ahanguera
FRUTARIA AVENIDA TOPO
ROSAS TOPO
SCOOBY TOPO
banner pao bento

IFMS ofertará Residência Profissional Agrícola

Por OSASCO RENOVE em 22/10/2020 às 09:00:32

O Campus Nova Andradina do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul () foi selecionado para o Programa Residência Profissional Agrícola (AgroResidência), que será ofertado aos estudantes de nível médio e graduação da unidade, na área de Ciências Agrárias, a partir do primeiro semestre de 2021.

O projeto do campus foi um dos 75 aprovados no edital, aberto pela primeira vez pelo Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), e um dos oito selecionados na região Centro-Oeste.

Voltado a propostas de instituições de ensino federais, o AgroResidência busca apoiar alunos do ensino técnico, graduação e recém-egressos, por meio de treinamento prático, supervisionado e orientado, e realizado nas unidades residentes.


Em Nova Andradina, o oferece o curso técnico integrado em Agropecuária, o técnico subsequente em Zootecnia e os de graduação em Agronomia e Produção de Grãos.

"A aprovação da proposta é muito importante, pois se trata de uma oportunidade de proporcionar o aperfeiçoamento profissional aos participantes, tornando-os aptos a planejar, gerenciar e desenvolver atividades aplicadas à produção agrícola", destaca Gutierres Silva, coordenador do projeto.
Projeto – Foi elaborado pelos docentes Denis da Costa, Elcio dos Santos, Félix Garcia, Karina Ducatti e Mateus Augusto Donega, sob coordenação do professor Gutierres Silva.

"A aprovação da proposta é muito importante, pois se trata de uma oportunidade de proporcionar o aperfeiçoamento profissional aos participantes, tornando-os aptos a planejar, gerenciar e desenvolver atividades aplicadas à produção agrícola", destaca Gutierres.

O campus receberá R$ 109.024,46 para desenvolver as atividades a partir de fevereiro de 2021, durante 12 meses.


O recurso será utilizado para pagamento de bolsas, compra de material de consumo e serviços de terceiros. Está prevista a concessão de seis bolsas para estudantes de 15 e 29 anos de idade ou recém-egressos de Ciências Agrárias e áreas afins, com valores mensais que vão de R$ 900,00 a R$ 1,2 mil.

O treinamento prático e orientado para qualificação técnica dos residentes será realizado em dez diferentes unidades de forma rotativa: Agroflora, Amidos São João, Cooperativa Coopavil, Bsy Consultoria Ambiental, Geo Ceres Assessoria e Projetos rurais, Gervasio Kamitani, Secretaria Municipal de e Desenvolvimento Integrado, DMA Agropecuária, Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural () e Sindicato Rural de Dourados.

"Os bolsistas poderão vivenciar situações complexas para tomadas de decisões e uso de estratégias eficientes para a produção agrícola de pequenos, médios e grandes produtores. Também será o momento de conciliar teoria e prática para aplicar ações pedagógicas que resolvam problemas em contextos que um profissional da área se faz necessário", complementa Gutierres.

Programa – Por meio do edital n° 01/2020, o MAPA abriu a seleção de propostas para o AgroResidência, em conformidade com a Portaria n° 193, de junho deste ano.

No total, serão investidos mais de R$ 17 milhões no programa, divididos de acordo com as regiões do país.

Além de qualificar os futuros profissionais, a iniciativa visa desenvolver nos alunos o senso de responsabilidade ética, por meio do exercício de atividades profissionais, direcionando-os para uma vida cidadã e para o trabalho.

O processo seletivo foi realizado em duas etapas, sendo uma classificatória e outra eliminatória. O resultado final foi divulgado no início do mês. No total, 454 projetos participaram do edital. (Informações da assessoria)

BANNER RE9
aciita topo
bello alimentos
otica
clinica

Comentários

CAMPANHA BELLO ALIMENTOS
daiane papini
florai