem que o Senado dê prosseguimento à proposta. Os senadores reclamam nos bastidores por se sentirem desprestigiados na reforma ministerial.

Apesar do movimento crescente na base aliada para adiar a reforma para depois da eleição, a área econômica segue afirmando que o governo continua trabalhando pela votação. O Ministério da Fazenda afirma que continua acreditando que a reforma será aprovada neste ano na Câmara. / ADRIANA FERNANDES, CARLA ARAÚJO, IDIANA TOMAZELLI, IGOR GADELHA, ADRIANA FERRAZ


,02/12/2017 às 08:30

Petrobras eleva preço da gasolina e reduz o do diesel

A Petrobras aumentou em 1,9% os preços da gasolina. Segundo a companhia, o reajuste é explicado, principalmente, pela variação da cotação do produto no mercado internacional. A estatal decidiu também reduzir em 5,7% o preço médio do diesel. O percentual é resultado da reavaliação da empresa sobre o cálculo da paridade internacional praticada no produto para “adequar os preços às mudanças de fluxo logístico e entrada de produtos importados no país”.

A decisão, anunciada na noite desta sexta-feira (1º), foi tomada em uma reunião do Grupo Executivo de Mercado e Preço, realizada ontem (30). Os reajustes entram em vigor neste sábado (2).

A Petrobras explicou que, para manter o compromisso de operar sempre com margem positiva acima da paridade internacional, não será alterada a política de preços em vigor, que também reflete os movimentos de preços observados nos mercados internacionais de derivados.

A empresa acrescentou que, com o aumento das importações no país, tem reduzido sua participação de mercado, que atinge hoje cerca de 72% no diesel e 88% na gasolina. “A expectativa é que a nova precificação do diesel não tenha impacto na receita da companhia em virtude da perspectiva de ganhos de mercado”, concluiu a Petrobras.

MSN


,01/12/2017 às 08:10

Angelina Jolie recusa R$ 327 milhões em acordo de divórcio com Brad Pitt

Angelina Jolie rejeitou o acordo de divórcio de R$ 327 milhões oferecido por Brad Pitt. Eles anunciaram o fim do casamento em 2016, mas, segundo o site norte-americano "Hollywood Life", a atriz estaria reconsiderando o término do relacionamento e arrependida da separação. Irritado com indecisão da ex, o galã não está disposto a retomar a relação com a artista. "O Brad está extremamente frustrado com a Angelina, ela continua a postergar a assinatura do acordo", contou uma fonte.

Ator planeja férias com filhos
Pai de Shiloh, Maddox, Vivienne, Zahara, Pax e Knox, Brad planeja passar férias com os seis filhos quando tudo estiver resolvido. "O acordo pré-nupcial deles já estabelecia os termos que a Angelina não está aceitando, então o Brad está oferecendo cada vez mais dinheiro, mas ela recusa todas, inclusive a mais recente, de US$ 100 milhões. Isso tudo tem sido um pesadelo para o Brad. Ele sente muita falta das crianças e pretende levar todas elas para férias fora dos Estados Unidos assim que tudo estiver resolvido", concluiu o informante. Em recente entrevista, Pitt admitiu que o vício em bebidas e drogas foi o grande motivo para o fim do casamento com Jolie: "Não me recordo de um dia em que tenha saído da escola e não tenha ficado bêbado ou usado cigarro de maconha. Era como eu fugia dos meus sentimentos. Eu parei com tudo isso quando comecei minha família, exceto com a bebida. No último ano eu bebi demais. Isso se tornou um problema."


Em outra ocasião, Angelina comentou sobre a dificuldade de tomar esta decisão. "Foi o momento mais difícil, e estamos no momento de voltar a respirar. Estamos todos tentando fazer o nosso melhor para curar a nossa família. As coisas ficaram ruins. Eu não queria usar essa palavra... As coisas se tornaram 'difíceis'. As crianças foram muito corajosas. Nós cuidamos uns dos outros e nos preocupamos com nossa família, e ambos trabalhos pelo mesmo objetivo. Não quero que meus filhos fiquem preocupados comigo. Acho importante chorar no chuveiro e não na frente deles", afirmou.

(Por Patrícia Dias)


,01/12/2017 às 08:10

Estudo sugere fim do ensino superior gratuito para famílias ricas

O relatório “Um ajuste justo – propostas para aumentar eficiência e equidade do gasto público no Brasil” (baixe aqui), divulgado pelo Banco Mundial recentemente, aconselha o fim da gratuidade do ensino superior no País para estudantes de renda média e alta de universidades federais.

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

Feito a pedido do Governo Federal, o estudo analisa oito diferentes áreas e indica reformas que tornariam os gastos públicos mais eficazes. “O trabalho tem por objetivo mostrar que é possível realizar o ajuste fiscal que o País busca e ainda promover maior igualdade social, preservando os mais desfavorecidos”, afirmou o diretor do Banco Mundial, Martin Raiser.

A proposta para o ensino superior é o governo continuar subsidiando os estudantes que estão entre os 40% mais pobres. Já os de renda média e alta pagariam pelo curso depois de formados, mas teriam acesso a mecanismos de financiamento, como o programa Fies. Paralelamente, o mesmo sistema também deveria ser expandido para financiar a entrada em universidades federais.

Segundo o relatório, como os estudantes de famílias ricas tendem a obter um grande aumento de renda depois de formados, isso justificaria que pagassem pela própria educação.

Como mostra o estudo, em 2015 apenas 20% dos estudantes de universidades federais estavam no grupo dos 40% mais pobres, enquanto 65% integram o grupo dos 40% mais ricos. De acordo com o relatório, essa realidade é agravada pelo fato de os exames de admissão de universidades públicas serem muito concorridos.

“Os estudantes de famílias mais ricas têm condições financeiras para pagar professores particulares, ou frequentar os ensinos fundamental e médio em escolas privadas, que oferecem uma melhor preparação para as provas. Estudantes de famílias mais pobres, por outro lado, têm muito menos chances de ingressarem em universidades públicas.”

Além da cobrança de mensalidades, o relatório sugere mais uma ação: limitar os gastos por aluno aos níveis das universidades mais eficientes. As menos eficientes precisariam, assim, reajustar as suas despesas ou buscar recursos em outras fontes.

Essas medidas gerariam uma economia para o orçamento federal de aproximadamente 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB).

Gastos com o ensino superior
A maioria dos estudantes de ensino superior estuda em instituições privadas. Em 2015, dos aproximadamente 8 milhões de universitários, somente 2 milhões estavam em universidades públicas. No entanto, o custo para manter os segundos é muito maior que o dos primeiros.

Entre 2013 e 2015, o custo médio anual por estudante em universidades privadas sem e com fins lucrativos foi de, respectivamente, R$12.600 e R$14.850, ao passo que em universidades federais foi de aproximadamente R$40.900.



Os gastos do Governo Federal com o ensino superior chegam a 0,7% do PIB e crescem 7% ao ano em termos reais.

Com a cobrança de mensalidades e o limite de gastos por aluno aos níveis das universidades mais eficientes haveria uma economia de aproximadamente R$10.5 bilhões por ano nas universidades e institutos federais. Em universidades estaduais, seria cerca de R$2.7 bilhões.


,30/11/2017 às 08:11

Marcos Mion anuncia fim do "Legendários": "Só agradecer"

"Hoje é dia de comemorar o fim do 'Legendários', o projeto mais bem sucedido que já fiz, e agradecer a cada um que contribuiu, de qualquer forma, principalmente assistindo de casa, para o sucesso desse meu sonho que virou a realidade de tantas famílias por oito anos", escreveu.
O comunicador informou que a atração será transmitida só até o fim de 2017: "Teremos até a última sexta-feira deste ano para nos despedirmos deste projeto que marcou uma geração e a partir de então o foco são os novos projetos! Mas isso é assunto pra outro post, pois hoje, hoje é dia de comemorar e agradecer!".
Mion ainda agradeceu o carinho de todos. "Esse programa incrível, esse projeto que trouxe tanta coisa para a Record, inovou tanto, que moldou os sábados da televisão moderna brasileira. Quantos artistas foram lançados aqui?! Quantos cantores que já me falaram que o sonho deles era cantar no 'Legendários'?! Quantos amigos consagrados vieram me visitar? A todos vocês, o meu muito, muito, muito obrigado", disse.
Apesar do fim do "Legendários", Marcos está garantido à frente do reality show "A Casa", em 2018. Além disso, o artista será o chefe de um núcleo que vai criar programas para outras mídias.



,30/11/2017 às 08:11

Temer contraria indicações médicas após angioplastia

BRASÍLIA - Menos de uma semana depois de ser submetido a um procedimento cirúrgico para desobstruir três artérias do coração, Michel Temer, de 77 anos, não está adotando com rigor as recomendações médicas. O presidente continua com uma agenda extensa e programa uma viagem de helicóptero no próximo sábado, o que foi contraindicado pela equipe médica que o atende.

Segundo apurou o Estado/Broadcast, o cardiologista do presidente, Roberto Kalil, vetou que Temer realizasse uma viagem esta semana para o Rio de Janeiro, onde estava previsto um sobrevoo de helicóptero em Petrópolis e Volta Redonda. Segundo o médico, o transporte tem uma instabilidade que pode ser prejudicial ao paciente.


Apesar disso, Temer avisou que pretende usar o helicóptero no sábado, quando irá a Americana e Limeira, no interior de São Paulo, participar de lançamento de obras do Minha Casa, Minha Vida, ao lado do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.


De acordo com auxiliares do presidente, Kalil tem telefonado para Temer para "puxar a orelha" e averiguar o seu estado de saúde. O médico não proibiu que o presidente continue trabalhando, mas tem reforçado que é preciso ter um ritmo mais "moderado" e com "mais descanso".

+++ Temer passa por procedimento cirúrgico em São Paulo

A resistência de Temer a diminuir o ritmo de trabalho, segundo relatos, foi constatada ainda no hospital, quando pediu para ter alta o quanto antes. Em Brasília, após receber alta, na segunda, Temer despachou normalmente no Planalto.


Segundo pessoas próximas ou que estiveram com o presidente nos últimos dias, Temer diz estar "bem" e "disposto". "Ele tem trabalhado mais do que deveria, mas já viu que vai ter que diminuir o ritmo", ponderou um ministro.



A agenda de Temer inclui, além da viagem no sábado, uma reunião com líderes e presidentes de partidos um encontro no domingo.

Nas agendas previstas para os próximos dias - que até o momento estão mantidas -, o presidente deve ir ao Rio Grande do Sul no dia 7 e a Buenos Aires no dia 10, para participar da sessão de abertura da Conferência da Organização Mundial do Comércio (OMC).


,29/11/2017 às 08:07

6 direitos na pós-Black Friday que você acha que tem, mas não tem

A Black Friday 2017 já passou, mas os problemas das compras feitas na data não acontecem só no dia do evento. É muito comum que os clientes reclamem, nas semanas seguintes, de atraso na entrega, produto não recebido ou itens com defeito.

São diversos os motivos que o consumidor possa se sentir lesado, mas nem sempre a razão é dele. Portanto, é bom saber: o que é ou não direito do cliente em uma pós-compra? Separamos seis respostas, confira!

1. Trocas de produtos
Não vale para qualquer situação, mas sim quando o produto apresentar defeito. Por esse motivo, quando for comprar algum presente, é bom já negociar com a loja a possível troca, pois o presenteado pode querer mudar o tamanho, a cor, etc.

2. Troca de produtos com defeito
Essa troca não é imediata, como se pensa. O lojista é amparado pelo Código do Consumidor, que estabelece um prazo de 30 dias para que o produto seja reparado. Caso ultrapasse esse prazo e o acordo não seja cumprido, ou se o produto continuar defeituoso, se pode trocar por um item novo ou pedir a devolução do dinheiro.

Algumas lojas estipulam o seu próprio prazo – 15 dias, 10, ou até mesmo uma semana. Outras repõem o produto ou devolvem o dinheiro instantaneamente, vai da política de cada uma.

3. Arrependimento da compra
Há um prazo para esse caso, que é normalmente de sete dias, mas não vale em qualquer situação, somente para compras feitas fora do estabelecimento – internet ou pelo telefone, por exemplo. Basicamente os casos em que não foi possível ver o produto de perto no momento da compra.

4. Pagamento de uma compra com cheque ou cartão
O comércio não é obrigado a aceitar cheque ou cartão, mas deve deixar essa informação clara em um local onde o cliente tenha acesso – cartaz ou placa de aviso, por exemplo.

5. Produtos comprados de pessoa física
É preciso ter cuidado, pois esse tipo de compra não tem as garantias do Código do Consumidor. A caracterização de consumo só existe entre o cliente e uma pessoa jurídica. Esses são casos difíceis de solucionar se não houver um entendimento e acerto entre as partes.

6. Devolução
Quando há uma cobrança indevida e o consumidor tem direito a receber em dobro, esse valor corresponde ao dobro somente do que foi cobrado a mais ,e não do valor total do produto, como muitas pessoas pensam.

Veja:Reclamações passam de 7,5 mil na segunda-feira pós-Black Friday


,29/11/2017 às 08:07

Como deixar o frango crocante no forno

Frango assado é aquela comida com cara de almoço de família, né? É possível temperá-lo de diversas formas e ele combina com muitos acompanhamentos, como arroz à grega, farofa de banana, salada de maionese e salpicão. Você já quis que o frango assado ficasse com aquela pele crocante e não conseguiu? Pois saiba que há um segredo para que isso aconteça: fermento químico. Sim! O fermento que você usa em bolos também serve para deixar o frango com uma casquinha crocante superdeliciosa!



Por que o fermento ajuda a deixar a pele do frango crocante
O fermento espalhado na pele do frango se mistura os líquidos da ave, formando bolhas de gás carbônico, o que faz ampliar a superfície da pele. O fermento também ajuda quebrar as proteínas, o que ajuda a pele a ficar mais crocante, dourada e sequinha.

Como usar o fermento no frango
1) Primeiramente, misture uma colher (sopa) de sal com colher (chá) de fermento químico. Coloque os temperos (secos) que você usa para normalmente para fazer frango assado, como orégano e pimenta.

2) Espalhe essa mistura por toda a superfície do frango.

3) Coloque o frango descoberto na geladeira e deixe lá por, no mínimo, 12 horas. O ideal é deixar um dia inteiro.

Outra maneira de deixar a pele do frango crocante
Não tem fermento em casa? Use outra técnica:

1) Coloque o frango para assar coberto com papel-alumínio. Nos últimos 20 minutos do cozimento, tire o frango e espalhe sobre ele 2 colheres (sopa) de manteiga ou maionese.

2) Coloque o frango novamente no forno e deixe lá até que ele asse completamente.


,28/11/2017 às 07:58

Contestados do Flamengo, incluindo Muralha, ainda têm longos contratos com o clube

Se pensa em reformulação no elenco para 2018, o Flamengo terá que buscar alternativas para se livrar de jogadores questionados pela torcida. É que nomes como Alex Muralha ou Márcio Araújo, por exemplo, têm ainda mais de um ano de contrato vigente e não poderão simplesmente deixar o clube.

Nome sob maior pressão atualmente, após as duas falhas na derrota para o Santos no domingo, Muralha conta com vínculo válido até dezembro de 2020, em contrato renovado no final de 2016. Na época, o Flamengo temia o assédio de outras equipes, já que o goleiro fora convocado para a seleção.

Também vai até 2020 o contrato do volante Rômulo, jogador contratado nesta temporada com muita expectativa do torcedor, mas que não conseguiu corresponder nas oportunidades que teve até aqui.

É outra peça da posição, porém, que desagrada mais boa parte da torcida rubro-negra. Márcio Araújo tinha vínculo válido até 2017, mas renovou automaticamente até o fim de 2018, em virtude do número de partidas disputadas na temporada. A informação foi noticiada inicialmente pelo portal “UOL” no último mês de setembro e depois confirmada por Ricardo Lomba, vice-presidente de futebol.

Ainda no setor defensivo, Rafael Vaz é outro que conta com pouca paciência das arquibancadas. Contratado em junho de 2016, vindo do Vasco, o zagueiro tem contrato válido por mais um ano, também 2018. Nas laterais, os vínculos de Pará e Rodinei são ainda mais longos: dezembro de 2019.

Outros questionados com mais dois anos de contrato com o Flamengo são Gabriel, Geuvânio (outro recém-chegado que não tem agradado) e Mancuello (alvo de protesto recente da torcida).

Em entrevista recente a um site de torcedores do Flamengo, Lomba disse, contudo, que é possível que jogadores ainda com contratos vigentes deixem o clube. Ele ressaltou, por outro lado, que esses atletas “devem ser preservados” por se tratarem de “ativos” rubro-negros e que não haverá “barca” em 2018.

“Esse apelido de barca não é uma coisa que me agrada. O elenco do Flamengo é bastante qualificado, entramos em 2018 com um time bastante competitivo. Rueda analisando e percebendo carências: 'Gostaria de contar com tais jogadores, já esses jogadores acho que devem ser negociados...’. Jogadores que têm contrato são ativos do clube, devem ser preservados”, disse.

“Lógico, não há no elenco do Flamengo um jogador inegociável. Todo jogador é negociável dependendo da proposta, interesse do clube e quantia envolvida”, acrescentou.

MSN


,28/11/2017 às 07:58

Gagliasso sobre racista: ‘É criminosa e não vai ficar impune’

O ator Bruno Gabliasso prestou queixa contra Day Mcarthy após os ataques racistas proferidos contra a sua filha Titi, 4 anos, na internet. A internauta, que se autointitula “socialite”, chamou a criança de “macaca” em um vídeo que viralizou nas redes no fim de semana.

“Não vai ficar impune. A delegada foi bem clara pra mim”, disse Bruno ao sair da delegacia na Cidade da Polícia, no Rio de Janeiro. “Ela cometeu um crime, é uma criminosa. Ela pode estar em qualquer lugar do mundo, mas vai ter que responder por isso”, disse o ator sobre a possibilidade de Day morar fora do Brasil — ela afirma que vive no Canadá. Day responderá por injúria racial, difamação e injúria.

Titi, apelido de Chissomo, foi adotada por Gagliasso e sua esposa, Giovanna Ewbank, no ano passado. O casal ainda planeja abrir um processo judicial fora do país, se necessário.

Essa é a segunda vez que o casal registrou uma queixa por racismo. Em novembro de 2016, o ator foi à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) após a garota ser alvo de comentários maldosos na internet.

MSN


,27/11/2017 às 07:55

Nova Reforma da Previdência afetaria só 35% dos trabalhadores

BRASÍLIA - Se a nova versão da reforma previdenciária, mais enxuta, já estivesse em vigor, não teria afetado cerca de dois terços (65,4%) dos beneficiários da Previdência no momento da concessão das aposentadorias ou pensões. O cálculo foi feito pelo consultor do Senado Pedro Nery. O economista usou como base os dados sobre o perfil de quem já está aposentado ou recebe outro benefício previdenciário.

O quadro mostra, portanto, que a grande maioria da população não seria atingida pelas mudanças que o governo tenta aprovar no Congresso Nacional na primeira semana de dezembro. Seriam alcançados pela reforma 34,6% dos trabalhadores.

Os principais afetados pelo projeto de reforma são os servidores públicos federais e os homens que se aposentam por tempo de contribuição, sem necessidade, hoje, de atingir uma idade mínima. “São justamente os que recebem os benefícios de maior valor, embora representem um contingente pequeno da população”, diz Nery.

Segundo o estudo, 15,8% dos atuais beneficiários se aposentaram por tempo de contribuição antes dos 53 anos (mulheres) e 55 anos (homens). Essas serão as idades mínimas iniciais de transição, caso a reforma seja aprovada, o que impedirá novos pedidos de aposentadoria de pessoas mais novas.

O total de atingidos ainda pode diminuir, porque os Estados e municípios terão prazo de até seis meses para propor regras diferentes a seus servidores, se desejarem. As alterações terão de ser aprovadas pelos Legislativos locais. Até lá, ficam valendo as regras da reforma federal.


Tentativa. Após seis meses de paralisação nas articulações políticas – por conta do processo que culminou com a rejeição, pela Câmara, de duas denúncias contra o presidente Michel Temer –, o governo busca retomar as negociações para a aprovação da reforma da Previdência. Tenta convencer os parlamentares de que as novas regras afetarão apenas a camada mais privilegiada da população.

A flexibilização da proposta original excluiu mudanças que endureciam exigências aos mais pobres. Foi uma estratégia do governo para tentar vencer as resistências, que crescem com a aproximação das eleições. Ficaram de fora do alcance do novo texto os trabalhadores rurais, quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (pago a pessoas de baixa renda que são idosas ou com alguma deficiência), militares, além de policiais militares e bombeiros dos Estados. Homens que hoje se aposentam por idade também ficam livres de mudanças, pois a exigência já é de 65 anos para o benefício, neste caso.

Haverá mudança para as mulheres, que hoje, ao se aposentarem pelo critério de idade, precisam chegar aos 60 anos, o que será elevado para 62 anos ao longo de um período de transição.

A nova versão da reforma foi desidratada na tentativa de conseguir mais apoio, mas não pode ser considerada uma “reforminha”, na avaliação de especialistas. Os pontos que ficaram no texto são considerados significativos e de alcance considerável: idade mínima para quase todos, regra de transição, alteração na regra de cálculo do benefício e limitação ao acúmulo de pensões e aposentadorias. Essa última medida é um ponto importante para a economia que o governo espera conseguir.

Para o especialista Leonardo Rolim, da Consultoria de Orçamento da Câmara dos Deputados, “tudo o que é mais importante ficou”. Em ordem de importância, ele listou a proposta que iguala as regras de trabalhadores do INSS e de servidores, a mudança nas regras da pensão por morte e o fim da aposentadoria por tempo de contribuição.

A questão agora é até que ponto os líderes partidários vão desidratar ainda mais o texto nas negociações que começam no Congresso. Os técnicos alertam que mudanças muito maiores colocam em risco a reforma e a capacidade de o próximo governo fazer as mudanças que serão necessárias, caso uma proposta pouco eficaz seja feita agora.

Idade mínima. Para o economista Manoel Pires, ex-secretário de Política Econômica da Fazenda e pesquisador da FGV, o principal ponto da reforma da Previdência é a idade mínima. “Esse é o item mais importante da discussão e tem um poder de produzir um paradigma importante no sistema, tanto do ponto de vista de igualdade quanto do ponto de vista fiscal. A concepção do sistema muda bastante”, avalia. Nos seus cálculos, a fixação de uma idade mínima reduz sozinha o crescimento do gasto previdenciário em aproximadamente 40%.

Os parlamentares, no entanto, articulam a redução das idades mínimas hoje previstas no texto. “Se reduzir a idade mínima, é melhor deixar para depois. Não dá para imaginar idade mínima menor do que está aí. Se fizer isso, é melhor deixar para 2019. Se não igualar regra de servidores, também é melhor deixar para 2019”, diz o consultor da Câmara dos Deputados Leonardo Rolim.

Para ele, “mexer em algum detalhe da transição” não seria o fim do mundo, mas considera ser inviável aprovar uma proposta sem nenhuma transição para quem está hoje no mercado de trabalho. “Se for só a geração mais nova atingida pela reforma, vai levar 40 anos para ter efeito. Daqui a 40 anos, o Brasil já acabou. Falo na cara de deputado, (tirar regra de transição) é atestado de ignorância fiscal.”

Pires afirma que é recomendável aprovar uma reforma da Previdência agora para desafogar a intensa agenda de ajustes econômicos que ainda precisará ser feita pelo próximo presidente da República, que inclui a possibilidade de revisão do teto de gastos, as políticas de valorização do salário mínimo e de reajuste de salários do funcionalismo, e a discussão da regra de ouro do Orçamento, que impede a emissão de dívida para pagar despesas correntes e corre o risco de ser descumprida nos próximos anos.

---
MSN


,27/11/2017 às 07:55

Piso de boate desaba e fere 40 pessoas em ilha na Espanha

O piso de uma casa noturna em Tenerife, nas ilhas Canárias, na Espanha, cedeu no fim da noite deste sábado (25) e ao menos 40 pessoas ficaram feridas, informam as autoridades.

Os feridos tiveram fraturas nas pernas e machucados por todo o corpo. O buraco no local da festa tem quase quatro metros quadrado de comprimento e as causas do colapso estão sendo investigadas.

Tenerife é uma das cidades mais turísticas da Espanha, atraindo milhares de pessoas todos os anos tanto no inverno como no verão. Com informações da ANSA.

MSN


,25/11/2017 às 08:12

Brasil já embarcou, até outubro, 50 mi de t de soja para China

O Brasil já embarcou cerca de 50 milhões de toneladas de soja para a China até outubro deste ano. A expectativa é de que os embarques continuem acontecendo, e em ritmo aquecido, já que a demanda da nação asiática não mostra sinais de desaquecimento. Os números são da Abiove (Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais).

Estimativas 'extra-oficiais', como da estatal Cofco - uma das maiores compradoras de grãos do mundo - indicam as importações chinesas ultrapassando as 100 milhões de toneladas. O Ministério da Agricultura da China fala em 95,97 milhões de toneladas e o USDA (Departamento de Agricultura do EUA) em 97 milhões. De 2008 a 2016, a China aumentou suas importações de soja em 6,2 milhões de toneladas por ano.

Segundo o gerente geral da Cofco, Yanchuan Li, essa demanda intensa se dá pela força do consumo no setor do farelo de soja, que traz "altas e fortes taxas de crescimento". Ainda de acordo com o USDA, o processamento de soja chinês deve crescer 8% este ano.

Essa movimentação, como explica o presidente da Abiove, Fábio Trigueirinho, em entrevista ao Notícias Agrícolas, alivia, mesmo que parcialmente, o cenário do carry over brasileiro da oleaginosa, que deveria ser mais alto, caso nossas exportações não se comportassem da maneira como se comportaram. "Devemos fechar o ano com mais uma surpresa positiva", diz.

Ainda segundo Trigueirinho, os embarques brasileiros de soja não dão sinais de menor volume nos próximos meses - o que é um movimento atípico para este período do ano -, marcando ainda mais a força da demanda, que está, de fato, 'de olho' na soja do Brasil. "E temos soja para entregar".

Safra 2017/18

A avaliação da Abiove da safra 2017/18 do Brasil, até este momento, é positiva, com as lavouras se desenvolvendo bem em quase todas as áreas produtoras do país. "Tivemos um atraso, mas nada que prejudique muito. Acredito que possa prejudicar mais o milho safrinha esse atraso", explica o presidente da associação. "Claro que não teremos a produtividade de 2016 - porque o ano passado foi um ponto fora da curva, mas são condições boas (sobre a soja)", completa.

Assim, Trigueirinho acredita ainda que este deva ser um momento de preços estáveis, com o mercando se reequilibrando e buscando manter os US$ 10,00 por bushel na Bolsa de Chicago.

Meio Ambiente e Soja Plus

Sobre a proposta de desmatamento zero no Cerrado, Fábio Trigueirinho é enfático ao dizer que a Abiove não apoia tal medida e lembra que há outras ferramentas que podem ser utilizadas para mudar a situação.

"Nossa posição é mantida desde o início. O Brasil, nos últmios anos desenvolveu muito a parte da sustentabilidade, o sistema de governança pública melhorou muito, as ações do setor privado estão em pleno curso, está tudo sob controle, não é mais uma situação de descontrole. De 2000 a 2015, houve uma redução de 70% na conversao de vegetação nativa do Cerrado para outros usos. O Brasil está fazendo sua lição de casa, tem seus compromissos com da COP de redução de 37% de desmatamento e vai conseguir cumprir. Mas, tem que usar outas ferramentas, como o próprio Código Florestal, o CAR - que impressionou muito os europeus - e, claro, a colaboração dos produtores", diz.

Trigueirinho diz ainda que o Brasil está pulando para um estágio mais avançado, trabalhando ainda mais com monitoramento ambiental e conta, inclusive, com desafios ainda muito grandes. Mas, reafirma, que há de se defender o desmatamento ilegal zero, e não nas áreas de Cerrado.

"Temos muitas soluções na mesa, muito melhores do que fazer uma intervenção maior e propor uma moratória do Cerrado", concluiu.

Importações chinesas de soja do Brasil mais que dobram em outubro, diz alfândega

(Reuters) - As importações de soja brasileira pela China registraram alta de 132 por cento em outubro, para 3,4 milhões de toneladas, na comparação com o igual período do ano passado, com o produto do Brasil demonstrando competitividade no mercado global, mostraram dados alfandegários chineses nesta sexta-feira.

No acumulado do ano, a chegada da oleaginosa brasileira à China, maior importador global de soja, já registra alta de 24,4 por cento, totalizando 46 milhões de toneladas.

O volume enviado pelo Brasil corresponde a cerca de 60 por cento das importações totais de soja pela China no ano até outubro, que alcançaram 77,3 milhões de toneladas.

Os principais concorrentes do Brasil, maior exportador mundial da oleaginosa, a Argentina e os Estados Unidos, viram suas exportações ao país asiático caírem em outubro.

No caso dos Estados Unidos, foram desembarcadas 1,3 milhão de toneladas na China no mês passado, queda de 45 por cento ante o igual período do ano passado.

No acumulado do ano, no entanto, o país norte-americano ainda sustenta uma alta de 7,6 por cento, com importações de 22 milhões de toneladas pela China até outubro.

As exportações argentinas à China, por sua vez, registraram queda de 30 por cento em outubro, para 772 mil toneladas. No acumulado do ano, o volume importado registra queda de 24 por cento.

(Por Laís Martins em São Paulo)



Tags: Soja
Por: João Batista Olivi e Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas/Reuters


,25/11/2017 às 08:12

Elano comenta afastamento de Lucas Lima: “Bom para ele e para o Santos”

O afastamento de Lucas Lima foi o principal assunto da entrevista coletiva do técnico Elano, nesta sexta-feira (25), no CT Rei Pelé. O comandante disse ter conversado com o camisa 10 antes de a diretoria anunciar a sua decisão na última terça-feira (21).

“Achei positivo (o afastamento). Conversei com ele há muito tempo. A situação vai ficando grave principalmente para o atleta. E isso foi o que falei com ele. Uma decisão já poderia ter sido tomada há dois meses. No final, não tinha dúvida que sobraria para mim. Infelizmente algumas coisas aconteceram. Os problemas ficaram para mim. É bom para o Lucas e para o Santos. O cara que vai jogar está com cabeça para jogar”, afirmou.


,25/11/2017 às 08:12

A maior revolução na astronomia em 400 anos

EM 14 de setembro de 2015, a humanidade sentiu pela primeira vez as vibrações do tecido do espaço. A façanha virou realidade após duas décadas de esforço. Mais de mil cientistas de 18 países, Brasil incluído, fazem parte da colaboração Ligo, sigla para Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferômetro de Laser. São dois observatórios, na verdade, instalados a 3 mil km de distância um do outro, nos Estados de Washington e Louisiana. A dupla foi cuidadosamente projetada para detectar pequenas marolas no próprio tecido do espaço-tempo geradas pelo movimento de corpos celestes.

Todo corpo que se move com variação de velocidade produz as chamadas ondas gravitacionais, como Einstein tinha previsto em 1915. A intensidade dessas ondas é proporcional à massa e à velocidade dos corpos, de forma que as marolinhas gravitacionais produzidas pela sua bicicleta, por exemplo, são imperceptíveis a qualquer detector imaginável. Só existe expectativa de observá-las no caso de objetos com muita massa fazendo translações a altíssimas velocidades. Felizmente, existem astros assim.

Descobrimos que estrelas de alta massa, bem maiores que o Sol, podem explodir ao final de suas vidas e deixar para trás um caroço tão denso e compacto, esmagado por sua própria gravidade, que faz com que os elétrons dos átomos caiam dentro dos prótons, convertendo-os em nêutrons – é mais ou menos como se a estrela se convertesse numa partícula com 10 km de diâmetro e o dobro da massa do Sol. A esses densos cadáveres, damos o nome de estrelas de nêutrons. Já quando nada consegue sequer impedir que as partículas mais elementares se esmaguem umas por cima das outras, o colapso leva à produção de um buraco negro – a coisa mais densa que as leis da física permitem.

Esses astros reúnem muita massa em pouquíssimo espaço, o que quer dizer que, se você tiver um par deles, orbitando ao redor um do outro, eles podem se aproximar bastante antes de colidir. Conforme se aproximam mais, transladam cada vez mais depressa, num espiralar cada vez mais furioso. Nisso, você tem a massa e a velocidade necessárias para produzir ondas gravitacionais detectáveis. E o Ligo as detectou.

O feito rendeu aos principais cientistas envolvidos o Nobel em Física de 2017. E mais importante: deu início a uma nova era na astronomia. A maior desde a invenção do telescópio, no século 17, pois já dá frutos incríveis.

Das cinco detecções feitas, quatro foram de colisões de buracos negros – fenômenos que só podemos “ouvir” pelas ondas gravitacionais, mas não podemos “ver”, pois a luz não escapa desses objetos para chegar até nossos telescópios. De cara, descobrimos que buracos negros com mais de 30 vezes a massa do Sol não são tão incomuns quanto imaginávamos.

Mais interessante ainda foi outra detecção, anunciada em 16 de outubro, e que envolveu a colisão de duas estrelas de nêutrons. A colisão foi ouvida primeiro pelas ondas gravitacionais. Elas serviram como GPS para que os astrônomos do mundo todo apontassem seus telescópios para o lugar certo no céu, uma vez que esses astros, ao se fundir, produzem luz, e raios gama, x, infravermelhos. Um carnaval de radiação.

O resultado dessa observação em massa, guiada pelas ondas gravitacionais, confirmou nossas teorias sobre como o Universo fabricou muitos dos metais existentes na Terra, dentre eles o ouro, e ofereceu uma maneira inteiramente nova de medir a expansão do cosmos iniciada no Big Bang.

Champagne supernova

Como fizeram isso? Bom, há tempos os cientistas trabalham para descobrir como nasceram os elementos que preenchem a tabela periódica. Sabemos que, no Big Bang, formaram-se hidrogênio, hélio e uma pitadinha de lítio. Resolvemos aí os três mais simples. O resto é poeira de estrela, como dizem. Ao descobrir como as estrelas brilham, os astrônomos notaram que elas pegam justamente os elementos mais simples, como hidrogênio e hélio, e os fundem para formar núcleos atômicos mais pesados, feitos de cada vez mais prótons e nêutrons. Contudo, essas reações só funcionam até chegar ao ferro. Tudo mais pesado que ele precisa ser feito de outra maneira.

As supernovas – explosões resultantes do colapso de estrelas de alta massa – podiam responder por alguns desses elementos pesados, mas não todos. Os cientistas desconfiavam que a resposta estava nas estrelas de nêutrons. Como elas têm nêutrons de sobra em sua composição, um impacto entre duas delas talvez produzisse elementos pesados, como o ouro e a platina.

E isso acabou confirmado neste ano. Foi a primeira detecção de uma batida entre estrelas de nêutrons, graças às ondas gravitacionais. Nisso, os astrônomos puderam observar o que restou do choque e confirmar que as “assinaturas” de elementos como ouro e platina estavam ali – mais precisamente, 200 vezes a massa da Terra em ouro e 500 vezes em platina.

As ondas gravitacionais já ajudaram a revelar que a colisão de estrelas de nêutrons produz zilhões de toneladas de ouro.

Certo, e quanto à coisa de medir a expansão do cosmos? Para fazer isso, você precisa de duas informações: a velocidade de afastamento de uma galáxia e a distância que nos separa dela. Relacionando uma com a outra, você obtém a taxa de expansão cósmica.

A velocidade de afastamento é fácil saber – quanto mais avermelhada a luz da galáxia, mais rápido ela está fugindo. Mas a distância é difícil de estimar. Como saber se a galáxia que estamos vendo é pequena e próxima, e não grande e distante? Os métodos de hoje são bons, só que não chegam a ser 100% confiáveis. É aí que as ondas gravitacionais podem ajudar: a amplitude das próprias ondas entrega a distância que elas tiveram de percorrer para chegar até nós. Daqui em diante, então, teremos dados cada vez mais precisos sobre a taxa de expansão do Universo.

E esse é só o começo da astronomia das ondas gravitacionais. Já há planos, inclusive, para a construção de um futuro observatório espacial, chamado Lisa, que poderia detectar as ondas gravitacionais do próprio Big Bang. Isso sem falar no melhor de tudo – o inesperado. Quando Galileu apontou seu telescópio pela primeira vez para o céu, não fazia ideia de que o cosmos era feito de galáxias que se afastavam umas das outras há 13 bilhões de anos. Os próximos séculos revelarão qual é a amplitude da nossa ignorância hoje, e a detecção de ondas gravitacionais é um passo fundamental em direção a esse futuro.

MSN


,25/11/2017 às 08:12

Submarino desaparecido não estava em missão secreta nem foi atacado

O submarino argentino ARA San Juan não estava em "uma missão secreta ou especial", mas apenas a exercer o "controle de soberania", quando desapareceu no Atlântico há nove dias, garantiu a Marinha da Argentina, nesta sexta-feira (24). O capitão Enrique Balbi, porta-voz da força naval argentina, destacou que "não há qualquer indício" de que a embarcação tenha sido vítima de um ataque.

+ Presidente egípcio promete resposta brutal a ataque no Sinai

"O submarino navegava em trânsito de Ushuaia, ao Sul do país, para o Mar del Plata, na província de Buenos Aires, em rota direta, na zona econômica exclusiva, próximo do limite, exercendo o controlo de soberania que faz qualquer unidade da Marinha", acrescentou.

Balbi fez tais afirmações durante a divulgação do último boletim oficial do dia, na sede central da Marinha, em Buenos Aires, ocasião em que foi questionado sobre a possibilidade de o submarino estar em missão secreta ou ter sido atacado por um país estrangeiro.

+ Macri diz que sumiço de submarino exigirá investigação profunda

"Não estava em qualquer missão secreta ou especial, mas apenas a exercer controlo de soberania. Não há qualquer indício de ataque nem nada do estilo", assegurou.

Com 44 tripulantes a bordo, o submersível informou a própria localização e comunicou, pela última vez, com a base em Mar del Plata, na quarta-feira da semana passada, e, segundo a investigação, poucas horas depois ocorreu uma "explosão", que até agora não se sabe se ocorreu dentro ou fora do submarino.


As buscas ainda não deram qualquer resultado, apesar de mobilizarem meios aéreos, navais e logísticos de 12 países, incluindo o Brasil. Com informações da Lusa.

MSN


,24/11/2017 às 08:15

'O Outro Lado do Paraíso': Gael tenta estuprar Clara e é espancado em presídio

Gael (Sergio Guizé), ao tentar estuprar Clara (Bianca Bin) na novela "O Outro Lado do Paraíso" - assim como fez em sua noite de núpcias - será preso por crime hediondo e levará um surra dos demais prisioneiros como punição. O filho de Sophia (Marieta Severo) vai ficar perto de sofrer um estupro coletivo armado pelos companheiros de cela, mas consegue negociar sua integridade com a promessa de que sua mãe, rica por conta do garimpo de esmeraldas, dará uma quantia em dinheiro a eles.

Gael tenta provar para Clara que mudou
Segundo o colunista Daniel Castro, tudo acontece na segunda fase do folhetim, depois da passagem de tempo de 10 anos. Clara retorna para Palmas com sua herança milionária e desejo de vingança e Gael faz de tudo para comprovar que não participou da internação da mãe de Tomaz (Vitor Figueiredo) no hospício. Clara, completamente mudada até mesmo em seus modos, já que teve aulas de etiqueta com Beatriz (Nathalia Timberg) na clínica psiquiátrica, decide avaliar o comportamento do ex-marido agressor para ter certeza de sua transformação. Ela, então, marca um encontro em sua casa à noite com o irmão de Lívia (Grazi Massafera) e Estela (Juliana Caldas) e, no local, o homem garante que podem reconstruir a família junto do herdeiro dos dois.

'Eu sei o que você quer', diz Gael ao tentar estuprar Clara
Mas, assim como acontecia quando eram casados, Gael muda de personalidade ao beber e passa a forçar uma aproximação física com Clara. Ele tenta beijá-la e, por a jovem desviar, ele a trata com grosseria: "Eu quero você, Clara, como nos velhos tempos. Eu te amo, nunca te esqueci. Ainda não quer dizer que me ama. Mas sente uma chama, não sente?" A neta de Josafá (Lima Duarte) nega sentir qualquer coisa pelo ex e ele vai se mostrando cada vez mais irritado. "Topou me deixar vir aqui de noite. Pelo jeito, tá sozinha em casa comigo. Agora vai ficar de mimimi? Eu fico maluco perto de você", diz. "Eu não quero que me beije", grita Clara quando o agressor tenta agarrá-la de novo. "Ah, não quer que eu beije, não quer? Tá me fazendo de idiota? Eu disse que vinha te visitar, cê disse que eu podia. Pra que um homem vem na casa de uma mulher de noite? Botou vestido decotado pra quê? Diz, pra quê? Eu sei o que você quer", questiona Gael, dando tapas e a segurando com força. "Deixa de frescura. Acabou a brincadeira", continua, rasgando o vestido de Clara e abafando seus gritos enquanto tenta consumar o estupro.

Detentos desistem de estupro coletivo mas batem em Gael
Clara é salva por Patrick (Thiago Fragoso) e seu motorista, que seguram Gael e acionam a polícia. Diferentemente de sua primeira passagem pela delegacia, quando Sophia subornou Vinícius (Flavio Tolezani) para libertar seu filho, Gael é transferido por Bruno (Caio Paduan), o novo delegado, para uma penitenciária. No local, ele não é bem recebido pelos outros detentos. "Aqui nóis tem um código. Podia ser minha mãe, irmã, filha. Pegou tua ex à força? É estrupador. Segura ele", ordena um bandido chamado Xerife. Desesperado, Gael implora para que não o estuprem: "Não faz isso, não faz. Eu arrumo dinheiro pra vocês. Garanto. Minha mãe sempre cuidou de mim. Ela vem". Depois de chegarem a um acordo e de os criminosos passarem os números de suas contas bancárias para um papel, o mauricinho não escapa das agressões. "Vacilão estrupador não pode ficar bonitinho", fala um bandido, sendo completado por Xerife: "Não. Tem que pagar". Gael, então, apanha dos prisioneiros até ficar bem machucado.

(Por Carol Borges)


,24/11/2017 às 08:15

Polêmica no passado! Vizeu comemora gol com Rhodolfo e afirma: 'Ele me disse que eu marcaria'

“Isso faz parte. Estamos defendendo o Flamengo, que está em primeiro lugar. Aquilo que aconteceu logo acabou no vestiário. Conversamos. Falei que comemoraria de uma maneira diferente, e o Rhodolfo me disse que eu marcaria o gol”, afirmou Vizeu, que abraçou o companheiro após acertar a bola na rede com um belo chute de primeira.


O gol de Vizeu deixou o Flamengo em vantagem na disputa por uma vaga na decisão da Copa Sul-Americana. “Estou muito feliz. Fui bem nesses últimos jogos e pude contribuir com a vitória. Depois de tudo o que aconteceu, pude marcar e abraçar o Rhodolfo. Sabíamos que sair com uma derrota seria uma porcaria, mas, com tranquilidade, conseguimos a virada”, disse.

Flamengo e Junior Barranquilla irão se reencontrar na próxima quinta-feira, na Colômbia, com o time brasileiro com a vantagem de se classificar até com um empate.

MSN


,23/11/2017 às 08:05

Novo texto da reforma da Previdência mantém idade mínima aprovada em comissão, reduz tempo mínimo de

A nova proposta de reforma da Previdência defendida pelo governo do presidente Michel Temer mantém as idades mínimas para aposentadoria aprovadas em comissão especial da Câmara dos Deputados e reduz o tempo mínimo de contribuição para trabalhadores do regime geral, segundo apresentação divulgada pelo relator da proposta, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA).

Pela proposta, divulgada pelo deputado durante reunião com lideranças da Casa e Temer no Palácio da Alvorada, as idades mínimas para aposentadoria serão de 62 anos para mulheres e de 65 anos para homens.

Além disso, o tempo mínimo de contribuição previsto no texto é de 15 anos para os trabalhadores do regime geral --ante os 25 anos previstos na proposta aprovada na Comissão Especial da Câmara. Para os servidores públicos, o tempo mínimo permanecerá em 25 anos. Nos dois regimes, os trabalhadores que quiserem receber o teto da aposentadoria terão de contribuir por 40 anos.

A proposta, mais enxuta do que a inicialmente defendida pelo governo e também mais modesta do que a que foi aprovada na Comissão Especial que analisou a matéria, também retira do texto as mudanças relativas ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) e nas aposentadorias de pequenos produtores rurais.

O documento divulgado pelo relator ressalta que foi mantida na nova proposta a "unicidade de tratamento entre servidores públicos e demais empregados", reforçando o discurso do governo de que a reforma vem para acabar com os privilégios.

Com o novo texto, o governo pretende conseguir apoio para aprovar a Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência ainda neste ano na Câmara dos Deputados. Por se tratar de uma mudança constitucional, são necessários os votos de 308 dos 513 deputados em dois turnos de votação para aprovar as mudanças.

Após a PEC ser aprovada na Câmara, a reforma da Previdência, apontada como crucial pela equipe econômica para o esforço de reequilíbrio das contas públicas, precisa passar por duas votações no Senado, precisando dos votos de 49 dos 81 senadores em ambas.

(Reportagem de Ricardo Brito)


,23/11/2017 às 08:05

Aprovação a Huck cresce 17 pontos, afirma Ipsos

O apresentador de televisão Luciano Huck, cujo nome tem circulado como possível candidato à Presidência da República, teve melhora significativa de imagem nos últimos dois meses. Segundo a pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, a aprovação ao nome de Huck apresentou um salto de 17 pontos porcentuais desde setembro, passando de 43% para 60%. Já a desaprovação caiu de 40% para 32% no mesmo período.

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

Com isso, Huck passou a ser a personalidade com a melhor avaliação entre as apresentadas pelo Ipsos aos entrevistados. Todos os demais 22 nomes do Barômetro Político deste mês, porém, são do mundo político ou do Poder Judiciário, mais sujeitos ao desgaste do noticiário.

+++Cristovam critica ‘assédio’ de PPS a Huck

A pesquisa Ipsos não é de intenção de voto. O que os pesquisadores dizem aos entrevistados é o seguinte: “Agora vou ler o nome de alguns políticos e gostaria de saber se o (a) senhor (a) aprova ou desaprova a maneira como eles vêm atuando no País”.

“Não me surpreende que Luciano Huck tenha melhorado em aprovação”, disse Danilo Cersosimo, diretor do Ipsos. “Esse salto tem muito a ver com o fato de seu nome ter sido cogitado como candidato e de ele próprio ter dado indícios de que gostaria de concorrer. Mas o ponto é se isso vai se converter em votos. Se a eleição fosse hoje, ele teria um desempenho razoável, mas não esse cacife todo.”

Para Cersosimo, por mais que Huck seja simpático para uma parcela considerável da opinião pública, seus indicadores de aprovação não diferem muito dos de outras celebridades televisivas. “As pessoas estão avaliando um Luciano Huck que aparece há 15 ou 20 anos na televisão”, observou o diretor do Ipsos. “Ele não tem a imagem desgastada por embates políticos, ainda não foi testado em um debate, por exemplo.”

+++ANÁLISE: Apresentador se beneficia de maior exposição política

Evolução

Entre os presidenciáveis, o primeiro a aparecer no ranking de aprovação do Barômetro Político, depois de Huck, é Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 43% de avaliação positiva e 56% de negativa. As taxas do ex-presidente estão em tendência de melhora paulatina desde junho. A eventual candidatura de Lula, porém, depende da Justiça – uma condenação em segunda instância pode inviabilizar legalmente sua participação na campanha.

Em empate técnico com Lula está o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, que foi convidado pelo PSB a disputar a Presidência, embora nunca tenha manifestado em público essa intenção. Barbosa tem 42% de aprovação.
Marina Silva (Rede) apresentou oscilação de 36% para 35% em sua avaliação positiva nos últimos dois meses. A desaprovação subiu de 51% para 56%.

+++ANÁLISE: Apresentador vira o ‘novo’ com Doria fora

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a perder apoio na opinião pública: sua avaliação negativa subiu de 56% para 63%. A taxa de aprovação ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) oscilou de 22% para 24%.

O juiz Sérgio Moro, titular da 13.ª Vara Federal de Curitiba e conhecido por sua atuação no julgamento de acusados da Operação Lava Jato, foi aprovado por 50% dos entrevistados neste mês.


,22/11/2017 às 07:40

Moro: Rio é 'exemplo mais visível' de corrupção sistêmica no país

O juiz Sergio Moro, da Justiça Federal do Paraná, afirmou que o "exemplo mais visível" de corrupção sistêmica no país "se dá no Rio de Janeiro, onde se verificou, puxando o fio de investigação de contratos da Petrobras, um esquema mais complexo e abrangente".

Em evento em Curitiba na noite desta terça-feira (21), ele fez a referência depois de citar que os casos de corrupção investigados na Petrobras possivelmente se estendem para Estados e municípios.

Por Luciano Huck, PPS sugere incorporação ao movimento Agora!

Nos últimos dias, o presidente da Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), Jorge Picciani, e os deputados Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB, foram alvos da Operação Cadeia Velha, que investiga o pagamento de cerca de R$ 500 milhões a políticos feitos por donos de empresas de ônibus.

Moro também afirmou que o combate à corrupção não pode depender apenas do Judiciário. "Precisamos de reformas mais gerais. De uma espécie de Plano Real contra a corrupção", disse o juiz.

As declarações ocorreram durante seminário para procuradores municipais organizado pela ANPM (Associação Nacional dos Procuradores Municipais), em Curitiba. Moro falou sobre combate à corrupção a partir de casos já julgados no âmbito da Lava Jato.

O magistrado voltou a defender o fim do foro privilegiado e disse que abre mão do benefício a que tem direito. "Posso dizer por mim e por quase toda a totalidade que nós abrimos mão desse privilégio anti-republicano", afirmou.

PALMAS E VAIAS

No evento, que também teve a palestra do ex-governador do Paraná Jaime Lerner, Moro foi ovacionado com palmas e gritos toda vez que seu nome foi citado. Mas também recebeu vaias.

Um grupo de cerca de 25 procuradores organizou um protesto contra a convocação do juiz para a palestra, com gritos de "vergonha".

Guilherme Rodrigues, procurador de Fortaleza e presidente da ANPM entre 2012 e 2014, foi um dos organizadores do ato contra o magistrado. "Usar toga para fazer política é algo inadmissível, e é isso que Moro faz", afirmou o ex-dirigente.

Segundo a também procuradora de Fortaleza Rosaura Brito Bastos, um "grande grupo" de procuradores que costuma frequentar os encontros deixou de comparecer neste ano por causa da presença do juiz. "Ele é contrário às prerrogativas dos advogados e julga de um jeito parcial", disse. Com informações da Folhapress.


,22/11/2017 às 07:40

Desertora do Exército norte-coreano relata rotina de estupros, higiene precária e menstruação interr

Uma ex-soldado da Coreia do Norte diz que ser mulher no quarto maior exército do mundo era tão desgastante para o organismo que ela logo parou de menstruar. E estupro, afirma, era uma realidade para muitas das companheiras com quem serviu.

Por quase 10 anos, Lee So Yeon dormiu na parte de baixo do beliche, em uma sala que dividia com mais de duas dúzias de mulheres. Cada uma delas possuía um gaveteiro para guardar seus uniformes. Em cima do móvel, cada uma mantinha duas fotografias emolduradas. Uma era do fundador da Coréia do Norte, Kim Il-sung. A segunda, do seu agora falecido sucessor, Kim Jong-il.

Lee partiu há uma década, mas mantém o cheiro daquele lugar vivo na memória.

"Nós suávamos bastante. O colchão em que dormíamos era feito de cascas de arroz e não de algodão. Então, todo o odor do corpo penetrava no colchão. Todo o odor de suor e outros cheiros estão ali. Não é agradável".

Uma das razões para isso eram as condições das instalações de lavagem.

"Como mulher, uma das coisas mais difíceis é não poder tomar banho adequadamente", diz Lee So Yeon.

"Porque não há água quente. Eles conectam uma mangueira a um riacho nas montanhas e é de lá que a água sai diretamente, às vezes com sapos e cobras".

Motivação
Filha de um professor universitário, So Yeon, agora com 41 anos, cresceu no norte do país. Muitos homens de sua família haviam sido soldados, e, quando a fome devastou a Coreia do Norte nos anos 90, ela voluntariou-se - movida pelo pensamento de ter uma refeição garantida por dia. Milhares de outras jovens mulheres fizeram o mesmo.

"A fome resultou em um período particularmente vunerável para as mulheres na Coreia do Norte", diz Jieun Baek, autor de North Korea's Hidden Revolution (A Revolução escondida da Coreia do Norte, em tradução livre). "Mais mulheres tiveram que ingressar na força de trabalho e mais mulheres ficaram sujeitas a maus-tratos, especialmente a assédio e violência sexual".

Juliette Morillot e Jieun Baek dizem que o depoimento de Lee So Yeon's está de acordo com outros relatos que ouviram, mas alertam que desertores - aqueles que abandonam o serviço militar sem autorização - têm de ser tratados com cautela.

"Há uma alta demanda por informações da Coreia do Norte", diz Baek. "Isso é quase incentivar as pessoas a contarem histórias exageradas à mídia, especialmente se são pagas para isso. Muitos desertores que não querem estar na mídia são muito críticos dos 'desertores de carreira'. Vale a pena ter isso em mente".

Informação de fontes oficiais da Coreia do Norte, por outro lado, é passível de ser pura propaganda.

Lee So Yeon não foi paga pela entrevista que concedeu à BBC.

No início, movida por um sentimento de patriotismo e esforço coletivo, ela, então com 17 anos, aproveitou a vida no Exército. Ela ficou impressionada com um secador de cabelo que recebeu, embora a eletricidade irregular significasse que usaria pouco o acessório.

Treinamento duro e alimentação reduzida causavam impacto
A rotina diária de homens e mulheres era aproximadamente parecida. Mulheres tendiam a ter, no entanto, um regime de treinos físicos ligeiramente menor - e eram obrigadas a realizar tarefas diárias como limpar e cozinhar, o que soldados homens eram dispensados de fazer.

"A Coreia do Norte é uma tradicional sociedade dominada por homens e tradicionais papeis de gênero permanecem", diz Juliette Morillot, autora de North Korea in 100 questions (Coreia do Norte em 100 perguntas), publicado em francês.

O treinamento duro e rações alimentares muito reduzidas cobraram seu preço nos corpos de Lee So Yeon e de suas colegas recrutas.

"Depois de seis meses a um ano de serviço, não menstruávamos mais devido à desnutrição e ao ambiente estressante", diz ela.

"As mulheres soldado diziam estar felizes por não estarem menstruando. Elas afirmavam que estavam felizes porque a situação era tão ruim que se também menstruassem seria teria sido pior".

________________________________________


Quem são os desertores?
Aproximadamente 70% dos desertores da Coreia do Norte são do sexo feminino - um fato relacionado com maiores níveis de desemprego entre mulheres.
Mais da metade estão com 20 ou 30 anos, em parte porque é mais fácil para pessoas jovens nadar em rios e resistir a jornadas difíceis.
________________________________________

So Yeon diz que o Exército falhava no fornecimento de absorventes, e que ela e outras colegas frequentemente tinham como única escolha reutilizá-los.

"As mulheres até hoje usam o tradicional algodão branco", diz Juliette Morillot. "Eles precisam ser lavados todas as noites quando estão for a da vista dos homens, então as mulheres levantam-se cedo e lavam".

Recém-chegada de uma visita de campo onde falou com várias mulheres soldado, Morillot confirma que elas muitas vezes sentem falta de menstruar.

"Uma das garotas com quem falei, que tinha 20 anos, me disse que treinou tanto que teve a menstruação interrompida por dois anos", contou ela.

Embora Lee So Yeon tenha se juntado ao Exército voluntariamente, em 2015 foi anunciado que todas as mulheres na Coreia do Norte devem prestar sete anos de serviços militares a partir dos 18 anos de idade.

Governo
Ao mesmo tempo, o governo da Coreia do Norte deu um passo incomum ao dizer que distribuiria uma marca sanitária premium, chamada Daedong, na maioria das unidades femininas.

"Pode ter sido uma maneira de se redimir pelas condições do passado, de corrigir em excesso este fenômeno bem conhecido de que as condições para as mulheres costumavam ser ruins", diz Jieun Baek. "Pode ter sido uma maneira de melhorar o ânimo e fazer com que mais mulheres pensem: Uau, nossas necessidades serão atendidas".

A marca de cosméticos premium Pyongyang Products também foi recentemente distribuída para várias unidades femininas de aviação, seguindo uma chamada de Kim Jong-un em 2016 para produtos de beleza norte-coreanos competirem com marcas globais como Lancome, Chanel e Christian Dior.

Apesar disso, as mulheres soldados baseadas em cidades do interior nem sempre têm acesso a banheiros privados. Algumas disseram a Morillot que muitas vezes têm que fazer suas necessidades na frente dos homens, tornando-se especialmente vulneráveis.

________________________________________

O serviço militar na Coreia do Norte
Mulheres da Coreia do Norte devem prestar no mínimo sete anos de serviços militares e os homens são obrigados a server por 10 anos - é o serviço militar obrigatório mais longo do mundo.
Estima-se que cerca de 40% das mulheres com idades entre 18 e 25 anos estejam nas forças armadas - um número que deverá crescer uma vez que o serviço military se tornou obrigatório para mulheres há dois anos.
O governo diz que aproximadamente 15% do orçamento do país é gasto na área militar, mas grupos de pesquisa dizem que o número poderia chegar a 40%.
Estudantes talentosos, com habilidades especiais - por exemplo, em esportes e música - podem ser dispensados do serviço militar.
________________________________________

Abuso sexual é rotina
O abuso sexual, dizem Baek and Morillot, é frequente.

Morillot diz que quando abordou a questão de estupros no Exército com mulheres soldado "a maioria disse que acontece com outras". Nenhuma admitiu ter passado por esse tipo de experiência.

Lee So Yeon também diz que não foi estuprada durante sua temporada no serviço military, entre 1992 e 2001, mas que muitas de suas companheiras foram.

"O comandante ficava em seu quarto, na unidade, após o serviço, e violava as mulheres sob seu comando. Isso aconteceria repetidamente sem um fim".

O Exército da Coreia do Norte diz que leva a sério o abuso sexual, com pena de prisão de até sete anos para homens culpados por estupro.

"Mas na maioria das vezes ninguém está disposto a testemunhar. Então os homens geralmente ficam impunes", diz Juliette Morillot..

Silêncio
Ela acrescenta que o silêncio sobre abuso sexual no Exército está enraizado nas "atitudes patriarcais da sociedade norte-coreana" - as mesmas atitudes que garantem que as mulheres no Exército façam a maioria dos serviços domésticos.

As mulheres de origens pobres recrutadas para brigadas de construção, e alojadas em pequenos barracões ou cabanas informais, são especialmente inseguras, diz ela.

"A violência doméstica ainda é amplamente aceita e não denunciada, então no Exército ocorre a mesma coisa. Mas eu realmente deveria enfatizar o fato de existir o mesmo tipo de cultura (do assédio) no exército sul-coreano".

Lee So Yeon, que serviu como sargento em uma unidade de sinalização perto da fronteira sul-coreana, finalmente deixou o exército aos 28 anos. Ela ficou aliviada por ter a chance de passar mais tempo com sua família, mas também sentiu que não estava preparada para a vida fora do Exército e lutou com dificuldades financeiras.

Em 2008 ela decidiu fugir para a Coréia do Sul.

Na primeira tentativa, ela foi pega na fronteira com a China e enviada para um campo de detenção por um ano.

Em sua segunda tentativa, pouco depois de sair da prisão, ela nadou o rio Tumen e atravessou a China. Lá, na fronteira, ela se encontrou com um agente que providenciou para que passasse da China para a Coréia do Sul.

MSN


,21/11/2017 às 07:45

Palmeiras falha na defesa, perde do Avaí e não alcança vice-liderança

O Palmeiras perdeu a oportunidade de alcançar a vice-liderança do Campeonato Brasileiro na noite desta segunda-feira, no fechamento da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Atuando na Ressacada, o Verdão sofreu dois gols por falhas defensivas, reagiu, mas acabou derrotado por 2 a 1 pelo Avaí. Para o Leão, o triunfo representa novas esperanças de se salvar do rebaixamento.

O Verdão entrou em campo ressaltando a importância da partida em Santa Catarina e descartando qualquer clima de ‘campeonato encerrado’. No entanto, em campo, não foi o que se viu dos comandados de Alberto Valentim na etapa inicial.

Antes dos 15 minutos, o Palestra já havia arriscado cinco chutes de fora da área, mas todos sem perigo. Já o Leão encontrava enorme dificuldade em propor o jogo, uma vez que a equipe de Claudinei Oliveira é montada para buscar os contra-ataques.

A única real chance de gol aconteceu aos 16 minutos, quando Tchê Tchê arriscou nova finalização de média distância e carimbou o travessão de Kozlinski. Curiosamente, após o lance de perigo, o Palmeiras diminuiu a quantidade de chutes de fora área.

Com 20 jogados, foi o Avaí quem teve sua única oportunidade de marcar no primeiro tempo. Após duas tentativas frustradas de se aproveitar da linha defensiva alta do Palmeiras, Marquinhos recebeu às costas da zaga alviverde e partiu em velocidade. Yerry Mina se recuperou na marcação, mas o meia ainda fez o passe para Maurinho, que finalizou, mas Fernando Prass fez a defesa à queima-roupa.

O restante da etapa inicial foi apenas uma sequência de passes errados, que fizeram com que o Avaí se encurralasse no próprio campo defensivo. Assim, até o intervalo, o Verdão acumulou 63% de posse de bola, mas não conseguiu criar, muito por conta do posicionamento centralizado de Dudu, recuado de Moisés e dos 22 toques errados – o Avaí errou 16.

Linha alta faz Palmeiras sofrer dois gols; Verdão reage, mas não empata

Para o segundo tempo, o Avaí manteve a proposta de explorar a linha defensiva do Palmeiras e, desta vez, obteve resultado. Logo aos 11 minutos, o Leão roubou a bola no campo defensivo e Rômulo lançou Maurinho entre os zagueiros do Verdão. O meia dominou tirando de Fernando Prass, que derrubou o avaiano. Ricardo Marques Ribeiro marcou o pênalti e, na cobrança, Marquinhos bateu muito bem e abriu o marcador.

A tática dos mandantes deu resultado novamente aos 16 minutos. Yerry Mina errou passe no meio-campo e a bola sobrou para Maurinho, que driblou Michel Bastos. Assim, o Avaí avançou com quatro atletas contra três palmeirenses, que nada puderam fazer quando o garoto Lourenço foi lançado, ficou de frente para Fernando Prass e tocou para as redes, anotando seu primeiro gol como profissional.

Com o placar adverso, Alberto Valentim sacou Thiago Santos e promoveu a entrada de Willian, que passou a ocupar o lado esquerdo. A alteração melhorou o Palmeiras, que acertou a trave aos 28 minutos, quando Borja recebeu lançamento de Dudu, ganhou no corpo e rolou para Bigode, que finalizou no poste.

No minuto seguinte, Dudu trocou o lançamento pela finalização, voltou a arriscar de fora da área e dificultou o trabalho de Kozlinski. O goleiro espalmou para frente e Keno, em posição legal, cabeceou para a meta livre.

Valentim se animou com o tento, sacou Tchê Tchê da equipe e promoveu a entrada de Deyverson. Neste momento, o Palmeiras teve Moisés como único volante, Dudu centralizado, Keno pela direita, Willian na esquerda, e Borja e Deyverson dentro da área. Depois, Guerra entrou na vaga de Moisés, mas o Alviverde não teve forças para buscar o empate e acabou derrotado.

Com o resultado positivo em Florianópolis, o time catarinense continuou na 19ª posição, mas agora com 39 pontos, em empate triplo com Sport e Ponte Preta, um atrás do Vitória, o primeiro fora da zona de rebaixamento. Já o Palestra, classificado para a fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores, perdeu a chance de assumir a vice-liderança e ficou na terceira colocação com 60 pontos, um a menos que o Grêmio.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 2 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SP)

Data: 20 de novembro de 2017, segunda-feira

Horário: 20 horas (Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro – MG (FIFA)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo – MG (FIFA) e Sidmar dos Santos Meurer – MG (CBF)

Cartões amarelos: Fernando Prass e Willian (PALMEIRAS); Simião e Maurício Kozlinski (AVAÍ)

GOL:

AVAÍ: Marquinhos, aos 12 e Lourenço, aos 16 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Keno, aos 29 minutos da etapa final

AVAÍ: Kozlinski; Maicon, Fagner Alemão, Betão e João Paulo; Judson e Pedro Castro; Marquinhos e Maurinho (Simião); Rômulo (Lourenço) e Júnior Dutra (Luanzinho)

Técnico: Claudinei Oliveira

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Yerry MIna, Luan e Michel Bastos; Thiago Santos (Willian), Tchê Tchê (Deyverson) e Moisés (Guerra); Keno, Dudu e Borja

Técnico: Alberto Valentim

MSN


,21/11/2017 às 07:45

Homem que confessou matar jovem durante carona é denunciado pelo MP

O suspeito de matar a radiologista Kelly Cristina Cadamuro, 22 anos, Jonathan Pereira do Prado, foi denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), nesta segunda-feira (20), pelo assassinato da jovem, que combinou carona com o homem via WhatsApp no início deste mês. As informações detalhadas sobre a denúncia serão repassadas nesta terça-feira (21), em coletiva de imprensa, em Frutal.

Entenda o caso

Desaparecida desde o dia 1º de novembro, depois de dar carona a um desconhecido por meio do aplicativo WhatsApp, Kelly foi encontrada morta, no dia seguinte, em um córrego entre as cidades de Frutal e Itapagipe, no Triângulo Mineiro. A prisão de Jonathan e de outros dois suspeitos, que compraram peças do veículo roubado, foi feita no mesmo dia.

Um dia após a detenção, o autor do crime foi agredido por colegas de cela no Presídio de Frutal e precisou ser transferido para uma cela isolada. Na sexta-feira (10), Jonathan foi indiciado por três crimes: latrocínio (roubo seguido de morte), ocultação de cadáver e estupro.


,21/11/2017 às 07:45

Rússia proíbe a importação de carne bovina e suína do Brasil

A Rússia decidiu suspender a partir de 1o. de dezembro a importação de carne bovina e suína oriunda do Brasil depois da descoberta de várias substâncias proibidas, informaram os serviços veterinários.

Em um comunicado, a agência de regulação de produtos agrícolas Rosselkhoznadzor disse ter detectado ractopamina e outros hormônios de crescimento na carne brasileira.

A ractopamina é um aditivo alimentar utilizado para aumentar a massa muscular dos animais, o que é proibido na Rússia por seus possíveis efeitos negativo na saúde dos consumidores.

A agência russa informou ainda que foi preciso tomar "medidas severas para a proteção dos consumidores russos" impondo, a partir de 1o. de dezembro, restrições temporárias à importação de carne bovina e suína.

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, não considerou a medida como um fechamento do mercado russo. Segundo ele, medidas desse tipo acontecem permanentemente em fiscalizações e apenas "três ou quatro empresas" em que a ractopamina foi detectada foram mencionadas.

O uso de ractopamina é permitida no Brasil, mas não na Rússia e na Europa, detalhou.

A Rússia é uma grande importadora de carne brasileira. Em 2016 importou produtos suínos por 513 milhões de dólares, valor que aumentou para 612,3 milhões nos primeiros 10 meses deste ano, segundo dados do Ministério de Agricultura.

As importações russas de carne bovina brasileira somaram 389,7 milhões de dólares em 2016 e passaram para 392,8 milhões entre janeiro e outubro de 2017.

Esta decisão tomada por Moscou restringe ainda mais as fontes de importação de carne para a Rússia.

A importação na Rússia de produtos da União Europeia, Estados Unidos, Canadá e Austrália, entre outros países ocidentais, está proibida pelo embargo imposto em 2014 em respostas às sanções pela crise ucraniana.

Em fevereiro, a Rússia decidiu suspender a importação de carne bovina neozelandesa também por utilização de ractopamina.


,20/11/2017 às 07:45

Por que pessoas em relacionamentos felizes também traem seus companheiros

Descobrir que seu companheiro o traiu nunca é boa notícia, mas pode ser especialmente doloroso se você achou que estava em um relacionamento feliz e não tinha razões para duvidar que seu companheiro lhe seria fiel.

Mas não se torture pensando que seu companheiro estava infeliz e estava escondendo isso de você, porque talvez não seja o caso.

"Mesmo pessoas que vivem relacionamentos de maneira geral bons podem ceder à tentação de pular a cerca", explica Martin Burrow, terapeuta dan ONG britânica Relate.

As estatísticas revelam que 20% dos adultos do Reino Unido já tiveram um caso fora do casamento ou relação estável e mais de 30% já pensaram em trair seu companheiro. Fica claro que encarar a infidelidade como problema que afeta apenas os casais infelizes seria um equívoco.

Sarah Ryan é diretora da agência de casamentos Simantov International e já fez pesquisas extensas nessa área. Ela concorda: "Se uma pessoa tem tendência a ser infiel, ela o será, por mais que possa estar vivendo um relacionamento satisfatório".

Isso pode soar preocupante, mas saiba que a traição nunca acontece a partir do nada (mesmo que seja essa a impressão) e que sempre existe uma razão por que as pessoas podem querer viver experiências extraconjugais.

1. A pessoa que trai não tem certeza do que procura em sua própria vida.

Às vezes é difícil saber o que queremos de fato. Mesmo que você esteja vivendo muito bem com seu parceiro, pode lhe parecer que a vida de solteiro é mais instigante.

Burrow explica: "Muitas pessoas procuram a segurança e estabilidade de um relacionamento de longo prazo, mas ao mesmo tempo anseiam pela aventura e emoção de um parceiro novo. Essas duas necessidades básicas podem ser sentidas como contraditórias, gerando muita confusão". E essa confusão pode levar as pessoas a trair.

2. O companheiro infiel quer ter a certeza de estar com a pessoa certa.

Seu companheiro pode sentir certeza de que se sente bem em um relacionamento, e não vivendo livre como um solteiro, mas, se for uma pessoa com pouca experiência no amor, ele pode não ter a certeza de estar com a pessoa certa.

"O romantismo quer nos fazer crer que existe lá fora um companheiro ideal que vai satisfazer todas as nossas necessidades, de modo que nunca tenhamos sequer vontade de olhar para outra pessoa de relance", diz Burrow.

"Mas a realidade é que não existe um companheiro ou um relacionamento perfeito. A perfeição não passa disso: uma ideia."

3. A pessoa que trai acha que qualquer atração sexual precisa levar à ação concreta.

Sabemos que é muito fácil mostrar ao mundo uma versão de nós mesmos que é isenta de qualquer falha. Mas isso se torna um pouco mais difícil quando baixamos a guarda e nos aproximamos mais das pessoas.

Assim, provavelmente haverá dias em que você não sinta tanta vontade de ir para a cama com seu companheiro quanto com algum desconhecido por quem sentiu uma atração. Mas isso não significa que você deva colocar seus impulsos em prática.

"É totalmente natural que nós ou nossos companheiros achemos outras pessoas atraentes de diversas maneiras, incluindo sexualmente", fala Burrow.

"Muitas vezes sentimos atração por uma pessoa porque ela traz à tona um aspecto nosso que nosso companheiro não ativa. As pessoas podem então começar a temer que não estejam com a pessoa certa e podem sentir a tentação de pular a cerca."

4. A pessoa que trai diferencia entre infidelidade sexual e falta de amor.

Existem muitos tipos de traição – emocional, física ou mesmo um caso extraconjugal de longo prazo --, mas, se seu companheiro estiver "apenas fazendo sexo" com outra pessoa, talvez enxergue o que está fazendo como algo distinto daquilo que vocês dois compartilham.

Ryan explica: "Para algumas pessoas, sexo e amor são duas coisas que não estão interligadas. Para elas, então, o lado físico não tem nada a ver com seu compromisso emocional; logo, elas podem ter um relacionamento sexual com outra pessoa fora de seu relacionamento atual."

5. A pessoa que trai acha isso normal.

Algumas pessoas acham que a infidelidade é uma parte normal de todos os relacionamentos. É um comportamento que aprenderam com seus pais, familiares ou relacionamentos passados.

Ryan comenta: "Não pretendo dar uma explicação freudiana, mas, se um companheiro infiel já viu seus pais ou pares terem um caso sexual ou emocional extraconjugal, é possível que tenham ficado com a ideia na cabeça de que trair seu companheiro não tem problema. Pode ter sido condicionado a enxergar a infidelidade como uma parte aceitável da vida."

6. A pessoa que trai está entediada.

As pessoas às vezes cedem à tentação de alguma coisa emocionante e nova, mesmo que de outro modo vivam felizes.

"Vivemos em um mundo de estímulos constantes aos nossos sentidos. Na era digital, nosso tempo de atenção caiu para menos que o de um peixinho de aquário – menos que oito segundos", diz Ryan.

"Só posso imaginar como isso afeta a comunicação com nossos companheiros e nosso desejo de ter sempre mais e mais, mesmo já tendo algo que, para pessoas de fora, pode parecer um relacionamento sadio, feliz e engajado.

"Se procuramos ser estimulados constantemente, faz sentido que os relacionamentos sejam afetados. As pessoas que têm a tendência a trair podem se sentir impelidas a isso por puro tédio e o que consideram ser uma falta de emoções fortes em sua vida."

7. A pessoa que traiu teve uma oportunidade

Você talvez não queira ouvir isso, mas parece que, mesmo nos melhores relacionamentos, às vezes as pessoas não têm força de vontade suficiente para resistir a uma oportunidade.

"Hoje em dia, com toda a facilidade de contatar pessoas com mensagens instantâneas, torpedos e e-mail, nunca houve tantas oportunidades para trair. Acrescente uma dose de álcool, e o resultado é uma receita de infidelidade", diz Burrow.


,20/11/2017 às 07:45

Em O Outro Lado do Paraíso, Clara prometerá vingança a Sophia após ser internada!

Como não poderia deixar de ser, Sophia terá o que merece em O Outro Lado do Paraíso! Segundo a colunista Patricia Kogut, após ser internada em uma clínica psiquiátrica pela sogra, Clara prometerá vingança a todos os envolvidos na armação.

Como você viu no ESTRELANDO, apesar de Gael ter certeza que Renato é o responsável pelo desaparecimento da esposa, seu próprio sangue teria planejado tudo para ficar com as terras da mocinha, contando com a ajuda de Samuel, Gustavo e Vinícius.

Ainda internada, Clara fará a promessa de ir atrás de todos aqueles que a prejudicaram, além de recuperar o filho, roubado por Livia:

- Um dia vou sair daqui. Vou sair. E vou me vingar de todos que fizeram mal. Do delegado. Do psiquiatra. Do juiz. Um por um. Olho por olho, dente por dente. E dela, da mentirosa que me chamava de querida. Vou me vingar da Sophia. Vou te destruir Sophia. Eu vou me vingar de todos, todos! Mais que tudo, vou recuperar meu filho.

MSN


,20/11/2017 às 07:45

Arrependida, torcida do Barcelona se rende a Paulinho: "Perdão, de todo o coração"

Paulinho voltou a jogar pelo Barcelona neste sábado (18), na vitória por 3 a 0 sobre o Leganés, em partida válida pela 12ª rodada da La Liga. O Brasileiro entrou em campo no segundo tempo e voltou a marcar um gol pelos culés.

O brasileiro já caiu nas graças dos torcedores do Barça, que utilizaram das redes sociais para enaltecer o meia. Alguns, inclusive, fizeram a previsão do prêmio Bola de Ouro para o jogador.

"Perdoe-nos, Paulinho, não te merecemos", escreveu um torcedor.

perdonanos @paulinhop8 no te merecemos

— Carlitros (@carlitrosgt) 18 de novembro de 2017 >

"12ª rodada e Paulinho tem mais gols que Cristiano Ronaldo, Benzema e Bale juntos!", postou outro fã do Barça.

Jornada 12 y Paulinho lleva más goles que Cristiano, Benzema y Bale, juntos!!#DatosQueDuelen pic.twitter.com/awQnOumbfg

— BerjaBlaugrana (@BerjaBlaugrana) 18 de novembro de 2017

"O sorriso do futebol... Paulinho", postou um torcedor, fazendo uma montagem do rosto do meia com o corpo de Ronaldinho Gaúcho.

La sonrisa del fútbol ... Paulinho pic.twitter.com/T1I6gfkH4H

— Donaldo Durant (@Durantt92) 18 de novembro de 2017

"Com um bom marketing isto se fará realidade", postou um fã fazendo alusão ao prêmo Bola de Ouro.

Con un buen Marketing esto.se hace realidad pic.twitter.com/h6BTsu1uaD

— Suarezismo (@Mister_cule) 18 de novembro de 2017

"Paulinho segue vendo no retrovisar a grande mentira do futebol: mais dois gol".

Paulinho sigue viendo por el retrovisor a la gran mentira del fútbol: +2 goles pic.twitter.com/s5brE45b40

— Dardo (@dardo_picolo) 18 de novembro de 2017

"Volto a pedir perdão, Paulinho... te digo de todo o coração", escreveu um torcedor, arrependido.

Te vuelvo a pedir perdón Paulinho.. de todo corazón te lo digo

— Irene Boston Cule (@IreneBostonCule) 18 de novembro de 2017

"Disseram que era velho... disseram que veio da China... disseram que não ia render... Em 415 minutos tem mais gols do que atacantes titulares de outros!", cutucou um fã.

Que era viejo decian Viene de China decian No rendia decian En 415" lleva + goles q delanteros titulares de otros! #callabocas @paulinhop8 pic.twitter.com/7GcgYSOFkY

— GLATIATORE (@GlatiatorePes) 18 de novembro de 2017

Mais: Mina aguarda resposta do Barcelona | Valverde valoriza vitória do Barcelona e lamenta cartão amarelo a Piqué: "Excessivo" | ► Valverde: "Torcedores não precisam se preocupar com Messi"


,18/11/2017 às 08:44

Coreia do Norte descarta negociações sobre armas nucleares

A Coreia do Norte descartou nesta sexta-feira a possibilidade de negociações com Washington enquanto exercícios militares conjuntos entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul continuarem e informou que o programa de armas atômicas de Pyongyang permanecerá como forma de dissuasão a uma ameaça nuclear americana. As declarações foram feitas por Han Tae Song, embaixador norte-coreano na Organização das Nações Unidas (ONU) em Genebra, à agência Reuters.

“Enquanto houver uma política hostil contínua contra o meu país pelos Estados Unidos e jogos de guerra em nossa porta, não haverá negociações”, disse Song sobre as conversas conduzidas nesta sexta-feira entre Washington e Seul, que concordaram em continuar trabalhando em uma solução pacífica para a crise nuclear na península coreana. Um diplomata americano, segundo a Reuters, disse que é difícil avaliar as intenções de Pyongyang já que não houve até aqui “nenhum sinal”.

Song é embaixador da Coreia do Norte para a Conferência de Desarmamento da ONU e assegurou que seu país “continuará a desenvolver sua capacidade de autodefesa, cujo eixo são as forças nucleares e a capacidade de um triunfante ataque, enquanto os Estados Unidos e forças hostis continuarem com ameaças nucleares e chantagens”.

Singapura
Na esteira das sanções impostas pela ONU, Singapura é a mais recente nação a restringir suas relações com Pyongyang. A alfândega do pequeno estado-nação do Sudeste Asiático proibiu o comércio de bens com a Coreia do Norte. Infratores que importarem ou exportarem produtos do país de Kim Jong-un podem ser condenados a penas de até dois anos de prisão.

MSN


,18/11/2017 às 08:44

Precavida! Anitta se casa com separação total de bens

Ao que tudo indica, Anitta e Thiago Magalhães, apesar de apaixonados, estão preocupados em proteger seus bens. A cantora e o empresário se casaram no fim de outubro, mas fizeram questão de firmar um contrato com regime de separação total de bens.

Bastante discreta em relação à vida amorosa, a dupla definiu que cada um terá direito apenas aos seus próprios bens, de acordo com o jornalista Leo Dias.
Agora, os dois estão à procura de uma mansão no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro - onde muitos outros famosos também moram -, para fixarem residência.
Segundo o jornal “O Globo", os pombinhos assinaram um contrato de união estável em um cartório da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.
Vale ressaltar que o marido da cantora também é dono de uma imensa fortuna e possui, inclusive, seu jatinho particular.

MSN


,18/11/2017 às 08:44

Evaristo Costa, após deixar Globo, faturou R$ 400 mil com contrato publicitário

Morando na Inglaterra com a família depois que saiu da Globo, em julho, Evaristo Costa fechou sua primeira campanha publicitária e, para estrear a propaganda de uma loja de departamento, o jornalista faturou cerca de R$ 400 mil, segundo a coluna "Terraço Paulistano", da revista "Veja São Paulo". De acordo com a publicação, apesar de não falar sobre o valor, o apresentador, que terminou o contrato com a emissora carioca de forma amistosa, tem recebido outras propostas parecidas.

Jornalista é dono de uma personagem forte
Libriano cheio de magnetismo e carisma, Evaristo possui caraterísticas fortes. Recentemente, o Purepeople fez o mapa astral do ex-âncora e constatou que esse aspecto leve e original em sua personalidade é devido ao bom posicionamento da sua Lua com Urano, que é o planeta relacionado à novidade e liberdade. Por isso, o jornalista é intuitivo, criativo e vive cheio de ideias novas. Com um comportamento diferenciado, o paulista exerce ainda fascínio e sedução sobre as outras pessoas. No entanto, apesar do aspecto positivo, sua Lua está mal angulada com Plutão, planeta das transformações. Sendo assim, ele tem uma tendência natural a tomar atitudes drásticas, caso se guie apenas pelas emoções.

Apresentador brinca sobre nova fase: 'Zen'
Após se desligar do "Jornal Hoje", Evaristo continua ativo e com bom humor na rede social. Prova disso é que o jornalista compartilhou recentemente uma montagem em vídeo em que aparece flutuando durante uma meditação. "Que dia da semana é hoje mesmo?", brincou ele, usando a hashtag "Zen". Foi na própria internet que o apresentador avisou aos seguidores sobre sua saída: "Esse vídeo é o que posso dizer em relação ao assunto que envolve meu nome há uma semana. E hoje é meu último Jornal Hoje. Obrigado a todos. Estou saindo mesmo, foi uma decisão muito difícil de ser tomada, mas estou feliz por ter tomado esta decisão e ainda mais feliz por ter feito tudo certinho até aqui. Agradeço aos meus milhões de fãs e seguidores - esses não vão se ver livres de mim tão cedo. E agradeço especialmente a minha família. Amália, Francesca e Antonella que por tantos dias, Natais, feriados e fins de semana abriram mão do esposo e do pai pacientemente. Eu preciso descansar. Descansar o corpo, a mente... São muito anos fazendo a mesma coisa. Eu espero que vocês entendam e continuem torcendo por mim."

(Por Patrícia Dias)


,17/11/2017 às 07:45

"Paraíso": Sophia manipula Lívia para separar Clara e Gael

Oque Sophia (Marieta Severo) mais quer é explorar as esmeraldas que estão no terreno de Josafá (Lima Duarte) e da neta dele, Clara (Bianca Bin). E, para isso, ela será capaz de tudo, até mesmo de acabar com o casamento do filho, Gael (Sergio Guizé), com a jovem.

Vendo o desespero de Lívia (Grazi Massafera) por estar longe do sobrinho Tomaz, ela encontra na filha uma grande aliada para o seu plano diabólico.

“Não quer aquele bebê? Não quer criar aquele menino como um filho?”, pergunta a ricaça para a filha.

Para ficar com Tomaz, Lívia aceita ajudar a mãe. “Eu amo tanto aquele bebê. Tomaz! Faria qualquer coisa pra ficar com ele”, responde Lívia.

MSN


,17/11/2017 às 07:45

STJ confirma condenação de Bolsonaro por danos morais a Maria do Rosário

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve, por unanimidade, decisão da primeira instância que condenou o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) a pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais à deputada Maria do Rosário (PT-RS). A decisão foi tomada no dia 24 de outubro, mas publicada na semana passada.

Em agosto, o colegiado julgou o caso pela primeira vez, mas a defesa do deputado entrou com novo recurso para esclarecer supostas omissões e contradições na decisão.

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) condenou Bolsonaro por ter dito, em 2014, que Maria do Rosário não mereceria ser estuprada por ser “muito feia”, não fazendo seu “tipo”.

A defesa de Bolsonaro argumenta que tem imunidade constitucional, não podendo ser alvo de ações do tipo ou de condenações por palavras que tenha proferido enquanto deputado. Entretanto, a Justiça entendeu até o momento que as declarações dele foram feitas fora do contexto da atividade parlamentar.

Bolsonaro é réu no Supremo Tribunal Federal (STF) em duas penais por causa do mesmo episódio, ambas relatadas pelo ministro Luiz Fux.

MSN


,16/11/2017 às 07:50

Reforma trabalhista: como ficou a lei com a nova MP publicada pelo governo

A reforma trabalhista entrou em vigor no dia 11 de novembro, mas o governo já editou uma Medida Provisória (MP) que altera parte do texto aprovado. Temas importantes e polêmicos, como a contribuição previdenciária (INSS) de funcionários com contrato intermitente de trabalho, quarentena intermitente, fim do contrato intermitente, regras para grávidas, indenização, jornada de 12 por 36 horas e questões relacionadas ao trabalho como autônomo mudam com a nova MP.

Como fica a contribuição ao INSS depois da nova MP?

O texto da nova legislação trabalhista não fornecia detalhes sobre a contribuição ao INSS nos casos de trabalho intermitente. Mas com a nova MP, quando a renda mensal não atingir o salário mínimo, o trabalhador terá de pagar a diferença ao INSS. Se ele não pagar, o mês não será considerado para fins de cálculo de aposentadoria e seguro-desemprego.

A quarentena intermitente mudou?

A Medida Provisória cria uma quarentena de 18 meses para contratar ex-empregado como intermitente, mas a cláusula só vale até dezembro de 2020. Antes, não era prevista a quarentena para recontratar ex-empregado como intermitente.

++Trabalhadores ainda desconhecem nova CLT

O encerramento do contrato de trabalho intermitente permanece o mesmo?

Se antes não estava prevista a regra para o encerramento de contrato nessa modalidade, agora será permitido ao trabalhador de contrato intermitente movimentar 80% da conta do FGTS, mas isso não dá acesso ao seguro-desemprego.

As grávidas continuam autorizadas a continuar trabalhando em atividades insalubres de grau mínimo e médio, exceto com atestado médico?

Não, a regra mudou. Agora, as grávidas ficarão livres do trabalho insalubre, mas poderão trabalhar se apresentarem autorização médica.

++Trabalhador é condenado a pagar R$ 8,5 mil em honorários com nova regra

O valor máximo de indenização em casos de ação trabalhista mudou?

Sim. Na legislação aprovada, o valor máximo poderia ser de até 50 vezes o último salário do empregado. Mas com a MP, o limite passou para 50 vezes o teto dos benefícios da Previdência.

O acordo para a jornada de 12 horas de trabalho por 36 horas de descanso ainda é permitido?

Sim. Mas antes o acordo individual era suficiente para autorizar a jornada de 12 por 36 horas. Com as novas regras da MP, será necessário fazer um acordo coletivo para cumprir a nova jornada. A exceção são os trabalhadores da saúde que podem aderir em acordo individual.

Os trabalhadores autônomos poderão atuar com cláusula de exclusividade?

Não. Embora a nova legislação trabalhista permitisse a possibilidade de contratar um profissional autônomo com cláusula de exclusividade, a MP colocou um fim na cláusula de exclusividade.

Sem a cláusula de exclusividade, um profissional autônomo que trabalha para apenas uma empresa teria vínculo empregatício?

Não. A nova MP diz que trabalhar para apenas uma empresa não gera vínculo empregatício.

MSN


,16/11/2017 às 07:50

Jô brilha, Corinthians vira para cima do Fluminense em 3 minutos e é heptacampeão brasileiro

Quarta força do estado? Não! O Corinthians é heptacampeão brasileiro.

E foi no melhor estilo corintiano: na raça, com a torcida empurrando. E de virada! O time de Fábio Carille saiu atrás no placar, mas conseguiu vencer o Fluminense por 3 a 1 na Arena e confirmou matematicamente o título.

O zagueiro Henrique colocou o Flu na frente, mas Jô, agora artilheiro da competição, marcou duas vezes de cabeça para garantir o triunfo. Jadson, que entrou muito bem na partida, definiu o placar.

Assim, o time que começou o ano desacreditado chega aos 71 pontos no Brasileirão e já não pode ser alcançado por mais ninguém.

Só faltou a taça oficial, que, por questões de segurança, não esteve em Itaquera nesta quarta-feira. A festa com ela fica para o dia 25, quando o Corinthians recebe o Atlético-MG - antes, o time alvinegro ainda visita o Flamengo neste domingo.

Do outro lado da festa, o Fluminense segue com 43 pontos, quatro a frente da Ponte Preta, a primeira equipe dentro da zona de rebaixamento agora. O próximo compromisso da equipe carioca é na próxima segunda-feira, em casa, justamente contra a Ponte.

O JOGO DO TÍTULO

O Corinthians entrou em campo precisando apenas vencer para confirmar o título. Mas era o Corinthians em questão, não poderia ser fácil.

O Fluminense abriu o placar logo no começo de jogo. No primeiro minuto, o time carioca conseguiu um escanteio pela esquerda. Na cobrança, Marcos Júnior colocou na área, o goleiro Caíque saiu mal e o zagueiro Henrique subiu mais que todo mundo para cabecear para o fundo das redes.

O Corinthians teve a chance de responder na mesma moeda logo depois. Aos 5, Fagner cobrou escanteio na área e Pablo subiu sozinho, de frente para o gol, mas acabou errando o alvo e mandando a bola por cima.

O time alvinegro até passou a dominar a posse de bola, mas teve muitas dificuldades para criar boas jogadas. Quem criou a próxima grande chance, na verdade, foi o Fluminense. Em jogada pela esquerda, Henrique Dourado colocou a bola na área e viu Gustavo Scarpa cabecear. A bola parecia ter endereço, mas bateu em Arana no meio do caminho.

Depois, o Flu ainda chegou a reclamar de pênalti de Pedro Henrique no mesmo Scarpa, mas o juiz, muito perto do lance, mandou o jogo seguir.

A única grande jogada trabalhada do Corinthians saiu aos 30 minutos. Romero achou Fágner pela direita. O lateral invadiu a área e bateu cruzado e rasteiro. Jô chegou de carrinho na segudna trave, mas não conseguiu alcançar a bola.

Caíque ainda deu mais um susto na torcida alvinegra ao sair mal em uma cobrança de falta e fazer uma defesa estranha após cabeçada de Reginaldo.

Sem conseguir criar, o Corinthians voltou com uma mudança no segundo tempo. Carille tirou Camacho, colocou Jadson e tentou colocar o time mais para frente.

E deu certo!

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Clayson teve espaço pela esquerda e cruzou com perfeição. Jô se antecipou a zaga e mandou de cabeça para as redes.

Aos 3, a virada! Após chute para frente de Caíque, Jô desviou para Clayson, que tentou o cruzamento. A bola acabou indo em direção ao gol e bateu no travessão. Sem ninguém afastar o perigo, o mesmo Jô apareceu para cabecear de novo para as redes.

Com o placar mudado, o jogo tembém teve outra postura, com o Fluminense tentando ficar mais com a bola. Logo aos 7, Henrique Dourado chegou a ter boa chance de frente para o gol, mas foi travado com perfeição por Pedro Henrique.

Mas o Flu também sentiu suas dificuldades em criar. Os maiores perigos vinham em chutes de longe. Primeiro Wendel e depois Scarpa chegaram a assustar o goleiro Caíque, mas erraram o alvo por pouco.

Aos poucos, porém, o Corinthians foi se acertando atrás. E definiu o titulo na frente.

O primeiro aviso veio aos 37 minutos. Jadson aproveitou sobra de bola na entrada da área, fez bom drible e bateu consciente, no cantinho. A bola parecia perfeita, mas acabou batendo no poste.

O gol não saiu ali, mas aconteceu três minutos depois. O mesmo Jadson recebeu a bola pelo lado direito da área, achou espaço e bateu cruzado para fazer a bola estufar mais uma vez as redes de Cavalieri.

MSN


,14/11/2017 às 07:44

Acidente entre transportes escolares mata uma menina em Itapetininga

SÃO PAULO - Um acidente entre um ônibus e uma van escolares no começo da noite desta segunda-feira, 13, matou uma menina de 9 anos e deixou cerca de 15 feridos, entre crianças e adultos, no município de Itapetininga, interior de São Paulo.

Os veículos se colidiram em um cruzamento do bairro Vila Gramado 1 por volta das 18h. Segundo o Corpo de Bombeiros, não há sinalização no local. No ônibus estavam apenas o motorista e um auxiliar, que estão em estado grave.

+++Quatro pessoas morrem após veículo cair em córrego no interior de SP

A van era dirigida por uma mulher, que está em coma segundo a Polícia Militar, e transportava crianças de 6 a 10 anos de idade. A morte de Lívia Stéfanni Fidelis de Freitas, de 9 anos, foi constatada por médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Com o impacto da batida, o ônibus perdeu o controle e atingiu uma residência, onde ninguém se feriu. Fotos do acidente foram compartilhadas por moradores da região.

Os motoristas, o auxiliar do ônibus e uma auxiliar da van ficaram gravemente feridos. Todos os socorridos foram encaminhados para o Hospital Regional de Itapetininga.

A prefeitura da cidade decretou luto oficial de três dias devido ao acidente. Segundo o órgão, a menina que morreu estudava na Escola Municipal Profª Benedita Vieira de Almeida Madalena, no Jardim Florestal, que terá as aulas suspensas nos dias de luto.

Mande sua notícia - Quais problemas você enfrenta no trânsito e no caminho para o trabalho? O metrô parou? Viu uma manifestação na cidade? Presenciou um acidente ou algo inusitado? Fotografou ou filmou um fato e quer compartilhar? Os usuários de WhatsApp podem agora usar o aplicativo para colaborar com o Estado. Envie vídeos, fotos ou apenas o seu relato ou ideia de pauta pelo número (11) 9-7069-8639. Suas sugestões serão apuradas por um repórter e podem ajudar as pessoas. Participe.

MSN


,14/11/2017 às 07:44

Falta de controle do diabetes pode causar infarto, AVC e outras doenças

O Dia Mundial do Diabetes tem como objetivo conscientizar ainda mais a população sobre os perigos dessa doença, que segundo os últimos dados da Sociedade Brasileira de Diabetes, atinge cerca de 10% da população brasileira adulta.

Segundo um outro estudo, publicado recentemente pela American Heart Association, concluiu que o paciente que sofre com o diabetes tem até duas vezes mais risco de desenvolver alguma doença cardíaca. A pesquisa ainda mostrou que a taxa de mortalidade relacionada com doenças cardíacas, em diabéticos com mais de 65 anos, é de 68% e, aproximadamente, 50% dos adultos com diabetes também desenvolvem alguma doença cardiovascular fatal.

+ Tudo que você precisa saber sobre as doenças autoimunes

De acordo com o cirurgião cardíaco e membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular e também da internacional da The Society of Thoracic Surgeons dos EUA, Dr. Elcio Pires Júnior, as doenças cardiovasculares são a causa mais frequente de morte em pacientes com um quadro clínico de diabetes. No entanto, 23% ainda não segue nenhum tipo de tratamento. "O metabolismo do diabetes resulta em partículas de gordura que são quimicamente modificadas e tóxicas à parede da artéria. Depois de absorvidas pelas células das artérias, elas se tornam um grande risco para as doenças cardiovasculares como infarto, acidente vascular cerebral (AVC) e entupimento de artérias, especialmente das pernas e pés, além de formação de aneurismas", explica o especialista.

Além disso, ainda segundo o especialista, quando o diabetes se instala no organismo, ele potencializa outras condições de risco, como a pressão alta e o colesterol elevado. “O diabetes tipo II oferece ainda mais risco para o aparecimento de doenças cardiovasculares. Por isso, a má alimentação, a falta de atividade física regular e a de acompanhamento médico regularmente são hábitos que devem ser modificados”, finaliza Élcio.

MSN


,14/11/2017 às 07:44

Brasil poderá proibir celular no trabalho, com direito a punições

O projeto de lei nº 9066/2017 de autoria do deputado federal Heuler Cruvinel (PSD/GO) visa proibir celulares em ambiente de trabalho, bem como propor punições para o uso. Única exceção seria para funcionários que usam os aparelhos com propósitos específicos de trabalho.

"Na atual realidade a questão tempo e produção de excelência é o ponto alto nas relações profissionais do dia a dia, porém assistimos todos os dias a falta de atenção de funcionários em razão do uso privado do telefone celular", argumenta o deputado.

De acordo com o jornal 'O Globo', o projeto também propõem certas punições para o empregado que não seguir a regra. Advertências, suspensões ou até mesmo demissão por justa causa são alguns exemplos do que pode ser infringido ao funcionário.

MSN


,13/11/2017 às 07:55

Foram decididas as 7 duplas da semifinal do ‘Dança dos Famosos’

Depois de uma semana em que o Domingão do Faustão‘ decidiu esquecer o ‘Dança dos Famosos‘ para colocar mais uma rodada do ‘Ding Dong‘, o quadro de dança mais assistido da televisão aberta voltou para um programa decisivo: as quatro duplas que faltavam se apresentar mostraram suas performances para ver quais seriam as 7 duplas que iriam para a próxima fase, a esperada semifinal.

Para as avaliações, a parte técnica do júri foi mantida para que a nota continuasse com os mesmos critérios do programa anterior, ou seja, lá estavam Ana Botafogo e J.C. Violla sentados na bancada prontos para o julgamento. Já o júri artístico foi substituído e dessa vez estavam Débora Nascimento, Letícia Birkheuer e Rainer Cadete para analisar o desempenho dos casais no foxtrote. Vamos conferir cada uma das apresentações e o resultado final:

Nicolas Prates

“Depois do beijo que a gente deu, não tem mais pra onde ir”, afirmou a professora de Nicolas Prates durante os ensaios da semana (lembrando que o jovem ator virou polêmica ao usar beijo como forma de chamar a atenção). Sem a possibilidade de usar o artifício para chocar, Nicolas se apresentou apenas com seu gingado e charme ao som de “My Kinda Girl”, de Ricky Valance, e facilmente arrancou suspiros da plateia. Ele foi muito bem recebido pelo júri artístico, que se derreteu pela apresentação do garoto, e pelo júri técnico. Sucesso.



Cris Vianna
Salva na repescagem, Cris Vianna não teve muito tempo para relaxar pois muito trabalho precisava ser feito para arrasar no foxtrote. “O que eu gostei é que para mulher grande é maravilhoso”, declarou a atriz provavelmente alfinetando a jurada que criticou sua altura bem no começo da competição. Sua música foi “I Could Write a Book”, de Harry Connick Jr, e a mulher mandou bem – o público até aplaudiu de pé! Rainer Cadete lembrou que Cris Vianna foi jurada quando ele esteve na ‘Dança dos Famosos’ e retribuiu o 10 que ganhou naquele ano. Já o júri técnico acabou criticando um pouco a tentativa de sapateado. Não se pode ganhar todas, né?

Joaquim Lopes
Joaquim Lopes contou ao Faustão que essa mudança de ritmos é quase como se eles fossem de um planeta para o outro. Ao som de “Ain’t that a kick in the head?”, de Dean Martin, Joaquim Lopes precisou mostrar que não é um viajante espacial e que está nessa competição para ir até as cabeças. E, olha… foi uma apresentação de tirar o fôlego e cheio de translações (Faustão até colocou um merchandising no meio pra Joaquim se recompor). Resultado? O júri se encantou completamente.

E a última competidora do grupo foi Maria Joana, que nos ensaios da semana teve uma leve vontade de socar seu professor de dança. Para fechar as danças com chave de ouro, ela se apresentou com “The Way you look tonight”, de Frank Sinatra, e levantou a plateia. “Pisa menos, mulher”, gritou Rainer Cadete durante sua avaliação. “Achei a sequência do sapateado muito bonita”, elogiou J.C. Violla, bem animado com o número apresentado por Maria Joana. A atriz foi tão bem que levou 10 de todos os jurados – artísticos e técnicos!

Resultado Final
Depois de gerar muita expectativa, Faustão divulgou as notas de cada uma das duplas e liberou o ranking. Para a semifinal iriam as sete melhores ranqueadas. O pódio ficou da seguinte forma:

1º Lucas Veloso

2º Maria Joana

3º Joaquim Lopes

4º Adriane Galisteu

5º Mariana Xavier

6º Nicolas Prates

7º Cris Vianna e Rafael Zulu

9º Isabella Santoni

Como deu para ver, Cris Vianna e Rafael Zulu ficaram empatados em sétimo lugar, então o critério para desempate foi a nota dada pelo público. Assim, com apenas 0,1 de vantagem, quem foi para a semifinal foi Cris Vianna. O programa volta na próxima semana e o ritmo será a salsa. Não percam!


,13/11/2017 às 07:55

Nova lei do trabalho entra em vigor já questionada no STF; veja o que muda

Três esferas importantes do mundo do trabalho - a negociação de direitos e condições entre empresas e empregados, a representação sindical e o acesso à justiça - passam a funcionar sob regras diferentes a partir de hoje, primeiro dia útil desde que a Lei 13.467 começou a valer.

Foram seis meses entre a proposta enviada ao Congresso, a aprovação do texto com as emendas de deputados e senadores e a sanção presidencial, em julho. No total, mudam 117 dos 900 artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

A aplicação da nova lei - e, portanto, seu impacto na vida prática dos trabalhadores -, contudo, não é consenso entre juízes, procuradores, fiscais e advogados. Parte dela já é inclusive questionada no Supremo Tribunal Federal (STF).

Conheça as ‘superfrutas’ encontradas na Mata Atlântica que pesquisadores tentam salvar da extinção
Finlândia faz 'maior reunião de pais e professores do mundo' para planejar educação do futuro
Só depois dos primeiros meses de vigência, dizem especialistas consultados pela BBC Brasil, quando os juízes começarem a proferir as primeiras decisões com base na nova lei e for criada uma jurisprudência, será possível entender de fato o que a lei permite ou não. "Ainda não dá para saber o que 'vai pegar'", simplifica Patrícia Pelatieri, coordenadora de pesquisas do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Antes de deixar a Procuradoria-Geral da República, Rodrigo Janot pediu à corte a anulação dos efeitos de artigos que preveem que trabalhadores com direito a gratuidade judiciária passem a arcar com uma série de despesas quando moverem processos contra os empregadores.

Os dispositivos, conforme a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) ajuizada em agosto, dificultariam o acesso à Justiça do Trabalho e feririam direitos fundamentais. O relator do processo é o ministro Luís Roberto Barroso, que ainda não apreciou o mérito.

Principais pontos
As novas regras permitem, por exemplo, que sejam negociadas diretamente entre trabalhadores e empresas condições como banco de horas - que deve ser compensado em até seis meses, em vez do prazo de um ano quando previsto em convenção coletiva - e a jornada de 12 horas de trabalho por 36 de descanso.

Também não precisariam passar pelos sindicatos os acordos feitos entre a empresa e os funcionários com diploma de nível superior que ganham mais de R$ 11.062,62 - o equivalente a duas vezes o teto do benefício do Regime Geral de Previdência Social - referentes a pontos como jornada de trabalho, benefícios, participação nos lucros, plano de cargos e salários.

Passa a valer a possibilidade de parcelamento de férias em até três períodos, contanto que nenhum seja menor do que cinco dias e um deles seja maior que 14 dias corridos.

A lei cria ainda uma nova modalidade de rescisão de contrato de trabalho. Pela regra atual, quando o trabalhador é demitido sem justa causa, ele recebe do empregador uma multa equivalente a 40% do que foi depositado em seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), pode sacar o valor integral do fundo e tem acesso ao seguro desemprego.

Agora, caso o desligamento seja de comum acordo, o trabalhador recebe metade do valor da indenização, pode sacar 80% dos recursos do FGTS e não tem direito ao seguro desemprego.

Não há consenso entre juristas e operadores do Direito sobre a abrangência dessas negociações diretas - se elas valem para os contratos anteriores ao início da vigência da "nova CLT" ou só para os assinados a partir de hoje.

Para Alexandre de Almeida Cardoso, advogado da área trabalhista do escritório TozziniFreire, as novas regras, "sem fonte de dúvida", passam a ser imediatamente aplicáveis a qualquer trabalhador formalizado.

Sergio Batalha, do Batalha Advogados Associados, por outro lado, afirma que a interpretação será polêmica, já que o artigo 468 da CLT estabelece que não podem ser feitas alterações de contrato em prejuízo do empregado.

É o princípio da condição mais benéfica ao trabalhador, acrescenta o juiz Guilherme Guimarães Feliciano, presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), entidade que vem fazendo uma série de críticas à nova legislação.

É por isso que advogados como Domingos Fortunato, sócio do Mattos Filho, vem recomendando aos clientes cautela nas negociações que possam entrar em conflito com o artigo 468, como a duração da jornada de trabalho.

Cardoso, do TozziniFreire, lembra que os trabalhadores continuam protegidos pela Constituição e pela convenção coletiva da categoria, que muitas vezes garantem condições mínimas de segurança e saúde no ambiente de trabalho.

Negociado sobre legislado
Estão previstas na lei 15 situações em que o que for acertado em acordos e convenções coletivas - ou seja, com a mediação dos sindicatos - tem prevalência sobre a lei, temas como jornada de trabalho, troca de dias de feriado, participação nos lucros, enquadramento do grau de insalubridade e intervalo para almoço, que pode ser reduzido para 30 minutos para quem trabalha mais de seis horas por dia.

O texto coloca outros 30 pontos que esses instrumentos não podem alterar, direitos que não podem ser reduzidos ou suprimidos: salário mínimo, 13º, adicional noturno e de insalubridade, licença maternidade e paternidade.

Sessão da Câmara dos Deputados para aprovar urgência na votação da reforma trabalhista: Reforma trabalhista tramitou por seis meses no Congresso e foi sancionada em julho | Crédito: Lula Marques/AGPT© BBC Reforma trabalhista tramitou por seis meses no Congresso e foi sancionada em julho | Crédito: Lula Marques/AGPT
Patrícia Pelatieri, do Dieese, observa que os sindicatos vêm tentando usar a prevalência do negociado sobre o legislado para reverter artigos da própria lei que eles enxergam como potenciais precarizadores das relações de trabalho.

Em convenção coletiva fechada no último dia 30 de outubro, ela exemplifica, os trabalhadores do ramo químico de São Paulo estabeleceram que as homologações de demissões continuam sendo feitas no sindicato, apesar de a nova lei acabar com essa obrigatoriedade.

"Eles vêm tentando colocar salvaguardas a pontos como terceirização e trabalho temporário", acrescenta.

Home office, jornada parcial e trabalho intermitente
Chamado de "teletrabalho", o home office foi regulamentado. Os contratos devem detalhar as atividades que serão realizadas pelo funcionário e tudo o que será pago pela empresa, entre equipamentos e infraestrutura para o trabalho.

O regime de tempo parcial de trabalho, que antes era válido para as jornadas de até 25 horas semanais, ganhou novos limites, de até 30 horas por semana, sem horas extras, ou de 26, com até seis horas suplementares.

Garçom: Trabalho intermitente deve atrair segmento de bares, restaurantes e eventos, dizem especialistas | Crédito: Reuters© BBC Trabalho intermitente deve atrair segmento de bares, restaurantes e eventos, dizem especialistas | Crédito: Reuters
Modalidade mais controvertida, o trabalho intermitente permite a contratação por diária, sem horário fixo. Para muitos juristas, ela é a formalização do bico, de serviços que, até então, não tinham anotação em carteira.

"O trabalho intermitente vai ser altamente polêmico. A lei fala, por exemplo, que o empregador tem que recolher a contribuição previdenciária, mas não fala como. A gente nem está sendo consultado pelas empresas sobre essa modalidade", diz Giancarlo Borba, sócio da área trabalhista do Siqueira Castro Advogados.

Terceirização
A terceirização, por outro lado, tem sido tema de diversas reuniões nos escritórios de advocacia. Apesar da Lei 13.429, de março, regulamentar esse tema, os artigos incluídos na lei trabalhista, para os especialistas, deixam mais clara a possibilidade de terceirizar qualquer atividade. Até então, só era permitida a terceirização de funções que não estivessem ligadas à vocação principal da companhia, como segurança e limpeza.

Assim, a expectativa é que o uso dessa modalidade pelas empresas cresça nos próximos meses.

"Ela deu maior segurança jurídica, mas, na prática, ninguém vai terceirizar tudo", comenta Fortunato, do Mattos Filho.

Chefe repreende empregado: Relação de trabalho entre terceirizado e empresa tomadora não pode envolver subordinação | Crédito: Getty Images© BBC Relação de trabalho entre terceirizado e empresa tomadora não pode envolver subordinação | Crédito: Getty Images
Isso porque a lei, apesar das mudanças, abre pouco espaço para vínculos fraudulentos de trabalho. A relação da empresa com um autônomo, um PJ ou um terceirizado não pode configurar o que os artigos 2º e 3º da CLT definem como vínculo empregatício, quando há habitualidade, exclusividade e subordinação do funcionário a alguém dentro da companhia.

Ainda que o empregador cumpra a quarentena de 18 meses estipulada pela nova lei para readmitir como terceirizado um funcionário demitido, portanto, ele não pode manter com ele a mesma relação de trabalho que tinha quando era diretamente contratado.

Acesso à justiça
As mudanças nas regras processuais - que reconhecem, por exemplo, uma série de novos custos para quem perde uma ação - dividiram os especialistas. Para alguns, ela vai dificultar o acesso dos empregados à Justiça do Trabalho; para outros, vai inibir os "aventureiros", que movem processos muitas vezes sem fundamentação com a expectativa de retorno financeiro.

Estão entre os temas polêmicos nesse sentido os honorários de sucumbência, figura presente no Direito Civil que, até então, não existia no Direito do Trabalho e que prevê que a parte vencida pague os honorários do advogado da parte vencedora.

A ADI ajuizada por Janot no STF pede que uma liminar suspenda os efeitos deste e dos artigos que preveem pagamento de honorários periciais e das custas do processo em caso de falta à audiência para os trabalhadores beneficiários da justiça gratuita - via de regra, todo aquele que conseguir comprovar insuficiência de recursos para arcar com a ação.

Interpretados como obstáculo ao acesso à justiça gratuita, os dispositivos são inconstitucionais, concorda a Anamatra. Em outubro, a entidade divulgou 125 enunciados a respeito da nova legislação, propostas de interpretação que, em muitos casos, vão no sentido contrário ao que diz o texto que começou a valer no sábado.

"A lei foi discutida de forma açodada, ela é em vários pontos omissa, lacunosa", critica Feliciano, presidente da instituição. Apesar das observações feitas pela entidade, ele esclarece, prevalecerá nos tribunais o princípio da independência técnicas dos juízes - ou seja, eles podem interpretar de maneiras diferentes a nova CLT.


,13/11/2017 às 07:55

Terremoto violento deixa mais de 300 mortos no Irã e no Iraque

Ao menos 328 pessoas morreram e 2.530 ficaram feridas no Irã no terremoto que sacudiu uma zona montanhosa na fronteira com o Iraque, de acordo com um balanço atualizado divulgado pelas autoridades iranianas. O balanço anterior registrava 207 mortos e 1.700 feridos. No Iraque, o terremoto provocou a morte de sete pessoas, de acordo com o novo balanço oficial.

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

Deslizamentos de terra

No Irã, as cidades mais afetadas foram Qasr-e Shirin, na fronteira com o Iraque, na província de Kermanshah, e Azgaleh, 40 km ao nordeste, segundo informações da imprensa estatal.

"Estamos instalando três acampamentos de emergência na região", afirmou o vice-governador de Kermanshah.

Quase 30 equipes de resgate do Crescente Vermelho foram enviadas para as áreas afetadas, segundo a agência estatal Irna.

Entrevistado pela televisão pública quando estava a caminho de Qasr-e Shirin, Pir Hosein Koolivand, diretor do Serviço Nacional de Emergências, afirmou que "é difícil enviar equipes de socorro às localidades porque as estradas foram cortadas e aconteceram deslizamentos de terra".

© Foto: Farzad Menati/Tasnim News/AFP
De acordo com o site da rádio e televisão estatal, as escolas permanecerão fechadas nas províncias de Kermanshah e Ilam.

As autoridades iraquianas solicitaram aos moradores de Darbandajan que durmam fora de suas casas. O mesmo cenário registrado na província iraniana de Ilam, onde alguns habitantes foram aconselhados a deixar a região por precaução.

Em algumas áreas dos dois países foram registrados cortes de energia elétrica.

O tremor também foi sentido no sudeste da Turquia, perto da fronteira com Irã e Iraque. Na cidade de Diyarbakir, os habitantes saíram de suas casas durante o terremoto, mas retornaram pouco depois.

Em 2003, um terremoto na cidade de Bam, província de Kerman (sudeste do Irã) matou 31.000 pessoas e a cidade ficou praticamente destruída.

Em abril de 2013, dois terremotos foram registrados no Irã, com poucos dias de intervalo, de magnitude 6,6 e 7,7, o mais forte no país desde 1957.

Os tremores deixaram 40 mortos no Irã e um número similar no Paquistão.

Em junho de 1990, um terremoto de 7,4 graus no Irã, perto do mar Cáspio (norte), deixou 40.000 mortos e mais de 300.000 feridos, além de meio milhão de desabrigados. Em poucos segundos, uma superfície de 2.100 quilômetros quadrados, onde ficavam 27 cidades e 1.871 vilarejos nas províncias de Ghilan e Zandjan, ficou devastada.

MSN


,11//11/2017 às 08:20

O tubarão 'pré-histórico' com 300 dentes capturado por acidente

Quando os biólogos marinhos se depararam com ele na rede de pesca, viram de cara que não se tratava de um animal comum.

Não se parecia com nada que haviam visto antes. Tinha uma cabeça redonda e uma longa fileira de 300 dentes finos e afiados, típicos de um predador.

Em pouco tempo, constataram que estavam diante do Chlamydoselachus anguineus, chamado popularmente de tubarão-enguia, uma espécie pré-histórica pouco conhecida.

Por que chegar cedo ou atrasado diz mais sobre sua personalidade do que você pensa
O mistério da homossexualidade em animais
O animal foi capturado, em agosto, próximo a Algarve, no sul de Portugal.

'Fóssil vivo'
Embora seja considerado um "fóssil vivo", o tubarão-enguia é uma espécie que se encontra bem distribuída geograficamente. Está presente de Angola ao Chile, da Guiana à Nova Zelândia, da Espanha ao Japão.

Mas pouco se sabe sobre seus hábitos e o tamanho da sua população. Eles costumam viver a muitos metros de profundidade, o que torna difícil encontrá-los e monitorá-los.

No caso do tubarão capturado em Portugal, o animal foi apanhado por uma rede lançada a 700 metros de profundidade.

Mas o que o torna tão especial?

Sobrevivente
"Esse tubarão pertence à única espécie sobrevivente de uma família de tubarões em que todos os outros foram extintos", disse à BBC Margarida Castro, professora e pesquisadora do Centro de Ciências Marinhas da Universidade de Algarve.

'Perdi meu emprego de 21 anos por postar uma foto no Facebook'
"Alguns acreditam que essa espécie remonta ao período Jurássico tardio. Pode ser um pouco mais recente, mas, de qualquer jeito, estamos falando de dezenas de milhares de anos. Por isso, é muito antigo em termos evolutivos. Está na Terra certamente antes do homem", acrescenta.

Castro faz parte do projeto MINOUW, uma iniciativa para minimizar o desperdício de animais que são descartados nos navios de pesca europeus, o que explica a presença de pesquisadores em um barco de pesca comercial.

Predador
Embora a maioria dos tubarões tenha uma cabeça chata, e a do tubarão-enguia seja redonda, as barbatanas e toda parte inferior do corpo não deixam dúvidas de que se trata de um tubarão, e não de uma espécie de enguia.

Mas, segundo a pesquisadora, o que é realmente único neste animal são os dentes.

"Ele tem uma grande fileira de dentes perpendiculares à mandíbula. São muito afiados, finos e apontam para dentro. Isso permite a ele pegar presas grandes e não deixá-las escapar, os dentes as impedem de sair", explica Castro.

"Claramente se trata de um predador muito agressivo", completa.

A espécie capturada em Portugal era um macho adulto de 1,5 metro de comprimento. Quando o animal foi retirado do mar, já estava morto.

"A partir dessa profundidade, a maioria dos peixes chega morta. A rede sobe muito rápido, e eles não sobrevivem à súbita mudança de pressão", esclarece.

Risco de extinção?
A escassez de informação sobre a espécie dificulta saber, inclusive, se ela corre risco de extinção.

A União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN, na sigla em inglês) classifica o tubarão-enguia como uma espécie "quase ameaçada", devido ao receio de que a expansão da pesca em águas profundas aumente os casos de captura acidental.

Para Castro, no entanto, ainda é muito difícil responder se é realmente uma espécie ameaçada.

"Não sabemos qual é a proporção de captura. Se a taxa de pesca é proporcional ao quão rara é sua presença no oceano, então estamos diante de uma espécie ameaçada de extinção, mas não temos essa informação neste momento", aponta.



,11//11/2017 às 08:20

Governo prepara ajustes na nova lei trabalhista

BRASÍLIA - Aos 74 anos, a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) ganha uma nova roupagem a partir de hoje. Com a entrada em vigor da reforma trabalhista, a relação entre patrões e empregados mudará profundamente em meio às promessas de criação de vagas e o temor de piora das condições de trabalho. As regras começam a valer sem que o governo tenha decidido como será o processo de ajuste de alguns temas prometidos ao Congresso: se por Medida Provisória ou projeto de lei. A minuta do texto, que está na Casa Civil, não prevê, como foi cogitado, um novo instrumento para financiamento dos sindicatos.

O projeto que entra em vigor neste sábado, 11, foi amplamente apoiado pelas entidades empresariais. O texto prevê, por exemplo, que os acordos coletivos tenham força de lei.

++Saiba o que muda com a nova legislação trabalhista

Também acaba com a obrigatoriedade da contribuição sindical e permite a flexibilização de contratos de trabalho. Direitos constitucionais, como o 13º salário, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e salário mínimo, estão preservados.

Diante de alguns pontos sem acordo entre governo e Congresso e com uma relação cada vez mais complicada com os parlamentares, o Palácio do Planalto não conseguiu entregar a proposta de ajuste da reforma trabalhista antes da estreia das novas regras.

O texto que vai alterar pontos, como o trabalho insalubre de gestantes e contratos intermitentes está praticamente pronto, mas ainda há itens importantes em aberto e precisam ser decididos pelo Palácio do Planalto.

++Tudo Sobre: Reforma trabalhista

Martelo. O governo ainda não bateu o martelo sobre como será a tramitação do ajuste. Inicialmente, a ideia era editar uma MP previamente acertada com os parlamentares. Costurada pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), a solução esbarrou na crescente insatisfação de parte da bancada governista e na resistência de parlamentares ligados aos movimentos sindicais.

Por isso, o governo passou a cogitar apresentar um Projeto de Lei, cuja tramitação poderia ser mais bem administrada pelo governo, mas não haveria o efeito imediato da MP.

Outro ponto ainda polêmico é o financiamento sindical. A minuta que está na Casa Civil não prevê qualquer tipo de novo instrumento para substituir o imposto sindical – que deixa de existir a partir deste sábado.

O governo, porém, tem sido duramente pressionado pelos sindicatos que exigem a regulamentação de um instrumento alternativo, como a contribuição a ser paga na negociação coletiva. No governo, não é descartada inclusive eventual decisão futura sobre o tema.

Trabalho insalubre. Apesar dessas dúvidas, o ajuste das normas trabalhistas está praticamente fechado. Como prometido aos senadores, a minuta que está na Casa Civil prevê, por exemplo, alteração das regras para o trabalho insalubre de grávidas e lactantes.

O texto sancionado em julho previa que gestantes deveriam apresentar atestado de saúde para serem afastadas, durante a gestação, de atividades consideradas insalubres.

Agora, a proposta prevê vedação do trabalho nessa situação, mas haverá possibilidade de continuar nos casos em que a trabalhadora apresentar atestado que permita o trabalho.

Outro ponto é o que impõe quarentena de 18 meses para uma empresa recontratar através de contrato intermitente um empregado previamente demitido. O texto também proíbe qualquer cláusula de exclusividade para o contrato autônomo e estabelece regras para que a jornada de 12 horas de trabalho com 36 horas de descanso tenha de passar por acordo coletivo.

MSN


,11//11/2017 às 08:20

De novo? Anderson Silva é afastado do UFC Xangai após flagra em exame antidoping

Flagrado em um exame antidoping surpresa em 2015, Anderson Silva voltou a sentir o drama de ter seu nome envolvido com tamanho escândalo nesta sexta-feira (10). Informado pela USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) de um novo resultado positivo, o UFC se adiantou e suspendeu o atleta provisoriamente.

De acordo com o comunicado emitido pelo UFC, a amostra foi colhida no dia 26 de outubro em um exame surpresa e apontou para o uso de uma substância proibida. Desta formam, o brasileiro foi retirado do card programado para o dia 25 de novembro, em Xangai, na China.

Seu adversário seria o americano Kelvin Gastelum, que agora aguarda a definição por parte do UFC sobre o nome de seu novo oponente. Curiosamente, os atletas deveriam ter se enfrentado em junho deste ano, mas na ocasião o americano foi flagrado no exame pelo uso de maconha e retirado do card.

MSN


,10/11/2017 às 07:58

Brasil nunca perdeu para o Japão; Neymar brilhou no último encontro

Rival da Seleção Brasileira no amistoso desta sexta-feira, em Lille, na França, o Japão não tem bom retrospecto contra a Seleção Canarinho. Isso porque os japoneses jamais sentiram o gostinho de derrotarem os brasileiros. Em 11 jogos oficiais entre os dois times, o Brasil ganhou nove e ainda foram registrados dois empates. A equipe marcou 31 gols, média de quase três por confronto, e teve as suas redes balançadas em apenas quatro ocasiões.

O primeiro encontro foi um amistoso no Rio de Janeiro, em 1989, na preparação para a Copa do Mundo de 1990. Em uma tarde de quarta-feira, em São Januário, o triunfo por 1 a 0, com gol marcado pelo meia Tita, teve poucos registros.

Em competições oficiais o primeiro encontro foi um 0 a 0 pela Copa das Confederações de 2001. O resultado contribuiu para uma eliminação precoce da Seleção Brasileira.

Quando o assunto é Copa do Mundo, Brasil e Japão se enfrentaram apenas uma vez, na fase de grupos do Mundial de 2006, na Alemanha. Os japoneses, comandados por Zico, abriram o placar com Keiji Tamada. Porém, Ronaldo (2), Gilberto e Juninho Pernambucano garantiram a goleada por 4 a 1.

Outro jogo marcante foi a estreia da Seleção Brasileira na Copa das Confederações do ano passado. Jogando em casa, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), os brasileiros ganharam com facilidade por 3 a 0. Neymar, Paulinho e Jô marcaram os gols do jogo.

No último duelo o show foi de Neymar. Em outubro de 2014 o Brasil ainda lutava para esquecer a humilhante goleada de 7 a 1 para a Alemanha nas semifinais da Copa do Mundo. Dirigido por Dunga, o time canarinho goleou por 4 a 0 em amistoso disputado na Cingapura. O atual craque do PSG marcou todos os quatro gols.

RELAÇÃO DE CONFRONTOS

23/7/1989 – Rio de Janeiro (Brasil) – Brasil 1 x 0 Japão – Amistoso

6/6/1995 – Liverpool (Inglaterra) – Brasil 3 x 0 Japão – Amistoso

9/8/1995 – Tóquio (Japão) – Japão 1 x 5 Brasil – Amistoso

13/8/1997 – Osaka (Japão) – Japão 0 x 3 Brasil – Amistoso

31/3/1999 – Tóquio (Japão) – Japão 0 x 2 Brasil – Amistoso

4/6/2001 – Kashima (Japão) – Brasil 0 x 0 Japão – Copa das Confederações

22/6/2005 – Colônia (Alemanha) – Japão 2 x 2 Brasil – Copa das Confederações

22/6/2006 – Dortmund (Alemanha) – Japão 1 x 4 Brasil – Copa do Mundo de 2006

16/10/2012 – Wroclaw (Polônia) – Japão 0 x 4 Brasil – Amistoso

15/6/2013 – Brasília (Brasil) – Brasil 3 x 0 Japão – Copa das Confederações

14/10/2014 – Cingapura (Cingapura) – Brasil 4 x 0 Japão – Amistoso


,09/11/2017 às 07:45

Globo afasta William Waack após vazamento de vídeo na internet

A Globo anunciou nesta quarta-feira que afastou o apresentador do Jornal da Globo William Waack de suas funções até que se esclareça a situação mostrada por um vídeo que circulou nas redes sociais durante a tarde. Em comunicado, a emissora afirma que é “visceralmente contra o racismo” e que Waack diz não se lembrar do que disse no vídeo, mas que pede desculpas. O canal também afirma que vai iniciar conversas com o jornalista a partir de amanhã para decidir “como se desenrolarão os próximos passos”. Nesta quarta-feira, a apresentação do Jornal da Globo ficará por conta de Renata Lo Prete.

No clipe, feito minutos antes de o jornalista entrar no ar para tratar das eleições americanas, no ano passado, Waack diz: “Tá buzinando por que, seu m… do c…?”, ao reclamar de uma buzina que soa na rua. Em seguida, ele balbucia: “Você é um, não vou nem falar, eu sei quem é…” E depois continua com um trecho em que parece dizer: “É preto, é coisa de preto”.

Confira abaixo, na íntegra, o comunicado enviado pela assessoria de imprensa da Globo:

“A Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida.

Nele, minutos antes de ir ao ar num vivo durante a cobertura das eleições americanas do ano passado, alguém na rua dispara a buzina e, Waack, contrariado, faz comentários, ao que tudo indica, de cunho racista. Waack afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza, mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação.

William Waack é um dos mais respeitados profissionais brasileiros, com um extenso currículo de serviços ao jornalismo. A Globo, a partir de amanhã, iniciará conversas com ele para decidir como se desenrolarão os próximos passos.”

MSN


,09/11/2017 às 07:45

Eu e meu namorado(a) nunca brigamos: esse é mesmo um bom sinal para a relação?

Brigas e discussões são consideradas normais e praticamente inevitáveis em qualquer relacionamento amoroso, mas se você e seu parceiro nunca enfrentam debates calorosos marcados por irritações e desacordos, podem estar vivendo em dois diferentes extemos, sem mesmo perceber.

Como cada casal possui dinâmica própria e cada relacionamento tem “regras” e características bastante particulares, não é possível apontar com definição exata o que é certo ou errado, ou o que é bom ou ruim, mas determinados pontos precisam ser avaliados para saber se a relação é satisfatória e considerada feliz para ambos.

Casais que nunca brigam são mais felizes?

Quando os parceiros em uma relação possuem boa sintonia, gostam das mesmas coisas e possuem as mesmas orientações morais, normalmente vão encarar menos brigas e podem apenas investir em diálogos mais sérios quando se deparam com as discussões básicas que, por mais desagradáveis que sejam, são necessárias para fortalecer os laços.

Este é apenas um dos cenários possíveis entre as relações amorosas que não são marcadas por brigas. De forma geral, a situação mais saudável, ou seja, quando a falta de discussões apenas reflete uma convivência mais harmoniosa e tranquila entre os parceiros.

casal gay viagem 0217 400x800© Olesia Bilkei/shutterstock casal gay viagem 0217 400x800
Há também casais que vivem de forma mais tranquila, sem grandes brigas, porque já aprenderam a evitar discussões bobas que só causam desgaste, não levam a nada e atrapalham a felicidade da vida a dois.

Mas casais que nunca brigam também podem estar em outra “categoria”, bem menos favorável. Apesar de serem considerados pacíficos e até transmitirem imagem de dupla perfeita, parceiros que raramente discutem podem, mesmo sem perceber, estar em uma relação desgastada e sem amor.

casal triste briga 0916 400x800© andrey_l/shutterstock casal triste briga 0916 400x800
Isso porque, em alguns casos, a falta de briga e o silêncio indicam completa falta de interesse pela relação. Entediados e indiferentes, os parceiros nesta situação sequer se preocupam em debater questões importantes que poderiam melhorar o relacionamento, basicamente por não acreditarem mais em uma união feliz.

Como se pode ver, não existe uma resposta única para a dúvida sobre benefícios ou prejuízos de brigas em um relacionamento amoroso. A falta de debates sinaliza diferentes possibilidades e apenas os parceiros podem avaliar com honestidade em que situação acreditam se encaixar e quais comportamentos devem adotar para a felicidade na vida íntima.




,08/11/2017 às 07:43

Mãe diz que havia pedido a assassino que deixasse a filha em paz

A mãe da jovem de 16 anos que foi morta a tiros dentro de uma escola em Goiás na segunda-feira, 6, Rosangela Cristina, disse que já tinha ligado para o assassino no ano passado pedindo para que ele deixasse a filha em paz e que, se ele não fizesse isso, ela chamaria a polícia. Raphaella Novinski foi vítima de Misael Pereira Olair, de 19 anos, que invadiu o colégio, entrou na sala de aula e disparou onze vezes no rosto da adolescente.

“Depois que minha filha recusou um presente dele, ele continuou incomodando a Raphaella na escola. Ela vivia reclamando dele para mim”, afirmou Rosangela em entrevista a VEJA. “Até que um dia eu liguei para ele pedindo para que parasse de incomodá-la, porque se não eu chamaria a polícia”.

Em depoimento à polícia, Misael disse que decidiu matar a menina porque “sentia ódio dela”. Ele foi aluno do Colégio Estadual 13 de Maio, onde Raphaella também estudava até o ano passado. Misael relatou ter conhecido a menina pelo Facebook e que morava próximo a ela em Alexânia.

Segundo Rosangela, a filha tinha dito a ela que não queria namorar Misael e classificava o rapaz de “obcecado” e “louco”. “’Mãe, eu não quero nada com ele. Ele parece louco, é obcecado’. Era isso que ela me falava dele”’, afirmou.

A mulher disse que participou da audiência de custódia, na qual a Justiça decidiu pela prisão preventiva de Misael. Rosangela relatou que o rapaz permaneceu o tempo todo de cabeça baixa. “Ele destruiu a minha família. É um monstro. Um assassino. E vai pagar pelo que fez”, afirmou.

Arquivado em: Brasil

MSN


,08/11/2017 às 07:43

"Manuela é uma benção de Deus", comemora noivo de Eliana

Adriano Ricco, noiva de Eliana Michaelichen e papai de Manuela, falou como tem sido a experiência da paternidade ao lado da noiva. O diretor de TV avaliou que a pequena é uma "benção de Deus" e que o sacrífico feito pela família foi recompensado.

"Não foi fácil nem para mim nem pra Eliana o que aconteceu com a gente, mas, assim, valeu cada segundo. A gente faria o dobro de tempo, o triplo de tempo, a Manuela é uma benção de Deus, um milagre, a gente está muito feliz, ela é uma criança muito fofa. Só temos a agradece", disse ao "Uol".
O profissional contou que ficou o tempo inteiro ao lado da apresentadora: "Eu fiquei o tempo todo com ela, foram praticamente dois meses no hospital. Eu dormia todos os dias lá, acordava todos os dias lá, mas o final compensa qualquer sacrifício. A Manuela é realmente uma benção de Deus".
Eliana, para quem não sabe, foi afastada das telinhas em maio deste ano, por causa de um descolamento da placenta. A apresentadora precisou ser internada e fez repouso absoluto até o dia do parto.
Vale lembrar que além da recém-nascida, que veio ao mundo em setembro, a artista também é mãe de Arthur, de 6 anos - de sua união com João Marcelo Bôscoli.


,08/11/2017 às 07:43

Faustão é tema de chá de bebê das bailarinas de seu programa

As bailarinas do Domingão do Faustão Ivi Pizzott e Carol Soares resolveram homenagear o apresentador e patrão de uma forma fofa: grávidas, elas fizeram seu chá de bebê inspirado no programa dominical com direito a decoração e até a um bebê em versão Fausto Silva.

“O chá de fraldas das nossas meninas ficou incrível, né Cuma @ivipizzott”, escreveu Carol. “Ontem foi dia de chá de fraldas aqui no Rio. Carol Soares, obrigada por dividir essa aventura comigo!”, disse Ivi.

Carol, que namora o ator Luís Navarro, que atua na novela Pega Pega, espera por uma menina, mesmo caso de Ivi, que terá uma garota com Paulo Ewerard, irmão do modelo Paulo Zulu.

MSN


,07/11/2017 às 07:45

Ladrões explodem empresa de valores e aterrorizam população em MG

Um assalto a uma empresa de valores em Uberaba (MG), no Triângulo Mineiro, assustou moradores com cenas de guerra e destruição. De acordo com a Polícia Militar, mais de 30 homens armados explodiram a Rodoban, no bairro residencial Boa Vista, incendiaram carros e fizeram disparos para cima durante a madrugada.

+ Bandidos armados com fuzis são vistos no campus da UFRJ

O major José Renato Silva, da PM, afirma que um homem que estava na rua foi atingido de raspão por uma bala perdida, mas já foi liberado do hospital. A ação não deixou outras vítimas. Um vigia que estava na empresa foi rendido e não se feriu.

O assalto teve início às 3h10 desta segunda (6) e terminou às 5h15. Os bandidos isolaram uma área de cerca de 500 metros ao redor da empresa de valores, posicionando homens armados com fuzis nas esquinas e incendiando cinco veículos e pneus.

Os disparos acertaram a rede de energia e de telefonia fixa. O bairro ficou às escuras. Ainda não se sabe quanto dinheiro foi levado pelo grupo.

Os assaltantes fugiram em seis carros e um caminhão-baú, que foram abandonados na zona rural da cidade e encontrados pela polícia. O grupo rodou cerca de 5 km antes de trocar de veículos. Eles espalharam pregos pela região do assalto para furar pneus de eventuais carros da polícia.

Segundo a prefeitura, cerca de cem servidores de limpeza tiveram que ser deslocados para reparar os estragos da ação. Pela manhã, a maioria das escolas da cidade não funcionou. Pais tiveram receio de sair de casa.

A polícia local utilizou helicópteros para fazer buscas pelos assaltantes na zona rural, mobilizando também PMs de cidades vizinhas como Uberlândia, Araxá e Patos de Minas, além da Polícia Civil e da Polícia Federal. Com informações da Folhapress.

MSN


,07/11/2017 às 07:45

Quanto Neymar ganha por mês? Veja o salário do craque no PSG

A maior surpresa da janela de transferências europeia do meio deste ano foi a ida do atacante brasileiro Neymar do Barcelona para o Paris Saint-Germain. O craque resolveu deixar a companhia de Messi, Suárez, Iniesta e outros para brilhar ao lado de outros astros no time francês, mas financeiramente pode-se ter a certeza de que a mudança também foi muito boa.

De acordo com o jornal alemão "Der Spiegel", com base em documentos vazados pelo site "Football Leaks", Neymar recebe mensalmente 3 milhões de euros, o que na conversão monetária em novembro gira em torno de R$ 11,3 milhões. Assim, a cada ano, a conta bancária do camisa 10 da Seleção Brasileira engorda em 36 milhões de euros (cerca de R$ 135,6 milhões).

“Estou extremamente satisfeito por me juntar Paris Saint-Germain”, disse Neymar, em entrevista após assinar contrato de 5 anos com a equipe de Paris.

“Desde a minha chegada na Europa, o clube tornou-se um dos mais competitivos e mais ambiciosos. O maior desafio, que me motivou a participar do meu novo companheiros de equipe, é ajudar o clube a conquistar títulos que os torcedores sonham. A ambição do Paris Saint-Germain me atraiu tanto quanto a paixão e energia que gera. Passei quatro anos na Europa e estou pronto para o desafio. A partir de hoje, vou fazer de tudo para ajudar meu time a vencer, abrir novos horizontes para o meu clube e dar alegria a seus milhões de torcedores pelo mundo”, completou.

Dinheiro bem gasto
Para tirar Neymar do Barcelona, o PSG teve de pagar a multa rescisória prevista em contrato de 222 milhões euros (cerca de R$ 822 milhões), a maior transferência da história do futebol.

Para o proprietário do time francês, o milionário do Qatar Nasser Al-Khelaifi, o valor será pequeno em relação ao que Neymar pode trazer para o PSG. Além do brasileiro, o clube ainda contratou a maior joia francesa do momento, o atacante Mbappé, de 18 anos, vindo do Monaco.

"Falei com o diretor da TV Globo e ele me disse que 85 milhões de pessoas no Brasil viram a apresentação do Neymar. É incrível. O primeiro jogo dele, contra o Guingamp, foi transmitido para 183 países. Foi para isto que trabalhamos durante seis anos. Neymar e Mbappé representam investimentos para os próximos 10 anos. O Mbappé tem 18, pode muito bem jogar aqui durante os próximos 15 anos e o Neymar, com 25, pode jogar mais nove ou dez", disse o dono do PSG em entrevista ao jornal inglês "The Telegraph", em setembro.

MSN


,07/11/2017 às 07:45

6 dicas para você se sentir melhor em 2018

Com 2017 chegando ao fim, a gente não consegue evitar pensar nos planos para o ano que está chegando. E por mais que planejar uma viagem seja incrível e planejar uma mudança de carreira às vezes seja necessário, a gente precisa começar a pensar em coisas que vão nos ajudar a sentir melhor no dia a dia.

Por isso, para 2018 a gente propõe que você priorize fazer toda e qualquer coisa que vai te ajudar a se sentir melhor todos os dias – mesmo que seja por alguns minutos a mais, antes do estresse do trabalho chegar com tudo – e que te incentivem a buscar mais um lugar de paz interior, tranquilidade e bem-estar no geral. Vamos combinar que todo mundo tem semanas estressantes ou precisa lidar com crises de tempos em tempos, mas ninguém merece passar os seus dias se sentindo mal e desmotivada.

Por isso, faça uso das ideias a seguir e não esqueça de contar para a gente, ao final do texto, quais são os seus planos para você se sentir melhor um pouco mais a cada dia no ano que vem.

1. Mexa-se mais!
Tá na hora de a gente deixar a preguiça de lado de verdade e começar a colocar mais exercícios físicos na nossa rotina. E isso não tem nada a ver com querer o ‘corpo perfeito’ ou em ‘ficar em forma para o verão’, viu? Os exercícios físicos são ótimos para desestressar, limpar a mente e cuidar da sua saúde mental. Não é sem motivo que os terapeutas e psiquiatras vivem receitando atividades físicas como uma forma de ajudar no tratamento de depressão. Pode ser academia, uma aula de dança ou até praticar yoga, porém vale a pena você colocar um pouco mais de exercícios físicos no seu dia a dia, ok?

2. Pense com carinho antes de comer
Quantas vezes você começou a comer desenfreadamente e nem pensou no que estava fazendo direito (ou no que estava comendo)? Pois é. Você não precisa começar uma dieta ou um regime só porque está na moda ou porque alguém da sua família falou que você está ‘gordinha’. Mas é uma questão de saúde comer coisas que façam bem para o corpo e, acima de tudo, com consciência. É um exercício de mindfulness: prestar atenção no que está comendo, como está comendo e o quanto. Às vezes, na ansiedade, a gente come muito mais do que precisa e fica se sentindo mal depois…

3. Coloque a sua saúde mental em 1º lugar
Hora de dar um passo para trás e pensar mais na sua saúde mental. A gente já falou muito sobre esse assunto por aqui, mas é sempre bom lembrar da importância de cuidar da sua mente, acima de tudo. Tire alguns dias para descansar a cabeça e relaxar, cuidar da sua ansiedade ou da sua depressão, fazer algumas sessões de terapia (ou um tratamento mais intenso) e priorizar o seu bem-estar sempre. Acredite que tudo tem uma solução em que você não precisa se descabelar para resolver.

4. Faça mais coisas que você gosta
A gente sabe que é normal você abrir mão do que gosta por mil motivos. Mas pense duas vezes antes de descartar um convite para fazer alguma coisa que você adora (como passar uma tarde no parque ou ir à uma festa super divertida). Ah, e a gente precisa dizer que fazer algo que você gosta também diz respeito ao seu trabalho, viu? Ninguém é obrigada a fazer coisas que não ama só porque dá dinheiro ou porque um dia você achou que essa era a profissão que você queria. Tudo bem mudar de ideia, viu?

5. Dê menos opiniões
Se você reparar bem, as redes sociais são assim: um bando de opiniões que se contradizem e que ficam alimentando uma vibe de reclamação. Cada um acha que sabe o que é melhor, o que é mais legal, o que todo mundo tem ou não tem que fazer. Em 2018, tente dar menos opiniões sobre as coisas – você vai ver como isso vai te fazer sentir melhor. Na verdade, é capaz de você perceber que dar opiniões não é tão legal assim e que você se sente bem quando ouve o que as pessoas estão dizendo e fala apenas aquilo que você sente que é verdadeiro – e não algo dito só pra agradar alguém ou para mostrar que você sabe de alguma coisa.

6. Seja mais sincera (consigo mesma e com os outros)
Você não precisa dizer que não gosta de alguém, quando gosta muito, só para se fazer de difícil. E também não precisa ir para um rolê que você não curte só porque acha que as suas amigas vão ficar chateadas se você não for. Seja sincera sobre o que você sente, com os outros e consigo mesma. Isso não é uma desculpa para você falar o que bem entende sem pensar duas vezes, mas uma forma de você fazer aquilo que deixa o seu coração em paz, ao invés de tentar o tempo todo ficar de acordo com as normas que a sociedade cria e que todo mundo tenta manter. É cansativo e pesa muito na sua saúde mental.

Também não precisa se esforçar para se sentir melhor. Com o tempo, você vai perceber como alguns poucos hábitos são o suficiente para você ter dias mais leves e que vão te ajudar a terminar o ano com aquela sensação de que você fez tudo o que podia e que deu o seu melhor (e deu mesmo!).


,06/11/2017 às 07:52

Como entrar no ProUni com a nota do Enem

O ProUni é o Programa Universidade para Todos, uma iniciativa do Governo Federal brasileiro que oferece bolsas de estudo em universidades particulares. As bolsas do ProUni podem ser parciais (o aluno só paga a metade da mensalidade) ou totais (o aluno não paga nada).

Com inscrições duas vezes por ano, o ProUni usa a nota do Enem para selecionar os candidatos por meio de um sistema totalmente informatizado. A participação no ProUni é gratuita e são várias opções de curso em todas as regiões do Brasil.

Saiba como entrar no ProUni com a nota do Enem:

Como entrar no ProUni com a nota do Enem?

O ProUni é dividido em duas etapas:

1) Processo Regular:é a primeira fase da seleção. Para participar, é obrigatório ter feito Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano imediatamente anterior, ter obtido pelo menos 450 pontos na média das quatro provas (Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e da Natureza) e acima de zero na redação.

2) Processo de Bolsas Remanescentes: é a segunda fase do programa, que acontece para preencher as vagas que possam ter sobrado depois de encerradas as matrículas dos aprovados na primeira fase. As regras de participação mudam um pouco, ficam mais flexíveis.

Podem se tentar uma vaga na fase de bolsas remanescentes:

- Candidatos que se inscreveram na mesma edição do ProUni, mas não conseguiram vaga na primeira fase.

- Professores da rede pública que exercem o magistério na educação básica e pretendem conseguir vaga para cursos de licenciatura (esses não precisam ter feito o Enem ou comprovar renda, participam de um processo à parte).

- Pessoas que tenham participado do Enem a partir de 2010, com média de pelo menos 450 pontos nas quatro provas e nota acima de zero na redação.

Antes de tentar entrar no ProUni usando a nota do Enem, é importante verificar se você também cumpre as outras exigências do Programa. Só podem participar estudantes brasileiros que não tenham diploma de curso superior e se encaixem em pelo menos uma das situações a seguir:

- Cursou o ensino médio completo em escola pública.

- Cursou o ensino médio completo em escola partícula como bolsista integral.

- Cursou uma parte do ensino médio em escola pública e uma parte em escola particular como bolsista integral.

- É pessoa com deficiência.

- É professor efetivo de escola pública de educação básica concorrendo a bolsa em curso de licenciatura (nesse caso está liberado de comprovar requisitos de renda).

Se você cumpriu pelo menos uma das condições acima, precisa verificar se atende os requisitos de renda. Para participar do ProUni, a renda mensal familiar bruta por pessoa não pode ultrapassar os três salários mínimos. Ou seja, se você somar os rendimentos da casa (sem descontos ou impostos) e dividir pelo número de pessoas que ali moram, o resultado precisa ser igual ou menor do que três salários mínimos.

O ProUni tem bolsas parciais (50%) e integrais (100%). É a renda familiar que determina se você vai conseguir uma bolsa parcial ou integral. Funciona assim:

- Bolsas integrais: podem concorrer aqueles candidatos com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.

- Bolsas parciais: podem concorrer aqueles candidatos com renda familiar bruta mensal acima de um salário mínimo e meio e até três salários mínimos por pessoa.

Como funciona a inscrição do ProUni com a nota do Enem

A inscrição é gratuita e deve ser feita pela internet, acessando o portal oficial do ProUni.

Para participar da seleção principal do ProUni, você precisa usar o mesmo número de inscrição e a mesma senha de acesso que recebeu quando fez o Enem do ano anterior. Se você esqueceu da senha do Enem, não tem problema. No própria tela de inscrição do ProUni existe um botão para clicar e recuperar a senha do Enem. Basta seguir as orientações do sistema.

Para participar da segunda fase do ProUni, quando abrem as inscrições para bolsas remanescentes, o candidato precisa se cadastrar no site do programa com seu CPF e criar uma senha, entrar no sistema e preencher seus dados para a inscrição.

Como o Enem é usado para conseguir vaga no ProUni?

O ProUni é um processo seletivo informatizado que recupera todas as notas do Enem dos candidatos inscritos. É um sistema automático e você não precisa digitar suas notas, apenas o número de inscrição e senha.

Para selecionar os bolsistas, o sistema do ProUni compara as notas de todos os candidatos que querem bolsa para a mesma vaga (na mesma universidade, curso, turno e modalidade de concorrência) e, ao final do período de inscrições, preenche as vagas com aqueles que tiveram as maiores notas do Enem. Quanto maior a nota no Exame, maior a chance de conseguir uma bolsa do ProUni.

Quando acontece empate, com dois ou mais candidatos que tiveram a mesma pontuação no Enem concorrendo à mesma vaga, o sistema do ProUni usa dá prioridade para aquele que teve a maior nota na redação. Se as notas de redação também forem iguais, o sistema classifica aquele que teve a melhor nota na prova de Linguagens e assim por diante. Os critérios de desempate do ProUni são, nesta ordem:

RedaçãoLinguagens, Códigos e suas TecnologiasMatemática e suas TecnologiasCiências da Natureza e suas TecnologiasCiências Humanas e suas Tecnologias

Não fiz o Enem, posso entrar no ProUni?

Ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é condição obrigatória para participar do ProUni.

Para a primeira opção, o candidato precisa ter feito o Enem do ano imediatamente anterior, com média de 450 pontos nas quatro provas e nota acima de zero na redação. Já para tentar uma vaga no processo de bolsas remanescentes, é possível se inscrever tendo feito qualquer exame do Enem a partir de 2010 (exceto professores da rede pública concorrendo a uma bolsa remanescente de licenciatura).

Faculdades que participam do ProUni

O Ministério da Educação (MEC) faz uma seleção rigorosa das faculdades que podem oferecer vagas no ProUni. Somente universidades reconhecidas e bem avaliadas podem participar.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos superiores que costumam participar do ProUni:

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos de graduação que participam do ProUni e também têm seus próprios programas de bolsas e descontos especiais:

MSN


,06/11/2017 às 07:52

Tiroteio em igreja no Texas deixa pelo menos 26 mortos e fere 20

Ao menos 26 pessoas foram mortas e outras 20 ficaram feridas neste domingo após um atirador disparar em uma igreja no Texas, nos Estados Unidos, durante um culto.

O ataque ocorreu na Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs, no condado de Wilson.

As idades das vítimas variam entre 5 e 72 anos.

O suspeito de ser o atirador foi depois encontrado morto dentro do próprio carro, a quilômetros de distância do local.

A polícia o identificou apenas como um "jovem branco do sexo masculino", mas vários meios de comunicação americanos o identificaram como Devin Patrick Kelley, de 26 anos.

Kelley teria sido dispensado da Força Aérea dos Estados Unidos em 2014 após ser condenado por uma corte marcial por atacar sua mulher e uma criança, filha dos dois.

O braço do FBI na cidade de San Antonio disse ter enviado agentes para atuar no caso, mas não há indicação das motivações do atirador.

Uma emissora de TV local, fiiada à rede ABC, disse que o atirador entrou na igreja por volta de 11h30 (hora local, ou 7h30 no horário de Brasília).

Fotos e vídeos da cena mostram a área cercada pelas forças de segurança locais. Helicópteros foram empregados para transportar os feridos, segundo a mídia local.

"Nossas orações estão com aqueles que foram atingidos por estes atos de maldade. Agradecemos às forças de segurança por sua resposta", disse o governador do Texas, Greg Abbot.

MSN


,03/11/2017 às 07:40

Jornalista francês escreve sobre ‘os riscos da Neymartização do PSG’

O jornalista francês Jérôme Latta publicou em seu blog no jornal “Le Monde” um artigo, escrito por ele, que fala sobre “os riscos da Neymartização do PSG”. Segundo o autor, que também é criador e editor do do site "Cahiers de football" (Cadernos de futebol, em francês), tanto o Paris Saint-Germain quanto o craque brasileiro poderão ser prejudicados se a o jogador acreditar que é maior do que o PSG.

Latta não deixou de citar o desentendimento entre Neymar e Cavani, que também é ídolo da torcida, sobre quem seria o responsável pelas cobranças de bola parada. O jornalista acredita que o desejo por prêmios individuais pode atrapalhar o coletivo.

“Neymar entrou em uma transferência que faz parte de sua estratégia de carreira. Ele chegou a Paris para uma posição mais vantajosa do que a que ele desfrutava em Barcelona. Por um lado, a instituição do Barça é maior do que a do PSG: o que perdeu a valorização por seu clube, o brasileiro recupera com seu título de futebolista o mais caro do mundo, que deve treinar seu novo time em sua própria ascensão”, disse Jérôme.

“Neymar é um jogador separado, levantado acima de seus companheiros de equipe. Ele é mesmo "mais do que um futebolista". Este status, no entanto, não deve tornar-se um intocável, em seu próprio interesse. Leonardo, ex-diretor esportivo do PSG, resumiu o problema: "Ele nunca pode se sentir maior do que a instituição. O PSG deve ser mais importante do que Neymar. Caso contrário, também não veremos o melhor Neymar", finalizou.

MSN


,03/11/2017 às 07:40

Filho de Michael Jackson se envolve em acidente de moto e vai parar no hospital

O filho mais velho de Michael Jackson, Prince, foi levado para o hospital de ambulância na manhã desta quinta-feira, dia 2, depois de se envolver um acidente com sua motocicleta.

Segundo o TMZ, Prince, que atualmente está com 20 anos de idade, estava dirigindo em uma chuva leve quando perdeu o controle da moto. Ele deixou o local de ambulância e foi levado para o hospital mais próximo.

O irmão de Paris não teve ossos quebrados e foi liberado pelos médicos. Prince foi direto para a universidade e ainda chegou a tempo para assistir a aula.

MSN


,01/11/2017 às 07:45

3 modismos fitness para evitar quando for à academia

1. Séries de 100 abdominais

Se o que você quer é um abdômen chapado, pule fora dessa furada. Exagerar nos abdominais não vai definir os músculos da região, especialmente se você tiver excesso de gordura localizada. Além disso, quanto maior o número de repetições, maior a chance de você realizar o exercício de forma errada. “Os movimentos devem ser feitos em um ritmo seguro e da maneira correta, caso contrário não trará benefícios”, diz Eduardo Netto, diretor técnico da Bodytech, em São Paulo.

Leia mais: Ballet fitness: treino que desenha o corpo e queima 740 calorias

2. Uso de pesos durante as sessões de cárdio

Você pode até achar que apostar em halteres ou caneleiras durante os exercícios vai ajudá-la a queimar mais calorias, mas a verdade é que a tática não só não faz com que o corpo toste os pneuzinhos como aumenta o risco de stress das articulações e de lesões. “Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade do Novo México, nos Estados Unidos, mediu os efeitos de uso de pesos em exercícios aeróbicos no longo prazo e descobriu que pessoas utilizam esses acessórios na hora do treino não obtêm resultados melhores”, revela Eduardo.

3. Hot ioga quente demais

Ela vem conquistando cada vez mais espaço nas academias, mas é preciso atenção ao aderir às aulas já que o calor dá a impressão de que seu corpo é mais flexível do que na realidade — o que eleva o risco de distender os músculos, por exemplo. “Além disso, o exercício em um ambiente quente demais pode causar tonturas, cãibras e náuseas”, enumera o especialista. Por isso, antes de encarar uma sessão de hot ioga, beba bastante água e reflita sobre os limites de seu corpo.


,01/11/2017 às 07:45

Imprensa americana identifica autor de ataque em Nova York

A imprensa americana identificou o autor do ataque que matou oito pessoas nesta terça-feira em Nova York como Sayfullo Saipov, de 29 anos. Segundo o jornal The Washington Post, o suspeito é nativo do Uzbequistão e se mudou para os Estados Unidos há cinco ou seis anos.

As informações foram confirmadas ao Post por Dilnoza Abdusamatova, amiga da família de Saipov. Segundo ela, o homem ficou hospedado em sua casa em suas primeiras semanas no país, mas depois se mudou para Tampa, no Estado da Flórida. Também de acordo com o jornal americano, o suspeito é casado e tem dois filhos.

A polícia de Nova York ainda não confirmou a identidade do suspeito, somente afirmou que ele tem 29 anos. Além disso, segundo as autoridades, declarações feitas pelo homem após o atropelamento indicavam que se tratava de um ataque terrorista. Testemunhas relataram terem ouvido o agressor gritar “Allahu Akbar” (“Deus é grande”, em árabe”.

A emissora CBS divulgou uma foto que seria de Sayfullo Saipov. Segundo o canal de televisão, o homem não tem histórico criminal. A polícia e o FBI estariam investigando a fundo a vida e outros detalhes sobre o suspeito.

Um vídeo divulgado pela imprensa local mostra o que seria Saipov tentando fugir após o atropelamento. É possível ver o suspeito andando entre os carros em uma avenida, enquanto um homem tenta alcançá-lo.

A caminhonete pilotada pelo suspeito invadiu uma via restrita para bicicletas e pedestres na West Street e só parou após bater em um ônibus escolar. Muitas pessoas se feriram no ataque, entre elas duas crianças. O motorista saiu do veículo após o choque carregando duas armas, que, segundo as autoridades, eram falsas. Ele foi baleado pela polícia e está sob custódia.

Segundo o governador de Nova York, Andrew Cuomo, o atentado foi cometido por uma só pessoa, de acordo com os primeiros dados da investigação, e não há ameaças adicionais à cidade relacionadas a este crime.

‘Doente e perturbado’
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chamou o autor do ataque de “doente e perturbado” em uma postagem no Twitter. “Em NYC, parece que houve outro ataque de uma pessoa muito doente e perturbada. As agências de segurança estão acompanhando isso de perto. Não nos Estados Unidos!”, escreveu Trump.

MSN


,31/10/2017 às 07:52

Governo reduz projeção de salário mínimo para 2018 para R$ 965

BRASÍLIA - O governo reduziu mais uma vez a projeção para o salário mínimo em 2018. O valor esperado para o ano que vem passou de R$ 969 para R$ 965, segundo informou nesta segunda-feira o Ministério do Planejamento.

Foi a segunda vez que o governo revisou para baixo a projeção neste ano. Em agosto, o valor previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do ano que vem, que era de R$ 979, já havia passado para R$ 969.

O salário mínimo é reajustado com base na Lei n° 12.382, de 25 de fevereiro de 2011. Pela regra, a cada ano, o aumento do salário mínimo corresponderá à variação do Produto Interno Bruto (PIB) do ano retrasado mais a inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Como em 2016 houve recuo no PIB brasileiro, de 3,6%, o reajuste do salário mínimo só será calculado com base na variação do índice de preços.

O novo valor para o salário mínimo veio, portanto, como resultado da queda da projeção do governo para o INPC. Segundo informou o Ministério do Planejamento, a projeção do índice de preços para 2018 passou de 4,3% para 4,2%, enquanto a estimativa para 2017 caiu de 3,5% para 3,1%.

A previsão de alta do PIB para o ano que vem foi mantida, na mensagem modificativa do Orçamento do próximo ano que será enviada ao Congresso Nacional. Para 2017, a projeção de expansão do PIB segue em 0,5%.

A previsão para o IPCA de 2018 também foi mantida em 4,2%, como já constava no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA). Para 2017, a equipe econômica revisou a estimativa de inflação de 3,7% para 3,5%.

Juros e câmbio. O governo também alterou a projeção para a Taxa Selic ao fim do próximo ano, de 8% para 7,25%. Para 2017, passou de 8,25% para 7,30%.

A taxa de câmbio média esperada para o próximo ano também foi revisada e caiu de R$ 3,38 para R$ 3,29. Para 2017, a taxa média de câmbio passou de R$ 3,25 para R$ 3,18.

O Planejamento também divulgou novas projeções para a alta da massa salarial nominal. Em 2018, a estimativa passou de 5,7% para 6,1%. Para 2017, a projeção subiu de 4,0% para 4,7%.

MSN


,31/10/2017 às 07:52

Suspensão mínima da CNH passa a ser de 6 meses na quarta

A partir desta quarta-feira, dia 1º de novembro, o prazo mínimo de suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para os motoristas que somarem vinte ou mais pontos sobe de um para seis meses. A alteração foi definida por uma lei federal em vigor desde novembro de 2016. O tempo máximo continua a ser de doze meses.

Como o motorista precisa ter cometido todas as infrações dentro do prazo de um ano para ser suspenso, só agora a nova penalidade passa a ser aplicada. Em caso de reincidência, o tempo mínimo aumenta de seis para oito meses, permanecendo o máximo em dois anos.

Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), “o prazo total é estipulado de acordo com o histórico do cidadão e da gravidade das infrações que constam em seu prontuário”. Números divulgados pelo órgão apontam que as suspensões aumentaram em cerca de 50% no Estado de São Paulo se comparados os meses de janeiro e setembro de 2015 e 2017.

Após atingir os vinte pontos, o usuário é notificado pelo departamento de trânsito e pode recorrer da suspensão. Esgotadas as apelações, devolve a CNH e passa a cumprir o prazo de suspensão.

Uma vez findada a punição, recebe a carteira de volta após a conclusão de um curso de reciclagem. Em São Paulo, a reciclagem dura cerca de trinta horas de aula e inclui, também, uma prova, sendo exigido setenta porcento de aproveitamento.

MSN


,31/10/2017 às 07:52

Técnico nega que Neymar tenha se arrependido de trocar o Barça pelo PSG

O técnico do Paris Saint-Germain, Unai Emery, precisou falar bastante de Neymar em sua entrevista coletiva nesta segunda (30), antes do jogo contra o Anderlecht, pela Liga dos Campeões.

O treinador ressaltou que o brasileiro está feliz no clube francês. A imprensa espanhola havia noticiado pouco antes que Neymar teria se arrependido de trocar o Barcelona pelo PSG.

"Quando fomos buscá-lo, ele mostrou o desejo e a motivação para realizar um trabalho comum com o PSG. Ele tem toda a capacidade e tempo para se adaptar a uma equipe que também tem muito talento. Ele ainda tem a ambição de crescer. Ele fará isso cumprindo objetivos individuais e coletivos", comentou Emery.

+ France Football põe Gabriel Jesus e Vinicius Jr. em lista de prodígios

O treinador ainda disse que o método de trabalho usando vídeos ajuda os jogadores, e que Neymar é um dos mais interessados quanto a isso.

"Em relação ao método de trabalho, ele está atento e fica primeira fila durante as sessões de vídeo. Todo jogador sabe que é importante. Senão, os jogadores me perguntariam. Não conheço um técnico que não use o vídeo. Este é um processo muito importante no futebol moderno", ressaltou. Com informações da Folhapress.


,30/10/2017 às 10:00

Mulher sobrevive após cair do 13º andar

O Corpo de Bombeiros foi acionado na tarde dessa sexta-feira (27) para resgatar uma mulher que havia caído do 13º de um hotel, em Belém. A vítima sobreviveu à queda e foi levada para o Hospital. A mulher sofreu várias escoriações e quebrou várias partes do corpo, entre elas a bacia e os braços.

A causa da queda é desconhecida ainda. Não se sabe, se ela se jogou, ou se foi empurrada. A polícia ainda investiga o caso. O gerente do hotel não quis dar detalhes sobre o acidente.

Por meio de nota, a unidade de saúde declarou que a paciente foi internada, e que o estado de saúde é considerado grave.

cesargaleano


,30/10/2017 às 10:00

Pedestres e ciclistas também poderão ser multados

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) publicou nesta sexta-feira (27) um resolução que define as regras de multas para pedestres e ciclistas que andarem fora das áreas permitidas. A medida começa a valer em 180 dias.

As punições já estavam previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), de 1997, mas nunca foram praticadas porque não havia regulamentação de como seriam feitas.

A multa para o pedestre que ficar no meio da rua ou atravessar fora da faixa, da passarela ou passagem subterrânea será de R$ 44,19 – o equivalente a metade do valor da infração leve atual.

A mesma autuação vale para quem utilizar as vias sem autorização para festas, práticas esportivas, desfiles ou atividades que prejudiquem o trânsito.

Já os ciclistas que andarem onde a circulação não é permitida, ou guiem de “forma agressiva”, receberão multa de R$ 130,16, que é o valor da infração média. Além da multa, a bicicleta poderá ser apreendida, como um carro.

De acordo com o CTB, ciclistas não podem andar em vias de trânsito rápido, que não têm cruzamentos, nem pedalar sem as mãos e transportar peso incompatível.

cesargaleano


,28/10/2017 às 08:20

Micros e pequenas têm inadimplência recorde

Apesar da queda da inflação, do recuo dos juros e da melhora da confiança dos empresários e dos consumidores, o quadro para as micro e pequenas empresas segue difícil. Em agosto, 4,8 milhões de micro e pequenas empresas estavam inadimplentes no País. É uma marca recorde.

Em um ano, o número de companhias desse porte que não conseguiram pagar em dia as suas dívidas aumentou 14%. No período, 600 mil, em todo o País, engrossaram a lista de inadimplentes, aponta um estudo da Serasa Experian, consultoria especializada em informações econômicas e financeiras.

“Essas micros e pequenas representavam 93% do total de companhias inadimplentes no Brasil em agosto deste ano”, afirma o economista Luiz Rabi, responsável pelo estudo.

Em agosto, existiam 5,1 milhões de empresas, de todos os portes, que estavam na lista de devedores e com o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) negativado. Isto é, elas estavam impedidas de fazer transações bancárias. O estudo considera como pequena e microempresa companhias com faturamento anual de até R$ 4 milhões.


O critério de inadimplência varia e depende do parâmetro usado pelo credor que enviou o CNPJ para a lista da Serasa. A maior parte das dívidas em atraso (75%) é não bancária. Isto é, são pendências com fornecedores e factorings, com quem os empresários costumam descontar as duplicatas.

Primeiro estudo. O economista observa que foi a primeira vez que foi feito um estudo para avaliar a inadimplência das empresas segmentado por tamanho:

“Observamos que a inadimplência do consumidor vem caindo por conta da queda dos juros e da inflação. E a inadimplência das pessoas jurídicas não para de crescer”.

Os resultados mostraram que a inadimplência das pessoas jurídicas foi puxada pelo avanço do calote das micro e pequenas empresas. Em março deste ano, havia 5 milhões de empresas de todos os portes inadimplentes, segundo a Serasa. Destas, 4,1 milhões ou 82% eram pequenas e microempresas.

Desde junho, o total de empresas com dívidas em atraso ficou estabilizado em 5,1 milhões e o número de pequenas e microempresas inadimplentes avançou.

O economista explica que as médias e grandes empresas conseguiram sair da lista de inadimplentes favorecidas pelo aumento das exportações. Já a pequenas e microempresas, que dependem basicamente das vendas no mercado interno e não exportam, viram a situação piorar porque a recuperação do consumo doméstico é gradual.

Dos 4,8 milhões de pequenas e microempresas inadimplentes, 45,4% são prestadoras de serviços, quase a mesma fatia (45,3%) atua no comércio e 8,8% são empresas industriais.

O presidente do Sindicato da Micro e Pequena Indústria do Estado de São Paulo (Simpi), Joseph Couri, diz que, apesar de as expectativas dos pequenos e microempresários em relação ao futuro terem melhorado, os dados concretos revelados por um pesquisa feita pelo Simpi em setembro indicam que a situação é preocupante porque o mercado interno continua em crise e as pequenas e microempresas têm como alvo esse setor.

Metade das micro e pequenas indústrias não tem capital de giro para passar o mês: “O crédito a custos reduzidos não chegou na ponta para o pequeno e microempresário”.

MSN


,28/10/2017 às 08:20

Anitta pode ter bens e passaportes bloqueados pela Justiça

Em mais um episódio de sua briga judicial contra a ex-empresária, Kamilla Fialho, Anitta teve um recurso negado e agora poderá ter seus bens e o passaporte bloqueados. Tudo porque a cantora não teria quitado uma multa contratual.

VOCÊ VIU?

Ana Maria com câncer e tiros em casa de famosos; veja mais!

Fraude no "The Voice" e morte de artistas; veja os destaques

"Anitta, em total desrespeito a decisão judicial, não depositou a quantia [da multa de rescisão contratual] e interpôs recurso. O recurso foi prontamente negado pelo Tribunal de Justiça do RJ", explicou o advogado Leonardo Gomes da Silva ao "Uol".

O representante da K2L, empresa de Kamilla, ainda explicou que a decisão foi lavrada pelo desembargador Adolpho Mello Junior e que o pedido de bloqueio pode ser "proferida a qualquer momento".

Para quem não se lembra, a cantora foi intimada a pagar R$ 2,8 milhões à antiga parceira de trabalho. Até o momento, os advogados da artista não comentaram o processo.

A questão na Justiça se arrasta desde 2014, quando Anitta decidiu encerrar a parceria de trabalho com Fialho. Na ocasião, a empresa K2L foi acusada de desviar mais de R$ 2 milhões com prestações irregulares de contas.

MSN


,28/10/2017 às 08:20

Seu Madruga é realmente o pai de Chaves?

Antes de se empolgar com a 'revelação', saiba que tudo não passa de fake news. E o antigo boato em torno do seriado Chaves voltou à tona, intrigando os fãs na internet. A ideia de que Seu Madruga é pai do protagonista da série teria começado a circular em 2015, segundo o Fórum Chaves, comunidade brasileira de fãs da turma mexicana. À época, a mentira foi espalhada por um site peruano, ainda de acordo com o Fórum.

O ponto de partida da informação falsa é uma suposta entrevista com o diretor da série, Enrique Segoviano, na qual ele teria contado que existia um roteiro — nunca gravado — em que a paternidade era revelada. “Mas isso é falso. Não existe essa entrevista com o Enrique Segoviano. O Seu Madruga é pai apenas da Chiquinha”, reforçou o Fórum Chaves no Twitter. Os verdadeiros pais do protagonista nunca foram apresentados.


MSN
A trama inventada sugere que Seu Madruga contaria ao Professor Girafales que havia tido um romance com a mãe de Chaves. O segredo ficaria entre os dois até Seu Barriga despejar Madruga e Chiquinha após mais um mês de aluguel pendente. Para evitar que a família fosse embora e Chaves ficasse sozinho, Girafales falaria a verdade.

O apelo da mentira consiste na relação entre Madruga e Chaves: o pai de Chiquinha costumava ensinar o menino da vila a praticar uma série de atividades. Quem não se lembra do célebre episódio em que os dois ‘treinam’ boxe na casa de Madruga?

Mesmo a notícia sendo falsa, muita gente acreditou. Basta ver a reação dos fãs no Twitter:


,27/10/2017 às 07:42

Band prepara novo programa para substituir o "Pânico"

A Band já tem trabalhado em um novo projeto humorístico para substituir o "Pânico", em 2018, na grande de programação.


Segundo o "Notícias da TV", ainda não está definido se o canal criará uma atração autoral ou se comprará algum formato internacional de sucesso.

Para quem não sabe, na última sexta-feira (20), a emissora notificou a Jovem Pan de que não irá mais manter o programa - após seis temporadas - e que ele ficará fora do ar a partir de dezembro.

A emissora tomou a decisão, pois o humorístico não tem atraído anunciantes como antigamente - o que abriu um rombo de R$ 15 milhões - além da baixa audiência.


MSN


,27/10/2017 às 07:42

Mulher cobra casa prometida por Rodrigo Faro a menina

Vítima de uma enchente, a menina Rivânia da Silva chamou atenção ao voltar ao local para salvar próprios livros, em junho deste ano. A história ganhou repercussão depois que uma foto dela abraçada a uma mochila passou a circular pelas redes sociais e rendeu participação no Programa do Faro.

O apresentador prometeu construir uma nova casa para ela e os avós. Rivânia também receberia móveis, eletrodomésticos, utensílios para casa, computador, brinquedos e outros ítens pessoais – o fornecimento, segundo a emissora, é feito por empresas parceiras.

O programa foi ao ar há três meses, mas nenhuma parede da casa foi erguida até agora.

Uma amiga da família usou o Facebook para divulgar o caso e pedir apoio. “Rivânia continua na mesma casa humilde e sem muitos recursos, mas agora aquele lar recebeu mais 4 crianças“, escreveu, listando outros benefícios já recebidos pela menina de 9 anos.

Em nota enviada ao Estadão, a emissora divulgou um comunicado afirmando que o prazo para a entrega da casa era de seis meses, e não 90 dias como informa a mulher. “Os 90 dias referem-se aos demais prêmios, benefícios esses que foram entregues pelo programa. Alguns desses benefícios já estão sendo repassados aos responsáveis por Rivânia – e os 20 mil reais para custear os estudos dela estão na poupança.”

O texto afirma ainda que a mobília da residência está armazenada em local seguro até que a família se mude para o novo lar. “Os móveis e eletrodomésticos foram providenciados também, mas estão guardados em local seco e seguro para que conserve a qualidade dos mesmos até a finalização do imóvel. A entrega da casa, aliás, será registrada pela equipe do Hora do Faro e veiculada pela atração da Record TV“, finaliza o texto.

MSN


,26/10/2017 às 07:48

Fim do programa 'Pânico na Band' deixará um rombo de R$ 15 milhões para a emissora

O fim do programa 'Pânico' vai trazer um alívio para o departamento comercial da Band.

Segundo o site Notícias da TV, o programa já perdeu 35% dos seus anunciantes ao longo de 2017 e vai fechar o ano com um rombo de R$ 15 milhões.

A decisão da Band de terminar com o programa no fim desse ano teria sido comunicada pela emissora ao empresário Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, o Tutinha, dono da rádio Jovem Pan e do formato da atração, na semana passada, mas ainda não foi divulgada oficialmente.

As partes agora acham uma forma de encerrar o contrato, que prevê a divisão de lucros e despesas do programa. Ainda segundo o site Notícias da TV, o Pânico tem um gasto mensal de R$ 3 milhões apenas com os salários dos seus principais talentos.

Lançado em 2003, o programa estreou na Rede TV!, mas em 2012 acabou migrando para a Band.

Já na emissora do Morumbi, o programa viu alguns dos seus principais nomes, como Sabrina e Wellington Muniz, o Ceará, deixarem o elenco para seguirem carreiras solo.

Com o tempo, o programa foi perdendo visibilidade, mas ainda é uma das maiores audiências da emissora.

A única alternativa da produção do programa é migrar para as noites de sábado do SBT, no entanto, os diretores da emissora de Silvio Santos também sabem dos gastos que terão com o programa.

Caso Silvio Santos não aceite a proposta do programa, restará ao Pânico migrar para a internet ou, então, assim como fez o Casseta & Planeta, reconhecer que seu tempo já passou.

MSN


,26/10/2017 às 07:48

Mega-Sena volta a acumular e prêmio bate R$ 20 milhões

Aconteceu, na noite desta quarta-feira (25), o sorteio do concurso 1981 da Mega-Sena, em Carandaí (MG). Nenhum apostador acertou as seis dezenas e o prêmio máximo acumulou para R$ 20 milhões.

Confira os números:

06 - 15 - 19 - 37 - 39 - 53

De acordo com a Caixa Econômica Federal, a Quina contou com 85 apostas ganhadoras, com prêmio no valor de R$ R$ 24.999,36 cada. Outras 5215 pessoas fizeram a Quadra e levaram R$ 582,09 cada.

O próximo sorteio da Mega-Sena acontece no sábado (28), a partir das 20h (horário de Brasília).

A aposta mínima custa R$ 4,75 através do Sorte Online e pode ser feita até as 19h do dia do sorteio.

Como jogar

Apostar na Mega-Sena e garantir a sua chance de ser o próximo milionário do país é bem simples. Através do Sorte Online, você ainda pode apostar sem enfrentar filas e com várias opções de pagamento.

Tudo o que você precisa fazer é escolher entre 6 e 15 números disponíveis no jogo. Acertando 6 dezenas você leva o prêmio máximo.

Em caso de 5 ou 4 pontos os valores são menores, mas também bem atrativos!

Baixe o App do Sorte Online no seu celular através do Google Play e aposte do seu smartphone.


,25/10/2017 às 07:46

Dia do Dentista Brasileiro

No dia 25 de outubro é comemorado o Dia do Dentista Brasileiro. A data também é lembrada como o Dia Nacional da Saúde Bucal.
No restante do mundo, o dia 3 de outubro é o dia celebrado para esse profissional.

O dentista é um profissional extremamente importante na vida das pessoas, pois ele é o responsável pela saúde bucal, sendo que ele trata dos nossos dentes, das nossas gengivas e também, inclusive, de ossos da face (como, por exemplo, o maxilar).

Esse indivíduo, portanto, trata os problemas dentários (cáries, por exemplo), ou seja, tudo o que estiver relacionado com a boca – de modo a prevenir as doenças e também a ensinar como é feita uma higienização correta –, assim como tratar da estética facial.

A formação para ser dentista é o curso de Odontologia. Após, o profissional pode escolher alguma especialização em áreas como: ortodontia, periodontia, prótese, endodontia, patologia bucal e outras.


,24/10/2017 às 07:35

Neymar repete Messi com “terno de Austin Powers” e internet cai na zoeira

Sabemos que os boleiros normalmente usam e abusam dos "looks" ousados nas premiações, principalmente quando usam ternos, gravatas ou algum acessório extravagante. Pois nesta segunda, na cerimônia de premiação do melhor jogador do mundo da Fifa, o brasileiro Neymar está chamando a atenção com seu terno todo na cor vinho.

O atacante do PSG está sendo comparado com Messi em 2012, que também usou um terno da mesma cor, só que de veludo, e foi comparado ao personagem do cinema Austin Powers. Neymar disputa neste evento o prêmio juntamente com seu ex-companheiro de Barcelona e o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.

Confira abaixo as principais postagens no Twitter sobre o "look" do Neymar

MSN


,24/10/2017 às 07:35

Tite é citado por 9% dos eleitores em disputa para melhor técnico

Indicado pela Fifa ao prêmio de melhor técnico do mundo na temporada 2016/2017, Tite, comandante da seleção brasileira, recebeu 41 votos, de um universo de 459 possíveis. Foi lembrado, então, por 9% dos eleitores, entre jogadores, treinadores e jornalistas, terminando em 9º

Entre os jogadores, além do lateral Daniel Alves, que votou como o capitão da seleção, o atacante Paolo Guerrero, do Flamengo e capitão da seleção peruana, foi o único a lembrá-lo na primeira posição.

No grupo dos técnicos, teve o apoio de Octavio Zambrano, do Canadá, e Mircea Lucescu, da Turquia.

Por fim, jornalistas de Vanuatu, Paquistão e Ilhas Virgens Britânicas lhe deram prioridade. Entre técnicos de seleções já garantidas na Copa-2018, apenas Jorge Luis Pinto, de Honduras, citou o brasileiro, como o terceiro melhor do mundo, atrás de Zinedine Zidane, do Real Madrid, e do italiano Antonio Conte, do Chelsea.

Já o zagueiro Diego Godin, capitão do Uruguai, o apontou como o segundo melhor treinador da temporada. Em primeiro, listou o argentino Diego Simeone, com quem trabalha no Atlético de Madrid. Com informações da Folhapress.


MSN


,23/10/2017 às 08:50

Queda de monomotor durante demonstração do Dia do Aviador mata 5 no Pará

Cinco pessoas morreram na queda de um avião monomotor em Itaituba, no sudoeste do Pará, no final da tarde deste domingo, 22. Conforme a Polícia Militar do município, o piloto fazia uma demonstração aérea em homenagem ao Dia do Aviador - comemorado nesta segunda-feira, 23 de outubro. O acidente aconteceu quando ele realizava uma manobra conhecida como 'parafuso', um giro de 360 graus em torno do eixo do avião, informou a PM.

A queda ocorreu por volta das 18h30 em uma área residencial próxima ao aeroporto local, de onde o monomotor havia partido poucos minutos antes com três passageiras, piloto e copiloto. Desgovernado, o avião caiu "de bico" em um terreno de mato e os corpos foram lançados para fora. Ninguém foi atingido no solo.


O piloto, Diego Kroetz, já havia transportado vários passageiros na aeronave durante as demonstrações, na tarde de domingo. As outras vítimas foram identificadas pela Polícia Civil como Weverton Marinho (copiloto), Josenilde Oliveira, Rosalina Santos e Roberlania Marinho.

MSN


,23/10/2017 às 08:50

Neymar diz que ficou revoltado e critica adversário e juiz

Durante o jogo entre Paris Saint-Germain e Olympique de Marselha, o atacante Neymar foi expulso por causa de um entrevero com Ocampos. Após a partida, ele comentou sobre o caso e criticou tanto o adversário quanto o juiz.



"Tentei continuar na jogada, mas sofri falta de novo e fiquei revoltado. Foi um golpe por trás e com o jogo parado. Acabei girando e tomando satisfações. Ele vaolorizou e fiz tudo que o árbitro queria, que era aparecer", afirmou Neymar.

Enquanto esteve em campo, Neymar também chamou atenção em dois momentos: primeiro por ter feito um dos gols do PSG no empate por 2 a 2. Depois, por ter sido alvo de diversos objetos jogados pela torcida do Olympique, quando foi cobrar um escanteio. Neymar comentou sobre isso e cobrou uma punição ao Olympique.

Neymar recebeu assistência de Rabiot e fez primeiro gol do PSG (Foto: Getty Images)

"Eles jogaram o lanche completo: baguete, suco de laranja. coca e tudo. Eu não acho que faz parte do futebol. Se a federação acha, está errado", opinou o brasileiro, que ficará fora do jogo entre PSG e Nice, por suspensão.

MSN


,23/10/2017 às 08:48

Pais de garoto que atirou em colegas temem retaliação

A família do adolescente de 14 anos, que matou dois colegas a tiros no colégio da rede privada Goyases, em Goiânia, teme pela vida do garoto após sua internação e tenta, na Justiça, mantê-lo em uma cela separada dos demais internos. Esta é, no momento, a principal estratégia da defesa do menino, que está recolhido num local à parte na Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (DEPAI). Como é acusado de dois homicídios e quatro tentativas de assassinato, a expectativa da própria defesa é que ele receba a punição máxima e fique internado por um período máximo de três anos no Centro de Internação para Adolescentes, em Goiânia.

A advogada Rosângela Magalhães de Almeida, no entanto, afirma que ele não pode ser colocado em qualquer instituição socio-educativa devido à repercussão do caso e pelo fato de os seus pais serem militares — o pai é major e a mãe, sargento da Polícia Militar de Goiás. Segundo ela, o pai já foi por muitos anos o responsável pela segurança do presídio de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital do estado. “Ele corre risco de vida porque os pais são militares. E você sabe como é? Os bandidos podem querer retaliar o pai por meio do filho. Além disso, há o risco de linchamento pelo caso ter sido amplamente divulgado”, disse a advogada a VEJA. Segundo ela, o garoto lhe disse ontem estar “arrependido” do crime que cometeu.

A mãe do garoto está internada em um hospital local e tem passado os últimos dois dias à base de calmantes. Ela entrou em estado de choque na última sexta-feira ao ir na escola Goyases e se deparar com a correria de crianças assustadas e feridas, e o filho algemado. O pai, por sua vez, está “sem reação”, nas palavras da advogada, que passou a manhã deste domingo conversando com ele. “Ele era um garoto muito introvertido, mas era exemplar, só tirava boas notas na escola e tinha uma família estruturada. Ninguém esperava que isso aconteceria”, disse ela, frisando que o menino não sofria de nenhum transtorno psicológico. Ela, no entanto, confirmou que o garoto relatava aos pais constantes casos de bullying na escola, como xingamentos de “fedorento” e “merda” por parte de colegas de classe.

A juíza plantonista Mônica Cezar Moreno Senhorelo determinou neste sábado a internação provisória do adolescente por 45 dias, o limite máximo previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) numa decisão preliminar. Atendendo a um pedido da defesa, a magistrada autorizou que ele continue na delegacia até a audiência no Juizado da Infância e Juventude, que deve acontecer nesta segunda-feira.

A defesa também tenta afastar a possibilidade de responsabilização dos pais pelos crimes cometidos pelo garoto. A arma que ele usava, uma pistola .40, pertencia à mãe. A advogada não quis detalhar como pistola estava guardada e como o filho teve acesso a ela. Disse apenas que a arma estava “muito bem acondicionada”. “Não houve nenhuma negligência por parte dos pais. E ele nunca tinha manuseado a arma, seus pais nunca o ensinaram a atirar”, completou.

Em depoimento à polícia, o garoto disse que sacou a arma da mochila no meio classe e que deu o primeiro disparo sem querer com ela ainda na mala. Depois, mirou e disparou em seu desafeto na escola, que morreu. Em seguida, descarregou o pente de onze balas aleatoriamente, atingindo um amigo seu, que também faleceu, e mais quatro colegas. As duas vítimas de 13 anos foram sepultadas neste sábado.

Arquivado em: Brasil

MSN


,21/10/2017 às 08:27

Patrícia Abravanel se despede do programa Eliana neste domingo, dia 22

Mamães unidas, jamais serão vencidas! É o que provou Eliana e Patrícia Abravanel no comando do programa Eliana nos últimos meses. Enquanto a loira tirou uma licença para cuidar de uma gravidez delicada, a filha de Silvio Santos a substituiu no dominical. E agora que Manuela já nasceu, Patrícia, que também está grávida do segundo bebê, se despede do comando da atração neste próximo domingo, dia 22.

E a emoção vai tomar conta do programa, já que Patrícia aproveitou para falar como foi a experiência ao substituir Eliana:

- Foi tudo novo. Eu cheguei de um dia para o outro e já tive que gravar, aliás a produção super me acolheu, Narcisa também e você que está em casa, vocês me aceitaram.

A morena também não poupou agradecimentos para os fãs:

- Eu quero agradecer o carinho de vocês, eu me senti acolhida por todo o público que acompanha a Eliana e eu vou ficar com saudade mesmo.

Esperando também uma menina, a apresentadora disse que agora vai se dedicar exclusivamente à maternidade:

- Quero agradecer muito a você que está em casa me assistindo e falar que eu vou ficar com saudades. Mas eu vou cuidar da minha menininha. Que a Eliana volte mais linda do que nunca e mais feliz do que nunca.

O programa Eliana vai ao ar no SBT no domingo, dia 22, às 15h.

MSN


,21/10/2017 às 08:27

Abono de 2015 não sacado soma R$ 1 bilhão; veja como consultar

Mais de 1 bilhão de reais em abonos do PIS e do Pasep, referentes ao ano de 2015, ainda não foram sacados, segundo informação divulgada pelo Ministério do Planejamento nesta sexta-feira. O benefício está disponível a 1,46 milhão de pessoa, e o prazo para saque termina no dia 28 de dezembro.

Para ter direito ao recurso, é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2015, com uma remuneração média de até dois salários mínimos (788 reais à época) no período. O benefício varia de 97 reais a 937 reais, dependendo da quantidade de dias trabalhados.

A consulta pode ser feita nas agências bancárias (Caixa, para o PIS, e Banco do Brasil, para o Pasep) ou do site do Ministério do Trabalho (http://trabalho.gov.br/abono-salarial/consulta-abono-salarial). É preciso informar o número do PIS ou CPF e a data de nascimento do trabalhado. Caso tenha direito ao benefício, o saque poderá ser feito nas agências bancárias.

O abono salarial é pago anualmente a trabalhadores que ingressaram no mercado após 1990 e se enquadram no programa. O PIS é o programa para trabalhadores da iniciativa privada, enquanto o Pasep é voltado aos servidores. O abono é diferente das cotas do PIS/Pasep, acumuladas por quem trabalhou entre 1971 e 1988 e cujo saque poderá ser feito até dezembro, segundo nova regra do governo.

Arquivado em: Economia


,20/10/2017 às 07:49

Mister M lança ‘vaquinha’ para tratamento de câncer terminal

Lembra dele? O ilusionista americano Val Valentino, intérprete do Mister M, voltou aos holofotes por uma triste notícia. Quase vinte anos desde o fim do quadro do Fantástico, ele pede ajuda para o tratamento de um câncer já em estado terminal.

Val Valentino foi diagnosticado há dois anos com em “algo muito ruim” na próstata, mas já se sentia mal três anos antes. “Não quero falar o nome”, justificou em entrevista ao Balanço Geral. Ele diz ter recusado o tratamento médico convencional, que envolvia uma cirurgia delicada.

“A única coisa que ele poderia fazer era a cirurgia, quimioterapia, radioterapia, e eu não queria fazer isso. Então perguntei quanto tempo eu teria. Seria um ano. E fui embora do consultório“, contou ele, visivelmente mais magro e debilitado.

Mesmo contrariando as previsões do médico, ele teve que interromper a agenda de apresentações por conta das complicações e liquidou o dinheiro que ganhou com o personagem. “Eu não tinha como entrar em um avião, porque a próstata inchava e tinha outros problemas. Eu não tinha energia e não conseguia me apresentar.Então eu acabei com as minhas economias. Ainda tinha que manter a casa, cuidar dos meus filhos e da família”.

Com a ajuda de um amigo brasileiro, Valentino lançou uma campanha virtual para arrecadar 45 000 reais – até a tarde desta quinta (19), só 1% da meta foi atingida. O dinheiro será usado para cirurgia e medicamentos. “Não queria mostrar o meu rosto porque envelheci. Estou muito magro. Os médicos quererem que eu ganhe peso, mas eu não consigo. Mas estou me esforçando e vou ficar bem em breve.”

MSN


,20/10/2017 às 07:49

Poluição mata mais que guerra e violência

A poluição mata mais pessoas anualmente que todas as guerras e violência no mundo, tabaco, fome, desastres naturais, aids, tuberculose e malária, concluiu um estudo americano.

Uma em cada seis mortes prematuras no mundo registradas em 2015 – cerca de nove milhões – podem ser atribuídas a doenças por exposição tóxica, de acordo com um estudo divulgado na quinta-feira (19/10) pela revista científica The Lancet.

Segundo o artigo, a poluição do ar foi responsável por 6,5 milhões de mortes, seguida pela poluição da água, que matou aproximadamente 1,8 milhão de pessoas.

A estimativa de cerca de nove milhões de mortes prematuras por poluição ambiental, considerada conservadora pelos autores do estudo, é um valor 1,5 maior do que o número de pessoas mortas pelo tabagismo e três vezes o número de mortes por aids, tuberculose e malária juntos. A estatística supera também em 15 vezes o número de pessoas mortas em guerras ou outras formas de violência.

Segundo o estudo, 92% das mortes relacionadas à poluição ocorreram em países em desenvolvimento de baixa ou média renda. Uma em cada quatro mortes prematuras na Índia em 2015, ou cerca de 2,5 milhões, foram atribuídas à poluição. Na China, as causas ambientais foram o segundo maior motivo de óbitos, causando mais de 1,8 milhão de mortes prematuras, ou uma em cada cinco.

O estudo é a primeira tentativa de reunir dados sobre doenças e mortes causadas por todas as formas de poluição combinadas, do ar à água contaminada.

"Há muitos estudos sobre a poluição, mas o tema nunca foi alvo dos recursos ou nível de atenção de algo como a aids ou as alterações climáticas", diz o epidemiologista Philip Landrigan, diretor do departamento de saúde global da Faculdade de Medicina Mount Sinai, Nova York, e principal autor do relatório. "A poluição é um enorme problema que as pessoas não estão vendo porque estão olhando para as suas componentes espalhadas."

O relatório estima um prejuízo de 4,6 trilhões de dólares anuais – ou 6,2% da economia global - relacionado à poluição e às mortes causadas por ela.

"O que as pessoas não percebem é que a poluição prejudica as economias. As pessoas doentes ou mortas não podem contribuir para a economia. Precisam de cuidados", diz Richard Fuller, um dos autores do estudo e chefe da organização Pure Earth, que se dedica à despoluição no mundo em desenvolvimento. "Ministros das Finanças ainda seguem o mito de que, se não deixar a indústria poluir, não haverá desenvolvimento. Isso não é verdade."

De acordo com o estudo, o fardo financeiro atinge mais fortemente os países mais pobres. Os Estados de menor renda gastam em média 8,3% de seu Produto Interno Bruto (PIB) para combater os danos causados pela poluição, enquanto os países desenvolvidos desembolsam 4,5%.

MSN


,20/10/2017 às 07:49

Local de prova do Enem será divulgado na sexta a partir das 10h, diz Inep

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que vai divulgar nesta sexta-feira (20), a partir das 10h, o local de prova para os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O endereço vai estar no "Cartão de Confirmação da Inscrição" na página https://enem.inep.gov.br/participante/. Para acessar o Cartão basta fornecer o número do CFP e a senha cadastrada na inscrição.

O documento informa o número de inscrição; a data, hora e local das provas; a opção de língua estrangeira escolhida e os atendimentos específicos e/ou especializados, caso tenham sido solicitados.

Não é obrigatório levar o Cartão de Confirmação no dia das provas, mas o Inep sugere que todos levem o documento para facilitar o acesso às informações de sua inscrição.



Senhas esquecidas


Participantes que esqueceram a senha cadastrada na inscrição deverão recuperá-la para conseguir acessar o Cartão de Confirmação. O Inep preparou um passo a passo na Página do Participante com orientações para três situações específicas.

A recuperação simples é para aqueles participantes que esqueceram a senha, mas lembram o e-mail cadastrado, para onde uma nova senha será enviada. Já o participante que não se lembra da senha, nem do e-mail, mas se lembra do telefone cadastrado, poderá receber a nova senha por SMS. Aquele participante que não se lembra da senha, do e-mail e do celular deverá cadastrar novos dados de contato.



PASSO A PASSO - Recuperação Simples




Acesse a Página do Participante do Enem 2017.
Forneça seu CPF, responda ao desafio das figuras e clique no link “Esqueci minha senha”.
Uma nova tela mostrará seu CPF e alguns caracteres do e-mail cadastrado na inscrição para sua conferência.
Responda novamente ao desafio das figuras e clique em “Enviar nova senha por e-mail”. Uma nova senha será enviada para o e-mail cadastrado.

G1


,19/10/2017 às 07:52

Por que beber na frente dos filhos é um péssimo hábito

Um em cada dez pais afirma ter ingerido álcool na frente de seus filhos e metade deles já ficou embriagada, de acordo com uma nova pesquisa do Institute of Alcohol Studies, do Reino Unido. Esse comportamento, independentemente da quantidade consumida, pode impactar a saúde mental das crianças, tornando-as mais retraídas e preocupadas.

Dessa forma, mesmo os pais que não possuem dependência alcoólica podem causar problemas aos filhos – menos de catorze unidades de álcool por semana (140 mililitros ou 112 gramas) – o consumo moderado, equivalente a sete pints de cerveja, por exemplo – é suficiente para desencadear efeitos negativos nos pequenos.

Efeitos negativos
Segundo os especialistas, ao notar os pais alterados pela bebida as crianças ficam preocupadas com o comportamento imprevisível dos adultos e se sentem menos confortáveis do que o habitual, o que pode atrapalhar a rotina e o sono delas.

Além disso, o estudo mostrou que os filhos perdem a confiança e tendem a não considerar os pais como modelos a ser seguidos. Para os cientistas, as novas descobertas surgem como um alerta para os pais que podem estar, inconscientemente, banalizando as consequências físicas e psicológicas do consumo do álcool.

A pesquisa
Esse é o primeiro estudo do gênero a examinar os efeitos que o consumo de bebidas alcoólicas pelos pais pode ter nas crianças. Os pesquisadores utilizaram dados de cerca de 1.000 pais e seus filhos a partir de questionários on-line, grupos de foco e consultas públicas com profissionais da área.

Pais e filhos
Os resultados mostraram que 29% dos pais acreditam que não há problema em beber perto dos filhos, desde que não seja algo recorrente. Por outro lado, 51% afirmaram já ter se embriagado na frente das crianças.

Já pelo ponto de vista das crianças entrevistadas, de 11 e 12 anos, o álcool é como se fosse um “açúcar para adultos“. Cerca de uma em cada cinco crianças disse sentir vergonha dos pais quando eles estão alcoolizados, 15% das crianças disseram ter dormido muito mais cedo ou muito mais tarde que o normal, 12% disseram que os pais prestam menos atenção neles, 11% se sentiam preocupadas e 7% disseram brigar mais com os pais nesses momentos.

“Vivemos em uma cultura que celebra o álcool”, disse Viv Evans, da instituição britânica Alcohol and Families Alliance. “Esperamos que este estudo seja um meio de alertar os pais e a todos sobre a importância de prevenir problemas com o álcool antes que eles surjam.”

Arquivado em: Saúde

MSN


,19/10/2017 às 07:52

Kaká pede namorada em casamento e anuncia em rede social

O jogador Kaká, de 35 anos, que se despediu do Orlando City no último fim de semana, publicou em seu perfil no Instagram uma foto que indica um pedido de casamento à namorada Carol Dias, de 22 anos. O brasileiro escreveu: “E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele”. Em um dos comentários, direcionado a uma amiga, Kaká disse que a companheira “pediu cinco anos para lhe dar resposta”, ao lado um emoji de anel de diamantes.

O casal está junto desde dezembro do ano passado. Antes de assumir o namoro, Kaká foi casado por nove anos com Carol Celico, com quem tem os filhos Lucca e Isabella.


MSN


,19/10/2017 às 07:52

Ana Hickmann presta queixa de injúria sofrida por filho: 'A justiça existe, sim'

Mais cedo, Ana Hickmann relatou que o filho, Alexandre Jr., de 3 anos, foi vítima de um ataque na rede social. Uma internauta deixou uma mensagem maldosa contra o pequeno, fruto do casamento da apresentadora com o empresário Alexandre Correa. "Eita menino bicha ridículo! Horroroso e magrelo nojento", falou a seguidora. Mãe coruja assumida, a empresária rebateu: "Este 'ser' que aparece aqui se acha no direito de escrachar com uma criança . Tô aqui pra avisar a Senhora Debora que lei existe pra quem é preconceituoso, violento, faz ameaça a vida e integridade física e moral do próximo . Agora vai ter que falar na minha cara todas as barbaridades que escreveu sobre meu filho no seu perfil. Quero ver se tem coragem."

Modelo registra boletim de ocorrência contra internauta
Dona de uma mansão de mansão com 2.600 m², Ana tomou a iniciativa de não deixar mais o preconceito fazer parte dos comentários de suas postagens na web e esteve em uma delegacia de São Paulo, na tarde desta quarta-feira (18), onde registrou um boletim de ocorrência por injúria. "A justiça existe sim e vamos fazer uso dela. Acabou! Chega de pessoas acharem que podem fazer tudo e saírem ilesas!", escreveu ao publicar uma foto do boletim de ocorrência em seu perfil no Instagram.

Seguidores apoiam apresentadora: 'Justiça tem que ser feita'
Após a publicação, Ana Hickmann, que se desdobra para cuidar da família e dos negócios, teve o apoio dos fãs. "Isso mesmo!!! Vocês são pessoas do bem!!! Vão com tudo!", comentou uma. "Apoiada! Manda essa vaca se lascar! Falar assim de uma criança? Ridícula!", disse outra. "Esses tipos de pessoas acham que crianças não tem pai e mãe, concordo com você", afirmou uma terceira. "Justiça tem que ser feita!", acrescentou um admirador. "Tem todo nosso apoio. Isso mesmo, processo nela", disparou mais uma. "Está certíssima. Covarde mexer com um ursinho lindo, que não pode nem se defender. Tomara que prendam", desejou um.

Marido de Ana diz que filho terá vida comum
Alexandre falou sobre a relação com o primogênito, para quem deseja dar uma vida comum, em recente vídeo no YouTube. "A gente fez uma opção muito simples para que o Alexandre tenha o entendimento que ele é só mais um na Terra. Só vai depender dele ser diferente. Não é porque ele nasceu filho da Ana Hickmann que ele é especial ou melhor. Ele vai ter que ralar, comer marmita, pegar ônibus, usar tíquete refeição como todo mundo", declarou o empresário.

(Por Patrícia Dias)

MSN


,18/10/2017 às 07:55

Mion conta como descobriu câncer da esposa: "Eu senti"

Marcos Mion abriu seu coração sobre o casamento com Suzana Gullo, em entrevista ao "Luciana By Night", da RedeTV!, e relembrou a época em que a família descobriu que ela estava com câncer de mama.

"Estávamos em Miami, e eu estava ali com ela, no quarto, brincando, nos divertindo, e então eu senti. Na hora não falei nada, mas já me deu uma travada. Comecei a pensar: ‘Não deve ser nada, às vezes é só o silicone'", lembrou.
Após a viagem, designer fez o exame que comprovou o diagnóstico: "A gente deu as mãos, desceu até o inferno e voltou vitorioso. Com a bênção de Deus, a página está virada".
Religioso, o apresentador aproveitou a última quinta-feira (12) para fazer um agradecimento à Nossa Senhora Aparecida, por meio das redes sociais, destacando o auxílio na época em que lutaram contra a doença.
Além da fase difícil, Mion ainda avaliou seu relacionamento. "Todas as crises que todo mundo passa, a gente passou. De pensar em separar, crise dos quatro anos, dos sete, depois de ter filho", garantiu.
E destacou: "E não estamos na calmaria, não, estamos na fase da certeza, tão seguros um com o outro, tão cientes do nosso amor, da nossa dedicação. Passamos por tanto que a essa altura do campeonato conseguimos viver apenas na plenitude da certeza".
Mion e Suzana estão casados há 12 anos e são pais de três filhos: Romeo de 12 anos, Donatella de 9 e Stefano de 6. A entrevista completa do famoso vai ao ar nesta terça-feira (17).

MSN


,18/10/2017 às 07:55

O que é caixa 2?

OPA, NINGUÉM VIU!

“Caixa2” é qualquer dinheiro que entra ou sai em uma empresa sem ser declarado aos órgãos de fiscalização. Ou seja, é como se o “caixa 1″ cuidasse da grana “oficial” e o “2“, da grana “escondida”. “Assim, a empresa deixa de pagar os impostos referentes àquele valor e pode usá-lo para outros fins”, explica o economista e mestre em economia política André Galhardo Fernandes.

O VALE-TUDO DA POLÍTICA

No Brasil, a lei estabelece limites para a arrecadação e gastos com campanhas eleitorais. Por isso, partidos usam o caixa2 para “driblar” essa imposição. Quem tem mais dinheiro consegue fazer campanhas mais poderosas. Em troca, se o candidato ou o partido vencer, poderá atuar imoral ou ilegalmente para criar vantagens ou atender aos interesses de quem doou a ele.

GASTO CONTROLADO

O limite das campanhas é atualizado a cada eleição, com cálculos a partir do maior valor declarado na eleição anterior. Na disputa para prefeito em 2016, por exemplo, o teto em São Paulo foi de R$ 45,4 milhões. Em Salvador, R$ 14,6 milhões. Quem fiscaliza essas contas, além das doações e gastos de um partido, são oTribunal Superior Eleitoral e os Tribunais Regionais.

O CRIME COMPENSA

Caixa2 é crime, mas sua identificação e punição ainda são um processo nebuloso. Nem sempre um político que fez essa falcatrua, por exemplo, perderá o cargo. Muitas vezes, os envolvidos são punidos por praticarem outro crime, o de corrupção. Por exemplo, uma empresa que doou via caixa2 e depois recebeu vantagens para conquistar contratos de licitação com a prefeitura.

CONSULTORIA André Galhardo Fernandes, economista e mestre em economia política, e Eduardo Viveiros de Freitas, cientista político e doutor em ciências sociais, Tribunal Superior Eleitoral

MSN


,17/10/2017 às 07:45

"A Força do Querer": Bibi perde casa no Morro do Beco

Bibi (Juliana Paes) vai ao Morro do Beco para fazer uma faxina na casa onde morou com Rubinho (Emilio Dantas).

Na companhia de Alessia (Hylka Maria), a morena conta seus planos para a nova fase de sua vida e recebe a ajuda da amiga: "Já separei um monte de coisa que não quero mais pra te dar... O começo do teu brechó tá garantido!".

As duas continuam a conversa quando são interrompidas pela chegada de Kikito (Marcos Junqueira), que surpreende a ex de Rubinho com uma notícia: "Aí, Perigosa... Vai ter que desocupar isso aqui".

MSN


,17/10/2017 às 07:45

Brasil ratifica sanções da ONU à Coreia do Norte

O presidente Michel Temer assinou decreto na noite de segunda-feira (16) ratificando a Resolução 2371 da Organização das Nações Unidas (ONU), que impõe sanções à Coreia do Norte devido ao programa nuclear do país. A resolução foi assinada em 5 de agosto pelo Conselho de Segurança da ONU e proíbe investimentos na Coreia do Norte, além de impor a não renovação de vistos de trabalho para norte-coreanos. Além disso, o Brasil também não poderá comercializar produtos como minério de ferro, chumbo e frutos do mar.

O texto aprovado também frisa que os governos devem proibir a seus cidadãos iniciar novos negócios com entidades ou cidadãos da Coreia do Norte e, com certas exceções, expandir os já existentes.

As sanções da ONU à Coreia do Norte podem reduzir em até US$ 1 bilhão por ano o faturamento que o país obtém com suas exportações. A resolução é uma resposta da comunidade internacional aos testes nucleares realizados pelo regime de Kim Jong-un.


MSN


,14/10/2017 às 08:14

Coreia do Norte volta a ameaçar a ilha de Guam

A Coreia do Norte ameaçou novamente nesta sexta-feira disparar mísseis perto da ilha de Guam diante do desdobramento militar de Washington na região. “Já advertimos em várias ocasiões que tomaremos medidas de autodefesa, incluindo uma salva de mísseis em águas próximas ao território americano de Guam“, aponta um comentário divulgado pela agência norte-coreana KCNA, que acusa Washington de “fazer constantes ações militares em zonas sensíveis” próximas à península coreana.

Essas ações “reforçam a nossa determinação sobre a necessidade de domar os Estados Unidos com fogo, e empurra nossas mãos para mais perto do gatilho para tomar as mais duras medidas”, acrescenta a nota. O governo de Donald Trump “está provocando a DPRK [siglas em inglês do nome oficial do país, República Democrática Popular da Coreia] com ações como desdobramento (bombardeiros) B-1B, porta-aviões e submarinos nucleares nas águas ao redor da península”.

As ameaças de Pyongyang acontecem no mesmo dia em que os Estados Unidos e a Coreia do Sul anunciaram outras manobras navais em águas da península coreana. Nesta sexta-feira, as forças navais de Seul e Washington afirmaram que farão exercícios conjuntos em águas próximas à península coreana na próxima semana, com o objetivo de resistir à crescente ameaça norte-coreana.

De acordo com um comunicado da sétima frota da Marinha americana, os exercícios ocorrerão entre a próxima segunda-feira e o dia 26 no Mar de Japão e no Mar Amarelo (conhecidos respectivamente como “Mar do Leste “e “Mar do Oeste” nas duas Coreias). As manobras estão destinadas a reforçar as “comunicações e cooperação” entre ambos exércitos perante o desenvolvimento armamentístico da Coreia do Norte.

“Trata-se de exercícios regulares conjuntos para resistir à ameaça marítima norte-coreana e melhorar a colaboração das nossas Forças Armadas”, apontou o vice-almirante sul-coreano Jung Jin-seop, comandante das operações navais do país asiático, em declarações recolhidas pela agência local Yonhap.

As manobras acontecerão em uma época de alta tensão na península, ocasionada pelo cruzamento de declarações entre o regime de Kim Jong-un e o governo de Trump, que deve visitar a região no começo de novembro.

MSN


,14/10/2017 às 08:13

Na reta final de "A Força", Irene será traída por Mira.

"A Força do Querer" - trama das 21h da TV Globo - está em sua reta final e promete fortes emoções. Uma das surpresas que os últimos capítulos reservam é a revelação que Mira (Maria Clara Spinelli) fará a Dantas (Edson Celulari) sobre Irene (Débora Falabella).

MSN


,14/10/2017 às 08:12

Juíza que avalizou busca na casa de filho de Lula se diz enganada

Na manhã da terça-feira 10, o delegado da Polícia Civil de Paulínia (SP), Rodrigo Luís Galaz­zo, acompanhado de três investigadores armados, tocou a campainha da casa em que mora o filho adotivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o psicólogo e ex-­vereador Marcos Cláudio Lula da Silva – ele é filho do primeiro casamento da ex-primeira-dama Marisa Letícia, que morreu em fevereiro deste ano.

Procurava “drogas e armamento pesado”, informação que lhe chegara por meio do Disque-Denúncia e cuja veracidade o policial não se deu ao trabalho de checar de outra forma. Mesmo sem nada encontrar, o delegado e sua equipe acharam por bem não sair do local de mãos abanando. Levaram então dois computadores, CDs, DVDs e pen drives que encontraram na casa — e ainda foram para um segundo endereço, onde também não acharam nada.

No dia seguinte, a juíza que autorizou a busca e apreensão, Marta Pistelli, determinou que todos os objetos fossem devolvidos e se disse “enganada” pelos policiais. Afirmou que o pedido de busca não identificava o morador da residência e que autorizara que a polícia visitasse apenas um local, e não dois.

MSN


,14/10/2017 às 08:11

Justiça obriga Senado a fazer votação aberta e nominal sobre afastamento de Aécio

O juiz federal Marcio Lima Coelho de Freitas, da Sessão Judiciária do Distrito Federal, concedeu uma liminar no início da noite desta sexta-feira, 13, que obriga o Senado a adotar a votação aberta e nominal na sessão que vai decidir pelo afastamento ou não do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

A decisão atende a uma ação popular movida pelo presidente da União Nacional dos Juízes Federais (Unajuf), Eduardo Cubas.

A liminar se baseia na emenda 35/2001 que altera o artigo 53 da Constituição suprimindo a possibilidade de votação fechada nos casos que envolvem a suspensão de direitos de parlamentares.

Além disso o juiz alega que o Senado não vai cumprir o papel de revisor do poder Judiciário na sessão que vai decidir o futuro de Aécio. Ao contrário, a deliberação faz parte do “sistema de freios e contrapesos decorrentes do desenho constitucional, no qual compete ao próprio Legislativo dar a palavra final sobre medidas cautelares envolvendo seus integrantes e, portanto, está obrigado a se submeter à regra da publicidade das decisões judiciais.

Segundo o autor da ação popular, o objetivo é dar mais transparência à atividade política. “A sociedade começar a repensar nossa política e em como deixar as coisas mais transparentes”, disse Cubas.

MSN


,13/10/2017 às 08:25

Lula está mais perto da prisão que das eleições, diz Doria

Em discurso a empresários e investidores italianos nesta quinta-feira (12), o prefeito de São Paulo, João Doria Jr., afirmou que "Lula está mais perto da prisão que das eleições" de 2018.

O tucano, que está em Milão, encontrou-se com executivos da Confindustria, a federação de indústrias da Itália. Defendendo a abertura dos mercados brasileiros, as privatizações nacionais e as municipais do seu programa de desestatização, Doria disse acreditar que o ano de 2018 terá mais crescimento econômico, inflação controlada e "menos populismo".

"Lula está mais perto da prisão que das eleições", comentou o prefeito, apesar de, há poucas semanas, ter admitido que uma prisão do ex-presidente petista em meio ao processo eleitoral seria um "erro histórico", pois "incendiaria o país".

Doria defendeu as reformas levadas adiantes pelo governo do peemedebista Michel Temer e apresentou um vídeo aos empresários com as propostas de privatizações de São Paulo, que incluem o Sambódromo do Anhembi, o Estádio do Pacaembu, o autódromo de Interlagos, além de parques e de áreas do sistema de transporte.

"Isso que está sendo feito em São Paulo pode ser republicado em outras metrópoles, em todo o Brasil", disse Doria, que foi várias vezes aplaudido pelos empresários italianos. "A privatização é absolutamente necessária para o crescimento do país".

A vice-presidente internacional da Confindustria, Licia Mattioli, ressaltou, por sua vez, que o Brasil é um grande parceiro comercial. "A Itália realizou uma missão de empresários há mais ou menos um ano a São Paulo, justamente para demonstrar amizade e proximidade em um momento de crise".

João Doria iniciou hoje uma viagem oficial de três dias à Itália, com passagens por Milão e Veneza. Em entrevista exclusiva à ANSA na semana passada, o prefeito afirmou que o maior objetivo da visita era atrair investimentos estrangeiros, principalmente para o plano de privatizações. (ANSA)

MSN


,13/10/2017 às 08:19

Felipe Melo volta a jogar e vibra com o apoio do torcedor do Palmeiras

Após dois meses e meio, Felipe Melo voltou a ser relacionado por Cuca para o banco de reservas do Palmeiras no empate em 2 a 2 com o Bahia, no Pacaembu. Mas não foi só. Sob o apelo e aplausos do torcedor palmeirense, o volante foi a campo pela primeira vez desde a eliminação do time da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro.

Aos 28 minutos do segundo tempo, o técnico do Verdão chamou Felipe para substituir Bruno Henrique, diante da comoção de boa parte do torcedor que vibrou com a entrada do meio-campista. Durante quase meia hora em que esteve no gramado, o jogador deu carrinho, brigou pela bola e fez a alegria de alguns palmeirenses.

- Eu trabalho todo dia como jogador do Palmeiras e eu dou sempre o meu melhor, como em toda a minha carreira, eu dou sempre o meu melhor, jogando ou não jogando. Então eu agradeço muito a Deus por ter continuado no Palmeiras, por ter mais uma oportunidade e treinou sempre como se fosse o último jogo para dar o meu melhor. Poderia entrar 20 minutos, fazer o meu melhor, que é correr, dar carrinho, dar de cabeça, infelizmente hoje não deu, paciência - lamentou Felipe Melo na saída do gramado.

O camisa 30 do Verdão não mediu as palavras para elogiar o clube e fazer juras de amor à torcida do time que defende. Segundo o volante, o tempo em que ficou afastado alimentou seu sentimento pela instituição.

- Nesse tempo que eu fiquei fora eu aprendi a amar mais esse torcedor do Palmeiras, amar mais o Palmeiras, por tudo aquilo que eles fizeram e têm feito por mim, hoje foi incrível quando eu cheguei ao estádio e senti o carinho da torcida. Por isso eu dou carrinho, se tiver que dar carrinho de cabeça, vou dar carrinho de cabeça, por eles, pela minha família - declarou.

Ao ser perguntado sobre o futuro na equipe do Palmeiras, Felipe Melo disse buscar a titularidade e regstar as atuações do primeiro semestre da equipe, no qual ele acredita que o time estava evoluindo.

- A minha ideia é continuar trabalhando muito forte para voltar a ser titular e voltar àquela história bonita que foi no primeiro semestre, na qual a gente estava numa crescente boa, inclusive na Libertadores - concluiu.

Na quinta posição na tabela, o Palmeiras volta a campo no próximo domingo, às 17h, para enfrentar o Atlético-GO, fora de casa, em jogo válido pela 28ª Rodada do Brasileirão-2017.

MSN


,13/10/2017 às 08:11

EUA veem ameaça nuclear da Coreia do Norte como "gerenciável", diz Casa Branca

O chefe de gabinete da Casa Branca, John Kelly, disse nesta quinta-feira que a administração Trump acredita que a ameaça representada pelas armas nucleares da Coreia do Norte é atualmente administrável, mas ressaltou que Pyongyang não deve ser autorizada a desenvolver a capacidade de atingir o território dos Estados Unidos.

Kelly disse simplesmente não acreditar que os norte-coreanos tenham a capacidade de atingir hoje com suas armas nucleares o território dos EUA.

"Neste exato momento nós acreditamos que a ameaça é gerenciável, mas ao longo do tempo, se ela crescer além de onde está hoje, nós esperamos que a diplomacia funcione", disse Kelly, um general aposentado do Corpo de Fuzileiros Navais.

(Por Steve Holland)

MSN


,13/10/2017 às 08:07

SP: Crianças são encontradas mortas em porta-malas de carro

Os corpos de duas meninas de 3 anos cada foram achados dentro do porta-malas de um carro, um Fiat Fiorino, em São Miguel Paulista, na Zona Leste. Elas estavam desaparecidas havia vinte dias. As informações são do programa Brasil Urgente, da TV Band.

O Fiat – um veículo roubado em Itaquera, também na Zona Leste – foi abandonado em um terreno baldio cinco dias atrás. Devido ao forte cheiro, os moradores acionaram a polícia nesta quinta (12). Ao arrombar o carro, os PMs encontraram os corpos em decomposição. A mãe de uma das meninas reconheceu a filha devido à roupa que ela estava usando.

De acordo com vizinhos das meninas, as duas, que eram amigas, estavam brincando na rua, quando foram levadas por um casal não-identificado.

Segundo a PM, que investiga o caso, ainda não se sabe o que teria motivado o crime. A polícia vai ouvir moradores da região para esclarecer os fatos e, assim, chegar aos autores do crime.

MSN


,11/10/2017 às 07:46

'A Força do Querer': Ruy contesta resultado de DNA e dá chilique. 'Rasga isso!'

A reação de Ruy (Fiuk) ao resultado do teste de DNA apresentado por Cibele (Bruna Linzmeyer) não será nada razoável, na novela "A Força do Querer". Nos próximos capítulos da trama das nove, quando vir que o exame de paternidade deu Ruyzinho (Lorenzo Souza) deu negativo em relação a ele, o playboy se recusa a aceitar a realidade, e, em processo de negação, proíbe a ex-noiva de contar a quem quer que seja. As cenas estão previstas para irem ao ar na última semana do folhetim, a partir de segunda-feira (16).

Ruy reclama de ter que entregar Ruyzinho para Ritinha por dois dias
Segundo o colunista de TV Daniel Castro, tudo começa quando Ritinha (Isis Valverde) consegue autorização judicial para ficar com o filho durante um fim de semana. Além da campanha que mobiliza na web, a "sereia" alega para o juiz que não sabia que era crime casar suas vezes. Ruy se revolta: "Eles não conhecem a cabeça dela, Cibele! Ela vai fugir com o menino, eu sei que vai". E, na tentativa de amenizar o sofrimento dele, a filha de Dantas (Edson Celulari) diz: "Talvez você não tenha motivo para sofrer tanto, Ruy".

'Tira isso daí! Ele é meu filho! Sempre foi', Ruy protesta ao ver resultado de DNA
Nesse momento Cibele abre o envelope e mostra o resultado da investigação de paternidade que mandou fazer. "Se eu fosse você abria", diz. Ruy constata que deu negativo e explode, inconformado: "Ele é meu filho, ele é. Tira isso daí! Ele é meu filho, ele é. Tira isso daí! Ele é meu filho! Sempre foi". A moça ainda argumenta: "Você tem noção que isso aqui pode até fazer você ser absolvido? Você vai a júri, Ruy! Você pode ser preso! Você vai ser preso e isso aqui é decisivo para, se não absolver você, garantir pelo menos uma pena menor", mas ele rebate: "Não me interessa! Rasga isso! Você não vai mostrar isso para ninguém".

A marca de nascença de Ruyzinho é descoberta
Joyce (Maria Fernanda Cândido) chega e flagra o fim da conversa dos dois, mas Cibele respeita a vontade do ex, e não conta nada. Contudo, conforme previsto por Ruy, Ritinha se nega a devolver Ruyzinho, e para despistar, deixa o menino sob os cuidados de Nazaré (Luci Pereira). É então que a tia de Zeca (Marco Pigossi) vê a marca de nascença de sua família na perna do garoto, e mostra para Abel (Tonico Pereira) e para o sobrinho.

Zeca reivindica paternidade e Ruy conta que já sabia
Certo de que é pai da criança, Zeca aciona sua advogada e Dantas anuncia para Joyce e Eugênio (Dan Stulbach), após receber a notificação: "A advogada do Zeca me ligou avisando que ele vai entrar com um processo reinvindicando a paternidade do Ruyzinho". Diante dos questionamentos do casal, o advogado encara Ruy e afirma: "Diz que menino tem uma marca de família na coxa que comprova isso. Foi feito um DNA. Cibele me disse que você sabe". Ainda assim, o rapaz bate no peito, dando chilique, aos gritos: "DNA de site de internet, não acredito nesse resultado. Ele é meu filho! Fui eu que cuidei dele antes e depois de nascer! É meu". Ao disputar a paternidade no tribunal, os dois pais da criança descobrem seu passado em comum e decidem parar de brigar.

(Por Samyta Nunes)

MSN


,11/10/2017 às 07:46

Como tirar cheiro de comida da geladeira

Convenhamos: cheiro ruim vindo da geladeira é uma tristeza! Isso porque temos a sensação de que, só ao abrir o mínimo de geladeira, o cheiro já se espalha e toma conta da cozinha inteira. E não adianta nada ter um fogão limpinho e uma pia superorganizada se um odor estiver impregnado no ambiente, né?

A pior parte é que o mau cheiro é sinônimo de que ali na geladeira tem algo errado, podendo indicar tanto falta da limpeza quanto a presença de alimento cuja validade vendeu, estragou e pode estar podre. Isso pode ser um risco para os outros alimentos, pois pode resultar em contaminação por bactérias e micro-organismos. E disso a gente quer passar longe, né? Mas antes, aí vão alguns conselhos básicos:

Mantenha os potes bem fechados
Além de eliminar os alimentos estragados que possam ser o foco do cheirinho desagradável, é bom ficar atento ao modo como armazenamos os alimentos na geladeira. Quando for guardá-los ali, coloque-os de preferência em potes de vidro e bem fechados! Além de impedir que o cheiro saia, ele também preservará as qualidades do alimento, como sabor e textura.

Ah, e você sabia lugar de cebola não é na geladeira? Pois é! Se você quiser saber mais sobre o assunto, dá uma conferida nessa matéria explicando por que não devemos guardar a cebola na geladeira.

Limpe a sua geladeira
Assim como as louças, manter a limpeza da geladeira em dia é superimportante! É nesse eletrodoméstico que guardamos os alimentos que serão consumidos, e se ele próprio for o foco de bactérias e micro-organismos, de nada adiantará conservar nossas comidinhas ali, não é mesmo?

Mas não se preocupe que o TudoGostoso fez uma matéria ensinando como deixar sua geladeira limpa por dentro.

O bom e velho café
Quem disse que café é bom apenas como bebida para o dia a dia? Que nada! O café também pode ajudar, e muito, a manter sua geladeira com um cheirinho bom. Para isso, basta colocar 1 xícara de pó de café na geladeira por cerca de 2 dias para ver a mágica acontecer.

Ou se quiser, faça uma mistura com 1 colher (sopa) de pó de café com suco de 1 limão. Aí é só colocar na geladeira de 1 a 3 dias, e voilà. Incrível!

MSN


,11/10/2017 às 07:46

Com maior renda da história do futebol brasileiro, seleção vence no Allianz e tira o Chile da Copa

A seleção brasileira não tomou conhecimento do Chile nesta terça-feira (10/10), no Allianz Parque. Com boa atuação na etapa final, o time verde e amarelo fez 3 a 0 - com os dois gols em um intervalo de dois minutos - e tirou o adversário da próxima Copa do Mundo. Paulinho e Gabriel Jesus, duas vezes, fizeram os gols.

Tudo isso perante 41.008 pessoas presentes nas arquibancadas do estádio do Palmeiras, que recebeu nessa noite seu maior público e também a maior renda da história do futebol brasileiro: exatos R$ 15.118.391,02, superando os R$ 14.176.146,00 de Atlético-MG x Olimpia, pela decisão da Copa Libertadores 2013.

O resultado desta terça deixou o Chile em sexto nas Eliminatórias Sul-Americanas. A equipe ficou com 26 pontos, atrás do Peru, que teve maior saldo de gols. Os peruanos ficaram no empate com a Colômbia em casa e se classificaram à repescagem em busca de vaga no Mundial.

O Brasil, por sua vez, fechou as Eliminatórias com 41 pontos e vai se dedicar apenas à preparação para a Copa do Mundo. No dia 10 de novembro, o time do técnico Tite faz amistoso com o Japão, na França. Quatro dias depois, enfrenta a Inglaterra, em Londres.

Brasil resolve no segundo tempo
O Brasil esboçou uma pressão nos minutos iniciais. Principalmente após bobeira na saída de bola do Chile, quando Gabriel Jesus recebeu e deixou Neymar na cara do gol. O camisa 10, contudo, desperdiçou grande chance ao chutar nas pernas de Bravo.

O mesmo Neymar tentou novamente em bola pela intermediária. Ajeitou o corpo e soltou um chute forte, de perna direita, mas a bola saiu com perigo por cima da meta do goleiro chileno.

Em novo erro da defesa visitante, Coutinho tentou por cobertura do meio de campo, mas a bola saiu pela linha de fundo, para lamentos da torcida brasileira que lotou o Allianz Parque.

No fim da etapa inicial, Renato Augusto ainda descolou bom cruzamento pela esquerda, Gabriel Jesus apareceu nas costas da marcação, mas cabeceou em cima de Claudio Bravo.

Aos 9 minutos do segundo tempo, o Brasil abriu o placar. Daniel Alves cobrou falta de longe com efeito, Bravo se atrapalhou, Paulinho pegou o rebote e fez de perna esquerda.

Dois minutos depois, Gabriel Jesus recebeu passe de Neymar na cara do goleiro chileno e só teve o trabalho de empurrar para as redes e ampliar o placar em favor da seleção brasileira.

Antes do jogo terminar, Gabriel Jesus ainda marcou o terceiro gol brasileiro. Aos 48 minutos, após cobrança de escanteio, Bravo foi para área e o Brasil puxou o contra-ataque. Willian deu passe para o camisa 9, que praticamente entrou com bola e tudo.

A partir daí, o Brasil passou a administrar o resultado diante de um Chile nervoso com a possibilidade de ficar de fora do Mundial. Mas, com empate do Peru com a Colômbia e a vitória da Argentina, os chilenos ficaram de fora da próxima Copa.

Ficha Técnica
BRASIL 3 X 0 CHILE

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 10 de outubro de 2017, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Roddy Zambrano (Equador)Assistentes: Christian Lescano e Byron Romero (ambos do Equador)
Cartões amarelos: Philippe Coutinho e Neymar (Brasil); Alexis Sánchez e Isla (Chile)
Gols: BRASIL: Paulinho, aos 9, e Gabriel Jesus, aos 11 e aos 47 minutos do primeiro tempo

BRASIL: Ederson; Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Paulinho, Philippe Coutinho (Roberto Firmino), Renato Augusto (Fernandinho) e Neymar (Willian); Gabriel Jesus
Técnico: Tite

CHILE: Bravo; Isla, Medel, Jara e Beausejour; Aránguiz (Pulgar), Fuenzalida (Puch), Pablo Hernández e Valdivia; Alexis Sánchez e Vargas
Técnico: Juan Antonio Pizzi

MSN


,11/10/2017 às 07:46

Diretores do SBT rejeitam volta de Gugu: 'Não dá mais audiência'

As tentativas de Gugu Liberato de retornar ao SBT em 2018 estão causando fortes reações nos bastidores da emissora. Praticamente todos os executivos de Silvio Santos são contrários à ideia.

Além da falta de espaço na grade e do fato de o apresentador ter abandonado a casa em um momento de fragilidade, eles têm um terceiro argumento, igualmente contundente: "Gugu não dá mais audiência nem traz faturamento", diz um diretor do SBT, que pede para não ser identificado.

De fato, Gugu não é mais o Gugu que incomodava a Globo no final dos anos 1990 e início dos 2000. Desde 2001, quando seu Domingo Legal cravou 21,6 pontos na Grande São Paulo, dividindo a liderança com a Globo, ele desce a ladeira no Ibope. A situação se agravou a partir de 2003, quando levou ao ar uma entrevista com falsos integrantes do PCC fazendo ameaças a personalidades em alta na época.

Gugu deve fechar 2017 com o pior ano de sua vida nos números do Ibope. Até agora, ele repete os 7,3 pontos de 2013, quando a Record o tirou do ar, rescindiu um contrato milionário e entregou seu horário aos domingos para Rodrigo Faro. Mas a tendência é de queda até dezembro.

Na cúpula do SBT, a avaliação é a de que, se Gugu não está funcionando na Record, também não vai dar certo na rede de Silvio Santos. E, se a Record não o quer mais, o SBT não deve lher dar as mãos, afinal, em 2009, ele "abandonou" a emissora, foi ingrato com a casa que o criou e que lhe deu apoio durante a crise do PCC.

Nas últimas semanas, Gugu tem enviado sinais de que quer voltar ao SBT. Intensificou seus encontros com o cabeleireiro Jassa, conselheiro informal de Silvio Santos, e mandou um representante conversar com diretores da emissora.

Seu contrato com a Record vence em 31 de dezembro e, até agora, houve um único encontro para tratar da renovação. A rede de Edir Macedo quer manter Gugu, mas ele não é mais prioridade. Seu horário nas noites de quartas-feiras deverá ser ocupado em 2018 por temporadas de programas como o de Buddy Valastro e Xuxa Meneghel. Se continuar na Record, Gugu terá um novo formato.

Apesar da oposição dos diretores e das filhas de Silvio Santos, não é impossível o retorno de Gugu ao SBT. Tudo vai depender de Silvio Santos. O apresentador e empresário, no entanto, não tem falado sobre Gugu com seus executivos. Isso quer dizer, na interpretação deles, que Silvio não considera a possibilidade de trazer o pupilo de volta.


,10/10/2017 às 07:45

9 truques psicológicos te tornarão mais sociável e farão todos gostarem de você

Carisma e capacidade de atrair pessoas podem até ser características naturais e involuntárias para alguns, mas certos truques baseados em psicologia também são capazes de te deixar mais sociável e fazer com que os outros gostem de você. Confira algumas dicas simples:

Como fazer uma pessoa gostar de você
1. Pratique o truque do espelho, ou seja, copie os gestos e a linguagem corporal do outro durante uma conversa. Se, frente a frente, a pessoa passar a mão nos cabelos ou pousar as mãos no joelho, por exemplo, repita sutilmente os movimentos. Cuidado apenas para não exagerar na mímica e parecer forçado.

2. Elogie uma terceira pessoa durante uma conversa profissional ou casual. Quando, para um interlocutor, você faz comentários positivos sobre outro indivíduo, transmite confiança e amabilidade.

3. Pode parecer óbvio ou até banal, mas passar uma imagem positiva realmente faz com que os outros gostem mais de você. Estudos apontam que as pessoas podem, inconscientemente, sentir as emoções daqueles que estão ao seu redor.

4. No ambiente de trabalho, procure ser amigável e evite atitudes competitivas. Ser capaz de transmitir ensinamentos e compartilhar o que sabe em vez de apenas se esforçar para parecer melhor em tudo é considerado mais eficiente para atrair amizades e até respeito.

5. Reconhecer as próprias falhas e, de tempos em tempos, confidenciar e assumir publicamente os erros transmite confiança e, ao contrário do que muita gente imagina, não passa uma imagem de vulnerabilidade, mas sim de força.

6. Trabalhe os toques subliminares, ou seja, sutilmente e de forma educada, durante um diálogo, vale tocar parte do braço ou dar o famoso tapinha nas costas de confiança na outra pessoa. O ato transmite amabilidade e aproxima psicologicamente o interlocutor.

7. Uma boa maneira de fazer com que alguém goste de você é compartilhar com ela um segredo. A atitude de confiança é considerada uma das mais eficientes para criar e fortalecer amizades e relacionamentos.

colegas amigos trabalho 0117 400x800© Fornecido por Batanga Media Difusão pela Internet LTDA colegas amigos trabalho 0117 400x800
8. Além de revelar, mostre que é capaz de ouvir atentamente e guardar um segredo da outra pessoa. Estabelecer a confiança causa aproximação e faz com que você seja considerado um indivíduo que vale a pena ser respeitado e admirado.

9. Trabalhe o seu senso de humor. Pesquisas comportamentais apontam que utilizar o bom humor durante uma abordagem ou aproximação com desconhecidos ajuda a estabelecer conexões mais positivas e a fazer com que os outros gostem mais de você. É importante, porém, não confundir a leveza de um papo descontraído com excesso de piadas.

Dicas para celebrar a amizade
Ideias de programas para fazer com os amigos gastando pouco
10 filmes mais divertidos para ver com as amigas
8 tatuagens de amigas para estarem juntas por toda a vida

MSN


,10/10/2017 às 07:45

Incêndios na Califórnia deixam ao menos dez mortos

Ao menos dez pessoas morreram, e aproximadamente 1.500 residências e comércios foram destruídos devido a incêndios florestais na região vinícola do estado americano da Califórnia. Mais de 20 mil pessoas foram forçadas a deixar suas casas.

Focos de incêndio eclodiram quase simultaneamente numa ampla faixa do norte da Califórnia e cresceram exponencialmente, engolindo desde propriedades de vinícolas a áreas de campismo e atingindo cidades rurais e pequenos condados.

A maioria das mortes ocorreu no condado de Sonoma, localizado ao norte de São Francisco. Cerca de 20 mil pessoas tiveram de fugir dos condados de Napa e Yuba, onde foram relatadas algumas das maiores chamas. Há relatos de mais de 100 pessoas desaparecidas.

A intensidade das chamas obrigou bombeiros e socorristas e se concentrarem na retirada de moradores, mesmo que isso significasse a destruição de estruturas urbanas pelo fogo.

O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou estado de emergência. "Esses incêndios destruíram estruturas e continuam a ameaçar milhares de casas, exigindo a retirada de milhares de moradores", escreveu Brown na declaração.

Os corpos de bombeiros da Califórnia relataram que as chamas atingiram aproximadamente 30 mil hectares, estendendo-se por uma região de 322 quilômetros ao norte da área da Baía de São Francisco, de Napa a Redding.

As causas do incêndio são desconhecidas. Autoridades afirmaram que incêndios florestais são comuns na Califórnia em outubro, mas relataram estranhar a erupção de tantos focos ao mesmo tempo. Até então, foram relatados 14 incêndios.

O diretor do Departamento da Califórnia para a Proteção Florestal e contra Incêndios, Ken Pimlott, disse que o fogo ainda está fora de controle, impossibilitando um primeiro balanço oficial sobre os danos materiais e o número de pessoas feridas ou mortas. Pimlott acrescentou ainda que cerca de 50 mil pessoas estão sem eletricidade.

MSN


,09/10/2017 às 07:48

Saiba como abrir seu negócio próprio aos 50 anos

2. Planeje bem
Seja uma lojinha de bijuteria, seja uma sorveteria, ou mesmo uma agência de viagens… Todo novo comércio exige que você faça um bom estudo do negócio, analise os investimentos necessários, o número de funcionários para começar, o espaço e os maquinários e o tempo de retorno. Conheça bem o cliente, o processo de desenvolvimento do produto, as dificuldades do negócio… Tudo isso tem que estar bem claro antes de você abrir as portas e encarar o mundo.

3. Estude muito
Sempre que necessário, converse com pessoas do ramo e estude. Procure o Sebrae, as prefeituras e as associações de classe da área em que você pretende atuar. Entenda qual é exatamente seu produto e como você vai convencer as pessoas de que elas precisam dele. Não se esqueça: se por um lado o empreendedor de 50 anos é mais resistente à pressão e é mais difícil de se assustar ou desanimar, por outro você não pode se dar ao luxo de perder o dinheiro suado da sua aposentadoria. Se tudo der errado, pode ser difícil arranjar um novo emprego com carteira assinada.

vagajic_GettyImages-530996076: –© /Saiba como abrir seu negócio próprio aos 50 anos/Getty Images –
4. Considere adotar uma franquia
Existem franquias muito acessíveis financeiramente, que já fornecem aquilo que você deseja oferecer. Mas será preciso pensar bem. Por um lado, você vai aderir a um pacote pronto, com maior controle sobre o investimento inicial e as possíveis taxas de retorno, além do suporte fornecido pela rede. Contudo é bom também pensar nos problemas desse tipo de negócio: em geral, as franquias têm suas limitações e padronizações.

Highwaystarz-Photography_GettyImages-482194526: –© /Saiba como abrir seu negócio próprio aos 50 anos/Getty Images –
5. Leve em consideração o prazer
Você já trabalhou demais e pode ter tido que passar muito tempo fazendo atividades de que não gostava. Agora, mesmo que precise empreender para complementar a renda, pare para pensar se o negócio escolhido vai proporcionar satisfação. Não se esqueça: finalmente chegou a hora de cuidar de você mesmo! Encontre um trabalho que deixe tempo livre para passear e curtir a família e os amigos.

Aleksander_Nakic_GettyImages-629781268: –© /Saiba como abrir seu negócio próprio aos 50 anos/Getty Images –
6. Esteja presente no ambiente virtual
Geralmente, os especialistas dizem que é melhor escolher um negócio que use sua experiência anterior e a rede de contatos formada ao longo de uma vida inteira de trabalho. Por outro lado, é preciso prestar atenção às novas tecnologias: elas mudam o jeito de produzir e de entregar e, em especial, a comunicação com os clientes. Se seu negócio for uma loja pequena, conhecida só pela vizinhança, você terá, certamente, que criar um site e colocar sua empresa nas principais redes sociais. Para isso, é importante estar preparado para responder a dúvidas e críticas 24 horas por dia, sete dias por semana.

deimagine_GettyImages-493375310: –© /Saiba como abrir seu negócio próprio aos 50 anos/Getty Images –
7. Faça sobrar tempo para você
Nesta fase da vida, você já percebeu que o trabalho não é tudo. Não deixe de aproveitar a família e os amigos. Tome cuidado para o novo emprego não tomar mais tempo do que você gostaria.

MSN


,09/10/2017 às 07:48

Trump envia ao Congresso medidas que dificultam imigração

O presidente americano, Donald Trump, enviou ao Congresso, neste domingo (8), uma lista de prioridades para a definição de uma política migratória, endurecendo o combate à imigração clandestina.

Entre as prioridades definidas pela Casa Branca relativas à legislação migratória, está a construção completa de um "muro na fronteira sul" com o México, uma promessa de campanha que o Congresso evitou discutir em profundidade até agora, por conta de seu altíssimo custo político.

Trump também definiu como prioritário o reforço da “capacidade de vigilância e controle migratório” nas fronteiras e dentro do país, além da adoção de um sistema migratório baseado em um esquema de pontuação por mérito, que elimina o que ele chama de "cadeia migratória familiar".

Entre as medidas concretas propostas pela Casa Branca, está uma reforma completa das regras de asilo para evitar o "abuso" e a adoção de um mecanismo de remoção rápida de menores que ingressam clandestinamente no país, sem a companhia de adultos.

Cortes drásticos

O projeto de Trump ainda prevê o corte drástico de recursos federais para as chamadas "cidades santuário", que se negam a cooperar na identificação de imigrantes em situação irregular, assim como a contratação de 10.000 novos agentes fronteiriços.

O envio desse pacote coincide com uma delicada negociação no Congresso, entre democratas e republicanos, para encontrar uma saída para a situação de pelo menos 600.000 imigrantes que se beneficiaram de um plano provisório para evitar a deportação. Adotado no governo Barack Obama, esse programa foi suspenso por Trump.

Os líderes do Partido Democrata no Congresso, o senador Chuck Schumer e a representante Nancy Pelosi, divulgaram uma nota, afirmando que a lista de Trump representa um obstáculo às negociações. A lista da Casa Branca "inclui o muro (na fronteira com o México), que havia sido explicitamente descartado das negociações", alegaram os legisladores.

Segundo Schumer e Pelosi, o Partido Democrata estava disposto a negociar "medidas razoáveis" de segurança fronteiriça, mas essa lista “vai muito além do razoável", ressaltaram.

MSN


,07/10/2017 às 07:42

Excesso de uso de rede social leva a autismo virtual, diz estudo

Muitos especialistas têm alertado pais e educadores sobre os efeitos de um uso excessivo da tecnologia por parte das crianças, mas um estudo desenvolvido recentemente apontou uma consequência preocupante: esses usuários que passam tempo demais nas redes sociais têm demonstrado sinais do que seria chamado de “autismo virtual”, um quadro com características similares àquelas notadas em quem está no espectro.

O estudo, divulgado pelo site IBTimes, foi desenvolvido por psicólogos da Universidade da Sunshine Coast, na Austrália. Nele, foram comparadas 200 pessoas que cresceram sem acesso a redes sociais com jovens que têm o acesso às redes como algo que faz parte de suas vidas.

Em paralelo, os pesquisadores avaliaram as habilidades dos participantes para identificar expressões faciais. Como conclusão, constatou-se que os jovens que acessam muito o Facebook e o Twitter têm mais dificuldade para reconhecer as emoções corretamente pelas expressões das pessoas.

Rachael Sharman, especialista envolvida no estudo, afirmou à publicação que, na França, esse quadro tem sido chamado de autismo virtual, uma condição caracterizada por um acesso excessivo à tecnologia, pouca interação social e baixo aprendizado de competências sociais. Dessa forma, as crianças podem ter dificuldade, no futuro, de identificar as emoções e expressões das pessoas.

Além disso, os pesquisadores apontam que jovens que passam muitas horas nas redes sociais têm menos amigos. “Se tudo o que eles estão tendo são contato com telas, interação humana insuficiente e baixas competências motoras, acabarão tendo problemas”, diz a especialista.

MSN


,07/10/2017 às 07:42

Mes